"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022
Esta canalha é tramada

Captura de ecrã 2022-01-25 201719.jpg 


Maria de Deus - É um espanto! 😊 Beijinhos para ela. 🥰😘
Vicente Ferreira da Silva – Ahahahah. São tramados
David Ribeiro - Já é a segunda vez que caímos nesta partida... ou que fingimos cair 😉
Ana Alyia - Quem diria que um dia toda a gente ia ficar feliz ao ouvir os putos dizerem que tiveram negativa no teste 🤣🤣  Mantém-te assim Alice 😘😘




Terça-feira, 11 de Janeiro de 2022
A China e as medidas anti-pandémicas

Captura de ecrã 2022-01-08 112234.jpg

  A jornalista e escritora Ana Cristina Pereira Leonardo não permitiu a partilha deste seu post no Facebook… mas eu roubei-o.

 


Nuno Matos Pereira - Não sei o que quer dizer este seu post! Mas a pergunta é directa!O David Ribeiro acha que a vacinação deveria ser obrigatória?
David Ribeiro - Sim, tendo em consideração todas os dados conhecidos, quer a nível nacional como internacional, bem como a informação vinculada pela comunidade científica, sou da opinião que a vacinação deveria ser obrigatória, obviamente com todas as ressalvas que a ciência recomenda.
Nuno Matos Pereira - Ok! Obrigado pela sua resposta, sincera! Gosto de quem tem certezas absolutas. Mas digo-lhe que a ciência só evolui se for posta em causa!
David Ribeiro - Eu não tenho certezas absolutas, muito menos na área da ciência que muito pouco domino, e também acredito que há evolução em todo o saber.
Nuno Matos Pereira - Eu também não tenho certezas absolutas, também não sou especialista em ciências médicas! Tenho uma opinião muito própria sobre esta vacinação! Pessoas abaixo dos 30 anos, nem no pico da pandemia houve casos significantes! Pessoas que já tiveram a doença, grave ou sem sintomas, deveriam ser informadas para fazer testes serológicos e verificar o seu grau de imunidade! Pessoas que são alérgicas a compostos das vacinas deveriam se informar com os médicos! Vacinação em massa é uma completa loucura, principalmente em crianças... E poderia continuar, mas acho que dá para perceber o meu ponto de vista.
David Ribeiro - Entendo o que acaba de dizer, Nuno Matos Pereira ... mas não se esqueça que muitas das maleitas que atingiram a humanidade foram eliminadas com enormes campanhas de vacinação. Eu sou do tempo que para frequentar o liceu era necessário apresentar o boletim de vacinas.
Nuno Matos Pereira - David Ribeiro a gripe espanhola matou 1/3 da população mundial, ninguém se vacinou, e foi por esses que se criou imunidade de grupo! Devemos sempre olhar para o copo meio vazio.
David Ribeiro - O preço de não ter havido vacina para a Pneumónica foi o enorme número de mortes que provocou. Já agora, Nuno Matos Pereira... O livro "Contágios - 2500 anos de pestes" de Jaime Nogueira Pinto (Dom Quixote - agosto2020) é uma boa informação como têm vivido e morrido as pessoas e as sociedades em tempo de peste.
Mario Ferreira Dos Reis - A vacinação é obrigatória em muitas situações. Não se pode ir para muitos países de África sem a vacina da Febre Amarela. Não se pode trabalhar em muitos sítios sem a vacina do Tétano. A erradicação da Varíola deve-se em muito da sua obrigatoriedade. As vacinas que são ministradas no ex serviço militar obrigatório eram obrigatórias. Quando íamos para a Escola o boletim de vacinas em dia era obrigatório para o procedimento de matrícula. É até estupida esta situação de que atenta contra a nossa liberdade que num caso de saúde pública como este não seja obrigatório, com tantas coisas obrigatórias. A começar pelo sinto de segurança no automóvel. Por causa da liberdade dos que não se querem vacinar é que temos todas estas restrições, que também nos atingem. Ou seja, o direito à liberdade de uma minoria afecta a todos os outros com menos liberdade. Só esta premissa justifica uma obrigatoriedade.



Publicado por Tovi às 09:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2022
Ómicron “vai dominar” neste inverno

271182382_10220790088169911_4824362855007746618_n.

Ómicron, a nova variante do SARS-CoV-2, detetada há pouco mais de um mês na África do Sul, já é considerada como a que tem a propagação mais rápida da História. Segundo especialistas, este vírus 'conquistou' o planeta em apenas um mês. É mais forte do que o vírus do Sarampo. Um infetado com Sarampo provoca 15 infeções em 12 dias, um infetado com Ómicron 216. Em 60 dias, estima-se que um só infetado com esta variante possa infetar 14 milhões de pessoas.

 

  O essencial do que foi dito na reunião de hoje no Infarmed
image.jpg
Cenário próximo: mais infetados, isolados, internados e pressão na Saúde.
Incidência de infeções aumenta, sobretudo nos jovens.
Ómicron mais transmissível mas menos grave.
Dose de reforço pode elevar eficácia contra ómicron até 88%.
Internamentos abaixo dos valores de alerta.
Impacto da vacinação no internamento e na mortalidade: Estável, moderada e até decrescente.
Testagem também explica aumento de infeções.
Médicos de Saúde Pública pedem menos restrições.

 

  Evolução da Caraterização Clínica em Portugal
Captura de ecrã 2022-01-05 155208.jpg



Publicado por Tovi às 07:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2021
Acontecimentos do ano 2021

  Acontecimento nacional 2021
2021 a.jpg

  Escolha dos leitores do JN
Captura de ecrã 2021-12-31 112655.jpg

  Acontecimento internacional 2021
2021 b.jpg



Publicado por Tovi às 09:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2021
Feliz Natal... mas com cuidado

presente-de-natal-deste-ano-populacao-mundial-pede

 

  Já estou na cozinha... é que até à hora da Ceia de Natal ainda tenho muito que fazer.
png-transparent-fidea-ristorante-pizzeria-magnum-m



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2021
Vacinar... vacinar... vacinar

covid.jpg
Dos 19 doentes internados com Covid-19 no Hospital Santo António, oito estão internados em unidades de cuidados intensivos, onde há 11 vagas. Destes oito doentes, cinco, com idades entre os 52 e 79 anos, não estão vacinados. Apenas três doentes, com 65, 70 e 85, anos estão vacinados, com duas doses, contra o SARS-CoV-2. “Nos cuidados intensivos temos uma média de idades global de 68 anos, que nos não vacinados é de 65 anos e nos vacinados é de 73“, observou José Barros, diretor clínico do Centro Universitário Hospitalar do Porto. Já em enfermaria, estão internados 11 doentes, sendo que sete, com idades entre os 30 e 83 anos, não estão vacinados. Apenas um doente com 82 anos tem as três doses da vacina e três, com 59, 60 e 78 anos estão vacinados, com duas doses, contra a Covid-19.

 

  Evolução da Caraterização Clínica em Portugal
Captura de ecrã 2021-12-22 180412.jpg



Publicado por Tovi às 10:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Ómicron ou B.1.1.529 - O que já se sabe

1__119080610_whatsubject-7120590.jpg

A “B.1.1.529”, agora batizada de “Ómicron”, é uma das mais de 30 mutações do coronavírus e que está agora a fazer disparar a taxa de contágios, sobretudo entre os jovens. Segundo as autoridades de saúde esta nova variante foi identificada no Botsuana e na África do Sul. Mas afinal, que variante é esta?
O diretor do Centro de Resposta Epidémica e Inovação de África do Sul, Túlio de Oliveira, revelou em conferência de imprensa que “foram localizadas 50 mutações no total — e mais de 30 na proteína spike (a ‘chave’ que o vírus usa para entrar nas células e que é alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19)”. Ora, tal pode indicar que as atuais vacinas podem não combater eficazmente mutações tão distintas. Até agora, segundo avança a imprensa internacional, foram confirmados 77 casos na Província de Gauteng, na África do Sul, quatro casos em Botsuana, e um em Hong Kong, que se crê ter surgido após viagem a África do Sul. Num comunicado divulgado pela representação regional da OMS para África. “A maioria dos profissionais de saúde na África ainda não foi vacinada e continua perigosamente exposta a formas graves” da doença, alertou Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para África. Esta responsável destacou que “é importante saber até que ponto esta variante se encontra em circulação na África do Sul e no Botsuana” e que a organização está igualmente muito atenta ao que se conseguir saber sobre as “características deste vírus”, que está agora no centro das preocupações dos laboratórios de análise e investigação daqueles países.
(Carla Bernardino da revista digital “Delas” / Lusa - 26nov2021)

 

  Diz a Organização Mundial da Saúde:
The B.1.1.529 variant was first reported to WHO from South Africa on 24 November 2021. The epidemiological situation in South Africa has been characterized by three distinct peaks in reported cases, the latest of which was predominantly the Delta variant. In recent weeks, infections have increased steeply, coinciding with the detection of B.1.1.529 variant. The first known confirmed B.1.1.529 infection was from a specimen collected on 9 November 2021.

 

  A nova variante Ómicron já está a criar alarme em todo o Mundo, mas para já a grande preocupação na Europa para este inverno é a sublinhagem AY.4.2 da Delta que já está a tomar o lugar da Delta no Reino Unido e espalhada em Portugal.
Captura de ecrã 2021-11-27 141902.jpg

 

  Uma das epidemias mais mortais da história da humanidade foi a GRIPE ESPANHOLA, uma vasta e mortal pandemia do vírus Influenza H1N1, que durou de janeiro de 1918 a dezembro de 1920. Segundo os dados mais fiáveis infetou uma estimativa de 500 milhões de pessoas, cerca de um quarto da população mundial na época. Estima-se que o número de mortos esteja entre 17 milhões e 50 milhões. 
Os dados da World Health Organization dizem-nos que houve de 30dez2019 a 26nov2021, em todo o Mundo, 259.502.031 casos confirmados e 5.183.003 mortes por COVID-19.
(Na imagem soldados de Fort Riley, Kansas, doentes de gripe espanhola, sendo tratados numa enfermaria de Camp Funston)
800px-Emergency_hospital_during_Influenza_epidemic

 

  O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) informou hoje que os 13 casos da variante Ómicron detetados em Portugal estão associados a jogadores e staff do Belenenses SAD, sendo que um deles terá tido uma viagem recente à África do Sul. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou esta segunda-feira que o risco global representado pela nova variante Ómicron do coronavírus é "muito alto".

 

  Evolução da Caraterização Clínica em Portugal (Dados da DGS)
Captura de ecrã 2021-11-29 142834.jpg



Publicado por Tovi às 07:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
Terceira e última fase do desconfinamento

  Covid-19. Tudo o que muda (e o que se mantém) a partir de outubro.
Captura de ecrã 2021-09-23 173252.jpg

Portugal continental passa a estar em Situação de Alerta;
Abertura de bares e discotecas para pessoas com certificado digital ou teste negativo;
Fim dos limites de horários;
Restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo;
Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local;
Fim do limite de lotação no comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais;
Certificado digital ou teste negativo necessário para viagens marítimas e aéreas, em visitas a lares e estabelecimentos de saúde. O mesmo é verificado para acesso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos;
Máscara continua a ser obrigatória em transportes públicos, lares, hospitais, salas de espetáculo e eventos, grandes superfícies e locais interiores de permanência prolongada;
Máscaras deixam de ser obrigatórias nos recreios das escolas. A DGS irá também atualizar as normas sobre confinamento nos próximos dias;
A máscara também deixa de ser obrigatória no comércio local;
Eliminação da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores;
Fim da limitação à venda e consumo de álcool;
Fim da necessidade de certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios.



Publicado por Tovi às 07:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2021
A propósito do processo de vacinação

   Eu não diria melhor.
jorge campos.jpg



Publicado por Tovi às 07:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 8 de Setembro de 2021
As últimas tropelias do juiz negacionista

Captura de ecrã 2021-09-08 110231.jpg

No mês de agosto passado Rui Fonseca e Castro passou a ser investigado pelo Ministério Público depois de ter chamado "pedófilo" a Ferro Rodrigues e de ter sugerido que o presidente da Assembleia da República se matasse. Dias depois o juiz negacionista apresenta queixa na PGR contra Marcelo e Costa por crimes contra humanidade.

Ontem, terça-feira 07set2021, o juiz Rui Fonseca e Castro, que nega a existência da pandemia covid-19, insultou os membros do Conselho Superior da Magistratura (CSM), quando estava a ser ouvido por estes na sequência do processo disciplinar de que é alvo e que propõe a sua expulsão. "Os senhores sabem, são cúmplices, deviam ter vergonha. Contribuem para a corrupção que existe neste país", declarou. Sempre num tom de voz elevado e arrogante, foi várias vezes chamado à atenção, mas em vão. "O doutor está mais próximo de ser presidente do Supremo Tribunal de Justiça de Marrocos ou da Guiné Equatorial. É esse o prestígio que tem. A sua vaidade e o seu narcisismo não lhe valem de nada. E o mesmo se aplica a todos os outros como é óbvio", afirmou, dirigindo-se ao presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Henrique Araújo. Acusou ainda um membro do CSM de ser da maçonaria. "O senhor está a rir-se, mas provavelmente já andou em rituais bizarros de avental com outros homens".

O Conselho Superior da Magistratura tem agora dois meses para decidir se o juiz negacionista volta a exercer.

À entrada para a audiência, o juiz já tinha provocado os polícias que vigiavam os seus apoiantes. "Não me toque e ponha-se no seu lugar. Eu sou uma autoridade judiciária e o senhor está abaixo de mim", disse a um agente. A PSP não comenta, mas já se sabe que será feita participação ao Ministério Público (MP). A Associação Sindical de Juízes Portugueses "repudia o comportamento de desafio ostensivo e gratuito" do juiz.

 

  Cartoon de Antero Valério, 08set2021
241668199_379043847175925_4661592700414182523_n.jp




Sexta-feira, 3 de Setembro de 2021
Os dias seguintes no Afeganistão

  Lusa, 31ago2021 às 15h49
Aqui estão os cinco principais desafios que o novo regime afegão enfrenta.
1. Défice de confiança - Há uma suspeita generalizada entre a população urbana e educada sobre os Talibã e com boas razões. Muitos afegãos ainda se lembram do período 1996-2001, quando o movimento islamita estava no poder e aplicava uma leitura ultrarrigorosa da 'sharia', a lei islâmica. As mulheres não eram autorizadas a trabalhar e as escolas para raparigas foram fechadas, enquanto os opositores políticos foram executados e as minorias étnicas perseguidas. Vinte anos mais tarde, os Talibã dizem que pretendem prosseguir uma política diferente, inclusive em matéria de direitos da mulher. Prometeram também estabelecer um Governo inclusivo, entrando em contacto com o ex-Presidente Hamid Karzai. Enviaram também representantes para falar com a minoria predominantemente xiita Hazara, perseguida pelos Talibã nos anos 1990. Embora o regresso dos Talibã tenha sido acolhido com alívio em algumas zonas rurais do país, onde as pessoas querem, acima de tudo, acabar com a violência, muitos afegãos afirmaram querer primeiro ver as ações adotadas para depois fazer um julgamento. As mulheres permanecem em estado de alerta, na sua maioria enclausuradas em casa, um sinal da desconfiança generalizada. No vale de Panchir, a nordeste de Cabul, foi organizada uma verdadeira resistência em torno de Ahmad Massoud, filho do comandante Ahmed Shah Massou, assassinado em 2001 pela Al-Qaeda.
2. Desastre humanitário e económico - O Afeganistão é um dos países mais pobres do mundo. Após a queda do regime talibã, expulso do poder em 2001, a ajuda estrangeira inundou o país, representando, em 2020, mais de 40% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas grande parte desta ajuda foi agora suspensa e os Talibã não têm acesso aos fundos do banco central afegão, a maioria dos quais está no estrangeiro. Washington já indicou que os Talibã não terão acesso aos bens e valores que estão no país, enquanto a Alemanha suspendeu a ajuda financeira total. Portanto, a situação poderá tornar-se num desastre, já que os Talibã terão de encontrar rapidamente dinheiro para pagar os salários dos funcionários públicos e assegurar que as infraestruturas vitais (água, eletricidade, comunicações) continuam a funcionar. As receitas atuais dos Talibã, que provêm principalmente de atividades criminosas, são estimadas pelas Nações Unidas entre 250 milhões e mais de 1,3 mil milhões de euros por ano. Um ganho financeiro que é visto como uma gota no oceano face às necessidades atuais do Afeganistão, segundo os especialistas. Neste contexto, a ONU alertou para uma "catástrofe humanitária" que poderá atingir duramente os afegãos neste inverno.
3. Fuga de cérebros - Para além da crise económica, os Talibã também terão de lidar com outra escassez, igualmente crítica e dramática: a de cérebros. Advogados, funcionários públicos, técnicos e muitos outros afegãos qualificados têm fugido do país em voos de retirada fretados por potências estrangeiras nas últimas semanas. Como sinal da sua preocupação, os Talibã instaram na semana passada os ocidentais a retirar apenas os estrangeiros e não os peritos afegãos, como por exemplo os engenheiros, necessários para a manutenção das infraestruturas do país.
4. Isolamento diplomático - Entre 1996 e 2001, o regime Talibã foi um pária na cena internacional. Desta vez, o movimento islamita parece inclinado a procurar um amplo reconhecimento no estrangeiro, embora a maioria dos países tenha suspendido ou encerrado as missões diplomáticas em Cabul. O grupo tem mantido contactos com várias potências regionais, incluindo Paquistão, Irão, Rússia, China e Qatar, mas nenhum deles reconheceu ainda a nova liderança em Cabul e os EUA advertiram que os Talibã terão "de conquistar" a sua legitimidade.
5. Ameaça terrorista - A tomada de controlo do país pelos Talibã não colocou um ponto final à ameaça terrorista, como ficou demonstrado pelo ataque de 26 de agosto, numa zona próxima do aeroporto de Cabul, reivindicado pela filial local do Estado Islâmico. O Estado Islâmico de Khorasan (ISPK), que segue uma linha sunita radical semelhante à dos Talibã, difere destes últimos em termos de teologia e estratégia. Como sinal da forte inimizade entre ambos, o Estado Islâmico qualificou os Talibã como apóstatas em vários comunicados e não os felicitou após a conquista de Cabul, em 15 de agosto. O desafio para os Talibã é, portanto, complexo: defender a população afegã do mesmo tipo de ataques que os seus próprios combatentes levam a cabo há anos no país.

 

  Al Jazeera, 31ago2021 às 18h15
O novo governo do Afeganistão será anunciado nos próximos dias.
Captura de ecrã 2021-08-31 211638.jpg

 

  Al Jazeera, 31ago2021 às 20h05
Querem uma apostinha como não tarda muito e a Índia reconhece oficialmente o governo Talibã no Afeganistão?... E se assim for quem “perde a corrida” é o Paquistão.

Captura de ecrã 2021-08-31 210902.jpg

Jorge De Freitas Monteiro - Nada é impossível por aquelas paragens mas a Índia foi dos países que mais apoiou a ocupação…
David Ribeiro - Eu também achei estranho os indianos serem os primeiros a fazerem reuniões com os Talibã, Jorge De Freitas Monteiro... mas é capaz de ser uma forma da Índia "passar a perna" ao Paquistão.

 

  Wakil Kohsar da AFP News Agency fotografou os membros da unidade das forças especiais Badri 313 dos Talibã a chegarem ao aeroporto de Cabul a 31 de agosto de 2021, depois da retirada total das tropas dos EUA.
239413035_4413262298711739_2875279702445157946_n.j

 

  AFP News Agency 
Cronologia dos principais acontecimentos no Afeganistão, desde a ocupação soviética até à derrota dos EUA.
240842617_4409902452381057_4284329022427036870_n.j

 

   Zabihullah Mujahid... o "Talibã 2.0".
“We want to build the future, and forget what happened in the past."
dd617b6b9106b65e74de353f3b64e732397a9442.jpg

 

   Al Jazeera, notícia de 08fev2021
E agora como estará o combate à pandemia no Afeganistão?
afeghan covid.jpg
  Situação da pandemia no Afeganistão (dados reportados à Organização Mundial da Saúde de 03jan2020 a 01set2021).
Afeganistão Covid-19 01set2021.jpg

 

   Reuters, 02set2021 às 16h06
O secretário de relações exteriores britânico, Dominic Raab, afirmou hoje, durante uma missão diplomática em Doha, que “a realidade é que não reconheceremos os Talibã em nenhum momento num futuro previsível, mas acho que há um espaço importante para engajamento e diálogo”.
doha.jpg

 

  Al Jazeera, 02set2021 às 19h57
A maior empresa de transferência de dinheiro do mundo vai retomar os seus serviços para o Afeganistão depois de ter suspendido a sua operação há duas semanas, quando os Talibã avançaram em Cabul.
Captura de ecrã 2021-09-02 205707.jpg

 

   JN, 02set2021 às 22h18
Militares portugueses partem para o Kosovo para cooperar com forças de outras nações, no campo Bechtel, um alojamento temporário para a operação de apoio aos cidadãos civis afegãos retirados de Cabul e que aguardam para serem recolocados em vários países de acolhimento.
Captura de ecrã 2021-09-02 224812.jpg



Publicado por Tovi às 07:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 18 de Agosto de 2021
Mais um da série "Certificado ou Teste Negativo"


transferir.png



Publicado por Tovi às 07:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 17 de Julho de 2021
Da série "Certificado ou Teste Negativo"

Certificado ou teste negatico.jpg



Publicado por Tovi às 07:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
Já tenho as duas doses da AstraZeneca

Captura de ecrã 2021-07-10 151313.jpg

Foi às 9h20 de ontem que recebi a segunda dose de vacina Covid-19, no conforto e segurança do "drive-thru" instalado no Queimódromo, uma parceria do Município do Porto com o Hospital de São João, Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte), Unilabs e Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Porto Oriental. 



Publicado por Tovi às 07:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 10 de Julho de 2021
Covid-19 - Concelhos em Risco Muito Elevado

Mapa de risco 8jul2021.png

O Porto é um dos 14 concelhos que recuam para o nível de medidas mais restritivas devido à pandemia, anunciou na quinta-feira o Governo, após a reunião do Conselho de Ministros.

 

   Pois é!... Vai ser complicado... É que não se aplica unicamente à zona de alimentação dos centros comerciais, é para toda a restauração.
9jul2021 NorteShopping.jpg

   Evolução da Caraterização Clínica em Portugal (Dados atualizados ao dia de ontem, 09jul2021)
Captura de ecrã 2021-07-09 151207.jpg

   Ocupação nos cuidados intensivos no limite no Algarve e em Lisboa e Vale do Tejo.
UCI 9jul2021.jpg



Publicado por Tovi às 07:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Janeiro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28
29

30
31


Posts recentes

Esta canalha é tramada

A China e as medidas anti...

Ómicron “vai dominar” nes...

Acontecimentos do ano 202...

Feliz Natal... mas com cu...

Vacinar... vacinar... vac...

Ómicron ou B.1.1.529 - O ...

Terceira e última fase do...

A propósito do processo d...

As últimas tropelias do j...

Os dias seguintes no Afeg...

Mais um da série "Certifi...

Da série "Certificado ou ...

Já tenho as duas doses da...

Covid-19 - Concelhos em R...

Há coisas que continuam a...

Novas restrições com o ag...

COVID-19 - Evolução da ...

Distanciamento social

Uma chatice... Uma grande...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus