"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quarta-feira, 25 de Junho de 2008
S. João no Porto - Regata de Barcos Rabelos

A sardinha assada, o caldo verde, o alho-porro e o manjerico (e também o martelinho de plástico), os “bailaricos” das Fontainhas, os Anjos a actuarem na Avenida dos Aliados e Miguel Bernat na Praça da Batalha, a Orquestra Nacional do Porto e os Rádio Macau na Casa da Música, e ainda o Espectáculo Pirotécnico Multimédia lançado a partir do Rio Douro, marcaram os festejos da noitada de S. João no Porto. E no dia do Santo (24 de Junho) ao fim da tarde, fui ver a Regata dos Barcos Rabelos, uma das realizações anuais mais emblemáticas da Confraria do Vinho do Porto e que tem lugar no rio Douro, entre a Foz e a Ponte D. Luís I, coincidindo sempre com os festejos do S. João.
E quem ganhou a Regata dos Barcos Rebelos deste ano foi… Foi a Porto Barros do grupo Sogevinus.
Amanhã coloco aqui algumas fotos feitas com uma Olympus C-220-Zoom (2.0 megapixel)... fraquitas… mas é o que sei fazer…

 

«AnitaLopesGraça» / AzulJasmim ► O que interessa é pôr... tenho estado à espera delas Wink

«rafael de zafra» / AzulJasmim ► Interesantísimo, esperamos la  parte que sigue.

«RicardoRibeiro» / AzulJasmim ► Cry   Creio que foi a primeira noite de S.João em que não estive na minha "Inbicta".... que descalabro  slaphead .   Já me habituei aos Lisboetas (até me apaixonei por uma)......Qualquer dia ainda me convencem..... a comer "rastejantes"  sick ....não, essa definitivamente.... NÃO!!!   Também gostava de ver as fotos...e que tal um artigo sobre a "nossa" festa popular, unica na forma dos seus festejos??
Um abraço   arms



Publicado por Tovi às 19:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Reboredo a 28 de Junho de 2008 às 21:53
http://bp3.blogger.com/_J8oQe5UqeFI/SGYYt6vITuI/AAAAAAAAGRo/kA-CmXgzFYs/s1600/24062008656.jpg


Não estamos a falar de uma aldeia esquimó, nem do Mali. Nem numa tribo amazónia completa, nem sequer num pequeno povoado da Nova Inglaterra, estamos a falar numa cidade média europeia. Pegar na população de uma cidade, umas largas centenas de milhares de pessoas se juntarmos Porto e Gaia, que neste caso são miscíveis, e fazê-la sair ao mesmo tempo de casa, do espaço privado para a rua, o espaço público, é tão raro, inabitual, que devia vir no Guiness. Se somarmos que o faz para uma actividade tão improvável como seja andar quilómetros a bater na cabeça uns dos outros por amabilidade e partilha e que “faz” o S. João, mesmo que não faça mais nada, então ainda é mais raro porque nos dá esperança quanto ao crescimento da solidão urbana. Pelo menos numa noite, numa cidade do Norte no Sul da Europa, isto ainda não acontece. Estamos todos na rua.

(JPP in o ABRUPTO)


Reboredo


De Tovi a 5 de Julho de 2008 às 17:17
Não tenhas dúvidas, meu caro «Reboredo»... Só no Porto é que é possível viver o "S. João"...


Comentar post

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Estado fica com a maioria...

Um investidor para o Boav...

Férias em Arcos de Valdev...

Boavista 1 – 0 Santa Clar...

O pensamento de Agostinho...

Plano de abertura presenc...

Prestação de contas do an...

Assim vai o COVID-19 por ...

FC Porto 4 - 0 Boavista

São João do Porto

Nuno Markl em guerra com ...

Offshore... essa coisa es...

Mural de Vhils no Hospita...

Um São João muito especia...

Boavista 3 - 1 Vitória de...

O incêndio de Pedrógão fo...

Põe já a máscara!...

Ataques terroristas no no...

Braga 0 - 1 Boavista

Tabu de Moreira condicion...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus