"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 27 de Novembro de 2021
Arouca 2 - 1 Boavista

image.jpg
E é isto!... Perdemos novamente  

 

  O mais importante deste jogo
Equipas entram em campo no relvado de Arouca. Mais uma vez, e numa iniciativa que se vai repetir durante toda a jornada, os 22 jogadores e a equipa de arbitragem entram no terreno de jogo com a máscara colocada. A mensagem é a de que a pandemia ainda não acabou.
1’ - Primeiro minuto de jogo, primeiro momento de aflição junto à baliza do Arouca. Má saída de Norbert, mas o lance estava anulado por posição irregular.
11’ – Golo do Arouca. Dabbagh marca, inaugurando o marcador. Cruzamento de Arsénio e, na área, o avançado arouquense a saltar e a cabecear para o golo.
14’ - Boavista fica perto do empate! Cruzamento de Gorré e, por pouco, Yusupha não conseguiu acertar na bola, quando estava em ótima posição para marcar.
25’ - Bem Gorré, a partir da esquerda para o meio e a rematar. À segunda, Norbert agarrou a bola.
26’ - Dabbagh ia isolado na direção da baliza, mas foi assinalado um fora-de-jogo ao avançado do Arouca, referente ao início da jogada. Polémica instalada, com muitos protestos do lado arouquense.
28’ - Cartão amarelo para Yusupha, após falta mais dura a meio-campo.
36’ - Cartão amarelo para Vukotic, após travar transição perigosa dos arouquenses.
40’ - Má saída do guardião do Arouca, outra vez, mas Musa, ao passar, ficou sem ângulo. Depois, o remate de ressaca saiu contra um defesa da equipa da casa.
44’ - Arsénio a ficar perto do segundo. Jogada rápida do lado direito, cruzamento ligeiramente atrasado e, com o pé direito, o extremo a atirar para boa defesa de Alireza.
- Intervalo.
48’ - Yusupha a ameaçar o empate. Jogada rápida e remate perigoso do avançado.
49’ - Musa a ameaçar o empate. Remate perigosíssimo do avançado, com a bola a bater na malha lateral.
49’ - Cartão amarelo para Dabbagh (Arouca).
54’ – GOLOOOOO DO BOAVISTA. Empata o Boavista, empata Musa! Na mesma baliza, a mesma jogada, agora com cores diferentes. Cruzamento do lado esquerdo e cabeceamento certeiro do avançado.
67’ - Cartão amarelo para Bukia (Arouca).
69’ - Cartão amarelo para Campi (Arouca), após falta sobre Sauer.
71’ - Cartão para Makouta (Boavista).
73’ - Porozo, com um corte acrobático, a impedir uma oportunidade quase certa para o Arouca. Corte arriscado, mas muito importante, tendo em conta que o defesa era o último homem.
76’ - Alteração no Boavista. Saída de Gorré, entrada de Tiago Morais.
79’ - Mais uma alteração no Boavista. Saída de Vukotic e entrada de Reymão.
85’ - Thales a arriscar, com um atraso para o guarda-redes do Arouca que, por pouco, não saiu curto demais.
89’ - Dupla alteração no Boavista. Saídas de Sauer e Hamache, entradas de Filipe Ferreira e Luís Santos.
90+1’ – Golo. Marca o Arouca, no primeiro de quatro minuto de descontos. Lance muito confuso, má saída de Alireza, atrapalhação do jogador da equipa da casa e Antony, na estreia, a fazer um golo que pode ser decisivo.
90+4' - Numa das últimas jogadas, Norbert foi ao segundo andar e agarrou o cruzamento do Boavista. Hora de forcing final para os axadrezados.
90+6' - Mais uma má saída de Norbert. Na sequência, o jogador do Boavista tentou o remate, mas a defensiva arouquense cortou.
- Termina a partida.  

 

   Outros resultados da 12.ª jornada
Belenenses SAD 0 - 7 Benfica  a)

Sporting 2 - 0 Tondela
Porto 2 - 1 Vitória de Guimarães

a) O Benfica goleou com enorme polémica, a Belenenses SAD, por 7-0, no Jamor, num duelo que durou apenas até ao primeiro minuto da segunda parte. Devido a um surto de covid-19 no plantel dos azuis, que atingiu jogadores, técnicos e staff, a equipa de Filipe Cândido apresentou-se só com nove elementos e teve inclusive de jogar com um dos guarda-redes disponíveis na posição de avançado. No arranque do segundo período, os azuis alegaram falta de elementos disponíveis, devido a questões físicas, e a partida terminou. Ao intervalo, Diogo Calila e Montez ficaram nos balneários e no recomeço João Monteiro deitou-se no relvado, alegando uma lesão, e o árbitro Manuel Mota deu a partida por concluída. Com seis jogadores, tinha de terminar, segundo os regulamentos. Um caso que faz corar de vergonha o futebol português e um cenário terrível para quem gosta de futebol e que teve repercussão internacional. Após o final, os dois clubes confessaram que foram obrigados a jogar pela Liga.



Publicado por Tovi às 20:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Janeiro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


28
29

30
31


Posts recentes

Um dia "quente" no «Um no...

Esta canalha é tramada

Benfica 4 - 3 Boavista

As últimas da Tracking Po...

Tracking Poll - PSD ultra...

Paços de Ferreira 1 - 1 B...

Rui Moreira absolvido no ...

Faltam 10 dias para as Le...

Reflexões sobre a derrota...

Porto: da Outra Cidade......

Vida Selvagem na SIC... c...

O PAN é um "Cavalo de Tro...

Boavista 1 - 1 Gil Vicent...

Debate eleitoral do tudo ...

Transportes públicos grát...

Como seria o processo de ...

A China e as medidas anti...

Programas Eleitorais para...

Situação crítica no Cazaq...

Boavista 1 - 1 Tondela

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus