"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2020
Novo Estado de Calamidade em Portugal
Desde o início do passado mês de setembro que é GRAVE a evolução da pandemia em Portugal (ver gráfico da evolução da caraterização clínica em Portugal, com dados da DGS atualizados ao dia de hoje), pelo que não nos devemos espantar com a declaração de um novo ESTADO DE CALAMIDADE, com as seguintes medidas:
1. 
Elevar o nível de alerta, de contingência para o estado de calamidade em todo o território, habilitando Governo a adotar, sempre que necessário, as medidas que se justifiquem para conter a pandemia, desde restrições de circulação a medidas que, em concreto e localmente, se justifiquem.
2. 
A partir da meia-noite deixarão de poder haver ajuntamentos na via pública de mais de cinco pessoas. A limitação aplica-se noutros espaços de uso público de natureza comercial e na restauração.
3. 
Limitar os eventos de natureza familiar, como casamentos e batizados, que sejam marcados a partir de hoje, a um máximo de 50 participantes.
4. 
Proibir nos estabelecimentos de ensino, designadamente nas universidades e politécnicos, todos os festejos académicos e atividades de carácter não letivo ou científico, designadamente as atividades de receção ao caloiro e outro tipo de festejos que implicam ajuntamentos.
5. 
Determinar às forças de segurança e à ASAE um reforço das ações de fiscalização para o cumprimento das regras na via pública, nos estabelecimentos comerciais e na restauração.
6. 
Agravar até 10 mil euros as coimas aplicáveis às pessoas coletivas que não assegurem o cumprimento das regras em vigor quanto à lotação e afastamento que é necessário assegurar nesses espaços.
7. 
Recomendar vivamente a todos os cidadãos o uso de máscara comunitária na via pública, sempre que haja outras pessoas na via pública, e a utilização da aplicação Stayaway Covid, e a comunicação através da aplicação sempre que haja um teste positivo.
8. 
Apresentar à Assembleia da República uma proposta de lei para que seja imposta a obrigatoriedade do uso de máscara na via pública, nos momentos em que há mais pessoas na via pública, e o uso da aplicação Stayaway Covid, em contexto laboral, escolar e académico, nas forças armadas e de segurança e na administração pública. A proposta será apresentada entre hoje e amanhã, e será solicitada a sua tramitação com urgência.

Situação hospitalar 14out.jpg

 


porto 14out.jpg

 


frança recolher obrigatório.jpg



Publicado por Tovi às 13:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Como SARS-CoV-2 pode ati...

Vicente Ferreira da Silva...

Morreu Eduardo Lourenço

Barómetro de novembro da ...

Boavista 0 - 0 Belenenses

Ministra assumiu estar ca...

Que Regionalização querem...

Orçamento da cidade do Po...

Faz hoje 45 anos...

Boas contas...

Mais algumas da série "re...

Vizela 0 – 1 Boavista

Estado de emergência mant...

Perfeitamente de acordo c...

Reações estranhas ao SARS...

Legionella em Matosinhos,...

Separemos as águas entre ...

Os LOBOS BONS de Montesin...

O "milagre" da Suécia no ...

C u i d e m - s e ! . . ....

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus