"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Segunda-feira, 2 de Outubro de 2023
Robert Fico vence legislativas eslovacas

shooty_putin-fico-1.jpg

As coisas parecem estar a mudar no leste da Europa... é preciso avisar Ursula von der Leyen e Stoltenberg.

 

  O partido populista Direção-Social Democracia (Smer-SSD), do antigo primeiro-ministro Robert Fico, que se opõe à ajuda à Ucrânia, venceu as eleições legislativas na Eslováquia. De acordo com resultados definitivos divulgados na madrugada de domingo [1out2023] o Smer-SSD obteve 23,3%, à frente do partido liberal Eslováquia Progressista (17,1%), liderado pelo vice-presidente do Parlamento Europeu, Michal Simecka. Uma vez que nenhum partido obteve a maioria dos assentos no parlamento da Eslováquia, o futuro do país pode depender do partido que ficou em terceiro lugar, com 14,9% dos votos, os sociais-democratas do Hlas-SD (‘Voz’), do também antigo primeiro-ministro Peter Pellegrini, um dissidente do Smer-SSD mas que partilha a posição pró–Ucrânia de Simecka.

 
Captura de ecrã 2023-10-01 115147.pngA Eslováquia é uma república democrática parlamentar, com um chefe de governo – o primeiro-ministro – que tem a maior parte do poder executivo, e um chefe de Estado – o Presidente – que, embora formalmente seja o chefe do executivo, tem poderes muito limitados. O país está dividido em oito regiões, cujos nomes correspondem aos nomes das suas principais cidades, e que usufruem de um certo grau de autonomia desde 2002. Em 2020, os principais setores da economia eslovaca foram a indústria (24,1%), o comércio grossista e retalhista e os serviços de transportes, alojamento e restauração (18,4%), a administração pública, a defesa, a educação, a saúde e os serviços sociais (16,8%). 7% das exportações eslovacas destinam-se a outros países da UE (Alemanha - 22%, Chéquia - 11%, Polónia - 8%). Das exportações para o exterior da UE, 4% destinam-se tanto aos Estados Unidos como ao Reino Unido e 3% à China. No que respeita às importações, 80% provêm de países da UE (Alemanha – 20%, Chéquia – 18%, Áustria – 9%). Das que provêm do exterior da UE, destacam-se as importações da Coreia do Sul (4%) e as da Rússia (3%).  [in página WEB oficial da União Europeia]

 

 


Captura de ecrã 2023-10-02 092524.png
Más notícias para o regime de Kiev. Mas os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos 27 Estados-membros da União Europeia já foram a correr para a capital ucraniana para uma reunião inédita na manhã de hoje [2.ª feira 2out2023]. Será para substituir os EUA no apoio financeiro?... O nosso ministro dos Negócios Estrangeiros, João Cravinho, já disse que vão ser discutidos os reforços do apoio militar, monetário e das sanções e manifestar solidariedade para com a Ucrânia.

 
Raul Vaz OsorioNão é verdade. Há verbas já aprovadas disponíveis apenas não podem orçamentar mais. E além disso, é razoavelmente claro que já há um acordo informal com o líder republicano no Congresso para resolver essa questão se necessário
David RibeiroMeu amigo Raul Vaz Osorio... é óbvio que lá como cá as leis deste tipo não são retroativas. E "acordos informais" só serão lei depois das votações.
Raul Vaz Osorio
David Ribeiro na verdade isto nem sequer é uma lei, é só um acordo de votação. E se for necessário, hâ outros. É apenas isso que estou a dizer
Jorge VeigaCuidado com os foguetes antes da festa.
David RibeiroUm bom conselho, Jorge Veiga , para os senhores no poder em Kiev.
Jorge VeigaDavid Ribeiro Nenhum recado para os Srs de Moscovo?  ...é que gastar mais 70% no ministério da guerra, vai escacar o orçamento de Putin...
David RibeiroJorge Veiga... oh pá!... esses sabem-na toda.
Jorge VeigaDavid Ribeiro também é verdade.
David RibeiroJorge Veiga... quem sou eu para dar conselhos aos senhores no poder em Kiev mas os ventos que sopram nos países da UE e da NATO no leste europeu não auguram nada de bom.
Raul Vaz OsorioDavid Ribeiro ai esse wishful thinking
David Ribeiro
Não tem nada a ver, Raul Vaz Osorio, com pensamentos positivos ou negativos, mas sim com a informação que tenho recolhido de várias tendências.
Jorge VeigaDavid Ribeiro pelo pouco que se sabe, para os Srs de Moscovo, as coisa também estão pretas. 1º + 70% para o orçamento da defesea. 2º recrutamento de voluntários nos países vizinhos 3º recrutamento de voluntários em Cuba, onde pagam mais que nos outros (2000,00€ contra 1400,00£ por mês). 4º armamento que até da Coreia do Norte pode vir 5º contar com a Bielo-Rússia é o mesmo que contar com o exercito da Madeira. 6º ir depenicar os restos do Wagner começa a ser preocupante. ----- etc. Está mau para aqueles lados, não é só para o lado de Kiev.
David RibeiroMas, Jorge Veiga. quando "está mau para aqueles lados", e tudo leva a crer que sim, quem se lixa é sempre o mexilhão.
Jorge VeigaDavid Ribeiro isso sempre foi,  mas ao menos que o mexilhão a gozar seja aquele que pode abrir as conchas sem ser empurrado do 5º andar.



Publicado por Tovi às 07:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Maio 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Sondagem realizada pelo I...

Onda de assaltos contínua...

Provável queda de um mete...

Boavista 2 - 2 Vizela

Ativos russos congelados

Primeiro-ministro da Eslo...

Linhas de defesa de Khark...

E continuam os "tiros, bo...

Os 13 de Maio em Fátima

Porto 2 - 1 Boavista

Acordo militar entre São ...

Violência Doméstica é CRI...

Portugal volta a receber ...

Pedro Nuno Santos em entr...

Continuando a ler "A Euro...

A violência doméstica é a...

Boavista 1- 1 Gil Vicente

A guerra das "contas cert...

Tensão nas Universidades ...

Cidades da Ucrânia caem p...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus