"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 28 de Setembro de 2014
Honrar a Sua Vinha

Fui hoje ver «Honrar a Sua Vinha», um filme englobado no que se estipulou chamar “cinema documental” e que esteve em exibição na Sala de Formação do Parque de Serralves, no Porto. Esta curta-metragem de 63 minutos, uma actividade promovida pela ADRIMINHO no âmbito do Projecto de Cooperação Histórias Decantadas e apresentado ao abrigo do programa PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural, tem produção de “Comédias do Minho / Fio Condutor”, com frente-de-câmara de Rui Mendonça e trás-de-câmara de André Martins. Após a exibição do filme tivemos uma amena cavaqueira com André Martins, conversa acompanhada por dois Alvarinhos da sub-região de Monção, ambos da colheita de 2013, um do Solar de Serrade e o outro da Quinta de Alderiz.

{#emotions_dlg.star} Em 2012, as Comédias do Minho andaram em viagem pela Rota do Alvarinho em Monção e Melgaço. Divertiram com histórias de amor vinhateiras, dançaram na paisagem, ouviram os sons do território, acabaram nos restaurantes, numa ceia apocalíptica, foi o fim do mundo. Pelo meio, André Martins e Rui Mendonça falaram com produtores, apanharam uvas, sol e chuva e o relato desses dias de trabalho surge num filme que, como qualquer bom documentário, não deixa de ser uma bela ficção. O filme que desta forma vai começando, mistura todas estas coisas: o alvarinho, as pessoas que o inventaram, o território que lhe deu forma e sabor, ou a forma como nos relacionamos com a natureza. Será que um monte de imagens e sons pode encontrar as respostas que procuramos?



Publicado por Tovi às 15:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007
Feira dos Vinhos - Carrefour

A Feira dos Vinhos do Carrefour está a decorrer de 12 a 23 de Setembro.
Tem muita coisa no catálogo… Vou destacar os seguintes vinhos:

Alentejo
Loios Branco 2006 – 2,79€; Loios Tinto 2006 – 2,79€; Monte da Cal Tinto 2004 – 3,29€; Monte Velho Branco 2006 – 3,49€; Monte Velho Tinto 2006 – 3,99€; Encostas do Enxoé Tinto 2005 – 4,90€; Vinha da Defesa Rosé 2006 – 4,78€; CR&F Tinto Colheita Seleccionada 2004 – 5,40€; E.A. Tinto 2006 – 5,90€; Montes Claros Tinto Reserva 2004 – 5,90€; Cartuxa Branco DOC 2005 – 6,90€; Vinha da Defesa Tinto 2005 – 7,50€; Herdade dos Grous Tinto 2006 – 7,90€; Reguengos Tinto Garrafeira dos Sócios 2001 – 10,90€; Quinta da Terrugem Tinto 2004 – 10,90€; Herdade do Esporão Branco Colheita Tardia 2005 – 11,90€; Quinta do Carmo Tinto 2002 – 11,90€; Tapada de Chaves Tinto 2001 – 12,40€; Esporão Reserva DOC Tinto 2005 – 14,90€; Cartuxa Tinto 2004 – 14,90€; Herdade do Peso Tinto Reserva 2003 – 19,80€; Mouchão Tinto 2002 – 26,90€; Altas Quintas Tinto 2004 – 19,90€.

Douro
Lello Tinto 2005 – 3,49€; Lello Branco 2006 – 2,99€; Esteva Tinto 2005 – 3,90€; Burmester Tinto DOC 2005 – 4,29€; Planalto Branco 2006 – 4,59€; Quinta da Soalheira Tinto 2005 – 4,98€; Vinha de Mazouco Reserva DOC Tinto 2003 – 6,90€; Quinta do Côtto Tinto 2004 – 7,90€; Valle Pradinhos Tinto 2004 – 7,90€; Vinha Grande Branco 2006 – 9,90€; Vinha Grande Tinto 2003 – 9,90€; Casa Burmester Tinto Reserva DOC 2005 – 10,90€; Callabriga Tinto 2002 – 14,90€; Evel Tinto Grande Escolha 2004 – 14,90€; Duas Quintas Tinto Reserva 2003 – 19,90€; Quinta da Leda Tinto 2004 – 24,90€; Quinta do Crasto Tinto Vinhas Velhas DOC 2005 – 17,90€.

Terras do Sado
Periquita Tinto 2004 – 3,79€; Romeira Palmela Tinto DOC 2005 – 3,79€; Catarina Branco 2006 – 3,99€; Dona Ermelinda Touriga Nacional 2004 – 8,90€; Dona Ermelinda Tinto DOC 2005 – 2,99€; Quinta da Bacalhôa Tinto 2004 – 14,90€; Colecção Privada DSF Touriga Nacional 2003 – 11,90€.

Dão
Grilos Tinto 2005 – 2,79€; Cabriz Branco Colheita Seleccionada 2006 – 2,79€; Cabriz Tinto Colheita Seleccionada 2005 – 2,89€; Casa de Santar Tinto 2004 – 4,90€; Cabriz Tinto Reserva 2004 – 7,90€; Borges Dão Tinto Reserva 2003 – 12,90€; Quinta dos Carvalhais Colheita 2002 – 8,90€; Quinta dos Carvalhais Touriga Nacional 2000 – 13,90€.

Vinho Verde
Muralhas de Monção Branco 2006 – 3,49€; Quinta da Aveleda Branco 2006 – 3,59€; Alvarinho Deu-la-Deu Branco 2006 – 5,80€; Alvarinho Portal do Fidalgo Branco 2006 – 5,90€; Alvarinho Dona Paterna Branco 2006 – 7,80€.

Beiras e Bairrada
Castelo Rodrigo Tinto Colheita Seleccionada 2003 – 3,49€; Castelo Rodrigo Touriga Nacional DOC 2004 – 5,90€; Quinta do Cardo Tinto Colheita Seleccionada 2003 – 3,98€
Luis Pato Tinto 2004 – 4,98€; Quinta da Corga Tinto Reserva 2004 – 9,90€.

Estremadura
DFJ Alvarinho & Chardonnay 2004 – 4,99€; DFJ Caladoc & Alicante Bouschet 2001 – 5,90€; DFJ Tinta Roriz & Merlot 2004 – 5,90€; Morgado de Stª. Catherina Branco 2005 – 7,80€.

Ribatejo
Quinta da Lagoalva Tinto Reserva 2005 – 5,90€; Quinta da Lagoalva de Cima Branco 2006 – 5,70€; Fiúza Cabernet Sauvignon Rosé 2006 – 3,99€; Quinta do Falcão Tinto Reserva 2004 – 6,90€; Falcoaria Tinto 2004 – 7,90€.

Licorosos
Moscatel de Favaios – 3,79€; Moscatel de Setúbal J.P. DOC – 4,29€; Moscatel de Setúbal JMF 2001 – 4,79€; Moscatel de Setúbal Bacalhôa DOC – 11,90€; Moscatel Medalha de Campeão – 6,90€; Vinho Licoroso Quinta do Boição Arinto 2003 – 9,50€.

Espumantes
Espumante Raposeira Reserva (Bruto/Meio seco/Doce) – 4,98€; Espumante Luís Pato Bruto 2005 – 5,80€; Espumante João Pires 2005 – 6,90€; Espumante Murganheira Reserva Tinto Bruto – 8,90€; Espumante Vértice Reserva Bruto 2004 – 8,90€; Espumante Herdade do Esporão Bruto – 12,50€.

Vinho do Porto
Porto Westport (tawny/ruby/white) – 4,29€; Porto Ferreira (tawny/ruby) – 5,79€; Porto Ramos Pinto Lágrima – 7,90€; Porto Velhotes Reserva – 8,90€; Porto Ramos Pinto Collector – 9,90€; Porto Quinta do Crasto LBV 2001 – 9,90€; Porto Quinta do Noval 10 Anos – 17,90€; Porto Ferreira Dona Antónia reserva – 10,90€; Porto Rozés White Reserve – 11,90€; Porto Ferreira Quinta do Porto 10 Anos – 19,90€; Porto Cruz Vintage 1989 – 14,90€; Porto Borges Vintage 2004 – 32,90€.



Publicado por Tovi às 08:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007
A Hora de Baco

As orelhas estão-me a arder… E já sei porquê… É que o «Scalabis» abriu um trópico no “ViriatoWeb” – [Vinhos - A hora de baco] – e já sobrou para mim… Pois é… Se calhar até têm razão… Vou ter que mais atenção a certa regiões vinícolas deste nosso Portugal.

«Scalabis» / ViriatoWeb ⇒ Já que não há ninguém por aqui que nos dê sugestões de vinhos, aqui fica a Hora de Baco Gargalhando

YouTube - Hora de Baco - RTP - Sugestões de Vinhos

YouTube - Esporão

«NUIT_8» / ViriatoWebTens andado distraído Pergunta ou Dúvida Exclamação Confuso  O Tovi não tem feito outra coisa Exclamação Estupefato

«Scalabis» / ViriatoWebÉ verdade que sim... mas 99,999999% os vinhos que ele pisa são do norte, pode ser que agora comece a fazer a vindima aqui um pouco mais para baixo Piscando

«NUIT_8» / ViriatoWebFiquei a conhecer o Monte da Charca. Um e-s-p-a-n-t-o Exclamação   E desconhecia que quem estivesse lá alojado podia participar no processo vinícola. Interessante rolando os olhos...   Se calhar, em vez de "A hora de Baco" seria mais apropriado "Enoturismo", não Pergunta ou Dúvida Exclamação Confuso rolando os olhos...  Vou dar uma voltinha pelo site e já volto Exclamação Piscando

«Viriato» / ViriatoWebtens razão, o gajo sò fala dos vinhos do Norte
seria bom que dissesse uma palavrinha sobre o vinho verde, por exemplo ! Piscando

«NUIT_8» / ViriatoWebE Monção fica no Alentejo Pergunta ou Dúvida Exclamação Piscando   A-d-o-r-o vinho verde Exclamação Contente

«ALVARINHO: uma das variedades que Portugal divide com a Espanha, onde é conhecida como Albariño.

Essa uva com a casca muito espessa e de baixa produção tem o seu crescimento autorizado em torno de Monção no Extremo Norte de Portugal, onde se produz um Vinho Verde especial mono varietal, que tem um corpo muito mais intenso que o habitual, com um nível alcoólico de 12 a 13 graus.

Costuma apresentar uma “agulha” menos evidente que os Vinhos Verdes normais (agulha é a sensação de picar as mucosas que o gás carbônico residual provoca) e aromas não muito intensos de maçã verde.

Seu produtor mais conhecido e famoso é o Palácio da Breijoeira, e o seu produtor mais reconhecido neste momento, é Anselmo Mendes com seu ótimo Muros Antigos (sem madeira) e seu excepcional Muros de Melgaço (com madeira).» - retirado de algures...

«Viriato» / ViriatoWeb ⇒ aqui hà uns anos papei uma gaja de là, que até tinha trabalhado no Palàcio da Brejoeira antes de emigrar ! Piscando

«NUIT_8» / ViriatoWebSó para esses eventos deves ter uma "alcôva" reservada para o teu arquivo contabilístico, não Pergunta ou Dúvida Exclamação Estupefato Confuso

A Hora de Baco é um excelente programa sobre vinhos (reportagens, entrevistas, curiosidades, toda a informação útil sobre o sector) transmitido pela RTP-N, RTP-África e RTP Internacional, com apresentação de José Silva, um conhecidíssimo crítico de vinhos e gastronomia, autor do Roteiro Gastronómico, do Guia dos Restaurantes de Portugal e também do Roteiro Gastronómico de Matosinhos. Escreve para o Jornal de Notícias e para a revista Wine Passion, na qual faz parte do painel de provadores.



Publicado por Tovi às 18:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Posts recentes

Honrar a Sua Vinha

Feira dos Vinhos - Carref...

A Hora de Baco

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus