"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016
Presidente de Junta violentamente agredido

António Fonseca 13Fev2016 aa.jpg

Toda a minha solidariedade ao Presidente da Junta de Freguesia de Cedofeita, St. Ildefonso e Centro Histórico do Porto, nesta hora difícil.

  Grande abraço, Antonio Jose Fonseca.



Publicado por Tovi às 13:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016
Paz na Síria?...

syria-children ab.jpg

Os mídia de hoje referem em grande destaque o cessar-fogo acordado entre o secretário de Estado norte-americano, o ministro russo dos Negócios Estrangeiros e o regime de Bashar al-Assad, tendo em vista tornar possível a distribuição nos próximos dias de ajuda humanitária às cidades sírias sitiadas. É uma trégua frágil que deixa de fora grupos como o autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) e a Frente al-Nusra, ligada à Al-Qaeda, mas que pode mudar de alguma forma o dia-a-dia do martirizado povo sírio, que nestes cinco anos de guerra já tiveram 470 mil mortos e mais de 10 milhões de deslocados.



Publicado por Tovi às 09:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2016
Eles não dão ponto sem nó

Lóbi da construção civil aa.jpg

Rui Moreira já o afirmou publicamente e muitos outros também já a isto se referiram: O objectivo da TAP ao “roubar” rotas ao aeroporto Sá Carneiro visa unicamente pôr a Portela rapidamente a transbordar e assim ser fácil justificar um colossal investimento nacional num novo aeroporto de Lisboa, desta vez na Margem Sul, com a respectiva nova travessia sobre o Tejo. O lóbi da construção civil, particularmente nos governos de José Sócrates, já o tinha tentado várias vezes, primeiro com a OTA, depois com o “Jamais” e agora com o Montijo. E se não pomos travão a esta loucura de António Costa lá vamos nós a caminho de um novo afundamento ruinoso, desta vez ainda mais completo.

 

De Tiago Barbosa Ribeiro, deputado da Nação e presidente da concelhia do PS-Porto:

1) A TAP é, desde há muito, uma companhia que tem vindo a ignorar o Porto e o Norte. Isso inclui supressão de rotas, frota de aviões direccionados para o Porto (maioritariamente da ex-PGA), áreas para os passageiros, entre muitos outros indicadores (relembro os serviços mínimos insultuosos que foram fixados durante a última greve dos pilotos) que demonstram uma gritante desigualdade e que confirmam as razões de queixa do Porto.

2) O PS Porto tem vindo a pronunciar-se sistematicamente sobre este e outros temas, colocando sempre o Porto à frente de quaisquer outras opções (deixo, a título de exemplo, notícia de Maio de 2015). É assim na TAP, nos fundos comunitários, na fusão das águas, nos transportes públicos e em muitas outras temáticas. Sobre tudo isto, o PSD e o CDS cobriram-se de silêncio (ou de vergonha) ao longo dos últimos anos.

3) Só é possível influenciar decisivamente a TAP e apoiar o Porto mantendo-a na esfera pública. A decisão do anterior Governo, tomada à pressa e já depois de ter sido demitido pela AR, foi mais uma que prejudicou o país e o Norte. A supressão dos voos foi consequência dessa negociata. Não é possível ser-se simultaneamente a favor da privatização da companhia e depois rasgar as vestes com decisões resultantes dessa privatização.

4) PSD e CDS, que foram e SÃO a favor da privatização, não podem exigir nada ao Governo. Podem estar calados e assobiar para que não nos lembremos do que fizeram.

5) O actual Governo recuperou parte do controlo público da TAP. Tem agora de garantir que esse controlo é exercido em prol de todo o país e os socialistas do Porto não aceitam menos do que isso. Estou plenamente convencido de que assim será, em linha com outras decisões que o actual Governo já tomou e que demonstrou o respeito pelo Porto que faltou na última legislatura. Só é possível termos este debate porque António Costa agiu.

6) O Presidente Rui Moreira tem feito um importante combate em prol dos interesses do Porto e da região, contra o permanente vírus do centralismo. Conta com o apoio do PS Porto!

(PS: Hoje a TAP foi debatida no Parlamento e o Manuel Pizarro, vereador na CMP e candidato à Federação do Porto do PS, não deixou de marcar presença. É assim que o Porto tem voz.)



Publicado por Tovi às 10:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016
Mais uma filha-da-putice da TAP

TAP 9Fev2016 aa.jpg

E os deputados socialistas eleitos pelo círculo do Porto não terão nada a dizer sobre isto?... Começa a ser ensurdecedor este silêncio.

 

  Comentários no Facebook

«Raul Vaz Osorio» >> É bom que comecem a falar, sim. Como é, Manuel Pizarro? como é Tiago Barbosa Ribeiro?

«Vanda Salvador» >> Pelo menos um bocadinho de ética, não ficaria mal. Este facto não passa de uma terrível cobardia.

«Pedro Simões» >> Exige-se a abertura das rotas à concorrencia. O exclusivo que damos à TAP sai muito caro a todos. Ja imaginaram o que seria se permitissemos à Ryanair fazer voos para Brasil/EUA? Pois é...

«David Ribeiro» >> Manuel Pizarro disse ontem no telejornal da noite na RTP-2 que "a defesa do interesse nacional é também a defesa do interesse do Porto e do Norte", defendendo a intervenção do governo nesta questão das rotas da transportadora aérea nacional de e para o aeroporto Sá Carneiro, consideradas de interesse estratégico. Será que António Costa vai dar ouvidos ao candidato a presidente da Distrital do PS-Porto? Tanta gente do Norte nos corredores do poder no Terreiro do Paço e ninguém diz nada: Augusto Santos Silva, ministro com a pasta dos negócios estrangeiros e portanto com a responsabilidade da diáspora e das relações com os PALOP; José Luís Carneiro, secretário de Estado para as Comunidades e ainda presidente da federação do Porto do PS; Azeredo Lopes, ministro da defesa e até há pouco chefe de gabinete da presidência da Câmara do Porto; Matos Fernandes, ministro do Ambiente, com a responsabilidade das comunicações e até há pouco presidente do SMAS do Porto;… Silêncio ensurdecedor.

«António Magalhães» >> Não esquecer a ministra da baixa-mar e da preia-mar...

«David Ribeiro» >> Mentirosos!... Os senhores da TAP são mentirosos - TAP tenta desmentir Câmara do Porto mas esbarra nas informações dadas pela própria empresa



Publicado por Tovi às 07:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016
A TAP abandona o Porto

TAP ac.jpg

Os números não enganam ninguém: Existem actualmente apenas 16 rotas exploradas pela TAP a partir do Porto e com o desaparecimento das quatro já anunciadas - Roma, Milão, Bruxelas e Barcelona - ficarão a existir apenas 12, contra perto de uma centena a partir de Lisboa; Mesmo entre estas 12 rotas, a principal frequência de voos a partir do Porto será para Lisboa, já actualmente o principal destino dos voos da companhia nacional, com uma frequência de 49 ligações semanais a partir da Invicta; O segundo destino com mais voos semanais da TAP a partir do Porto é Paris, com 28 (quatro voos diários) e o terceiro é Madrid, com 18; Os voos intercontinentais a partir do Porto são cada vez menos e em 2015 a TAP descontinuou a ligação a Caracas, estando a reduzir para dois o número de voos semanais para Newark, Rio de Janeiro e São Paulo, os que sobram; Simultaneamente a TAP anunciou uma nova rota, entre Vigo e Lisboa, o seu "hub", o que representa uma vontade objectiva de concentrar os passageiros na Capital, já que a cidade galega se encontra no chamado "hinterland" (zona de captação) do Aeroporto do Porto. Mas o que nós queremos saber é se uma companhia aérea nacional, detida por dinheiros públicos (antes a 100%, depois a 39% e, desde esta semana, a 50%) pode usá-los para aplicar uma estratégia puramente comercial no interesse do seu outro accionista privado? Pode uma empresa pública ser usada contra uma região e a favor de outra?

 

  No jornal i de hoje

TAP jornal i 9Fev2016 aa.jpg

Muito mau será para o Governo PS se for verdade o que o ”jornal i” noticia. A Cidade Invicta e o Norte já estão fartos destes tiques centralistas dos senhores do Terreiro do Paço.

  Comentários no Facebook

«David Ribeiro» >> Começo a acreditar que esta notícia tem algo de verdade… É que os meus amigos socialistas andavam a dizer-me que se estava a criar uma boa empresa pública e não a continuar-se com uma má empresa privada nos transportes aéreos e que a reversão parcial da privatização ia garantir uma base activa da TAP no Porto. E de um momento para o outro calaram-se. Mau sinal, seguramente.

«Diogo Quental» >> A máfia política tem menos força cá para cima...

«David Ribeiro» >> …ou então os socialistas do Norte estão à espera de ver o que é que o “Politburo” diz [Emoji wink]

«João Simões» >> Ehehe o i a mandar para o ar a ver se cola [Emoji smile]

«David Ribeiro» >> Ouça com atenção, João Simões, o que diz o Presidente da Câmara do Porto e verá que é capaz da notícia do “i” não ser barro atirado à parede.

«Francisco Restivo» >> Quanto mais depressa nos libertamos da TAP e reforçarmos as nossas parcerias alternativas, melhor! Eles precisam do novo aeroporto como de pão para a boca.

«Isabel Simões Veloso» >> O Costa não vai conseguir anular o Norte. Confio que Rui Moreira consiga reverter a situação.

«José Camilo» >> Fosse um problema de uma pequeninha companhia aérea o nosso pior pesadelo. Temos de os aturar o ano inteiro com problemas de esquerdas e direitas. Basta. Continuemos a olhar em frente. Aviões e companhias não faltam.

«Tiago Vasquez» >> Depois das palavras vêm as ações, uma fase muito mais gira. Tiramos a TAP do Porto, e depois o PS, PSD e por ai fora...

«Jovita Fonseca» >> Sempre a mesma posição em relação ao Porto! O Norte tem de ser firme e preparar caminho! É daqui que partem as exportações e há movimentação laboral.

«João Fernando Couto» >> Depois são contras os Jiadistas

«Paulo Cruz» >> Foi este garoto que nos tirou o festival da Red Bulli e continua com a mesma politica anti nortenha

«Raul Vaz Osorio» >> A minha pergunta continua a ser a mesma que faço há alguns anos. Vamos fazer o quê? Protestar no Facebook? Ou vamos finalmente arrancar ao poder central o que nos pertence por direito e que, essencialmente por inacção nossa, nos tem sido usurpado? Eu exagero mesmo quando digo que a única solução é a independência? Vou continuar a defendê-la sozinho?

«Paulo Vaz» >> Agora é que os amigos do PS a norte começam a perceber que a economia e sociologia de Lisboa é diferente da nossa.

«Gonçalo Lavadinho» >> Nada de anormal.

«João Thiago» >> Raul, as perguntas são as mesmas mas.. onde estão as respostas, a mobilização e a agenda? "Go lead!" Se a TAP só quer Lisboa, não pode ser companhia de bandeira. O país e o Norte não pode dar dinheiro a isto. Quanto à Galiza, a solução poderá ser a negociação de uma ponte aérea entre a Galiza e o Porto e a atracção de alternativas para as rotas intercontinentais. Se querem concorrência, tê-la-ão e assim abre-se ao Norte uma grande oportunidade: autonomizamo-nos mais, competimos mais e temos a oportunidade de ainda crescer mais. Sem a "eterna dependência" de outros.

«Raul Vaz Osorio» >> Totalmente de acordo, João Thiago. Eu não "go lead" porque, neste momento, o Norte tem um líder bem mais capaz do que eu. É preciso é estimular a malta a colocar-se ao seu lado.



Publicado por Tovi às 08:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2016
Paços de Ferreira 0 – 1 Boavista

21 J - Paços de Ferreira 0 x 1 Boavista aa.jpg

Na tarde de ontem o Boavista foi a Paços de Ferreira vencer por uma bola a zero (ao minuto 62 Mario Martinez marcou na recepção a um cruzamento de Afonso Figueiredo) em jogo da 21ª jornada da Liga NOS 2015/16, ganhando assim a Pantera uma forte posição na luta pela permanência.

  Força Boavista!...



Publicado por Tovi às 08:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 7 de Fevereiro de 2016
Acordo Governo-Gateway para a TAP

TAP ab.jpg

Já não há dúvida que o último folhetim da telenovela “Privatização da TAP”, a que o Governo chamou “Reversão da Privatização”, não é mais do que a recompra de 11% da transportadora aérea nacional, mas continuando o consórcio Gateway a mandar na companhia, ou seja, uma verdadeira parceria público-privada em que todos os portugueses irão pagar uma TAP ao serviço da capital.

 

  Rui Moreira no Correio da Manhã

T.A.P.P.P.

A TAP espera que todos nós, os "do Norte", viajemos para o estrangeiro a partir de Lisboa.

Depois de a Câmara Municipal do Porto ter divulgado as taxas de ocupação dos voos que a TAP irá extinguir – desmentindo especialistas que nada sabem e escribas exaltados a mando de outros interesses – a transportadora invoca, agora, que essas taxas elevadas não são suficientes para atingir o ‘break even’, ou seja, a rentabilidade.

Mais, refere que mesmo que a taxa de ocupação fosse de 100%, o ‘break even’ não seria atingido, o que seria inacreditável numa empresa gerida com competência. Desde logo, porque o preço das passagens aéreas varia em função da taxa de ocupação, razão pela qual a compra precoce de uma passagem aérea resulta numa tarifa mais baixa do que se for feita à última da hora, quando o voo já está repleto.

Poder-se-ia, pois, discutir se a majoração dos preços é mais adequada, questionar os critérios de imputação de custos, perguntar se o desinvestimento na base da TAP no Aeroporto Sá Carneiro e o consequente aumento de custos logísticos com deslocação e pernoita de tripulantes não foi um disparate. Mas esse é um caminho que não vale a pena seguir.

Porque já se percebeu qual é a estratégia: esvaziar o Aeroporto Sá Carneiro de voos de médio curso para a Europa, retirar-lhe o Hinterland com o reforço dos voos da Galiza (Corunha e Vigo) para Lisboa, diminuir a ocupação dos voos intercontinentais de tal forma que também estes passem a ter uma equação negativa que justificará, depois, o seu abandono.

A TAP espera que todos nós, os "do Norte", viajemos para o estrangeiro por Lisboa, utilizando a sua nova ponte aérea feita com aviões a hélice da White. Como estratégia privada, pode-se discordar. Mas é uma decisão dos donos.

Faltava saber o que o Governo, que prometera a reversão da privatização e controlo da empresa, iria fazer. Agora, sabemos. Optou por recomprar 11% da TAP aos privados para quem, assim, tudo fica mais barato. Mas continuam a mandar na companhia. Uma verdadeira parceria público-privada. Nós todos, do Minho a Faro, pagamos com os nossos impostos o custo e os prejuízos de uma empresa gerida por privados, que não nos presta serviço, e dedicada exclusivamente a servir a nossa capital.



Publicado por Tovi às 09:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 6 de Fevereiro de 2016
A cidade apocalíptica de Homs

Homs cidade síria Fev2016.jpg

Este é o estado actual da cidade de Homs, a terceira maior cidade da Síria antes da guerra civil, onde chegaram a viver cerca de 1,5 milhões de pessoas e que hoje não é mais do que um pedaço de terra abandonado, onde muitas pessoas foram mortas, muitas mães foram muitas vezes forçadas a entrar em carros e raptadas mesmo em frente dos seus filhos. E os responsáveis são o governo do Presidente sírio Bashar-al-Assad, a quem se deve a morte de 180.879 civis na Síria, ou seja, 95,96% do total das mortes registadas entre março de 2011 e outubro de 2015, os grupos oposicionistas ao governo a quem foram atribuídos 1,42% das mortes e o autoproclamado Estado Islâmico com culpa em 0,91% da mortandade. E com esta guerra na Síria está afectado todo o equilíbrio precário da Europa, com sucessivas vagas de refugiados a procurarem um local de paz onde possam criar os seus filhos. E ninguém pega o touro pelos cornos e resolve esta desgraça. Porquê?...



Publicado por Tovi às 09:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2016
Corrupção nos Transportes Urbanos de Braga

Corrupção nos TUB de Braga Fev2016.jpg

Em causa estão supostas "luvas" que teriam sido recebidas por Vítor de Sousa (ex-administrador dos TUB e braço-direito do ex-autarca Mesquita Machado) e Cândida Serapicos (também ex-administradora dos TUB) com a aquisição de autocarros da marca MAN e automóveis da marca Hyundai. "Depois de complexa investigação, foram reunidos vários elementos de prova, indiciando-se fortemente o recebimento indevido de contrapartidas várias, cuja quantificação ascende na sua totalidade a várias centenas de milhares de euros", referiu a PJ.

Tão bons rapazes que eles eram...



Publicado por Tovi às 22:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2016
A «Águas do Douro e Paiva» é nossa

Águas do Douro e Paiva aa.jpg

Mas que boa notícia… a ÁGUA é outra vez nossa.



Publicado por Tovi às 23:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2016
TAP suprime voos no Porto

TAP aa.jpg

Já são conhecidos os voos que a TAP pretende suprimir a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro - Milão, Roma, Bruxelas e Barcelona – sendo que tudo leva a crer que também está em preparação a supressão de voos intercontinentais. A transportadora aérea anunciou uma nova ligação Vigo - Lisboa, dando a entender que pretende drenar tráfego para o aeroporto da capital, diminuindo o "interland" do Aeroporto do Porto. Esta atitude está a provocar um enorme descontentamento nas gentes da Cidade Invicta e do Norte de Portugal, tendo Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto, já afirmado que "se a TAP for pública e o Governo concretizar a reversão da privatização, então terá que ser a companhia de todo o país e não apenas de Lisboa" e a administração da TAP que esteja ciente que se a companhia está a deixar a cidade, então a cidade vai deixar a TAP, havendo já outras companhias aéreas e de outros "hub", como Madrid ou Frankfurt, dispostas a evitar a passagem dos passageiros do Norte de Portugal pelo Aeroporto de Lisboa.

 

A verdade sobre os voos da TAP suprimidos no Porto (ocupação média em 2015 rondou os 90%)

VOOS COM SAÍDA DO PORTO (média 2015): Bruxelas - 90%; Milão (manhã) - 88%; Milão (tarde) - 95%; Roma - 89%; Barcelona (manhã) - 91%; Barcelona (tarde) - 88%.

VOOS PARA O PORTO (média 2015); Bruxelas - 77%; Milão (manhã) - 87%; Milão (tarde) - 86%; Roma - 91%; Barcelona (manhã) - 92%.

 

"As minhas maiores preocupações não são os turistas, somos nós, os portugueses, os portuenses", disse hoje Rui Moreira no Jornal da RTP2, sobre a polémica dos voos que a TAP pretende suprimir no Porto. Veja a entrevista em vídeo, aqui.



Publicado por Tovi às 22:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2016
Cão do Barrocal Algarvio

Cão do Barrocal Algarvio Exponor 23Jan2016.jpg

Durante a 82ª Exposição Canina Internacional do Norte, que teve lugar na Exponor no passado dia 23 de Janeiro, foi feita a apresentação pública de uma nova raça portuguesa:

 Cão do Barrocal Algarvio

ORIGEM - Portugal.

UTILIZAÇÃO - Cão de caça menor e maior.

CLASSIFICAÇÃO - Grupo 5 – Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo; Secção 7 – Tipo Primitivo, cães de Caça; Sem prova de trabalho.

BREVE RESUMO HISTÓRICO - A origem deste cão é muito antiga. Sabe-se que sempre conheceu grande popularidade entre os habitantes do Algarve, sobretudo a nível da sub-região do Barrocal, que apresenta características geofísicas particulares, tais como, solos calcários, pedregosos com afloramentos rochosos. Terá sido o resultado de cruzamentos bem sucedidos entre vários tipos de cães, que forjaram um cão de temperamento próprio, perfeitamente adaptado e eficiente nos terrenos mais inóspitos Ao longo dos anos o Cão do Barrocal Algarvio tem sido identificado por caçadores, e não só, como Cão “abandeirado”, “fraldado”, “felpudo” ou “gadelhudo” devido a forma e porte da sua cauda e ao pelo meio comprido e macio.

ASPECTO GERAL - Cão de corpulência média, rústico e bem proporcionado, com característico porte de cauda em cimitarra. A cabeça tem forma piramidal com orelhas erectas e chanfro cónico truncado na ponta. Apresenta pouco dimorfismo sexual.

PROPORÇÕES IMPORTANTES - Quadrado, ou quase. A relação de altura ao garrote e o comprimento do corpo é praticamente igual. A altura ao codilho é metade da altura ao garrote. A altura do peito é inferior a metade da altura ao garrote.

COMPORTAMENTO / CARÁCTER - Cão de caça por excelência, resistente, rápido e ágil. Dócil por natureza e de maneio fácil. Muito vivo e inteligente.

CABEÇA - Em forma de pirâmide, sulco frontal pouco acentuado. Eixos crânio-faciais paralelos ou ligeiramente divergentes.

REGIÃO CRANIANA - Crânio: Relativamente estreito e plano, visto de perfil quase direito, arcadas supraciliares pouco aparentes. A região entre as orelhas é horizontal, occiput pouco aparente. Stop: Depressão naso-frontal muito pouco acentuada.

REGIÃO FACIAL - Trufa: Oval e grande, ligeiramente proeminente, com narinas bem abertas, pigmentadas de acordo com a coloração da pelagem, podendo ser cor de carne, castanhas ou escuras. Chanfro: Cónico, recto, mais grosso na base do que na extremidade e truncado na ponta. Ligeiramente mais curto que o crânio, tem faces laterais convergentes e trunca obliquamente. Transversalmente, ligeiramente arredondado, tem perfil recto. Lábios: Bem sobrepostos, de grossura regular, pouco pronunciados, com comissura labial pouco aparente. As mucosas são pigmentadas de acordo com a pelagem. Maxilares: São fortes. Dentes: Fortes com oclusão normal das maxilas. Dentição em tesoura. Olhos: Não muito grandes e de formato amendoado, posicionados ligeiramente lateralizados, com íris castanha variável entre clara, cor de mel ou mais escura. As orlas palpebrais são pigmentadas de acordo com a coloração da trufa. Orelhas: São de inserção média-alta (acima da linha dos olhos), com base larga, de tamanho grande, mais compridas do que largas, triangulares, direitas e bastante grossas. Quando em atenção são erectas, afastadas, obliquas e muito móveis.

PESCOÇO - Tamanho médio/curto, direito, seco e bem musculado.

CORPO - Bem proporcionado, com frente estreita. Linha Superior: Direita, rim ligeiramente arqueado. Ombros: Bem inseridos na base do pescoço, com angulação escápulo-umeral aberta (120º). Dorso: Curto, recto, bem musculado. Garupa: De comprimento médio, inclinada, ilíacos aparentes. Peito: Estreito visto de frente, com peitoral pouco saliente, não atingindo o codilho. Costelas planas. Linha Inferior e ventre: Ascendente no sentido esterno/ventre, com o ventre um pouco arregaçado.

CAUDA - Inteira, naturalmente comprida, de inserção média/baixa, deve chegar ou ultrapassar o jarrete. Tomba em cimitarra, apresentando curva na extremidade. Em movimento o porte é médio/alto, abandeirado ou formando anel.

MEMBROS - Ossatura média e oval.

MEMBROS ANTERIORES - Vistos de frente são bem aprumados, compridos, direitos e paralelos. Braço: Forte comprido e bem desenvolvido. Antebraço: Comprido e vertical. Codilhos: Paralelos ao plano mediano do corpo. Carpo: A articulação é forte. Metacarpos: Ligeiramente inclinados e flexíveis. Mãos: Ovais com dedos compridos, e arqueados. Almofadas plantares grossas e resistentes. Podem apresentar pêlos interdigitais.

MEMBROS POSTERIORES - Musculados, bem aprumados, vistos de traz são paralelos. A angulação fémur-tibial é moderada. Coxas: Compridas, de largura média e bem musculadas. Pernas: Compridas, secas e fortes. Tarso: Médio, seco e forte. Metatarso: Baixo e paralelo, sem presunhos. Pés: Ovais, almofadas plantares grossas, podem apresentar pêlo interdigital.

PELE - De textura bastante fina e aderente.

PELAGEM - PÊLO: Liso e denso, de comprimento médio. Sem sub-pêlo. Abundante na região do pescoço, base das orelhas, coxas, face posterior dos membros, e inferior da cauda, onde é franjado. COR: As pelagens mais comuns são os fulvas, amarelas, castanhas, pretas e cinzentas em todas as tonalidades, unicolores ou malhados, ou brancos malhados destas cores. Admitem-se as pelagens tricolores, raiadas ou interpoladas.

ANDAMENTOS - O andamento é ligeiro, enérgico, com movimentos fáceis e rápidos. Pisa em linha recta.

ALTURA E PESO - Altura ao garrote: Machos: 48-58 cm. Fêmeas: 45-55 cm. Tolerância de 2 cm.

Peso - Machos: 20-25 Kg. Fêmeas: 15-20Kg.

DEFEITOS - Qualquer desvio em relação ao estalão deve ser considerado como defeito e penalizado de acordo com a sua gravidade e das suas consequências na saúde e bem-estar do cão.

DEFEITOS GRAVES - Comportamento/Carácter: Agressividade ou timidez. Cabeça: Volumosa; eixos crânio faciais convergentes ou excessivamente divergentes. Crânio: Arredondado. Chanfro: Demasiado curto. Olhos: Aflorados ou de cor diferente. Orelhas: De inserção baixa, pequenas, de textura fina, caídas ou quebradas.Peito: Largo e descido abaixo do codilho; caixa torácica em forma de barril. Mãos: Espalmadas. Pés: Espalmados. Cauda: Curta. Pelagem: Pouco densa, demasiado curta ou cerdosa.

DEFEITOS ELIMINATÓRIOS (DESQUALIFICAÇÕES) - Dentição: Evidente prognatismo inferior ou superior.

Todo o cão que apresentar, de forma evidente, anomalias de ordem física ou comportamental deve ser desqualificado.

Nota: Os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos no escroto.



Publicado por Tovi às 07:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2016
Boavista 0 - 0 Braga

20 J - Boavista 0 x 0 Braga aa.jpg

Nesta 20ª jornada da Liga NOS 2015/16 o Boavista aguentou-se bem e impôs um empate a zero ao Braga, no jogo de ontem no Estádio do Bessa. Estão, para já, abandonados os lugares de despromoção para os Axadrezados.

  Força Boavista!...

 

 Comentários no Facebook

«Isabel Simões Veloso» >> Força. No Norte torço sempre pelo xadrez. [Emoji wink] Beijinhos

«Jorge Veiga» >> 0-0! bom resultado!

«Jose Riobom» >> Só gosto de comer no futebol feminino...! [Emoji wink]

«Raul Vaz Osorio» >> Grande resultado para o STCP! Para a semana, experimentem jogar futebol [Emoji tongue]

«Joaquim Leal» >> Deve ser chato um gajo pagar bilhete e não ver um golo que seja. [Emoji smile]

«Raul Vaz Osorio» >> Ninguém paga bilhete para ver aquilo, é tudo à borla [Emoji tongue]

«Joaquim Leal» >> Ai é? lol [Emoji grin]

«Raul Vaz Osorio» >> Tu pagavas bilhete para ver um autocarro estacionado?

«David Ribeiro» >> O Boavista tem até ao momento a 9ª melhor defesa deste campeonato (28 golos sofridos), mas a concretização é que está fraquita, unicamente 15 golos marcados.

«Raul Vaz Osorio» >> Pois, os autocarros estacionados não marcam golos [Emoji tongue]



Publicado por Tovi às 08:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 31 de Janeiro de 2016
31 de Janeiro de 1891

31 de Janeiro de 1891.jpg

Há 125 anos o Porto foi o centro da revolta contra a monarquia. A revolução fracassou, mas ajudou a fermentar a vontade de mudança. Foi apenas o ponto de partida para um movimento imparável que culminou com a implantação da República, a 5 de Outubro de 1910.

 

 O meu Amigo Pedro Baptista escreveu hoje

31 DE JANEIRO: dia de muitas lutas...

Celebra-se hoje, o 125º aniversário da primeira revolução republicana portuguesa e da primeira proclamação da República, ocorridas no Porto, 19 anos antes da revolução vitoriosa.

Celebra-se também, na próxima quarta-feira, dia 3 de Fevereiro, o 89º aniversário de outra Revolução portuense derrotada, a da primeira revolução contra a Ditadura instaurada em 1926, derrotada a 7 de Fevereiro de 1927 pelo bombarda e aviação governamentais, pouco antes de eclodir em Lisboa, já ao destempo, o que Sarmento Pimentel veio a classificar de “A Revolução do Remorso”.

O 31 de Janeiro de 1891 foi celebrado pela elite republicana portuense e de muitas outras cidades durante os 48 anos de ditadura militar, salazarista e marcelista, sendo um dia de luta que, pela convergência oposicionista, fazia sempre estremecer o regime.

Lembrámo-nos de ter 19 ou 20 anos quando junto ao monumento de glorificação dos Vencidos do 31 de Janeiro, no Cemitério do Prado do Repouso, gritámos um dos nossos primeiros “Abaixo o fascismo”, logo seguido dum clamor uníssono, quando a luta oposicionista, pelos finais da década de 60, passava para uma fase mais aguerrida de combate à ditadura e à guerra colonial. Lembrámo-nos de um grandioso comício, na noite do 31 de Janeiro de 1970, com o Coliseu a transbordar de gente e de entusiasmo democrático, da sequente manifestação de rua, da brutal e habitual repressão policial ao fundo de 31 de Janeiro e de todos sentirmos que, com o ímpeto que a luta estava a tomar, o fim da ditadura e da guerra não podiam estar muito longe, viéssemos ou não viéssemos, pessoalmente, a ver-lhes o término.

Depois do 25 de Abril de 1974, no Parlamento, pelo menos enquanto lá estivemos, em mandato único, na supina honra de representar os cidadãos do Porto, houve sempre, a 31 de Janeiro, da boca de Raul Rêgo, uma interpelação à Mesa para aludir à efeméride, o primeiro grande marco da luta pela República. Quando o nosso querido Camarada, com quem ainda pudemos privar algum tempo, se teve de afastar e em seguida faleceu, fizemos questão de nunca deixar de lhe seguir o exemplo, e interviemos sempre, a 31 de Janeiro, do alto da tribuna, para realçar o significado histórico da data para o Porto e para o país.

Parece ter sido prática que desapareceu da arena parlamentar. Não é de estranhar. E nem sequer será preciso explicar porquê.

 

  Comentários no Facebook

«Pedro Baptista» >> Obrigado, amigo David Ribeiro, bom 31 de Janeiro, até breve!

«Gonçalo Graça Moura» >> A primeira revolta liberal culminou na primeira ditadura sanguinária republicana? um bocado rebuscado isso, não?

«David Ribeiro» >> O grande mal do início da República foi a alternativa ao liberalismo ter como base o entendimento entre integralistas e católicos sociais, ambos defensores de um corporativismo autoritário… e esse “gosto” pelo poder absoluto manteve-se durante muito tempo… e mesmo nos dias de hoje ainda há alguns “tiques” autoritários.



Publicado por Tovi às 07:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 30 de Janeiro de 2016
Exposições Caninas Internacionais do Norte - #3

ECI Norte 2016 comissárias ab.jpg

As MINHAS comissárias do pré-ringue nas Exposições Caninas Internacionais do Norte do fim-de-semana de 23 e 24 de Janeiro 


Tags: , ,

Publicado por Tovi às 07:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


Posts recentes

Presidente de Junta viole...

Paz na Síria?...

Eles não dão ponto sem nó

Mais uma filha-da-putice ...

A TAP abandona o Porto

Paços de Ferreira 0 – 1 B...

Acordo Governo-Gateway pa...

A cidade apocalíptica de ...

Corrupção nos Transportes...

A «Águas do Douro e Paiva...

TAP suprime voos no Porto

Cão do Barrocal Algarvio

Boavista 0 - 0 Braga

31 de Janeiro de 1891

Exposições Caninas Intern...

Exposições Caninas Intern...

Exposições Caninas Intern...

Decisões e Soluções

Tondela 1 – 2 Boavista

Marcelo venceu as Preside...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus