"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 12 de Agosto de 2018
Amêijoas à Bulhão Pato

ameijoas.jpg

As amêijoas já estão a ser depuradas... e mais logo vão ser preparadas "à Bulhão Pato". Mas ainda tenho que ir comprar um raminho de coentros ao supermercado da esquina, que sem esta ervinha as conchinhas não têm piada.

 

   Comentários no Facebook

«Chico Gouveia» - Acrescentar um nadica de vinho do Porto branco. Bulhao Pato não mandava, mas mando eu. Atenção: nada de vinho branco. É o vinho do Porto que o substitui. O Bulhao Pato era um forreta.

«David Ribeiro» - Essa do Porto Branco não é má ideia... mas eu vou refrescar as amêijoas com o mesmo vinho que vai acompanhar a refeição, um branco da Adega de Vila Real.

«Augusto Duarte Silva» - Teu Cunhado tantas vezes as fez no Algarve... Uma delícia. Bom proveito e não te esqueças do pão para o molho... Abraço

«David Ribeiro» - O pãozinho vai ser regueifa... é domingo e cá em casa nunca falta neste dia da semana.

«Fernando Duarte» - recordo-me de uma vez ter lido uma tradução fantástica para francês, que dava o seguinte: "palourdes cuites dans un bouillon de canard", ou seja ameijoas cozidas num caldo de pato !

«Adao Fernando Batista Bastos» - Bom apetite!

«Cmc Nelo» - Bom proveito sr David

«David Ribeiro» - Cometi um erro nesta preparação culinária e os erros pagam-se caros. Em vez de espremer um limão durante a confecção resolvi cortar o citrino em pedaços e juntar às amêijoas. Ficou ligeiramente amargo, muito provavelmente efeito das cascas do limão. É com os erros que se aprende.

«Chico Gouveia» - É depois da confecção, logo imediatamente.



Publicado por Tovi às 11:12
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2018
Bom Ano 2018

Bom dia... e Bom Ano Novo.

Constipado 01.jpg

Depois de um chazinho ao levantar fiquei pronto para outra... e o Peru Assado no Forno puchou um espumante bruto, que caiu-me mesmo bem.

 

   Um Bom Ano para todos

O Ano Velho vai-me ficar na memória pelos trágicos incêndios que assolaram Portugal, mas também não me esquecerei que foi em 2017 que fui eleito pelos portuenses Deputado à Assembleia Municipal do Porto, integrando com a maior honra as listas do movimento de Rui Moreira “O Porto é o Nosso Partido”. No próximo ano de 2018 irei continuar fiel à minha consciência e ser os olhos, os ouvidos e a voz dos Cidadãos do Porto, pois foi este o meu compromisso com quem me elegeu. Também continuarei a honrar a confiança que Carla Molinari, Presidente do Clube Português de Canicultura, deposita em mim como membro coordenador da Comissão Norte do CPC.



Publicado por Tovi às 15:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017
Empadão de Peru

Receita-de-empadão-de-carne-tradicional.jpg

Acreditem no que vos digo…
Dos restos do Peru Assado de ontem – dia de Natal e trigésimo nono aniversário da minha filha mais velha – fez a minha “santa” um EMPADÃO de PERU de estaladão. Ainda estou aqui que nem posso… o que vale é que o Pai Natal trouxe-me uma garrafita de Adega Velha (Aguardente Vínica de Vinho Verde da Aveleda) que me vai ajudar na digestão.



Publicado por Tovi às 14:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Dezembro de 2017
A minha Consoada

Bacalhau Cozido aa.jpg

Não tarda muito vou para a mesa… a minha Ceia de Natal está pronta.

Bom Natal para todos  



Publicado por Tovi às 20:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 26 de Novembro de 2017
Corvina Assada no Forno

Corvina Assada no Forno 26Nov2017 aa.jpg

Foi o almoço de hoje em família: Corvina Assada no Forno. Os dois peixinhos tinham 1,8 kg.

 

   Comentários no Facebook

«Jorge Veiga» - gosto muito dela grelhada. Por acaso nunca comi assada no forno. Fica para um dia destes... Bom apetite.

«Albertino Amaral» - A propósito, a dita foi regada com que néctar ?

«Jorge Veiga» - nemé comigo, mas eu imagino um branco do Douro.

«David Ribeiro» - Foi regada com um Varanda do Conde, um verde branco de Monção e Melgaço que cumpriu a função.

«Jorge Veiga» - Olha que também foi bem escolhido!!!

«Albertino Amaral» - Cheers........

«David Ribeiro» - Vamos lá falar tecnicamente deste meu assado. Cometi um erro ao juntar à cama de rodelas de cebolas dois tomates demasiados maduros. O molho acabou por ficar muito aguado e diluiu os condimentos, compostos por um pouco de sal, cinco diferentes grãos de pimenta e alho picado.

«Albertino Amaral» - Amigo David Ribeiro, como eu gostava de saber cozinhar assim… Como tal, em termos culinários, fico-me por uma tosta mais ou menos queimada, dependendo da atenção que lhe dedico...



Publicado por Tovi às 15:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 11 de Novembro de 2017
Castanhas... quentes e boas

castanhas bb.jpg

Não eram muito grandes, mas eram das QUENTES E BOAS, as primeiras castanhas que comi este ano.



Publicado por Tovi às 17:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
Vitória de Setúbal 1 – 1 Boavista

Choco_Frito_01.jpg

Se há petisco de que eu gosto o “choco frito” é um deles… E lambuzar-me com este típico prato setubalense na noite em que o Boavista foi ao estádio do Bonfim empatar a uma bola com o Vitória de Setúbal seria o ideal, mas nesta sétima jornada do campeonato da Liga NOS 2017/18 não me foi possível acompanhar a equipa Axadrezada na deslocação a Terras do Sado. Fica para a próxima… mas este pontito já cá canta e ninguém nos tira o 10º lugar na classificação geral da mais importante competição nacional de futebol.

Força Pantera!...



Publicado por Tovi às 23:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017
Pecado da Gula

aertsen_the_meat_stall1352577894294.jpg

Alguém alinha comigo numa petição à Santa Sé para a abolição do Pecado da Gula?



Publicado por Tovi às 14:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 3 de Junho de 2017
Sardinhas ao Sal no Forno

Sardinhas ao sal aa.png

Estou aqui que nem posso… Até perdi a conta às sardinhas que comi hoje ao almoço. As batatinhas cozidas e a saladinha de tomate “Coração de Boi”, coisas boas que acompanharam este repasto, perderam-se no meu pecado da gula. Estas Sardinhas ao Sal no Forno (uma dúzia de boas sardinhas, envoltas num quilo de sal marinho por baixo e outro tanto por cima) estiveram no forno, pré-aquecido a 200º, durante 15 minutos. Não ficaram nada a dever às grelhadas no carvão. E um Vinho Verde Tinto, declaradamente rude mas carrascão q.b., esteve à altura.

 

  Comentários no Facebook

«Jota Caeiro» - Que maravilha meu amigo! vou experimentar! não tarda pela demora...



Publicado por Tovi às 13:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 31 de Maio de 2017
Pimentos Padrón… unos pican y otros non

E os que eu comprei hoje no LIDL de Agramonte (origem: Marrocos) até não picavam mesmo nada. Enfim… é a vida.

Preparei-os segundo a receita de «petiscos.com» mas infelizmnte não era a forma de os confeccionar que os ia tornar verdadeiros "Padrón".

Pimentos Padrón  bb.jpgPegar numa frigideira e cobrir o fundo com azeite, basta só cobrir; Aquecer até o azeite ficar quente; Quando estiver bem quente, mas sem ferver, colocar os pimentos inteiros e com o pé até cobrir a totalidade do fundo da frigideira e começar a pressionar os pimentos com uma espátula (cuidado que muitas vezes o azeite salta, portanto aconselho a utilizar uma tampa para se proteger, e diminuir o lume); Melhor que o tempo de espera é verificar quando é que começam a ter umas bolhas na pele, está então na hora de os virar; Querem-se cozinhados, mas não queimados; Ficam prontos em 5-6 minutos; Retirar os pimentos para um prato, polvilhar com sal grosso e servir ainda quentes; Não tirar os pés aos pimentos pois dão jeito para se poder comer à mão.



Publicado por Tovi às 14:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 16 de Abril de 2017
Domingo de Páscoa

bobenglehart aaa.jpg

Fui agora à cozinha… e já cheira a Cordeiro Pascal
1f7b4dd6e2f5ea94fb6f38debc58db3d.jpg

 

681137-970x600-1.jpgNeste domingo de Páscoa está a ser amplamente noticiado que a Coreia do Norte (oficialmente República Popular Democrática da Coreia) falhou o lançamento de um míssil “de tipo não identificado” lançado a partir da costa leste da península coreana. Esta tentativa falhada ocorre um dia depois de o líder norte-coreano Kim Jong-un ter exibido um novo tipo de armamento montado em rampas, transportadas em camiões, incluindo um novo projéctil de alcance intercontinental, no desfile de comemoração do 105º aniversário do fundador da nação, Kim Il-sung. Alguns especialistas admitem que o novo projéctil, de combustível sólido, poderá ser falso, já que não é a primeira vez que o regime exibe em desfiles maquetas falsas de mísseis que está a desenvolver. No início do ano, Kim Jong-un disse que país estava a trabalhar no desenvolvimento de um ICBM (intercontinental ballistic missile) que seria capaz de atingir o território norte-americano. Além dos mísseis de médio alcance Musudan e o KN-08, que é lançado a partir de uma plataforma móvel e ainda não foi testado com sucesso, desfilaram em Pyongyang mísseis balísticos norte-coreanos Pukkuksong, exibidos em público pela primeira vez.



Publicado por Tovi às 07:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 19 de Novembro de 2016
O Porto foi eliminado da Taça pelo Chaves

Melão com presunto de Chaves!...
Melão com presunto de Chaves.jpg

O jogo de ontem à noite da quarta eliminatória da Taça de Portugal entre o Chaves e o F.C.Porto terminou empatado a zero no tempo regulamentar e no prolongamento. Nos penáltis a sorte sorriu ao Chaves. A marcha do marcador foi esta: 0-1, por Evandro; Braga permitiu a defesa de José Sá; Layún permitiu a defesa de António Filipe; 1-1, por Battaglia; 1-2, por Alex Telles; 2-2, por Patrão; Depoitre permitiu a defesa de António Filipe; Felipe rematou muito por cima da baliza; André Silva permitiu a defesa de António Filipe; 3-2 por Leandro Freire.



Publicado por Tovi às 08:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 13 de Novembro de 2016
Calminha lá com isto…

Vegetarianos Tripas e Francesinha.jpg

Muitas felicidades e longos anos de vida aos vegetarianos… mas chamar “Francesinha” ou “Tripas” a esta adulteração de pratos da gastronomia da Cidade Invicta é insultuoso para um Tripeiro. Não é desta forma que se arregimenta gente para uma causa, acho eu.

(“Na cidade das tripas, há cada vez mais soluções para vegetarianos” – in jornal Público)

 

  Comentários no Facebook

«Jose Riobom» >> Os oportunistas.... os chico espertos... Francesinhas Vegetarianas?.... chamem-lhes lá o que quiserem ..... agora Francesinhas?

«Mário Santos» >> Não comem animais por pena deles? Esquecem é que as plantas estão, na verdade, a cultivar-nos, fornecendo-nos oxigénio até morrermos e nos transformemos em adubo, para então elas nos possam consumir.

«Jorge Veiga» >> Francesinhas vegetarianas já vi. Um pouco magras, mas sempre com "glamour". Tripas que são tripas, sem tripas que raio de tripas são?

«Maria Vilar de Almeida» >> Bem... deveria ter VEGA a seguir à francesinha ou às tripas... também há bacalhau fingido, em restaurantes vegetarianos, já provei e não é que sabe mesmo a bacalhau?! deve haver batota! [Emoji wink] Quanto à nossa alimentação... o Homem é omnívoro, como há outros animais que também o são. O nosso aparelho digestivo não é semelhante ao de um herbívoro assim como a nossa dentição não é igual à de um carnívoro. A Natureza lá sabe! DEVEMOS é consumir menos carne (consome-se muito mais do que o NECESSÁRIO) porque a mesma consome MUITA água... e o planeta agradece!! De resto, enquanto os animais são criados com destino à alimentação, depois transportados e mais tarde na altura do seu abate... DEVEM SER RESPEITADOS em todos e cada um desses processos. É LAMENTÁVEL tudo pelo qual são obrigados a passar! O ideal seria APENAS consumirmos peixe de alto mar e caça (exactamente como o homem primitivo)... se ninguém fosse ALARVE, chegaria para todos!!

«Albertino Amaral» >> Invenções bacôcas.......!

«Conceição Oliveira» >> Dois excelentes pratos da gastronomia típica da cidade do Porto. Sou contra adulterarem a excelente gastronomia tradicional portuguesa!.. criem novos pratos vegetarianos sem adulterarem o que é tradicional ...

«David Ribeiro» >> Acho muito bem que se opte por gastronomia vegetariana por motivos de saúde e que para uma melhoria e maior variedade dos hábitos alimentares da população seja dado a conhecer os seus benefícios, mas já tenho muita dificuldade em entender que a opção seja por motivos espirituais ou por questões ideológicas, argumentos que muitas vezes aparecem em artigos deste tipo.

«Renato Rodrigues» >> Questões espirituais e ideológicas? Budistas p ex. E eu sou mais ou menos "do campo", os meus pais sempre tiveram animais comestíveis em casa, etc, mas temos que reconhecer que a forma como os animais são tratados é um bocado bárbara. Acho que uma matança do porco faz confusão a qualquer pessoa. E se formos a falar de questões ambientais é inequívoco, é determinante que o consumo de carne diminua, dado que especialmente a carne de vaca tem um impacto brutal no deflorestamento e nas emissões de CO2 - As vacas têm uma digestão problemática e soltam demasiados gases

«Jorge Veiga» >> A comida 100% vegetariana não é boa para a nossa saúde. Nós somos omnivoros e portanto temos de comer de tudo. Quem faz a dieta 100% vegetariana está sujeito a ter distúrbios alimentares greves, não de forma imediata, mas ao longo do tempo, sendo a principal a descalcificação grave.

«Renato Rodrigues» >> Estará a falar de veganismo? Não tenho a certeza que seja assim, mas de qualquer forma, creio que a não ser por motivos religiosos não faz sentido ser-se 100% alguma coisa. Como também é quase um tabú para muita gente comer uma refeição sem carne ou peixe, o que também me parece um pouco radical. A ideia dos nomes das comidas, deve ser uma questão de "marketing".



Publicado por Tovi às 09:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 6 de Novembro de 2016
Castanhas Assadas no Forno

castanhas.jpg

Hoje deliciei-me com umas castanhas assadas (assadas no fogão cá de casa), devidamente acompanhadas por uma Jeropiga. É muito simples… e ficaram uma “marabilha”. É assim:

Golpear as castanhas; Cobrir um tabuleiro de ir ao forno com sal grosso, espalhando sobre este as castanhas, sem as sobrepor; Polvilham-se as castanhas com mais sal grosso; Dependendo do tamanho das castanhas deverão assar no forno a 200ºC entre 35 a 45 minutos; Deixar tostar a gosto.
Há quem as polvilhe com alecrim… eu cá não gosto.

A jeropiga era (era, porque já foi toda) um vinho licoroso com o pomposo nome de «Chanceleiros» (15,5% de álcool) feito pela “Companhia das Quintas – Vinhos, SA” de Sangalhos, que estava perfeito para o efeito.

  Comentários no Facebook

«Maria Vilar de Almeida» >> QUE BELAS?! Assadas em casa... ou no jardim?! Se for dentro de casa quero saber como é... para também poder fazer. BOM PROVEITO!

«José Camilo» >> Muito bom aspecto. Bela foto.

«David Ribeiro» >> A foto não é minha... Roubei-a na NET [Emoji wink;-)]

«José Camilo» >> Também quem andou a arruma-las muito bem arrumadinhas deve-se ter queimado uma série de vezes.... [Emoji smile:)]

«José Luis» >> Moreira Que benhamanhadas!...

«Zé Carlos» >> Isso é uma delicía e viciante... come-se uma e mais uma e mais uma e mais uma

«Maria Teresa de Villas-Boas» >> Bom apetite. As castanhas tem um aspecto delicioso

«Jorge Veiga» >> Para assar, golpear como estão as do David Ribeiro (pelo dorso). Para cozer, golpeá-las longitudinalmente... Quando ficam mais baratas ou quando mas dão, golpeio-as e congelo-as. Tenho castanhas até ao ano seguinte. A utilizar sem descongelar, para cozer ou assar.

«David Ribeiro» >> Muitas vezes ao longo do ano compro das congeladas para utilizar como acompanhamento nos assados.

«Jorge Veiga» >> David Ribeiro também saõ boas para isso, mas se conservares com a casca e cortadas, tens castanhas todo o ano.

«Rafael Maciel Oliveira» >> Estao devidamente apresentadas e douradinhas

«Maria Helena Costa Ferreira» >> que maravilha!!!!!

«Elisabete Loureiro» >> Com um jeitinho, ainda vou ver o David Ribeiro e o Jorge Veiga, de boné e um carrinho à porta de São Bento a apregoar "quentes e boas"! 😂 Percebem da poda!!!

«Maria Vilar de Almeida» >> Vou tentar fazê-las este Fim de Semana, Davidzinho... obrigada pela receita! [Emoji heart<3]... a Alicinha gosta?!

«David Ribeiro» >> A Alice adora.

«Maria Vilar de Almeida» >> É cá das nossas!! [Emoji wink]

«Jose Ventura Alves Vieira» >> Manda Algumas abraço

«Ana Alyia» >> David, permita-me dizer que o sr é um grandessíssimo sovina, egoísta e demais adjetivos semelhantes!!!!!!!!!!!!! Custava muito ter convidado??? Custava?????? bbbhhhhaaaaa para castigo vai ficar gordo que nem um barril com pernas!! Estou mesmo zangada, não se faz [Emoji frown:(] eu adoro castanhas assadas e não provei nem umazinha [Emoji frown:(]

«David Ribeiro» >> Sou sovina, egoísta e vou ficar (já estou) gordo... mas partilhei a receita, que eu não sou invejoso [Emoji wink]



Publicado por Tovi às 15:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 11 de Outubro de 2016
Fort Simon - Fortress Hill Merlot 2014

Fort Simon - Fortress Hill Merlot 2014.jpg

A minha querida amiga Elisabete Ferreira muito me honrou ao oferecer-me uma garrafa de vinho sul-africano comemorativa do 40º aniversário do Saint Bernard Club of Transvall e como prometido aqui vai não só o que fui saber sobre este produtor de vinhos, mas também o que os meus olhos, as minhas narinas e as minhas papilas gustativas me disseram deste néctar dos deuses:

Este vinho foi feito pela Fort Simon, uma das mais prestigiadas “wine estate” da região sul-africana de Stellenbosh, com uvas da casta Merlot da colheita de 2014, de vinhas plantadas em solo granítico de 185 a 210 metros acima do nível do mar, nos anos de 1990 e 1991. As uvas foram colhidas manualmente e a fermentação maloláctica ocorreu em tanques de aço inoxidável, tendo o vinho posteriormente repousado em tanques de carvalho francês novo por 6 meses e só depois foi envelhecido em barricas de carvalho francês mais velho por 12 meses. Após estes períodos o vinho foi retirado, estabilizado e engarrafado.

O vinho é ruby escuro; No nariz apresenta-se frutado, com aromas de ameixas, frutos secos e notas de especiarias; Na boca sente-se encorpado, com taninos macios que perduram no palato.

Um grande vinho… e acompanhou na perfeição uns bifes grelhados (mal passados) de bovinos nascidos, criados e abatidos na Região Autónoma dos Açores, segundo um modo particular de produção, que assenta no recurso às pastagens naturais das ilhas do arquipélago, apresentando-se esta carne tenra, suculenta, de coloração rosa-madura, com ligeira infiltração de gordura intra-muscular.

 

 Comentários no Facebook

«Elisabete Ferreira» >> Fico feliz que tenha gostado. Aproveito para reiterar o meu agradecimento público pelo apoio na WUSB 2016. Sem dúvida que este vinho tinha que ser entregue a um apreciador e conhecedor. Bem haja David Ribeiro!

«Jose Riobom» >> Já que não posso provar o vinho contento-me com a beleza do centro de mesa D.João V assim como com o belo prato de parede. Defeitos de nascença.... [Emoji wink;-)] de neto e filho de ourives... [Emoji smile:-)]

«David Ribeiro» >> ...defeitos de quem tem bom gosto, caríssimo amigo [Emoji smile:-)]



Publicado por Tovi às 08:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

Amêijoas à Bulhão Pato

Bom Ano 2018

Empadão de Peru

A minha Consoada

Corvina Assada no Forno

Castanhas... quentes e bo...

Vitória de Setúbal 1 – 1 ...

Pecado da Gula

Sardinhas ao Sal no Forno

Pimentos Padrón… unos pic...

Domingo de Páscoa

O Porto foi eliminado da ...

Calminha lá com isto…

Castanhas Assadas no Forn...

Fort Simon - Fortress Hil...

Braga 3 - 0 Boavista

Bacalhau Dourado

Moelinhas

Bacalhau à Moda de Braga

Douradas no Forno com Bat...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus