"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quinta-feira, 29 de Setembro de 2011
Côto de Mamoelas Alvarinho Bruto Reserva 2007

Cada vez mais me convenço que a espumantização da casta Alvarinho dá vinhos fabulosos… para quem o saiba fazer, bem entendido. E é o caso do enólogo José Domingues da Provam – Produtores de Vinhos Alvarinhos de Monção Lda que colocou no mercado o Côto de Mamoelas Alvarinho Bruto Reserva 2007, um espumante de bolha fina e persistente, aroma com a presença da casta, mineral, com algum tostado/bolacha e complexidade, devido ao estágio em garrafa, encorpado, seco (bruto natural), boa acidez e final a fruta onde persistente a casta, como se pode ler na ficha técnica deste vinho premiado na “International Wine & Spirit Competition 2010” com a Medalha de Bronze. Bebi-o ontem a acompanhar um Fondue de Carne à Oriental (água com especiarias, em vez de óleo) e foi bom, muito bom mesmo.



Publicado por Tovi às 11:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Posts recentes

O cão é um animal simbiót...

A tragédia da ponte Hintz...

O TOP3 dos investimentos ...

Um ano de Covid

Direita ultrapassa PS gra...

E é assim que estamos

Vale a pena confiar na de...

Guimarães 2 - 1 Boavista

Reunião no sábado dos aut...

Lista D para o Conselho D...

Abrir ou não abrir as esc...

Para minimizar os efeitos...

Quem é candidato à Câmara...

Da série “O futuro da Ref...

Boavista 1 - 0 Moreirense

Eleição para os Órgãos So...

O namoro

Contágios... de Jaime Nog...

Independentistas vencem e...

Regionalizar o âmbito de ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus