"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2024
Estará Zelensky a desenhar a nova linha de fronteira?

Captura de ecrã 2024-01-11 164539.png

A Ucrânia está a fortificar as linhas de defesa ao longo de milhares de quilómetros, à medida que Kiev assume uma posição mais defensiva nas operações militares contra a Rússia. Foram construídas novas fortificações nos últimos meses, perto da cidade de Kupiansk. Foram colocadas filas de barricadas de betão e rolos de arame farpado, que se estendem em campo aberto ao longo de mais de um quilómetro. As trincheiras, com alojamentos rudimentares, estão a ser escavadas. Já na quarta-feira [10jan2024] o exército ucraniano não tinha assinalado quaisquer ofensivas ou avanços na linha da frente da guerra, de acordo com as Forças Armadas. As forças ucranianas referiram que o foco estava a ser essencialmente a questão defensiva, nomeadamente na prevenção de ataques em Kupiansk, Lyman, Bakhmut, Avdiivka, Zaporizhzhia e outras áreas. Parece que tudo isto tem a ver com o objetivo militar do Kremlin de criar uma zona neutral de cerca de 15 quilómetros entre as regiões russa e ucraniana, que seguramente vai provocar combates violentos. Por isso, os ucranianos não só têm que se preparar para a ação como também tentar dissuadi-la. É esse o motivo por que que a Ucrânia está a criar linhas de defesa, com diversos obstáculos.

  
Jorge Veiga
Não acredito. Está a fazer o mesmo que os Russos fizeram no ano passado.
David Ribeiro
Jorge Veiga... e o que é que os russos fizeram no ano passado senão desenhar uma nova linha de fronteira?
Jorge Veiga
David Ribeiro preparar a defesa para o Inverno.
David Ribeiro
Meu caro Jorge Veiga... a dinâmica do conflito alterou-se, estando a Ucrânia a reforçar as linhas defensivas em várias zonas do país (incluindo na fronteira com a Bielorrússia), um sintoma de que a Rússia passou a assumir a iniciativa no terreno, depois de a contraofensiva ucraniana não ter corrido como Kiev esperava.
Jorge VeigaDavid Ribeiro era de esperar. Com minas espalhadas de 5 a 7 por metro2...
Jorge Veiga...além dos mortos agora, quantos anos para desminagem?
David RibeiroJorge Veiga... fica uma fronteira com uma ampla terra de ninguém.
Jorge VeigaDavid Ribeiro como sou contra guerras, nunca poderei aprovar esta. Tudo um desperdício de vidas, bens materiais e bens morais.

  
mw-1920.webpVolodymyr Zelensky esteve em viagem pelos países bálticos e quer no seu discurso no parlamento da Estónia quer numa conferência de imprensa com o seu homólogo estónio, recusou por completo entrar em negociações para um cessar-fogo com a Rússia, afirmando que uma pausa não levaria a qualquer diálogo com o inimigo e que um cessar-fogo só beneficiaria a Rússia. Esta recusa de cessar-fogo por parte de Zelensky não passa de uma forma de pressão sobre a UE e sobre os EUA para desbloquear a ajuda financeira e militar que tanta falta faz a Kiev. Mas a verdade é que nos EUA a assistência militar à Ucrânia continua parada devido ao impasse no Congresso.
  
Jorge Veiga
...e a outra verdade é que se fossem para diálogo com a Rússia, sairiam sempre a perder. E subalternizados pela Rússia, já foram tempo suficiente.
David Ribeiro
Jorge Veiga... e alguém acredita que outra solução que não o diálogo colocará a Ucrânia sem ser a assumir que perdeu os 4 oblast de sul e leste?
Jorge VeigaDavid Ribeiro se fazem parte do País, perdem porquê?
David RibeiroJorge Veiga... porque há muito esses oblast, depois de terem sido ostracizados, se revoltaram exigindo a autodeterminação.

 
mw-694 (1).webpO primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, está hoje em Kiev onde deve anunciar um aumento do financiamento militar à Ucrânia da ordem dos 2,5 mil milhões de libras (2,9 milhões de euros). Sunak e o Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky devem também assinar um acordo de cooperação em matéria de segurança, que inclui a partilha de informações, incluindo na área da cibersegurança além de programas de formação médica e militar. O novo pacote de ajuda britânico vai ser fornecido ao longo do ano tratando-se da maior ajuda financeira do Reino Unido à Ucrânia desde o início da invasão russa do país, em fevereiro de 2022.

  Mário Paiva...o Biden, impedido pelo Congresso, a usar a porta do cavalo...



Publicado por Tovi às 07:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Maio 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Onda de assaltos contínua...

Provável queda de um mete...

Boavista 2 - 2 Vizela

Ativos russos congelados

Primeiro-ministro da Eslo...

Linhas de defesa de Khark...

E continuam os "tiros, bo...

Os 13 de Maio em Fátima

Porto 2 - 1 Boavista

Acordo militar entre São ...

Violência Doméstica é CRI...

Portugal volta a receber ...

Pedro Nuno Santos em entr...

Continuando a ler "A Euro...

A violência doméstica é a...

Boavista 1- 1 Gil Vicente

A guerra das "contas cert...

Tensão nas Universidades ...

Cidades da Ucrânia caem p...

1.º de Maio... como estam...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus