"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quinta-feira, 16 de Maio de 2024
Primeiro-ministro da Eslováquia baleado

2024-05-15T131211Z_1759146757_RC21R7ARPL8V_RTRMADP

O primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, foi baleado com gravidade no dia de ontem [4.ª feira 15mai2024] durante uma visita à cidade de Handlova, tendo sido levado de helicóptero para um hospital em Banska Bystrica. Ainda é muito cedo para se saber quem é o suspeito detido e quais as suas intenções... mas não esqueçamos que o partido de Fico venceu as eleições parlamentares de 30 de setembro na Eslováquia, depois de fazer campanha com uma mensagem pró-Rússia e antiamericana, além de promessas de parar o apoio militar a Kiev. Estas coisas normalmente estão sempre ligadas.

  Mais ao fim do dia de ontem o ministro do Interior eslovaco confirmou que o primeiro-ministro foi atingido com cinco tiros. Matúš Šutaj-Eštok indicou que o atacante, identificado como um poeta de 71 anos, agiu com motivações políticas. As últimas informações apontavam que o primeiro-ministro Robert Fico continuava na sala de operações, onde a equipa médica tentava lidar com os ferimentos, nomeadamente uma hemorragia no abdómen, que ainda não tinha sido contida.

  
Carlos Miguel Sousa
Admiro estes povos que não têm medo de alvejar um politico.
David Ribeiro
Então o Carlos Miguel Sousa defende que devemos expressar opiniões políticas na rua aos tiros e não nas assembleias de voto... é isso?
Carlos Miguel SousaDavid Ribeiro Não. Apenas admiro aqueles que em vez de espetarem um tiro nos miolos, optam por levar um politico com eles... é que estou um bocado cansado de perder amigos empresários, que vão à falência, ficam desesperados e matam-se em vez de matarem primeiro um destes pulhas que por aí andam a enganar o povo. Apenas isso. Se o meu comentário lhe parecer demasiado cru, apague-o. A ditadura do politicamente correto pode não gostar.
David RibeiroCarlos Miguel Sousa, não tem nada a ver com "ditadura do politicamente correto", é unicamente porque ainda não consigo encontrar nenhum motivo para se dar um tiro em quem quer que seja, muito menos por motivos de ideologia política.
Carlos Miguel SousaDavid Ribeiro Os tiros foram dados por uma questão muito objetiva. A pessoa que alvejou o politico ficou numa situação de « não ter nada a perder » por causa de uma lei, feita por este. Quantos micro empresários quer que eu lhe apresente que foram colocados numa posição semelhante pela AT, em PT ?
David RibeiroCarlos Miguel Sousa, a "pessoa que alvejou o político" é um conhecido opositor ao regime atualmente na Eslováquia e não se lhe reconhece outra atividade além de poeta.

  Às primeiras horas de hoje [5.ª feira 16mai2024] o vice-primeiro-ministro da Eslováquia, Tomás Taraba, anunciou que o chefe de Governo, Robert Fico, baleado esta quarta-feira, já foi operado e não corre perigo de vida, embora com lesões complicadas.



Publicado por Tovi às 07:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 8 de Abril de 2024
Assim vai a União Europeia e a NATO

img_900x508$2024_04_07_15_32_43_1621357.jpg

O presidente do Parlamento da Eslováquia, Peter Pellegrini (*), venceu o segundo turno das eleições presidenciais (53,26% dos votos, contra 46,73% do candidato da oposição pró-Ocidente Ivan Korcoks), consolidando o domínio do primeiro-ministro pró-Rússia, Robert Fico. E não esqueçamos que a Eslováquia é de pleno direito membro da União Europeia (desde maio de 2004) e da NATO (desde março de 2004).

(*) Peeter Pellegrini, entre 2006 e 2012, foi membro do Conselho Nacional Eslovaco. Tornou-se então secretário de Estado das Finanças, ocupou este cargo até a sua nomeação como ministro da Educação, Ciência, Investigação e Desporto em 3 de julho de 2014. Foi presidente do Conselho Nacional entre 25 de novembro de 2014 e 23 de março de 2016. Foi primeiro-ministro, de 22 de março de 2018 a 20 de março de 2020.

 

  Expresso 4abr2024
gettyimages-1522782667-scaled.jpgO sucessor de Jens Stoltenberg na liderança da NATO será conhecido na cimeira de junho, em Washington DC. Mas Mark Rutte tem ainda de convencer Hungria, Turquia, Roménia e Eslováquia, que por razões diferentes, são obstáculos no caminho do atual primeiro-ministro neerlandês, que tem de obter unanimidade para chegar ao cargo.

  CM/Lusa 8abr2024
Captura de ecrã 2024-04-08 170228.pngO PCP refere que passados 75 anos a atual situação internacional mostra a "falsidade das proclamações da NATO como uma dita organização defensiva"



Publicado por Tovi às 07:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2024
As guerras não são só tiros e bombas

900.jpg

Centenas de agricultores e camionistas romenos estão junto à fronteira da Ucrânia. protestando não só pelos elevados preços dos combustíveis e tarifas de seguros, mas também pela pressão provocada no mercado interno pela entrada de produtos agrícolas ucranianos. Cinco países da União Europeia escreveram uma carta a Bruxelas a exigir a colocação de tarifas à importação de cereais ucranianos. Em comunicado, o ministério da Agricultura da Hungria explicou que o país, em conjunto com a Roménia, Eslováquia, Bulgária e Polónia, reclamam dos produtos agrícolas ucranianos, na sua maioria mais baratos, estarem a "inundar" o mercado.

  
Adao Fernando Batista BastosSejam quais forem as razões,a coincidência de serem paises ex- comunas terá alguma coisa a ver com isso? Uma costela pro- Russia?
David RibeiroAdao Fernando Batista Bastos... este problema já vem de há meses e tem a ver com a falta de proteção da União Europeia aos agricultores dos países fronteiriços com a Ucrânia. Tanto querem ajudar a Ucrânia sem pensarem nos países que integram a UE que facilmente chegaremos a um "desinteresse" em apoiar os senhores de Kiev.

  Lusa/Expresso - 16jan2024
mw-694.webpMinistro das Infraestruturas polaco anunciou que os transportadores do país, que desde novembro bloqueiam a fronteira com a Ucrânia em protesto contra a concorrência desleal de Kiev, vão suspender a ação. Vice-primeiro-ministro para a Reconstrução da Ucrânia diz estar "pronto para um diálogo aprofundado" com Varsóvia. A Ucrânia declarou-se nesta terça-feira pronta para negociações com a Polónia, após o levantamento do bloqueio da sua fronteira pelos camionistas polacos, mas comprometeu-se a defender a "sobrevivência" da sua economia nessas conversações.

  Apoio da UE à Ucrânia
Captura de ecrã 2024-01-17 091430.pngViktor Orbán não é flor que se cheire, mas tem toda a razão quando sobre o apoio militar à Ucrânia afirmou dever esta ajuda ser feita “de uma forma que não prejudique o orçamento da UE (...) ceder 50 mil milhões de euros do orçamento da UE durante quatro anos é uma violação da soberania e dos interesses nacionais da UE. Nem sequer sabemos o que vai acontecer dentro de um quarto de ano”.

  
Adao Fernando Batista Bastos
É muito euro...para eternizar um conflito em que ambos os contentores estão inflexiveis. So que um, a Rússia, parece não estar a sentir económica e financeiramente os efeitos da guerra e ate tem consolidado acordos importantes!
Jose Luis Soares MoreiraDesde que a UE não prejudique a vida dos seus cidadãos, ajudar um país irmão como a Ucrânia a defender-se de um invasor cruel como é Putin, pois creio não ser a vontade da maioria Russa no apoio a esta guerra, é ser-se corajoso neste flagelo que é a guerra onde a destruição e morte abunda levada a cabo pela maldade do poder.
David RibeiroA Ucrânia é "um país irmão" de quem Jose Luis Soares Moreira?... Seguramente será um país mais irmão de o tal "invasor cruel" do que de um qualquer país da União Europeia. A história não pode ser reinventada depois da chegada de Zelensky ao poder.
Jose Luis Soares MoreiraDavid Ribeiro, creio que chegou ao poder com uma maioria absoluta, se não cumpriu deveriam ser os Ucranianos a se exprimir, não alguns amigos do regime de Putin a causar as desordens separatistas. David Ribeiro, como bem sabemos e talvez baseados nesta Guerra sangrenta, temos outros seguidores como a China, a Venezuela, e outros mais mundo fora.
David RibeiroMas qual é a ligação histórica social e económica que o meu caro amigo Jose Luis Soares Moreira encontra entre a Ucrânia e a União Europeia?
Jose Luis Soares MoreiraDavid Ribeiro, por exemplo Portugal sempre foi acolhedor de seu imigrantes. Por que razão a América está também ou é a principal ajudar num conjunto de outros países?
D
avid RibeiroJose Luis Soares Moreira... os interesses dos EUA são outros e perante um problema de imigração no sul do seu território a ajuda à Ucrânia passou logo para segundo plano. Nesta minha publicação inicial referi o "conflito" existente entre a Hungria e a UE, pelo que não podemos, só para fazer perrice à Rússia, deixar entrar tudo e todos... mais tarde ou mais cedo pagaremos (já estamos a pagar) essa política de "alargamento" da UE.
Jose Pinto PaisDavid Ribeiro Meu caro e se os alemães os ingleses, os franceses e outros tivessem esse entendimento há uns anos atrás? E todos os outros paises que entraram ? E os que estao na calha para entrar, ainda gostava de saber de onde vem essa sua birra com a Ucrania e essa Russite aguda
David RibeiroA minha "birra", Jose Pinto Pais, não é com a Ucrânia mas sim com os senhores no poder corrupto de Kiev. É preciso conhecer a "qualidade" daquela gente que pouca ou nenhuma diferença faz dos senhores poderosos do Kremlin, chefiados pelo déspota Putin.
Jose Luis Soares MoreiraDavide Ribeiro, Portugal já foi reinado por Espanha, lá sempre se viveu melhor que em Portugal, se houvesse votos os portugueses escolheriam sermos espanhóis? A Ucrânia é o maior celeiro da Europa, qual a razão para a Rússia ter matado à fome alguns milhões de Ucranianos?
David RibeiroJose Luis Soares Moreira... isso da Rússia os "ter matado à fome" já foi no tempo da outra senhora... que na Rússia também já houve outros tempos. O que eu gostaria de ver aqui discutido era onde está a democracia e direitos humanos no país que Zelensky governa.
Mário Paiva...além de que a história de os "ter matado à fome", como se tivesse sido dirigida à Ucrânia - que então era parte da União Soviética - já conheceu melhores dias... milhares morrerem por toda a Rússia, não só na Ucrânia, devido às políticas asneiradas do Estaline para a agricultura...
Jose Pinto PaisJose Luis Soares Moreira mudam-se os tempos mudam-se as vontades, agora mata-se com bombas para poder voltar a matar a fome. David Ribeiro e a democracia e os direitos humanos no país que Putin governa ?
David RibeiroComo sempre disse e continuo a dizer, Jose Pinto Pais, entre os atuais senhores no poder em Kiev e em Moscovo, venha o diabo e escolha, porque de março a abril a diferença não é substancial.
Jose Pinto PaisDavid Ribeiro entao porque a "birra" so com um dos lados ? Ainda por cima o lado que obrigatoriamente terá de entrar nos eixos com a entrada na UE ?
David RibeiroEu não tenho "birras" com nenhum dos lados, Jose Pinto Pais, aquilo que me custa a aceitar é que amigos meus que considero cultos e inteligentes só me venham falar do pós-invasão da Ucrânia pelas tropas de Putin em fevereiro de 2022, esquecendo o que se passou no Euromaidan e tudo o que se lhe seguiu.
Jose Pinto PaisDavid Ribeiro Euromaidan, também chamado de Primavera Ucraniana, foi uma onda de manifestações e agitação civil, na Ucrânia, entre 2013 e 2014. Os manifestantes exigiam maior integração europeia, além de providências quanto à corrupção no governo e a eventuais sanções por parte da Rússia. O que se viu no Euromaidan foi a repressao pelos fantoches corruptos que Putin mantinha no poder em Kiev e que com a Primavera Ucraniana rapidamente fugiram para casa do patrão, leia-se os Senhores de Moscovo. Parece que se esta a tentar branquear a situacao pré Euromaidan. Não me restam duvidas que em termos de democracia o Zelensky dá 100 a 0 ao facínora de Moscovo
David RibeiroJose Pinto Pais... essa de Zelensky dar 100 a 0 ao facínora de Moscovo no que se refere a Democracia, só esquecendo o que "o democrata de Kiev" tem feito após ter chegado ao poder, factos estes (ilegalização de partidos políticos + corrupção + independência dos poderes políticos) que até a União Europeia considera impeditivos de entrar na UE enquanto não forem erradicados na Ucrânia.
Mário PaivaJose Pinto Pais, parece que só começou a dar conta do que se passa na Ucrânia depois do 24/02/2022...
THEGUARDIAN.COM Revealed: ‘anti-oligarch’ Ukrainian president’s offshore connections
Jose Pinto PaisDavid Ribeiro nesse aspecto nem vale a pena falar, um tem o apoio de todo o mundo livre e democratico o outro tem o apoio dos grandes icones dos direitos liberdades e garantias como a China a Coreia do Norte, o Irão e outros tolinhos como o Maduro




Segunda-feira, 2 de Outubro de 2023
Robert Fico vence legislativas eslovacas

shooty_putin-fico-1.jpg

As coisas parecem estar a mudar no leste da Europa... é preciso avisar Ursula von der Leyen e Stoltenberg.

 

  O partido populista Direção-Social Democracia (Smer-SSD), do antigo primeiro-ministro Robert Fico, que se opõe à ajuda à Ucrânia, venceu as eleições legislativas na Eslováquia. De acordo com resultados definitivos divulgados na madrugada de domingo [1out2023] o Smer-SSD obteve 23,3%, à frente do partido liberal Eslováquia Progressista (17,1%), liderado pelo vice-presidente do Parlamento Europeu, Michal Simecka. Uma vez que nenhum partido obteve a maioria dos assentos no parlamento da Eslováquia, o futuro do país pode depender do partido que ficou em terceiro lugar, com 14,9% dos votos, os sociais-democratas do Hlas-SD (‘Voz’), do também antigo primeiro-ministro Peter Pellegrini, um dissidente do Smer-SSD mas que partilha a posição pró–Ucrânia de Simecka.

 
Captura de ecrã 2023-10-01 115147.pngA Eslováquia é uma república democrática parlamentar, com um chefe de governo – o primeiro-ministro – que tem a maior parte do poder executivo, e um chefe de Estado – o Presidente – que, embora formalmente seja o chefe do executivo, tem poderes muito limitados. O país está dividido em oito regiões, cujos nomes correspondem aos nomes das suas principais cidades, e que usufruem de um certo grau de autonomia desde 2002. Em 2020, os principais setores da economia eslovaca foram a indústria (24,1%), o comércio grossista e retalhista e os serviços de transportes, alojamento e restauração (18,4%), a administração pública, a defesa, a educação, a saúde e os serviços sociais (16,8%). 7% das exportações eslovacas destinam-se a outros países da UE (Alemanha - 22%, Chéquia - 11%, Polónia - 8%). Das exportações para o exterior da UE, 4% destinam-se tanto aos Estados Unidos como ao Reino Unido e 3% à China. No que respeita às importações, 80% provêm de países da UE (Alemanha – 20%, Chéquia – 18%, Áustria – 9%). Das que provêm do exterior da UE, destacam-se as importações da Coreia do Sul (4%) e as da Rússia (3%).  [in página WEB oficial da União Europeia]

 

 


Captura de ecrã 2023-10-02 092524.png
Más notícias para o regime de Kiev. Mas os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos 27 Estados-membros da União Europeia já foram a correr para a capital ucraniana para uma reunião inédita na manhã de hoje [2.ª feira 2out2023]. Será para substituir os EUA no apoio financeiro?... O nosso ministro dos Negócios Estrangeiros, João Cravinho, já disse que vão ser discutidos os reforços do apoio militar, monetário e das sanções e manifestar solidariedade para com a Ucrânia.

 
Raul Vaz OsorioNão é verdade. Há verbas já aprovadas disponíveis apenas não podem orçamentar mais. E além disso, é razoavelmente claro que já há um acordo informal com o líder republicano no Congresso para resolver essa questão se necessário
David RibeiroMeu amigo Raul Vaz Osorio... é óbvio que lá como cá as leis deste tipo não são retroativas. E "acordos informais" só serão lei depois das votações.
Raul Vaz Osorio
David Ribeiro na verdade isto nem sequer é uma lei, é só um acordo de votação. E se for necessário, hâ outros. É apenas isso que estou a dizer
Jorge VeigaCuidado com os foguetes antes da festa.
David RibeiroUm bom conselho, Jorge Veiga , para os senhores no poder em Kiev.
Jorge VeigaDavid Ribeiro Nenhum recado para os Srs de Moscovo?  ...é que gastar mais 70% no ministério da guerra, vai escacar o orçamento de Putin...
David RibeiroJorge Veiga... oh pá!... esses sabem-na toda.
Jorge VeigaDavid Ribeiro também é verdade.
David RibeiroJorge Veiga... quem sou eu para dar conselhos aos senhores no poder em Kiev mas os ventos que sopram nos países da UE e da NATO no leste europeu não auguram nada de bom.
Raul Vaz OsorioDavid Ribeiro ai esse wishful thinking
David Ribeiro
Não tem nada a ver, Raul Vaz Osorio, com pensamentos positivos ou negativos, mas sim com a informação que tenho recolhido de várias tendências.
Jorge VeigaDavid Ribeiro pelo pouco que se sabe, para os Srs de Moscovo, as coisa também estão pretas. 1º + 70% para o orçamento da defesea. 2º recrutamento de voluntários nos países vizinhos 3º recrutamento de voluntários em Cuba, onde pagam mais que nos outros (2000,00€ contra 1400,00£ por mês). 4º armamento que até da Coreia do Norte pode vir 5º contar com a Bielo-Rússia é o mesmo que contar com o exercito da Madeira. 6º ir depenicar os restos do Wagner começa a ser preocupante. ----- etc. Está mau para aqueles lados, não é só para o lado de Kiev.
David RibeiroMas, Jorge Veiga. quando "está mau para aqueles lados", e tudo leva a crer que sim, quem se lixa é sempre o mexilhão.
Jorge VeigaDavid Ribeiro isso sempre foi,  mas ao menos que o mexilhão a gozar seja aquele que pode abrir as conchas sem ser empurrado do 5º andar.



Publicado por Tovi às 07:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 16 de Setembro de 2023
O que irá Zelensky pedir desta vez?

Captura de ecrã 2023-09-15 210744.png 

Volodymyr Zelensky deve visitar o Presidente americano, Joe Biden, na Casa Branca durante a próxima semana. Durante a estada em Washington o chefe de Estado ucraniano irá também ao Capitólio. Poucos detalhes da visita foram divulgados. Será que desta vez irá pedir a bomba atómica? Depois de sistemas de defesa aérea, tanques M1 Abrams e aviões F-16, só deverá faltar armas nucleares. 

Raul Vaz Osorio
E lá continua o David com a sua disparatada campanha. Sinceramente, não sei o que foi que lhe deu, mas estou a ficar sinceramente preocupado com a sua saúde.
David Ribeiro"Disparatada", Raul Vaz Osorio?... e "campanha"?... Iremos ver o que vai ser pedido desta vez. E obrigado pelo seu cuidado com a minha saúde.
Raul Vaz OsorioDavid Ribeiro sim, é claramente uma campanha. Admito que o disparatada é uma questão de opinião 🤣
João Fernandes
David Ribeiro, um putinista militante. Não passa um dia sem malhar no presidente ucraniano. Pobre russia, vitima da agressão dos nazis ucranianos.
David Ribeiro
João Fernandes... só que "malhar no presidente ucraniano" no meu caso não é ser "putinista" (não tenho a mínima consideração pelo senhor todo poderoso do Kremlin) mas sim ser realista e conhecer o passado recente dos senhores no poder em Kiev.
João FernandesDavid Ribeiro, na minha opinião, que vale o que vale, o David Ribeiro pretende mostrar-se equidistante dos dois lados, embora sempre criticando um só lado. O problema é que, numa guerra, é sabendo o que está em jogo em termos mais vastos, não se pode ser neutro. O querer ser neutro nesta situação é o equivalente aqueles que nunca vão votar quando há eleições, mas depois estão sempre a criticar o que se passa.. Um abraço
David RibeiroJoão Fernandes, eu só quero a PAZ.
João Fernandes
David Ribeiro, sim, acho que é o toda a gente de bem quer.
Jorge VeigaDavid Ribeiro o pior não é o passado recente dos srs de Kiev. O Pior é o passado já antigo, o menos antigo e a invasão de um país livre, pelos srs do Kremilm, principalmente no ex KGB. Basta ser realista.
David Ribeiro
Jorge Veiga... todos conhecemos os "podres" de hoje e de sempre dos senhores do Kremlin, mas não vamos endeusar os no poder em Kiev unicamente por terem sido invadidos de forma difícil de aceitar para quem vive em paz democrática.
Jorge VeigaDavid Ribeiro eu não endeuso os srs de Kiev. Só não posso, não gosto, abomino os ditadores, mesmo que disfarçados, que gostam de invadir os outros países sob pretextos insuficientes para justificarem o facto.
David RibeiroEntão, Jorge Veiga, também deves repudiar os ucranianos que rasgaram o Protocolo de Minsk, despoletando toda esta guerra.
Jorge Veiga
Os motivos alegados por Putin para reconhecer as duas repúblicas foram a suposta quebra do protocolo de Minsk, como a alegação de que, na Ucrânia, há um crescimento de "clãs oligárquicos", "grupos neonazistas" e do "vírus do nacionalismo e da corrupção".[22] (retirado da net). Pergunto: que tem a Rússia a ver com o crescimento daquelas tretas? Ele não as tem dentro de casa? Falsos motivos para realizar um acto que julgava ser de uns dias de duração, mas que saiu muito mal. Eu faria o mesmo, porque de URSS e Federação Russa já estaria cheio.
Jose RomãoZelensky, vai pedir o que for necessário para defender o seu país e cidadãos Ucranianos, do assassino Putin que invadiu a Ucrânia, desrespeitando todas as normas internacionais no que respeita à soberania das nações. O Presidente da Ucrânia é um exemplo de patriotismo e coragem, qualidades cada vez mais raras nos políticos corruptos que proliferam um pouco por todos os lados, eleitos democraticamente por eleitores imaturos que não sabem utilizar o seu voto em defesa dos seus interesses mais básicas. Os cidadãos europeus devem estar agradecidos a Zelensky de contrariar as intenções de Putin em reconstruir a e URSS. Os que estão do lado dos Russos devem ter alguns problemas de lucidez ou falha de carácter‼️😎😎😎
David Ribeiro
Que Putin é um assassino e que desrespeitou todas as normas internacionais ao invadir a Ucrânia é verdade, Jose Romão... já tenho muitas dúvidas que a UE deva estar agradecida a Selensky e todos os corruptos que fazem parte do governo de Kiev.
Jose Romão
David Ribeiro, está a misturar tudo. A Europa não a UE, é que deve agradecer a Selensky por contrariar o sonho de Putin em reconstruir a URSS. Relativamente aos corruptos de Kive não me preocupam, por cá em Portugal existem tantos corruptos, principalmente no PS e respectivos elementos do governo, dos quais 14 tiveram de deixar o governo por esse motivo, com esses é que se deve preocupar pm porque nos prejudicam diariamente e comprometem o futuro dos nossos filhos e netos. Também lhe posso dizer que a própria Rússia é um dos países mais corruptos do mundo, mesmo que não fosse, não lhe dá o direito de violar as fronteiras de outro país‼️😎😎😎
David Ribeiro
Jose Romão... Índice de Percepção de Corrupção em 2022 divulgado pela Transparência Internacional.
22509450_QONhQ.png
Jose RomãoDavid Ribeiro, "camarada" não sei por onde tem andado, pode vir com os gráficos que lhe apetecer, mas a realidade é bastante diferente, vá fazer uma retrospectiva dos casos de corrupção que têm existido em Portugal com a participação activa de elementos do PS, também lhe posso garantir, que os casos conhecidos é a ponta do icebergue, de muitos casos que não chegam à barra do tribunal, pelo simples facto da justiça em Portugal estar refém do poder político e em particular do PS. Eu sei que tem um carinho especial por Putin e tudo o que ele representa, mas tente ser mais objectivo nas suas afirmações e tentativas frustradas para branquear as acções altamente reprováveis relativamente à violação da soberania do território Ucraniano e dos crimes de guerra cometidos pelo seu amigo Putin‼️😎😎😎
David Ribeiro - Jose Romão... não entendo a forma pejorativa como me está a tratar. Fiquemos por aqui.
Jose Romão
David Ribeiro, tal como também não entendo a sua tendência natural para aproveitar qualquer tema para criticar os Ucranianos, dando sempre a entender que compreende os motivos de Putin que o levou a invadir a Ucrânia. É efectivamente melhor ficarmos por aqui‼️😎😎😎

 

  Quanto a cereais da Ucrânia estamos assim
Captura de ecrã 2023-09-15 213843.pngA Eslováquia impôs uma proibição de cereais provenientes da Ucrânia, seguindo medidas semelhantes anunciadas pela Polónia e pela Hungria após a decisão da UE de não prolongar as suas próprias restrições na sexta-feira passada. As restrições impostas pela União Europeia em maio último permitiram que a Polónia, a Bulgária, a Hungria, a Roménia e a Eslováquia proibissem as vendas internas de trigo, milho, colza e sementes de girassol ucranianos, ao mesmo tempo que permitiam o trânsito de tais cargas para exportação para outros locais. Zelensky já prometeu responder aos “vizinhos” que não querem acatar a decisão da UE em acabar com as medidas restritivas aos cereais ucranianos.

 

  Secção eleitoral na Região de Donetsk na semana passada
KMO_195636_00001_1-2.jpg
Não há dúvida que um militar armado fica sempre bem nas fotos de umas eleições, sejam elas onde forem. 
 
Isabel Sousa Braga
É para apontar o sentido de voto
Antonio Dias
É a democracia a funcionar.




Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Maio 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Primeiro-ministro da Eslo...

Assim vai a União Europei...

As guerras não são só tir...

Robert Fico vence legisla...

O que irá Zelensky pedir ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus