"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
Benefício para a vindima de 2009 (III)

Não tenho comigo os dados do IVV para a produção de 2008, mas para melhor se ver o "peso" do Vinho do Porto aqui ficam alguns números retirados do site do IVDP:
Comercialização de Vinho do Porto em 2008
Total: 9.811.052 caixas de 9 litros = 373.689.361 Euros
Portugal: 1.389.542 caixas de 9 litros = 59.577.526 Euros
Exportações: 8.421.510 caixas de 9 litros = 314.111.835 Euros

«luis ramos lopes» in RevistaDeVinhos ► Não defendo (pelo menos para já) a extinção pura e simples do benefício, porque sei a convulsão que isso traria ao Douro. Defendo a sua profunda reformulação, de modo a acabar com tudo o que de mau o benefício tem trazido ao Douro. Um sistema em que se premeia igualmente quem trabalha bem e quem trabalha mal não é um bom sistema. O benefício não é (não deveria ser) um "direito". E muito menos um "direito" que pode ser negociado e vendido a terceiros. Um vinho do Douro a €1,99 nas prateleiras é concorrência desleal para os produtores das outras regiões. Onde estão os "direitos" deles? Benefício sim, mas com outras regras. O benefício foi criado para regular o comércio de Vinhos do Porto, não para favorecer, de forma desleal, o comércio de vinhos do Douro.

Sem qualquer sombra de dúvida o meu amigo está muitíssimo mais dentro desta problemática do que eu, que pouco mais sei dizer que “gosto muito de Vinho do Porto!”… Mas como todos sabemos a comercialização dos Vinhos do Douro tem aumentado (apesar de continuarem a serem muito inferiores aos do Vinho do Porto) e não sei se é com algumas alterações às Lei do Terço e do Benefício, ou pela revogação pura e simples destas leis, que se consegue enfrentar a crise a nível do comércio e da produção. É obvio que uma maior flexibilidade é necessária, principalmente em época de vacas magras, mas cuidado… não devemos destruir aquilo que dá ao Vinho do Porto a capacidade de manter um reconhecimento e qualidade extraordinários no mundo inteiro.

«luis ramos lopes» in RevistaDeVinhos ► Caro Tovi, inteiramente de acordo consigo. Tudo o que possa afectar negativamente o Vinho do Porto deve ser evitado, bem bastam os problemas próprios do mercado. Mas é precisamente por eu também gostar muito do Douro e do Vinho do Porto que acho que não se deve deixar o benefício tal como está, pois pode vir a ser o fim da região. Deixe-me dar-lhe um exemplo. Imagine que, todos os anos, lhe dão um papel que diz que tem direito a produzir Vinho do Porto porque possui uma vinha apta para isso; imagine que vira as costas à sua vinha, tanto se lhe dando que produza boas uvas como más, uma vez que não faz qualquer intenção de fazer Vinho do Porto; imagine que, perto da vindima, vende esse papel que lhe deram, esse tal "direito", a uma empresa que precisa dele para produzir Vinho do Porto; imagine que o dinheiro que recebe lhe paga todos os gastos na vinha e ainda lhe sobra muita uva, que assim lhe fica a custo zero; imagine que dessa uva, que ficou de borla, faz um vinho que engarrafa e coloca no mercado a €1,50 PVP; imagine que, por causa desse vinho adquirido pelo supermercado X, um produtor do Ribatejo recebe "carta de despedimento" do mesmo supermercado, dado que, apesar de todos os seus esforços para produzir uva e vinho de qualidade, e de estar a perder dinheiro, não consegue acompanhar esse preço. Não precisa de imaginar mais, esta é a realidade. E é contra estes "efeitos colaterais" do benefício que eu me insurjo e me revolto.
PS: Se quiser ampliar o caricato da coisa, imagine que esse tal papel que lhe dão todos os anos, esse tal "direito", respeita a uma vinha que já não existe há algum tempo, actualmente é o campo de futebol da freguesia. Também não precisa imaginar, é mesmo a realidade.

Eu sei... É realmente algo sobre o qual se tem que fazer uma fiscalização apertada.



Publicado por Tovi às 18:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30


Posts recentes

Exposições Caninas de Ave...

Fernando Araújo é o prime...

A União Europeia perante ...

O tão esperado discurso d...

A Europa numa profunda cr...

Uma escalada bélica...

O 15.º aniversário do Bal...

Boavista 2 - 1 Sporting

Bag-in-Box... Branco M. J...

O renovado Mercado do Bol...

Contraofensiva ucraniana

Até o António Costa o diz

Forças russas em retirada...

Arouca 1 - 2 Boavista

Manuel Pizarro é o novo M...

Contra-ofensiva ucraniana...

Morreu a Rainha Elizabet...

E o inverno está à porta

Medidas de apoio às famíl...

Boavista 1 - 0 Paços de F...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus