"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2020
Morreu Eduardo Lourenço

Requiescat in Pace

mno_deb_FL_Eduardo_Lourenco_07-1.jpg

Nação pequena que foi maior do que os deuses em geral o permitem, Portugal precisa dessa espécie de delírio manso, desse sonho acordado que, às vezes, se assemelha ao dos videntes (Voyants no sentido de Rimbaud) e, outras, à pura inconsciência, para estar à altura de si mesmo. Poucos povos serão como o nosso tão intimamente quixotescos, quer dizer, tão indistintamente Quixote e Sancho. Quando se sonharam sonhos maiores do que nós, mesmo a parte de Sancho que nos enraíza na realidade está sempre pronta a tomar os moinhos por gigantes. A nossa última aventura quixotesca tirou-nos a venda dos olhos, e a nossa imagem é hoje mais serena e mais harmoniosa que noutras épocas de desvairo o pôde ser. Mas não nos muda os sonhos. (Eduardo Lourenço in "Nós e a Europa ou as duas razões" - 1988)



Publicado por Tovi às 11:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Distanciamento social

Um dossiê sempre complica...

Nuno Cruz... o Guerreiro ...

Recandidatura de Rui More...

Moelas

João Ricardo de Aguiar pa...

Arraial da Iniciativa Lib...

Rumo à vitória

Eleições no Clube Portugu...

António Fonseca e as próx...

O Lugar do Vazio, de Gust...

A turma da minha neta... ...

Surpresa!... Alguém estav...

Ensurdecedor o silêncio d...

Últimas sondagens conheci...

Uma chatice... Uma grande...

Hummm!... Será desta?

Rio Ave desceu... e o Aro...

Homenagem a D. Américo Ag...

Novo PDM para a cidade do...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus