"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 2 de Março de 2022
Ao sétimo dia continua a ofensiva russa na Ucrânia

274665801_10217047196850677_8138173251786505536_n.

Seguramente e sem qualquer dúvida a PAZ é desejada e terá que ser rapidamente alcançada… mas o facto de as tropas russas terem encontrado uma heroica resistência ucraniana, leva-me a crer que acabarão por avançar em força e sem qualquer respeito pela população civil. Até a China já iniciou a retirada dos seus cidadãos do território ucraniano e Xi Jinping não se costuma enganar nas suas análises políticas. Esperemos que todas as sanções impostas pelo Ocidente venham a provocar um afundamento rápido da economia russa e fazer “tremer” o Governo de Putin.

 

  O dia de ontem
09h36 de 01mar2022 - O presidente ucraniano vai participar na sessão desta terça-feira do Parlamento Europeu, por videoconferência, que tem como um dos pontos de debate a assistência macroeconómica à Ucrânia. A sessão tem início previsto para as 12 horas de Bruxelas, menos uma hora em Lisboa. Em Bruxelas, em frente ao Parlamento Europeu, está prevista para a tarde (15h30 locais) uma concentração de apoio à Ucrânia, que terá a participação da presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, e dos eurodeputados.
09h43 de 01mar2022 - O ministro russo da Defesa, Sergey Shoygu, garantiu hoje que a Rússia vai continuar as suas operações na Ucrânia "até atingir os seus objetivos", avança a agência de notícias russa Interfax.
10h38 de 01mar2022A invasão da Ucrânia pela Rússia já causou uma vaga de mais de 660 mil refugiados, indicou esta terça-feira o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), alertando que os números estão a aumentar de forma “exponencial”.
13h21 de 01mar2022
Kiev continua a resistir aos ataques da Rússia, mas uma coluna de carros militares (centenas de veículos blindados, tanques, artilharia rebocada e veículos de apoio logístico) aproxima-se da capital ucraniana. Os veículos já ocupam cerca de 65 quilómetros de estrada. Ainda assim, ao sexto dia de guerra, os russos ainda não controlam a cidade.
15h23 de 01mar2022Uma torre de televisão com 300 metros em Kiev acaba de ser atingida pelas tropas russas. Segundo uma jornalista ucraniana, não há sinal de televisão neste momento na capital ucraniana. Meia hora mais tarde o 
governador de Kiev veio dizer que esta torre de televisão foi atingida "por dois mísseis". Além de danos na torre, o governador da capital ucraniana diz que também a "subestação transformadora, que fornece eletricidade à torre, bem como o hardware da própria torre estão danificados".
18h07 de 01mar2022O ministro do interior da Ucrânia disse que as tropas russas já entraram em Kherson, a norte da Crimeia, mas que a cidade continua sob controlo ucraniano.

 


Captura de ecrã 2022-03-02 093649.jpgForam lançados mais rockets sobre a economia russa: MasterCard e Visa bloqueiam várias operações financeiras na Rússia; Jaguar Land Rover suspende vendas na Rússia; Ford também suspende operações na Rússia; BMW trava produção e exportação de viaturas para a Rússia; Empresa Suíça que administra Nord Stream 2 pede falência; Apple suspende vendas na Rússia.

 


1024 (1).jpgJoe Biden anunciou esta noite, no discurso do Estado da União, perante as duas câmaras do Congresso dos EUA, o encerramento do espaço aéreo norte-americano a todos aviões russos, e prometeu continuar a liderar uma ampla coligação internacional em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia, num confronto apresentado como de democracias contra tirania. O alvo de Biden foi Putin, a quem se referiu como o “ditador russo”, mas também toda a elite russa que sustentou e apoiou Putin ao longo dos anos. “Vamos atrás de vocês”, prometeu o presidente norte-americano. “Esta noite, digo aos oligarcas russos e líderes corruptos, que sacaram biliões de dólares graças a este regime violento: acabou!"

 

  09h16 de 02mar2022O grupo siderúrgico russo Severstal anunciou a suspensão das entregas na Europa após as sanções impostas pela União Europeia (UE) contra o seu principal acionista russo Alexei Mordashov, em retaliação à invasão da Ucrânia pela Rússia. "Suspendemos as entregas na UE no quadro das sanções impostas a um acionista [da companhia]. Estamos a direcionar os fluxos de matérias-primas para mercados globais alternativos", afirmou a Severstal num comunicado citado pelas agências de notícias russas. Segundo o Grupo, as entregas para a Europa são de cerca de 2,5 milhões de toneladas de aço por ano e representam cerca de um terço do faturamento total da empresa.
  09h50 de 02mar2022O governador de Kiev, Vitaliy Klychko, diz que as forças russas estão "cada vez mais perto" do centro da capital
"Estamos a preparar-nos e vamos defender Kiev. Kiev está de pé e não cairá", afirmou.
  11h12 de 02mar2022O gigante alemão da logística, a DHL, anunciou hoje que deixou de fazer entregas para a Rússia e Bielorrússia, juntando-se a uma lista cada vez maior de empresas que estão a cessar operações nos dois países.
  11h22 de 02mar2022 - Imagens aéreas de Energodar [cidade com 63,5 km2 de área e uma população estimada em cerca de 153 mil habitantes, onde está localizada a Central Nuclear de Zaporizhzhia, a maior da Europa] mostram dezenas de civis a ocupar as estradas da cidade para impedir a entrada das tropas russas. Além da população, foram também colocados camiões do lixo e formadas trincheiras para impedir o avanço dos tanques.
  12h41 de 02mar2022 - A União Europeia excluiu sete bancos russos do SWIFT, sistema bancário internacional, anunciou esta quarta-feira a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, após publicação no Jornal Oficial da UE. 
Estes bancos, entre os quais se encontra o segundo maior da Rússia (VTB), têm agora dez dias para liquidar as suas operações no SWIFT. Os restantes são: Bank Otrkitie, Novikombank, Promsvyazbank, Bank Rossiya, Sovcombank e VEB. Segundo apurou a Reuters junto de fonte da UE, estes bancos foram escolhidos pelas suas ligações ao Estado russo. "À velocidade da luz, a UE adotou pesadas sanções contra o sistema financeiro da Rússia, as suas indústrias de alta tecnologia e a elite corrupta. A decisão de hoje de desconectar os principais bancos russos da rede SWIFT enviará mais um sinal muito claro a Putin e ao Kremlin", justificou Von der Leyen.
  17h00 de 02mar2022
A Assembleia-geral das Nações Unidas votou esta quarta-feira contra a invasão russa na Ucrânia. Ao todo 141 países votaram a favor, 35 abstiveram-se e apenas cinco votaram contra. Os votos contra pertencem à Federação Russa, Eritreia, Coreia do Norte, Bielorrússia e Síria. Entre as abstenções destaca-se a presença da China, Índia, Angola, Moçambique, Vietnam, Iraque e África do Sul.
  19h02 de 02mar2022
As Forças Armadas suecas anunciaram que quatro caças russos violaram o espaço aéreo do país esta quarta-feira. A Suécia tem sido um dos alvos da Rússia durante toda esta crise que, juntamente com a Finlândia, recebeu ameaças por parte do Kremlin caso decida juntar-se à NATO.
  19h03 de 02mar2022A Rússia informou que aguarda uma delegação ucraniana na quinta-feira de manhã, na Bielorrússia, para nova ronda de negociações com vista a um cessar-fogo, e Kiev anunciou que os negociadores vão a caminho. A Presidência ucraniana confirmou que uma delegação estava a caminho do local escolhido para esta nova ronda de conversações, a segunda desde o início da crise. "Esperamos que eles estejam aqui amanhã (quinta-feira) de manhã", disse o negociador russo, Vladimir Medinsky, numa comunicação transmitida pela televisão pública russa. O local escolhido para as negociações situa-se na região de Bialowieza, localidade polaca próxima da fronteira com a Bielorrússia e que dá nome a uma floresta que abrange os dois países e que foi escolhida por ambas as partes.Na agenda de trabalhos para este segundo encontro de negociações russo-ucranianas está a possibilidade de um cessar-fogo, pedido pela Ucrânia, enquanto continuam os bombardeamentos das forças russas em várias cidades.



Publicado por Tovi às 07:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Sexta-feira, 11 de Maio de 2018
Deve ter-lhe saído no euromilhões

Salgado 12Mai2018.jpg



Publicado por Tovi às 10:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
Grande investimento internacional em Vouzela

Vouzela aa.jpg

Investimentos estrangeiros são bons, sem dúvida, mas para quando uma banca (do Banco de Fomento já niguém fala) a conceder crédito para empresas nacionais poderem criar riqueza? Como todos sabemos temos gente com conhecimento técnico nesta área, só falta o capital.



Publicado por Tovi às 14:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 25 de Maio de 2017
Oliveira e Costa levou com 14 anos

oliveira costa.pngFoi ontem conhecida a sentença judicial da "maior burla da história da Justiça portuguesa julgada até ao momento" e que condenou um total de 12 arguidos, entre os quais Oliveira e Costa, antigo presidente do Banco Português de Negócios (BPN)­, condenado a 14 anos de prisão, pela prática dos crimes de falsificação de documentos, fraude fiscal qualificada, burla qualificada e branqueamento de capitais. É provável que haja recursos, mas a mim já me dá um enorme gozo o facto de não só irem todos gastar umas valentes pipas de dinheiro com os seus advogados como os seus nomes ficarão para sempre “queimados” na praça pública.



Publicado por Tovi às 07:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 16 de Março de 2017
CGD foi utilizada, politicamente, para fazer fretes

Escreveu Rui Moreira no Facebook... com a frontalidade a que já nos habituou:

 

rui moreira.jpg  Caixa Geral de Depósitos
Disse-o no "Bloco Central" da TSF, repito-o agora, a CGD foi utilizada, politicamente, para fazer fretes.
Hoje digo mais, num cenário em que se irão encerrar balcões, promover despedimentos, reduzir o Banco de nós todos a uma caríssima irrelevância: a CGD é o condicionamento industrial do regime.
Creio que todos nós deveríamos ter direito a saber:
1/ quais foram as operações de crédito que resultaram em perdas e incumprimentos superiores a €10M.
2/ quem foram os beneficiários que fizeram "default".
3/ quem fez a avaliacão do risco de crédito.
4/ quais os relatórios técnicos de suporte.
Aos meus amigos, de direita e de esquerda, direi apenas, e respectivamente, que quero perceber de que forma estes critérios alteraram o princípio da sã concorrência que é a essência da economia de mercado, e quero combater o populismo que resultará de uma política de avestruz.
Sim, nós temos o direito de saber. Porque vamos pagar.
A existência de um banco público exige que ele esteja sujeito a escrutínio. O banco, quem o administra, quem avalia o risco na concessão de crédito, quem dele beneficia. E não me venham, por favor, invocar questões de sigílo. Afinal, qualquer contribuinte sujeita-se, hoje, a um severo escrutínio. Porque devemos, então, aceitar que quem não cumpre, e quem os ajudou, escape a idêntico escrutínio?
Se o fisco publica a lista dos incumpridores, não se entende que o mesmo não seja feito neste caso.



Publicado por Tovi às 08:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2017
António Domingues deixa definitivamente a CGD

António Domingues CGD.jpg

Estive ontem a ver e a ouvir com a maior atenção na televisão a audição de António Domingues na Comissão Parlamente de Orçamento e Finanças da AR e cada vez mais estou convencido que perdemos uma rara oportunidade de ter à frente do banco do Estado um profissional competente, além de que o Ministro das Finanças deste Governo dá mais uma vez a ideia que não sabe negociar e “esconde” de todos os seus colaboradores as suas intenções.

 

  O que disse António Domingues na AR

- O que fez com que me tivesse demitido? Muito simples, eu ia ficar sem equipa. Dos onze membros do Conselho de Administração demitiram-se sete, e se considerar o Conselho Fiscal em quinze demitiram-se nove. Eu sem equipa teria dificuldade em gerir a Caixa.

- Uma das primeiras responsabilidades do gestor de uma empresa é saber se tem condições para a gerir e eu, no meu melhor juízo, entendi que não tinha condições para o fazer.

- Quando me perguntaram se eu estava zangado eu disse, como se recorda, ‘pelo amor de deus’, porque o acionista tem direito de tomar decisões e de mudar de opinião. Respeito isso, mas eu tenho direito de me bater pela minha opinião, os meus objetivos e as minhas responsabilidades.

- Quando se trabalha num banco, seja ele qual for, são publicados todos os anos nos relatórios os rendimentos e os meus, quem quiser vê-los, estão no BPI. O que faço com os meus rendimentos e o meu património já é da minha esfera pessoal, não vejo que haja ou houvesse necessidade de regras específicas para a Caixa para controlar a minha vida pessoal.

- Estimamos que a Caixa precisa de reduzir 2.200 pessoas.

- Gerir não é gerir para os dias de sol, mas para os riscos que existem.

 

  Comentários no Facebook

«José Camilo» - Também fiquei com essa impressão.

«Jota Caeiro» - os técnicos, os bons técnicos, foram uma vez mais trucidados pelos experientes e experimentadíssimos políticos de merda (veja-se quem acabou por ficar na presidência da CGD!). este, como o próprio ministro que tem desempenhado de forma quase irrepreensível a sua técnica tarefa, foram surpreendidos pelos golpes dos políticos mais sinistros habituadíssimos aos enchumaços da Portuguêza. não tenho duvida quase nenhuma de que este Domingues, vindo de uma das esquerdas 'mais profundas', desempenharia o seu papel social à frente do maior banco português: e isso a ladroagem do regime não permite...

«José Camilo» - E, sinceramente, estou-me perfeitamente a marimbar para o que o homem possui ou não. Divulgar isso para além a quem de direito é colocar, provavelmente, a sua vida em risco. Ontem, alguém viu a sua casa assaltada e ficar sem 10 milhões de euros (dinheiro ou valores). Quem é? Sinceramente não me interessa e apenas o aconselho a ter mais cuidado aonda coloca os seus haveres (compreendendo que uma boa pintura terá de estar numa parede).

«Duarte Leal» - Também vi e fiquei com a mesma impressão. O BPI é um banco com futuro. Boa escola. Tudo o resto é política.

«Ricardo Nuno» - este é o mesmo q foi responsavel por afundar o BPI com a aposta desmesurada no C habt . Obviamente sem perfil para a CGD . Responsavel de cargo publico q tenha problemas em expor o seu patrimonio e rendimento nao o pode ser , parece me basico qd se trata de gerir algo que pertence a uma comunidade . Na Suecia é assim desde o sec 18 e nao me parece que por lá seja um problema ...

«Paulo Santos da Cunha» - Falando claro e para que a culpa não morra solteira e os bois sejam chamados pelo seu nome: O PSD e o CDS e a seu reboque um excitado e folclórico BE, depois de Marques Mendes ter levantado a “lebre” na SIC, iniciaram uma autêntica chicana contra o governo e António Domingues pelo facto de a nova lei ter isentado os gestores de apresentarem a citada declaração. A partir daí, esses três partidos, aprovaram legislação que repõe essa obrigação aos gestores da Caixa. E sendo assim, essa alteração mudou o contexto em que Domingues aceitara dirigir a CGD. É bom que se refira que, o governo nada pode fazer contra uma lei aprovada pela Assembleia da República. Leia-se o texto da Lei fundamental. Ponto!

«João Simões» - Foi uma boa escolha destruída por quem quer descredibilizar a cgd com outros objetivos.

«David Ribeiro» - Também tenho a impressão que o que acaba de dizer tem razão de ser, João Simões ...mas o Ministro das Finanças devia ter desmascarado a marosca em devido tempo.

«João Simões» - Perdeu se uma oportunidade de dar uma gestão totalmente independente e profissional à cgd.

«David Ribeiro» - O tempo vai acabar por dar razão a António Domingues… mas depois é capaz de já ser tarde e ir-nos custar muito dinheirinho.



Publicado por Tovi às 09:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2015
Os danos colaterais do estrebuchar do BANIF

 BANIF 22Dez2015 aa.jpg

Lá vão os deputados do PSD e do CDS terem que “salvar” o Orçamento Rectificativo de António Costa.

 

  Comentários no Facebook

«Gonçalo Graça Moura» >> infelizmente tens razão...

«Gonçalo Lavadinho» >> Começou cedo...

«João Simões» >> Orçamento retificativo que teve de ser preparado para acomodar a irresponsabilidade de passos e miss swap.

«Diogo Quental» >> O Passos não é banqueiro. Infelizmente, temos banqueiros que nem para gerir uma padaria teriam preparação. É tempo de serem responsabilizados e escrutinados. E supervisão do Banco de Portugal, é tempo de acordarem. Os processos de recrutamento deveriam ser todos escrutinados também. Já chega de porcaria.

«João Simões» >> Meu caro a supervisão há muito que está debaixo de fogo. E que fez o anterior governo? Reconduziu o governador. O Passos sabia disto desde o ano passado e tentou esconder o que conduziu a maiores perdas para os contribuintes. Estamos a falar de mais de 2 mil milhões de euros.

«David Ribeiro» >> Era inevitável… tendo em consideração as posições dos comunistas nesta matéria.

«Diogo Quental» >> Crónica de uma morte anunciada. Que seja só a do PS, ainda que o país esteja de novo a ficar moribundo. Gostava de ver o Rui Rio reaparecer com candidato a PR. Ainda que não seja perfeito, tem arcaboiço para gerir a situação. Receio que o MRS vá ser uma anedota nas mãos do AC.

«Gonçalo Graça Moura» >> concordo com tudo menos com a do RR...

«Diogo Quental» >> Realpolitik.

«Gonçalo Graça Moura» >> é dos políticos em quem eu não confio e em quem me recuso a votar, nem que fosse o último candidato viável... felizmente a "vaga de fundo" que tentou tomar não passou dos tornozelos... ia ser outro a lamber botas à Alemanha, como já demonstrou no passado.

«David Ribeiro» >> Eu cá gosto do Parlamento a funcionar... umas vezes á esquerda, outras vezes à direita, isto é DEMOCRACIA.

«Diogo Quental» >> Tal como na estatística, só podes tirar conclusões quando a amostra é representativa. O que tens no parlamento é uma autêntica desgraça, que é sim representativa da desgraça que nós somos, mas não de esquerda, nem direita, nem de nada. Não há filosofia, pensamento, direcção. Quando pensarmos em criar riqueza, em vez de distribuir migalhas, as coisas mudarão. É preciso acabar com a demagogia e com a ilusão de que há riqueza sem o nosso trabalho.

«Jorge Veiga» >> Para já o que me parece é um pendulo.

«Gonçalo Graça Moura» >> não é do funcionamento do parlamento que se trata, mas da coragem para tomar medidas quando elas são necessárias! o único partido que vai sair daqui de cara erguida vai ser, por incrível que pareça, o PCP!

«Diogo Quental» >> A meu ver Gonçalo, o parlamento com 1/4 dos deputados, bem pagos e bem escolhidos, faria bem melhor. Actualmente está ao nível de uma reunião de condomínio.

«Gonçalo Graça Moura» >> plenamente de acordo!

«Ricardo Nuno» >> Reuniao de condominio é definição perfeita ! quanto a democracia e cultura democratica eu acho que é a capacidade de chegar a consensos , de a determinada altura por os interesses gerais acima ou em equivalencia dos interesses particulares e isso falta tudo na nossa democracia .

«Vítor Carla Sequeira» >> Amigos para sempre (PPD-CDS-PS) e esta noticia é Politica e bem metida, a independência sempre presente por gentes ditas do norte.

«Jose Pinto Pais» >> Isto tem um nome : DEMOCRACIA

David Ribeiro >> Eu também acho CHOCANTE o que aconteceu no BANIF, mas dito pelo presidente do banco britânico Lloyds tem mais impacto mediático - Horta Osório diz que é “chocante” e defende auditoria externa

 

  Parlamento - Orçamento Retificativo

Discussão e votação da Proposta de Lei n.º 8/XIII/1ª​, que procede à primeira alteração à Lei n.º 82-B/2014, de 31 de dezembro​ (Orçamento do Estado para 2015).

«David Ribeiro» >> Para já e depois de ouvir João Almeida do CDS na manhã de hoje no debate parlamentar, fiquei a saber que o grande culpado do que se passou no BANIF foi a TVI ao dar a conhecer aos portugueses uma fuga de informação. Haja paciência…

«Diogo Quental» >> No sistema em que vivemos a confiança é crucial. A TVI pode não ter culpa, mas teve impacto no resultado.

«David Ribeiro» >> A TVI só deu a conhecer o estado calamitoso em que se encontrava o banco, informação que os senhores do poder (os actuais e os anteriores, mais o BdP) nos sonegavam.

«Carla Sequeira» >> Pois pois muito independente a TVI, felizmente a assuntos bem debatidos na rede ao contrario da contra informação de alguns. Banif: a força de acreditar (num esquema envolvendo TVI, Grupo Prisa e Santander)

«David Ribeiro» >> O Orçamento Retificativo foi aprovado com os votos a favor do PS (mais três deputados do PSD/Madeira), abstenção do PSD e votos contra dos restantes partidos (CDS, PCP, BE, Verdes e PAN).

«João Simões» >> Como dizia ontem um diretor de um meio de comunicação, o orçamento retificativo deveria ser aprovado apenas com os votos do paulinho, da miss swap e do passos e o resto abstenção. Quem andou a adiar o problema foram essas 3 personagens, com graves implicações para os contribuintes.



Publicado por Tovi às 09:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015
O novo Banco de Fomento

Banco de Fomento a.jpg

A Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) não anda nem desanda… e como o que nasce torto tarde ou nunca se endireita, muito provavelmente vai ser considerado um “nado morto” bancário. É o que faz fazerem contratações polémicas e que levantam a toda a gente graves suspeitas de favorecimento partidário.

 

  Comentários no Facebook

«Jorge Veiga» >> continuo sem perceber para que serve a CGD...

«Maria Helena Costa Ferreira» >> eu tambem continuo sem entender para que serve..

«Jorge Veiga» >> ...e os do Governo também. Só se for para privatizar...!?!

«Fatima Sousa» >> Privatizar um banco do estado... onde ficariamos?

«Jorge Tavares» >> A ideia era um banco voltado especificamente para financiar empresas.

«João Simões» >> Querem meter os.boys e não está a ser fácil! Seria uma tragédia se os boys do CDs e PSD ficassem de fora!

«David Ribeiro» >> Pois é essa mesmo a questão, caro João Simões... E cá pela Invicta anda muita gente "preocupada" com umas "girls" que podem perder a desejada colocação na administração do banco.

«João Simões» >> Pois andam e essa girl tem cv mas não é em bancos mas pronto.

«David Ribeiro» >> E quando há uns dias aflorei este assunto, com base numa notícia publicada pelo Expresso, foi o fim-do-mundo nas tertúlias da política portuense. Até queriam matar o mensageiro da notícia... como se eu é que fosse o culpado.

«Raul Vaz Osorio» >> Mais um plano lisboeta. andam a sede da coisa para o Porto e deppis boicotam, para dizer mal dos "gajos do Norte"



Publicado por Tovi às 11:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014
A situação dos bancos em Portugal

Crise nos bancos.jpg

Hummmmm!... Deve estar mais um banco para estourar



Publicado por Tovi às 13:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts recentes

Ao sétimo dia continua a ...

Deve ter-lhe saído no eur...

Grande investimento inter...

Oliveira e Costa levou co...

CGD foi utilizada, politi...

António Domingues deixa d...

Os danos colaterais do es...

O novo Banco de Fomento

A situação dos bancos em ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus