"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 3 de Julho de 2017
Assembleia Municipal do Porto

Autárquicas AMPorto 2013.jpg

Nas Autárquicas2013 foi assim para a Assembleia Municipal da Cidade Invicta… mas agora “O Nosso Partido é o Porto” tem que atingir a maioria absoluta.



Publicado por Tovi às 14:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016
Foi há três anos...

...que os votos dos portuenses mudaram o destino da Cidade Invicta. E mudaram para melhor, como se tem visto.

Autárquicas2013 no Porto.jpg



Publicado por Tovi às 18:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 31 de Março de 2015
Ser independente... com Rui Moreira

Uma forma precisa e concisa de explicar o que é ser independente com Rui Moreira... É que ainda há muita gente que não percebeu o que se passou no Porto nas últimas Autárquicas.

Azeredo Lopes ser independente com Rui Moreira Mar

Quando Rui Moreira (RM) concorreu à Câmara Municipal do Porto, o facto seria positivo só por ter rompido com o fado das listas partidárias. Quando se percebeu que era uma candidatura forte, plural e competente que tinha que ser levada a sério, foi melhor. E quando, contra todas as profecias e augúrios, ganhou, aí sim, passou-se para o muito importante.

Houve quem augurasse que agora é que iam ser elas. Que, como independente, o novo presidente da Câmara ia ficar uma rainha de Inglaterra, capturado pelo PP, que o tinha apoiado na candidatura. Ou pelo PS, com quem viria a ser celebrado um acordo de governo. Ou pelo PSD, claro, porque até ficava mal este ficar de fora. Em síntese: RM não podia ser independente. Pior, não podia sequer ser especialmente competente, pois que sempre lhe faltaria o "aparelho", a "máquina" pensante tática e estratégica.

Enganaram-se, e de que maneira. E naquilo que agora afirmo não sou mais parcial do que, por exemplo, Rui Sá, que nas páginas deste jornal desanca no governo do Porto com o vigor que Deus lhe deu crónica sim, sim, sim, sim, sim, não, sim, sim, sim, férias, sim, sim. Ou do que outros que juram imparcialidade de forma assanhada.

É verdade que antes tudo era dificílimo e meritório e agora nada tem mérito e tudo é facílimo. Mas, mesmo assim, e só a talhe de foice... As contas à moda do Porto não estão a ser (mais do que) cumpridas? Não foi lançada e bem lançada a Frente Atlântica? A Cidade não é ouvida extramuros? E a ação e habitação social, bem, não? O Fundo do Aleixo não está a ser resolvido? O concurso do Rosa Mota não foi lançado, por muito que isso pelos vistos cause urticária? O concurso do Bairro D. Leonor não está a andar, assim como o do estacionamento? O Bolhão não vai ter cara nova? Não conseguiu a cidade ficar a gerir o INATEL depois de aníssimos de tentativas frustradas? A reabilitação urbana não foi desbloqueada? E a Educação? E a Inovação? O Coliseu, RM não ajudou a resolver? E a Cultura, que derrubou barreiras, que incluiu sem ofender, que tal? Benzinho, vai-se andando, não é?

Quem supôs (ou sonhou) que não houvesse liderança e presidente da Câmara deve estar agora num canto a esfregar a testa com sabão. Antes isso, pelo menos fica a dita bem lavadinha.



Publicado por Tovi às 09:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 21 de Março de 2015
Anulada a eleição de Tiago Barbosa Ribeiro

Tiago Barbosa Ribeiro Mar2015 a.jpg

A Comissão Federativa de Jurisdição, em decisão tomada por maioria com quatro votos a favor e três votos vencidos, anulou as eleições intercalares para a Concelhia do PS-Porto, que tiveram lugar no último fim-de-semana e que tinham colocado na liderança Tiago Barbosa Ribeiro. A anulação tem por base a falta de declarações de renúncia para vacatura do órgão e a impugnação foi apresentada pela socialista Odete Guimarães. No entanto e como já disse Renato Sampaio, o mandatário de Tiago Barbosa Ribeiro, vão recorrer para a Jurisdição nacional dos socialistas. Recordo que Tiago, perante a saída do líder Manuel Pizarro para membro do Secretariado Nacional do PS e embora os estatutos o permitissem por ser o número dois da lista, tinha-se recusado a assumir a liderança sem ser legitimado por eleições. Está cá a parecer-me que a facção José Luís Catarino ainda não digeriu a subida ao poder concelhio da equipa de Manuel Pizarro. O acordo pós eleitoral da candidatura de Pizarro com Rui Moreira, o independente vitorioso nas últimas Autárquicas no Porto, ainda se mantem como uma espinha na garganta de muitos socialistas portuenses.



Publicado por Tovi às 09:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014
Foi há um ano... a vitória de Rui Moreira

Todos aqueles que acompanharam Rui Moreira na última campanha eleitoral autárquica reuniram-se na passada segunda-feira ao fim da tarde, no Mercado Ferreira Borges, para comemorar um ano sobre a vitória de “O Nosso Partido é o Porto”.

{#emotions_dlg.smile} Eu estive lá… com a maior honra.




Quarta-feira, 21 de Maio de 2014
António José Fonseca

Uma recente mas grande amizade liga-me ao António José Fonseca, Presidente da Junta de Freguesia de Cedofeita, Santo Ildefonso e Centro Histórico do Porto. Acompanhei desde a primeira hora a sua candidatura autárquica independente no movimento “O nosso partido é o Porto” e juntos calcorreamos muitas das ruas da Invicta ao lado de Rui Moreira. Foi nestas acções de cidadania que a nossa amizade se cimentou e por o considerar a pessoa certa no lugar certo – Presidente da União das Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória – é que lamento profundamente toda esta “telenovela” que se anda a arrastar nos Tribunais portugueses. Para mim, que sei pouco ou nada de Leis, mas que tento andar atento ao dia-a-dia da política nacional, António Fonseca mantem todos os seus direitos cívicos, incluindo o de exercer cargo autárquico, pois como em Agosto de 2013 disse a Comissão Nacional de Eleições só são inelegíveis "os cidadãos falidos e insolventes cujos processos de insolvência ainda não tenham sido encerrados", o que para este cidadão já se tinha verificado em Dezembro de 2012.

  Força, António Fonseca!... Estou contigo.

{#emotions_dlg.meeting} [JN 21Mai2014] - Os eleitos do PSD na Assembleia de Freguesia do Centro Histórico do Porto exigiram, esta terça-feira (20Maio), que o presidente da junta, António Fonseca, se abstenha de assumir compromissos que possam "ter repercussões graves no património" local. Em causa está o facto de o Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto (TAF) ter decidido, no dia 4 de abril, pela perda de mandato do presidente da União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória (Centro Histórico), António Fonseca, por ter sido candidato eleitoral (pelo movimento independente de Rui Moreira) depois de declarado insolvente em dezembro de 2012.


«Gonçalo Moreira» no Facebook >> O psd Porto bacoco como de costume, a querer ganhar lutas nos bastidores e com manobras dignas de invertebrados. É isto que entope o nosso pais! Será que esta gentalha não desaparece de vez?

«Antonio Cardoso» no Facbook >> Ontem estive presente na Assembleia demonstrando o meu apoio a António Fonseca. Constatei 'in locco' o baixo nível de Pinto Ferreira, armado em justiceiro, sempre com cara de mau, julgando se sentir o mais impoluto entre os seus pares, mas fazendo a mais baixa política...

«José Camilo» no Facebook >> PSD do Porto devia abster-se de tecer comentários. Aqui, nunca se votou por hábito.

«Pedro Baptista» no Facebook >> O PSD até devia abster-se de... deixar entrar mosca...

«Joao Moreira da Silva» no Facebook >> estive ontem com o meu amigo Antonio Cardoso na assembleia pelas mesmas razões, e de acordo com ele, tb verifiquei o baixo nível das intervenções que por lá ouvi, já aprendi o que é fazer baixa política por gente que tem a obrigação de fazer mais e melhor.

«Albertino Amaral» no Facebook >> Quem diria que um Partido, estivesse lentamente a fragmentar-se... Pobre PSD e coitados dos seus representantes...!

«José Camilo» no Facebook >> Não é só ao PSD que está a acontecer. Acredito mesmo que se está a fazer história.



Publicado por Tovi às 09:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 29 de Outubro de 2013
Câmara Municipal do Porto

Já se sabe qual vai ser a composição do Executivo da Câmara do Porto. É a seguinte:
{#emotions_dlg.star} Rui Moreira – Presidente de Câmara – Pelouros da Reabilitação Urbana, do Desenvolvimento Económico e Social e o do Desporto, Lazer e Turismo. {#emotions_dlg.star} Guilhermina Rego - Vice-presidente da autarquia - Pelouro da Educação, Organização e Planeamento.
{#emotions_dlg.star} Sampaio Pimentel - Pelouro da Fiscalização e Protecção Civil.
{#emotions_dlg.star} Paulo Cunha e Silva - Pelouro da Cultura.
{#emotions_dlg.star} Filipe Araújo - Pelouro da Inovação e Ambiente.
{#emotions_dlg.star} Cristina Pimentel – Pelouro da Mobilidade.
{#emotions_dlg.star} Manuel Pizarro (PS) – Pelouro da Habitação e Acção Social.
{#emotions_dlg.star} Manuel Correia Fernandes (PS) - Pelouro do Urbanismo.

Carla Miranda (PS), os três vereadores do PSD e o da CDU ficam sem pelouros.


«Pedro Aroso» no Facebook >> A escolha do Arq. Manuel Correia Fernandes para o Urbanismo é a nota mais importante desta lista.

«Jorge Garcia» no Facebook >> Já esperada e muito bem acolhida por todos, Pedro Aroso

«José Manuel Barbosa Júnior» no Facebook >> E os Srs. Vereadores com pelouro vão ter horário de atendimento ao munícipe, ou mais uma vez, lá terá de ser o Vereador da CDU a receber os munícipes e transmitir as preocupações ao Executivo?

«Pedro Aroso» no Facebook >> Rui Moreira vai precisar de bons assessores para lidar com tantos pelouros.

«David Ribeiro» no Facebook >> Se a Carla Miranda (número três da lista do PS) tivesse abdicado do seu lugar de vereadora, muito provavelmente teria sido dado ao Tiago Barbosa Ribeiro (número quatro da lista do PS) o pelouro do desporto, lazer e turismo. A Carla parece que bateu o pé e queria o pelouro da cultura. Lá temos o sapateiro a ir além da chinela. Claro que isto não passa de conjeturas minhas, mas sou capaz de andar perto da verdade.

«Albertino Amaral» no Facebook >> Colaborem, trabalhem e sigam o exemplo do Presidente. Só têm a ganhar com isso... Nada de birrinhas, gente...

«Pedro Aroso» no Facebook >> O pelouro do Paulo Cunha e Silva não vai ser fácil. Durante a Porto 2001, o grosso da população passou ao lado das suas escolhas.

«David Ribeiro» no Facebook >> Um dos "pecados" dos portuenses é terem vindo a passar ao lado de muita coisa que se tem feito no Porto, umas boas e outras más, mas sempre a passarem ao lado, meu caro Pedro Aroso.

«Pedro Aroso» no Facbook >> Eu referi-me concretamente à Porto 2001. Nesse ano não consegui ver um único espectáculo porque os bilhetes esgotavam-se antes de serem postos à venda. Eram todos distribuídos pelos patrocinadores e pelos amigos.



Publicado por Tovi às 07:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 27 de Outubro de 2013
Ouvido da boca de Hélder Pacheco

...nestas Autárquicas'13:

{#emotions_dlg.star} Rui Moreira é um liberal no sentido da defesa dos direitos civis. Não o vejo como um homem de direita. Ele enquadra-se aí, num certo pensamento republicano, numa certa tradição liberal de esquerda, setembrista e patuleia.



Publicado por Tovi às 16:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 22 de Outubro de 2013
Tomada de posse de Rui Moreira

É hoje a tomada de posse de Rui Moreira e de todos os outros eleitos para a Câmara do Porto. Acreditem que era mesmo uma grande alegria que me davam se me permitissem estar presente neste acto solene, mas ao que me têm vindo a dizer a cerimónia é organizada pelo presidente cessante, sujeita a convite e com pouquíssimos lugares, pelo que mais não me restará do que estar presente em espírito. As maiores felicidades para todos os eleitos e que lutem, com todas as forças e saber, pelo PORTO e pelos PORTUENSES.


 «Eduardo Coelho» no Facebook >> David... sabe a que horas é a tomada de posse?

«David Ribeiro» no Facebook >> É hoje, dia 22, às 16 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

«Eduardo Coelho» no Facebook >> Obrigado...

«José Carlos Ferraz Alves» no Facebook >> Ainda temos de levar com mais uma organização à Rui Rio , exclusividade.

«Jose Riobom» no Facebook >> ... empossado ???? ...ou empoçado??? ou seja... toma posse …ou mete a pata na poça ???... vou pela 2.ª !!!

«Isa Veloso» no Facebook >> É lamentável que todos os que estiveram ao lado do agora Presidente da CMP não possam assistir à sua Tomada de Posse... é profundamente lamentável!!!

«José Camilo» no Facebook >> Então? Tudo para a Avenida. O Porto afinal ganhou mais um campeonato.

«Jorge Garcia» no Facebook >> A tomada de posse de um Presidente de Cãmara é feita nos seus Paços do Concelho, sempre o foi e sempre será. Também não vejo razão para que pudesse ser feita no Mercado do Bolhão... Vim de longe para o ver tomar posse mas dificilmente o conseguirei, mas estarei lá à entrada para a Camara e antes da posse para lhe dar um abraço. Façam o mesmo!

«Jorge Veiga» no Facebook >> O Sr. Jorge Garcia disse tudo o que tinha a ser dito.

«Isa Veloso» no Facebook >> Jorge, esse "sempre" é muito relativo. É até deixar de o ser. Toda a equipa que esteve com o Rui Moreira durante a campanha devia poder assistir a esse Acto de Posse. Não foi por isso que todos lutámos, por aquilo que esse acto significa?

«Jorge Garcia» no Facebook >> Isa eu sei o lutamos por esta vitoria. Mas os protocolos são para cumprir e aceitar. Acho que nos ficava bem estarmos todos à entrada da Cãmara no dia 22. Eu estarei lá. Beijinho

«Joaquim Leal» no Facebook >> Os "meus" tomaram posse ontem [sábado, 19Out] o que significa que a partir de amanhã tenho "patronato" renovado ;)

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> Desde quando é que é o presidente cessante, seja la presidente do que for, que decide sobre uma cerimonia que é altamente significativa do que é suposto ser um novo ciclo que se inicia?

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star} Estive presente na tomada de posse de Rui Moreira que se realizou hoje à tarde no Salão Nobre dos Passos do Concelho da Cidade Invicta. Sala cheia e com gente pelos corredores e escadarias.

«José Carlos Ferraz Alves» no Facebook >> Força Porto!

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star}  Ouvido hoje da boca de Rui Moreira, no seu discurso de tomada de posse como Presidente da Câmara do Porto: “O poder local, mais do que qualquer outro, corporiza a ideia de Estado de proximidade na relação com cidadãos, que muitas vezes olham para o poder central como longínquo e temível. Nestes tempos perturbados em que se ouvem vozes do governo para que se criem mais empresas e empregos, em que nos dizem que o desenvolvimento não é só um problema do poder central, é necessário que essas vozes nos esclareçam, sem inúteis ambiguidades, se estão disponíveis para transferir mais competências para as autarquias”. (...) “O Porto livre pode e deve assumir um papel agregador. Não tem pretensão de domínio nem aspiração a ser capital, senão de si mesma. Proponho a criação de uma liga de cidades, que vá do Porto a Bragança, num traço contínuo que nos une como Norte. E que cada cidade compreenda que se não unir a outras cidades ficara menos forte, mais isolada”.

«José Camilo» no Facebook >> Não esperava outra coisa. O primeiro passo está dado.

«Jorge Garcia» no Facebook >> Um discurso assertivo e conclusivo sobre uma região. Nada será como dantes... e acabará o quartel general em Abrantes...

«Manuel Ribeiro da Silva» no Facebook >> Apesar de não votar no Porto, já começa a tocar-me na pele. Tenho as empresas na Maia e espero que este "Movimento" acabe por contagiar a vizinhança.



Publicado por Tovi às 09:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 20 de Outubro de 2013
Acordo de governação para a Câmara do Porto

Aqui está na íntegra o acordo celebrado entre Rui Moreira e Manuel Pizarro para a governação da cidade do Porto:
{#emotions_dlg.star} Artigo 1.º - (Objecto) - O Acordo para o Governo da Cidade do Porto (doravante, "Acordo"), com a duração de quatro anos, é celebrado entre "Rui Moreira, Porto, Nosso Partido" e o Partido Socialista tendo em vista garantir a governabilidade estável, eficiente e competente na Cidade do Porto e, mais especificamente, na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal e nas Juntas de Freguesia.
{#emotions_dlg.star} Artigo 2.º - (Princípios Fundamentais) - As Partes assumem o compromisso solene perante a Cidade e os Portuenses de que, na execução do Acordo: a) Actuarão com respeito pleno dos princípios da boa-fé, da lealdade, da cooperação mútua e de serviço. b) Respeitarão, no exercício da governação da Cidade, as prioridades que foram amplamente sufragadas pelos Portuenses: Coesão Social, Economia e Cultura. c) Definirão níveis de cumprimento de diversos indicadores financeiros, nomeadamente, montante do défice, prazo de pagamento a fornecedores, dívida de curto prazo e dívida de médio e longo prazo.
{#emotions_dlg.star} Artigo 3.º - (Autonomia das Partes) - Sem prejuízo dos princípios expressos no artigo anterior, as Partes mantêm autonomia nas questões de natureza política de âmbito nacional e nos assuntos da esfera metropolitana nos quais não seja possível alcançarem uma posição comum.
{#emotions_dlg.star} 
Artigo 4.º - (Câmara Municipal) 1. Os Signatários acordam que os vereadores do Partido Socialista integrarão o Executivo da Câmara Municipal do Porto, com pelouro atribuído. 2. A governação municipal respeitará as linhas fundamentais do programa eleitoral do Primeiro Signatário, maioritariamente sufragado pela população da cidade. 3. As partes reconhecem nos programas de ambos os signatários a existência de pontos significativos em comum e que consideram fundamentais, nomeadamente: - A valorização da área social e da importância de uma Rede Social como instrumento prioritário de intervenção da autarquia no sentido de ampliar o apoio domiciliário aos idosos, qualificar os equipamentos ou retirar os sem abrigo das ruas, em colaboração e com o apoio de IPSS, paróquias e outras organizações; - A importância dada a uma reabilitação urbana que assegure a manutenção da identidade da cidade, assegurando o direito dos actuais moradores permanecerem nas zonas reabilitadas e a rápida necessidade de se recuperar o Mercado do Bolhão mantendo a sua natureza de mercado de frescos; - O reforço dos mecanismos de participação dos moradores dos bairros sociais e a defesa da transferência para a Câmara da gestão dos bairros sociais que pertencem ao Estado, desde que seja assegurado o financiamento da sua recuperação. - O objectivo de reduzir as desigualdades entre a zona Oriental e o resto da cidade, promovendo iniciativas que permitam a reanimação económica, urbanística, social e cultural daquela zona da cidade. - A prioridade atribuída à Cultura como factor distintivo do Porto e da sua criação de riqueza assegurando, nomeadamente, a devolução do Rivoli à cidade como Teatro Municipal. - O reforço dos mecanismos de participação dos portuenses na gestão municipal.
{#emotions_dlg.star} Artigo 5.º - (Assembleia Municipal) 1. Durante a vigência do presente Acordo, a Presidência da Assembleia Municipal do Porto será assegurada por um representante da candidatura do Primeiro Signatário. 2. O Partido Socialista terá o direito de indicar o Vice-Presidente do órgão referido no n.º 1 deste artigo.
{#emotions_dlg.star}Artigo 6.º - (Juntas de Freguesia) 1. As Partes garantirão a maioria absoluta nas Juntas de Freguesia da Cidade onde os resultados por si obtidos permitem a realização de tal objectivo. 2. Nas situações em que as Partes não detenham a maioria nas Juntas de Freguesia, assumem o compromisso de, em execução do presente Acordo, concertarem as respectivas posições e actuarem de forma conjunta.


«Antonio Sousa Dias» no Facebook >> Desconfio dessa aliança.

«David Ribeiro» no Facebook >> Então porquê, Antonio Sousa Dias?...

«Pedro Aroso» no Facebook >> Colocar os interesses da cidade acima dos interesses pessoais e partidários, só dignifica os subscritores deste acordo.

«Antonio Sousa Dias» no Facebook >>  Penso que essa ideia de independência fica ultrapassada desde que aparecem os políticos profissionais, sejam eles rosa ou laranjas. Mas era previsível . O futuro dirá.

«David Ribeiro» no Facebook >> Está lá bem explícito, caro Antonio Sousa Dias: "A governação municipal respeitará as linhas fundamentais do programa eleitoral do Primeiro Signatário, maioritariamente sufragado pela população da cidade."

«Antonio Sousa Dias» no Facebook >> Eu li. Enfim, esperemos para ver no que da esta coligação governativa.

«David Ribeiro» no Facebook >> É evidente que "coligações políticas" é como os "casamentos", uns duram outros não... mas quando não duram, sejam "coligações" ou "casamentos", a culpa é sempre das partes.

«Eduardo Coelho» no Facebook >> Eu pergunto qual era a alternativa? Deixar a Câmara Municipal do Porto ingovernável ou fazer uma aliança com o PSD?

«José Camilo» no Facebook >> Quer dizer, o respeito demonstrado ao povo por Rui Moreira a um partido que perdeu por peequena margem e o documento acima assinado, ainda consegue colocar dúvidas e desconfianças....

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star} O Porto e os Portuenses só ficaram a ganhar com este acordo de governo para a Cidade.

«Jorge Veiga» no Facbook >> Se ficaram a ganhar, iremos ver David Ribeiro O PS já lá esteve e fez muitas asneiras. Espero que o RM tenho o bom senso que antes não tiveram e modere a gestão.

«David Ribeiro» no Facebook >> Claro que sim, Jorge Veiga, o PS já fez muitas asneiras na autarquia portuense, mas acredito que o facto d' "a governação municipal respeitará as linhas fundamentais do programa eleitoral do Primeiro Signatário, maioritariamente sufragado pela população da cidade" poderá marcar a diferença.

«Eduardo Vasques de Carvalho» no Facebook >> só quem não conhece Rui Moreira pode pensar que este se deixará ultrapassar pelos acontecimentos....

«Jorge Veiga» no Facebook >> Assim espero. Quanto a conhecer uma pessoa ou não conhecer, aqui levantado pelo Sr. Eduardo (que não conheço), esperemos que RM governe de acordo com o que disse, porque por vezes eles parecem uns e saiem-nos furados, como alguns que nós conhecemos. Não estou a pensar mal de RM, porque não tenho motivos para isso e espero que ao fim de 4 anos o possa apoiar, com o voto (espero já estar no Porto e vivo) se for esse o caso. E não me incomoda nada apoiar candidaturas que não passem pelo meu partido...



Publicado por Tovi às 14:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013
Ao que chegou o PSD-Porto

Luís Filipe Menezes já o tinha feito, sendo agora a vez de Mónica Baldaque renunciar ao cargo de vereadora. Está cá a parecer-me que não há ninguém da lista do PSD a querer ir para a Câmara do Porto.

{#emotions_dlg.meeting} [Público] - Mónica Baldaque, que integrou a lista de Luís Filipe Menezes à Câmara do Porto em terceiro lugar, renunciou ao mandato de vereadora para o qual foi eleita no dia 29 de Setembro, afirma a escritora num comunicado enviado ao Público. “Pese ser nobilíssimo exercer o mandato de vereadora seja em que situação for, dado que era candidata independente, entendi devolver o mandato ao PSD, ponderando as razões subjacentes à minha candidatura e as que resultaram do acto eleitoral”, acrescenta Mónia Baldaque.


«Eduardo Coelho» no Facebook >> É o normal... Com um jeitinho ainda me ligam a mim... olha e tal... ninguém quer ser vereador em representação do PSD... estamos a ligar à população do Porto à procura de voluntários.

«Jorge Garcia» no Facebook >> No money? No Show!

«Fábio Teixeira» no Facebook >> Por estas renúncias, se vê a verdadeira intenção desta malta!!! Se amassem assim tanto a cidade do Porto, tentariam fazer algo constructivo em conjunto com o presidente eleito!!! Bando de meninos mimados!!!

«Eduardo Coelho» no Facebook >> Fábio... tem dúvidas?

«José Camilo» no Facebook >> Ainda não perceberam. Ou são gente de má fé.

«Sergio Castro» no Facebook >> só mostra que são realmente uma espécie de chulos do sistema

«António Alves» no Facebook >> irão uns suplentes que na prática prestarão vassalagem a rui rio moreira. nada que eu não tivesse previsto. os portuenses deram 60% dos votos à direita.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Realmente...

«João Castro Lemos» no Facebook >> Parecem ratos a fugir... detesto ratos!

«Fatima Gabriel» no Facebook >> Só faz falta quem está!!!

«Jorge Veiga» no Facebook >> David Ribeiro, ainda não ouvi nada sobre a necessidade de haver vereadores do PSD, por parte do RM. Esperam o quê. Sem pelouros, toda a gente foge...

«David Ribeiro» no Facebook >> Eu não sei se Rui Moreira tinha ou não intenção de atribuir pelouros aos vereadores eleitos pelo PSD, mas como a tomada de posse é só no dia 22 parece-me ainda cedo para já se falar na constituição do elenco governativo do Porto. Há quem tenha falado em gente eleita pelo PS para alguns pelouros, mas deverá ser pura especulação, digo eu.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Não deve ser especulação. Deve ser mais fácil atribuir pelouros no PS (porque não esteve no poder) do que aos elementos do PSD. E como não tem maioria tem de fazer pactos, senão não é governavel, o que é mau para o Porto.

«Albertino Amaral» no Facebook >> David Ribeiro, ia 22 é na próxima terça-feira.....

«David Ribeiro» no Facebook >> Quero ver se consigo estar presente na tomada de posse de Rui Moreira. O amigo Albertino sabe se é possível e se é necessário alguma formalidade especial para se assistir?

«Albertino Amaral» no Facebook >> Segundo informação, a tomada de posse é pública... Nada de formalidades…

«Jorge Veiga» no Facebook >> Cá por Chaves as tomadas de posse da Câmara são no salão Nobre. As da Assembleia no local onde funciona a Assembleia, que noutro local. São públicas.



Publicado por Tovi às 07:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 16 de Outubro de 2013
Ouvido da boca de Francisco Assis

...nas Autárquicas'13:
{#emotions_dlg.star} [Rui Moreira] esse filho da alta burguesia da Foz, com a imagem cuidada de homem empreendedor, de espírito aberto e cosmopolita, [um candidato capaz de] preencher todos os requisitos para encarnar o mito do Porto burguês, liberal, independente e aberto ao mundo.


«Jorge Saraiva» no Facebook >> Aguarda-se a chegada dos que fazem das suas exposições sacos de boxe... :)

«António Alves» no Facebook >> Confere: Assis defende que PS deve fazer aliança à direita - Deputado socialista critica, em entrevista à Renascença, aqueles que têm apupado o primeiro-ministro e o Governo e defende que o Parlamento deve fazer um esforço para “utilizar uma linguagem menos extremista”.

«José António Salcedo» no Facebook >> Tadinho do Assis. Perdeu mais uma excelente ocasião para estar calado.

«António Alves» no Facebook >> e essa "narrativa" do bom burguês oiticentista é serôdia e não encaixa nesta cidade onde se morre de fome e doença em ilhas miseráveis.

«Maria Helena Costa Ferreira» no Facebook >> tinha o Assis   em "alta conta"... ser socialista  não é  defeito mas... teria ganho mais e continuar calado...

«Jorge Saraiva» no Facebook >> Mas afinal o que é que o senhor disse de errado? Quais as reais razões que levaram os portuenses a ver neste indivíduo - no sentido de que não foi numa organização que votaram - a pessoa indicada para liderar o executivo da CMP?

«Albertino Amaral» no Facebook >> Ainda continuo a ter um desgosto enorme, de no meu tempo de infância nunca ter sabido jogar ao pião... Descobri já muito mais tarde, que afinal era excesso de fio (faniqueira), que eu dava... Serviu-me de lição......!

«Maria Teresa de Villas-Boas» no Facebook >> Quer imitar o Eça de Queirós



Publicado por Tovi às 08:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 11 de Outubro de 2013
Menezes vai renunciar ao mandato na Câmara do Porto

Que nos desampare a loja de uma vez por todas.

{#emotions_dlg.meeting} [Público] - Luís Filipe Menezes decidiu renunciar ao mandato de vereador, cargo para o qual foi eleito nas autárquicas do passado dia 29. A decisão foi tomada ontem à noite numa reunião da candidatura do PSD à Câmara do Porto. O cabeça de lista renuncia mesmo ao mandato, mas os nomes seguintes, Amorim Pereira, a independente Mónica Baldaque e o líder da concelhia social-democrata, Ricardo Almeida - que se encontra demissionário desta estrutura partidária - vão ocupar os três lugares na vereação conquistados pelo PSD nas autárquicas do Porto.


«Victor Meirinho» no Facebook >> Baza oh Melga!!!

«Joaquim Leal» no Facebook >> Costuma-se afirmar que na politica não existem "mortos" mas este já "era" de certeza.

«Fernando Kosta» no Facebook >> Eu não vejo as coisas desse modo: todos os portuenses contam desde que trabalhem para a Cidade e os seus Cidadãos. Se pensarmos na forma de exclusão, o que dizer do legado de Rui Rio que se mantém na equipa de RM? Afinal são vereadores do cinzentismo que ficaram...  Não seriam eles merecedores de um bilhete de Metro para a estação do "desampara-me a loja"?

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star} José Augusto Rodrigues dos Santos escreveu no "Porto24 - opinião": Gostei de ver o “baixinho” de Vila Nova de Gaia falhar a sua tentativa de salto duplo. Vê-lo regressar ao limbo do esquecimento (esperemos que mergulhe bem fundo no rio Lete) a lamber as feridas de tanta porrada é dos prazeres que um simples cidadão, que tem como única virtude política um acrisolado amor à sua Pátria, merece ter nestes dias de ludíbrio.



Publicado por Tovi às 18:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013
A concelhia e a distrital do PS-Porto não se entendem

Estou certo que há nos vereadores eleitos pelo Partido Socialista gente que poderá contribuir, e bem, para uma excelente governação da nossa Cidade. Rui Moreira está aberto à colaboração da equipa de Manuel Pizarro, pelo que não entendo as "dificuldades" que alguns socialistas da distrital estão a colocar a este entendimento. Cuidado!... Os portuenses não se esquecem de quem lhes prega partidas. Fernando Gomes era um socialista querido pelos portuenses, mas esqueceu-se que cá pela Invicta não gostamos de quem abandona os destinos da Cidade por dá-cá-aquela-palha.


«José Camilo» no Facebook >> O amigo David já reparou com que facilidade se transmite cá para fora que foi o PS que apoiou Rui Moreira e não Rui Moreira que se mostrou disponível a uma, digamos, coligação. A falta de respeito pelo povo vai a este ponto por parte de um pasquim vendido.

«David Ribeiro» no Facebook >> O JN ainda não conseguiu digerir a vitória de Rui Moreira... agora resolveu pegar no "apoio" socialista ao candidato independente vencedor.

«José Carlos Ferra Alves» no Facebook >> As duas, claro. Com grande sentido de Estado de RM.

«Joaquim Leal» no Facebook >> David Ribeiro, não foi o JN o principal incentivador do candidato laranja?

«David Ribeiro» no Facebook >> Pois foi, Joaquim Leal... O JN estava completamente "vendido" ao Menezes.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Lembro-me da última sondagem... ;)

«Manuel Ribeiro da Silva» no Facebook >> Se fosse só ao Menezes...

«Albertino Amaral» no Facebook >> Seria bom que a oportunidade que Rui Moreira está a dar ao PS, fosse por este aproveitada, porque os portuenses não perdoam mesmo qualquer tipo de traição... Parece-me que certos sectores da PS ainda não se convenceram que quem ganhou as eleições foi um Independente de nome Rui Moreira, e é ele quem decide o que fazer e com quem... Que esses sectores do PS, estejam ao nível daquelas que foram as boas relações de Manuel Pizarro com o vencedor Rui Moreira.

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> "Parece-me que certos sectores da PS ainda não se convenceram que quem ganhou as eleições foi um Independente de nome Rui Moreira, e é ele quem decide o que fazer e com quem..." Aqui esta um raciocinio extraordinario! Como ganhou escolhe e os escolhidos têm a obrigação de aceitar a escolha.

«Albertino Amaral» no Facebook >> As palavras são suas, Jorge de Freitas Monteiro... Pelos vistos ainda não está documentado sobre a confusão que vai no seio do PS, entre eles próprios, face a essa posição alvitrada pelo novo Presidente...

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> As palavras são minhas??? Copy and paste meu caro. Assuma o que escreveu. A confusão no PS é um assunto diferente. O Albertino é que acha que não devia haver confusão no PS, deviam aceitar a escolha "real".

«Albertino Amaral» no Facebook >> Essa comigo não pega, Jorge de Freitas Monteiro, o senhor escreveu: "Aqui está um raciocínio extraordinário! Como ganhou escolhe e os escolhidos têm a obrigação de aceitar a escolha "... estarei errado ? Passe bem...

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> E não é isso que decorre necessariamente das suas interessantes palavras que eu me permiti citar?

«Albertino Amaral» no Facebook >> Não, meu caro, sinceramente gostaria de ser eu a pensar com a minha própria cabeça... Importa-se?

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> Por mim não hesite.

«Albertino Amaral» no Facebook >> Obrigado. Fique bem.



Publicado por Tovi às 17:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 5 de Outubro de 2013
As Autárquicas'13 no Porto

Resumo da votação nas Autárquicas'13 no Porto (Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesias)


«Raul Vaz Osorio» no Facebook >> Qual é a fonte? a DGAI, pelo menos da última vez que vi e os votos estavam todos contados, tinha um resultado diferente para Paranhos

«David Ribeiro» no Facebook >> Estes valores são da DGAI... mas atenção: são valores para as Assembleias de Freguesia, não a votação por freguesia para a Câmara do Porto.

«Raul Vaz Osorio» no Facebook >> Ah ok... Mesmo porque:

«David Ribeiro» no Facebook >> Em Paranhos verificou-se uma particularidade que, no meu entender, só demonstra que os eleitores têm perfeita consciência do que estão a fazer ao "botar o papelinho nas urnas", seja o resultado do nosso agrado ou não. Para a Câmara do Porto votaram em Rui Moreira nesta freguesia 8.002 eleitores (36,80%) e para a Assembleia de Freguesia só votaram 5.702 no candidato das listas de Rui Moreira, tendo a vitória sido do candidato do PSD com 6.394 votos (29,41%).

«Zé De Baião» no Facebook >> Resultados Porto: Como sou da área socioeconómica e socioeducativa, olho para estes resultados nessa base, sendo que, é notório um distanciamento entre os fluvienses e os outros, entre as zonas mais ricas e as mais pobres. Espero que Rui Moreira compreenda o mundo e a cidade atual e tenha uma veia mais social e menos aristocrata, ou seja, que olhe mais para as zonas e pessoas mais desfavorecidas. É óbvio que para se redistribuir é necessário rentabilizar, mas que não se esqueça de praticar a justiça social. Sei que Manuel Pizarro se manterá atento e tudo fará pela coesão social e económica.

«David Ribeiro» no Facebook >> Tudo leva a crer que haverá perfeito entendimento entre Rui Moreira e a sua equipa, com os vereadores eleitos pelo PS. Estou esperançado e confiante numa equipa de luxo na Câmara do Porto.



Publicado por Tovi às 10:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


23
24
25
26
27
28

29
30
31


Posts recentes

Assembleia Municipal do P...

Foi há três anos...

Ser independente... com R...

Anulada a eleição de Tiag...

Foi há um ano... a vitóri...

António José Fonseca

Câmara Municipal do Porto

Ouvido da boca de Hélder ...

Tomada de posse de Rui Mo...

Acordo de governação para...

Ao que chegou o PSD-Porto

Ouvido da boca de Francis...

Menezes vai renunciar ao ...

A concelhia e a distrital...

As Autárquicas'13 no Port...

A vitória de Rui Moreira ...

Press-à-Porter

O dia seguinta à vitória ...

Rui Moreira venceu a Câma...

As Autárquicas'13 são ama...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus