"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Segunda-feira, 6 de Junho de 2016
A Quina Carteirista volta a ser detida

Não será já altura da Quina receber uma comenda no 10 de Junho?... Ou as medalhas, no que toca a ladroagem, são só para banqueiros?

 

Quina Carteirista aa.jpg

  (JN - 5Jun2016)

A carteirista mais velha do país, Joaquina Gonçalves, 85 anos, conhecida por "Quina" voltou ontem a ser detida. Desta vez, foi na cidade de Amarante, onde uma patrulha da GNR a abordou, após ter recebido a queixa de uma mulher a quem tinha sido furtada a carteira.
"Quina", condenada há 15 dias a uma pena suspensa de cinco meses e que tinha sido avisada pela juíza que ia presa se voltasse a furtar, declarou ter encontrado a carteira no chão. Naquela cidade estavam a decorrer umas festas populares que atraem sempre centenas de visitantes.
A GNR contactou entretanto o Ministério Público que mandou libertar a mulher, que irá ser confrontada com as suspeitas mais tarde.
Há cerca de 15 dias, quando foi condenada, o Tribunal de Pequena Instância Criminal do Porto decidiu suspender a punição pelo período de um ano, com o aviso de que pode tornar-se efetiva a qualquer momento, se a arguida reincidir. A condenação ainda não transitou em julgado.
Joaquina Gonçalves viu ser dado como provado que no passado dia 3 de maio retirou o porta-moedas da carteira de uma mulher, de 71 anos, que assistia ao cortejo da Queima das Fitas, na Rua dos Clérigos, no Porto. Entre outros bens, o porta-moedas continha 25 euros, mas "Quina" não chegou a usufruir do dinheiro, porque foi logo intercetada por agentes da 1ª Esquadra de Investigação Criminal da PSP, que já a vigiavam há muito.
No julgamento, a arguida negou tudo, alegando que ia a passar no local quando deparou com uma "coisinha no chão, que parecia um telemóvel", e que a sua intenção era entregá-lo às autoridades. Essa versão foi desmentida pelos elementos policiais.
"Quina" já tinha no cadastro duas condenações por furto, ambas a pena de multa, nos tribunais de Tomar, em 2004 (360 euros), e Barcelos, em 2012 (300 euros). A juíza sublinhou que aquelas punições "não foram suficientes" mas entendeu suspender a pena, tendo em conta, entre outros fatores, a retaguarda familiar da idosa, que vive com dois netos.



Publicado por Tovi às 16:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

Será só fumo?... ou haver...

Piadas das Legislativas'2...

Alternativa à Geringonça…...

Boavista 1 - 1 Sporting

PS praticamente na maiori...

Piadas das Legislativas'2...

Força, Rui Moreira... est...

Foi há dezoito anos

Piadas das Legislativas'2...

Programa eleitoral do PAN

Tolentino de Mendonça nov...

Estudo de opinião para as...

A Regionalização na campa...

Queda de helicóptero de c...

Piadas das Legislativas'2...

Piadas das Legislativas'2...

Belenenses 0 – 1 Boavista

Rui Rio é um poeta

Sondagem da Pitagórica co...

Urgente!... Oposição prec...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus