"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Terça-feira, 14 de Setembro de 2021
E se os Talibã adquirirem armas nucleares?

Captura de ecrã 2021-09-09 110215.jpg

Há quem já coloque a possibilidade dos Talibã, agora no poder afegão, passarem a ter acesso a tecnologias militares nucleares a partir do Paquistão. Seguramente que ainda é muito cedo para isto acontecer, até porque de momento e por algum tempo, o assunto prioritário para os Talibã é criar, consolidar e colocar em funcionamento um Governo no Afeganistão. Mas “never say never”.
 
  Atual situação humanitária no Afeganistão é grave
No Afeganistão, 3,5 milhões de pessoas vivem como deslocadas internas pela violência e, destas, meio milhão foram forçadas a deixarem as suas casas nos últimos oito meses. Além disso, 2,3 milhões de refugiados afegãos vivem no Paquistão e no Irão, os dois países vizinhos que abriram as portas a esta população nos últimos 40 anos de conflito.
Captura de ecrã 2021-09-13 143830.jpg 
Após décadas de guerra, sofrimento e insegurança, os afegãos estão a enfrentar “talvez sua hora mais perigosa”, disse Guterres no seu discurso de abertura da conferência de doadores em Genebra no dia de ontem (segunda-feira, 13set2021), acrescentando que “o povo do Afeganistão precisa de uma tábua de salvação”.
afeganistao 13set2021.jpg
(The Times of India, 14set2021) - Amir Khan Muttaqi, ministro dos Negócios Estrangeiros do regime, disse numa conferência de imprensa que os Talibã gastariam o dinheiro dos doadores sabiamente e usá-lo-ão para aliviar a pobreza.
 
 
   Da série "Talibã 2.0"
241859244_10160215957931318_4951031546742533992_n.


Publicado por Tovi às 07:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012
Navios de guerra iranianos no Mediterrâneo - #4

Países há muito tempo assumidos como potências nucleares são os EUA, a Rússia, o Reino Unido, a França, a República Popular da China, a Índia, o Paquistão e Israel. Depois há aqueles que estão considerados como “em fase de desenvolvimento de armas nucleares” ou mesmo já as possuindo sem o assumirem, como é o caso da Coreia do Norte e do Irão. E antes que países como o Iraque, o Egipto, a Arábia Saudita e a Turquia iniciem uma corrida a armamentos deste tipo, é tempo do Conselho de Segurança das Nações Unidas impor sanções severas aos que estão a desenvolver armas nucleares e criar zonas livres, já que o completo desmantelamento deste tipo de armamento não será facilmente exequível.



Publicado por Tovi às 16:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



27
28
29
30

31


Posts recentes

E se os Talibã adquirirem...

Navios de guerra iraniano...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus