"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sexta-feira, 14 de Abril de 2017
A mãe de todas as bombas

mãe de todas as bombas.jpg

Não há dúvida que a guerra no Afeganistão está difícil e para durar. Mais de quinze anos depois dos EUA terem invadido aquele país - 7 de Outubro de 2001 – os americanos continuam a bombardeá-lo e agora até com a GBU-43 / MOAB (Massive Ordenance Air Blast), a mais potente e mortífera arma não nuclear, com o peso de 9,5 toneladas, das quais 8.165 quilos são de tritonal (uma mistura de TNT e pó de alumino) e que consegue uma explosão com um diâmetro de 1,4 quilómetros.
Será tudo isto unicamente mais uma “Trumpalhada” procurando obscuros resultados políticos?... Ainda estamos no princípio da administração Donald Trump, mas já temos muita coisa para reflectir.



Publicado por Tovi às 08:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

1 comentário:
De Nuno a 14 de Abril de 2017 às 19:54
A mais potente e mortífera do arsenal Americano, não é a mais potente que existe.


Comentar post

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Independência adiada na C...

Albariño... da Galiza

Dia da Hispanidade

Mais um “incidente” no Ma...

Já se contam espingardas ...

As minhas previsões não f...

PSD venceu as Legislativa...

Pós-eleições… no Facebook

PS vence as Legislativas

Artigo 141.º da Lei Elei...

El Corte Inglés na Rotund...

Morreu Freitas do Amaral

"Lorenzo" atinge Açores

Dieta Mediterrânica

Sessão de hoje da Assembl...

Cão da raça Barbado da Te...

A criada malcriada... e o...

Tiago Barbosa Ribeiro est...

Tancos… é também um caso ...

Que Governo iremos ter?

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus