"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 15 de Outubro de 2017
Etu - Retrosaria & Sirgaria

etu.jpg

Na rua Tomás Ribeiro, em Matosinhos, encontrei uma pequena mas muito simpática retrosaria onde comprei os botões de madrepérola pintados que tanto procurei nos últimos dias. Recomendo-vos vivamente esta casa, não só pela grande variedade de coisinhas lindas que lá tem, mas também pela simpatia do atendimento.

 

  Comentários no Facebook

«Jose Bandeira» - Isto são os VALORES que devemos divulgar e que proliferam por todo o país (menos frequentemente VOCÊS-SABEM-ONDE). Estes são os Portugueses que nos fazem orgulhosos de o ser! Querem simpatia e serviço em retrosaria? Então venham!

«Jota Caeiro» - sabe sempre bem encontrar aquilo de que se precisa!! muito estofo mas com final de glória! o amigo berificou que não é artigo xinês?... [Emoji grin:D]

«David Ribeiro» - Alguns dos artigos à venda serão seguramente de origem não nacional, caríssimo Jota Caeiro… mas escolhidos por quem tem bom gosto e ainda nos dá a possibilidade de frequentarmos workshops para sabermos como “fabricar” estas maravilhas de “lavores”… era assim que se dizia no meu tempo. O que eu mais gostaria de salientar é a historicidade desta gente que pega em algo “vintage” e transforma em modernidade. Isto sim é o futuro.

«Jota Caeiro»há que dar valor a estes jovens que isto sim é iniciativa e risco! ainda vamos os dois aos workshops pintar botões meu amigo: depois bou poder dizer que o David foi meu amigo da retrosaria. que também os há da costura!



Publicado por Tovi às 11:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 8 de Outubro de 2017
Vamos institucionalizar o Grande Porto

Este post, publicado no Facebook na página do «Um novo norte para o Norte», é interessantíssimo… e se o seu autor – João Pedro Maia - o permitir, vou-lhe chamar: VAMOS INSTITUCIONALIZAR O GRANDE PORTO.

GrandePorto 5Out2017 aa.jpg

   Comentários no Facebook

«Jose Riobom» - Estou nessa... só que adivinho desde logo um grande problema. Como se chamaria ??

«João Pedro Maia» - Porto. É o nome mais competitivo a nível mundial.

«Hernâni Cardoso» - PORTO. E atenção que sou gaiense

«Anselmo Nascimento» - PORTO, eu acho que o povo de uma maneira geral todos concordavam. O problema maior eram os políticos que teriam que ser reduzidos, e aí havia logo contestação.

«Alfredo Oliveira» - PORTO óbviamente. Berlim é a fusão de quatro cidades, tem quatro baixas. è a maior cidade da europa juntamente com Moscovo.

«Alfredo Oliveira» - Já me contentava com Porto Matosinhos e Gaia

«Hernâni Cardoso» - Ou seja unir o que antea do 25 de Abril estava unido (quase)

«Alfredo Oliveira» - A CCFP fez a rede de transportes de Leça (farol Até Sto Ovídio e Ponte da Pedra até Coimbrões. Era assim o Porto, como devia ser aliás. E Gondomar S.Pedro da Cova por outros motivos

«Guilherme Almeida» - Concordo! E quem se chega à frente?

«Serafim Guimarães» - Não faz qq sentido. As realidades sociológicas são completamente diferentes. O que deve haver é uma junta metropolitana a começar numa Autoridade de Transportes.

«Luís Manuel Pombo» - E Espinho!

«Alfredo Oliveira» - Porque Não? Com todo o gosto. Fazia todo o sentido

«Vanda Salvador» - Depende do chefe.

«Nuno Marques» - isso não interessa, envolve muitos interesses partidários

«David Ribeiro» - Antes de conseguirmos unir estes concelhos, coisa praticamente tão difícil como a Espanha dar a independência à Catalunha, podíamos fazer uma coisa muito fácil e interessante para as populações, chamasse-se lá o que se chamasse, mas que seria unicamente a Associação dos Concelhos do GRANDE PORTO.

«Alfredo Oliveira» - Para começar.

«David Ribeiro» - Sim, era uma boa forma de se começar a fazer coisas interessantes para as populações do Grande Porto. Rui Moreira já fez qualquer coisa nesse sentido no mandato anterior e se bem me recordo foi com Matosinhos e Gaia e chamava-se Carta de Compromisso dos Municípios da Frente Atlântica do Porto.

«Filipe Cunha» - Não faz sentido, um concelho com 1 milhão de habitantes! Essa ideaia pode-se aplicar p.ex. no interior onde há excesso de concelhos pequenos.

«João Pedro Maia» - Até deve ter mais.. 1.2 ... Depois, seriamos competitivos em todas as frentes...Servicos e industria. Alem q deixaríamos de ter políticas diferentes entre vizinhos, sabendo que a mobilidade diária entre os concelhos é uma constante. E depois se pensarmos, onde está o aeroporto do Porto? É o Porto do Porto? E a Praia? E o metro? E os STCP? E por quantos concelhos percorre a circunvalação? E a via norte? E a avenida AEP? E a VCI começa onde? E quantas pontes? Tantas? Porquê? União, união, uniao!

«Filipe Cunha» - Isso é centralismo, não união. Já parece um microestado. 6 concelhos funciona bem, não é preciso agregar. Gondomar tem 100 mil, Valongo 100 mil, Maia 250 mil, Matosinhos 200 mil, Porto 200 mil e Gaia 200 mil. Não se consegue controlar um concelho de 1milhão.

«João Pedro Maia» - Filipe Cunha , Gaia 200 mil, onde? Porto 200 mil? Gondomar 100 mil? Onde? é tudo mais e a Maia é menos... 1 milhão não se controla? Sabe quantas cidades no mundo têm mais de um milhão de habitantes? Estamos aqui a falat de visão...

«Filipe Cunha» - Essas cidades têm subdevisões. Hamburgo tem mais ou menos 1 milhão de habitantes e é um estado federado alemão. Nós precisamos de estados federados em Portugal?

«João Pedro Maia» - Filipe Cunha , não precisamos. Esta visão tem a ver com uma visão estratégica para o Porto em relação ao país, Europa e mundo. O Porto está muito mais próximo de médias cidades do que Lisboa (Aveiro, Braga, Guimarães, Viseu, Coimbra e acima de tudo da Galiza e norte de Espanha). Precisamos de uma só estratégia, de vender uma só marca e explorar todas a suas valências. Como vamos captar o investimento de uma fábrica para a Maia? O que vamos dizer..."X população, universidade do Porto perto, cidade do Porto perto, metro do Porto, aeroporto do Porto, etc..." Percebes? Deveríamos falar a uma só voz.

«Filipe Cunha» - Isso é complicado... Qd estava no psd do porto defendi agregar gaia e porto numa só câmara. Ouve logo festa. O pessoal cria muitas resistências...

«Jose Riobom» - Vós que quereis um concelho dou-vos um conselho...organizem uma excursão à Catalunha... eu também vou.. [Emoji wink;-)]

«Vasquez da Gama» - Faz todo o sentido, o Porto é hoje em dia demasiado pequeno!

«António Lopes» - A partidocracia se encarrega de frustar tais designios, agora se for para criar mais uns concelhositos 😉

«Tono Canelas» - A Rechousa fica de fora!

«Paulo Santos» - Só tínhamos a ganhar!

«Jose Bandeira» - A Rechousa será o Mónaco do Grande Porto!

«Flipe Cunha» - Boa sorte... Mas aviso já que nenhum presidente de câmara desses restantes 5 concelhos vai abdicar do poder e da mama de 5000 euros por mês. Sonhem muito... [Emoji wink;-)]

«Alfredo Oliveira» - Esse o problema. Todos gostam de ser párocos da sua capela e obediência cega ao bispado lisbonês.

«Jose Bandeira» - Obediência... bem, qual é o adjectivo equivalente a 'lambe-cús'? 😜



Publicado por Tovi às 07:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Setembro de 2017
Morreu o “Bispo Vermelho”

Requiescat In Pace

Manuel Martins aa.jpg

Morreu hoje ao princípio da tarde na Maia, D. Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, tendo na altura ficado conhecido como "Bispo Vermelho", pela sua acção de denúncia das situações de fome e de injustiça social. Nascido a 20 de Janeiro de 1927, em Leça do Balio, Matosinhos, e ordenado sacerdote em 1951, Manuel da Silva Martins foi pároco na freguesia de Cedofeita nos anos 60, no centro do Porto, já depois de ter frequentado o curso de direito canónico na Universidade Gregoriana em Roma.

 

  Comentários no Facebook

«Pedro Baptista» - Morreu Manuel Martins, dia de Festejar a vida de um grande homem. A este não me importo de apostar o Dom. Sim. D. Manuel Martins. Mas isto não é para todos: como dizia aquele de que foi discípulo e colaborador, D. António Ferreira Gomes: "De joelhos perante Deus, de pé perante os homens". Face à sua vida, na hora da sua morte, todos, de pé, nos curvamos...

«Henrique Seruca» - Foi com grande pesar que tive conhecimento do falecimento hoje de D. Manuel Martins. Tinha o maior respeito e admiração pela sua figura. Foi o celebrante do meu casamento, em 1965, na Igreja Românica de Cedofeita, onde ele era pároco. Já nessa altura essa muito querido dos paroquianos, pela sua grande cultura, simplicidade e, acima de tudo, grande bondade. Como bispo de Setúbal notabilizou-se pela defesa intransigente dos mais fracos, dos desempregados, dos mais pobres, das crianças exploradas., Para ele havia dois tipos de padres: aqueles que exerciam segundo o exemplo de Cristo e os que eram simples funcionários da Igreja. Na defesa dos mais fracos, no distrito de Setúbal, teve grandes dissidências com Cavaco Silva e com Mário Soares, que negavam as misérias de que ele era testemunha diária. Chamaram-lhe "bispo vermelho", quando ele se limitava a seguir a sua consciência e o que devia ser a prática da sua religião. Foi Homem e Bom. A sua voz contundente faz falta. Que descanse em paz.

«Jota Caeiro» - EM SUA MEMÓRIA - EM CONVERSA COM DOM MANUEL MARTINS - até vem mesmo a calhar!... (de Julho de 2013, pouco antes das últimas autárquicas)
1 - Qual a interpretação que faz do país social.
Sinto que estamos em marcha acelerada para uma nova civilização. Os padrões de vida transformam-se de tal modo e a tal velocidade, que nós, os de ontem, temos a sensação que mudámos de casa. Tais padrões passam por individualismos, por uma filosofia económica desenfreada, e tendo em conta o ímpeto dado à marcha da vida pela globalização, sinto-me com a dolorosa impressão que não estamos bem e que temos de parar para uma grande e profunda reflexão a fim de podermos atingir uma vida com alguma dignidade.
2 - Quem define como principais agentes responsáveis pela condição precária do país?
Portugal faz parte do mundo, mas claro que tem a sua história, a sua alma, a sua idiossincrasia próprias. E olhando-o com atenção, sinto que estamos mal, que estamos muito mal. Até tenho medo de que estando a pedir e a recomendar a esperança, mais esteja a contribuir para uma certa alienação. Não temos tido, na generalidade, Governos à altura, a nível de competência, de preocupação pela missão, de isenção, de pedagogia.
O governante tem que ser especialista no verbo e no advérbio, isto é, no fazer e no fazer bem. A idóneos Governos que não temos tido, juntava uma diabólica filosofia económica super-hiperliberal que nos inquieta no presente e nos assusta quanto ao futuro. Os Direitos Humanos não são minimamente respeitados, bastando para tanto passar os olhos pelos Direitos, Liberdades e Garantias da Constituição (art.ºs 24-79). É também de não perder de vista a falta de preocupação por um sistema de educação sadio. Resumindo: temos a sensação que nos perdemos e que nem sequer queremos encontrar o caminho, haja em vista o que vem acontecendo com o comportamento dos grupos “políticos” a que vamos dando o nome de “partidos”.
3 - O Senhor viveu um período de convulsões político-sociais importantes em Setúbal. Equaciona algum paralelismo com a actual sociedade portuguesa?
É verdade. E é para esquecer: valia a pena aqui perguntarmo-nos o que foi isso do 25 de Abril e o que traria escondido no ventre. Aquele PREC é de leitura muito difícil.
O que vi, o que vivi, o que experimentei não dá para contar.
Não obstante, tenho para mim que tudo aquilo aconteceu sem projeto, antes, como um tubo de ensaio para o foi ocorrendo a seguir. Quem está na máquina, quem anda no chão, não vislumbra caminhos de solução. O grande princípio de ação continua a ser (por quanto tempo?) o do Salve-se quem puder.
Mas vamos dizer que na altura, em Setúbal o problema encontrou solução, com muitos atores e fatores que se deixaram tocar pela força da boa vontade.
Sim, Setúbal viveu um período que foi vencido. Agora sofre as consequências de um país que não quer vencer.
4 - Que proposta faria a um futuro Primeiro Ministro?
Tem que ser um quadro inteligente, conhecedor dos problemas; deve rodear-se de bons colaboradores sem nunca se deixar tentar pelo boyismo; deve hierarquizar os problemas e procurar resolvê-los sem falsas promessas; deve ser um Homem que não se deixe influenciar nem por pessoas, nem por interesses. Uma pessoa em que todos se revejam com orgulho.
Acrescento só que este meu aparente pessimismo é ditado pelo amor que tenho ao meu país e ao contributo que do fundo do meu ser queria oferecer para muito em breve Portugal ser um país justo, fraterno, solidário, progressivo, feliz. A tanto não chegará, mas, depois e até por causa da via dolorosa que agora percorres, dias melhores, com toda a certeza, irão chegar.



Publicado por Tovi às 20:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 1 de Junho de 2017
Estamos em época pré-eleitoral de Autárquicas

Eleiçoes 01.jpgE fica já aqui dito que eu sou capaz do melhor como do pior, mas no pior, sou eu o melhor... ou seja, estão abertas as hostilidades 😇

E só para que vejam que o que me interessa são as PESSOAS e não a “partidarite” digo-vos que os meus apoios autárquicos vão para:

- No Porto o meu apoio vai para o ÚNICO independente que conheço: RUI MOREIRA.

- Em Matosinhos há demasiados falsos independentes… e eu não gosto de “FALSOS”.

- Em Gondomar e Vila Nova de Gaia parece-me que a coisa está bem entregue… e em equipa vencedora não se mexe.

- Em Valongo está TUDO mal… terá concerto?

- Em Vinhais conheço CARLOS ALMENDRA, o Homem que quer dar a volta aos tempos vergonhosos de gestão socialista… estou com ele nesta luta.

Nos outros “quintais” cá do Norte… ainda estou a estudar a matéria.

 

  Comentários no Facebook

«Jose Bandeira» - Valongo continua a ser um feudo de política caseira, cacique, sem objectivo para além de manter o status da mediocridade. Qualquer que seja o vencedor parece haver um perdedor garantido: o munícipe.

«Carlos Almendra» - Meu caro David Ribeiro! Obrigado pela tua solidariedade! A luta para darmos esperança e futuro à nossa Terra é sempre um valor maior que deve ser sublimado! Forte Abraço

«Jorge Miguel Pacheco» - Em Gaia estamos bem, muito bem, aliás




Quarta-feira, 26 de Abril de 2017
Rottweiler ataca gravemente uma criança

728px-Train-Your-Rottweiler-Puppy-With-Simple-Comm

Uma criança de quatro anos foi ontem atacada por um cão de raça potencialmente perigosa, tendo sido transportada para o hospital em "estado muito grave". Segundo a PSP, o alerta foi dado pelas 10 horas de terça-feira depois de um grupo de pessoas ter sido atacado por um cão de raça Rottweiler na Rua Padre Manuel Bernardes, em Leça do Balio, Matosinhos. Segundo fonte oficial da autarquia, o animal tinha chip e estava legalizado, mas no momento do ataque o cão andaria na via pública sem trela e sem açaime, acompanhado do dono que, após o ataque, fugiu com o animal. À hora que escrevo este texto (15h35 de 25Abr2017) o cão que atacou a criança está recolhido no canil municipal e o dono está detido pela PSP.

De tempos em tempos lá voltamos a falar sobre os acidentes graves provocados por cães considerados “potencialmente perigosos”. A legislação vigente, de que uns gostam e outros não, estipula várias medidas obrigatórias para os detentores de cães das seguintes raças ou seus cruzamentos: Fila brasileiro, Pit bull terrier, Dogue argentino, Staordshire Bull Terrier, Rottweiller, Tosa Inu e Staordshire Terrier Americano. As condições legais para a sua posse são: O detentor destes cães tem de ser maior de 16 anos; É obrigatório ter uma licença especial, obtida anualmente, na junta de freguesia da área de residência; Para ter a licença é preciso que o animal tenha a vacina anti-rábica, estar identificado com um microchip e ter seguro de responsabilidade civil para o animal (capital mínimo de 50.000 Euros); O dono tem ainda de entregar o registo criminal e um termo de responsabilidade onde se declara conhecer a legislação, ter medidas de segurança no alojamento e historial de agressividade do animal. Condições de circulação: Os cães potencialmente perigosos ou perigosos (quando já feriram alguém ou têm carácter agressivo) só podem andar na rua conduzidos por maiores de 16 anos; O uso de açaime é obrigatório; É obrigatório circular na via pública com trela curta, até um metro, fixa a coleira ou peitoral.

 

   Comentários no Facebook

«Nuno Granja» - Quando inventarem uma app que detecte um dono mau com um cão bom para download gratis, podem ter estes cães, até lá proibição total e quanto outras raças, tolerância zero relativamente ao uso de trela. À tribo "quanto maios conheço as pessoas mais gosto dos animais" sugiro que vão para o FaceCao interagir com canídeos em vez de comentarem aqui. Post escrito pelo pai de uma menina que aos 4 anos foi perseguida por 3 cães, felizmente correu bem (excepto para um dos cães), mas podia ter corrido muito mal.

«Fernando Silva» - Já se falou de tudo, já se culpou o cão, a criança o dono, enfim. Como pai de duas crianças, proprietário de cães e treinador com mais de 30 anos de experiência, tenho uma opinião sobre o assunto: A única conclusão que tiro, é que cada vez mais Rotweillers, Pit Bulls, Dogues Argentinos, pastores Alemães, Serras da Estrela e tantos outros cães e raças catalogados ou não como "potencialmente perigosos" estão em más mãos. Temos em grande parte dos donos destas raças ou cães um perfil que não engana e acho que alguns não deviam sequer ter cão. O nestes casos o cão é muitas vezes uma extensão do carro todo "Kitado", das tatuagens até a pescoço, ou do gosto em ser observado e apontado na rua. Sim, porque parece que gostam de ver as pessoas a mudar de passeio ou a agarrar as mãos dos miúdos e a apontarem o cão e a raça em questão. Gostam e têm vaidade nisso. Mas são normalmente descuidados no treino, socialização e maneio dos seus cães. São estes que fazem com que estas notícias apareçam. Depois da lei polêmica dos cães das raças potencialmente perigosas aparecer, Depois de todo o alarido á volta da mesma. Depois da comunicação social usar todos os ataques destes cães, empolgando as notícias deixando sempres raça ou cão Ainda mais denegrida. Pergunto porque tanta gente ainda compra estes cães e se passeia com eles em lugares públicos. Se gostam tanto de cães porque não vão ao canil buscar um cão com aspecto diferente, porque não procuram outras raças? Ei gosto de ter um cão que suscite interesse nas pessoas por outro ponto de vista, o de ser amistoso, querido, fofinho e que provoque um sorriso na cara das pessoas. Que me permita soltá-lo na serra ou na praia e que as pessoas não se desviem dele ou me façam reparos por estar solto. Gostam que sejam educados, bem socializados com cães e pessoas. Os meus cães são assim.

«Filipe Vilhena» - Relativamente a este caso do Rottweiller q atacou 4 pessoas entre elas uma criança vou ser muito objetivo na minha analise...: 23 anos a treinar caes... mais de 10 Rotts de clientes... atualmente tenho 1 rott (o pacifico Boss mas que não deixa de ter o seu feitio que eu conheço e controlo / treino...!!!!)...! Conclusão: nem é aquilo q a comunicação quer q seja... nem aquilo q as associações de animais dizem q é...!!! É uma raça q geneticamente tem uma grande tendência para a proteção e consequente agressão, não há que o negar... e se por vezes tiverem donos que são autenticos assassinos temos uma mistura explosiva...!! Podemos ter rottweillers com diferentes comportamentos consoante o tipo de dono: 1- com donos "gunas" podem ser uma arma mortal... 2- com donos "inexperientes" podem ser imprevisiveis... 3- com donos "experientes" são cães vigilantes mas controlados.... Sinceramente neste caso acho que o cão foi fiel à "merda" de dono que tem..... e 0% culpado do que se passou... Ao contrario do q diziam as primeiras noticias, o cão não atacou deliberadamente (a comunicação social gosta do cão q ataca deliberadamente !!!) pois antes dos ataques houve uma discussão entre o pai da criança e o "artista" (dono do cão)... o desgraçado do cão agiu em defesa do dono, infelizmente com as consequencias conhecidas.... O cão não sabe nem percebe que tem um dono que é um perfeito idiota.... um chavalo de vinte e poucos anos que gosta daquele prazer de ter uma arma que o torna no super homem.....!!!! Analisem a postura dele... agride o pai da criança.... foge e deixa o cão em casa... volta ao local do crime com roupa diferente... e o cão é q é o culpado????? Se um gajo mata outro com uma pistola, esta tb vai ser abatida e a principal culpado pelo assassinato...??

«Carla Alves» - A tal merda que continuo a dizer... CULPA DO OTÁRIO DO DONO... MAIS 1 QUE VAI SER ABATIDO... PELA MERDA DE IRRESPONDABILIDADE DO DONO... também gosto de soltar os meus caes... em locais em que nao coloque ninguem em risco… (também não tenho caes que ataquem… vai tudo pela educação... treino... e MERDA do dono) Preparem se a polícia vai andar a caça da multa nos próximos dias

«Ana Sottomayor» - Tem tanta ou mais culpa o pai da criança que o dono do cão. Em vez de ter chamado a policia e pegado na filha e se afastado, não, decidiu entrar em confronto directo com dono do cão, com a filha no meio.

«David Ribeiro» - Dizer que "tem tanta ou mais culpa o pai da criança que o dono do cão" é negar aos cidadãos o direito à indignação. A lei e a moral cívica obrigavam o dono do cão a saber andar com um cão na rua, o que não aconteceu.

«Ana Sottomayor» - Ninguem disse que não David, no entanto não é de todo de uma pessoa inteligente entrar em confronto com a filha no meio. Se tivesse apenas chamado a policia isto não teria acontecido.

«David Ribeiro» - Não há desculpa para a atitude do dono do cão e embora me custe a aceitar o que muito provavelmente vai acontecer ao animal, a verdade é que espero que a Justiça tenha mão pesada para com este irresponsável cidadão.

«João Pereira» - David Ribeiro, tal como disse a Ana, a Justica poderia ter sido aplicada, sem k houvesse danos... Infelizmente este pai, tb tem culpa, nunca tirando a culpa ao dono do cao k nao cumpriu a lei... poderia e devia ter sido tudo resolvido doutra forma...!!! E a culpa é dos adultos presentes na cena... Pai e dono...!!!

«David Ribeiro» - Meu caro João Pereira, o pai da criança foi imprudente, seguramente, mas nunca poderá ser culpado do que aconteceu. Permita-me a seguinte comparação: Se um individuo durante um assalto fizer frente a um criminoso que está armado e este disparar e ferir terceiros, só quem disparou é que será legalmente considerado culpado.

«João Pereira» - Sem duvida, mas a questao legal tá resolvida... No caso dos assaltos, tamos todos devidamente instruidos pela sociedade, para adotar certos e determinados comportamentos... É nesse aspeto k o pai tem culpa... nao adotou os comportamentos corretos, e potenciou um desastre...!!! Tamos de acordo qto ao culpado, só nao estamos qto a negligencia do pai da criança...!!!

«Rottweiler Clube de Portugal» - O Rottweiler Clube de Portugal, vem por esta via lamentar mais um incidente com a raça Rottweiler, mostrando-se totalmente solidário com a vitima e respectiva família. O RCP, de forma categórica, condena os detentores de Rottweilers que por negligencia e desrespeito colocam em causa a vida de terceiros. Apenas uma criação responsável e selectividade de futuros detentores de Rottweiler, contribuirá para a minimização desta triste realidade em torno da raça.
NOTA: Se vai adquirir um Rottweiler consulte previamente o Rottweiler Clube de Portugal e os seus criadores.

 

   Porto Canal em 25Abr2017 às 22h15

Uma criança de nove anos foi hoje atacada por um cão em Arouca, mas "encontra-se estável" no Hospital de São João, no Porto, para onde foi transportada, disse à Agência Lusa fonte hospitalar. Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros de Arouca, José Gonçalves, referiu que foram chamados cerca das 16:15 para transportar uma criança do Serviço de Urgência Básico de Arouca para o Hospital de São João. Segundo o mesmo responsável, o menino terá sido atacado por um cão "arraçado de Serra da Estrela", que pertenceria à família da vítima, residente na freguesia de Moldes, no concelho de Arouca. "O cão arrancou uma orelha ao miúdo e fez-lhe um corte num ombro e num braço com os dentes", disse José Gonçalves.

 

   Sol em 26Abr2017 às 17h22

Uma criança, de três anos, foi atacada esta quarta-feira por um cão de Fila de São Miguel na Gafanha da Encarnação, em Ílhavo. O ataque aconteceu durante a hora de almoço na casa do avô, numa altura em que a criança estaria junto ao animal. O menor terá tentado entrar na casota do cão e acabou por ser atacado. O menino ficou gravemente ferido na face, tendo sido transportado para o hospital de Coimbra, onde está atualmente internado para ser submetido a uma cirurgia. O animal em causa, que nunca causou qualquer tipo de problemas, foi levado para o canil de Aveiro, no qual será abatido nos próximos 15 dias.



Publicado por Tovi às 08:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 8 de Janeiro de 2017
Morreu Guilherme Pinto... e o médico Daniel Serrão

Requiescat In Pace

Guilherme Pinto.jpg

Guilherme Pinto, autarca de Matosinhos que renunciou ao mandato esta semana devido a problemas de saúde, morreu às 4.20 horas da madrugada, em casa, junto da família e de modo tranquilo. A Câmara Municipal de Matosinhos informa que o corpo do "presidente será velado no salão nobre dos paços do concelho a partir das 9 horas deste domingo". Vai permanecer no local até segunda-feira 15.30 horas, seguindo depois para a Igreja do Senhor de Matosinhos, onde o bispo do Porto vai celebrar uma missa de corpo presente. Na carta de renúncia que entregou segunda-feira à presidente da Assembleia Municipal de Matosinhos, Guilherme Pinto, de 57 anos, justificava a renúncia com motivos pessoais, "por entender que Matosinhos e o projecto que, com grande honra", liderou durante 11 anos "merecem um presidente a tempo inteiro e não alguém que hoje está diminuído nas suas capacidades físicas".

   Comentários no Facebook

«Jose Bandeira» - Não o conheci, mas admirei a sua atitude de confrontar a vontade da máquina partidária com a vontade do povo. E ganhou, provando o quanto os partidos andam divorciados da população. Que descanse em paz.

«Manuel Tavares» - Conheci-o há uns anos largos quando toquei música medieval na igreja do Mosteiro de Leça. No final do concerto fez questão de cumprimentar os músicos um a um, algo hoje mais comum mas que na altura nunca me tinha acontecido. Quando se dirigiu a nós, eu e os meus colegas (nerds da música pouco dados a outra coisa que não partituras), nem sabíamos quem era aquele personagem sorridente de mão estendida. Houve ali um momento de hesitação confrangedor ao qual Guilherme Pinto resistiu estoicamente, depois lá o cumprimentamos ainda sem saber quem ele era. Durante todo o episódio ele nunca se apresentou. Estava ali simplesmente como um melómano entusiasmado com o que havia acabado de ouvir. Só mais tarde soube quem ele era. Fiquei com a melhor das impressões porque de facto pessoas com essa postura são raras em Portugal.

 

Ao fim da manhã de hoje foi também conhecida a morte do médico Daniel Serrão, figura central nos campos da Anatomia Patológica e da Bioética.

A Cidade Invicta e o Norte estão de luto.



Publicado por Tovi às 09:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Junho de 2016
Há quem não se venda por um prato de lentilhas

JN 1Jun2016 ab.jpg

Os autarcas de Porto, Gaia, Gondomar e Matosinhos recusaram assinar  o contrato sobre os fundos europeus porque, a 24 horas da cerimónia, foram surpreendidos por um novo mapa enviado pela Comissão de Coordenação de Desenvolvimento do Norte (CCDR-N), onde se reduz as verbas que acertaram com os governantes para o pacote suplementar de 20 milhões de euros, agora alargado a outros municípios.

 

  Comentários no Facebook

«Albertino Amaral» >> Nem por um prato de Tripas à Moda do Porto, ou uma Francesinha, quanto mais lentilhas...



Publicado por Tovi às 14:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 19 de Maio de 2016
WRC Vodafone Rally de Portugal 2016

Começa hoje o Rally de Portugal com a partida oficial agendada para as 18h10, junto do Castelo de Guimarães. Após uma ligação de 40 quilómetros, pilotos e equipas técnicas são postas à prova pela primeira vez na super-especial de Lousada, marcada para as 19h01 e onde se espera a afluência de uma verdadeira multidão.

WRC Vodafone Rally de Portugal 2016.jpg

Programa

19Mai2016 – 5ª feira
18h10 – Partida para a Secção 1 - Campo de São Mamede, Guimarães

19h01 – SSS 1 Lousada (3,36 km)

20Mai2016 – 6ª feira
09h30 – SS 2 Ponte de Lima 1 (27,44 km)

10h14 – SS 3 Caminha 1 (18,03 km)
11h03 – SS 4 Viana do Castelo 1 (18,70 km)
15h39 – SS 5 Ponte de Lima 2 (27,44 km)
16h23 – SS 6 Caminha 2 (18,03 km)
17h12 – SS 7 Viana do Castelo 2 (18,70 km)
19h03 – SS 8 Porto Street Stage 1 (1,85 km)
19h18 – SS 9 Porto Street Stage 2 (1,85 km)

21Mai2016 - sábado
09h42 – SS 10 Baião 1 (18,66 km)

10h24 – SS 11 Marão 1 (26,31 km)
11h52 – SS 12 Amarante 1 (37,67 km)
15h32 – SS 13 Baião 2 (18,66 km)
16h14 – SS 14 Marão 2 (26,31 km)
17h42 – SS 15 Amarante 2 (37,67 km)

22Mai2016 - domingo
07h04 – SS 16 Vieira do Minho 1 (22,47 km)

09h08 – SS 17 Fafe 1 (11,19 km)
10h04 – SS 18 Vieira do Minho 2 (22,47 km)
12h08 – SS 19 Fafe 2 (Power Stage) (11,19 km)
15h45 – Cerimónia de Pódio (Matosinhos)

 

  Decisões e Soluções no Rally de Portugal

Rally de Portugal 2016 ad.jpg

A empresa onde presto serviços de consultadoria imobiliária - DECISÕES E SOLUÇÕES PORTUGAL - está presente no carro do piloto e apresentador da RTP2 João Fernando Ramos que se mantém fiel à tradição e volta a participar no Rali de Portugal, juntamente com o seu navegador Jorge Carvalho, fazendo-o uma vez mais aos comandos de um Mitsubishi Lancer Evolution X.

 

 Classificação após SSS1 Lousada

1º - Nº 1 - S.OGIER (FRA) - 2:41.1
2º - Nº 20 - T.NEUVILLE (BEL) - 2:42.0
3º - Nº 4 - D.SORDO (ESP) - 2:42.3
4º - Nº 9 - A.MIKKELSEN (NOR) - 2:42.8
5º - Nº 2 - J.LATVALA (FIN) - 2:43.0

32º - Nº 44 - D.SALVI (PRT) - 2:51.7
33º - Nº 43 - M.CAMPOS (PRT) - 2:52.4

70º - Nº 84 - J.RAMOS (PRT) - 3:15.8



Publicado por Tovi às 08:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Maio de 2015
Simulacro Anémona 2015

Simulacro Anémona 2015 c.jpg

Decorreu ontem o Simulacro Anémona 2015, um exercício de combate à poluição no mar, com acções na monobóia da Galp Energia, ao largo de Leixões, no porto de Leixões e praias de Matosinhos. Neste exercício simulou-se a contenção e a recolha de 750m3 de petróleo bruto tipo Sarir, derramado na sequência de uma falha estrutural no sistema de descarga do navio que fazia a trasfega através da monobóia, a limpeza de praia e do porto. Cerca de 420 pessoas estiveram directamente envolvidas na acção, com o apoio de navios e lanchas de combate à poluição do mar, meios aéreos para identificação e seguimento do poluente, recuperadores, barreiras, tanques portáteis, equipamento ligeiro de limpeza de praias, viaturas pesadas e ligeiras, tractores e equipamento de protecção individual.



Publicado por Tovi às 08:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 20 de Maio de 2014
Senhora da Hora

Senhora da Hora é uma cidade do “Grande Porto”, administrativamente incluída na União das freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora, do Concelho de Matosinhos e com uma considerável densidade populacional: 27.747 habitantes (censos de 2011) em 3,80 km² de área, ou seja, 7.301,8 hab/km².

{#emotions_dlg.star} Estamos em plena época das Festas em Honra de Nossa Senhora da Hora (de 16 de Maio a 1 de Junho) que celebra a 29 de Maio a Ascensão de Nossa Senhora (Quinta-feira da Ascensão, quarenta dias após a Páscoa). Nestas festividades incluiu-se pelo segundo ano consecutivo um evento muito interessante: II Feira Medieval, que teve lugar na Fonte das Sete Bicas, de 16 a 18 de Maio.

  Nossa Senhora da Hora



Publicado por Tovi às 10:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014
Exportação de Conservas de Peixe

Estou convencido que isto é uma boa notícia, até porque a indústria de conservas de peixe dá muito mais emprego indirecto do que a indústria cervejeira. As gentes ligadas ao sector das pescas cá do Norte bem precisam desta nova lufada de ar fresco na economia da Região.

{#emotions_dlg.meeting} [Notícias ao Minuto] - Exportações - Conservas ultrapassam cerveja e tornam-se terceiro maior exportador - No ano 2013, a exportação de conservas de peixe ultrapassou a da cerveja, que perdeu assim do terceiro lugar no setor agrícola e alimentar, a seguir ao vinho e ao azeite. Enquanto as vendas de produtos conservados crescerem 15,6%, na cerveja houve uma queda de 14,6%.


«João Greno Brògueira» no Facebook >> David Ribeiro tudo que seja aumento da riqueza nacional é boa notícia (desde que não contribua para o esbanjamento em mordomias de alguns grupos sociais e que são inexplicáveis e inaceitáveis). Boa semana!

«David Ribeiro» no Facebook >> Como a indústria conserveira depende muito da pesca artesanal, que tanto sofreu com os malefícios dos subsídios ao abate da frota pesqueira portuguesa (em Matosinhos havia 200 traineiras em 1986, hoje são unicamente 20), é necessário e urgente reactivar e modernizar a nossa frota pesqueira, senão qualquer dia estamos a importar sardinhas de Marrocos para abastecer as fábricas de conservas. Mais alguns números do crescimento das exportações portuguesas de conservas de peixe entre 2010 e 2012: Em quantidade: +32,7% (de 33.155 toneladas para 44 mil toneladas); Em valor: +39,8% (de 132,6 milhões para 185,6 milhões de euros).

«Pica Miolos» no Facebook >> Curioso que a frota pesqueira diminui, mas a quantidade pescada aumentou, com o subsequente aumento das exportações...

«David Ribeiro» no Facebook >> ...mas já compramos sardinha ao exterior, o que é muito grave. Uma pequena informação sobre as vendas de Sardinhas de Conserva no mercado nacional (de um trabalho que ando a fazer e do qual irei aqui dando conhecimento): As conservas de sardinha (em óleo de girassol, em tomate e em tomate picante) à venda nas lojas LIDL em Portugal são de origem marroquina e as embalagens de 125/90gr custam 0,69€ a unidade.

«Pica Miolos» no Facbook >> Convém contactar a Propeixe em Matosinhos

«Jorge Veiga» no Facebook >> o certo é que há pouca sardinha nas nossas costas. Excesso de pesca pelos espanhois, que limpam tudo, alteração de temperatura das águas, etc. Pessoalmente gosto da Sardinha macho (aquela que diz que tem tomates) e picante...

«David Ribeiro» no Facebook >> Conheço bem as conservas da Propeixe, caríssimo «Pica Miolos» e até escrevi em Abril do ano passado um post no meu blog sobre as "Ovas de Sardinhas em Azeite" desta marca, uma coisa divinal e que ainda não é suficientemente conhecida.

«Adao Fernando Batista Bastos» no Facebook >> As melhores conservas de sardinhas sao as PINHAIS, conserveira de Matosinhos; no Porto procurem-nas na Casa Januário (famiia do bispo D. Januário, lá conheci o pai... era eu miudo) porque em Portugal há poucos locais onde as vendam ja que a miaoria da produçao é para exportaçao.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Adoro as ovas de sardinha. Estas não conheço e nunca encontrei à venda pelos sitios por onde ando no Porto. Há umas que levam cravinho e destas não gosto.

«Ruben Santos» no Facebook >> melhor que os combustíveis é de certeza!

«Manuel Sarmento» no Facebook >> Adao Fernando Batista Bastos, eu compro-as diretamente na Fábrica Pinhais, na Avenida Menères, em Matosinhos, pois tem atendimento ao público.



Publicado por Tovi às 10:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013
Hipermercado Continente de Matosinhos

Faz hoje 28 anos qu foi inaugurado o primeiro hipermercado de Portugal, na Senhora da Hora, Matosinhos. Resultado da joint-venture entre a portuguesa Sonae e a francesa Promodès, o Continente de Matosinhos tinha uma área de venda de 9 mil m2 e 48 caixas de saída, uma escala nunca vista em Portugal.


«Vitor Ferreira» no Facebook >> Eh pah, faziam excursões ao continente... Saudade



Publicado por Tovi às 13:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 29 de Julho de 2013
Bacalhau com Grão da Ramirez

 

Esta conserva da Ramirez - Bacalhau com Grão (Meia Desfeita) - é uma delícia. Já provaram?


«Mila Prozac» no Facebook >> Ainda não... mas obrigada pela dica!

«David Ribeiro» no Facebook >> É mesmo muito boa esta conserva e tem um preço muito simpático (cerca de 1,80 euros no Continente). Já tinha comprado há umas semanas mas só ontem provei.

«Jorge Veiga» no Facebook >> tenho de experimentar...

«Zé Carlos» no Facebook >> David Ribeiro, caso não conheça, tem de provar as conservas de atum de Santa Catarina dos Açores. Uma delícia

«David Ribeiro» no Facbook >>  Eu conheço as Conservas Santa Catarina, Zé Carlos. Costumo comprá-las n'A Favorita do Bolhão (no Porto), onde há sempre uma grande e boa variedade de conservas.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Adoro as Ovas de Sardinha de uma conserveira do Algarve (não sei o nome). São óptimas! Compro-as na Chinesinha da Sá da Bandeira.

«David Ribeiro» no Facebook >> A Propeixe (de Matosinhos) tem uma variedade muito jeitosa de conservas de ovas. - Ovas de Sardinhas em Azeite da Propeixe

«Jorge Veiga» no Facebook >> Algumas conservas de ovas de sardinha ou cavala têm no tempero cravinho e eu não gosto do paladar, mas é pessoal.




Quinta-feira, 18 de Abril de 2013
Ovas de Sardinhas em Azeite da Propeixe

Ena pá!... Que maravilhosas são estas conservas de Ovas de Sardinha em Azeite, um produto artesanal da Propeixe.

{#emotions_dlg.star} Ovas de sardinha da Propeixe - A Propeixe é um produto de fabrico artesanal. A Propeixe é uma organização de produtores sediada em Matosinhos, cuja missão é a gestão da maior frota de pelágicos do país. Desde a sua fundação em 1985, a sua preocupação é valorizar o produto da pesca dos seus associados, que globalmente capturam mais de trinta por cento da produção nacional das espécies capturadas pela arte do cerco. Nesse âmbito, a Propeixe enveredou pela verticalização da sua actividade, dando início ao processo de transformação e conservação do pescado, provenientes das suas capturas. Sendo a qualidade o lema da Propeixe, o pescado é rigorosamente seleccionado, desde a captura, até à sua transformação em conserva. O método de produção é o pré-cozido artesanal, fruto dos conhecimentos e práticas ancestrais, que conferem ao produto uma qualidade e textura únicas. Todas as espécies e com especial predominância a sardinha, são expressamente congeladas no período em que registam os teores de gordura e paladar adequados, devidamente seleccionadas e acondicionadas, sendo de imediato ultracongeladas, o que permite preservar as propriedades organológicas e nutricionais e o seu sabor característico, garantindo um produto de alta qualidade e de grande longevidade.



Publicado por Tovi às 19:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012
1º Festival Gastronómico de Conservas de Matosinhos

   A não perder... {#emotions_dlg.smile}




Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes

Etu - Retrosaria & Sirgar...

Vamos institucionalizar o...

Morreu o “Bispo Vermelho”

Estamos em época pré-elei...

Rottweiler ataca gravemen...

Morreu Guilherme Pinto......

Há quem não se venda por ...

WRC Vodafone Rally de Por...

Simulacro Anémona 2015

Senhora da Hora

Exportação de Conservas d...

Hipermercado Continente d...

Bacalhau com Grão da Rami...

Ovas de Sardinhas em Azei...

1º Festival Gastronómico ...

Mulher morta por cão de r...

Sardinhas de conserva e v...

Sardinhas do Continente d...

Sardinhas Assadas

Restaurante O Fontanário

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus