"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013
Nova crise no Médio Oriente

{#emotions_dlg.sidemouth} Nos próximos tempos vai ser esta a "hot zone".


«Albertino Amaral» no Facebook >> David Ribeiro, "hot zone" já ela é, mas não passará a ser "death zone"? Esta gente é complicada...

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.blink} O nosso "Reizinho" vai resolver o problema sírio... Vejam o que ele disse aquando da sua visita à Síria em 2011: SAR Dom Duarte foi chamdo pelo Presidente da Síria para colaborar na futura Constituição daquele país

«Jorge Veiga» no Facebook >> Ainda um dia vai aparecer alguém que me diga porque carga de água é que um país que é Repúblicano (e laico, p´ra fazer a vontade ao Marocas) deixa andar por aí e até o convida para cerimónias oficiais, um sr. que se diz herdeiro ao Trono (?). Trono? Herdeiro? SAR? Não entendo...

«Albertino Amaral» no Facebook >> Ahh... Então a coisa afinal já vai mudar de figura.. Com o nosso rei a tratar lá do assunto, não vai certamente haver qualquer intervenção exterior....É o que faz quem viaja incógnito...!

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star} Tudo parece indicar que a “guerra” na Síria vai internacionalizar-se e numa primeira fase vamos ter de um lado da barricada os EUA, o Reino Unido, a França e a Turquia, a apoiarem os rebeldes sírios e do outro lado as forças governamentais de Bashar al-Assad, que poderão vir a ser ajudadas militarmente pelo Irão e pelo Hezbollah. A entrada no conflito desta milícia xiita libanesa provocará automaticamente acções militares por parte do exército israelita. A Rússia dará apoio político ao governo sírio, mas não deverá entrar em acções bélicas. Os outros países árabes da região, como de costume, irão dizer que-sim-mas-que-também não indo além de acções diplomáticas. É assim que me parece que irá acontecer, mas como dizia o outro, previsões só no fim do jogo.

«Paula Cardoso» no Facebook >> Tá bonito tá tá...

«Fernando Duarte» no Facebook >> tu là sabes, mas talvez não seja bem assim

«Felisberto Ramos» no Facebook >> Quem vendeu as bombas quimicas à Siria ? Como sou sargento na reserva estas coisas causam-me confusão. Andei na tropa 4 anos e sei que uma bomba custa muita "massa".

«Manuel Ribeiro da Silva» no Facebook >> À Síria??? Os américas (e não só) estão tarados para lá meter a pata, e depois dá o resultado que já sabemos...

«David Ribeiro» no Facebook >> A economia da Síria foi muito abalada com estes últimos dois anos de guerra civil - encolhimento de 35% desde o início das hostilidades e um desemprego na ordem dos 18% - mas como é bastante diversificada - agricultura, indústria e produção de energia - tem dado para aguentar o esforço de guerra.

«Jorge Veiga» no Facebook >> e lá vai o crude subir! E talvez descubram as tais armas de destruição massiça que não estavam no Iraque, mas deviam estar...

«José Costa Pinto» no Facebook >> O armamento químico da Síria é de origem russa.

«José Manuel Barbosa Júnior» no Facebook >> E israelita. O gás sarin usado pelos rebeldes veio de Israel.

«José Costa Pinto» no Facebook >> Falo do gás do exército. Sobre o do outro lado, não tenho informação.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Não é do americano que foi dado ao Iraque para combater o Irão?

«José Manuel Barbosa Júnior» no Facebook >> Mas o único que se provou ter sido usado foi o gás sarin pelos rebeldes.

«Felisberto Ramos» no Facebook >> Amigo José Manuel - mas afinal o gás foi usado pelo governo ou pelos rebeldes? O ocidente apoia os rebeldes e a Russia apoia o Governo. Acho eu ... de que.

«José Manuel Barbosa Júnior» no Facebook >> De acordo com um relatório de uma equipa de investigação liderada por Carla Del Ponte (para quem não conhece foi a coordenadora das investigações de crimes de guerra durante a Guerra da Bósnia), há provas de que os rebeldes usaram gás sarin durante um ataque no Norte da província de Aleppo. Quanto a este mais recente acontecimento, há uma situação curiosa que é a seguinte: o vídeo que foi lançado no youtube e depois aproveitado pela imprensa internacional tem data anterior à dos bombardeamentos. Curioso, não?



Publicado por Tovi às 13:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Evolução das sondagens em...

Chaves eliminou Boavista ...

Conquista de Lisboa aos M...

Últimas notícias de Barce...

O dia seguinte... em Barc...

Greve Geral na Catalunha

Violência doméstica... um...

Já é conhecido o novo Gov...

Corrupção na legalização ...

Independência adiada na C...

Albariño... da Galiza

Dia da Hispanidade

Mais um “incidente” no Ma...

Já se contam espingardas ...

As minhas previsões não f...

PSD venceu as Legislativa...

Pós-eleições… no Facebook

PS vence as Legislativas

Artigo 141.º da Lei Elei...

El Corte Inglés na Rotund...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus