"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Domingo, 14 de Maio de 2023
Os turcos vão a votos

Captura de ecrã 2023-05-12 114318.png

Uma aliança de oposição de seis partidos escolheu Kemal Kilicdaroglu, líder do Partido Republicano do Povo (CHP), de centro-esquerda, como seu candidato. Enquanto isso, o Partido Justiça e Desenvolvimento (AK) de Recep Tayyip Erdogan adicionou dois partidos conservadores à sua aliança, além de seus dois parceiros nacionalistas de longa data, puxando a coligação ainda mais para a extrema direita.

 

  Andrew Wilks / Al Jazeera - 13mai2023
Captura de ecrã 2023-05-13 100859.png
Neste fim-de-semana, Recep Tayyip Erdogan, o homem que dominou a política turca por duas décadas, está tentando estender seu governo por mais cinco anos. Erdogan está a lutar para garantir um terceiro mandato como presidente, somando-se a seus três mandatos anteriores como primeiro-ministro de 2003 a 2014, em eleições presidenciais e parlamentares que são amplamente consideradas as mais difíceis que ele já enfrentou. O homem de 69 anos vem de uma tradição política conservadora e desenvolveu uma reputação de figura divisiva num país que foi fundado em linhas secularistas na década de 1920 por Mustafa Kemal Ataturk. Erdogan ultrapassou os 15 anos de Ataturk no cargo principal da Turquia há cinco anos, tornando-se o líder mais antigo que o país conheceu. Em 2014, tornou-se o primeiro presidente eleito pelo voto popular, vencendo um referendo que concentrou o poder nas mãos do presidente.


Luis Barata
Já agora, uma opinião, é bom ou mau ou nem por isso?
David RibeiroLuis Barata, não morro de amores por Erdogan, embora lhe aprecie a constante intervenção na geopolítica da região. Quanto ao seu opositor Kilicdaroglu pouco sei.
Luis BarataDavid Ribeiro sabe que Erdogan já reverteu a ideologia de Ataturk... E que concentra poderes e que de democrata terá pouco e cada vez menos, e que já esmagou os opositores e que os "cérebros" estão a desertar ... etc etc
David RibeiroLuis Barata... Erdogan já foi tudo e mais alguma coisa, mas é capaz de ainda conseguir vencer as eleições (esperemos que pelo menos seja de forma limpa). E se as perder que o futuro seja risonho para os turcos e todos os seus vizinhos.
Luis BarataDavid Ribeiro perfeitamente de acordo. Só esperava é que, de novo, se virassem para a Europa e não de costas...

 


Captura de ecrã 2023-05-14 094939.png
Já se vota na Turquia desde as 8h da manhã locais (6h em Portugal Continental) e fecham às 17h (15h por cá). Vai ser interessante acompanhar a forma como mais de 64 milhões de eleitores vão decidir a sobrevivência política, ou não, do atual Chefe de Estado, Tayip Erdogan. Recordamos que a maioria das sondagens antecipa a derrota do atual Presidente, mas não é certo que o líder do Partido Republicano do Povo, Kemal Kiliçdaroglu, apoiado por uma coligação de 6 partidos e por uma formação de esquerda defensora dos direitos da minoria curda, consiga destronar Erdogan, que está há 20 ano no poder. Se nenhum candidato obtiver mais da metade dos votos no primeiro turno, um segundo turno será realizado em 28 de maio. Aguardemos até às nossas 19h, quando os mídia na Turquia poderão relatar resultados parciais.

 

  Al Jazeera - 13h55 de hoje
Captura de ecrã 2023-05-14 143126.png
Eleitores turcos esperaram em longas filas que serpenteavam pelas cidades com milhares de pessoas a comparecerem às urnas para votar nas eleições do país.

  Resultados provisórios serão conhecidos ao fim do dia. Entretanto...
Captura de ecrã 2023-05-14 152958.png
15h00 - As assembleias de voto na Turquia encerram às 17h00 (hora local), mas devido às longas filas de eleitores, a Ordem dos Advogados de Istambul disse que as pessoas que aguardam na fila poderão votar. De acordo com a lei, o chefe da comissão de urnas deve recolher os documentos de identidade de quem ainda estiver na fila e permitir que votem após o horário limite.
15h05 - Como manda a tradição, o presidente Erdogan votou em Istambul – sua cidade, onde nasceu e iniciou sua carreira política – e já voltou para Ankara para acompanhar os resultados.
15h22 - “O processo de votação foi concluído em todo o país de uma forma condizente com a nossa democracia”, disse Erdogan. “Agora, como sempre, é hora de proteger firmemente as urnas. Até que os resultados sejam finalizados, continuaremos a proteger a vontade de nosso povo”.
15h33 - Amer Lafi, jornalista da Al Jazeera, falou com eleitores em Istambul e relata-nos o seguinte: “Aqueles que votaram em Kilicdaroglu disseram-nos que queriam que a situação económica mudasse e que Kilicdaroglu poderia ter a varinha mágica ou a chave para a mudança. Aqueles que votaram em Erdogan disseram que ainda tinham muita fé no homem que liderou a Turquia por mais de 20 anos, e que a crise económica não se limitou à Turquia, mas sim uma crise global que atingiu todas as cidades e países ao redor do mundo. Eles estão confiantes de que Erdogan pode superar esse desafio”. Os turcos sempre dizem que quem ganha em Istambul ganha a eleição, acrescentou Lafi.
15h42 - Nenhum grande incidente de segurança ou irregularidades nas secções eleitorais foi relatado até agora, informou Sami Zeidan, da Al Jazeera. “Infelizmente, em algumas outras partes do país, três pessoas tiveram um ataque cardíaco – um supervisor de votação e dois eleitores – por causa do envolvimento e da tensão que tomou conta deste país”, disse Zeidan.
16h19 - Kilicdaroglu disse num tweet: “Quero chamar nossos heróis da democracia. Nunca deixe as urnas, não importa o que aconteça, até que o relatório final da urna assinado seja entregue. A plena e correta manifestação da vontade do povo depende de sua determinação. Você vai ver, vai valer a pena o seu cansaço.”
16h59 - Resultados preliminares não oficiais mostram Erdogan à frente com 56,67% dos votos, em comparação com o rival Kilicdaroglu com 37,41%.
17h13 - Falando à Al Jazeera em Istambul, o analista político Ali Carkoglu disse que “é muito difícil fazer previsões neste momento. A única coisa que posso [dizer] neste momento é que seus votos [de Erdogan] provavelmente cairão, em termos percentuais. E muito provavelmente, os votos de Kilicdaroglu vão aumentar a partir deste ponto, em termos percentuais, mas ainda não sabemos quanto.” Afirmou também que geralmente os resultados “não mudam drasticamente” quando cerca de 50% dos votos são contados.

 

  Resultados quando estão apurados 57,88% dos votos
57,88.png

  Resultados quando estão apurados 94,66% dos votos
94,66.png

 

  Os Curdos tramaram Erdogan
99,87.png
Reportando de Istambul, Sinem Koseoglu, da Al Jazeera, disse que Erdogan terá que tentar reconquistar o voto curdo que anteriormente o havia perdido antes do colapso do processo de paz. “Depois que o processo de paz com os curdos entrou em colapso, os curdos ficaram ofendidos com o presidente Erdogan. As políticas de segurança do governo após a tentativa de golpe [de 2016] também distanciaram os curdos”, explicou Koseoglu. “Na região sudeste, onde estão as cidades dominadas pelos curdos, os votos foram para o CHP. Erdogan… precisa desses votos”, disse ela, acrescentando que o terceiro candidato Sinan Ogan, que deu um grande salto nas eleições que ninguém esperava, terá que decidir se lidera seu apoio a Erdogan ou Kilicdaroglu. “Até à segunda volta, tudo é negociação”, acrescentou. (Na imagem resultado quando estavam apurados 99,87% dos votos)

 

  Assim se votou na Turquia
Captura de ecrã 2023-05-15 114619.png

 


Captura de ecrã 2023-05-14 232750.png
Turquia vai ter um tira-teimas entre Recep Tayyip Erdoğan e Kemal Kılıçdaroğlu, após um tenso escrutínio este domingo. Após a contagem final, com os resultados definitivos anunciados só na tarde desta segunda-feira, nenhum dos candidatos chegou à barreira dos 50%. A segunda volta está marcada para o dia 28 de maio.



Publicado por Tovi às 07:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Março 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Pobre povo ucraniano...

Sondagens após a formação...

A Transnístria é um "barr...

Café com Cheirinho... par...

O Boavista SAD precisa de...

Protestos de agricultores...

Boavista 0 - 4 Braga

Casal de Pegas Rabudas a ...

Dois anos de guerra na Uc...

Já encomendei...

A situação está difícil n...

Do Euromaidan até à “oper...

Sondagem da Aximage para ...

Perder uma batalha não é ...

Exposições Caninas de Gon...

Chaves 2 - 1 Boavista

Regionalização: o que pro...

STCP doa 21 autocarros a ...

E assim vai a campanha el...

Carnaval nas Escolas do P...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus