"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Domingo, 5 de Julho de 2015
Grécia - «Nai» ou «Oxi»

Grécia oxi nai 5Jul2015.jpg

O futuro da Europa joga-se hoje no referendo em que os gregos são chamados a dizerem se querem ou não aceitar mais austeridade em troca da ajuda internacional. As últimas duas sondagens sobre o sentido de voto dos gregos davam uma delas 44,8% ao “sim” e 43,4% ao “não” e a outra 43% para o “não” e 42,5% para o “sim”. Os resultados oficiais deverão ser conhecidos por volta das 21h00 na Grécia (19h00 em Lisboa), mas é provável que as televisões avancem com projecções logo depois das 17h00 portuguesas, hora do fecho das urnas.

 16h48 - Bruxelas

Membros da comissão europeia estimam que o «Não» (Oxi) consiga ficar à frente com uma diferença entre 8 a 10 pontos percentuais.

 17h00 – Primeiras projecções

Sim (Nai): 46% - Não (Oxi): 49%

 17h06 – Outra projecção

Sim (Nai): 48,5% - Não (Oxi): 51,5%

 17h17 – Resultado provável

Sim (Nai): entre 46,5 e 50,5% - Não (Oxi): entre 49,5 e 53,5%

 17h47 - Vai vencer o «Oxi»...

...a manter-se a tendência das primeiras projecções. Mas a todos aqueles que já festejam de forma estonteante esta vitória recomendo que se recordem das palavras de Plutarco, historiador e filósofo grego nascido em 45 d.C. e falecido em 120 d.C.: “Uma alegria tumultuosa anuncia uma felicidade medíocre e breve”. E eu, que nem sou grego nem filósofo, só espero que nos próximos dias não haja uma tentativa de estrangular financeiramente a Grécia, pois isso seria um erro catastrófico para a Europa.

 18h00 – Últimas notícias

Os negociadores gregos já estão a fazer as suas malas para voltarem de novo a Bruxelas. Merkel já agendou uma reunião com Hollande para segunda-feira à tarde.

 19h16 – Resultados parciais (37,23% de votos apurados)

Sim (Nai): 38,95% - Não (Oxi): 61,05%

 20h28 – Resultados parciais (62,32% de votos apurados)

Sim (Nai): 38,67% - Não (Oxi): 61,33%

 21h15 - Ainda há votos para contar na Grécia...
...mas já não restam dúvidas que podemos desde já exigir ao novo Primeiro-Ministro que sair das próximas Legislativas em Portugal, seja ele Passos Coelho ou António Costa, a apresentação aos portugueses de um plano de reestruturação da nossa dívida que deverão negociar com os nossos credores, a exemplo do que vai fazer o governo helénico. Se não o fizerem durante a campanha eleitoral que se avizinha, passam a ser uns traidores à Pátria.

 Resultados Finais

Não (Oxi): 61,31%

Sim (Nai): 38,69%

Votos registados: 6.161.140 (62,5%)

Votos nulos e brancos: 5,80%



Publicado por Tovi às 08:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26
27
28
29

30


Posts recentes

Criar um Homem novo...?

São João... um pouco molh...

Va lá saber-se quem fala ...

Restaurante Duarte... no ...

Trump aprovou… e depois v...

A primeira etapa está fei...

A Regionalização no "Mani...

Manifesto X

"Salas de chuto" no Porto

Como Afonso de Albuquerqu...

Estreito de Ormuz e a His...

Misteriosos ataques... ou...

Morreu Aureliano Veloso

Uma resposta como manda a...

Morreu Ruben de Carvalho

Uma pedrada no charco

Ganhamos a 1ª edição da L...

Queixomil... em Baião

A final é no domingo

Portugal 3 – 1 Suíça

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus