"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2018
Contribuição Extraordinária Sobre o Sector Energético

img_817x460$2014_10_05_17_10_05_234234.jpg

Já é dado como certo que a EDP, seguindo o exemplo da Galp e da REN, vai deixar de pagar a contribuição extraordinária sobre o sector energético - um custo anual superior a 60 milhões de euros - ficando para já por liquidar o valor referente ao ano de 2017, depois do grupo presidido por António Mexia ter liquidado a contribuição nos dois anos anteriores. E este ano de 2018 também vai haver aumento dos preços da electricidade pela EDP no mercado livre, uma matéria que está a ser estudada por António Costa e por Marcelo Rebelo de Sousa, tendo o Presidente da República já dito que irá pronunciar-se brevemente sobre a matéria.

 

   Contribuição Extraordinária Sobre o Sector Energético (CESE)

Regime aprovado pelo art.º 228.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de Dezembro

A contribuição tem por objetivo financiar mecanismos que promovam a sustentabilidade sistémica do setor energético, através da constituição de um fundo que visa contribuir para a redução da dívida tarifária e para o financiamento de políticas sociais e ambientais do setor energético.

São sujeitos passivos da contribuição extraordinária sobre o setor energético as pessoas singulares ou coletivas que integram o setor energético nacional, com domicílio fiscal ou com sede, direção efetiva ou estabelecimento estável em território português.

(Ver a portaria aqui)



Publicado por Tovi às 08:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Maio de 2015
Simulacro Anémona 2015

Simulacro Anémona 2015 c.jpg

Decorreu ontem o Simulacro Anémona 2015, um exercício de combate à poluição no mar, com acções na monobóia da Galp Energia, ao largo de Leixões, no porto de Leixões e praias de Matosinhos. Neste exercício simulou-se a contenção e a recolha de 750m3 de petróleo bruto tipo Sarir, derramado na sequência de uma falha estrutural no sistema de descarga do navio que fazia a trasfega através da monobóia, a limpeza de praia e do porto. Cerca de 420 pessoas estiveram directamente envolvidas na acção, com o apoio de navios e lanchas de combate à poluição do mar, meios aéreos para identificação e seguimento do poluente, recuperadores, barreiras, tanques portáteis, equipamento ligeiro de limpeza de praias, viaturas pesadas e ligeiras, tractores e equipamento de protecção individual.



Publicado por Tovi às 08:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Posts recentes

Contribuição Extraordinár...

Simulacro Anémona 2015

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus