"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Terça-feira, 5 de Maio de 2020
Donald Trump e a origem do surto do novo coronavírus

95613708_3205861619447069_688192264924561408_n.jpg

O presidente dos Estados Unidos da Amérca afirmou recentemente que viu provas que lhe dão "um alto grau de confiança" de que o covid-19 foi produzido num instituto de virologia em Wuhan, na China, mas recusou-se a entrar em pormenores. No entanto esta declaração contradiz aquilo que terá sido apurado pelos serviços secretos americanos, cujo diretor, algumas horas antes desta declaração de Trump, anunciou esta a ser feito um "exame rigoroso" sobre o que esteve na origem do surto de coronavírus, acrescentando que ainda não existem conclusões. Outras fontes, citadas pela estação de televisão CNN, garantem não haver qualquer teoria comprovada sobre o facto de a pandemia ter tido origem num acidente de laboratório ou através de animais. Ainda assim, questionado sobre se tem informações se o surto é de origem laboratorial, Donald Trump disse: "Sim, eu tenho." Mas sobre o grau de fiabilidade dessa informação, respondeu: "Não lhe posso dizer isso. Não tenho permissão para lhe dizer isso."

 

   COVID-19 - Dados da WHO ao dia de ontem
mundo 4mai.jpg

  COVID-19 - Situação em Portugal e na Região Norte em 5mai2020

25702 casos confirmados (15199 na Região Norte)
1074 mortos (613 na Região Norte)

De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), registaram-se na Região Norte nas últimas 24 horas mais 4 mortes, o número mais baixo das últimas semanas, sendo preciso recuar a 21 de março para encontrar um valor inferior. Mas a má notícia é que o boletim epidemiológico da DGS indica que houve, pela primeira vez, um óbito abaixo dos 30 anos. Até agora, todas as vítimas mortais da pandemia no país tinham mais de 40, sendo que a esmagadora maioria (87%) tinha mais de 70.
norte 5mai.jpg



Publicado por Tovi às 10:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 3 de Maio de 2020
COVID-19 - a doença que nunca mais nos larga

A doença COVID-19 é causada pelo vírus SARS-CoV-2 (em Inglês: Severe acute respiratory syndrome coronavirus 2), altamente contagioso entre seres humanos e cujas primeiras infeções conhecidas foram na cidade chinesa de Wuhan, na província de Hubei, no mês de dezembro de 2019.

   Mortes por milhão de habitantes (em países com grande incidência)
mundo 2mai.jpg

  Situação na Região Norte de Portugal
norte 2mai.jpg

 

   Sondagem da Pitagórica

Após ser conhecida hoje uma sondagem da Pitagórica (para JN e TSF) a evolução das intenções de voto fica assim:
Captura de Ecrã (180).png



Publicado por Tovi às 07:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 5 de Abril de 2020
O que é o COVID-19... para totós

Roubei ao Augusto Duarte Silva...

Dados úteis sobre o vírus Corona enviados pela Universidade Johns Hopkins. (As minhas desculpas pela tradução apressada do inglês)
* O vírus não é um organismo vivo, mas uma molécula de proteína, coberta por uma camada protetora de gordura que é absorvida pelas células da mucosa ocular, nasal ou bucal, causando o contágio.
* Como o vírus não é um organismo vivo, ele não é morto, mas se decompõe por si próprio. O tempo de desintegração depende da temperatura, humidade e do tipo de material em que se encontra.
* A única coisa que protege o vírus é a fina camada externa de gordura. É por isso que qualquer sabão é o melhor meio de o destruir, porque a espuma de sabão dissolve a gordura. Para isso é preciso esfregar por pelo menos 20 segundos e fazer muita espuma. Ao dissolver a camada de gordura, o vírus desintegra-se.
* O calor derrete a gordura; por isso deve-se usar água acima de 25 graus para lavar as mãos, roupas e tudo mais. A água quente produz mais espuma, o que a torna ainda mais eficaz.
* Álcool ou qualquer líquido com álcool superior a 65% dissolve qualquer gordura, incluindo a camada lipídica externa do vírus, provocando também a sua desintegração.
* Qualquer mistura com 1 parte de hipoclorito (lexivia) e 5 partes de água dissolve a proteína do vírus, destruindo-o.
* O peróxido de hidrogénio (água oxigenada) também é eficaz, depois do sabão, álcool e cloro, porque dissolve as proteínas do vírus, mas é necessário usá-lo puro o que causa lesão da pele.
* Os antibióticos não são eficazes. O vírus não é um organismo vivo como as bactérias; Não se pode matar o que não é um organismo vivo com antibióticos.
* O vinagre não é útil porque não dissolve a camada protetora de gordura do vírus.
* As bebidas alcoólicas não são eficazes. A vodka mais forte só tem 40% de álcool. Para ser eficaz é necessário álcool a 65%.
* Numa superfície porosa como a roupa, o Corona vírus desintegra-se após 3 horas, 4 horas em superfícies de cobre e madeira, 24 horas em papelão, 42 horas em metal e 72 horas no plástico.
* NUNCA agite roupas, lençóis ou roupas usadas ou não utilizadas e não use espanador, pois as moléculas do vírus flutuam no ar por até 3 horas e podem ser aspiradas pelo nariz ou pela boca.
* As moléculas virais permanecem muito estáveis no frio exterior ou artificial produzido pelos aparelhos de ar condicionado. Também precisam de humidade para permanecer estáveis e principalmente de escuridão. Portanto, ambientes secos, quentes e brilhantes o degradam mais rapidamente.
* A luz ultravioleta em qualquer objeto que possa conter vírus, lesa a proteína do vírus. É útil para por exemplo, desinfetar e reutilizar uma máscara.
* O vírus não atravessa uma pele saudável.
* Quanto mais limitado é o espaço onde se encontram as pessoas, maior a concentração do vírus. Quanto mais aberto ou naturalmente ventilado, menor a concentração e menor a possibilidade de contágio.
* Lave as mãos antes e depois de tocar nas membranas mucosas (boca, nariz e olhos), na comida, nas fechaduras, maçanetas, interruptores, controle remoto, telefone celular, relógios, computadores, mesa de trabalho, TV, etc.
* Mantenha também as unhas curtas para que o vírus não se aloje sob as unhas.

 

  Obrigado aos nossos amigos de Xangai e Macau

Captura de Ecrã (85).png

 

   Situação em Portugal e Região Norte

11278 casos confirmados (6530 na Região Norte)
295 mortos (158 na Região Norte)
COVID19 5abr.png



Publicado por Tovi às 07:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 19 de Outubro de 2019
O dia seguinte... em Barcelona

urquinaona-acn-maria-belmez-1571472572041.jpg
A capital da Catalunha acordou este sábado com a ressaca das manifestações de ontem, que reuniram mais de meio milhão de pessoas contra a sentença do “Procés” e só em Barcelona provocaram 152 feridos, cinquenta dos quais necessitaram de serem conduzidos a centros médicos. Para hoje já está marcado um novo protesto (convocado pela Arran, organização de jovens da esquerda pró-independência catalã, e a que aderiu a CDR, Comitês de Defesa da República) na Praça de Urquinaona, pelas 18 horas, exigindo a demissão do “conseller” do Interior, Miquel Buch.

Ventos de mudança parecem soprar na Catalunha… assim se fazem as Revoluções.

 

   elPeriódio

11h28 - El presidente de la Generalitat, Quim Torra, ha presidido este sábado el gabinete de seguimiento para analizar los disturbios de anoche, tras la quinta jornada consecutiva de protestas violentas en diferentes puntos del territorio, sobre todo, en la capital catalana. En la reunión, que ha comenzado a las 8.00 en el Palau de la Generalitat, han participado también el vicepresidente catalán, Pere Aragonès, el 'conseller' de Interior, Miquel Buch, la 'consellera' de Presidència, Meritxell Budó, la titular de Justícia, Ester Capella, y la de sanidad, Alba Vergés. Según informa presidencia de la Generalitat, durante la reunión se han evaluado los altercados de anoche así como el dispositivo de seguridad que se desplegó. En el encuentro se ha destacado la "necesidad de hacer un llamamiento a la movilización pacífica y cívica, y al aislamiento de las personas con actitud violenta. Asimismo, en esa reunión se ha acordado la comparecencia de Torra este mediodía en el Palau de la Generalitat y la de Buch, que se ve con Marlaska, en el departamento de Interior. 

13h09 - Salut ha informado de que 19 personas permanecen ingresadas por los disturbios que han comenzado en Catalunya desde que conociera la sentencia del procés'. Siete están en el Hospital Sant Pau: 5 graves (3 por lesiones oculares); 1 menos grabe y 1 evoluciona favorablemente (ingresó el día 16). Tres en el Sagrat Cor, uno de ellos grave y dos en Vall d'Hebron, uno de ellos muy grave y un segundo leve.

13h39 - La Guardia Urbana de Barcelona ha colgado un tuit en el que recomienda a los comercios de la plaza de Urquinaona y alrededores a bajar persianas esta tarde ante la manifestación convocada por Arran y apoyada por los CDR que arrancará a las 18.00 horas.

16h23 - Ya son 11 el número de detenidos a los que se les ha decretado prisión por los graves disturbios de esta semana en protesta por la sentencia del 'procés'. Seis fueron arrestados en Barcelona, dos en Girona, dos en Tarragona y uno en Lleida.

18h13 - Agentes de los Mossos d'Esquadra registran las mochilas de las personas que acceden a la plaza Urquinaona y graban a los asistentes, lo que ha generado gritos de 'Fuera las fuerzas de ocupación'.

18h59 - Varios dirigentes de la Candidatura d'Unitat Popular (CUP) se han situado en la cabecera de la manifestación convocada por los autodenominados Comitès de Defensa de la República (CDR) y movimientos de la izquierda independentista para pedir la dimisión del 'conseller' de Interior, Miquel Buch. La manifestación se ha iniciado hacia las 18.00 horas en la plaza Urquinaona de Barcelona, bajo un amplio dispositivo policial, y avanza lentamente hacia Ronda de Sant Pere, con una pancarta con el lema "Basta ya de represión. Libertad presas políticas. Brimo disolución. Buch dimisión".

19h14 - En los controles preventivos que los Mossos han realizado en las inmediaciones de la plaza Urquinaona para comprobar la posible existencia de material preparado para posibles disturbios, se han identificado a un número importante de vascos, navarros y extranjeros, según fuentes policiales.

20h06 - Una cadena humana formada por decenas de personas, en su mayoría de mediana edad, impide que manifestantes puedan acercarse al cordón policial instalado al comienzo de la Via Laietana. Este "cortafuegos" impide que personas que han asistido a la manifestación convocada por los autodenominados Comités de Defensa de la República (CDR) y movimientos de la izquierda independentista para pedir la dimisión del 'conseller' de Interior, Miquel Buch, puedan acercarse a los policías que impiden el tránsito por la Via Laietana.

22h16 - Los manifestantes más adultos de las primeras filas, claves para calmar los ánimos cada vez que salta una chispa. Manifestantes lanzan un bote de humo amarillo, intento de provocación que de nuevo ha calmado la fila de delante. Nuevos lanzamientos a la policía apaciguados por las primeras filas de la manifestación en la plaza Urquinaona. Quedan unas mil personas en la concentración, la gran mayoría de ellas sentadas en dirección al cordón policial.

23h51 - La tensión crece en la concentración de Urquinaona, donde un grupo ha encendido una gran barricada. Los avisos de carga del cordón policial son por este incidente. Los Mossos acuden al lugar, la parte posterior de la concentración, con los Bombers para apagar el fuego. La policía catalana dispara foam contra el grupo de exaltados, que se dispersa. Imágenes de contraste en el centro de Barcelona: celebración en Via Laietana después de la retirada del cordón policial y cargas de los Mossos en las Rambles contra un grupo reducido. Los agentes bajan por la emblemática vía dispersando a un pequeño grupo de exaltados con disparos de foam.

 

 ...e no Chile
0K9R8DW9.jpg
E enquanto na Europa as atenções estão viradas para a Catalunha, o Presidente do Chile, Sebastián Piñera, decretou nas primeiras horas deste sábado o estado de emergência em Santiago, após os violentos protestos desencadeados na capital contra o aumento do preço do bilhete de metro.
O Povo com a força da Razão.

 

   ...e em Londres
image.jpg
Ao mesmo tempo que os deputados debatem o Brexit no Parlamento britânico, milhares de pessoas enchem as ruas de Londres para exigir um novo referendo.

 

 …e em Hong Kong
mw-860.jpg
A polícia de Hong Kong proibiu hoje uma manifestação convocada para este domingo, pela Frente Cívica dos Direitos Humanos, por questões de segurança pública, considerando que este tipo de concentrações tende a dar origem a incidentes violentos.



Publicado por Tovi às 09:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 3 de Dezembro de 2017
Míssil norte-coreano Hwasong-15

Missil Norte Coreano Hwasong-15.jpg

No passado mês de Novembro a Coreia do Norte efectuou o lançamento de um míssil balístico Hwasong-15, projéctil que demonstrou capacidades impressionantes em comparação com seu antecessor, o Hwasong-14, considerando os especialistas que o alcance máximo do míssil recém-elaborado se situa entre 10.500 e 13.000 kms, uma ameaça não só para os países do leste asiático mas também para uma grande parte do território dos EUA. Analisando com cuidado as imagens e os comunicados oficiais do regime de Kim Jong-un vê-se que o camião de 18 rodas que transporta o míssil parece ser de fabrico nacional, o que demonstra que o país conseguiu autonomia na produção dessas máquinas sofisticadas. Os anteriores veículos eram de oito eixos - WS-52100 - adquiridos à China para uso industrial. Porém em 2012, uma vez que os WS-52100 apareceram no desfile militar em Pyongyang como plataformas móveis, o governo de Pequim cessou as exportações desses veículos à Coreia do Norte. É também de tecnologia mais sofisticada o sistema de propulsão deste novo míssil, dotado de asas e motores auxiliares, com dois estágios e medindo de 20 a 22 metros de comprimento e um ou dois metros de diâmetro, sendo seguramente capaz de levar uma ogiva nuclear superpesada. As imagens divulgadas do lançamento do míssil comprovam que o motor possui duas câmaras de combustão e carece de mecanismos auxiliares para mudar de direcção, o que representa um nível muito avançado de tecnologia.

 

Começam amanhã e duram até ao dia 8 de Dezembro os «Vigilant Ace», exercícios conjuntos de Washington e Seul, que contarão com a participação de mais de 1.200 militares dos EUA, 230 aviões, incluindo caças F-22 Raptor e F-35. A diplomacia norte-coreana já qualificou esta demonstração de força como um "prelúdio para a guerra nuclear".
vigilant ace 2017 aa.jpg



Publicado por Tovi às 14:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2017
Será que há “sealy season” na Coreia do Norte?

8790033.jpg

Espero bem que as declarações muito duras de Kim Jong-un e de Donald Trump não sejam senão efeitos da “sealy season” da península coreana. O líder da Coreia do Norte fala em "acções físicas" contra os Estados Unidos e o inquilino da Casa Branca responde com ameaças de "fogo e fúria" sem precedentes. Tudo isto é capaz de dar “trolha”, mas não deverá chegar a um conflito nuclear, até porque quer a Rússia quer a China nunca permitirão que isso aconteça.

 

   Comentários no Facebook

«João Greno Brògueira»Ainda hoje ouvi na CGTN que é a TV oficial da China que nunca poderiam ficar neutrais porque a Coreia do Norte fica muito perto de algumas províncias Chinesas e o efeitos duma guerra nuclear seriam muito nefastos. Mas entretanto já anunciaram a suspensão das importações de carvão e minério de ferro da Coreia do Norte.



Publicado por Tovi às 16:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 6 de Agosto de 2017
Bombardeamentos atómicos a Hiroshima e Nagasaki

1.jpg
Estamos no septuagésimo segundo aniversário dos bombardeamentos atómicos a Hiroshima (6Ago1945) e a Nagasaki (9Ago1945), actos bélicos que mataram de 100 mil a 200 mil pessoas em questão de minutos, além de muitas outras dezenas de milhares que morreram como resultado da radiação nuclear nas semanas, meses e anos seguintes. Mas eu, cidadão “ocidental” nado e criado no pós-guerra, educado numa filosofia de Paz e harmonia entre os Povos, não posso no entanto esquecer os crimes de guerra praticados pelo Império do Japão durante a Guerra do Pacífico, um dos teatros de operações da Segunda Guerra Mundial no Sudeste Asiático, na qual o exército japonês matou milhões de não-combatentes, incluindo prisioneiros de guerra, de várias nações. A Sanko Sakusen ("Política dos Três Tudo") na qual os japoneses adoptaram uma táctica de terra queimada na China e que se resumia em "Mate Tudo, Queime Tudo e Saque Tudo", política iniciada em 1940 por Ryūkichi Tanaka (9Jul1893 – 24Nov1972) e implementada na sua totalidade em 1942 no norte do território chinês pelo general Yasuji Okamura (15Mai1884 – 2Set1966), são disso exemplo, que de acordo com o historiador Mitsuyoshi Himeta resultou na morte de "mais de 2,7 milhões" de civis chineses.



Publicado por Tovi às 14:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 25 de Julho de 2016
A Juventude é o futuro... em qualquer parte do Mundo

Pedro Baptista viagem China aa.jpg

O meu bom amigo Pedro Baptista anda em peregrinação pela vasta região do Jiangxi e do Fujian, o berço da República Soviética Chinesa proclamada em 1931, local onde se iniciou a Longa Marcha, a colossal manobra estratégica de 10.000 quilómetros de Mao Zedong (Mao Tsé-Tung), numa circular concêntrica à das fronteiras sul, oeste e norte, até Yan’an, no Norte, lá para a quota de Pequim, boa parte dos quais a atravessar montanhas com neve e geladas, num itinerário que passou pelas… ele, o filosofo, investigador, romancista e ensaísta Pedro Baptista é que vai um dia contar-nos os relatos desta sua viagem - espero bem que sejam passados a escrito no seu futuro terceiro livro de memórias – que eu sou “analfabeto” nesta matéria. Mas um dos seus últimos “post” no Facebook falava-nos de umas “doçuras”, juventude que eu tenho a certeza ir ser o futuro, seja lá ou cá, ou noutro ponto qualquer do Mundo, e que ele diz serem “Uma das caraterísticas mais visíveis da China atual, que se nota mesmo numa cidade de pequena dimensão, semi-rural e onde não se nota a presença das grandes sociedades de investimento, é a velocidade estonteante com que tudo muda. Não é em dias, é de um dia para o outro. Entre o início da semana e o fim já há alterações visíveis e não são os cabelos brancos das pessoas. Passei por aqui todos os fins de tarde, em busca do jantarinho e de um momento para o outro, num belo fim de tarde, sem qualquer sinal prévio de preparação nas vésperas, foi o estralejar dos panchões (termo macaense designativo de uma espécie de bombinhas de São João) a anunciar a abertura de uma nova livraria em Ruijin da empresa estatal Xingshua. Em boa verdade, ainda só abriu a papelaria e a secção de macacadas para os putos, a livraria no 1º e 2º andar virá a seguir... Mas olhem-me só estas doçuras que me fizeram participar na inauguração e comprar um caderno para apontar que, amanhã... tenho de comprar bananas...”



Publicado por Tovi às 09:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 20 de Dezembro de 2015
Transferência da soberania de Macau

Macau 20Dez1999 aa.jpg

Eram 17 horas e quatro minutos do dia 20 de Dezembro de 1999 e o Sol começava a pôr-se sob as águas do rio das Pérolas quando o general Rocha Vieira, depois de dar alguns passos na passadeira vermelha que atapetava o empedrado da calçada à portuguesa, olhou uma derradeira vez para a fachada do edifício e para a janela da sala que lhe serviu de gabinete nos últimos nove anos. O seu olhar deteve-se por alguns instantes no escudo português em pedra cravado no palácio e depois, com passo seguro e de cabeça levantada, mas sem nunca descolar a bandeira dobrada do peito, o governador entrou no carro com a sua mulher e partiu, por entre aplausos e alguns choros das centenas de pessoas que se aglomeravam no passeio.

 

Macau séc XVI ou XVII aa.jpg

Convém não esquecer que os portugueses estabeleceram-se ilegal e provisoriamente em Macau entre 1553 e 1554, sob o pretexto de secar a sua carga (Macau encontrava-se numa posição privilegiada das rotas comerciais portuguesas nas mares da China). Em 1557, as autoridades chinesas deram finalmente autorização para os portugueses se estabelecerem permanentemente em Macau, concedendo-lhes um considerável grau de autogovernação. Em troca, os portugueses foram obrigados a pagar aluguer anual (cerca de 500 taéis de prata) e certos impostos a estas autoridades, que defendiam que Macau continuava a ser parte integrante do Império Chinês. As autoridades chinesas tiveram desde sempre algum medo e desprezo pelos estrangeiros, passando a supervisionar atentamente os portugueses de Macau e a exercer, até meados do século XIX, uma grande influência na administração deste entreposto comercial.



Publicado por Tovi às 13:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 14 de Maio de 2015
Manobras navais sino-russas no Mediterrâneo

Rússia e China manobras navais no Mediterrâneo M

(Na imagem fragata chinesa Linyi)

A Rússia e a China iniciaram esta semana manobras navais conjuntas no Mediterrâneo, uma clara demonstração de força contra um suposto “inimigo comum” e em resposta ao poder militar na região dos Estados Unidos e de outros países da NATO.

 

  Comentários no Facebook

«Jorge Veiga» >> Os putos a brincar com os fósforos...!

«David Ribeiro» >> Estes exercícios conjuntos das marinhas da Rússia e da China no Mar Mediterrâneo vão durar até ao dia 21 de Maio e neles participam nove navios, tendo como objectivo não só o treino e aprofundamento de cooperação entre estes dois países mas também o reforço das suas capacidades de combate para repelir ameaças navais.

Rússia e China manobras navais no Mediterrâneo M

«Gianpiero Zignoni» >> Eu até diria que a Marinha Italiana toma conta deles, não fosse o facto de estar algo ocupada por estar sozinha a resgatar milhares de refugiados no mediterrâneo...

«Fábio Teixeira» >> Um faz cópias de tudo a todos os níveis, o outro tem a frota a apodrecer, porque só há dinheiro para a máfia.



Publicado por Tovi às 08:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 4 de Junho de 2014
Massacre da Praça de Tiananmen

Faz hoje 25 anos que tropas chinesas fortemente armadas e centenas de tanques de guerra puseram-se em movimento em Pequim, para "limpar" os manifestantes pró-democracia. Muitos civis desarmados, incluindo crianças e idosos, foram mortos por disparos das tropas. Alguns eram meros curiosos que se encontravam nas ruas de acesso à Praça de Tiananmen, onde se concentravam os manifestantes.




Quarta-feira, 5 de Março de 2014
Acabemos com a mentalidade da Guerra Fria

Este ano já vamos comemorar o 25º aniversário da queda do Muro de Berlim, acontecimento histórico considerado o princípio do fim da União Soviética e por isso também o fim da Guerra Fria. Este período histórico (do final da Segunda Guerra Mundial em 1945 até à dissolução da União Soviética em 1991) caracterizou-se por várias disputas estratégicas e conflitos indirectos entre os Estados Unidos da América e a URSS, tendo a República Popular da China mantido nas décadas de 70 e 80 uma “aliança de conveniência” com os EUA contra os comunistas soviéticos. Os acontecimentos que actualmente estamos a viver na Ucrânia e dos quais ainda não sabemos qual será o desfecho, alertam-nos para a necessidade imperiosa da quebra dos grilhões da mentalidade da Guerra Fria e a consolidação de relações internacionais assentes no equilíbrio de regras e regulamentos entre as grandes potências e os países das suas esferas de influência. Pena é que a Organização das Nações Unidas (ONU) tenha há muito perdido as capacidades objectivas para que foi criada em 1945, ou seja, “facilitar a cooperação em matéria de direito internacional, segurança internacional, desenvolvimento económico, progresso social, direitos humanos e a realização da paz mundial”.


«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.away} 13h00 - Ao contrário do que ouvi há pouco da boca do jornalista enviado pela RTP a Kiev - José Rodrigues dos Santos - a resolução do “imbróglio” que está a viver-se na Ucrânia tem muito mais a ver com as bases navais russas do Mar Negro e dos pipelines de gás natural que abastecem vários países europeus, do que da vontade e/ou escolha do Povo ucraniano. E quem pensar o contrário está a ser naïf.

«José Camilo» no Facbook >> O José Rodrigues dos Santos em Kiev? Para quê? Lá estão a esbanjar o nosso dinheiro....

David Ribeiro» no Facebook >> Tem razão, amigo José Camilo... Bastava uma pequena visita aos "sites online" dos mais importantes meios de comunicação do "Ocidente" para termos conhecimento do mesmo.

«José Camilo» no Facebook >> Entretanto as instalações do Porto estão ao abandono.

«David Ribeiro» no Facebook >> Pois é, amigo José Camilo... Os "senhores do Terreiro do Paço" nunca irão admitir que no Monte da Virgem há gente capaz de fazer boa TELEVISÃO.

«António Alves» no Facebook >> A narrativa do povo heróico em luta pela liberdade dá jeito. A propósito, o que é o povo ucraniano? Os que falam russo e ucraniano ou os que falam ucraniano e russo?

«David Ribeiro» no Facebook >> A União Europeia, Os EUA e a Rússia de Putin estão-se cagando (desculpe lá a brejeirice, amigo António Alves) para os Ucranianos, sejam eles os que falam russo e ucraniano ou os que falam ucraniano e russo. O importante são as bases navais do Mar Negro e os pipelines do gás natural.

«António Alves» no Facebook >> Sim, no geral. No caso da Rússia há também a história. Kiev é o Kosovo da Rússia ou, na nossa analogia, a sua Guimarães.

«David Ribeiro» no Facebook >> Isso já não conta para nada... nem na Rússia nem em Portugal

«António Alves» no Facebook >> Engano seu. Conta e muito. Há coisas, heranças culturais, afinidades e até ressentimentos que ressurgem séculos depois. A cultura é como a cor dos olhos: herda-se. A merda que vemos no mundo e na economia deve-se muito à proverbial falta de sensibilidade para as "humanidades" das novas elites dirigentes para quem coisas como História, Antropologia, Sociologia e Filosofia "não servem para as empresas e para os negócios".

«David Ribeiro» no Facebook >> ..e onde e quando é que essas coisas - culturais, afinidades e até ressentimentos - aconteceram? O importante é, infelizmente, unicamente isto:

 «António Alves» no Facebook >> Aconteceu recentemente nos Balcãs e no Kosovo.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Alguém se esqueceu do que aconteceu no Irão, no Iraque, em Timor, etc, etc. Onde há petróleo, há interesseiros...



Publicado por Tovi às 08:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012
Navios de guerra iranianos no Mediterrâneo - #4

Países há muito tempo assumidos como potências nucleares são os EUA, a Rússia, o Reino Unido, a França, a República Popular da China, a Índia, o Paquistão e Israel. Depois há aqueles que estão considerados como “em fase de desenvolvimento de armas nucleares” ou mesmo já as possuindo sem o assumirem, como é o caso da Coreia do Norte e do Irão. E antes que países como o Iraque, o Egipto, a Arábia Saudita e a Turquia iniciem uma corrida a armamentos deste tipo, é tempo do Conselho de Segurança das Nações Unidas impor sanções severas aos que estão a desenvolver armas nucleares e criar zonas livres, já que o completo desmantelamento deste tipo de armamento não será facilmente exequível.



Publicado por Tovi às 16:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011
Nova imgem da EDP

{#emotions_dlg.blink} Parece-me que é no início do próximo ano que vai ser colocado nas cidades, vilas e aldeias de Portugal este outdoor.

(Imagem "roubada" ao meu amigo do Facebook, António Dias)


«António Dias» in Facebook >> Os charters estão aí !!! Razão tinha o Futre...



Publicado por Tovi às 19:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 7 de Novembro de 2010
Hu Jintao

Estão a ver este senhor?... Pode muito bem ser o nosso "Pai Natal" dos próximos anos.

Hu Jintao ( 胡锦涛 ) é o actual presidente da República Popular da China e secretário-geral do Partido Comunista onde milita desde 1965, pouco depois de se ter formado em engenharia hidroeléctrica na Universidade de Qinghua, em Pequim. Nos primeiros anos da sua actividade política trabalhou no Ministério da Conservação da Água e da Energia em algumas das regiões mais pobres e remotas da China. Em 1982 foi eleito membro suplente do XII Comité Central do PCC, tendo no ano seguinte chegado ao Secretariado do Comité Central da Juventude Comunista e dois anos depois passou a membro efectivo do Comité Central do PCC. Em 1992 passou a fazer parte do Politburo, grupo dos sete principais dirigentes comunistas da China, por iniciativa de Deng Xiaoping, com a responsabilidade da supervisão do treino ideológico dos oficiais de topo. Em Março de 1998 ascendeu à vice-presidência da China. Recentemente a revista Forbes considerou-o como a pessoa mais poderosa do mundo, entrando no lugar do actual presidente do Estados Unidos da América, Barack Obama, após a derrota para a oposição nas eleições intercalares.



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Donald Trump e a origem d...

COVID-19 - a doença que n...

O que é o COVID-19... par...

O dia seguinte... em Barc...

Míssil norte-coreano Hwas...

Será que há “sealy season...

Bombardeamentos atómicos ...

A Juventude é o futuro......

Transferência da soberani...

Manobras navais sino-russ...

Massacre da Praça de Tian...

Acabemos com a mentalidad...

Navios de guerra iraniano...

Nova imgem da EDP

Hu Jintao

Europa vs África (II)

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus