"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quinta-feira, 8 de Julho de 2021
Luís Filipe Vieira foi detido

13926399_RTR2D (1).jpeg

A meio da tarde de ontem Luís Filipe Vieira, seu filho Tiago Vieira, o empresário José António dos Santos, conhecido como 'Rei dos Frangos' e o agente desportivo Bruno Macedo foram detidos. Está em investigação suspeitas de burla, abuso de confiança e branqueamento de capitais, tudo relacionado com negócios num montante superior aos 100 milhões de euros e que poderão ter acarretado elevados prejuízos para o Estado. No âmbito da investigação - que contou com 66 inspetores tributários e com a colaboração de quatro magistrados do Ministério Público, três juízes de Instrução Criminal e 74 agentes da PSP - foram cumpridos cerca de 45 mandados de busca, abrangendo instalações de sociedades, domicílios, escritórios de advogados e uma instituição bancária, nas áreas de Lisboa, Torres Vedras e Braga, acrescentou o DCIAP. Serão todos presentes ao juiz Carlos Alexandre, o que deverá acontecer no prazo máximo de 48 horas.

 


Em comunicado o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) sublinhou que as detenções foram feitas de forma a "acautelar a prova, evitar ausências de arguidos e a prevenir a consumação de atuações suspeitas em curso .../... Em causa estão factos ocorridos, essencialmente, a partir de 2014 e até ao presente e suscetíveis de integrarem a prática, entre outros, de crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento".

 

   Operação "Cartão Vermelho"
Gosto dos nomes dados a estas operações judiciárias.

   Roubei a uma querida Amiga...
vieira.jpg

   O (verdadeiro) Rei dos Frangos aconselha...
214893019_10159212039910853_7983480823282215968_n.

 

   Despacho de indiciação do Ministério Público
“Atenta a dimensão dos factos que se indicia terem sido praticados, entendemos que se impõe que lhes sejam aplicadas medidas de coação diferentes da simples sujeição a TIR [Termo de Identidade e Residência], visualizando-se mesmo a aplicação da medida de prisão preventiva, até porque estamos perante suspeitos que realizam frequentes viagens ao estrangeiro e dispõem de disponibilidades financeiras no exterior”. Os suspeitos "desempenham funções que se suportam numa aparência de atividade legítima" e que, face aos factos imputados, "possam estabelecer uma estratégia de fuga ou de adulteração dos meios de prova, pelo forjar de justificativos contratuais, prática aliás já evidenciada no passado".

   Magalhães da Silva, advogado de Luís Filipe Vieira, diz que o presidente do Benfica está convicto de que está inocente no processo "Cartão Vermelho", em que está indiciado de vários crimes. Magalhães e Silva admitiu que a prisão preventiva pode estar em equação e que "a gravidade teórica" dos crimes existe.



Publicado por Tovi às 08:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 6 de Junho de 2020
Suspensão de funções do presidente da EDP

img_817x460$2019_06_07_12_10_14_355427.jpg

A promoção das medidas de coação no designado processo EDP/CMEC (caso das rendas excessivas) foi apresentada ontem pelo procurador do processo ao juiz Carlos Alexandre. O juiz deverá decidir na próxima semana sobre este pedido do Departamento Central de Investigação e Ação Criminal (DCIAP).

 

   Comunicado do DCIAP com medidas de coação aos três arguidos

António Mexia - Suspensão do exercício de função em empresas concessionária ou de capitais públicos, bem como qualquer cargo de gestão/administração em empresas do GRUPO EDP, ou por este controladas, em Portugal ou no estrangeiro; Proibição de se ausentar para o estrangeiro com a obrigação de entregar o passaporte; Proibição de contactar, por qualquer meio, designadamente com arguidos e testemunhas; Proibição de entrada em todos os edifícios da EDP; Prestação de caução em valor não inferior a dois milhões de euros.

João Manso Neto - Suspensão do exercício de função em empresas concessionária ou de capitais públicos, bem como qualquer cargo de gestão/administração em empresas do GRUPO EDP, ou por este controladas, em Portugal ou no estrangeiro; Proibição de se ausentar para o estrangeiro com a obrigação de entregar o passaporte; Proibição de contactar, por qualquer meio, designadamente com arguidos e testemunhas; Proibição de entrada em todos os edifícios da EDP; Prestação de caução em valor não inferior a um milhão de euros.

João Conceição - Suspensão do exercício de função em empresas concessionária ou de capitais públicos, bem como qualquer cargo de gestão/administração em empresas do GRUPO REN, ou por este controladas, em Portugal ou no estrangeiro; Proibição de contactar, por qualquer meio, com arguidos; Subsidiariamente, e para o caso de não ser aplicada a referida medida de suspensão do exercício de função, o Ministério Público requer que o arguido preste um caução, de valor não inferior a 500 mil euros.

 


O maior acionista da EDP é a China Three Gorges, com 21,47% do capital. O segundo maior acionista é a espanhola Oppidum (7,19%), seguida da norte-americana BlackRock (4,51%) e da Norges Bank (2,2%).


Este processo 184/12 - inquérito aberto em 2012 no DCIAP, centrado em suspeitas de corrupção envolvendo a EDP e o antigo ministro Manuel Pinho - soma mais de uma dezena de arguidos. Além de António Mexia e do administrador da EDP João Manso Neto, também o antigo ministro Manuel Pinho é arguido, bem como o antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES) Ricardo Salgado.


António Mexia poderá vir a ser acusado pelo MP de quatro crimes de corrupção ativa e um de participação económica em negócio (ligado ao projeto da barragem de Baixo Sabor). Para os procuradores, Mexia é suspeito de ter corrompido não só João Conceição e Manuel Pinho (com o patrocínio da EDP à Universidade de Colúmbia, onde o ex-ministro foi dar aulas), mas também o antigo diretor-geral de Energia Miguel Barreto (aprovando a compra, pela EDP, da participação que Barreto tinha na Home Energy por €1,4 milhões) e o ex-secretário de Estado da Energia Artur Trindade (com a sua nomeação para a liderança do Omip, o operador português do mercado ibérico de eletricidade, e com a contratação pela EDP do seu pai, já falecido, como consultor).



Publicado por Tovi às 07:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 3 de Março de 2017
Amnistia total... e já

amnistc3ada-77.jpgAlegadamente (fica sempre bem dizer alegadamente) e tendo em conta tudo o que se tem vindo a saber nos últimos tempos, mais aquilo que ainda se poderá vir a saber, o melhor é fazer-se neste cantinho à beira mar plantado uma amnistia a tudo e todos e partirmos da estaca zero para uma nova vida, séria e honrada. E no futuro sermos severos e implacáveis para corruptores e corrompidos, acabando de uma vez por todas com este flagelo. E como estamos perto do centenário da aparição da Senhora Vestida de Branco ali para os lados de Ourém, esta amnistia até podia ser no próximo dia 13 de Maio.

E tudo isto a propósito de ter sabido hoje que o procurador Orlando Figueira, suspeito de corrupção no “Processo Fizz”, emprestou dez mil euros ao juiz Carlos Alexandre para ajudar na construção de uma casa em Mação. E lembro-me perfeitamente de Carlos Alexandre ter ido a um canal televisivo dizer o que na altura disse e que só demonstrou ser um pedante a armar a “saloio de Mação”. Quem com ferros mata com ferros morre… e pena é que ao mais que provável corrupto José Sócrates tivesse calhado em sorte uma criatura a quem era exigido que só comentasse em sede própria e não na praça pública os actos judiciais que lhe foram entregues.



Publicado por Tovi às 08:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 5 de Setembro de 2015
Sócrates trocou de cadeia

José Sócrates 12.jpg

Por decisão do juiz Carlos Alexandre o ex-primeiro-ministro José Sócrates viu ontem ao fim da tarde a sua medida de coacção no Processo Marquês alterada de “prisão preventiva” para “prisão domiciliária com vigilância policial” numa habitação na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, residência da sua antiga companheira e mãe dos seus dois filhos, Sofia Fava.

A que horas será a primeira manifestação de regozijo popular à porta da nova prisão de José Sócrates?...

 

 Comentários no Facebook

«Raul Vaz Osorio» >> Vai passar a ser que número? Ou só ex-44?

«Pedro Simões» >> David Ribeiro, resta saber se os polícias a porta é para impedi-lo de sair, ou para protege-lo dos que gostavam de o ir... "cumprimentar"! Ou para fazer um trocadilho simplório - não é só o juiz a querer manda-lo a Fava...

«Carlos Wehdorn» >> Exacto... mandaram-no à Fava... coitado

«Albertino Amaral» >> Por isso, Portugal perdeu com a França...Ora bolas...!

«Jorge Manuel» >> Cuidado que este homem é um perigo! É agora que ele vai fugir..lol

«Manuel Verissimo» >> O Dias Loureiro? Tem razão, não fugiu. Mandaram ele embora para gozar a fortuna... e se calar

«Pedro Simões» >> A ex-socia dele (Fatima Felgueiras) andou 2 anos fugida no Brasil... Os outros 2 socios (Vara e Virgilio de Sousa) foram dentro...  - Não votem em corruptos!: Os "crimes" que os políticos cometem nunca serão crimes...

»Fernando Kosta» >> Cuidado: o biltre vingativo está cá fora...

«Jorge Veiga» >> Saiu a fava no bolo-rei!

«Jorge Manuel» >> E tanta gente "boa" "honesta", cá fora… Viva BPN… Viva o BES…

«Fernando Kosta» >> José Sócrates saiu da cadeia mesmo a tempo de ver o Portugal-França mas o seu coração balança entre as duas selecções. “Fui feliz em Portugal e fui feliz em Paris, sinto-me dividido”, explicou o ex-presidiário. “Acho que vou torcer pelo árbitro. Sempre fui muito amigo de árbitros e pessoas que arbitram coisas, como o presidente do Supremo Tribunal de Justiça e o Procurador-Geral da República”. António Costa espera que refugiados vão limpar a cela vazia de José Sócrates no interior do país. Após ter expressado o desejo de ver os refugiados que rumarão a Portugal tornarem-se úteis limpando as matas do interior desertificado, António Costa sugeriu ao IP que comecem por Évora. “Agora que o mister Sócrates saiu da cela, os refugiados podiam limpá-la e quiçá viver nela”, explicou o líder do PS.

«Raul Vaz Osorio» >> O que me dá vontade de rir é a forma insidiosa como se vai dizendo que "Sócrates foi libertado". Libertado? Apenas mudou para uma cela melhor!

«Jorge Baldinho» >> Mas "vossemecês" pensam que isto são os USA, onde, pelo que se vê nos filmes, quando há um crime grave pôem uma equipa de polícias e de MPs a trabalhar só nesse caso? "Vossemecês", acham que se investigam crimes destes em Portugal, com os inspectores da Judite a terem de usar os seus próprios carros sem que lhes paguem por isso, a fazer horas extraordinárias sem que lhes paguem por isso, com um Juíz de Instrução que tem afectos milhares de processos, também eles sujeitos a prazos, com um PR em idênticas circunstâncias, e que se deduz uma acusação tão complexa em 9 meses?.... E ainda se queixam que os homens fiquem com má cara... Pudera... Não haja dúvida que eu preferia estar como o Pinto de Sousa, 9 meses repousado, com todos os privilégios que o sistema prisional pode dar e com todos os milhões cá fora à espera.... Esse sim, saiu com boa cara e descansado, pronto para os joggings matinais. A Justiça tem o seu tempo, que infelizmente, neste cantinho, todos sabemos ser demorada, sobretudo nestes mega processos que envolvem os oligarcas que se protegem uns aos outros. Que queriam?... Uma acusação feita à trouxa moxa para o homem saír limpinho e a gozar com o esquema?... Louve-se a vontade da Justiça de finalmente levar estes casos dos considerados "intocáveis" a sério...

«Carmindo Alves» >> Ainda dizem mal do Juiz Carlos Alexandre!... Tem aqui alguns a dar bitaites que se estivessem no lugar do juiz mandavam logo fuzilar José Sócrates. São só ressabiados.



Publicado por Tovi às 07:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 25 de Julho de 2015
Ricardo Salgado proibido de sair de casa

Ricardo Salgado b.jpg

O ex-“dono-disto-tudo” foi ontem ouvido durante todo o dia pelo juiz Carlos Alexandre, no âmbito das investigações relacionadas com o BES/GES e após ter sido constituído arguido no passado dia 20 de Julho, foi-lhe agora aplicada a medida de coacção de obrigatoriedade de permanência na residência. Ricardo Salgado e mais cinco arguidos (Isabel Almeida, ex-directora financeira do BES; António Soares, ligado à administração do BES Vida; Amílcar Morais Pires, ex-braço direito de Salgado; não se conhecendo a identidade dos restantes dois) são suspeitos neste processo da prática de sete crimes: falsificação, falsificação informática, burla qualificada, abuso de confiança, fraude fiscal, corrupção no sector privado e branqueamento de capitais. Há um ano Ricardo Salgado já tinha sido detido no âmbito do processo Monte Branco, mas na altura saiu em liberdade depois de pagar uma caução de três milhões de euros.



Publicado por Tovi às 00:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 23 de Maio de 2015
Carlos Santos Silva vai para prisão domiciliária

Santos Silva prisão domiciliária 23Mai2015.jpg

A não perder este novo capítulo da “telenovela” Processo Marquês… Assim de repente parece que o enredo vai ser alterado, restando saber se é a evolução natural da “história” ou uma cambalhota judicial do “argumentista”.

 Notícia do DN aqui.

 

  Comentários no Facebook

«José Camilo» >> Este caso está-me a meter impressão pela sua originalidade. Ou por outra. Da forma como está a ser tratado e publicitado pelo juíz, dá-me legitimidade de pensar o que quer que seja, mesmo um exercício de física a aturar gatos por uma janela.

«João Thiago Rocha Ferreira» >> Assim por momentos, ao ler a "headline", pensei que só poderia ser do Inimigo Público lol

«Joaquim Leal» >> Mesmo "anilhado", em casa é ké bom.

«Carlinhos da Sé» >> Começo a pensar que já não sabem que fazer ao 44...

«Joaquim Leal» >> Nem tudo se perde José Sócrates 11.jpg

«Carlinhos da Sé» >> Este país é uma treta, a justiça é uma palhaçada, se assim não fosse Ricardo Salgado estava dentro, mas ele sabe coisas...

«Joaquim Leal» >> Esse se fôr (como espero) leva-os todos atrelados

«Carlinhos da Sé» >> Pois, por isso não vai.

«David Ribeiro» >> Essa “telenovela” onde é artista principal o Ricardo Salgado também ando a seguir… E ainda tenho esperança que ambas cheguem ao fim, seja ele qual for o fim que o “argumentista” lhes arranjar. Mas diga-se em abono da verdade que o “julgamento público” já está feito e este não tem apelo para nenhuma outra instância.

«Raul Vaz Osorio» >> Eu se fosse a mulher do Carlitos exigia que ele mudasse de advogada. A senhora, para ter reagido de forma tão emocional, tem que ter um envolvimento muito maior do que a simples relação advogado-cliente.

«David Ribeiro» >> ...ou então foi um milagre dos pastorinhos de Fátima e a senhora advogada, que nem era crente, ficou para morrer ;-)



Publicado por Tovi às 08:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes

Luís Filipe Vieira foi de...

Suspensão de funções do p...

Amnistia total... e já

Sócrates trocou de cadeia

Ricardo Salgado proibido ...

Carlos Santos Silva vai p...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus