"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 11 de Setembro de 2021
Cronograma do 11 de setembro de 2001

Foi há 20 anos... nos EUA  

11set.jpg

 


Neste dia e à hora em que dois aviões colidiram com as Torres Gémeas do World Trade Center, estava eu e alguns membros da Direção do Clube Português de Canicultura a almoçar no Restaurante Marisqueira Gambamar, na cidade do Porto, com uma delegação da Fédération Cynologique Internationale que se tinha deslocado a Portugal para visitar o Pavilhão Rosa Mota onde o CPC ia realizar nos dias 5, 6 e 7 de Outubro o Campeonato do Mundo de Agility desse ano. Durante toda a tarde fomos acompanhando os relatos que os diferentes canais televisivos nos iam dando e os delegados da FCI contactavam constantemente os seus países tentando saber algo mais do que nós lhes íamos transmitindo. Foi um dia difícil este em que o Mundo se viu confrontado com uma ação do terrorismo internacional em pleno coração da América.

  Vicente Ferreira da SilvaHá vinte anos estava a caminho da biblioteca da universidade. Preparava-me para subir notas e tinha combinado ajudar uns colegas na preparação para as frequências. Na altura frequentava Estudos Europeus, um curso que tinha política e relações internacionais como base transversal. Gosto de caminhar e como o dia estava bom fui a pé. Comecei a aperceber-me que algo estava errado ao chegar à Praça Carlos Alberto. Essa dúvida transformou-se em certeza em Santa Catarina. Independentemente da rua, independentemente das lojas, todas das televisões mostravam a mesma coisa: uma imagem estática das torres gémeas com uma coluna de fumo a crescer. Definitivamente, algo estava errado. E a estranheza assumiu outra dimensão quando vi a azáfama que crescia entre os turistas que estavam no Café Majestic. Aproximei-me duma televisão no momento em que o segundo avião atinge o World Trade Center. Já não fui para a universidade. Dei meia-volta e voltei para casa. O mundo ia mudar e ter mais informação era a prioridade. No regresso a casa, uma miríade de pensamentos e de pensadores, relacionados com o mesmo tema – o binómio liberdade e segurança –, assaltou-me a mente. Franklin, Adams, Jefferson e Acton foram alguns dos nomes. E a certeza que começou a crescer em mim foi de que o pendor da balança seria da segurança. Sete mil trezentos e cinco dias decorreram entretanto. E não há qualquer dúvida que o percurso da história da humanidade foi alterado nesse fatídico dia.



Publicado por Tovi às 07:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 22 de Agosto de 2021
Galgo Afegão

Nestes tempos conturbados em que o Afeganistão é tema de abertura de telejornais e de primeiras páginas de jornais, venho hoje falar-vos de uma das mais antigas e belas raças caninas, o GALGO AFEGÃO.

Com um longo manto de seda, uma estatura dinâmica e uma expressão graciosa, um Galgo Afegão é, de facto, uma visão impressionante. Os machos atingem uma altura de cernelha até 74 cm, as fêmeas podem chegar aos 69 cm, estas belezas desportivas pesam no máximo 30 quilos. O pelo comprido, que já protegia os ancestrais da raça do ar frio da montanha, consiste numa pelagem espessa e sedosa e que pode aparecer em várias tonalidades.

Afghan-hound-SPDR-150648257.jpg

Os ancestrais desta raça pertenciam às matilhas de cães mais antigas que coabitavam com os humanos. Na sua terra natal afegã, estes cães serviram o povo por milénios como cães de guarda e cães de proteção e eram companheiros especialmente populares para a caça, onde eram usados como caçadores pela visão, especialmente devido à sua rapidez em corrida. Com tenacidade e velocidade, caçavam tudo, desde o coelho até felinos selvagens. Estes companheiros de caça eram muito apreciados, pois no deserto estéril o bom desempenho dos cães era considerado vital para a sobrevivência do homem. A exportação destes cães era punida com pena de morte no seu país de origem, mas um oficial britânico conseguiu trazer os primeiros galgos do Afeganistão para a Grã-Bretanha por volta de 1890. No início do século XX, os amantes britânicos desta raça cruzaram cães de caça de vários tipos: estes cruzamentos incluíam cães do deserto e da montanha. Os filhotes resultantes destes cruzamentos representam o início da criação moderna do Galgo Afegão. Noutros países a raça começou a ser conhecida mais tarde, como por exemplo na Alemanha, onde apenas ficou célebre a partir de 1930. Com a crescente popularidade da raça como cão de moda e exposições, houve também uma mudança no padrão: o pelo tornou-se mais volumoso, o que acabou por se revelar um obstáculo para o sucesso na passerelle. Hoje, dependendo da finalidade - cão de companhia, cão de exposição ou cão de desporto - existem diferentes linhas de reprodução que podem apresentar desvios, em alguns pormenores, das características originais da raça.

FCI – Standard n.º 228 – AFGHAN HOUND



Publicado por Tovi às 10:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
CPC - Conselho Disciplinar

Teve lugar ontem, na sede do Clube Português de Canicultura, em Lisboa, a tomada de posse dos seus órgãos sociais para o triénio 2021-2023.

   Conselho Disciplinar
Tomada de posse CPC.jpg
(Da esquerda para a direita: Eduardo Pina, David Ribeiro, Isabel Saldida, Joaquim Diniz, Luís Carvalho)

 

    Comentários no Facebook
Vale Dos Princípes - Parabéns caro amigo. Agora é começar a trabalhar pois devido ao último acto eleitoral o mais tem é matéria para o CD analisar. Mas diga me uma coisa... E desta vez correu tudo bem? Não houve nenhuma tentativa de falsificação ou algum engano e adiamentos da mesa???
David Ribeiro - Tudo correu lindamente, Vale Dos Princípes... ou não fossemos todos gente de bem.
Sergio Freitas - Bom trabalho a todos
Luis Gorjão Henriques - Parabéns e bom trabalho. Também me parece que vão ter muito
Francisco Silva - Bom trabalho ...
Isabel S Sousa - Muitos parabéns a todos!
Maria Manuela Cameira Cardita - Felicidades!
Isabel Morgado Saldida - Por mim obrigada. Vai ser muito trabalho pelo que já vi. Estamos prontos para fazer o melhor de nós
Vale Dos Princípes - Isabel Morgado Saldida… É o que TODOS OS SÓCIOS esperam. O que se passou não pode ser esquecido ou relevado...
Miguel Sabino - A todos votos de um bom mandato.
Hugo Paiva - Parabéns e felicidades para o mandato
Rafael Maciel Oliveira - Parabéns amigo David.
Rui Gonçalves - Parabéns e bom trabalho.
Carla Afonso Leitão - Muitos parabéns, David! Votos de muito muito sucesso para si e para toda a equipa.
Celia Crespo - Parabéns a todos
Jorge Veiga - Parabéns boa sorte e bom trabalho!
Óscar Ferraz Boscardini - Agora sim... Estamos seguros de que tudo será resolvido com justiça
Vitor Sergio Maia Silva - Parabéns a todos vocês
Amadeu Pereira - Muitos parabéns
Manuel Pissarra Correia - Parabéns e bom trabalho.
Paulo Rodrigues – Parabéns
Marco Lopes - Muitos parabéns!!
Costa Fontan Agustin – Parabenass
Rafael Fernandez de Zafra - Parabéns, buen mandato y recordad la estatua de la justicia: sin mirar quién ni qué todo se pesa en la balanza.
António Vilar Ribeiro - Parabéns a todos.
Arlindo Cardoso - Muitos parabéns, David. Abraço.
Rui Medeiros Teixeira - Parabéns. Votos de um Excelente trabalho!



Publicado por Tovi às 08:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 22 de Junho de 2021
Falando de Galgos... um tipo de cães que me fascinam

azawakh.jpg

Sabem que raça é esta?... É um AZAWAKH.
Vejam aqui as suas características.

 

    Comentários no Facebook 

Jose Romão - Então a pergunta é só para os do PAN?

David Ribeiro - Oh pá!... esses nem sabem bem o que é um cão, quanto mais um galgo. 😉

Fernando Duarte - Assim tão magro, é da raça "passa-fome". Tadinho do patudo.

Antonio Dias - É um Galgo Trinca-Espinhas.

João Moura Cunha Barbosa - A raça não sei. Mas que passa fome não duvido.

Chico Gouveia - É magrinho mas come muito. O dono é que não lhe dá.

David Ribeiro - Meus queridos Amigos... nos últimos vinte anos houve sempre cá em casa WHIPPETS - uma das raças do tipo Galgo - e mesmo utilizando o sistema de "ração à descrição", nunca comeram mais do que os 300 gramas/dia que lhes eram recomendados.

 


No Egito, 2 mil anos antes de Cristo, os Galgos foram representados em vários monumentos. Mais tarde os gregos e os romanos apreciaram-lhes a musculatura bem desenvolvida e a rapidez. Já os reis e senhores da Idade Média atribuíam a beleza do bicho, principalmente, à elegância e à aristocracia. Eram considerados cães nobres.
0e38e4c91f0ed4c09e9795f80ef3e6bb.jpg



Publicado por Tovi às 07:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 12 de Junho de 2021
Eleições no Clube Português de Canicultura

lista d 31mai.jpg

Hoje há eleições no Clube Português de Canicultura e eu candidato-me ao Conselho Disciplinar numa equipa de pessoas de bem, cuja Dedicação, Integridade, Competência e Abnegação permitirão um desenvolvimento das competências do CPC assentes no progresso, modernização, isenção, disciplina e equidade.

 


Bem!... Parece que houve grande bronca nas eleições do CPC. O ato eleitoral foi suspenso, as urnas seladas e seguir-se-á procedimento criminal. Não sei pormenores mas constou-me que a lista H praticou várias fraudes.

Comunicado da MAG - 13 de junho de 2021
A MAG detetou várias irregularidades durante o ato eleitoral de hoje, as quais colocam em causa a sua legitimidade e a validade do seu eventual resultado.
Na sequência das ditas irregularidades, a MAG consultou os representantes das 9 listas candidatas expondo os factos apurados, devidamente documentados.
A maioria dos presentes concordou na anulação do ato eleitoral e todos foram unânimes na necessidade de proteger os associados, o CPC e o novo ato eleitoral, que, no entender da MAG, se impõe, visto este se encontrar ferido de morte.
A MAG irá envidar todos os esforços para convocar nova assembleia eleitoral com regras que respeitem a lei e assegurem a total transparência da vontade expressa dos sócios.
Mais informamos que as urnas contendo os votos foram seladas com a concordância de todos os presentes.
A Mesa da Assembleia Geral
Maria Amélia Taborda, Paulo Coelho, Luísa Rufino, Luís Varela

 

    Comentários no Facebook

Carla MolinariNão concordei com esta decisão. As culpas do ocorrido devem ser claramente explicadas aos sócios numa AG convocada para esse efeito, e a lista em causa deve ser excluída. Não a repetição deste circo.

 

   Resultados Eleitorais para o triénio 2021-23

Na terça-feira, dia 15 de junho de 2021, a MAG do CPC, com a concordância unanime de todas as candidaturas, concluiu o processo eleitoral.
Resultado Eleitoral 15jun2021.jpg

Tudo bem quando acaba bem... mas há que tirar ilações de “coisas feias” que se passaram neste ato eleitoral no CPC. Voltarei a este assunto brevemente.
Lista vencedoras .jpg

    Eduardo Pina - Breves reflexões
1. A Lista D, candidata ao Conselho Disciplinar, foi eleita com 853 votos, o que corresponde a 67% do total do universo de votos contabilizados. Trata-se de uma votação expressiva para um Órgão Social de vital importância na vida do Clube. Este resultado é tão mais importante, pois, creio, representará a maior votação quantitativa conseguida por uma lista a este Órgão Social. O facto de a Lista D ser a única lista concorrente não invalida a magnitude do resultado alcançado, relembro que nos três últimos triénios 2012-2014, 2015-2017 e 2018 -2020, as listas candidatas ao Conselho Disciplinar foram sempre listas únicas.
2. O Conselho Disciplinar eleito e que em breve será empossado é constituído por uma equipa, liderada pela Isabel Morgado Saldida, que reúne competências técnicas e conhecimento da canicultura que dão garantias da qualidade do trabalho que iremos desenvolver. E sublinhe-se, na área disciplinar, dentro dos limites estatutários e do regulamento disciplinar, existe muito a fazer para bem dos Sócios, do CPC e da Canicultura Portuguesa.
3. Uma nota pessoal a este respeito, quando aceitei, há muitos meses atrás, o convite da Carla Molinari e da Isabel Morgado Saldida para integrar esta equipa assumi um compromisso que implica algumas decisões e escolhas pessoais. Para os mais distraídos, importa dizer que estas funções são realizadas de modo Pro Bono, em prejuízo do tempo que tenho para a minha família e para a minha profissão. Para os mal intencionados, assumo publicamente uma decisão que já assumi noutras ocasiões (p.ex. quando fiz parte da Comissão Executiva Transitória do Clube Português do Bouledogue Francês, liderada pelo Bispo Pedro Ivo), considerando que ocupo um lugar num Órgão Social do CPC e enquanto durar o nosso mandato, não irei inscrever ou apresentar qualquer exemplar de que seja proprietário ou criador em exposições de beleza (ou qualquer outra modalidade) organizadas pelo Clube. É uma decisão estritamente pessoal que não obriga nem vincula qualquer outro dos elementos da Lista D, mas, sempre defendi que o respeito e carinho que tenho pelos meus cães, pelo CPC e pelos outros agentes da canicultura obriga a que tenha de abdicar de uma coisa de que gosto particularmente em prol da transparência e verdade, que considero serem os pilares inabaláveis desta nossa atividade.
4. A Lista I, encabeçada pela Carla Molinari, é a indiscutível e enorme vencedora deste ato eleitoral. Nas circunstâncias em que se realizou a campanha, face à desproporção de meios evidenciada e à determinação de tantos em derrubá-la, o resultado de 46% alcançado é ainda mais expressivo. Os sócios foram claros naquilo que pretendem para o CPC e deram uma grande lição democrática a todos aqueles que arduamente contribuíram para a delapidação da imagem pública do Clube nos últimos meses. Fico tanto ou mais satisfeito com este resultado porque, ao contrário de todas as vozes que me aconselharam a não aceder ao convite da Carla Molinari e consequentemente a apoiá-la neste momento, provou-se que estive ao lado do projeto mais credível e íntegro.
5. A Lista B, encabeçada pelo Rui Araújo, é a segunda grande vencedora deste escrutínio, basta dizer que tinha duas fortíssimas concorrentes e que foi a única que, não gravitando no universo associado à atual presidente do CPC, conseguiu sair vitoriosa. Cada vez mais, tem sido evidente a importância de termos uma MAG forte, sensata e competente, tudo características que, sem qualquer dúvida, reconheço a todos os membros eleitos para este Órgão Social. Um cumprimento especial para a Maria Gabriel Rafael que ao longo dos anos sempre tem sido tão generosa e educada comigo.
6. A Lista C, encabeçada pelo Silvio Rafael, em meu entender, é a última grande vencedora das eleições, pois, mesmo com concorrência, obtém 823 votos, representativos de 66% do universo total de votantes, o que é digno de registo.
7. A Lista H, encabeçada pelo José Mello, é a maior derrotada deste processo eleitoral. O resultado de 33% dos votos expressos em urna é uma tareia para quem, já há seis meses, se considerava eleito. Justiça seja feita, arriscaram, trabalharam e aportaram algumas boas propostas, mas, infelizmente para todos, saem pela porta pequena, não só porque têm um resultado que representa a rejeição pelos sócios desta alternativa, como, e sobretudo, porque face aos acontecimentos que se registaram no ato eleitoral não quiseram, nem souberam, demarcar-se em tempo, pelo seu silêncio demonstrando que dificilmente teriam qualidades de liderança para poderem dirigir o Clube.
8. Uma palavra final de respeito a apreço para quem mais importa, OS SÓCIOS, pela afluência às urnas que foi registada, pela participação na discussão dos vários projetos que lhe foram apresentados e pela vontade já manifestada por vários meios de unidos cerrarmos fileiras na defesa da Canicultura, do Cão de Raça e do CPC. Bem hajam.
9. Agora, arregaçar mangas e vamos ao trabalho, porque “falar é fácil…mas, fazer já não é. Na rua o que há mais é bravos que na hora do aperto, mesmo ao perto tiram o pé.”



Publicado por Tovi às 11:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 10 de Maio de 2021
Bom Cãoportamento Escola de Treinos Canino

184025762_10219649655219800_7434403088876663981_n.

No passado sábado… uma excelente tarde de Agility e sã camaradagem na "Bom Cãoportamento Escola de Treinos Canino".



Publicado por Tovi às 07:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 13 de Abril de 2021
Comunicado da Mesa da Assembleia Geral do CPC
170477893_10158339815248531_5225635378882051652_n.

A MAG continua a reger-se pela lei, pela segurança, pelo bom senso, mas acima de tudo pelo respeito pelo CPC e todos os seus associados.
Rejeitará sempre qualquer tentativa de pressão para se desviar do seu caminho e continuará a trabalhar por todos dentro das suas competências.
Ontem [6abr2021] e à semelhança duma primeira reunião ocorrida a 18 de Fevereiro último, a MAG convocou todos os cabeças de listas concorrentes aos Órgãos Sociais do CPC no próximo acto eleitoral, ainda sem data.
Estas reuniões sendo inéditas, são uma decisão responsável desta MAG, unida desde que tomou posse, no objectivo de agir nas horas difíceis (que têm sido muitas) duma forma transparente.
Porém, sabemos bem que é a nós que compete toda e qualquer decisão no âmbito das nossas atribuições e assim será até à hora de dar posse a novos Órgãos Sociais.
Para que os sócios se sintam envolvidos neste processo complicado a MAG propôs tornar pública a acta desta reunião não estatutária, o que foi bem aceite por todos os presentes.
Mais a MAG congratula-se com a UNANIMIDADE alcançada sobre todos os assuntos informados e decididos.
Esperamos encontrar uma “janela de oportunidade” em segurança, a bem de todos e do CPC.
Esperamos ainda que os nossos comportamentos individuais contribuam para que cada vez mais haja menos constrangimentos.
Protejam-se
A Mesa da Assembleia Geral
Maria Amélia Taborda
Paulo Coelho
Luísa Rufino
Luís Varela



Publicado por Tovi às 07:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
Lista D para o Conselho Disciplinar do CPC

Lista D pag1.jpg
Lista D pag2.jpg



Publicado por Tovi às 07:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2021
Eleição para os Órgãos Sociais do CPC

CPC .jpg

De acordo com o artigo 28 dos Estatutos do Clube Português de Canicultura (CPC) o calendário eleitoral previsto para os Órgãos Sociais (Direção, Mesa da Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Conselho Disciplinar) para o triénio 2021-2023 determina a entrega das listas candidatas até às 12 horas de 18 de fevereiro. A Assembleia Geral Eleitoral será marcada após o desconfinamento, devido ao parecer desfavorável feito pela autoridade de saúde relativo à data marcada inicialmente para 20 de março.

 


Para conhecimento de todos os meus Amigos informo que integro como vogal e com muita honra a Lista D candidata ao CONSELHO DISCIPLINAR DO CPC para o triénio 2021-23.
Conselho Disciplinar do CPC.jpg

   Comunicado da Presidente da MAG do CPC - 19fev2021

151605716_10158220891508531_7637454675651733361_o.

“…depois de explicarmos ainda na reunião de 18 de Fevereiro com os representantes de todas as candidaturas homologadas como seriam os procedimentos durante o acto eleitoral foi infelizmente comunicado o parecer desfavorável devidamente fundamentado pela ARS/LVT, recepcionado nessa mesma data. …/… não é de sua vontade [da MAG] o adiamento, sem data marcada, das Assembleias Gerais Ordinária e Eleitoral. Há um imperativo que tivemos de respeitar. …/… apenas ficam suspensos os actos, Assembleia Ordinária respeitante a 2020 e Assembleia Eleitoral, sem prejuízo do restante calendário.”



Publicado por Tovi às 07:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 14 de Fevereiro de 2021
Regionalizar o âmbito de ação do CPC

CPC eleições ha.png

Mais que não fosse só o facto desta candidatura à Direção do Clube Português de Canicultura defender “Regionalizar o âmbito de ação do CPC” já seria o suficiente para eu, regionalista convicto, apoiar esta candidatura.

 

    Comentários no Facebook
Paulo Jorge Teixeira - Acho muito bem. E vai com força e a energia que te reconhecemos. Regionalizar é preciso.



Publicado por Tovi às 07:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 6 de Fevereiro de 2021
Todos pela Canicultura

Grandes objetivos da candidatura à Direção do CPC que eu apoio 

CPC eleições aa.pngCPC eleições ba.pngCPC eleições ea.png



Publicado por Tovi às 07:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 26 de Setembro de 2020
Exposições Caninas de Aveiro

119941060_10159410608247908_5856282294825422259_n.
Um evento com os constrangimentos inevitáveis... mas está a ser bom. 

 

  BEST IN SHOW da 19ª E. C. N. Aveiro (sábado)
bis aveiro sabado.jpg

   BEST IN SHOW da 12ª E. C. I. Aveiro (domingo)
bis aveiro domingo.jpg

 

  Comentários no Facebook
av eiro.jpg


Tags: , ,

Publicado por Tovi às 20:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 4 de Agosto de 2020
Uma Provedoria do Animal… porque não?

Nuno Vieira e Brito (Professor do Ensino Superior, ex-DG de Alimentação e Veterinária, ex-Secretario de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar) tem toda a razão.
Anotação 2020-08-04 114102.jpg

  Artigo completo aqui.



Publicado por Tovi às 11:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 2 de Agosto de 2020
O Primeiro-Ministro que incendiou a DGAV

Ontem… no Observador.

Anotação 2020-08-01 121758.jpg
Na sequência da morte de dezenas de cães e gatos em Santo Tirso, a tutela do bem-estar dos animais de companhia passa da alçada de veterinários para os ambientalistas. Faz todo o sentido, claro...
Estamos na época de fogos rurais, onde é recorrente que os noticiários e capas de jornais deem destaque aos prejuízos ambientais, económicos, sociais e, infelizmente, também de vidas humanas que se perdem. Mas nos últimos dias tem sido diferente: após o incidente dos canis ilegais de Santo Tirso, as redes sociais, os meios de comunicação e parte dos políticos inundam-nos todos os dias com o triste episódio da morte de dezenas de cães e gatos, que passou a ser o tema do momento…
O tema, e o referido episódio, têm assoberbado telejornais e jornais com uma força díspar, quando comparamos com os tristes episódios do falecimento de vários bombeiros no decorrer desta época de fogos. É óbvio que não podemos ficar indiferentes ao caso de Santo Tirso, mas a demanda política e social atingiu laivos difíceis de compreender. A crescente humanização dos animais de companhia começa a atingir proporções que custam a entender numa sociedade onde muito falta, mas de que pouco se fala, ou incomoda tanto, como a morte de cães e gatos num fogo florestal, num canil ilegal. Poucos são os casos que tenham tido tanta ação política como este, do canil de Santo Tirso.
O assunto ganha ainda mais foco mediático, quando o próprio Primeiro-Ministro, no decorrer do discurso do Estado da Nação, chama a si os holofotes deste episódio, mas escolhe como campo de batalha um dos seus próprios organismos, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAV. Atacando-a, como se a mesma não estivesse sob a tutela do seu próprio Governo, como se a mesma não tivesse vindo a ser depauperada dos seus recursos financeiros e humanos ao longo dos diversos governos dos últimos tempos, em relação à qual, o próprio Primeiro-Ministro deveria assumir as culpas da incapacidade de fiscalização.
Mas não! Entendeu o Primeiro-Ministro usar os microfones do Parlamento para “cortar cabeças” e, pura e simplesmente, incendiar totalmente uma entidade tutelada pelo seu Ministério da Agricultura. Tal como em Santo Tirso, deu-se início a um fogo em que não foi permitido que se atuasse e se analisasse a melhor forma de reestruturar um organismo, que, em conjunto com o Ministério da Agricultura, tutela os animais de companhia há mais de 100 anos, e, num ápice (estranho como tudo foi organizado tão depressa…), anuncia-se a mudança da tutela do bem-estar dos animais de companhia, da Agricultura para o Ambiente e da DGAV para o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).
E aqui levantam-se inúmeras questões: quais as competências do Ambiente para com os animais de companhia? Qual a razão de ser de se passar a coordenação da realidade dos animais de companhia, como os cães e os gatos, de um organismo de índole veterinária, para um organismo que tem a alçada das florestas e da conservação da natureza? Faz sentido? Nenhum. E se analisarmos a mudança com base na capacidade de um organismo perante o outro, em termos financeiros e de recursos humanos, então batemos no fundo, pois se a realidade, bem conhecida de todos, da incapacidade do Estado em fornecer condições financeiras à DGAV é um facto, então a realidade que paira sobre o ICNF é exatamente a mesma, ou pior.
Fica no ar, a ideia que o Governo anda a empurrar o problema com a barriga, sem pensar nas consequências, sendo algo que já vimos recentemente com a aprovação da lei do Fim dos Abates em Canis, em 2016, onde é cada vez mais óbvio que se legislou sem pensar e sem se conhecer a realidade no terreno.
A mudança é errada, confusa e, certamente, pouco prática. É pena, pois da minha parte teria o maior dos gostos em ver o Estado a fornecer as condições para a mitigação do problema dos animais errantes, mas estou em crer que esta mudança não foi mais do que uma ação de charme para agradar a uma franja minoritária do Parlamento e para puxar para o Primeiro-Ministro os “likes” das redes sociais.
Acontece que o problema irá persistir. Mudam-se apenas as cadeiras e dá-se um balão de oxigénio a um partido que recentemente passou pelo pior momento da sua história com a debandada dos próprios deputados e membros da sua equipa, exatamente por se ter desviado da defesa dos cães e gatos. E que, face a este episódio de Santo Tirso, agiu como sempre tem agido nestes momentos, no aproveitamento político de tragédias.
O Primeiro-Ministro, no entanto, nesta senda de querer agradar a uns, não deveria ter-se esquecido que o problema é muito simples e direto, face à aprovação da Lei de 2016, ou seja, investimento! Dinheiro, recursos, orçamentos! De onde virá o dinheiro para garantir a resolução deste problema?Tendo em conta, como referido na carta aberta subscrita por um grupo de trabalhadores da DGAV, onde se estima de modo muito conciso e real, um valor de 100 milhões de euros anuais para resolver o problema dos animais errantes em Portugal — o mesmo que o Estado dedicou ao reforço do SNS na sequência da pandemia de Covid-19 –, será que acresce um reforço no Orçamento do Estado para o ICNF assumir estas funções? O que ficará para trás, em Portugal, enquanto assistimos a este jogo de cadeiras políticas?
Infelizmente, creio que tudo não passará de uma jogada política e de holofotes, que em nada ajuda a resolver o problema em causa, e dentro de uns meses voltaremos, certamente, a assistir a mais espetáculos políticos em redor deste tema.
Até lá, o bem-estar dos animais de companhia passa dos veterinários para os ambientalistas. Faz todo o sentido, claro…



Publicado por Tovi às 08:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 20 de Julho de 2020
Tragédia na serra da Agrela

mw-680.jpg

Muito já se disse e ainda muito mais se dirá sobre o trágico acontecimento na Serra da Agrela, em que 52 cães e dois gatos morreram num incêndio que atingiu um abrigo que acolhia inúmeros animais. A lei em vigor (n.º 8 de 2017) é um absurdo e é tempo de se legislar com pés e cabeça, até porque os animais o merecem.


112430983_10217688212901605_3419299824728315606_o.

    Clube Português de Canicultura
COMUNICADO - Incendio no canil em Santo Tirso
O Clube Português de Canicultura lamenta profundamente a tragédia ocorrida na Serra da Agrela, Sto Tirso, que afectou a espécie que tanto acarinhamos, dum modo inaceitável.
O CPC espera que todos os contornos desta tragédia sejam apurados e que os responsáveis sejam exemplarmente punidos.



Publicado por Tovi às 11:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Cronograma do 11 de setem...

Galgo Afegão

CPC - Conselho Disciplina...

Falando de Galgos... um t...

Eleições no Clube Portugu...

Bom Cãoportamento Escola ...

Comunicado da Mesa da Ass...

Lista D para o Conselho D...

Eleição para os Órgãos So...

Regionalizar o âmbito de ...

Todos pela Canicultura

Exposições Caninas de Ave...

Uma Provedoria do Animal…...

O Primeiro-Ministro que i...

Tragédia na serra da Agre...

Muito bem...

91ª Exposição Canina Inte...

90ª Exposição Canina Inte...

Exposições Caninas Intern...

V Monográfica do Cane Cor...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus