"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quinta-feira, 8 de Setembro de 2022
Morreu a Rainha Elizabeth II

Requiescat in Pace 

800px-Queen_Elizabeth_II_of_New_Zealand_(cropped).

Sou republicano - filho, neto e bisneto de republicanos - mas presto aqui a minha homenagem àquela que nascida Elizabeth Alexandra Mary soube de forma exemplar ser a Rainha do Reino Unido desde 6 de fevereiro de 1952 (coroação em 2 de junho de 1953) até ao dia de hoje, 8 de setembro de 2022, dia da sua morte. 

 

  Da esquerda para a direita: Elisabeth Alexandra Mary em 1929 com três anos, em 1933 com sete anos e em abril de 1945 com uniforme do Serviço Territorial Auxiliar. 
1929.jpg

 

  Terá sido por isto que viveu até aos 96 anos sempre com este bonito sorriso?
naom_631ae97c2db93.jpg(...) o The Independent foi ainda mais longe. Falou  com um antigo 'chef' da Casa Real britânica e descobriu o habitual menu de Sua Majestade. O dia da rainha começava sempre com uma chávena de chá Earl Grey, sem leite nem açúcar, e biscoitos. Ao pequeno almoço, a monarca costumava optar por fruta e cereais estaladiços. Quando queria variar, gostava de comer torradas com compota ou uns ovos mexidos com salmão fumado e trufas. Antes do almoço, bebia um gin com uma rodela de limão e bastante gelo, acompanhado por dubonnet, um doce à base de vinho. Seguia-se peixe ou frango grelhados e legumes ao almoçar. Quando fazia a refeição sozinha, dizia expressamente que não queria arroz, nem batatas ou massa. À tarde, era servido - pois, claro - um chá. A refeição fica completa com umas mini sandes de pepino, salmão fumado, ovo e maionese, fiambre e mostarda, 'jam pennies' (sandes com compota de framboesa cortadas em pequenos círculos, do tamanho da moeda inglesa), biscoitos, scones e bolos - como o de chocolate com bolacha. Para o jantar eram habitualmente servidos um filete de salmão ou bifes, muito finos, de vaca, faisão ou veado, que vinhas das quintas de Sandringham e Balmoral. Morangos e pêssegos cultivados nas suas quintas, bem como chocolate, rematam a refeição. E antes de deitar-se, pasme-se, bebia um copo de champagne. 



Publicado por Tovi às 18:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Ana Paula Martins vai lid...

Bactéria Xylella Fastidio...

Rússia lança nova vaga de...

A "queda" de Putin... e o...

Grande naufrágio de 1947

Uma prisioneira ou uma mu...

Ainda há tanta janela sem...

Um clima de mal-estar no ...

Se as eleições fossem hoj...

Continuam os problemas na...

Boavista 1 - 0 Vilafranqu...

As modulações da paz na U...

Sondagem de Intercampus.....

Tráfico de seres humanos....

Nove meses de guerra... a...

O maior orçamento de semp...

Estas "brincadeiras" aind...

O meu boicote ao Mundial2...

Discurso de ódio das polí...

Belenenses SAD 2 - 3 Boav...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus