"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 25 de Fevereiro de 2012
O Vinho do Porto nas Invasões Francesas

Ando a (re)ler umas coisas sobre as Invasões Francesas e encontrei esta preciosidade escrita por José Hermano Saraiva na História Concisa de Portugal (Publicações Europa-América, 2ª edição, Nov1978):

"(...) As guerras já então sabiam as maneiras de se harmonizar com os bons negócios e a exportação do vinho do Porto para Inglaterra não cessou mesmo durante a época do domínio francês. O transporte fazia-se em navios portugueses que arvoravam a bandeira de Knifausen, pequeno e quase desértico porto que foram descobrir na foz do Elba. Como ninguém sabia o que era o Knifausen, a bandeira não figurava entre as proibidas nem pelos Franceses, nem pelos Ingleses. Junot recebia seis mil e quatrocentos réis por cada barril de vinho embarcado nessas condições. Os Ingleses deixavam passar, porque só tinham a ganhar com os furos ao bloqueio. Assim saíram trinta mil barris de vinho do Porto. (...)"

Para os lavradores do Douro, para os comerciantes e alguns (poucos) nobres que se dedicavam ao “tracto mercantil”, e que produziam uma grande parte da riqueza nacional, era fundamental para os seus negócios estarem umas vezes a favor dos invasores, outras vezes apoiando os aliados ingleses. E assim lá foram os portugueses “fazendo pela vida”, coisa que sempre soubemos fazer, mesmo nas condições mais adversas, provando que o que nos falta em organização sobra-nos em criatividade.



Publicado por Tovi às 18:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

A Regionalização no "Mani...

Manifesto X

"Salas de chuto" no Porto

Como Afonso de Albuquerqu...

Estreito de Ormuz e a His...

Misteriosos ataques... ou...

Morreu Aureliano Veloso

Uma resposta como manda a...

Morreu Ruben de Carvalho

Uma pedrada no charco

Ganhamos a 1ª edição da L...

Queixomil... em Baião

A final é no domingo

Portugal 3 – 1 Suíça

Operação TEIA… para já fi...

Houve uma avaria... mas j...

Proibição de abate nos ca...

E pronto… instauraram-me ...

Angola… ainda há miséria

Repórter TVI – “O Compadr...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus