"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Sábado, 10 de Setembro de 2016
Militar morre em exercício no curso de Comandos

Exército Comandos.jpg

No passado dia 4 deste mês e de acordo com uma nota do Exército português, faleceu um militar que frequentava o 127º Curso de Comandos, após ter-se sentido “indisposto durante uma prova de tiro (tiro reactivo)” tendo sido de imediato assistido pelo médico que acompanhava a instrução e que lhe diagnosticou “um golpe de calor”. Três outros militares encontram-se no Hospital das Forças Armadas, dois deles no serviço de Medicina, sendo a sua situação clínica estável, não levantando cuidados de maior. O terceiro militar está na Unidade de Tratamentos Intensivos diagnosticado com “golpe de calor”. Um quarto foi transferido do Hospital do Barreiro para o Curry Cabral, em Lisboa, devido a complicações hepáticas. Na última quinta-feira o Chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, comunicou ao ministro da Defesa, Azeredo Lopes, a decisão de suspender os cursos de comandos até conclusão do inquérito técnico às causas dos acidentes, face à quantidade e gravidade dos acontecimentos que tem marcado a formação, tendo este membro do Governo divulgado publicamente esta resolução.

E em face disto tudo eu cá tenho muita dificuldade em entender a "qualidade" do médico militar que demora tanto tempo (mais de cinco horas) a mandar para um hospital instruendos em situação tão crítica.

 

  Comentários no Facebook

«Jose Riobom» >> Este sitio do FB começa a fazer concorrência desleal à crónica policial do" Você na TV "... só falta o Goucha e os "especialistas".... VIVA A DENÚNCIA SOCIAL.... FIM AOS DESAVERGONHADOS QUE POR AÍ PULULAM !!! - ...só para quem entende as minhas ironias....

«Raul Vaz Osorio» >> Claro, a culpa tinha que ser do médico 😛

«Jose Riobom» >> ....é sempre.... nem que não seja.. [Emoji wink;-)]

«Mario Ferreira Dos Reis» >> Raul, os medicos militares que conheci no meu tempo de militar nao me inspiravam confiança nenhuma ... So faziam o que hierarquia lhes dizia para fazer. Parece-me tambem que saiam das escolas médicas e iam directamente para o exercito sem fazerem o tempo de internos nos hospitais universitarios e nem todos os medicos estao ao mesmo nivel de formaçAo e capacidades profissionais. Eu acho que o David aqui tem razao que o rapaz nao teve uma assistencia atempada nao teve nao.

«Raul Vaz Osorio» >> Eu não sei se teve ou não. Não tenho elementos para avaliar isso. Tirar conclusões, a menos que se tenha acesso a informação que não está disponível ao público, parece-me francamente imprudente. Dou o desconto da silly season.

«David Ribeiro» >> Seguramente que não sou eu que dirá quem são os "culpados", mas diga-me lá, Raul Vaz Osorio, se para si que até é médico, lhe parece razoável que se demore tanto tempo a decidir enviar para um hospital alguém com sintomas de um grave golpe de calor.

«Raul Vaz Osorio» >> David, se há coisa que aprendi na vida é que, no que diz respeito a notícias sobre questões médicas, a única certeza que se pode ter é que o que lá vem não é verdade. A partir daí, podemos começar a tentar perceber.

«David Ribeiro» >> Então vamos lá começar a tentar perceber, esquecendo se isto já foi ou não noticiado... Detetar "golpe de calor" é elementar, não é?... Seis horas para evacuação é muito, não é?... Qualquer profissional de saúde sabe a gravidade de temperatura corporal muito elevada por tempo demasiado, não sabe?

«Raul Vaz Osorio» >> Não é assim. Até é algo difícil de diagnosticar, porque não tem um quadro típico, porque é essencialmente um diagnóstico de exclusão, porque é habitualmente um diagnóstico feito em velhos. Mas como disse, não tenho quaisquer elementos concretos que me permitam avaliar. Se me der uma cronologia razoavelmente rigorosa, posso começar a tentar formar uma opinião.

«Jose Riobom» >> Oh amigo... essa dos velhos é p'ra mim ? [Emoji wink;-)]

«Jorge Veiga» >> Jose Riobom acho que é!!! Kkkkk

 

 11h13 – Notícia de última hora

O militar dos Comandos transferido para Hospital Curry Cabral devido a problemas hepáticos morreu esta manhã, acaba de informar o Ministro da Defesa, Azeredo Lopes.



Publicado por Tovi às 09:21
Link do post | Adicionar aos favoritos

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Manhã de um domingo de Ve...

Morreu Alexandre Soares d...

Continua a "Guerra dos Pe...

Demorou um pouco... mas j...

Greve dos motoristas de m...

Mais eleitores nas Legisl...

Boavista 2 – 1 Desportivo...

81ª Volta a Portugal em B...

Rodrigues de Pinho... do ...

A "guerra dos petroleiros...

PSP - Comando Metropolita...

Moqueca de Camarão

Hiroshima, 6 de agosto de...

Pimentos Padrón

Casa Pia 2 - 0 Boavista

Novilho Aberdeen-Angus Na...

Sondagem da Multidados pa...

Candidatos do PSD pelo Cí...

Partido RIR... de Tino de...

Não nos deixemos intimida...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus