"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 28 de Novembro de 2009
Licor de Poejo #1

Fazendo uma busca na NET sobre LICOR DE POEJO o que mais nos aparece é “uma bebida feita com vodka”… E a que propósito é que há-de ser feito com um destilado originário dos países com clima muito frio do leste europeu e não com uma boa aguardente vínica portuguesa?... Cá para mim o poejo (Mentha pulegium - planta aromática, de crescimento espontâneo, conhecida há séculos em todo o Mediterrâneo e Ásia ocidental) pode ser a base de um excelente licor nacional.

Experimentem esta minha receita (adaptada de muitas outras que encontrei por aí publicadas) e depois digam-me qualquer coisa.

Ingredientes: 1 litro de aguardente vinícola; 1 litro de água; 1 kg de açúcar; 1 molho de poejos.
Preparação: Coloque o molho de poejos dentro de um frasco e encha-o com a aguardente; Deixe macerar durante 15 dias, agitando de vez em quando; Passados os quinze dias, prepare uma calda com a água e o açúcar (deixe ferver três minutos, apague o lume e deixe arrefecer); Junte a aguardente e a calda, mexa, coloque em garrafas e deixe estagiar durante pelo menos 15 dias.

«Celia Maria Crespo» in Facebook ► A receita caseira do David, deve ser magnifica. Pois comprei uma garrafa desse licor em Sousel e não gostei, tinha um gosto a mentol...

Minha querida Célia Maria… É a primeira vez que estou a fazer Licor de Poejo. Ainda não estou certo do que vai sair dos frascos onde estou a macerar aguardente com esta erva aromática, mas a experiencia de alguns anos a fazer licores diz-me que não deve ficar nada mal. Se o resultado for aquele que espero terei muito gosto em oferecer-lhe uma garrafita deste “Licor de Poejo made in Tovi”.

«Celia Maria Crespo» in Facebook ► Muito obrigada e até Santarém.

«Carla Molinari» in Facebook ► nao se esqueça do meu de laranja!!!

Minha querida amiga Carla... Uma das últimas garrafitas do meu LICOR DE LARANJA está religiosamente guardada para si.

«valtercosta72» in RevistaDeVinhos ► Em Vila Nova de Milfontes, foi onde bebi o melhor licor de poejo. Numa taberna pequena, em que o dono é que fazia. O problema é que a taberna fechava às 19 horas. E o pessoal gosta disso mais para as noitadas.

«Alentejano» in RevistaDeVinhos ► O melhor para mim era o que era feito em Montemor o Novo.


Tags:

Publicado por Tovi às 10:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

4 comentários:
De césar henriques a 16 de Outubro de 2010 às 14:13
Boas! esta bebida de poejo pode ser acompanhada com quê?


De Tovi a 16 de Outubro de 2010 às 15:10
É ideal como digestivo.


De césar henriques a 16 de Outubro de 2010 às 16:16
e não sabes como pode ser servida ou que é que pode ser acompanhado esta bebida para ser servida na noite ou assim?


De Tovi a 16 de Outubro de 2010 às 17:51
Com Pão-de-Ló é capaz de ser bom, mas nunca experimentei.


Comentar post

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28
29
30
31


Posts recentes

Aves 0 – 1 Boavista

28º Congresso do CDS

Justiça ou ajuste de cont...

Danos colaterais do Luand...

Será que...?

Rui Moreira está a cumpri...

Teatro/Dança no 88º Anive...

Rio Ave 2 - 0 Boavista

Rui Rio vence as diretas ...

Soviete da Marinha Grande

Que Justiça seja feita

Continuar a empobrecer

Revolução Liberal de 1820

Artur Ribeiro, um carismá...

Declaração do Rivoli

91ª Exposição Canina Inte...

90ª Exposição Canina Inte...

Exposições Caninas Intern...

O Serviço Nacional de Saú...

Irão ataca bases militare...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus