"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 9 de Setembro de 2018
Proibição de abate nos canis municipais

Cães 9Set2018.jpg

Tenho dificuldade em entender como o legislador não viu o óbvio.

 

   Comentários no Facebook

«Jose Antonio Salcedo» - É o que resulta quando as leis são feitas em resposta a ideologias e não às necessidades da sociedade.

«Carla Molinari» - Vamos voltar aos anos 60 em que se viam matilhas de cães nas ruas...

«Jorge Veiga» - O legislador impôs uma ideia política pré concebida de determinada área política, não se interessando sobre a capacidade de resposta dos municípios. Não existem planos de castração, vacinação, adopção, etc. Proíbe-se a eutanásia de animais abandonados e o resto vai às malvas...



Publicado por Tovi às 18:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 10 de Maio de 2018
Centro de Recolha Oficial de Animais do Porto

32169366_10212256577477477_7859301221192957952_n.jHá cães e Cães... e a todos, mesmo a TODOS, temos que lhes dar una vida condigna. E por isso estamos a construir o novo Centro de Recolha Oficial de Animais, que vai substituir o actual Canil Municipal do Porto, que está a ser edificado nos terrenos do Viveiro Municipal da cidade, localizado na Ruas das Areias, no lugar de Azevedo, em Campanhã. Desde a primeira hora o actual executivo camarário do Porto tem feito todos os esforços para acabar com o velhinho e inapropriado canil, mas a nova localização e as dificuldades burocráticas (incluindo o Tribunal de Contas) fizeram com que os prazos tenham derrapado. Deveremos ter as novas instalações prontas durante este ano. No novo Centro de Recolha Oficial de Animais garante-se o aumento das atuais 94 boxes existentes no canil em S. Dinis (perto do Carvalhido) para 220. O projecto do futuro Centro surge no âmbito do Plano Municipal de Controlo e Bem-Estar das Populações Animas de Cães e Gatos, lançado em 2015 para responder às obrigações legais nesta matéria, bem como à generalidade das recomendações de associações zoófilas, Ordem dos Médicos Veterinários e Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária. Com uma separação física e funcional entre serviços oficiais e de adopção, as futuras instalações terão, naturalmente, melhores condições. Um bloco cirúrgico para esterilização de cães e gatos, sala de enfermagem independente para tratamento e acompanhamento clínico dos animais alojados, zonas de exercício e sociabilização e área de tosquia e higienização são valências contempladas. É de ressalvar que o centro permitirá acolher, sempre que necessário, outras espécies animais.



Publicado por Tovi às 10:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

Proibição de abate nos ca...

Centro de Recolha Oficial...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus