"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 16 de Abril de 2017
Domingo de Páscoa

bobenglehart aaa.jpg

Fui agora à cozinha… e já cheira a Cordeiro Pascal
1f7b4dd6e2f5ea94fb6f38debc58db3d.jpg

 

681137-970x600-1.jpgNeste domingo de Páscoa está a ser amplamente noticiado que a Coreia do Norte (oficialmente República Popular Democrática da Coreia) falhou o lançamento de um míssil “de tipo não identificado” lançado a partir da costa leste da península coreana. Esta tentativa falhada ocorre um dia depois de o líder norte-coreano Kim Jong-un ter exibido um novo tipo de armamento montado em rampas, transportadas em camiões, incluindo um novo projéctil de alcance intercontinental, no desfile de comemoração do 105º aniversário do fundador da nação, Kim Il-sung. Alguns especialistas admitem que o novo projéctil, de combustível sólido, poderá ser falso, já que não é a primeira vez que o regime exibe em desfiles maquetas falsas de mísseis que está a desenvolver. No início do ano, Kim Jong-un disse que país estava a trabalhar no desenvolvimento de um ICBM (intercontinental ballistic missile) que seria capaz de atingir o território norte-americano. Além dos mísseis de médio alcance Musudan e o KN-08, que é lançado a partir de uma plataforma móvel e ainda não foi testado com sucesso, desfilaram em Pyongyang mísseis balísticos norte-coreanos Pukkuksong, exibidos em público pela primeira vez.



Publicado por Tovi às 07:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 27 de Março de 2016
Uma Páscoa feliz para todos

Páscoa 03.jpg

 


Já está adiantadito… o almoço de Páscoa
cabrito-assado-angola.jpg
  Comentários no Facebook

«Adao Fernando Batista Bastos» >> Bom apetite...

«Rafael Maciel Oliveira» >> Espero que tenhas tirado o bedum ao cabrito, Boa Páscoa Amigo

«David Ribeiro» >> Cabritinho de leite ainda não tem bedum, querido Amigo Rafael [Emoji smile] Uma boa Páscoa aí em casa.

«Isabel Simões Veloso» >> Aqui gastámos do mesmo. Apreciado devidamente ao som da chuva que nos brindou até meio da tarde.

 


 Quinta do Corujão Reserva 2008 tinto aa.jpg
E para acompanhar o Cabritinho Assado do almoço de Páscoa abriu-se uma garrafinha de um DOC Dão de encantar: Quinta do Corujão Reserva 2008, um tinto de características únicas, uma combinação de solo (fraldas da Serra da Estrela), clima e castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Trincadeira.

  Comentários no Facebook

«Zé Carlos» >> Isso David Ribeiro, de 2009 para trás se tratando de um bom Dão.

«David Ribeiro» >> Pois é, Zé Carlos... Depois "daquela coisa" nunca mais o provei. Não é por nada, mas já não deverá ser a mesma coisa [Emoji wink]

«Mario Reis» >> Agora fiquei curioso!.... o que e' aquela coisa?

«David Ribeiro» >> Houve mudança de donos... e às vezes as coisas mudam, if you know what i mean [Emoji wink]



Publicado por Tovi às 07:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 5 de Abril de 2015
A Ressurreição de Jesus Cristo

Páscoa 03.jpg

Um bom Domingo de Páscoa para todos



Publicado por Tovi às 07:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 29 de Março de 2015
Domingo de Ramos

Páscoa ramo de oliveira

Já foram levar o ramo às vossas madrinhas?...

Depois não se queixem que não receberam amêndoas na Páscoa

 

  Comentários no Facebook

«José Camilo» >> A Agramonte?

«David Ribeiro» >> Aprendam que eu não duro sempre:

O dia de hoje é o DOMINGO DE RAMOS, o domingo anterior ao Domingo de Páscoa, que é quando se benzem os ramos de oliveira e se celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, montado num jumento, saudado pelo povo que á sua passagem estendiam as suas vestes e com ramos de oliveira na mão gritavam: "Hossana ao Filho de David!... Bendito o que vem em nome do Senhor!” Este dia foi instituído a partir do século IV como a forma de recordar a entrada de Jesus de Nazaré na cidade de Jerusalém. Vários outros costumes foram associados ao Domingo de Ramos e somente na segunda metade do século VII é que o Vaticano restaurou a ordem dos Domingos da Quaresma. Na religião católica e nos dias de hoje a celebração de Ramos tem dois momentos: o primeiro, em que é feita a bênção dos Ramos, e o segundo, em que se realiza uma missa, altura em que se faz uma reflexão sobre a Morte e Ressurreição de Jesus. No final da celebração, os ramos de oliveira são abençoados e levados pelos fiéis para ser colocados em cruz nas suas casas ou sobre alguma campa no cemitério, como sinal de compromisso com Cristo e simbolizando a força da vida e a esperança da ressurreição.

«Carlinhos da Sé» >> Bais pró céu... Sabe-la toda...



Publicado por Tovi às 10:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 20 de Abril de 2014
Boa Páscoa

{#emotions_dlg.star} O cordeiro era sacrificado no templo, no primeiro dia da Páscoa, como memorial da libertação do Egipto, na qual o sangue do cordeiro foi o sinal que livrou os seus primogénitos. Este cordeiro era degolado no templo. Os sacerdotes derramavam seu sangue junto ao altar e a carne era comida na Ceia Pascal(1 Coríntios 5, 7)


«Montse Valije Martinez» no Facebook >> BOA PASCUA PARA VOÇE & FAMILIA! :))))))

«Albertino Amaral» no Facebook >> Uma Feliz e Santa Páscoa para o amigo e todos os seus...

«Henrique Camões» no Facebook >> Boa Páscoa também para Si e familia

«Jorge Veiga» no Facebook >> Boa Páscoa para ti e restante familia. Um Abraço.



Publicado por Tovi às 08:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 12 de Abril de 2013
Diálogo Tinto 2005

Foi este vinho DOC Douro da Niepoort – Diálogo Tinto 2005 – que seleccionei para acompanhar o “Cabrito Assado no Forno” do nosso almoço da última Páscoa. Tinha muitas dúvidas que esta garrafa ainda estivesse em bom estado, pois os seus sete anos de vida pareciam-me muito para este tipo de vinho, mas como também tinha uma outra da colheita de 2008, a coisa não me parecia grave. Mas a verdade é que este vinho da colheita de 2005, feito com as castas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinto Cão, Tinta Amarela e Tinta Roriz, estava ainda soberbo.



Publicado por Tovi às 19:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 31 de Março de 2013
Pessach - Páscoa judaica

Pessach (em hebraico, passagem) é a "Páscoa judaica", também conhecida como "Festa da Libertação", e celebra a fuga dos hebreus da escravidão no Egipto por volta de 1280 a.C.

{#emotions_dlg.blushed} E quando é que nós portugueses poderemos festejar a libertação da escravidão a que nos querem sujeitar?


«Maria Teresa de Villas-Boas» no Facebook >> Quando aparecer um Moisés.

«Antonio Sousa Dias» no Facebook >> Para começar, bora botar este goberno abaixo.

«David Ribeiro» no Facebook >> Não há qualquer dúvida que a festividade cristã da Páscoa – Morte e Ressurreição de Cristo – tem raízes na Pessach, a festividade judaica que recorda a libertação do povo hebreu da escravidão no Egipto. E estas simbologias de “passagem” – da morte para a ressurreição / da opressão para a liberdade – são perfeitas alegorias à época do ano em que se comemora a transição do inverno para a primavera no hemisfério Norte - o EQUINÓCIO DA PRIMAVERA - o instante em que o Sol, assim como o vemos do planeta Terra, cruza o plano do equador celeste, isto é, a linha do equador terrestre que é projectada na esfera celeste.



Publicado por Tovi às 07:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 29 de Março de 2013
"Jesus Cristo SuperStar" de Filipe La Féria

{#emotions_dlg.star} Jesus Cristo Superstar - Em 1970, Andrew Lloyd Weber e Tim Rice criaram o primeiro verdadeiro musical rock. Jesus Cristo Superstar baseia-se na vida de Jesus Cristo através dos olhos de Judas. Tecnicamente era uma ópera rock: todos os diálogos são canções. Quando foi produzido pela primeira vez ainda não era uma peça. Jesus Cristo Superstar era um álbum, que depressa alcançou os maiores tops de venda. O álbum surgiu porque Webber e Rice não arranjaram financiamento para o levar para o palco. Mas, devido ao seu sucesso, rapidamente tal aconteceu. Em 1973, Jesus Cristo Superstar passou para as tela do cinema pela mão de Norwan Jewison, transformando-se num enorme êxito que apaixonou corações. Relevante e intemporal, Jesus Cristo Superstar é o musical inspirado na maior história de todos os tempos e, nos nossos dias, mais actuante e revolucionária do que no tempo em que pela primeira vez subiu ao palco. O século XXI trouxe-nos o Terrorismo, a hegemonia dos Estados Unidos da América (a nova Roma do tempo de Cristo), o mundo super-capitalista e os fundamentalismos religiosos árabes. A ideia de contar a história de Cristo, identificando-a com as grandes audiências de agora, é revolucionária. Aqui estamos, vinte e um séculos mais tarde, talvez a precisar da mensagem desta História, agora mais do que nunca. (Sinopse de "Jesus Cristo SuperStar", um espectáculo de Filipe La Féria)


«Patrícia Santos» no Facebook >> Este meu amigo fez a partilha e fez-me recordar um espectáculo que adorei, principalmente pela prestação de Judas que tinha um vozeirão

«David Ribeiro» no Facebook >> Seria o Pedro Bargado?... Penso que nos espetáculos do Rivoli era o Pedro Bargado.

«Patrícia Santos» no Facebook >> Ia mesmo dizer-te que era o Pedro Bargado, foste, mais rápido que eu :)



Publicado por Tovi às 16:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 8 de Abril de 2012
Cordeiro Pascal

Na Páscoa (em hebraico Pessach) os cristãos comemoram a Ressurreição de Jesus Cristo, os Judeus celebram a libertação e fuga do seu Povo escravizado no Egipto e em algumas civilizações pagãs antigas esta época festiva estava ligada à passagem do inverno para a primavera. Os cristãos e os judeus mantêm o uso antigo de imolarem um cordeiro que servirá de repasto a toda a família. E curiosamente nos antigos rituais pagãos pintavam-se ovos e sacrificavam-se lebres (não coelhos – “Coelhinho da Páscoa, que trazes para mim?”) para nas suas entranhas preverem o futuro.


«Alice Costa» in Facebook >> Desejo-te uma boa Páscoa, David, para ti e para a família. Beijinho.

«David Ribeiro» in Facebook >> Já me sentava à mesa para comer o cordeirinho pascal... Mas parece que está atrasado. E a minha filha e o meu genro ainda não chegaram. É capaz ser melhor ir comer uma bolachita de água e sal com um bocadito de queijo da serra. É que me pode dar a fraqueza.

«Pedro Antunes» in Facebook >>  E um porto...

«Vitor Ferreira» in Facebook >> Já que agiste biblicamente e sacrificas-te o carneirinho, agora olha, que te saiba bem... Eu tb gosto de chegar tarde a casa da minha sogra... eheheh. Boa páscoa amigo.

«Luís Alexandre» in Facebook >> Boa Páscoa David Ribeiro

«Guilherme Lickfold» in Facebook >> Boa Páscoa.



Publicado por Tovi às 07:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 2 de Abril de 2012
Páscoa em família no Douro

{#emotions_dlg.meeting}  [Revista de Vinhos] - O Douro convida a uma escapadela, com animação, bem-estar e a paisagem Património da Humanidade como ambiente - Além das tradições religiosas locais, há caças aos ovos para os mais novos, delícias típicas, passeios de barco ou comboio, spas luxuosos e visitas a adegas para provar alguns dos melhores vinhos do mundo, numa região que se afirma, cada vez mais, como destino de enoturismo de excelência mundial. A empresa BarcaDouro e a Rota do Douro organizam programas para o fim-de-semana, com embarque no Porto e subida do rio, para visitar quintas durienses. O regresso ao Porto é feito de comboio. A Viadouro sugere um cruzeiro com embarque junto ao cais da Régua, seguindo depois até à estação termal de Caldas de Moledo. Também o Hotel Rural de Penedono e o Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea, em Lamego, propõem programas que incluem passeio de barco. Mas são muitas as opções para dormir e aproveitar a região, do turismo rural e de habitação, a quintas e alguns dos mais sofisticados hotéis do país. O enoturismo, em particular, é aposta incontornável – por exemplo, a Quinta da Avessada, em Favaios, e a Quinta Nova N. S. Carmo sugerem uma escapada ao “Douro no seu melhor”, com provas de moscatel, winetour guiado e visita ao centro histórico da aldeia vinhateira de Favaios e às suas padarias tradicionais. Já a Quinta do Vallado, em Vilarinho dos Freires, Peso da Régua, organiza um programa com visita à adega e prova de vinhos, pondo bicicletas e equipamento de pesca à disposição dos hóspedes que queiram aventurar-se. Em Sabrosa, na Quinta do Portal, vencedor do Best of Wine Tourism 2012, pode visitar-se o armazém de envelhecimento da autoria do arquitecto Álvaro Siza Vieira. Nesta época, as tradições pascais não são esquecidas e, por isso, no domingo, em Lamego, vale a pena acompanhar a Procissão do Senhor dos Passos e o Compasso Pascal visita o Hotel Lamego. O hotel oferece pão-de-ló e vinho do Porto aos hóspedes no quarto e buffet de Páscoa para crianças até aos 11 anos. O Compasso passará também pelo Casal de Tralhariz, em Carrazeda de Ansiães.


«António Campos Leal» in Facebook >> Uma excelente proposta.



Publicado por Tovi às 19:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Abril de 2011
Cordeiro Pascal

Imagem de óleo sobre tela de Josefa de Óbidos - Museu Regional de Évora

Estou a tratar do meu Cordeiro Pascal {#emotions_dlg.drool}

A festa da Páscoa deverá ter sido inicialmente um ritual de povos nómadas e pastoris… Os Judeus celebravam a Páscoa (Dia de Javé) para recordar a saída do Egipto e agradecer ao Deus a protecção do seu povo… Mas para os Cristãos este é o dia do Senhor, o dia da sua ressurreição… E nesta festividade comia-se (e ainda se come…) o cordeiro pascal – carne assada no forno, sem necessidade de cozinha, acompanhado com pão sem fermento, que ainda hoje é o pão dos beduínos, e com ervas amargas, que são as ervas do deserto.


«Luís Paiva» in Facebook >>O teu Cordeiro Pascal sentiu-se honrado, certamente. Nada como morrer por causas nobres... :-))




Domingo, 4 de Abril de 2010
Domini Plus 2004

O vinho que acompanhou o Cordeiro Pascal deste Domingo de Aleluia foi o Domini Plus 2004, um soberbo tinto DOC Douro da José Maria da Fonseca SA (selo do IVDP: CAE-99444), feito por Domingos Soares Franco & Cristiano Van Zeller com as castas Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Touriga Nacional das quintas que a empresa possui no Cima Corgo e Douro Superior. Deste vinho foram engarrafadas 3.335 garrafas. O seu teor alcoólico é de 14,5%. Diz no contra-rótulo que este vinho foi engarrafado em Janeiro de 2007 após estágio em barricas novas de carvalho francês, mas a verdade é que não dei pela madeira ao beber este redondo, macio e muito bem equilibrado tinto do Douro.



Publicado por Tovi às 16:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Cordeiro Pascal

O Cordeiro Pascal está quase pronto... só ainda não sei que vinho vou abrir.

 (Esta imagem foi "gamada" por mim na NET)


«Tania Teixeira» in Facebook >> Vinho tinto e do bom!!!!



Publicado por Tovi às 12:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 3 de Abril de 2010
Matança da Páscoa de 1506

{#emotions_dlg.meeting} [Wikipédia] - No Massacre de Lisboa de 1506 – também conhecido como Progrom de Lisboa ou Matança da Páscoa de 1506 – uma multidão movida pelo fanatismo religioso perseguiu, violou, torturou e matou centenas de pessoas, acusadas de serem judias. Isto sucedeu antes do início da Inquisição e nove anos depois da conversão forçada dos judeus em Portugal, em 1497, durante o reinado de D. Manuel I.

Antecedentes – Cerca de 93 mil judeus se refugiaram em Portugal nos anos que se seguiram à sua expulsão de Espanha, pelos reis católicos, em 1492. D. Manuel I se mostrara mais tolerante para com a comunidade judaica, mas, sob a pressão de Espanha, também em Portugal, a partir de 1497, os judeus foram forçados a converter-se.

O massacre – A historiografia situa o início da matança no Mosteiro de São Domingos (Santa Justa), no dia 19 de Abril de 1506, um domingo, quando os fiéis rezavam pelo fim da seca e da peste que tomavam Portugal, e alguém jurou ter visto no altar o rosto de Cristo iluminado — fenómeno que, para os católicos presentes, só poderia ser interpretado como uma mensagem de misericórdia do Messias – um milagre. Um cristão-novo que também participava da missa tentou explicar que a luz era apenas o reflexo do sol, mas foi calado pela multidão, que o espancou até a morte. A partir daí, os judeus da cidade que anteriormente já eram vistos com desconfiança tornaram-se o bode expiatório da seca, da fome e da peste: três dias de massacre se sucederam, incitados por frades dominicanos que prometiam absolvição dos pecados dos últimos 100 dias para quem matasse os "hereges", e que juntaram um grupo de mais de quinhentas pessoas incluindo marinheiros da Holanda, da Zelândia e de outras terras com as suas promessas. A corte encontrava-se em Abrantes – onde se instalara para fugir à peste – quando o massacre começou. D. Manuel I tinha-se posto a caminho de Beja, para visitar a mãe. Terá sido avisado dos acontecimentos em Avis, logo mandando magistrados para tentar pôr fim ao banho de sangue. Entretanto, mesmo as poucas autoridades presentes foram postas em causa e, em alguns casos, obrigadas a fugir. Como consequência, homens, mulheres e crianças foram torturados, massacrados, violados e queimados em fogueiras improvisadas no Rossio. Os judeus foram acusados entre outros "males", de deicídio e de serem a causa da profunda seca e da peste que assolava o país. A matança durou três dias – de 19 a 21 de Abril, na Semana Santa de 1506 – e só acabou quando foi morto um cristão-novo que era escudeiro do rei, João Rodrigues Mascarenhas, e as tropas reais afinal chegaram para restaurar a ordem.


«XôZé» in ViriatoWeb >> (...) Vá lá que temos por aqui pelo menos o Tovi que fundamenta os seus pareceres em raízes históricas.

«zézen» in ViriatoWeb >> "Matança da Páscoa de 1506" - Que os crentes judeos acreditem que foram eleitos sem eleições, ainda posso aceitar, o que não percebo é o masoquismo dos cristãos novos em seguirem quem lhes assassinou familia e amigos. Nada de grave, hà tanta coisa na minha ignorancia que, esta é apenas uma entre tantas.

«Tovi» in ViriatoWeb >> Embora não renegue uma educação judaico-cristã, a verdade é que me considero um agnóstico e muito provavelmente descendente de cristãos-novos, quer pelo lado materno quer pelo lado paterno. Não consigo ir muito longe na origem da família da minha mãe, mas o apelido "Castilha", pelo qual a família sempre foi conhecida, dá a entender a sua origem em judeus fugidos de Espanha em finais do século XV. Os antepassados de meu pai eram de Gestaçô, concelho de Baião, em plena Região Duriense, onde grande parte dos judeus mantiveram os seus hábitos ancestrais mesmo após o alvará régio que lhes permitia a ascensão a cargos políticos ou administrativos em troca de se converterem à Fé de Cristo.

«zézen» in ViriatoWeb >> Jà me tinha apercebido que não fazes parte dos S.M.

«XôZé» in ViriatoWeb >> Afinal tenho alguma afinidade com o Tovi. Também eu, da parte paterna, descendo de Espanha. A minha bisavó era natural da Andaluzia e ainda hoje carrego um dos seus apelidos - "da Franca". Ao que julgo saber tratava-se de ferverosa católica, fugida da guerra civil.




Sexta-feira, 2 de Abril de 2010
Feliz Páscoa para todos

  Páscoa / Pésaj


«Joaquim Leal» in Facebook >> O que é isso quadrado?...

«David Ribeiro» in Facebook >> É "pão ázimo", uma espécie de bolacha não fermentada feita de farinha de trigo e água.

«Joaquim Leal» in Facebook >> ...abreviando: bolacha de água e sal.

«David Ribeiro» in Facebook >> Sim, tem algumas parecenças.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Penitência, tens feito ou foste ao pároco pagar a bula?

«David Ribeiro» in Facebook >> Eu não sou católico... Eu sou Cristão-Novo.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Sabes pelo menos rezar um "Pai Nosso"?...eu sei!

«David Ribeiro» in Facebook >> Eu?... Rezar um "Pai Nosso"?... Eu até sei ler e escrever.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Ah bom, então assim está bem. ;))))))

«Mário de Sousa» in Facebook >> Caro Amigo David Ribeiro, uma feliz Páscoa para ti e para toda a tua familia. Abraços

«José Rodrigues» in Facebook >> Uma boa Pascoa para si David e familia!!


«Viriato» in ViriatoWeb >> là vens tu com o cálice de vinho do porto e as bolachas!

«Arp» in ViriatoWeb >> Comam bem...   ...todos.

«Indy» in ViriatoWeb >> Obrigado Arp, por te teres lembrado de mim.

«XôZé» in ViriatoWeb >> Isto d'um gajo mascar o corpo e beber o sangue de um homem... Ainda que fosse comer uma gaja.




Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27

28
29
30
31


Posts recentes

Domingo de Páscoa

Uma Páscoa feliz para tod...

A Ressurreição de Jesus ...

Domingo de Ramos

Boa Páscoa

Diálogo Tinto 2005

Pessach - Páscoa judaica

"Jesus Cristo SuperStar" ...

Cordeiro Pascal

Páscoa em família no Dour...

Cordeiro Pascal

Domini Plus 2004

Cordeiro Pascal

Matança da Páscoa de 1506

Feliz Páscoa para todos

Este néctar duriense...

Duas Quintas Tinto 1992

Boa Páscoa para todos

O vinho na festa da Pásco...

Cordeiro Pascal

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus