"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 17 de Agosto de 2013
Passos Coelho e o Tribunal Constitucional

{#emotions_dlg.sidemouth} As pressões que o Primeiro-Ministro exerce sobre um outro órgão de soberania só acontecem em Portugal porque o inquilino do Palácio de Belém nunca soube, ou nunca quis, exercer com dignidade e honra as tarefas que o Povo Português lhe confiou.


«Carlos Santos» no Facebook >> Plenamente de acordo!!! Como vai um cidadao respeitar um tribunal, se os nossos governantes nao o fazem, e ainda os ameaçam?

«Zé Zen» no Facebook >> Quando é que nos vamos livrar deste escuteiro?

«António Pavão Nunes» no Facebook >> Pobre país que tem esta coisa a liderar um governo!

«António Horta Pinto» no Facebook >> A execrável criatura não tem a mínima formação cívica nem democrática. Não tem cultura nem valores. E sobretudo não tem um pingo de vergonha!

«António Pavão Nunes» no Facebook >> Execrável é o termo!

«Carlos Esperança» no Facebook >> Tal como Mohamed Morsi, Passos Coelho ganhou as eleições mas, por incultura democrática, arroga-se também o direito de exercer direitos muito para além dos que a CRP lhe consente.

«Jose Faustino» no Facebook >> Um completo mentecapto.

«João Azevedo» no Facebook >> O que falta ao rapaz, é um Presidente da República. O que ele tem é um cúmplice. Ou um padrinho da "famiglia".

«Zé Zen» no Facebook >> Se vocês continuarem neste ritmo, o rapaz ainda abre o aljube e o condomínio da António Maria Cardoso. Quem avisa... 3:) Esqueci-me de dizer que não estou a brincar. :o

«Jorge  Antunes» no Facebook >> Isto realmente, vai de mal a pior, ontem quando ouvi PPC, dizer sei peias que o TC, tinha que se afeiçoar, ás medidas que ele Governo vai tomar, mesmo que tal pudesse estar ferido de parte inconstitucional, fiquei, completamente cilindrado. Se a condição económica, minha a dos que comigo trabalham e permitissem, tinha dependurado definitivamente a Toga, que tento honrar. Mas honestamente, tal não seria fácil, mas não volto a gastar mais uma linha a comentar este Governo, tudo tem limites, e foram ultrapassados, os mais elementares. Assim, nem vale a pena um esforço, para mudar isto. Batemos no fundo financeiro, moral e legal.

«António Corrêa D Oliveira» no Facebook >> Realmente este é mais um sinal do fim da república.

«Jose Riobom»  no Facebook >> ...ele é que vai sair de marcha-atrás...!

«David Ribeiro» no Facbook >> {#emotions_dlg.angel}  Se algum dos meus amigos se cruzar com Pedro Passos Coelho não se importa de lhe ler estes excertos da Constituição da República Portuguesa?

Artigo 222.º - (...) 5. Os juízes do Tribunal Constitucional gozam das garantias de independência, inamovibilidade, imparcialidade e irresponsabilidade e estão sujeitos às incompatibilidades dos juízes dos restantes tribunais.

Artigo 223.º - 1. Compete ao Tribunal Constitucional apreciar a inconstitucionalidade e a ilegalidade, nos termos dos artigos 277.º e seguintes.

Artigo 277.º - (Inconstitucionalidade por acção) - 1. São inconstitucionais as normas que infrinjam o disposto na Constituição ou os princípios nela consignados.

«Joaquim Leal» no Facbook >> Se tens pedido mais cedo tinha dado um salto ontem a Quarteira :P

«Vasco Jorge» no Facebook >> Constituição, constituição!!! É ela perfeita?

«David Ribeiro» no Facebook >> Se não é perfeita, muda-se... mas até lá é isto que é Lei.

«Vasco Jorge» no Facebook >> Se é consensual que em alguns aspetos ela impede a governação então, não devemos invocá-la mas sim defender a sua alteração adaptando-a aos tempos. Até as religiões se adaptam aos tempos...

«David Ribeiro» no Facebook >> Isso de ser consensual que em alguns aspectos impede a governação é uma forma muito particular de ver a coisa. É exactamente para impedir os governantes de fazerem o que querem que existe Constituição.

«Vasco Jorge» no Facebook >> Esta Constituição pode estar a impedir os governantes de fazerem o que querem e a impedir que os governantes possam fazer o que o País precisa.

«Flórido Tó» no Facebook >> Ó meu amigo David Ribeiro só ainda não consegui perceber quem que de facto manda neste país, "pastel de belém" ou o "menino de S. Bento" que os agora críticos lá colocaram. É normal sermos conduzidos por quem nunca esfolou o cortiço de verdade, apenas coleccionou títulos de administração oferecidos e a nossa geração era obrigada a terminar um curso bem mais cedo?!?!

«Margarida Bessa» no Facebook >> Para quê? O homem não sabe ler... nem trabalhar... nem pensar...



Publicado por Tovi às 11:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 24 de Julho de 2013
Novo Governo de Portugal

Às 17 horas de hoje o Presidente da República conferirá posse aos novos membros do Governo, tendo como base as seguinte premissas:

{#emotions_dlg.star} Nos termos da alínea h) do artigo 133º da Constituição, o Presidente da República aceitou a proposta que lhe foi apresentada pelo Primeiro-Ministro de exoneração, a seu pedido, do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Dr. Paulo Sacadura Cabral Portas, do Ministro da Economia e do Emprego, Prof. Doutor Álvaro Santos Pereira, da Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Doutora Maria da Assunção de Oliveira Cristas Machado da Graça, e do Ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Dr. Luís Pedro Russo da Mota Soares.
{#emotions_dlg.star} Nos termos da mesma norma constitucional, o Presidente da República aceitou a proposta que lhe foi apresentada pelo Primeiro-Ministro de nomeação do Vice-Primeiro-Ministro, Dr. Paulo Sacadura Cabral Portas, do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Dr. Rui Manuel Parente Chancerelle de Machete, do Ministro da Economia, Mestre António de Magalhães Pires de Lima, do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Eng. Jorge Manuel Lopes Moreira da Silva, da Ministra da Agricultura e do Mar, Doutora Maria da Assunção de Oliveira Cristas Machado da Graça, e do Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Dr. Luís Pedro Russo da Mota Soares.


«Fábio Teixeira» no Facebook >> Será mais, "Novo governo de ladrões..."!

«Joaquim Leal» no Facebook >> Parece-me ser um governo melhor composto, desta vez sim mas vêm aí cortes, ui...uiiii...

«David Ribeiro» no Facebook >> Mais importante que as pessoas são as políticas... Esperemos para ver.

«Joaquim Leal» no Facebook >> As escolhas dos nomes e a redistribuição ministerial parecem-me acertadas. Boa aposta na economia principalmente. Como dizes e bem, a ver vamos...

«Jorge Rodrigues» no Facbook >> E o CDS/PP sai claramente reforçado - Sobe o Paulo, entra o António, alarga o Pedro. E o Passos, que remédio, engole, para manter o lugar de 1º.

«Carlos Mimoso» no Facebook >> Que vai fazer a nódoa do Coelho agora??....

«Pedro Baptista» no Facebook >> É uma cabazada do CDS ao PSD e o Silva mais uns milhares de pontos abaixo de zero...



Publicado por Tovi às 07:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 21 de Julho de 2013
Nem as moscas mudaram...

...quanto mais a merda em que se encontra este País. {#emotions_dlg.mad}

O Presidente da República acaba de fazer mais uma comunicação ao País sobre a grave crise governamental que estamos a viver em Portugal. Visto que o Compromisso de Salvação Nacional não vingou, Cavaco Silva mantem a confiança no actual Governo de Passos Coelho e informou também que as Legislativas só serão em meados de 2015,

{#emotions_dlg.sidemouth} Estamos tramados… verdadeiramente tramados.


«Maria Amélia Taborda» no Facebook >> Só se quisermos!!!

«Antonio Sabao» no Facebook >> fodidos!

«Raul Vaz Osorio» no Facbook >> David... mas acha que o Seguro é viável? ;)

«Ana Alyia» no Facebook >> não, David Ribeiro tramados estivemos nós nos ultimos anos... agora estamos é mesmo o que diz o Antonio Sabao

«David Ribeiro» no Facebook >> António José Seguro não me inspira a confiança necessária para se alterar o rumo das coisas, mas Passos Coelho também não, meu caro Raul Vaz Osorio, pelo que é provavelmente na alteração das lideranças dos actuais partidos do chamado "arco do poder" que está a solução.

«Raul Vaz Osorio» no Facebook >> Aí estou de acordo. Atingimos o máximo da mediocridade quer no PM quer no líder da oposição, a juntar à imensa mediocridade que habita o Palhácio de Belém. Nunca pensei que conseguíssemos descer tão baixo, mas conseguimos.

«Ana Alyia» no Facebook >> é nisso mesmo que concordo consigo David Ribeiro. se Passos não é bom Seguro não seria melhor. aliás tal como diz as atuais lideranças não valem nadinha

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> Um puxão de orelhas ao PS e a manutenção da trapalhada criada pelo gasparzinho, portas e agravada pelo "palhaço". O que não prestava passou a ser o mal menor.

«Zé Zen» no Facebook >> Graças aos partidos de esquerda, a direita e o silva, continuam a desgovernar o país. Eu não votei nestes gajos nem no bpn.

«José Costa Pinto» no Facebook >> David Ribeiro, alteracao das lideranças? Está a pensar no regresso do Sócrates? Ou no Costa?

«David Ribeiro»  no Facebook >> O António Costa era capaz de ser um boa solução para a liderança do PS, não acha caro José Costa Pinto?

«Zé Zen» no Facebook >> A esquerda caviar pouco mais tem para dar ao PS. Triste realidade. É tempo de mudança.

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> O António Costa quando não apresentou a sua candidatura a SG do PS fez um acordo com o José (in)Seguro ficando como a reserva moral do PS para ser candidato à PR. Razão pela qual reuniu todos aqueles "barões e reis" da política para anunciar a candidatura a Lisboa como plataforma de lançamento para voos mais altos.

«Mario Jeronimo» no Facebook >> em democracia as legislativas são... no final da legislatura... e ponto final.

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> com essa "tranquilidade" até e pode esperar!!!



Publicado por Tovi às 20:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 20 de Julho de 2013
Constituição da República - Demissão do Governo

{#emotions_dlg.sidemouth} Eu cá preferia um acordo… é que esperar que o Presidente da República demita o Governo é capaz de ser pedir muito a Cavaco Silva.


«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> Comunicado da Presidência da República - A Presidência da República divulga o seguinte comunicado: "O Presidente da República recebeu hoje, em audiência, sucessivamente, o Secretário-Geral do Partido Socialista, Dr. António José Seguro, o Presidente do Partido Social Democrata, Dr. Pedro Passos Coelho, e o Presidente do CDS-Partido Popular, Dr. Paulo Portas, para conhecer a avaliação que os respetivos partidos fazem do processo negocial visando alcançar um compromisso de salvação nacional." Passados alguns minutos o (in)Seguro fez as declarações que são conhecidas. Fico com a impressão que quem tem que ser demitido é o palhaço.

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> Acordo para?...

«Jose Riobom» no Facebook >> ... ao fazer isso e ao comunicar no site do PS as propostas do partido, nada mais fez que defender-se da armadilha da Múmia e seus apaniguados..... ficaram descalços ..... em primeiro a Múmia e depois PSD e PP..... é que falar em primeiro deixa os outros a falar para o boneco....

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.serious} Anda muita gente a pedir ELEIÇÕES JÁ, mas não nos podemos esquecer que o Presidente da República, na sua comunicação ao País de 10 de Julho deste ano, disse que “um cenário de eleições legislativas, no actual contexto, seria extremamente negativo para o interesse nacional” e também que “a terem lugar proximamente, as eleições iriam processar-se num clima de grande instabilidade financeira e seria muito elevado o grau de incerteza e a falta de confiança dos agentes económicos e dos mercados no nosso País”, pelo que me parece muito pouco provável a hipótese de Cavaco Silva marcar eleições legislativas antes do final do Programa de Assistência Financeira, ou seja, em Junho do próximo ano. Mas como já não é a primeira vez que este PR me surpreende com as suas atitudes, vou esperar para ver.

«Antonio Sabao» no Facebook >> Espera sentado! Ele nem vai piar mais!

«Joaquim Leal» no Facebook >> Hoje tive uma tarde de praia como há muito não recordo. Temperatura nos 30º e "mar chão" (sem ondas) com água a bater nos 22/23º que me levou a decidir não comentar o assunto do dia.

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> "Se não chegarem a acordo os portugueses vão saber os poliiticos que tem" (o palhaço) como se ele não fosse politico! Ele tomou nota dos recados da ugt, associações patronais e das personalidades que são os portugueses que ele entende e como é estrábico tem uma visão e análise errada ou imperfeita.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Se o pêiesse tivesse assinado gostava de ler esse teu comentário na diagonal... (^^^)

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> "o pêiesse" vai ser preso por ter cão e por não ter. Se tivéssemos eleições pagava caro ter ido aos encontros como pagou o BE o facto de não ter ido.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Não me convides para o tango que hoje não estou em "forma", abraço

«Joao de Faria-lopes» no Facebook >> David. Se não fosse péssimo para Portugal gostaria de ver eleições antecipadas (que o PS não quer de modo nenhum) e por mera hipótese com o vencedor o PS. Estariamos todos bem: (i)com baixa nos rácios do desemprego, da fome, no IRC e claro também no IRS, a abolição do IVA (não creio que chegassem a tanto mas aos 13% seria garantido). (ii)Crescimento do. IB na casa dos 5% (poderia pedir o dobro, mas não quero ser muito exigente), dos salários, mais regalias sociais como casa no Algarve para todos os cidadãos nacionais, estrangeiros residentes ou em trânsito no novo aeroporto de Alcochete ou aquando da compra do bilhete para o TGV, 4 subsidios anuais a pagar trimestralmente, construção de pontes (para que haja derrapagens com proveitos para os mesmo de sempre) ligando a sua cidade á cidade de Ponta Delgada em S.Miguel nos Açores e uma outra ligando a cidade de Sines á Selvagem Grande e ainda a garantia da reposição da nossa soberania sobre Olivença. PS: BOLAS O QUE O PS ME FAZ SONHAR. DESCULPEM-ME ESTAVA MESMO SONHANDO!

«José Costa Pinto» no Facebook >> David Ribeiro, espero que o homem tenha uma qualquer solução na manga que não passe por eleições antecipadas. A haver as ditas cujas, o PS ganhava-as com maioria relativa e passava a governar com o apoio parlamentar da esquerda, isto é, com a amável colaboração chantagista dos senhores do Bloco (meu deus, do Bloco!) e do PCP (o menos irreesponsável dos dois). Não que o PS precise desta parelha para governar à PS, ou seja, com toda a elegância de um herdeiro rico e estroina. O País, esse, daria um gigantesco salto em frente de volta aos anos 80. Uma trajectória clássica, dos manuais.

«Laura Sarmento» no Facebook >> eu só gostava de saber se mantendo as coisas como estão,  "a falta de confiança dos agentes económicos e dos mercados no nosso País" não vai ser exactamente a mesma, já que temos sido o alvo da chacota internacional com o governo tomado por putos... mas isto sou eu a divagar... não percebo nada de política e tal...

«Zé Zen» no Facebook >> Extremamente negativo é deixar que continuem no poleiro !  PQosP !!    >>>///>>>    “um cenário de eleições legislativas, no actual contexto, seria extremamente negativo para o interesse nacional” e também que “a terem lugar proximamente, as eleições iriam processar-se num clima de grande instabilidade financeira e seria muito elevado o grau de incerteza e a falta de confiança dos agentes económicos e dos mercados no nosso País” (acs)

«João de Faria-lopes» no Facebook >> Então estes "PQosP" é que são os culpados. Este meu Portugal enquanto tiver sonhadores que sonham em viver com o que não têm NUNCA se levantará!!! ACORDAI PARA A REALIDADE gentes lusa! Só podemos viver com o que se tem!! Abandonámos África, para enganar o povinho, os do 25A, deram o que não podiam dar, somos colonizados por Angola, andamos de joelhos perante a Frau Merkel e os arrogantesinhos querem diminuir as receitas e aumentar as despesas....! Vá ponham o PenicoSujo no poleiro e verão o resultado. Eu estou preparado para lavar escadas, ser porteiro ou sujeitar-me a todos os trabalhos quando me faltar a pensão, o que não tarda muito que entremos em colapso de tesouraria e BANCARROTA total! Tenho a vantagem porque sou realista, sei o que nos espera!

«Joaquim Leal»» no Facebook >> Zé Zen tu vives num mundo diferente...

«Zé Zen» no Facebook >> Olhe que não, olhe que não Dr.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Não sei o que o Presidente amanhã decidirá mas não esperes por eleições para já. Aguenta os cavalos, é obrigar os que lá estão a continuar a governar como deve ser pelo menos até Julho de 2014, depois vê-se...

«Zé Zen» no Facebook >> Independentemente da época e do regime, em termos de inteligência, nunca conheci um PR que pudesse ser tão cínico e incompetente. PQoP, a ele e à tropa macaca do bpn/psd.

«Laura Sarmento» no Facebook >> obrigar?????? desculpem a colherada... mas sorri ao ler essa...

«Zé Zen» no Facebook >> A pior coisa que nos pode acontecer é continuar com esta corja no poder. Já nem a classe média se safa neste país de vígaros. Por aqui se pode imaginar a miséria a que chegou o povo português. É possível que alguém desespere e...

«Joaquim Leal» no Facebook >> Laura Sarmento, ao que se saiba e apesar das asneiras de poleiro, o governo tem toda a legitimidade para exercer o seu mandato. Foi eleito, tem maioria e ao que consta a legitimidade não se mede pelo comportamento porque senão assim tinhamos que andar atrás dois anos, governação de aldrabões e criminosos... percebe?

«Laura Sarmento» no Facebook >> ok, ok, Joaquim Leal... peace and love... só achei piada ao termo utilizado de "obrigar"... ali ninguém fica obrigado, que eu saiba. Outros valores se levantam sempre. Isso, eu percebo bem.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Tá tudo bem, utilizei o termo "obrigar" porque o governo parece uma "cresche". Responsabilidade exige-se! Cumprimentos.

«Zé Zen» no Facebook >> Ti Jakim Leal, achas que este desgoverno está a cumprir o programa que foi sufragado nas eleições? Mais uma assim e, ficas a dever uma grade de Minis

«Laura Sarmento» no Facebook >> sim, creche perfeita, a começar pelo director da mesma em Belém. Cumprimentos também

«Zé Zen» no Facebook >> "tu vives num mundo diferente..." (ti Leal) É possivel mas, não quero esquecer o mundo de onde venho.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Escrevi ontem algures por aqui e volto a repetir. Julgava eu que após o 25 de Abril o anedotário governativo seria liderado pelo "Sancana" Lopes quando desde há uns dias a esta parte estou em condições de confirmar que temos na actualidade o 1º ministo mais estúpido da história recente de Portugal.

«Laura Sarmento» no Facebook >> sou obrigada a concordar

«Sérgio Ribeiro» no Facebook >> Com amigos destes não precisas de inimigos!

«Joao de Faria-lopes» no Facebook >> :Esta malta inconsciente vive num Mundo áparte. Verão o estalo que a situação lhes vai pregar. A BE-BrigadaEsclerosada do PenicoSujo, composta entre outros pelo Medíocre, pelo Pateta e pelo Almeida dos Diabos, encostaram o inseguro TóZé á parede para não assinar o acordo de SN. Tal como com a descolonização vão, mais uma vez, lixar Portugal. A Factura do 25A chegou, o que esperavam? Farra ad eterno?

«Zé Zen» no Facebook >>Só não suporta o 25 de Abril, quem tem problemas de anilha ou grelo. A ciência Republicana, aconselha vaselina.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.sidemouth} Pois é!... A situação que o fim das negociações entre PS, PSD e CDS criou vai mais uma vez colocar nas mãos de Cavaco Silva a resolução do imbróglio com que nos temos vindo a debater nestes últimos tempos. E o panorama não é muito animador: (1) O Presidente da República convoca eleições antecipadas, dentro de mais ou menos dois meses; (2) Aceitar a remodelação governamental anteriormente apresentada por Passos Coelho; (3) Manter o actual Governo em funções, continuando a rejeitar as alterações do elenco governativo em que Paulo Portas passava a vice-primeiro ministro. A primeira hipótese parece-me estar fora de questão, tendo em conta o que Cavaco Silva tem vindo a dizer, restando-nos as outras duas, que, quer queiramos ou não e no meu ponto de vista, são mesmo más. Estamos mesmo tramados.

«Jose Antonio Salcedo» no Facebook >> Estamos.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.sidemouth} O PS disse que esteve "disponível" para uma reforma do Estado que garantisse "sustentabilidade". O PSD diz estar "de consciência tranquila" e sugere que foi o "irrealismo" do PS que impediu acordo. O CDS, pelo menos até agora, não disse nada, que eu saiba. É o que eu já tenho vindo a dizer: Ainda não temos cultura democrática suficiente para entender as dificuldades e necessidades de uma crise financeira, económica e social como a que estamos a atravessar. Vamos pagar muito caro esta irresponsabilidade.

«José Costa Pinto» no Facebook >> O problema, como eu tenho vindo aqui a explicar há muito tempo (aparentemente sem sucesso), é que os negociantes estão a negociar uma coisa que não lhes pertence. Eles querem lá saber...

«Zé Carlos» no Facebook >> O problema chama-se CAVAQUISTÃO. O problema de Portugal vai para mais de 20 anos é o que Cavaco Silva construiu. Vamos pagar muito caro a irresponsabilidade desse Dom Sebastião de Boliqueime. Como Deus é grande e escreve direito por linhas tortas, esse mesmo Cavaco vai ter de levar com a hecatombe toda do país que construiu. Claro que vamos pagar caro. Mas o PS fez um favor às gerações futuras. Agora não há reforma do estado possível. Vai ter mesmo que se amputar o monstro!

«José Costa Pinto» no Facbook >>> Você, Zé Carlos, é um optimista. Os realistas acreditam, ao invés, que a perfídia humana encontra sempre uma terceira via. A ver vamos...



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 13 de Julho de 2013
Muito mal anda a popularidade desta gente

(Este estudo de opinião foi efetuado pela Eurosondagem, S.A. para o Expresso e SIC, de 5 a 10 de julho de 2013)



Publicado por Tovi às 07:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 10 de Julho de 2013
Comunicação ao País do Presidente da República

Numa primeira e rápida análise à comunicação aos portugueses feita pelo Presidente da República, até me parece que um “compromisso entre três partidos” será uma boa solução, embora tema que seja já tarde para um governo de salvação nacional deste tipo. No entanto estou curioso em saber quem será a personalidade que Cavaco Silva pensa ser a ideal para “coordenar” este novo governo.

{#emotions_dlg.meeting} [Expresso] - Cavaco Silva quer "compromisso de salvação nacional" - O Presidente da República quer um "compromisso de salvação nacional" e admite  eleições depois de junho do próximo ano, altura em que a troika sairá de  Portugal. E anunciou que irá, "de imediato" convocar os partidos  - PSD, CDS  e PS - que assinaram o Memorando para chegarem a uma solução.

{#emotions_dlg.meeting} - Comunicação ao país do Presidente da República na íntegra


«Ana Alyia» no Facebook >> a Nossa Senhora de Fátima porque não sendo essa só mesmo Deus

«Joaquim Leal» no Facebook >> Fiquei também com a sensação de que Cavaco não acredita na solução apresentada esta semana pelo governo.

«Zé Carlos» no Facebook >> Paulo Portas já está a estagiar!

«Joaquim Leal» no Facebook >> Para já nem Vice é, continua irrevogável :P

«António Alves» no Facebook >> Bardamerda para o Rui Rio (antes que venha à baila) ;-)

«Maria Helena Costa Ferreira» no Facebook >> este "tipo de governo" não resulta...

«Gloria Maria Delduque Serrano» no Facebook >> Será que o Salazar ressuscitou?...

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.away} 22h20 - Disse Alberto Martins numa declaração lida na sede do partido no Largo do Rato, em Lisboa, há momentos: O PS discorda da decisão do Presidenta da República de não convocar eleições em Setembro, mas respeitamos o órgão institucional. O PS reafirma que não apoiará, nem fará parte de um Governo sem que os portugueses manifestem democraticamente a sua vontade através da realização de eleições. Será que o Partido Socialista pensa ter nos seus quadros gente capaz de governar o País numa crise destas?... Estão muito mal os socialistas.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Acho que o PS deve deixar de olhar para o seu umbigo e alinhar num entendimento com o PSD e o CDS. As condições do país assim o exige. Foram eles que nos trouxeram até aqui, agora tirem-nos!

«Raul Vaz Osorio» no Facebook >> Os socialistas é que estão mal? O que eles pensam é lá com eles, mas um presidente que pendura o futuro num acordo de 3 partidos quando 2 deles já estão de acordo e o terceiro já disse que nunca vai estar, está mais senil do que o antigo que só diz disprates nos jornais.

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> Caro David Ribeiro não creio que se trate de quadros ou pessoas. A democracia é o contrario de uma qualquer união nacional, por muito que esta esteja recheada de boas intenções. Principalmente quando a união proposta é a da politica que o proprio Gaspar admitiu ter falhado. Se o PS aceitasse deixar de ser oposição e alternativa estaria a prestar um pessimo serviço a Portugal.

«David Ribeiro» no Facebook >> Mas o que nós necessitamos, Jorge, é de uma nova politica, com caras novas... Já que ainda só podemos contar com os políticos dos partidos conhecidos, que se entendam eles, pois cada um por si já deu provas muito negativas do que conseguem fazer. Mas estou verdadeiramente curioso em saber quem poderá ser a personalidade de coordenação deste hipotético novo governo ;-)

«Raul Vaz Osorio» no Facebook >> Para Monti, só vejo 3 possíveis: Guilerme de Oliveira Martins, Diogo Freitas do Amaral e António Barreto. Não consigo imaginar mais ninguém com credibilidade para tal e admito que Freitas do Amaral gera muitos anticorpos. Juntaria à lista Adriano Moreira, mas não me parece que ainda esteja disponível para guerras destas. Mas desconfio quem no PSD manobrou o presidente para esta (in)decisão.

«Jorge De Freitas Monteiro» no Facebook >> Sei que não é isso o que o David Ribeiro deseja mas nova politica, novas caras, vida nova, eram frases habitualmente usadas no caldo de cultura que conduziu ao 28 de Maio. O Giulio Andreotti quando ouvia criticar a velha classe politica italiana da qual era o expoente maximo costumava dizer: "olho a minha volta e não vejo gigantes". Tinha razão: a nova classe politica que surgiu em Italia depois da "revolução dos juizes" é muito pior que a anterior. Aqui em Portugal creio que essas caras novas não seriam piores do que as que ja conhecemos. Nem melhores.




Sexta-feira, 26 de Abril de 2013
Congresso Nacional do PS – 1º dia

Inicia-se hoje, no Europarque em Santa Maria da Feira, o XIX Congresso Nacional do Partido Socialista, com o início dos trabalhos marcado para as 19 horas e a primeira intervenção do Secretário-geral António José Seguro às 19h45. Tendo em conta as declarações de Seguro logo a seguir ao “fantástico” discurso do Presidente da República na cerimónia da 39ª comemoração do 25 de Abril, é de esperar uma atitude forte e demolidora para com a forma de estar na política de Cavaco Silva. Vou estar com atenção.


«Rui Lopes A. D'Orey» no Facebook >> Vamos todos rir ou chorar??

«David Ribeiro» no Facebook >> Já muito pouco me fará rir no PS... só se for de escárnio.

«Rui Lopes A. D'Orey» no Facebook>> No PS ou noutro partido qualquer deste cantinho à beira mar plantado.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.sidemouth} Um congresso partidário em que o líder leva consigo mais do que 99% dos delegados (1702 delegados, contra os 12 do concorrente Aires Pedro) nunca poderá ser senão uma reunião para os militantes dizerem “ámen” ao que o Secretário-geral vier a dizer. É por isso que no XIX Congresso Nacional do PS só são importantes as intervenções de António José Seguro.

«Joaquim Leal» no Facebook >> Um congresso à "soviete".

«Augusta Barreira» no Facebook >> Amigo o congresso é aberto ao público. Venha a santa Maria da Feira

«David Ribeiro» no Facebook >> Minha amiga Augusta Barreira... Só irei a um congresso socialista quando os "simpatizantes e/ou independentes" também poderem dizer o que pensam.

«Adao Fernando Batista Bastos» no Facebook >> David na Secçao do PS da Maia as reuniões são abertas a todos  os militantes e aos simpatizantes/independentes que defendam os  mesmos valores democráticos e queiram participar. Há, mesmo, um esforço pela sua participação porque conscientemente se reconhece o valor, o mérito, a importância das  experiências da dita sociedade civil num projecto politico que sirva as populaçoes.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.serious} Neste seu primeiro discurso no XIX Congresso Nacional o Secretário-geral do PS fez muito mais “diagnóstico” que “receituário”. Qual é a nossa doença já todos sabemos, o que queremos é a cura.

«Zé Carlos» no Facebook>> O Tó Zé é um InSeguro. Deus nos livre de ele ir para lá.

«Carla Teixeira» no Facebook >> Isso fica para o discurso de encerramento, David! A abertura dos congressos partidários visa estimular o debate e os trabalhos no conclave. Respostas só no encerramento.

«David Ribeiro» no Facebook >> Debate?... Mas entre quem é que vai haver debate, minha querida Carla?... Este XIX Congresso Socialista SÓ tem Seguro e mais ninguém.

«Carla Teixeira» no Facebook >> Seguro está longe de ser consensual no PS. E o debate é de ideias, não de pessoas...

«David Ribeiro» no Facebook >> A Carla consegue-me explicar como é que se pode debater ideias se 96% dos delegados ao congresso foram nomeados pela facção António José Seguro?

«Carla Teixeira» no Facebook >> David, eu acho que há sempre espaço para debater ideias. Eu faço-o constantemente, mesmo com pessoas que têm da vida ideias muito semelhantes às minhas.

«Paulo Pereira» no Facebook >> Basicamente a receita da Internacional Socialista é a mesma da troika mas com menos dor, austeridade mais suave. A Internaconal Socialista é dominada pelo SPD alemão. A Int. Socialista desta época vai ficar na história  como o grande inimigo do povo europeu. É o cavalo de Tróia moderno.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.sidemouth} No discurso de abertura do XIX Congresso Nacional do PS, António José Seguro propôs um “pacto para o emprego” a todas as forças políticas e a todos os parceiros sociais. Disse também que a sua proposta é um “novo acordo de concertação social de médio prazo em torno de políticas orientadas para o emprego e de medidas de combate à precariedade e à pobreza” para que em 2020 se atinja a taxa de emprego superior a 70% e a redução do desemprego jovem para metade. É pouco, muito pouco o que o Secretário-geral do PS nos promete. Ainda não é desta que o Partido Socialista será alternativa válida ao actual Governo.



Publicado por Tovi às 17:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 16 de Março de 2013
Está na hora do Governo ir embora

Se Aníbal Cavaco Silva me inspirasse alguma confiança política, até podia ser que eu acreditasse que é desta que o Presidente da República vai não só demitir este Governo mas também trabalhar para o fim desta austeridade que a todos nos sufoca. Mas como não tenho confiança neste PR, lá terei que me juntar a todos aqueles que gritam a plenos pulmões: “Está na hora do Governo ir embora!...”

{#emotions_dlg.meeting} [RTP - 1Set2012] - Cavaco Silva recusa mais austeridade para quem já sofreu sacrifícios - Antes de serem conhecidas as previsões que apontam para um défice de 6,9 por cento no primeiro semestre do ano , Cavaco Silva falou da situação do país. O Presidente da República recusou a ideia de mais austeridade. Admitiu cortes mas só para os que até agora não tiveram sacrifícios. Para Cavaco Silva, a troika falhou nas metas do défice para Portugal, por isso sugere ajustamentos ao programa de apoio financeiro.

{#emotions_dlg.meeting} [Expresso - 15Mar2013] - Cavaco Silva espera debate sério sobre cortes na despesa - O Presidente da República, Cavaco Silva, lembrou hoje que  qualquer corte de despesas só pode acontecer depois de ser aprovado na  Assembleia da República. "O Governo pode ter anunciado isso, mas é só uma intenção, que  tem que ser aprovada na Assembleia da República", afirmou Cavaco Silva, em  declarações aos jornalistas, em Torre de Moncorvo, onde foi vaiado por  protestantes, sublinhando ainda esperar um debate muito sério tendo em conta a  equidade das soluções, salvaguardando, sobretudo, a saúde, a educação e a  proteção social.


«Ana Alyia» in Facebook >> kredooo David Ribeiro que descrente!!! duvidar do sr presidente?? Francamente. Por acaso há coisas que me transcendem... eu sempre organizei as contas da minha casa da seguinte forma: se não está a chegar então... é preciso urgentemente economizar mas também trabalhar mais, produzir mais, para ganhar mais para que possa chegar! porque se eu apenas economizar e deixar de produzir então... não vai chegar de certeza!!! Ok eu não sou economista, não sou génio, não sou sumidade nenhuma mas também não é preciso sê-lo para concluir que com maior desemprego é menor a produção e se é menor a produção é menor o rendimento, caramba não é preciso ser economista nem génio nem sumidade e nem sequer ministro ou presidente, basta não ser MENTECAPTO

«Fernando Duarte» in Facebook >> votem no PSD, o PSD é que é bom, o PS não presta... então, a seguir vão votar em quem?

«Carla Molinari» in Facebook >> Acho que vamos  votar em nos!


«David Ribeiro» in Facebook >> {#emotions_dlg.online} Vamos lá fazer um pequeno raciocínio: a) Ninguém gosta dos partidos actuais. Eu cá também não gosto. b) Mas quando alguém, como eu e um grande grupo de gente honesta e trabalhadora, tenta formar uma nova estrutura política, lá vêm os comentários: “Olha os gajos a tentarem arranjar um tacho”. c) Só quem nunca sofreu na pele a ditadura ou os esbirros dos novos “democratas” é que pode esperar algo dos actuais partidos políticos. Há que urgentemente mudar as consciências das pessoas, pois senão iremos ter que gramar uma nova DITADURA, seja ela de esquerda, de direita ou do raio que a parta.

«António Sousa Dias» in Facebook >> O atual sistema é um círculo, ora está o PSD ora está o PS. Os vícios são os mesmos. Haveria que mudar o regime partidário e fazer intervir mais a sociedade civil, tal como já a acontece nas autarquias.Uma democracia direta e participativa.

«Joaquim Leal» in Facebook >> ...Mas eles não querem mudar o "sistema".

«António Sousa Dias» in Facebook >> Pois claro que não, os interesses instalados não o permite.

«David Ribeiro» in Facebook >> Há que mudar o "sistema" na rua.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Na rua só á porrada David, fartamo-nos de berrar e eles continuam surdos.

«David Ribeiro» in Facebook >> Temos que parar o País... E olha que os "patrões" até já estão do nosso lado.

«António Sousa Dias» in Facebook >> DE fact, só mesmo na rua. De livre vontade eles não mudam :-)) Parar o país. Os transportes, o combustível. Mas sem a merda dos sindicatos. Sem aproveitamento partidário.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Só mesmo com um levantamento popular do género mas em amior dimensão ao da ponte 25 de Abril.

«António Sousa Dias» in Facebook >> Só na rua de facto.

«Rogério Silvestre» in Facebook >> Isto não foi um pequeno raciocínio, é um grande e inteligente raciocínio, ...da minha parte é... e será! A questao é velha, neste velho continente, como dar a volta às Ditaduras Democraticas!? Já dura há quase 100 anos e o povo só troca de Ditador eleito, valha-me nossa senhora dos martelos e também a das causas perdidas!

«Antero Filgueiras» in Facebook >> O problema central não reside nos partidos nem nas suas ideologias; o problema central, nuclera e maligno reside nas ordas de "bárbaros" que, por ausencia de "defesas estratégicas" invadiram e tomaram os "aparelhos", promovendo o aviltamento e o desvio total para com os princípios programáticos e os valores políticos-filosóficos, destruindo com isso o "contrato político" de construção social com justiça, democracia, transparência, decência pública, etc.

«Rogério Silvestre» in Facebook >> é como dizes: problema central e nuclear maligno, é anti-tudo e de sentido unico.

«Fernando Duarte» in Facebook >> Grândola vila morena ...........

«Gonçalo Graça Moura» in Facebook >> o problema é mais a orientação política... neste momento não há em Portugal um único partido com o qual eu concorde ideológicamente, embora haja pessoas de qu goste e até confie em quase todos os partidos, mas isso não chega para o meu voto!

«Pedro Baptista» in Facebook >> Por isso vão-se todos f...!

«Antero Filgueiras» in Facebook >> F......quem?! Nós, o POVO ou os "partidos burgueses" dominados por "cúrias" de habilidosos que encontraram nos partidos o "porto de abrigo" certo para fazer CV e fortuna????


«David Ribeiro» in Facebook >> {#emotions_dlg.blink} Por este andar ainda vamos ver os gaijos da Troika a descerem a avenida e a gritarem: "Está na hora do Governo ir embora!..."

«Zé Zen» in Facebook >> Desde que vi um porco a andar de bicicleta...

«Fernando Duarte» in Facebook >> Eu gostava de ver a troika a cantar Grandola vila morena... com uma G3 apontada aos cornos de cada um deles

«Silvia Fontes» in Facebook >> É um bocadinho a vontade de cada um de nós, estamos a esgotar a paciência natural e a entrar no campo mais irracional e isso pode ser perigoso. Para quem, aí já tenho as minhas dúvidas,infelizmente

«Maria Teresa de Villas-Boas» in Facebook >> Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades. È a incompetência pura.




Quinta-feira, 7 de Março de 2013
A quadrilha do BPN

Confesso que não sou grande apreciador da prosa do nosso Presidente da República e por isso não sei se Cavaco Silva em alguma das suas composições literárias já falou sobre a quadrilha do BPN. Mas cá para mim, se ele nada tem a ver com as barbaridades que seus “amigos” por lá fizeram, era a pessoa indicada para explicar-nos como é que seus ex-ministros conseguiram fazer o que fizeram e ainda continuam praticamente impunes.


«Zé Carlos» in Facebook >> Oh amigo David, já lhe ocorreu questionar-se sobre de como é que nasceu a ideia do banco e de quem a apadrinhou desde a primeira hora? Nunca ouviu falar de uma famosa reunião na casa do dito cujo?

«David Ribeiro» in Facebook >> {#emotions_dlg.blink} Não acredito, Zé Carlos... Um homem tão sério, que raramente se ri.

«Maria Teresa de Villas-Boas» in Facebook >> Não tem sido um bom Presidente. Cobre os amigos.


«David Ribeiro» in Facebook >> Lista dos arguidos do processo principal do caso BPN e respectivas acusações: José de Oliveira Costa (fundador e ex-presidente do BPN): Abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais, infidelidade, aquisição ilícita de ações e fraude fiscal; José Vaz de Mascarenhas (ex-presidente do Banco Insular): Abuso de confiança, falsificação de documentos, burla qualificada; Luís Caprichoso (ex-gestor do BPN): Abuso de confiança, falsificação de documentos, infidelidade, burla qualificada, aquisição ilícita de ações; Francisco Sanches (ex-gestor do BPN): Abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, infidelidade; Leonel Mateus (ex-gestor da sociedade que alegadamente criava 'offshores' - Plafin): Abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, infidelidade; Luís Almeida (Plafin Contas): Abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, infidelidade; Isabel Cardoso (advogada que alegadamente criou e geriu 'offshores'): Falsificação de documentos, cúmplice de abuso de confiança e de burla qualificada; Telmo Belino Reis (fundador da Labicer): Abuso de confiança, burla qualificada e fraude fiscal; José Monteverde (acionista e devedor do BPN): Abuso de confiança; Ricardo Oliveira (empresário de imobiliário): Burla qualificada e falsificação de documentos; Luís Ferreira Alves (fundador da Labicer): Fraude fiscal; Filipe Baião Nascimento (advogado): Fraude fiscal e abuso de confiança; António Franco (ex-gestor do BPN): Cúmplice de burla qualificada e falsificação de documentos; Rui Costa (Labicer): Fraude fiscal; Hernâni Silva Ferreira (Labicer): Burla qualificada; Labicer (empresa cerâmica): Fraude fiscal.



Publicado por Tovi às 07:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 5 de Janeiro de 2013
Estamos fartos deste Governo

(Na foto o XIX Governo Constitucional Português: Passos Coelho, Paulo Porta, Vitor Gaspar, José Pedro Aguiar-Branco, Miguel Macedo, Paula Teixeira da Cruz, Miguel Relvas, Álvaro Santos Pereira, Assunção Cristas, Paulo Macedo, Nuno Crato e Pedro Mota Soares)

{#emotions_dlg.blink} Aqui fica, para memória futura, o que alguns da área política deste Governo PSD/CDS disseram nos últimos dias:
{#emotions_dlg.star} Plataforma para o Crescimento Sustentável em 27Dez2012 >> Uma comitiva do PSD intitulada Plataforma para o Crescimento e Sustentabilidade esteve hoje com o Presidente da República, durante mais de uma hora, para discutir a crise. “Uma crise como esta não se resolve sem um impulso reformista”, afirmou Moreira da Silva à TSF, sublinhando que a solução passa pelo crescimento económico e pelo aprofundamento da democracia. Na comitiva da Plataforma para o Crescimento e Sustentabilidade, estavam também Francisco Pinto Balsemão, a maestrina Joana Carneiro e o antigo eurodeputado do PSD Carlos Costa Neves.
{#emotions_dlg.star} Paulo Rangel em 28Dez2012 >> Numa entrevista ao Porto Canal que será emitida esta noite, o eurodeputado Paulo Rangel critica a actuação do Governo no caso do financiamento da Casa da Música, da privatização da ANA- aeroportos de Portugal e da RTP. “A questão da Casa da Música ou da RTP mereciam que nós fossemos à Avenida dos Aliados manifestarmo-nos. Mereciam que nós fizéssemos aqui [no Porto] o nosso próprio 15 de Setembro no sentido regional. Acho que devíamos fazer esse apelo”, afirmou.
{#emotions_dlg.star} Cavaco Silva em 1Jan2013 >> Na mensagem de Ano Novo, transmitida esta terça-feira, Cavaco Silva reconheceu que a receita de austeridade do Governo falhou. E lançou um forte alerta para que todos os esforços se concentrem no crescimento da economia. Cavaco Silva admite que a receita do Governo, ao somar austeridade à austeridade, não obtém os resultados pretendidos: “É um círculo vicioso que temos de interromper”.
{#emotions_dlg.star} Mota Amaral em 4Jan2013 >> O deputado do PSD, Mota Amaral, alertou esta sexta-feira para o "alastramento de uma verdadeira catástrofe" em Portugal, face à "crescente indignação" dos cidadãos, que "não vêm nem finalidade, nem fim para os cortes de benefícios".


Publicado por Tovi às 07:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013
Mensagem de Ano Novo do Presidente da República

Se neste OE2013 uma "espiral da austeridade e da recessão torna o equilíbrio das contas públicas difícil de alcançar” e se o PR tem "fundadas dúvidas sobre a justa repartição dos sacrifícios”, o que é que falta para mandar às urtigas este Governo?

{#emotions_dlg.meeting} [Público] - Cavaco envia Orçamento para o Tribunal Constitucional - O Presidente da República afirmou que a espiral da austeridade e da recessão torna o equilíbrio das contas públicas “difícil de alcançar”. As “fundadas dúvidas” sobre a justa “repartição dos sacrifícios” pedidos no Orçamento do Estado (OE) para 2013 levaram o Presidente da República a decidir enviar a lei para o Tribunal Constitucional. Na mensagem de Ano Novo, transmitida esta terça-feira, Cavaco Silva reconheceu que a receita de austeridade do Governo falhou. E lançou um forte alerta para que todos os esforços se concentrem no crescimento da economia. O Presidente lembrou que o programa da troika foi apoiado por 90% dos deputados eleitos. Um recado para o PS. Mas também para o CDS quando avisa que o país não pode ter uma “grave crise política”.


«Zé Carlos» in Facebook >> David Ribeiro este gajo é o maior responsável por tudo quando aconteceu no país, desde a entrada na CEE até agora. Uma nulidade, um oportunista puro e duro. ou se quiser, como hoje lhe chamou Pedro Abrunhosa, um fantoche!

«Paulo Pereira» in Facebook >> O governo tem um grande apoio dos deputados ate ao momento pelo que o PR tem de o manter em.funcoes. O governo Socrates durou 21 meses por isso este deve ter estes 18 mais 3 ou 4 meses

«Zé Zen» in Facebook >> O sr silva palra como "um não politico", coitado, não tem a ver com nada, possivelmente nem com o bpn/psd. :/



Publicado por Tovi às 07:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2012
Ainda a visita de Merkel a Portugal

(Fotos "roubadas" no Facebook a João Roque Dias)



Publicado por Tovi às 20:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 29 de Junho de 2012
Téquinfim...

Num dos estabelecimentos prisionais deste nosso Portugal o Director chamou todos os presos ao pátio e disse-lhes:

- Peguem em vassouras e esfregonas e toca a limpar esta cadeia, pois amanhã temos cá o Presidente da República e o Primeiro-Ministro.

E um recluso retorquiu:

Téquinfim que prenderam esses dois gajos!


«Philohipos Felipe» in Facebook >> muito boa!

«Fátima Gabriel» in Facebook >> Ahahahah...

«Joaquim Leal» in Facebook >> Só possivel em anedotas.

«Luís Paiva» in Facebook >> À margem, não estou em crer que, "com todos os seus direitos", os presos tenham de pegar em vassouras e esfregonas... Já li que, pelo menos, os militares e os polícias têm serviçais de limpeza, pelo que só mesmo nós em nossas casas somos "pau para todo o serviço", honni soit qui mal y pense...

«André Eirado» in Facebook >> Para esses animais era prisão mas sem mordomias e juntos com reclusos que já não vêm uma mulher há anos e o que vier à rede é peixe



Publicado por Tovi às 18:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 1 de Abril de 2012
Sócrates pediu a Cavaco para o salvar da troika

Ainda não comprei o Público de hoje, mas vou ter que o fazer... É que não se pode perder o trabalho de investigação de Cristina Ferreira que vem publicado na edição deste domingo.

{#emotions_dlg.meeting} [Público] - O dia em que Sócrates pediu a Cavaco para o salvar da troika - Um dia, quando os documentos confidenciais ficarem acessíveis, saber-se-á com rigor por que razão o país foi forçado, pela terceira vez na sua história democrática, a procurar ajuda externa. Para já, é possível recuar um pouco no tempo e reconstituir o quadro de incerteza e dramatismo que se vivia. O PÚBLICO reconstitui, após uma investigação, o que se passou nas 72 horas loucas antes de Sócrates ser obrigado a pedir ajuda externa. Foi a 6 de Abril de 2011. Um ano depois, o PÚBLICO olha para essas horas cruciais do Portugal contemporâneo. Um trabalho de Cristina Ferreira.



Publicado por Tovi às 16:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012
Esclarecimento do Presidente da República

"Apenas quis ilustrar, com o meu exemplo, que acompanho as situações que chegam ao meu conhecimento de cidadãos que atravessam dificuldades e para as quais tenho chamado a atenção em diversas intervenções públicas" - Mas Cavaco Silva está a fazer de nós parvos, ou quê?...

{#emotions_dlg.meeting} [Económico] - Cavaco diz que não quis eximir-se dos sacrifícios - O Presidente esclareceu que apenas quis ilustrar que acompanha a situação dos portugueses quando falou das suas pensões. (...) Reconhecendo que, face à questão que lhe tem "sido colocada insistentemente" sobre as pensões que aufere, não terá sido "suficientemente claro quanto à intenção do que queria transmitir", Cavaco Silva esclarece que as sua intenção foi ilustrar, com o seu próprio exemplo, que acompanha a situação dos portugueses que atravessam dificuldades.


«Vitor Marques» in Facebook >> Pó caralho !

«Rui Lopes A. D'Orey» in Facebook >> Pata que o pôs.

«Zé Zen» in Facebook >> Subscrevo e... pqp sr plesidente. velhaco qb.



Publicado por Tovi às 07:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Agosto 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Posts recentes

“Quinta-Feira e Outros Di...

Bye Bye Cavaco

António Costa foi indigit...

Cavaco deu um nó cego a A...

Quem vai ser Primeiro-Min...

O dia em que o Governo ca...

Nova Equipa Governamental

Cavaco indigitou Passos C...

António Costa "entalou" o...

Este namoro ainda dá em c...

Cavaco nunca aceitará PCP...

Presidente da República f...

Comemorções do 10 de Junh...

O fim do Cavaquismo

Nunca a Regionalização fe...

Passos Coelho e o Tribuna...

Novo Governo de Portugal

Nem as moscas mudaram...

Constituição da República...

Muito mal anda a populari...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus