"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2015
Morreu o Chefe Silva

Chefe Silva 14Out2015 ab.jpg

Requiescat In Pace

Trabalhei com o Chefe Silva nos anos oitenta do século passado na Eurest Portugal e aí cimentamos uma grande amizade.

 

  in Wikipédia

António da Silva, mais conhecido por Chefe Silva, nasceu na Vila Termal de Caldelas, no concelho de Amares, a 29 de março de 1934. A sua família materna, era de origem humilde, camponeses que se estabeleceram por Caldelas, já a família paterna, é proveniente da família Vinhas, família conceituada da terra. Cedo ficou órfão de pai, e como na escola o consideravam inteligente, passou para o seminário para estudar para padre, no entanto pela falta de vocação, fugiu, foi para Caldelas e começou a trabalhar nas obras e também como ferreiro. Pensou ser empregado de mesa, mas ganhou o gosto pela culinária com a mãe. Aos 18 anos mudou-se para Lisboa e trabalhou no actual Turim Suisso Atlântico Hotel e, depois, no Hotel Império. Com 24 anos, viajou até Lourenço Marques, onde se tornou chefe de cozinha do Hotel Girassol, do Hotel Xai-Xai e do restaurante do aeroporto local. De regresso a Lisboa, trabalhou no Hotel Avenida Palace e deu aulas na Obra das Mães e no Instituto Culinária Margarina Vaqueiro. Após ter terminado o curso na Escola de Hotelaria de Lisboa com distinção, foi chefe do Grill do Hotel Altis e depois diretor de Produção da Eurest Portugal. Mais tarde inaugurou o restaurante Super Chefe, em Lisboa. Foi, durante 30 anos, director técnico da revista Tele-Culinária. Autor de diversos livros, ao longo da vida foi agraciado com vários prémios e medalhas. É membro honorário de várias confrarias gastronómicas nacionais e internacionais, foi fundador e presidente da Associação de Cozinheiros e Pasteleiros de Portugal e membro honorário da Academia do Bacalhau em Nova Jérsia. Foi homenageado, em 2004, pela Câmara Municipal de Amares com o descerramento de uma placa toponímica com o seu nome na vila de Caldelas, sua terra natal.

 

 Comentários no Facebook

«Carlinhos da Sé» >> Uma excelente pessoa, estive várias vezes no restaurante dele e encontrava-o frequentemente numa estação televisiva. Vaidades não era com ele, que descanse em paz.

«Manuel Almeida» >> Paz á sua alma. Grande CHEFE. Foi meu professor na Escola de hotelaria no Porto em 1970. Mais tarde na Eurest Portugal bebi muita da sua grande experiencia e recordo varias passagens entre elas uma que muitas veses me recordo. Um dia questionado pelo D.Geral (Eurest) sobre determinado prato que tinha sido confecionado por um cozinheiro pouco experinte o CHEFE perguntou qual era o salario do cozinheiro, e ai a resposta foi: Por esse salario o prato está muito bom. Numa das suas visitas ao Porto eu fui com o meu amigo David Ribeiro acompanha-lo ao aeroporto, ai ele comprou umas lotarias que eram o resto do que um senhor tinha comprado (era o editor da tele-culinaria). Então eu disse: Chefe se sai acaba a tele-culinaria e a resposta foi: Nem penses, a tele-culinaria é muito mais importante que o dinheiro.

«Pedro Baptista» >> Mal me lembro dele da TV. Mas em Caldelas, onde passava na infância, regularmente, três semanas anuais de tratamento de meu pai aos pecados juvenais das tertúlias de Amarante, (com a presença de Pascoaes que, todavia, só bebia cafés e fumava, quem diria?), depois na adolescência quando, filho único, lá ia pendura de meu querido pai que me amava tanto quanto eu a ele (embora as provas dele fossem mais consistentes e duradouras que as minhas) na Lísbia, Suiço Hotel, na base da Calçada da Glória, aqueles hors d' oeuvre que abriam, a pescada à marinheira ou filetes que estendiam, o prato de carne que fechava que fomos sempre, felizmente, pouco compatíveis com doçarias (receio duma diabetes nos ancestros) teve lá as marcas, os atos e por vezes mesmo as presenças irradiantes dos prazeres que distribuía...

«Luiz Paiva» >> Lembro-me bem do Chefe Silva na televisão. Ao tempo, comprava também as Tele-culinárias e depois mandava-as encadernar com as capas que também eram vendidas para o efeito. Tenho todos os 40 e tantos volumes desde o nº 1. Paz à sua alma!

«Raul Vaz Osorio» >> Foi um pioneiro

«José Silva» >> Morreu António Silva, popularmente conhecido como chefe Silva. Para além de ter visto muitos dos seus programas, cruzei-me com ele várias vezes e até fomos júris de concursos de gastronomia. Há cerca de três anos participei numa singela homenagem que a câmara de Esposende justamente lhe prestou, ele que tinha sido o primeiro presidente do júri do concurso de gastronomia daquele município. Já bastante debilitado, fez questão de estar presente e falar, para agradecer a homenagem. Era um homem simples e educado. Um par de anos antes tive o prazer de o entrevistar para o meu programa de vinhos e fiquei espantado com a sua humildade. Não assumia a grandeza do seu trabalho, que partilhava com colegas e alunos e que espelhava nos seu livros de culinária, de consulta obrigatória. Os seus fascículos da teleculinária estão, encadernados, nas prateleiras lá de casa. Era um homem sábio. E um profundo conhecedor da nossa culinária, que dominava com o à vontade das pessoas simples. Era a sua vida, a sua paixão. Deixou-nos esse património incalculável. Obrigado chefe Silva, até um dia destes...



Publicado por Tovi às 13:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Posts recentes

Ser, ou não ser, um Enófi...

Assembleia Municipal do P...

Resultados preliminares d...

Falcões que nasceram no e...

João Aguiar é candidato à...

Marítimo 0 - 1 Boavista

Morreu Otelo Saraiva de C...

Só para os amantes do clu...

Autárquicas no Porto

Do lodaçal para o lamaçal

Vandalismo no Parque da P...

Assembleia Municipal do P...

PS a descer... Bloco e Ch...

Popularidade de Marcelo e...

Da série "Certificado ou ...

Primeira sondagem para as...

Se regarem os cravos este...

Cubanos nas ruas a exigir...

Medalhas Municipais de Ho...

Já tenho as duas doses da...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus