"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
Manifesto "O PORTO NÃO SE VENDE"

21Set2017 aa.jpg

Carta aberta, de Miguel Torres Marques, aos autores do MANIFESTO "O PORTO NÃO SE VENDE", publicada em vários locais do Facebook, inclusive na página do evento.

 

Decidi escrever esta carta aberta, depois de ter lido o manifesto associado à iniciativa "O Porto não se vende" o qual aborda um problema que tem sido muito discutido na comunicação social e mesmo neste fórum que é o do relacionamento difícil entre o turismo e os residentes locais.

Este tema tem sido discutido na grande maioria dos casos mais com o coração do que que com a razão, com base em meias verdades e insinuações, mas sobretudo sem ter por base factos comprováveis e, como diz o povo, “em casa onde não há pão, todos gritam e ninguém tem razão".
Com esta carta pretendo sobretudo lançar a discussão noutras bases e com base em factos comprovados.
Aos subscritores deste manifesto direi o seguinte:
FACTO: Na zona histórica da cidade do Porto existiam, até há bem pouco tempo, um número substancial de edifícios em avançado estado de degradação, em ruína, devolutos ou abandonados à sua sorte pelos proprietários, que não tinham nem dinheiro nem interesse em os reabilitar.
FACTO: Nalgumas zonas da cidade do Porto, até há bem pouco tempo, existiam graves problemas de criminalidade, associados muitas vezes ao tráfico de drogas, e os residentes tinham medo de sair à rua durante a noite, isso mesmo resulta do relatório de segurança feito em 2011 pelo MAI.
FACTO: Se os cidadãos que agora se queixam de lhes ser vedado o acesso à compra e arrendamento de casas no centro histórico do Porto (devido ao aumento do preço por m2 induzidos pela instalação de novos hotéis, hostels e outras formas de alojamento local para turistas nesses bairros) estivessem realmente interessados em habitar essas zonas da cidade, tê-lo-iam feito antes de 2011 quando os bancos emprestavam dinheiro a toda a gente e as casas eram muito mais baratas porque ninguém as queria.
FACTO: Uma parte substancial dos negócios locais que existiam em grande número na zona histórica do Porto, foram fechando as suas portas por falta de clientes, o mesmo se passando com os restaurantes, bares, mercearias, negócios que na sua grande maioria eram propriedade dos residentes nesses bairros.
FACTO: A Câmara Municipal do Porto e o Governo têm sido acusados ter permitido a construção de novos hotéis e de estabelecimentos de alojamento local, como se de novas construções se tratassem o que é completamente falso, se olharmos para as estatísticas publicadas pelo INE.
FACTO: A grande maioria dos novos hotéis e estabelecimento de alojamento local que nos últimos anos abriram na zona histórica do Porto, resultaram de obras de reabilitação de edifícios já existentes, que estavam degradados, devolutos ou em ruína, muitas vezes mantendo a traça arquitectónica original dos mesmos, facto que ajudou e muito a atenuar a profunda crise que se verificou no sector da construção civil.
FACTO: Foram estes investimentos, que mais ninguém quis fazer, inclusive o próprio Estado, que permitiram lavar a cara à zona histórica do Porto e fazer a maior reabilitação urbana alguma vez levada a cabo nessa cidade (em tempos recentes) e que lhe conferem hoje o estatuto de uma das mais bonitas cidades da Europa, e uma das cidades com melhor qualidade de vida.
FACTO: Foram os turistas e os investidores estrangeiros que foram convidados pelo Estado Português a investir nas nossas cidades, os responsáveis pelo substancial aumento da procura verificada nos últimos anos, que permitiu reerguer negócios que estavam falidos, abrir novos negócios, gerar receitas, não apenas para os privados, como se quer fazer querer, mas também para o Estado, sobre a forma de impostos e taxas que incidem sobre estas atividades económicas. Perguntem aos donos das lojas, dos restaurantes, das mercearias o que pensam sobre este tema.
FACTO: Este investimento foi também essencial para atenuar um gravíssimo problema que temos neste país que é o do desemprego, quer pelos postos de emprego que criou do nada, quer pelos empregos indiretos que induziu nessa e noutras atividades, como é o caso dos serviços de limpeza, de lavandaria e engomadoria, de recepção aos turistas, de novos tipos de transporte, mas também do aumento da procura de bens de consumo corrente pelos turistas, não apenas nas lojas de souvenirs, mas também nos pequenos supermercados locais, nos restaurantes que viram os seus clientes a aumentar de forma exponencial;
FACTO: Que o aumento de número de pessoas que visita e reside, ainda que temporariamente, nessa zona da cidade veio atenuar de forma acentuada os problemas da criminalidade e da insegurança, que fazem com que as pessoas já não tenham medo de sair à rua durante a noite.
FACTO: Que, ao contrário do que muitas vezes se insinua, os estabelecimentos de alojamento local têm uma excelente relação qualidade preço, e que, apesar de serem considerados caros para uns são considerados baratos para a grande maioria das pessoas que nos visitam, facto que, particularmente no caso dos AL, nos tem granjeado prémios internacionais de grande prestígio e que não se conseguem por acaso.
FACTO: Que as variações de preço dos imóveis têm muito mais a ver com factores externos, como a conjuntura económica nacional e internacional, a segurança dos destinos, o custo de vida e, acima de tudo, com a simples oscilação da oferta e procura de imóveis num mercado livre, concorrencial e acima de tudo global.
FACTO: Que o aumento do preço por m2 na zona histórica do Porto, não é um fenómeno exclusivamente português, sendo comum à grande maioria das capitais europeias, e se comparado com as grandes metrópoles, como Londres, Paris, Berlim ou Barcelona, o preço praticado no Porto é muitas vezes menor do que é praticado nessas cidades.
FACTO: Vivemos hoje num mercado globalizado em que o dinheiro não tem fronteiras e que se queremos ser competitivos temos de apostar naquilo que são as nossas vantagens competitivas e o Turismo é um dos poucos sectores em que que isso acontece e que ano após ano tem sido responsável pelo equilíbrio da nossa balança de pagamentos e a nossa principal exportação.
Face a todos estes factos, não se percebe o porquê dos nossos meios de comunicação social em vez de acentuarem com satisfação os resultados que o sector do turismo tem tido nos últimos anos (e é dos poucos em que isso acontece) perdem tanto tempo a por notícias a denegrir o turismo, e em particular o Alojamento Local, acusando-o de ser responsável por situações a que é alheio, aceitando como verdades indiscutíveis afirmações que não têm qualquer suporte nem nos números nem da realidade dando assim cobertura à voz de uma pequena minoria de descontentes, que ainda não cresceram o suficientemente para se aperceber que a realidade em que vivemos mudou e nós temos que mudar com ela, que defendem a manutenção do Status Quo, mesmo quando sabem que a sua manutenção conduz ao abismo.
Porquê esta campanha mediática que tenta pôr os turistas contra os residentes, os hoteleiros contra os operadores do Alojamento Local, os nacionais contra os estrangeiros?
O Turismo tem os seus problemas e traz consigo uma pegada que não pode ser ignorada, mas para todos os problemas existem soluções equilibradas e que podem satisfazer os interesses de todas as partes envolvidas, mas para que isso aconteça tem que haver diálogo e não radicalismos de parte a parte, e acima de tudo as partes têm de partir para essa negociação sem posições dogmáticas e com espírito aberto.
O Alojamento local está disponível para esse diálogo construtivo e vocês? Fica o desafio ...



Publicado por Tovi às 09:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
Grande investimento internacional em Vouzela

Vouzela aa.jpg

Investimentos estrangeiros são bons, sem dúvida, mas para quando uma banca (do Banco de Fomento já niguém fala) a conceder crédito para empresas nacionais poderem criar riqueza? Como todos sabemos temos gente com conhecimento técnico nesta área, só falta o capital.



Publicado por Tovi às 14:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 19 de Setembro de 2017
O que se passa com a Ryanair?

19Set2017 aa.jpg

Hummm!... Qual será o verdadeiro motivo?... Esta malta não costuma dar ponto sem nó e a explicação dada que é para "melhorar a pontualidade" é difícil de engolir… mas até pode ser que seja, que disto eu percebo pouco.

 

   Comentários no Facebook

«Gonçalo Moreira» - O motivo é muito simples: erro de cálculo nas necessidades de pessoal, como a própria Ryanair assume no seu comunicado, enviado por e-mail a todos os clientes registados e difundido no site. Como todos sabemos, a Ryanair tem crescido muito a sua frota de aviões e de destinos. Isto coloca-lhe uma necessidade enorme de contratação de novos pilotos e assistentes de bordo. O facto é que a Ryanair não tem conseguido contratar à velocidade que desejava e, num período em que se vê forçada a dar férias aos seus pilotos, fica com tripulações a menos.

«Simão Santos» - Juntamente com um êxodo de pilotos para a norwegian e o médio oriente

«Gonçalo Moreira» - Exactamente Simão Santos. Não conseguem contratar a ritmo suficiente para compensar as necessidade e perdas de pessoal. O cenário, neste momento é muito penalizador para a Ryanair. O número de voos que estão a ser obrigados a cancelar, por dia, em toda a Europa é enorme. Mas pelo menos falam e dizem a verdade. Respeito isso.



Publicado por Tovi às 13:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Segunda-feira, 18 de Setembro de 2017
Direito à Liberdade de Expressão

Celestino Neves ac.jpg

Aqui fica, para memória futura, a parte substantiva do Acórdão da Relação (duas últimas páginas) em que o meu amigo Celestino Neves viu feita Justiça ao ser totalmente ilibado do acto persecutório da Autarquia de Valongo, que supostamente deveria ser garante das mais amplas liberdades democráticas.

A Liberdade venceu, estamos todos de parabéns



Publicado por Tovi às 21:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 17 de Setembro de 2017
Autárquicas no Porto – O meu Presidente de Junta

Cedofeita aa.jpg

Há sempre muita coisa a fazer e que ainda não se fez… Mas não podemos esquecer que Antonio Jose Fonseca herdou o edifício de Cedofeita penhorado e em hasta pública, herdou uma dívida de um milhão e quatrocentos mil euros e em menos de quatro anos já liquidou 750 mil euros, libertou a penhora e não despediu pessoal apesar de ter deixado de receber cerca de 800 mil euros da Segurança Social para fazer face às Creches, Centro de Convívio e ATL. Mais que não fosse só por isto já era o meu candidato à presidência da União das Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória.



Publicado por Tovi às 14:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 16 de Setembro de 2017
Boavista 2 – 1 Benfica

Jorge Simão aa.jpg

Na mesma semana em que Miguel Leal se demite de treinador dos Axadrezados e vai para o Arouca (que vá pela sombra), entra no Bessa Jorge Simão, sem nenhum medo de orientar a equipa do Boavista contra o Benfica, no encontro de hoje da 6ª jornada da Liga NOS 2017/18, numa altura em que provavelmente ainda nem sabe o nome de todos os jogadores. Não só pela vitória de hoje (dois a um) mas também pela sua coragem, o novo treinador já tem o meu apoio na árdua tarefa de nos levar a uma classificação honrosa.

 

  Jornal de Notícias

Boavista derrota Benfica com reviravolta
6J- Boavista 2 x 1 Benfica aa.jpg

Renato Santos e Fábio Espinho anularam o golo de Jonas e deram estreia de sonho a Jorge Simão. O Benfica somou a segunda derrota seguida, ao sair derrotado da visita ao Estádio do Bessa, este sábado. Jonas marcou primeiro, mas o Boavista logrou a reviravolta na segunda parte. A vantagem benfiquista durou até aos 55 minutos, altura em que Renato Santos empatou, na sequência de um lançamento lateral e da passividade da defesa encarnada. O Boavista galvanizou-se e ainda beneficiou de um "frango" de Bruno Varela. O livre de Fábio Espinho não prometia perigo, mas o guarda-redes das águias deixou a bola escapar por entre as mãos para dentro da baliza.

 

Pois é!... só controlam os árbitros

6J- Boavista 2 x 1 Benfica ab.jpg



Publicado por Tovi às 20:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Setembro de 2017
Terrorismo no Metro de Londres

15Set2017 Londres aa.jpg
Tudo leva a crer estarmos perante um novo ataque terrorista na capital do Reino Unido. As notícias oficiais ainda são escassas e a edição online do “The Guardian” às 11h00 (hora de Portugal Continental) pouco mais dizia que “A terrorist incident has been declared at Parsons Green underground station in west London after reports of an explosion”.

 

  21h40

(Expresso online) - Reino Unido aumenta nível de ameaça terrorista - Engenho de fabrico artesanal causou ferimentos a 29 de pessoas, mas teria sido mais letal caso tivesse funcionado corretamente - houve uma falha. Media britânicos noticiaram que um suspeito já foi identificado, a polícia não confirma. Entretanto, o Daesh reivindicou a autoria do atentado. E o Reino Unido está agora em alerta máximo de terrorismo.



Publicado por Tovi às 11:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 14 de Setembro de 2017
Visão de futuro… para o Porto

Publicado no Facebook, na página do grupo “Um novo norte para o Norte”, pelo meu amigo José Bandeira:

José Bandeira aa.jpg

1. Um Porto sem carros na baixa. Só faixas BUS e uma frota de táxis eléctricos autónomos. Uma cidade pedonal!

1.1. Parques de estacionamento na periferia com Shuttles permanentes para a baixa.

2. Uma cidade para jovens e sexalescentes. Hosteis-residência para criativos e casas para moradores séniores.

3. Baixa povoada de open-spaces para aluguer temporário.

4. Turismo de saúde sénior.

5. Uma cidade de cultura onde qualquer artista gostaria de viver.

6. Criação de uma empresa "municipal" de crowdfunding (sem impacto no orçamento municipal).



Publicado por Tovi às 23:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017
Autárquicas no Porto – Debate na RTP

13Set2017 aa.jpg
Viram o debate?... Eu vi e também vi a análise que três comentadores fizeram no programa  da jornalista Ana Lourenço na RTP3, de uma qualidade acima do normal a que as televisões nos habituaram.

 

   Comentários no Facebook

«Carlos Bettencourt Gesta» - Pois eu vi o debate e a análise pós-debate e fiquei "lixado" com o facciosismo do jornalista do "Publico"

«David Ribeiro» - Debates televisivos com TODOS os candidatos a eleições autárquicas é muito bonito, mas digam-me lá se para o esclarecimento público isto tem alguma utilidade. Ainda se nos aparecesse alguém lúcido e com coisas válidas para nos transmitir, mas é só cromos... e a maior parte deles já repetidos na caderneta.



Publicado por Tovi às 23:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 12 de Setembro de 2017
Autárquicas no Porto – Rui Moreira no seu melhor

Tomem e embrulhem… senhores socialistas do Porto

12Set2017 aa.jpg

 

  Comentários no Facebook

«João Simões» - Rui Moreira das duas uma ou não considera o cds um partido ou quer tentar enganar uns quantos sobre ser "independente". Felizmente muitos já perceberam em que quadrante político se situa Rui Moreira e a sua comissão de "independentes".

«David Ribeiro» - Tenho a certeza que o João Simões sabe em que águas é que eu navego no que diz respeito a ideologia política, pelo que vir aqui dizer “…muitos já perceberam em que quadrante político se situa Rui Moreira e a sua comissão de "independentes"…” é uma boca foleira… para não dizer outra coisa.

«Sofia Araújo» - Mas a insinuação que partilha não é uma boca foleira?

«David Ribeiro» - Não, eu não insinuo nem mando bocas foleiras… Eu faço parte, desde a primeira hora, dos independentes de Rui Moreira e sei muito bem o que sou politicamente, pelo que não me revejo nas “bocas” do João, que considero insultuosas.

«Sofia Araújo» - Refiro-me à imagem que partilhou, e portanto a acusação seria ao autor da frase. Frase que leio pela primeira vez e que desconhecia. É dita por quem?

«David Ribeiro» - É de Rui Moreira... e não é nenhuma insinuação, é pura realidade.

«Sofia Araújo» - Não sabia mesmo, mas reforço: se nada no contexto original o atenua, é uma boca foleira, um facilitismo de análise sem base clara e assente numa insídia que nem permite resposta. Refere-se a algo concreto?

«David Ribeiro» - Não me diga que não está par do que se está a passar na campanha de Pizarro?... É que fica mal a ministros do Governo de Portugal andarem a "darem uma mãozinha" a um candidato autárquico.

«Sofia Araújo» - Pq? Cidadãos politizados perdem direitos cívicos por serem ministros? É precisamente essa artificial suspensão de existência que os adeptos de independentes ungidos e intocados parecem defender (não digo o David, digo nas conversas com quem diz que gir...Ver mais

«David Ribeiro» - Pois se há algo que sempre me alegrou no movimento independente de Rui Moreira foi encontrar por lá gente de vários quadrantes políticos, da direita à esquerda, ou mesmo à estrema esquerda, mas todos emanados do interesse supremo em ver a nossa Cidade no melhor e por muitos anos.

«Sofia Araújo» - Mas costumam ter debates internos entre facções? Como conseguem um equilíbrio ideológico na definição de o que é o melhor?

«David Ribeiro» - Junte-se a nós e verá... somos democráticos, não tenha dúvidas. Se se der ao trabalho de ver a composição da lista de candidatos à AMPorto verá que vamos da direita à esquerda.

«Sofia Araújo» - Mas um formato 'união nacional' que vai da direita à esquerda não me parece um exemplo claro de democracia activa. Considera que o programa de Rui Moreira é de esquerda ou de direita?

«David Ribeiro» - Será de esquerda numas coisas e noutras de direita... e nisto é que um movimento como este se torna rico, pois não está "agarrado" a definições estereotipadas da política. E isto é a nossa grande INDEPENDÊNCIA e LIBERDADE.

«Sofia Araújo» - Compreendo a divergência em temáticas, algo que existe nos partidos verdadeiramente democráticos, como sabe. Mas não concordo que esquerda e direita sejam definições estereotipadas. Nem que independência e liberdade sejam fins - são métodos (imprescindíveis em democracia!) para um fim e é esse fim que me dizem, à la Macron, que vai sendo definido caso a caso. Falta-me uma série de princípios que regem as escolhas e me permitem antecipar as escolhas futuras.

«David Ribeiro» - Minha querida Sofia Araújo (a minha idade já me permite tratar toda as mulheres por “queridas”), vou ter que sair para levar a minha neta à natação… mas adorei falar consigo e teremos seguramente novas oportunidades.

«Gonçalo Moreira» -   Sofia Araújo, Lei Eleitoral das Autarquias Locais: "Artigo 41º - Neutralidade e imparcialidade das entidades públicas. 1 — Os órgãos do Estado, das Regiões Autónomas e das autarquias locais, das demais pessoas colectivas de direito público, das sociedades de capitais públicos ou de economia mista e das sociedades concessionárias de serviços públicos, de bens do domínio público ou de obras públicas, bem como, nessa qualidade, os respectivos titulares, não podem intervir directa ou indirectamente na campanha eleitoral nem praticar actos que de algum modo favoreçam ou prejudiquem uma candidatura ou uma entidade proponente em detrimento ou vantagem de outra, devendo assegurar a igualdade de tratamento e a imparcialidade em qualquer intervenção nos procedimentos eleitorais. 2 — Os funcionários e agentes das entidades previstas no número anterior observam, no exercício das suas funções, rigorosa neutralidade perante as diversas candidaturas e respectivas entidades proponentes. 3 — É vedada a exibição de símbolos, siglas, autocolantes ou outros elementos de propaganda por titulares dos órgãos, funcionários e agentes das entidades referidas no nº 1 durante o exercício das suas funções."



Publicado por Tovi às 15:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 11 de Setembro de 2017
Morreu o Bispo do Porto

Requiescat In Pace

11Set2017 ab.jpgD. António Francisco dos Santos, Bispo do Porto desde Fevereiro de 2014, morreu hoje de manhã, aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco. Era natural da freguesia de Tendais, concelho de Cinfães, Viseu. Foi nomeado bispo auxiliar de Braga em Dezembro de 2004 e, dois anos depois, foi indicado para bispo de Aveiro. Serviu a diocese de Aveiro durante mais de sete anos, nomeadamente durante as celebrações do seu 75.º aniversário de restauração. A sua ordenação episcopal ocorreu em Março de 2005, na Sé de Lamego. Foi ordenado padre em Dezembro de 1972.

 

  Há coisas que mil anos que se viva nunca se esquecem

Um certo dia, no hall de entrada do Teatro Rivoli, fui descontraidamente cumprimentar o Chefe Hélio Loureiro – Olá, Chefe, está bom? – e já mesmo a um metro dele reparei que quem o acompanhava era o Bispo do Porto. Educadamente cumprimentei-o e pedi-lhe desculpa pela forma como tinha interrompido a conversa que mantinha com o meu amigo Hélio. Foi de uma educação e simplicidade fantásticas e na curtíssima conversa que mantivemos deu para perceber que estava a léguas daquilo a que uma certa hierarquia eclesiástica nos habituou. Há Homens que nos ficam na memória pela diferença.

 

  Comunicado

A candidatura «Rui Moreira - O Nosso Partido é o Porto» cancelou todas as acções de campanha previstas para hoje, amanhã e quarta-feira, devido à morte do Bispo do Porto. Rui Moreira comunicou já que todas as acções de campanha previstas estão canceladas, nomeadamente, o jantar desta noite com comerciantes e os almoços previstos com candidatos às Freguesias, bem como arruadas e encontros. O candidato voltará a participar publicamente em acções de campanha na próxima quarta-feira à noite no debate da RTP.

 

  Comunicado

Manuel Pizarro manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, e cancela todas as iniciativas de campanha durante os próximos dois dias.

 

O presidente da Câmara do Porto decretou três dias de luto, a partir de hoje, pela morte de D. António Francisco dos Santos.
11Set2017 aa.jpg
(Comentando esta foto disse Joaquim Pinto Lobão em Abril de 2014: “Ao novo paradigma que invadiu a CMP, junta-se-lhe também um estilo singular do novo bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos. Retrato desta nova mundividência da igreja do Papa Francisco, é a humildade na apresentação de cumprimentos ao Presidente Rui Moreira, onde o Bispo e o Vigário Geral, Pe Américo Aguiar, meu amigo de infância e colega de carteira, se deslocaram a pé até aos Paços do Concelho. Com cortesia, Rui Moreira, Miguel Pereira Leite, Presidente da AM e Antonio Jose Fonseca, Presidente das Juntas de Freguesia do Centro Histórico, devolveram a simpatia e acompanharam o prelado até ao Paço Episcopal.”)



Publicado por Tovi às 14:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 10 de Setembro de 2017
Vitória de Guimarães 1 – 0 Boavista

5J- V Guimarães x Boavista.jpg

O Boavista sofreu hoje a quarta derrota em cinco jogos, no encontro da quinta jornada da Liga NOS 2017/18 em casa do Vitória de Guimarães.
As coisas não andam a correr nada bem para os Axadrezados… não sei se a culpa é do treinador, dos jogadores, ou mesmo da direcção do clube, mas que ainda não é esta equipa que nos transformará de novo no Boavistão, lá isso é verdade.



Publicado por Tovi às 20:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 9 de Setembro de 2017
Parabéns Isabelinha

Aniversário da Isabelinha.jpg
A Alice também foi à festa da prima Isabelinha



Publicado por Tovi às 23:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 8 de Setembro de 2017
Catalunha rumo à independência

manifestação_catalunha.jpg

Ainda muita água irá correr debaixo das pontes até que a Catalunha se torne independente do Reino da Espanha, mas as decisões tomadas pelo parlamento e pelo governo regional da comunidade autónoma catalã para organizar um referendo independentista no próximo dia 1 de Outubro, mesmo que o Tribunal Constitucional espanhol o tenha decidido suspender de forma imediata, indicam que as coisas nunca mais serão como dantes e mais tarde ou mais cedo os independentistas catalãs irão vencer.



Publicado por Tovi às 16:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 7 de Setembro de 2017
Furacões nas Caraíbas

image.jpg

Ainda o furacão Irma anda a fazer grandes estragos pelas Caraíbas e já dois outros – Katia e Jose - se estão a formar naquela zona, com as previsões a dizerem que o furacão Katia deverá permanecer a sul do Golfo do México enquanto o furacão Jose tem rota prevista também para as Caraíbas.

 

  09h00 de hoje

O furacão Irma atingiu as Caraíbas, deixando a ilha de Barbuda "totalmente devastada" e 95% da parte francesa de Saint-Martin, nas Antilhas Pequenas, destruída, segundo informações oficiais divulgadas na noite de quarta-feira. O número de vítimas mortais devido à passagem do Irma, o mais poderoso furacão atlântico numa década, elevou-se esta quinta-feira a 10, depois da morte de uma pessoa na ilha de Anguilla, nordeste das Caraíbas, informaram as autoridades. A morte nesta ilha, território britânico com cerca de 15.000 habitantes, junta-se às oito registadas nos territórios ultramarinos franceses de St. Martin e São Bartolomeu e a uma outra, de uma criança de dois anos, em Barbuda. O Irma é, segundo o instituto meteorológico Météo France, o mais longo furacão de categoria 5 na escala de Saffir-Simpson alguma vez registado no mundo, com ventos de 298 Km/hora, há mais de 33 horas.



Publicado por Tovi às 14:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24
25
26
27
28
29
30


Posts recentes

Manifesto "O PORTO NÃO SE...

Grande investimento inter...

O que se passa com a Ryan...

Direito à Liberdade de Ex...

Autárquicas no Porto – O ...

Boavista 2 – 1 Benfica

Terrorismo no Metro de Lo...

Visão de futuro… para o P...

Autárquicas no Porto – De...

Autárquicas no Porto – Ru...

Morreu o Bispo do Porto

Vitória de Guimarães 1 – ...

Parabéns Isabelinha

Catalunha rumo à independ...

Furacões nas Caraíbas

Autárquicas no Porto – De...

Hungria 0 – 1 Portugal

Boavista 1 – 2 Braga

Red Bull Air Race World C...

Red Bull Air Race - Prova...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus