"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Acordo de governação na Câmara do Porto

Rui Moreira + PSD.jpg

A democracia é isto, saber encontrar parcerias capazes de validarem um projeto governativo para a nossa Cidade.

Com este acordo a quatro anos o Executivo Municipal fica assim: Rui Moreira + PSD = 8 vereadores (em 13 eleitos).
Na Assembleia Municipal teremos 15 deputados do movimento de Rui Moreira + 8 do PSD + 6 Presidentes de Junta (de Rui Moreira + PSD), num total de 29 deputados (para um total na AM de 46 deputados).
 
 

  Comunicado do Movimento Aqui Há Porto
O Movimento Aqui Há Porto, na sequência dos resultados eleitorais, deu início a uma reflexão no sentido de construir uma solução de governabilidade para a cidade.
O PSD, respeitando o princípio de que quem ganha as eleições autárquicas governa, mostrou disponibilidade para apoiar uma solução que incorpore algumas das suas principais propostas para a cidade, nomeadamente na redução da carga fiscal, na transferência de competências para as freguesias, na mobilidade, na criação de uma rede de creches e na redução da fatura da água.
Este acordo é feito com o objetivo de garantir a estabilidade governativa e acordar medidas para o futuro da Cidade.
O PSD não terá representação nos pelouros executivos, assim como nas empresas do universo municipal.
Na Assembleia Municipal, o PSD irá apresentar a candidatura do Prof. Sebastião Feyo de Azevedo, antigo reitor da Universidade do Porto, como candidato a Presidente da Mesa deste Órgão. Esta candidatura será subscrita e apoiada pelo Movimento Aqui Há Porto.
Francisco Ramos, Presidente do “Porto, O Nosso Movimento” refere “o Dr. Miguel Pereira Leite, empenhado, como sempre, numa solução de estabilidade e governabilidade não será recandidato ao cargo. O Movimento agradece e enaltece o trabalho que desenvolveu, ao serviço da Cidade, ao longo dos últimos 8 anos na liderança da Assembleia Municipal”.
Miguel Seabra, Presidente do PSD Porto, “enaltece a candidatura do Professor Sebastião Feyo de Azevedo, personalidade de reconhecido mérito na Cidade e no País, que muito prestigiará a Assembleia Municipal e o Porto”.

 
 
  Comunicado de Miguel Pereira Leite
Queridas Amigas e Amigos,

Na sequência das conversações que têm existido ao longo das últimas semanas na sequência dos resultados eleitorais do passado dia 26 de Setembro, algumas das quais que já vêm sendo objeto de vários comentários na Imprensa, foi alcançado um princípio de acordo que torna possível assegurar a governabilidade da Cidade ao longo dos próximos 4 anos.
Foi-me assegurado que esse acordo será formal, escrito, assinado e será tornado público – e, embora desconheça o seu teor em rigor, creio que os seus aspetos essenciais vos serão dados a conhecer de seguida.
Em conversações com o Dr. Rui Moreira, Presidente eleito da Câmara Municipal a quem saúdo, a última das quais teve lugar hoje, esta mesma manhã, foi-me transmitido que este Acordo lhe assegura as condições essenciais de Governabilidade da Cidade.
Os acordos – como bem sabem – têm sempre condições de parte a parte e, deste acordo, resulta a exigência pela outra parte de ser atribuído ao seu candidato o lugar de Presidente da Assembleia Municipal.
Mediante estes factos, mediante este acordo que, repito, será formal e público, tomei hoje mesmo a decisão de não apresentar a minha candidatura à Presidência da Assembleia Municipal do Porto.
Nas presentes circunstâncias, esta é uma decisão minha, pessoal e inalieável.
Quero que saibam que:
i)  Tomei esta decisão por inabalável lealdade aos ideiais que me orientam no exercício da minha participação cívica e da minha ação política e que me / nos trouxeram até aqui e que convosco e com todos partilhei nesta última eleição – eleição essa que, nunca é demais recordá-lo, vencemos!
ii)  Por lealdade, respeito, consideração e gratidão a todos os elementos – sem exceção ou esquecimento – de uma equipa que comigo cruzaram este caminho que nos trouxe até aqui, parte da qual se encontra aqui presente.
iii)  Por lealdade a quem tem de assumir a gestão e a governação deste nosso Porto – o Dr. Rui Moreira, Presidente da Câmara eleito e líder aclamado deste nosso Movimento.
iv)  Por uma inquebrantável lealdade à nossa cidade do Porto, aos nossos concidadãos, por quem somos eleitos para servir e que de nós esperam uma governação responsável! E que, pela minha parte, tudo farei para que existam condições para assegurar.
Nunca temi as eleições, mas também nunca estive agarrado a cargos ou lugares e esse foi sempre um valor que também nos uniu.
Agradeço reconhecidamente a confiança que em mim depositaram ao longo destes já longos anos de exercício destas funções.
Sabem que podem e poderão contar sempre comigo e a todos desejo um bom Mandato, unidos em redor do Presidente da Câmara eleito e dos princípios e valores que sempre nortearam esta nossa caminhada.
Miguel Pereira Leite,
13 de outubro de 2021

 

  Tiago Barbosa Ribeiro, no Facebook em 13out2021
De forma não especialmente surpreendente, o PSD entregou-se a Rui Moreira para os próximos 4 anos. É quase cómico, mas a prometida "oposição" não sobreviveu sequer à tomada de posse, no próximo dia 20. Após este acordo de bastidores, o PSD passa a somar os seus eleitos a Rui Moreira/CDS/IL e defrauda quem votou nesse partido com a expectativa da alternativa que foi apresentada em campanha.
Ao fazê-lo, como é evidente, deixa para outros partidos o trabalho de escrutínio democrático e de construção da alternativa. E o PS não faltará ao Porto nem faltará com a sua palavra. Quando perdemos isso, perdemos quase tudo. O descrédito de parte da vida política resulta da falta de palavra, dos entendimentos contra-natura e opacos, da troca de apoios por lugares.
O PSD e Rui Moreira trocaram violentíssimas acusações durante a campanha e nos debates, bateram no peito uns contra os outros, por vezes raiando o insulto. Rui Moreira chamou a um dirigente do PSD "o Putin de Paranhos", menorizou o candidato do PSD à Câmara, afirmou que Rui Rio deveria ter sido expulso do PSD, chamou-lhe "complexado", diminuiu e atacou os seus candidatos. Vladimiro Feliz, por seu turno, acusou Moreira de se "transformar num autarca vulgar", enunciou divergências radicais com Rui Moreira, descreveu-o como um "autarca ferido com o caso Selminho", que foi abundantemente usado pelo PSD como arma de arremesso eleitoral (algo que o PS, respeitando a presunção de inocência, jamais fez) e garantiu que nunca existiria qualquer entendimento entre ambos. Depois de tudo isto e bastante mais, assinam um acordo. É o acordo do descrédito.
Eu disse durante a campanha - e reiterei na noite eleitoral - que o PS iria assumir o seu papel de oposição no Porto se fosse essa a vontade dos eleitores. E, recusando participar no leilão que se verificou em certas esferas da cidade nos últimos dias, é exactamente isso que faremos. Seremos oposição construtiva, apoiando as medidas positivas para a cidade independentemente da sua origem, e trabalhando para que várias das propostas que apresentámos à cidade sejam concretizadas. O PSD desistiu, mas o PS nunca faltará ao Porto. Nem com a sua palavra.
Vamos ao trabalho!

 

  Expresso, 14out2021 às 12h16
CDU lança duras críticas ao independente Rui Moreira por deixar cair desamparado o seu candidato a líder da Assembleia Municipal, Miguel Pereira Leite, e deixa sério aviso ao CDS, despromovido relativamente ao agora parceiro de governação, o PSD.



Publicado por Tovi às 07:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 12 de Outubro de 2021
Ter ou não ter maioria absoluta... no Porto

Captura de ecrã 2021-10-11 150956.jpg
Durante a última legislatura autárquica o movimento independente de Rui Moreira não tinha maioria absoluta na Assembleia Municipal e lá tivemos que ir aprovando os vários documentos à discussão, umas vezes somando aos nossos os votos de uns e outras vezes os de outros. Deu mais trabalho, é certo, mas de uma forma democrática o executivo de Rui Moreira conseguiu governar a Cidade.

 Jose BandeiraA partidocracia não quer perder a oportunidade de atacar Rui Moreira e, sobretudo, o que ele representa: a possibilidade dos cidadãos assumirem a condução dos seus municípios à revelia da máfia dos partidos. É uma guerra estúpida, no contexto daquilo a que esses partidos nos vêm demonstrando há muito que são; mas no fim haverá um vencedor, e esse vencedor será o Porto. Preparem-se pois as hostes dado que o que daqui sair será determinante para o futuro de qualquer dos lados.

  Jorge De Freitas Monteiro - Embalado pelas sondagens que lhe davam uma maioria absoluta folgada Rui Moreira conduziu uma campanha agressiva e arrogante em relação às outras candidaturas e queimou pontes. O discurso anti partidos que sempre o caracterizou também subiu de tom. Aliás isso explica em parte alguns comentários aqui feitos. Agora, face ao veredicto dos eleitores, Rui Moreira depende dos partidos. Como se costuma dizer: quem bem faz a cama melhor nela se deita. Penso que os partidos mostrarão mais bom senso e mais maturidade democrática do que Rui Moreira e que será possível ir forjando os consensos necessários para a governação da CMP.

  António Maria - Jorge De Freitas Monteiro, certamente os partidos, ou seja essa malandragem dos partidos, vai concerteza mostrar mais maturidade, bom senso e espirito democrático, não tenha dúvidas...

  Jorge De Freitas Monteiro - António Maria, não tenho mesmo. Aliás é bem sabido que malandragem e, acrescento eu, oportunistas, só nos partidos… 😉



Publicado por Tovi às 07:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 28 de Setembro de 2021
A todos os Portuenses... o meu muito obrigado

gco_assembleia_municipal_27_setembro_2021_5.jpg

Terminou ontem a minha atividade enquanto deputado da Assembleia Municipal do Porto. Foi uma honra representar não só quem me elegeu mas TODOS OS PORTUENSES. O meu muito obrigado.

 


Rodrigues Pereira - Nós, portuenses, é que te agradecemos, David! Um grande abraço

Rui PaivaFoi pena a perda da maioria, a meditar...😉🤔🤭 A vida continua e vamos nos vendo por aqui, certo??👍👏🙏 Abraço 🤗💙
João Moreira da Silva - Obrigado pela dedicação
João Pedro Maia - Obrigado, David. Forte abraço
Jorge Veiga - Abraço.
Laura Lages Brito - Bem haja 👏👏👏💙
Cristina Vasconcelos Porto - M
uito obrigada, David Ribeiro!
Rui Lima - Muito obrigado por tudo o que fez e pelos seus lúcidos comentários. As maiores felicidades
Vicente Ferreira da Silva - Obrigado pelo seu contributo. Grande abraço
Fernando Barros
Muito obrigado. Forte abraço.
Jose Luis Soares Moreira
Muito bem David Ribeiro, creio que o senhor fez um bom trabalho nesta forma de dialogar, informar e esclarecer. Um bem haja a homens servidores públicos como o senhor, assim Portugal será melhor. Cumprimentos.
Jose Bandeira - Caro David Ribeiro, não segui a tua actividade na Assembleia Municipal, pois sou um Tripeiro voluntariamente exilado, mas acompanhei-te por aqui e devo fazer um reconhecimento público da qualidade do serviço que prestaste neste Grupo, que se manteve fiel ao princípio do debate aberto. Cada um de nós tem a sua ideossincrasia e tudo aqui foi discutido, se dentro dos limites do respeito pelo outro. Deixaste o cargo de deputado Municipal mas continuas com a responsabilidade de manter este grupo Nortenho de raízes tripeiras que tudo aceita menos desaforo. Toca a continuar com esta tertúlia que ainda vai dar que falar! Um grande abraço!
Pedro Baganha - Muito obrigado pela entrega ao interesse público. Bem haja

Catarina Araujo - Muito obrigada caro David Ribeiro! Beijinho
Carla Afonso Leitão - Como sempre, em defesa do Porto e do Norte! O meu colega de bancada desde a primeira Sessão. Beijinhos David Ribeiro! 👏👏👏
Paulo Neves - Obrigado pelo trabalho realizado. Abraços
Miguel Soeiro de Lacerda - Obrigado pelo legado.
Ricardo Miguel Valente - Bem haja David Ribeiro! Abraço
Filipe Araujo - Excelente contributo cívico em prol da nossa cidade!
Gonçalo Moreira - Obrigado David
Antonio Agostinho Guedes - Nós é que agradecemos.

 

   Carla Afonso Leitão - Colegas de bancada e de cadeira na Assembleia Municipal do Porto! Um amigo para a vida.
242941059_4700746756626228_2220407490392888002_n.j



Publicado por Tovi às 16:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 30 de Julho de 2021
Assembleia Municipal do Porto desta quinta-feira

Assembleia Municipal do Poirto 29jul2021.jpg

Em final de mandato tive a honra de exercer as funções de segundo secretário da Mesa da Assembleia Municipal do Porto na sessão desta quinta-feira.

A todos os meus pares e sobretudo à Cidade que me elegeu, o meu muito obrigado.
 
   Comentários no Facebook

Carla Afonso Leitão - Eu tive a honra de estar ao seu lado e ganhei um amigo nesta caminhada. Parabéns pelo seu empenho em dar nota do melhor da Invicta e na disponibilidade para os esclarecimentos solicitados. Bem haja.
Alfredo Fontinha - E muito bem. Abraço!
David Almeida - Continuamos a contar consigo!!! Abraço
Laura Lages Brito - Grata pelo seu trabalho e cidadania
Rui Lima - Muitas felicidades e embora eu seja um critico desta gestão espero o melhor para a próxima legislatura e que faça parte dela.
José Carlos Ferraz Alves - Palavras que mostram o caráter de quem as pronuncia. Muitos parabéns. Um Abraço
José Ferreira Meireles Martins - É uma pessoa interessada e que merece o meu reconhecimento. Cumprimentos.

Artur Ribeiro - Esteve muito bem. Parabéns. Saúde.



Publicado por Tovi às 09:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 20 de Julho de 2021
Assembleia Municipal do Porto

Reuniu ontem à noite, em sessão extraordinária, a Assembleia Municipal do Porto com a seguinte Ordem de Trabalhos:

Ordem de Trabalhos .jpg

 

  Pontos 1, 2 e 3 - Intervenção da deputada Maria Lacerda.
Pontos 1 2 3 Maria Lacerda.jpg
  Declaração do vereador Ricardo Valente: "Temos todos os mercados com regulamentação aprovada, com equipamento novo e coerente entre todos os mercados e com programa de formação já iniciados para os feirantes que estão nos mercados da cidade. Temos que resolver a questão dos grandes mercados que necessitam de estar enquadrados nas novas normas de saúde pública impostas pela DGS. Para isso estamos a trabalhar na criação de um local apropriado e dedicado para as feiras de grande dimensão."

 

  Ponto 5 - Intervenção do deputado André Noronha.
Ponto 5 André Noronha.jpg

 

  Ponto 6 - Intervernção do deputado Raul Almeida.
Ponto 6 Raul Almeida.jpg
   Sobre a política de dissuasão do estacionamento irregular no Porto, disse o deputado Raul Almeida: "Em contraste com Lisboa, e com o terrorismo da mobilidade da EMEL, o Porto aposta na pedagogia e na dissuasão, tendo o reboque como último e não como forma de angariação de receita. O reboque no Porto está dedicado a desimpedir lugares para deficientes indevidamente ocupados, passadeiras e passeios bloqueados por automóveis, garagens com acesso impedido, perigo no trânsito. Não há a caça ao infractor que vemos noutras cidades, há apenas regulação e pedagogia."
   Vejam quais e quantos foram os motivos que provocaram reboques em 2020.
IMG-20210719-WA0000~4.jpg

 

  Ponto 7 - Intervenção do deputado Nuno Caiano.
Ponto 7 Nuno Caiano.jpg
   “Fui atleta do Foz e tenho um afeto especial pelo clube. É uma ambição com décadas. É agora que se materializa. Isto vai além do futebol, incorpora ambição e programa deste Executivo: inclusão social, coesão, sustentabilidade”, congratulou-se Nuno Caiano, do grupo 'Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido'.

 

  Ponto 10 - Intervenção do deputado Miguel Gomes.
Ponto 10 Miguel Gomes.jpg



Publicado por Tovi às 09:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 13 de Julho de 2021
Medalhas Municipais de Honra, Mérito e Bons Serviços

Captura de ecrã 2021-07-09 223544.jpg
“O Porto é uma cidade especial”... Foram estas as palavras que o presidente da Câmara do Porto encontrou para enaltecer o mérito dos 40 medalhados de um período particularmente desafiador.

 

   Este ano, na lista dos distinguidos com a Medalha Municipal de Mérito - Grau Ouro, encontra-se a título póstumo, o meu querido e saudoso amigo Pedro Baptista, deputado da Assembleia Municipal do Porto.



Publicado por Tovi às 07:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 6 de Julho de 2021
Economia Local e Trabalho com Direitos no Porto

Realizou-se ontem à noite uma Sessão Extraordinária da Assembleia Municipal do Porto, solicitada pelo Grupo Municipal do Bloco de Esquerda, com o seguinte ponto único na Ordem de Trabalhos - Economia Local e Trabalho com Direitos no Porto.

 Intervenção do deputado Raul Almeida, do grupo municipal “Rui Moreira - Porto, o Nosso Partido”.
IMG_20210705_225505.jpg

 Intervenção do deputado Nuno Caiano, do grupo municipal “Rui Moreira - Porto, o Nosso Partido”.
IMG_20210705_231249.jpg



Publicado por Tovi às 10:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 29 de Junho de 2021
Sessão de ontem da Assembleia Municipal do Porto

  Ponto 5 - Apreciação e votação dos Documentos de Prestação de Contas do ano económico de 2020. (Nas fotos intervenções de Rui Moreira, Nuno Caiano e Miguel Gomes)
Ponto 5 Rui Moreira.jpg
Ponto 5 Nuno Caiano.jpg
Ponto 5 Miguel Gomes.jpg

 

  Ponto 6 - Apreciação da informação do Senhor Presidente da Câmara da atividade do Município, bom como da situação financeira do mesmo. (Na foto intervenção de André Noronha)
Ponto 6 André Noronha.jpg



Publicado por Tovi às 09:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 1 de Junho de 2021
Novo PDM para a cidade do Porto

Intervenção de Carla Leitão na discussão do PD
(Intervenção da deputada Carla Afonso Leitão)

O novo PDM para o Porto foi aprovado por maioria de votos na Assembleia Municipal de ontem: 17 votos contra do PS, CDU, BE e PAN; 8 abstenções, seis do PSD e duas do PS.
Este novo PDM vai criar condições para aumentar a habitação disponível na cidade, promover mais emprego, atrair mais investimento e, consequentemente, criar mais riqueza. Este é também um Plano que expressa como prioridade o combate às alterações climáticas, através da duplicação das áreas verdes.


Publicado por Tovi às 08:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 25 de Maio de 2021
Os Choupos... e o seu "algodão"

fontinha.jpg
Verdade seja dita que eu também não gosto nada da poluição provocada pelos choupos (género Populus).

 

   Alergias - "ambiente.cm-porto.pt"
Estudos científicos vários apontam para o facto de o pólen da maioria das árvores, nomeadamente as que produzem o vulgo "algodão", não causar alergias de maior. Apenas as suas sementes e invólucro sedoso, podem provocar reações mecânicas, irritativas mas não alérgicas. Neste tipo de árvores, o "algodão" é a estrutura que garante a disseminação da semente. Resulta, assim, que quando as árvores produzem o "algodão" já não existe qualquer formação do seu pólen. Esta já terá obrigatoriamente acontecido. A libertação e disseminação destas sementes é coincidente com o período de produção do pólen das gramíneas, parietária, entre outras, o que significa que muitas das reações alérgicas sentidas são da responsabilidade deste grupo de plantas - "ervas" - e não das árvores propriamente ditas. Na bibliografia da especialidade não existem referências científicas que apontem para o elevado potencial alérgico do pólen das árvores mais associadas a estes "novelos" ou "algodão". Sugerimos, para mais informações, a séria consulta e estudo dos dados apresentados, por exemplo, pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).



Publicado por Tovi às 10:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 27 de Abril de 2021
Descentralizar, sim... Desconcentrar, não

image.jpg

    PortoCanal / Lusa

A Assembleia Municipal do Porto recusou a descentralização de competências na área da ação social para 2021, que representaria para o município um défice anual superior a seis milhões de euros.
A proposta foi votada, com o voto contra do PS, durante a sessão ordinária da Assembleia Municipal do Porto, que decorreu na segunda-feira na Biblioteca Municipal Almeida Garrett.
Na sessão, o deputado Nuno Caiano, do grupo municipal 'Rui Moreira: Porto, O Nosso Partido' destacou a diferença entre "descentralizar" e "desconcentrar", considerando que o modelo apresentado "não permite assumir em consciência as competências".
"A nossa prioridade é com os portuenses e se a aceitássemos era sob pena de prejudicarmos o Porto", disse, defendendo que se a autarquia validasse a transferência estaria a dar "um sinal errado".
Também o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, que na sessão substituiu o independente Rui Moreira, disse existirem "dois pontos críticos" no processo, a transferência dos processos do Rendimento Social de Inserção e o atendimento e acompanhamento social.
"O que está aqui envolvido, e que estaria em causa, é a transferência de 1,8 milhões de euros. Pode parecer muito dinheiro, mas para nós, que fazemos as contas, fica muito aquém", disse, considerando a transferência de competências na área social "um descartar de responsabilidade dos serviços do Estado que não transfere os meios necessários".
A deputada Susana Constante Pereira, do BE, que partilhou da posição da autarquia ao considerar que o processo "não é favorável ao interesse do município", defendeu ainda não ser esta a descentralização "que agudiza os contrastes que se vivem no país" que o partido defende.
Também Artur Ribeiro, da CDU, disse concordar com a recusa da transferência de competências sociais, defendendo a necessidade de "dar corpo às regiões administrativas".
Já a deputada Bebiana Cunha, do PAN, considerou que o processo devia "ter sido melhor negociado e acordado", defendendo que este é o momento do município "pensar e refletir" sobre a resposta a dar em termos de ação social.
Também o social-democrata Alberto Machado concordou com a recusa da transferência, defendendo, no entanto, que a descentralização devia ser acompanhada de um "processo de regionalização" para o país "chegar mais longe".
Em 19 de abril, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, afirmou, na reunião do executivo, que aceitar a descentralização de competências na área da ação social "era acabar com um défice [para o município] superior a seis milhões de euros/ano", salientando que a este valor a que somar os custos a suportar com as outras áreas a transferir no âmbito do processo de descentralização.
A Lei-Quadro da transferência de competências para as autarquias locais e para as entidades intermunicipais entrou em vigor a 17 de agosto de 2018, tendo sido ao longo de dois anos publicados os diplomas setoriais sobre as diferentes competências a transferir.
Esta legislação estabelecia que a transferência se possa fazer de forma gradual, conferindo às autarquias a faculdade de optarem por adiar o exercício das novas competências.
No âmbito desta prerrogativa, a Câmara do Porto tinha já rejeitado a transferência de competências em 2019 e 2020, por entender não ser possível ponderar atempadamente o conjunto de implicações financeiras, humanas e organizacionais decorrentes da descentralização.



Publicado por Tovi às 09:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 30 de Março de 2021
Habitação acessível no Monte da Bela

Monta da Bela.jpg

Ontem à tarde... na sessão extraordinária da Assembleia Municipal do Porto.

Um projeto estratégico para a política municipal de habitação acessível e para a regeneração da freguesia de Campanhã.

 

  Assembleia Municipal aprova alienação de imóveis para construir habitação no Monte da Bela



Publicado por Tovi às 10:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021
Para minimizar os efeitos nefastos da pandemia

cmp covid 2.jpg
    Notícia aqui


cmp covid 1.jpg
    Notícia aqui

 

Anotação 2021-02-22 221610.jpg
    Notícia aqui



Publicado por Tovi às 14:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2021
O Acesso à Habitação na Cidade do Porto

image.jpg

Ontem à tarde, em sessão da Assembleia Municipal realizada por videoconferência, disse Rui Moreira que o problema de habitação na cidade do Porto só poderá ser mitigado com respostas diversificadas, conciliadas com as necessidades da população. O Município do Porto tem 13% dos seus residentes a viver em habitação social, uma percentagem muito superior à média nacional de 2%, por isso, o autarca defende que a aposta municipal deve agora concentrar-se em soluções direcionadas para a classe média e para os jovens, não tendo qualquer “bloqueio ideológico” em fazê-lo em parceria com os privados.

    “É uma questão imperiosa” investir para além da habitação social



Publicado por Tovi às 07:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2020
"Chutar para a veia"... à porta das escolas

131078946_10218735008794211_5259043843620385187_o.

“Eu não peço a criminalização do consumo de droga. Peço, sim, que seja criminalizado à porta das escolas, onde por exemplo é proibido vender gelados mas se pode 'chutar para a veia'. Nisto estou certo de que a maior parte da população me acompanha”, declarou Rui Moreira, na sessão da Assembleia Municipal do passado dia 9 de dezembro, em resposta ao deputado Pedro Lourenço, do Bloco de Esquerda, que questionava o executivo camarário sobre salas de consumo assistido na nossa cidade.

 

   Comentários no Facebook

Jorge Saraiva - Para quem não sabe e segundo a lei, de facto é proibido a venda e sua publicidade de gelados, doçarias e afins à porta das escolas e no raio de 100 metros, com multas para quem infringir que vão de 1750€ a 3750€ (no caso de uma pessoa singular) e de 3500€ a 45 mil euros, no caso de empresas. Isto porque anda tudo preocupado com a obesidade das crianças, algumas delas e não digo todas, as mesmas que ao fim de semana junto com os pais deglutem hamburgers no McDonalds. Quanto à droga e o seu consumo, se bem se lembram, foi um espanto quando se quis ciar salas de chuto, com muita gente contra. Parece-me que é mais chiqué ver seringas espalhadas por certos jardins da cidade, para não falar e de novo, junto às escolas. Mas isto..., sou eu... que sou básico.



Publicado por Tovi às 07:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Acordo de governação na C...

Ter ou não ter maioria ab...

A todos os Portuenses... ...

Assembleia Municipal do P...

Assembleia Municipal do P...

Medalhas Municipais de Ho...

Economia Local e Trabalho...

Sessão de ontem da Assemb...

Novo PDM para a cidade do...

Os Choupos... e o seu "al...

Descentralizar, sim... De...

Habitação acessível no Mo...

Para minimizar os efeitos...

O Acesso à Habitação na C...

"Chutar para a veia"... à...

Aprovado Orçamento para 2...

A eleição indireta para p...

Eleição do Presidente da ...

Tráfego de veículos pesad...

Ecopista avança no Ramal ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus