"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 5 de Fevereiro de 2011
Deolinda - Parva que sou

Sou da geração sem remuneração
e não me incomoda esta condição.
Que parva que eu sou!
Porque isto está mal e vai continuar,
já é uma sorte eu poder estagiar.
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.
 
Sou da geração ‘casinha dos pais’,
se já tenho tudo, pra quê querer mais?
Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar
e ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.
 
Sou da geração ‘vou queixar-me pra quê?’
Há alguém bem pior do que eu na TV.
Que parva que eu sou!
Sou da geração ‘eu já não posso mais!’
que esta situação dura há tempo demais
E parva não sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.

«Elisabete Ferreira» in Facebook >> Tristemente verdade... Bela letra, sem dúvida!



Publicado por Tovi às 09:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Nacional 3 – 3 Boavista

É necessária uma recandid...

Os piores dias na vida po...

Evolução das sondagens pa...

Bebé abandonado à porta d...

Tráfego de veículos pesad...

Da série "Regresso à Esco...

Segundo capítulo da "tele...

Eleições na CCDR-Norte

Dados da DGS ao dia de ho...

Vem aí o campeonato de fu...

Suécia 0 – 2 Portugal

Construir e Brincar – O P...

Batota!... disse o Profes...

Portugal 4 - 1 Croácia

A vacina russa para comba...

Começa hoje o julgamento ...

Cocktail Caipi Porto

Tomates Recheados com Car...

A Revolução Russa - 100 A...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus