"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2015
Licor de Hortelã Pimenta

CAM00218.jpg

Fiz nestes últimos dias uma experiencia na preparação de licores… desta vez naquilo que vou chamar Licor de Hortelã Pimenta. Adicionei seis colheres de sopa de plantas secas de “Mentha piperita L.” a 500 gramas de açúcar e meio litro de aguardente. Deixe macerar durante 48 horas, coei e filtrei e o resultado foi um divinal produto a pedir messas a muitos dos “drink shots” que para aí se vendem. É um bocadinho para o forte… mas como ainda há homens de barba dura (e mulheres que até envergonham o mais másculo dos exemplares do chamado “sexo forte”) até estou convencido que vai ser um sucesso entre os meus amigos e amigas. Temos que marcar um “Test Gourmet” para este Licor de Hortelã Pimenta.

 

  Comentários no Facebook

«Fatima Sousa» >> E o licor de tangerina ficou bom?

«David Ribeiro» >> O Licor de Tangerina ainda está a macerar... só daqui a umas seis ou oito semanas poderemos saber o resultado

«Fatima Sousa» >> No Alentejo fazem imensos licores de ervas que são vendidos no mercado Eu vi em Odemira Se quiser posso perguntar

«António Lopes» >> A sua mulher não estava ao pé de si aquando da foto, pois não? Está a riscar a mesa. Boa sorte nessas delícias de Dionísio.

«David Ribeiro» >> O meu prazer na feitura de licores é o inventar novas fórmulas e encontrar novos sabores… Nem sempre as coisas me correm bem, mas enquanto os deuses me derem a possibilidade de todos os dias me levantar com a vontade de alguma coisa de útil fazer, ainda sou capaz de “inventar” mais umas receitas

«Fatima Sousa» >> Quer que tente saber quais as ervas?

«David Ribeiro» >> Ela já não se zanga comigo, caríssimo António Lopes... Desde o dia em que eu encontrei numa pequena drogaria um produto divinal para restaurar a madeira de móveis antigos que a minha santa senhora me perdoa estas asneiras. Claro que estou aberto a tudo o que é novidade, querida amiga Fatima Sousa... Por mais que se leia o que para aí se escreve sobre licores de ervas nunca se sabe tudo.

«Jose Riobom» >> ...gosto do centro de mesa D. João V......

«Duarte Leal» >> Vamos a isso!!

«António Lopes» >> Eu sempre posso oferecer as batatas-fritas!

«Maria Vilar de Almeida» >> Será que ouvi bem?! Test Gourmet?! Já estou na fila... hihihihihihihi... As plantas secas de “Mentha piperita L"... basta deixar secar as folhas de hortelã, ou como é?!

«David Ribeiro» >> Eu compro-as no supermercado... daquelas que estão à venda para se fazer chá.

«Pica Miolos» >> Para o ano, valerá a pena plantar uns pés num vaso. São uma autentica praga!



Publicado por Tovi às 09:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 11 de Março de 2014
Licor de Tangerina [T026/2014] - #3

 O meu Licor de Tangerina

A manhã de hoje foi para coar e fazer a primeira filtragem do terceiro lote do meu Licor de Tangerina que estava em maceração desde 11 de Janeiro. Mais uns dias e vai ser engarrafado.


«Pedro Silva» no Facebook >> Caro David Ribeiro, por acaso eu tb faco um mas de laranja onde utilizo as laranjas da minha producao. Aqui por casa tem sempre muita saida. E faco entre 10 e 15 litros ano. Nada mau!!!

«Maria Helena Costa Ferreira» no Facebook >> para a próxima troco tangerinas  por uma garrafinha... vale?

«David Ribeiro» no Facebook >> Está combinado, Maria Helena.

«Rafael Fernandez de Zafra» no Facebook >> UMMMMMMMMM

«José Manuel Barbosa Júnior» no Facebook >> Alambique clandestino? Andamos a fazer licor a martelo? :p

«Pedro Silva« no Facebook >> O que esta a dar agora e tudo clandestino. Senao um dia destes ainda vem pedir para pagar impostos sobre o licor ;)



Publicado por Tovi às 13:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 21 de Outubro de 2012
Licoraria Tovi

Desde há já algum tempo que um grande amigo e colega de actividade profissional me anda a incentivar ao registo da minha actividade lúdica de “fazer licores”. E depois de mais um sucesso na criação de um Licor de Ameixa, que se segue ao já mais que meu consagrado Licor de Tangerina, estou mesmo numa de arrancar com este projecto, pelo que segunda-feira de manhã, logo às nove horas, entrará no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) um pedido de registo de Marca e Propriedade Industrial para Licoraria Tovi, uma actividade desenvolvida a título pessoal (muito menos que micro-empresa), mas que muito provavelmente terá que ser enquadrada no Decreto-Lei n.º 201/2008 de 29 de Outubro, e para a qual são licenciadoras as Câmaras Municipais. Além disto ainda terei de obter os selos correspondentes ao pagamento do imposto especial sobre estas bebidas na Direcção Geral das Alfandegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo.
{#emotions_dlg.sidemouth} Não vai ser tarefa fácil.

«Carlos Janeiro» in Facebook >> Vai dando noticias

«José Reis» in Facebook >> Se fizer o pedido ao INPI pela internet poupa 50%. Basta ir ao site deles e o processo é relativamente simples. Boa sorte para o projecto.

«Odete Godinho» in Facebook >> Com tudo o que vai no país não vai ser facil... mas nao desista! boa sorte :)smile

«Ricardo Moreira» in Facebook >> Muito bem!

«Nuno Lopes» in Facebook >> Boa sorte nesse novo projeto. Vai ser um sucesso, já comprovei...

«Cmc Nelo» in Facebook >> Quando precisar de uma câmara para armazenar fale comigo!!!

«Joaquim Leal» in Facebook >> Uiii.. se o Gaspar sabe. ;)wink

«David Ribeiro» in Facebook >> Eu sei que o Gasparzinho já esfrega as mãos de contente por haver mais um português a querer contribuir para os cofres do Estado… Mas preocupa-me muito mais que haja também outros gajos a quererem ser meus “sócios”, “consultores”, “administradores não executivos” e outras merdas que ninguém sabe bem o que são nem para que servem, mas que nascem como cogumelos nestes últimos tempos da democracia portuguesa.

«Artur Pires» in Facebook >> Boa sorte no novo projeto. abs

«António Henriques Teixeira» in Facebook >> Fico á espera dumas amostras. Boa sorte.

«Ricardo Moreira» in Facebook >> Tipo Angola...

«Joaquim Leal» in Facebook >> Sabes que o gajo anda a taxar as bebidas espirituosas. A propósito, não tens saudades das "farrobinhas"? eh eh eh

«David Ribeiro» in Facebook >> "Farrobinha" é uma coisa maravilhosa e que descobri graças à tua generosidade, meu amigo Joaquim Leal.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Tenho que pensar em matar essas saudades eh eh eh

«Guilherme Lickfold» in Facebook >> Acho muito bem, e não tenho duvidas que se vendem. Pelo site do inpi custa 90 € (se for nome com logotipo) e é mais prático.

«Isabel Romano» in Facebook >> Boa sorte! Tenho a certeza de que vai ser um sucesso!

«Fátima Sousa» in Facebook >> Boa sorte...



Publicado por Tovi às 09:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 15 de Novembro de 2011
Estou constipado...

...e o melhor remédio para esta maleita é um xarope artesanal algarvio denominado Melosa, cuja fórmula usada na região de Monchique é: Colocar meio litro de água ao lume com 600g de mel, casca de um limão e um pau de canela; Deixar a mistura ferver, para se conseguir uma mais eficaz extracção dos aromas e depois de um pouco arrefecida juntar-lhe meio litro de aguardente de medronho.


«Luís Gorjão Henriques» in Facebook >> as melhoras

«Alice Costa» in Facebook >> Meio litro de aguardente de medronho? Vais ficar bonito, vais!... Estimo as melhoras, amigo.

«Miguel Félix» in Facebook >> As melhoras. Não sei se cura,... mas na dose correcta há-de por-lhe um sorriso na cara. :))))

«Carlota Alexandra» in Facebook >> Caro David, apraz-me bastante que um amigo do Porto, use e divulgue remédios caseiros algarvios para as constipações ... :) Gostei...

«Susana Lapa» in Facebook >> As melhoras! Eu também ando a braços com uma desde a semana passada

«Joaquim Leal» in Facebook >> Crlota Alexandra ...até hoje nunca conheci "remédio" algum recomendado pelo David Ribeiro que não tivesse "trotil" nele contido. eh eh eh As melhoras para o amigo, cházinho de limão com mel e aconchego na cama são santos. :)

«Carlota Alexandre» in Facebook >> A parte do "Trotil" deve ser a aguardente de Medronho... ;)

«Fernando Ferraz Alves» in Facebook >> lol David Ribeiro... os amigos são mesmo assertivos! As melhoras!

«Isabel Taborda Oliveira» in Facebook >> Amigo experimente chá de casca de romã, disseram-me isso hoje!

«Zé Zen» in Facebook >> Vê là, não tomes dois "chàs" seguidos. Fico com a duvida, se não te constipaste por querer!?

«Zé Regalado» in Facebook >> Tovi, eu também. Mas logo já vai passar. A receita é simples: deitas-te na cama com os pés de fora e uma garrafa de um bom Vinho do Porto ao lado. Vais bebendo, bebendo. Enquanto vires dois pés ainda estás constipado. Qd passares a ver 4, estás curado. É garantido. As melhoras. Se preferires um remédio mais em conta e mais inócuo, bebe muita água

«Zé Zen» in Facebook >> Àgua??? Queres dar cabo do rapaz?

«Zé Regalado» in Facebook >> A água é dos melhores remédios que temos. E pouco lhe ligamos. Sabes qual é o melhor xarope para a tosse? Cenoura com açúcar. lol Mentira: água, muita água. Garantido



Publicado por Tovi às 07:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011
Uma nova variante ao meu Licor de Tangerina

Este último fim-de-semana foi dedicado ao meu Licor de Tangerina. Desta vez, e como eu muito gosto de fazer, pequenas alterações foram adicionadas à minha receita base (1 kg de fruto + 1 kg de açúcar + 1 litro de aguardente) acabando por ficar assim: Utilizei clementinas (hibridação entre tangerina e laranja amarga) cortadas aos gomos (8 gomos por fruto); O açúcar era do refinado; Em vez de aguardente resolvi fazer o licor com brandy (Constantino Fine Brandy); Como as clementinas são menos ácidas que as tangerinas e como o brandy é mais adocicado que a aguardente, reduzi a quantidade de açúcar para 0,75 Kg; O tempo de maceração vai ser de 6 ou 8 semanas, dependendo da evolução do preparado, em frascos de boca larga (do tipo utilizado para pasteurização); Por fim há-de ser coado, filtrado (utilizando um pano de linho branco) e engarrafado.




Sábado, 3 de Setembro de 2011
Primeiro sábado de Setembro

Está cá a parecer-me que vou ter um belo dia neste primeiro sábado de Setembro.
Ora vejamos: Vou ao supermercado fazer as compras da semana; Tenho que passar pela baixa para comprar umas coisitas na Favorita do Bolhão e Casa Chinesa; Ainda tenho que procurar onde se vende esferovite para puffs; Ir ao take away buscar comidinha para o almoço, pois hoje as minhas filhas e genros vêm cá almoçar; Coar e filtrar o meu licor de tangerina; Escrever uns textos para apresentar numa acção de cidadania na próxima semana; E não me posso esquecer de ver na RTP1 o meu amigo Rodrigo no MasterChef.
Vai ser um dia em grande!...


«Zé Regalado» in Facebook >> E não irás ficar esgotado? Uma ajuda: aquilo a que chamas esferovite não é mais do que poliestireno expandido. Esferovite é o nome de uma empresa que fabrico e, ou, transforma o poliestireno. Julgo que encontras isso com facilidade num qualquer brico, tipo AKI ou do género. Agora só porque tens a família toda a comer é que vais comprar comida feita? Bolas, perdes uma oportunidade de os brindar com a boa comida caseira!!!! Bom sábado.

«Cristina Queimado» in Facebook >> Bom dia! qdo comecei a ler o seu post pensei : hummm o licor de tangerina (que ainda não provei...)! Bom fim de semana!

«Carla Teixeira» in Facebook >> No DeBorla existem sacos de bolinhas da tal coisa a que a maioria de nós chama esferovite! :) No Aki nunca vi, mas seria lógico que também tivesse, ainda que, quando andei à procura disso, apenas tenha encontrado no DeBorla...

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Receita: 12 tangerinas bem maduras, 1 litro de aguardente, 600ml de água, 600g de açúcar, 1 pau de canela. Modo de fazer: Cortam-se as cascas das tangerinas o mais fino possível e colocam-se num frasco de boca larga com a aguardente e o pau de canela, durante 1 mês. Durante esse tempo vai-se agitando o frasco (1 ou 2 vezes ao dia). Lavam-se as cascas nos 600ml de água e leva-se esta ao lume com o açúcar. Ferve durante 5 minutos, deixa-se arrefecer um pouco e junta-se à aguardente. Coa-se e engarrafa-se. (tarefa de hoje do David Ribeiro) E pronto! Recomenda-se que a garrafa se mantenha fechada e deve ser bebido no Natal! Esta é a parte mais difícil da tarefa... não garanto que chegue assim até lá eheheh Atenção a receita lo licor não é da minha responsabilidade, foi copiada algures na net :-P

«Zé Regalado» in Facebook >> Mas é impressão minha ou há qq coisa que não bate certo? Cortam-se as cascas e um mês depois lavam-se as cascas? São as mesmas cascas? Ora descasca lá esta dúvida.

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Talvez devam ser lavadas de novo depois de saírem da aguardente, mas como já disse não me responsabilizo.Não tarda temos inspeção do Joaquim Leal... lol

«Cristina Queimado» in Facebook >> Acresecntar na m/ lista p/ o supermercado: tangerinas e aguardente ;)

«Zé Regalado» in Facebook >> Continuo sem perceber: se se lavam depois de sair da aguardente e voltam para a aguardente, qual o lucro?

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Pois... talvez o amigo David Ribeiro nos possa explicar.

«Zé Regalado» in Facebook >> Lol, já tremes por todos os lados e agora apelas ao mouro e ao tripeiro para te ajudarem. Meteste-te em boa. hi hi hi

«Carla Cruz» in Facebook >> Tenho pesadelos com as bolinhas de polistireno expandido (aka esferovite)! Há uns anos lá em casa fizeram-se uns pufs e encheram-se com isso. Acidentalmente, algumas caíram para fora. Esqueçam o aspirador, a vassoura e mesmo o cão a "comê-las" - meses depois ainda se encontravam bolinhas nos sítios mais inacreditáveis! :/ Cuidado com o manuseamento! ;)

«Zé Regalado» in Facebook >> Por falar em licores, ando cismado em tentar fazer uns licores que tenho na ideia: de figo, de kiwi, etc. Mas não sei que aguardente usar. Tovi, Vitor Ferreira ou JL será que me podeis indicar uma apropriada? E sabeis se a aguardente caseira que se arranja directamente nos alambiques serve para o efeito? Aguardo as v/ prestimosas informações.

«Zé Regalado» in Facebook >> E não irás ficar esgotado? Uma ajuda: aquilo a que chamas esferovite não é mais do que poliestireno expandido. Esferovite é o nome de uma empresa que fabrico e, ou, transforma o poliestireno. Julgo que encontras isso com facilidade num qualquer brico, tipo AKI ou do género. Agora só porque tens a família toda a comer é que vais comprar comida feita? Bolas, perdes uma oportunidade de os brindar com a boa comida caseira!!!!!!!Bom sábado.

«Cristina Queimado» in Facebook >> Bom dia! qdo comecei a ler o seu post pensei : hummm o licor de tangerina (que ainda não provei...)! Bom fim de semana!

«Carla Teixeira» in Facebook >> No DeBorla existem sacos de bolinhas da tal coisa a que a maioria de nós chama esferovite! :) No Aki nunca vi, mas seria lógico que também tivesse, ainda que, quando andei à procura disso, apenas tenha encontrado no DeBorla...

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Receita: 12 tangerinas bem maduras, 1 litro de aguardente, 600ml de água, 600g de açúcar, 1 pau de canela. Modo de fazer: Cortam-se as cascas das tangerinas o mais fino possível e colocam-se num frasco de boca larga com a aguardente e o pau de canela, durante 1 mês. Durante esse tempo vai-se agitando o frasco (1 ou 2 vezes ao dia). Lavam-se as cascas nos 600ml de água e leva-se esta ao lume com o açúcar. Ferve durante 5 minutos, deixa-se arrefecer um pouco e junta-se à aguardente. Coa-se e engarrafa-se. (tarefa de hoje do David Ribeiro) E pronto! Recomenda-se que a garrafa se mantenha fechada e deve ser bebido no Natal! Esta é a parte mais difícil da tarefa... não garanto que chegue assim até lá eheheh Atenção a receita do licor não é da minha responsabilidade, foi copiada algures na net :-P

«Zé Regalado» in Facebook >> Mas é impressão minha ou há qq coisa que não bate certo? Cortam-se as cascas e um mês depois lavam-se as cascas? São as mesmas cascas? Ora descasca lá esta dúvida.

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Talvez devam ser lavadas de novo depois de saírem da aguardente, mas como já disse não me responsabilizo.Não tarda temos inspeção do Joaquim Leal... lol

«Cristina Queimado» in Facebook >> Acrescentar na minha lista p/ o supermercado: tangerinas e aguardente ;)

«Zé Regalado» in Facebook >> Continuo sem perceber: se se lavam depois de sair da aguardente e voltam para a aguardente, qual o lucro?

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Pois... talvez o amigo David Ribeiro nos possa explicar.

«Zé Regalado» in Facebook >> Lol, já tremes por todos os lados e agora apelas ao mouro e ao tripeiro para te ajudarem. Meteste-te em boa. hi hi hi

«Carla Cruz» in Facebook >> Tenho pesadelos com as bolinhas de polistireno expandido (aka esferovite)! Há uns anos lá em casa fizeram-se uns pufs e encheram-se com isso. Acidentalmente, algumas caíram para fora. Esqueçam o aspirador, a vassoura e mesmo o cão a "comê-las" - meses depois ainda se encontravam bolinhas nos sítios mais inacreditáveis! :/ Cuidado com o manuseamento! ;)

«Zé Regalado» in Facebook >> Por falar em licores, ando cismado em tentar fazer uns licores que tenho na ideia: de figo, de kiwi, etc. Mas não sei que aguardente usar. Tovi, Vitor Ferreira ou JL será que me podeis indicar uma apropriada? E sabeis se a aguardente caseira que se arranja directamente nos alambiques serve para o efeito? Aguardo as v/ prestimosas informações.

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Sim, essa feita pelos lavradores na calada da noite é a melhor.

«David Ribeiro» in Facebook >> Ora bem… Vamos lá responder a esta gente toda… Espero não me esquecer de ninguém nem de nenhum assunto.

Zé Regalado e Carla Teixeira - Já encontrei as tais bolinhas (esferovite / poliestireno expandido) no AKI. Mas é como disse a Carla Cruz, aquilo mete-se em todos os cantos. O que vale é que é a minha mulher que vai encher umas almofadas e se lhe correr mal o problema é dela.

Cristina Queimado, Vitor Ferreira e Zé Regalado - A receita que eu uso para fazer LICOR DE TANGERINA é a “1+1+1”, ou seja, 1kg de tangerinas (cortadas aos gomos - 8 gomos por cada tangerina), 1 kg de açúcar e 1 litro de aguardente, tudo a macerar num frasco de boca larga (ideal os frasco próprios para pasteurização) durante oito semanas. Depois é coar e filtrar. Como é muito difícil encontrar uma boa aguardente vínica a um preço aceitável, ultimamente tenho feito com brandy (brandy de Jerez - “Veja Cadur Solera”) e fica muito bem. Tem que se ter o cuidado de cortar um pouco ao açúcar (0,75 em vez de 1 kg) pois o brandy já é levemente adocicado.

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Encontro marcado aqui dentro de 8 semanas todos alcoolicamente bem dispostos...

«Zé Regalado» in Facebook >> Mas o encontro não é a 8 de Outubro? São só 5 semanas, não vai dar tempo. lol

«David Ribeiro» in Facebook >> Grande Zé Regalado!... Com as tuas contas safaste-me ;-)

«Zé Regalado» in Facebook >> Ai é? Anda cá pedir mais favores que vais de rota batida.

«Cristina Queimado» in Facebook >> Já tenho 2 receitas apontadas, agora é só mãos à obra David o 8 de Outubro não é comigo... mas 8 semanas dá lá para a exposição de Arcos, não????

«David Ribeiro» in  Facebook >> Minha querida amiga Cristina... Eu vou estar na exposição de Arcos e vou levar-lhe uma garrafita do meu licor de tangerina.

«Zé Regalado» in Facebook >> Eu acho que também tenho uma receita de licor de laranja (tangerina não deve fugir mt) lá por casa. Nem sei as similitudes que tem, ou não, com o que aqui foi dito. Prometo que se encontrar a partilharei. Palavra de ZR. lol

«Carla Molinari» in Facebook >> a mim nunca me deu nenhuma e eu sou fan :(

«David Ribeiro» in Facebook >> Fica desde já, aqui e publicamente, prometido que o meu próximo Licor de Tangerina a ficar pronto para se beber, é para a minha "Presidente" e querida amiga, Carla Molinari.


Tags: ,

Publicado por Tovi às 08:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
O meu Licor de Tangerina

 

Usei a minha receita base (um litro de aguardente + um quilo de açúcar + um quilo de fruto) para fazer o Licor de Tangerina que ontem coei e filtrei, após oito semanas de maceração. Mas desta vez ficou demasiado doce… falta-lha alguma acidez o que, provavelmente, se deve à menor qualidade das tangerinas (clementinas) usadas. É o que eu digo (mas nem sempre faço): não há como utilizar matéria-prima de qualidade para conseguir um bom licor.


«Zé Regalado» in Facebook >> A matéria prima de qualidade é válida para tudo. Mas mesmo tudo.


Tags:


Sábado, 27 de Novembro de 2010
Cassandra Wilson

"You Don't Know What Love Is" - Esta é a música ideal para acompanhar a tarefa de coar, filtrar e engarrafar o meu Licor de Tangerina... que é o que vou fazer já a seguir.


«Zé Regalado» in Facebook >> Pessoalmente entendo que a música é melhor mesmo mas é para acompanhar a degustação desse afamado licor, com uma boa companhia.

«David Ribeiro» in Facebook >>  ‎...a preparação do meu Licor de Tangerina é também um acto de Amor.




Domingo, 3 de Outubro de 2010
Vou fazer Licor de Tangerina

 Domingo de chuva e vento forte

Está bom é para ficar em casa e eu vou aproveitar para fazer Licor de Tangerina, que o Inverno está aí está a chegar e é necessário ter na dispensa “remédio para a tosse e para as constipações”. A receita é esta:

Ingredientes: 1 kg de tangerinas (clementinas); 1 kg de açúcar; 1 litro de brandy (brandy de Jerez - “Veja Cadur Solera”).

Preparação: Cortar as tangerinas (clementinas) aos gomos (8 gomos por cada tangerina); Juntar todos os ingredientes num frasco de boca larga (ideal os frasco próprios para pasteurização); Deixar a macerar de 6 a 8 semanas, agitando vigorosamente todos os dias; Coar, filtrar (utilizar um pano de linho muito limpo) e engarrafar.



Publicado por Tovi às 14:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 7 de Setembro de 2010
Há dias assim...

 Hoje tudo me corre mal... De manhã, logo às nove horas, tive um furo... Portugal perdeu com a Noruega em futebol... E agora abri uma garrfita de Licor de Melão que comprei ontem em Mirandela e não vale o estouro de um foguete, nem sequer os poucos euros que me custou... Há dias assim.


«Ana Maria Grão» in Facebook >> um dia da caça outro do caçador

«Fernando Pimentel» in Facebook >> Há mesmo.

«Laura Sarmento» in Facebook >> Se há... mas deixa lá... amanhã é outro dia.

«António Sabão» in Facebook >> Parece sexta-feira, 13!

«Ana Maria Grão» in Facebook >>  naaaa... é so mais um dia dificil... amanhã melhora

«Fernando Pimentel» in Facebook >> Parece mesmo @António.

«Ana Maria Grão» in Facebook >> epa voces estão a falar da bola????? ainda esperam milagres???

«Luís Alexandre» in Facebook >> Há dias de manhã que um gajo á tarde não pode sair á noite

«Ana Maria Grão» in Facebook >> cliché

«Ana Paula Gama» in Facebook >> Boa notícia Sr. David... são 22h47 o dia está quase a acabar e o feitiço mau a terminar. Venha a Quarta feira, recomenda-se estar quietinho até às 24h do dia de hoje para não haver mais efeitos secundários do dia 7 de Setembro.

«David Ribeiro» in Facebook >> OK, minha querida Ana Paula... mas fica proibida de me tratar por "Sr. David"... eu sou só o David.

«Ana Paula Gama» in Facebook >> David... quietinho o melhor mesmo é só klicar até à meia noite, eheheh

«Fernando Pimentel» in Facebook >> David, vc tb é licor, vinho do porto... :))

«David Ribeiro» in Facebook >> Tudo que é coisas boas é comigo. ;-)

«Alexandra Magalhães» in Facebook >> Amanhã vai correr melhor... :-)

«Fernando Pimentel» in Facebook >> e que tal um compal ou uma aguinha? :))

«David Ribeiro» in Facebook >> Ó meu caro amigo Fernando... Eu AINDA não estou doente ;-)

«Fernando Pimentel» in Facebook >> Sabe que aqui há dias ri-me imenso com um comentário do Joaquim, onde ele lhe perguntava se vc conhecia um líquido chamado água e tb gostei muito da sua resposta :))

«Fernando Roque» in Facebook >> Esta ja é velha mas vai na mesma: a agua nao é boa para quem uma saude de ferro. Faz enferrujar. :)) ...quem TEM...

«Paula Botelho» in Facebook >>  coitado...




Sábado, 14 de Agosto de 2010
Formigas na minha adega

 Aqui d'el Rei!... Acabo de ir à minha adega e verificar que houve uma invasão de formigas à prateleira onde tinha umas garrafas de Cointreau… Lá vou ter que ir à drogaria do Senhor Joaquim, aqui mesmo na Avenida de França (no Porto), comprar um spray contra rastejantes.


«Luís Lopes» in Facebook >> Não percas o conhaque!

«António Sabão» in Facebook >> eheheheh...que azar! :(((   AQUI D´EL CAVACO!

«David Ribeiro» in Facebook >>  Claro que não se pode perder estes "líquidos"... até porque se as formigas gostam, é porque é mesmo bom.

«António Sabão» in Facebook >> Ficaste de rastos...

«Fernando Pimentel» in Facebook >> Boa tarde amigo. Foi mesmo azar...

«João Barbosa» in Facebook >> para estarem as formigas a irem às garrafas é porque uma está a vazar

«Maria Guga de Lilly» in Facebook >> tadinhassssss então tb não teêm direito a um, copito... ai k mauuuuuu

«Joaquim Leal» in Facebook >> Deixa as formigas viver!

«António Sabão» in Facebook >> Não te esqueças que as formigas estão a trabalhar e as cigarras a curtir uma de praia e depois no Inverno quero ver!


«Frexou» in RevistaDeVinhos >> Esteja descansado! Se tiver aí daqueles vinhos sem acidez, chatos como a potassa, as formigas vão ajudá-lo com ácido fórmico!! PS - fora de brincadeiras, esse senhor Joaquim é um clássico, vivi aí bem perto um anito na rua rocha martins. Sempre que lá ia comprar uma bujiganga ficava pelo menos 20 minutos à conversa!

«Bogart» in RevistaDeVinhos >> Em qualquer supermercado podes comprar BIOKILL, tem a vantegem de ser ecológico, não ter cheiro e ser eficaz como o raio!


Tags:

Publicado por Tovi às 15:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 28 de Março de 2010
Licor de Limão

Ficou hoje pronto um Licor de Limão que eu tinha começado a fazer em meados de Fevereiro deste ano. Embora seja a primeira vez que usei esta variante da minha receita base para licores, a verdade é que os resultados são francamente bons, pelo que já posso tornar pública a receita:

 LICOR DE LIMÃO

Ingredientes: 1 kg de limões (variedade “limão galego” - Citrus aurantifolia); 1 kg de açúcar; 1 litro de brandy (brandy de Jerez - “Veja Cadur Solera”).
Preparação
: Cortar os limões aos gomos (6 gomos por cada limão); Juntar todos os ingredientes num frasco de boca larga (ideal os frasco próprios para pasteurização); Deixar a macerar durante 6 semanas, agitando vigorosamente todos os dias; Coar, filtrar (utilizar um pano de linho muito limpo) e engarrafar.


«Isabel Oliveira» in Facebook >> só uma pergunta; os gomos com casca ou sem?

«David Ribeiro» in Facebook >> ...gomos com casca. A única coisa que tiro aos limões são as grainhas, pois dão um sabor não muito agradável ao licor.


Tags:

Publicado por Tovi às 14:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 28 de Novembro de 2009
Licor de Poejo #2

 

Acabei agora mesmo de preparar o meu primeiro Licor de Poejofiz a calda, juntei a aguardente onde macerou a planta aromática e vai agora estagiar durante 15 dias – e está cá a parecer-me que vai ficar bom. E como a “medicina caseira” está na ordem do dia, fiquem a saber que o poejo (Mentha pulegium) é utilizado como expectorante, contra a gripe, constipações, tosse crónica, bronquite e asma, muito bom como calmante para o sistema nervoso, insónias e dores reumáticas, havendo também quem o utilize contra a acidez do estômago e enjoos.

«XôZé» in ViriatoWeb ► Desconfio que andas em leituras que me são próximas...

«Isabel Oliveira» in Facebook ► É realmente bom para isto tudo? ...e então macerado na aguardente, mhmhmh não há h1n1 que resista...

«mlpaiva» in RevistaDeVinhos ► A gripe da moda está incluída? Ou é só "medicina caseira" para "gripes caseiras"?

 Eu cá não faço concorrência à Ministra Ana Jorge nem ao Director-Geral da Saúde… Mas estou quase certo que a minha receita medicinal à base de poejo não deve ser muito diferente nas causas e/ou efeitos do que o mediático Tamiflu.

«Isabel Oliveira» in Facebook ► Pode crer que vou experimentar, é só encontrar o poejo e ter a receita completa, se ma der claro. obrigado

O poejo tenho comprado no hiper-mercado Continente (está na zona dos legumes, junta às outras ervas aromáticas) e a minha receita está aqui.

«Isabel Oliveira» in Facebook ► muito obrigado e como lá trabalho, não será dificil então de encontrar.


Tags:

Publicado por Tovi às 16:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Licor de Poejo #1

Fazendo uma busca na NET sobre LICOR DE POEJO o que mais nos aparece é “uma bebida feita com vodka”… E a que propósito é que há-de ser feito com um destilado originário dos países com clima muito frio do leste europeu e não com uma boa aguardente vínica portuguesa?... Cá para mim o poejo (Mentha pulegium - planta aromática, de crescimento espontâneo, conhecida há séculos em todo o Mediterrâneo e Ásia ocidental) pode ser a base de um excelente licor nacional.

Experimentem esta minha receita (adaptada de muitas outras que encontrei por aí publicadas) e depois digam-me qualquer coisa.

Ingredientes: 1 litro de aguardente vinícola; 1 litro de água; 1 kg de açúcar; 1 molho de poejos.
Preparação: Coloque o molho de poejos dentro de um frasco e encha-o com a aguardente; Deixe macerar durante 15 dias, agitando de vez em quando; Passados os quinze dias, prepare uma calda com a água e o açúcar (deixe ferver três minutos, apague o lume e deixe arrefecer); Junte a aguardente e a calda, mexa, coloque em garrafas e deixe estagiar durante pelo menos 15 dias.

«Celia Maria Crespo» in Facebook ► A receita caseira do David, deve ser magnifica. Pois comprei uma garrafa desse licor em Sousel e não gostei, tinha um gosto a mentol...

Minha querida Célia Maria… É a primeira vez que estou a fazer Licor de Poejo. Ainda não estou certo do que vai sair dos frascos onde estou a macerar aguardente com esta erva aromática, mas a experiencia de alguns anos a fazer licores diz-me que não deve ficar nada mal. Se o resultado for aquele que espero terei muito gosto em oferecer-lhe uma garrafita deste “Licor de Poejo made in Tovi”.

«Celia Maria Crespo» in Facebook ► Muito obrigada e até Santarém.

«Carla Molinari» in Facebook ► nao se esqueça do meu de laranja!!!

Minha querida amiga Carla... Uma das últimas garrafitas do meu LICOR DE LARANJA está religiosamente guardada para si.

«valtercosta72» in RevistaDeVinhos ► Em Vila Nova de Milfontes, foi onde bebi o melhor licor de poejo. Numa taberna pequena, em que o dono é que fazia. O problema é que a taberna fechava às 19 horas. E o pessoal gosta disso mais para as noitadas.

«Alentejano» in RevistaDeVinhos ► O melhor para mim era o que era feito em Montemor o Novo.


Tags:


Sábado, 24 de Outubro de 2009
A última garrafita de Licor de Morangos

Abri hoje a última garrafita do Licor de Morangos que fiz no passado mês de Abril... e não estava nada mau. Aqui fica a receita:
 Licor de Morangos -  Ingredientes: 1,5 kg de morangos; 70 cl de run; 50 cl de brandy; 0,5 kg de açúcar mascavado. Preparação: Tirar os pés aos morangos e cortá-los (os maiores em quatro, os mais pequenos ao meio); Juntar num frasco de boca larga todos os componentes (os frascos próprios para pasteurização são os ideais); Agitar diariamente o frasco durante 15 dias; Filtrar e engarrafar.



Publicado por Tovi às 15:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes

Licor de Hortelã Pimenta

Licor de Tangerina [T026/...

Licoraria Tovi

Estou constipado...

Uma nova variante ao meu ...

Primeiro sábado de Setemb...

O meu Licor de Tangerina

Cassandra Wilson

Vou fazer Licor de Tanger...

Há dias assim...

Formigas na minha adega

Licor de Limão

Licor de Poejo #2

Licor de Poejo #1

A última garrafita de Lic...

Não é gripe A, mas...

O meu Licor de Laranja

Nada mau este meu Licor d...

Licor de Morangos

Licor de Laranja (made by...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus