"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014
Catástrofe do Boeing da Malaysia Airlines na Ucrânia


{#emotions_dlg.blushed} Inexplicavelmente deixou-se de ouvir falar sobre a catástrofe do Boeing da Malaysia Airlines ocorrida na Ucrânia em Julho deste ano. É sabido que as caixas-pretas foram enviadas para Inglaterra e passaram a ser assunto secreto, bem como as gravações de conversações entre controladores aéreos da região. O que se estará a esconder?... Querem ver que aquilo que se disse não é a verdade?...


«Fatima Sousa» no Facebook >> Isto é tudo uma incognita

«Luis Lopes» no Facebook >> Pareces bruxo!

«Loja Do Pecado Guimaraes» no Facebook >> Nem parece teu amigo David pelos vistos nao foram terroristas, comunistas ou árabes como tal vamos esquecer que aconteceu. Cheira nitudamente a mossad que na mesma altura ibtensificou os ataquem a palestina mas isso nao intressa a ninguém.

«António Alves» no Facebook >> Porque é mais do que evidente, desde o início, que foi Kiev quem derrubou o avião. Falta saber se foi por "sugestão" interna ou externa.

«José Luis Moreira» no Facebook >> Estou cada vez mais baralhado!... Então os americanos não disseram que o Putin é que estava por trás do acontecimento?... ;)

«António Alves» no Facebook >> Uma opinião que coincide largamente com a minha - Ukraine: Putting Politics back in the Driving Seat

 

 

  Expresso de 28Set2016

Voo MH17 foi abatido por míssil russo disparado desde a Ucrânia - Conclusão da investigação oficial à queda do avião da Malaysia Airlines, em julho de 2014, é clara: foi um míssil russo, disparado desde uma vila na Ucrânia sob domínio dos rebeldes, que fez cair o voo MH17 -  O míssil que derrubou o voo MH17 da Malaysia Airlines há dois anos foi transportado da Rússia para o leste da Ucrânia, de onde foi disparado, na localidade de Pervomaysk, anunciou esta quarta-feira o responsável por uma investigação liderada pela polícia holandesa. "Com base na investigação criminal, concluímos que o voo MH17 foi abatido por um míssil BUK, da série 9M83, proveniente do território da Federação Russa", disse o chefe da equipa de investigação internacional Wilbert Paulissen. O mesmo responsável adiantou que o sistema de lançamento do míssil "foi levado de volta para a Rússia". Segundo Paulissen, cerca de 100 pessoas estão a ser investigadas por suspeita de envolvimento no derrube do avião. O avião de passageiros, um Boeing 777, foi abatido a 17 de julho de 2014 sobre o leste da Ucrânia, numa zona sob controlo dos separatistas pró-russos, matando todas as 198 pessoas que seguiam a bordo, entre as quais 196 cidadãos holandeses.



Publicado por Tovi às 08:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13


23
24
25
26
27

28
29
30
31


Posts recentes

Na “Conquista do Espaço” ...

PSD a afundar-se nas sond...

Isto é que os americanos ...

Baixa política… no Públic...

História curiosa sobre "C...

Incêndio na Zona Históric...

Suspensão de registos de ...

Tomada da Bastilha - 14 d...

Fim-de-semana de Exposiçõ...

Parabéns Alice

Atribuição de Medalhas Mu...

D. Pedro IV, o Libertador

Populista Português Moder...

Malhar em ferro frio

Legislativas'2019... no G...

Saladas da Culinária Viet...

Mercadona... em Portugal

Acho bem...

Sinais dos tempos

Morreu Mordillo

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus