"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 31 de Janeiro de 2015
Regionalização ou Descentralização?

Regionalizaçao JN 31Jan2015.jpg

Já se está mesmo a ver que o PS não quer mais saber da Regionalização. Agora o que está a dar entre os socialistas é a “Descentralização”, aquilo que António Costa e Manuel Pizarro dizem ser "a grande reforma do Estado". Está tudo dito… A Regionalização, a exemplo do que já fizeram com o Socialismo, vai ser metida na gaveta.

 Ver notícia do JN

 

 Comentários no Facebook

«Victor Meirinho» >> Vergonhosamente verdade.

«José Carlos Ferraz Alves» >> Outros nem a chegam a tirar. E já agora sugiro que procurem quem primeiro começou a falar em descentralização em vez de regionalização. A regionalização é um dos modos de se fazer a descentralização. Não há contradição. Desconcentração é que é algo bem distinto, porque mantém o poder central. Sugiro Sá Carneiro e o Livro Branco da Regionalização. Pode-se descentralizar pelo modelo das regiões, regionalização, ou municípios, municipalização. Daí ter aparecido este conceito da descentralização porque há muitos "regionalistas" que são municipalistas. Quem, como eu, acredita na falta de um patamar de decisão intermédio entre o Estado Central e os municípios, quer a região e nem o reforço dos municípios. Há muitos intocáveis "regionalistas" que defendem apenas o reforço do poder municipal.

«António Lopes» >> A descentralização é geralmente usada quando não se quer a Regionalização, é a maneira de fazer política em Portugal, come mas não come, gosta-se mas na verdade só se gosta um bocadinho, quer-se mais autonomia mas só um bocadinho de autonomia porque o "extremismo" é inimigo da normalidade. Talvez devido à minha opinião assertiva sobre o assunto neste campo, gostava que o PS fosse mais "radical". Um abraço.

«Joaquim Leal» >> Agora que o bonzinho Guterres estava bem alavancado para altos cargos aparece este Sr. Gomes a desfazer. Com amigos destes...

«José Carlos Ferraz Alves» >> Vamos esperar pelo programa de Governo que será proposta António Lopes. Isto são fait-divers, bons para quem gosta de polémica e sobretudo de tiro ao alvo sempre aos mesmos. Eu fico por aqui, tenho de trabalhar este fim de semana.

«João Simões» >> Uns falam em descentralização outros optam por fechar serviços e direções nas mais diversas cidades do país e concentrar tudo em Lisboa. Por isso escolho os primeiro.



Publicado por Tovi às 09:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 4 de Janeiro de 2014
Grande Porto Magazine - Dezembro2013

Sucedendo ao defunto “Semanário Grande Porto” apareceu em Novembro passado o “Grande Porto Magazine”. Ainda não me passou pelas mãos o exemplar do mês de Dezembro, mas a fazer fé em comentários lidos estou em crer que este renovado meio de comunicação social da nossa Cidade Invicta continua agarrado a figuras que os portuenses há muito rejeitaram e que nunca mais terão hipóteses de voltar à ribalta do Porto.

O ex-presidente da Câmara do Porto Fernando Gomes critica o acordo de coligação na autarquia entre os socialistas e o presidente independente Rui Moreira, considerando que "o PS abdicou de ser alternativa para doze anos”. Em entrevista à Grande Porto Magazine, o ex-ministro socialista no XIV Governo - liderado por António Guterres - é perentório ao concordar que Rui Moreira foi o melhor candidato à Câmara do Porto nas últimas eleições autárquicas, considerando que "o povo teve de novo razão". “Temos uma coligação de poder que retira ao PS a capacidade de ser oposição. Quem o vai fazer? A CDU. A única oposição com credibilidade na cidade do Porto é a CDU. O PS abdicou de ser alternativa para doze anos. Não tenhamos ilusões", criticou. Na opinião de Fernando Gomes, "o que está a acontecer de momento na cidade do Porto será comprometedor para o Partido Socialista por muitos anos". (Lusa)


«Pedro Aroso» no Facebook >> Embora eu tenha visto com bons olhos a coligação, concordo em absoluto com a análise do Fernando Gomes. O PS não será poder na CMP nos próximos doze anos.

«David Ribeiro» no Facebook >> Claro que o PS não será poder na CMP nos próximos tempos, mas disso também não virá mal nenhum ao Mundo e pelo andar da carruagem ainda bem, ao contrário do que pensa Fernando Gomes.

«Victor Meirinho» no Facebook >> Ora quem diria... o Capuchinho que trocou o Porto por Lisboa e quando quis regressar, aqui deram-lhe uns patins... mas para um novo tacho. "A moral é como a triquina... só se dá na carne de porco" (Pitigrilli - filósofo cínico brasileiro)

«Pedro Aroso» no Facebook >> Eu fui vereador, pelo PSD, no primeiro mandato de Fernando Gomes, na CMP, e guardo as melhores recordações desse tempo. Fernando Gomes é um homem muito inteligente e não podemos esquecer aquilo que fez pela nossa cidade.

«Pedro Figueiredo» no Facebook >> Estão todos muito preocupados com o ps... o ps é uma não-preocupação "oh deus e a cidade?" "oh senhores e os cidadãos?"... ah... tambèm ninguém se lreocupa com rui moreira pensar vender 209 milhões de patrimonio municipal "de todos" portanto). Enfim. "Escolhas" .

«Victor Meirinho» no Facebook >> Mas não esqueçamos que desertou para ser "governo",,, deixou o meu amigo Nuno, a quem depois fez a a vida negra !!!

«Pedro Figueiredo» no Facebook >> O importante é dormirmos bem e elogiarmos todos os dias pelo menos 3 vezes rui moreira por ter qualidades, por ser magnanime, por ser independente, por ser elegante, por ser alguém, por ser rui moreira... mas também por ser nelson mandela ou o papa francisco... estou atento a ver se este estado de graça é morfina por quanto tempo...

«Victor Meirinho» no Facebook >> Não elogiei Rui Moreira (mas costumo fazê-lo...) o que não vou é deixar de dizer que o Capachinho trocou a Câmara do Porto por um cargo no Governo de Lisboa! E contra factos...

«Pedro Figueiredo» no Facebook >> Sim. Mas eu acho essencial elogiar RM 3 vezes ao dia. E também elogiar a CDU (ciumes de gajo do Bloco) 2 vezes pelo menos. Fica tão bem.o mundo fica sob controle. Sem o perigo de "radicalismos" ou coisas fora do baralho que até possam perigosamente alterar o Porto de facto

«Victor Meirinho» no Facebook >> Eu, RM 6... CDU 4  E às vezes duplico... E Capachinho ??? MIL... MIL QUILÓMETROS DE DISTÂNCIA !!! LISBOA É BOM DESTINO !!!

«David Ribeiro» no Facebook >> "E também elogiar a CDU (ciumes de gajo do Bloco) 2 vezes pelo menos" - Bloco de Esquerda?... Bloco de Esquerda no Porto?... Se bem me recordo o candidato do BE à Câmara da Invicta não foi além de 3,6% dos votos expressos.


«António Alves» no Facebook >> Fernando Gomes tem razão, o PS fez uma estranha aliança contra natura no Porto, mas previsões a 12 anos são um exercício arriscado. O actual poder camarário é um limitado, localista e provinciano culto de personalidade. Por enquanto as estratégias de marketing pessoal vão resultando, mas, na ausência de substância política, esgotam-se depressa.



Publicado por Tovi às 08:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Regionalização ou Descent...

Grande Porto Magazine - D...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus