"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 18 de Fevereiro de 2024
Exposições Caninas de Gondomar

424687772_726813332925747_2538332648744877135_n.jp

 

  3.º lugar no "Best in Show" da 1.ª E. C. N. de Gondomar 
3 bis.jpg
Na noite da última sexta-feira [16fev2024] tive o grato prazer de ser convidado pelo Joaquim Diniz para um jantar (*) com seus Amigos... e o GASTÃO [Mult Grand Champion Kynagon Gideon’s Sword da raça Border Collie] fez-me companhia durante todo o jantar aos meus pés. A calma com que este maravilhoso exemplar se comportou perante este "enorme" tempo de uma calorosa e animada refeição só demonstra que há cães e CÃES.

(*) Rogério do Redondo - Filetes de Pescada com Arroz de Feijão.

 

  "Best in Show" da 2.ª E. C. N. de Gondomar 
428631599_10224853319188147_5870134633242798291_n. 
  
Joaquim FigueiredoParabéns
Luis BarataAcho estranho como convidam juizes portugueses que julgam alegremente na Rússia. É assim




Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2024
Canja de Galinha só há uma...

...a de cá de casa e mais nenhuma.

21512686_FEydO.jpeg

É um dos pratos adorados por todos na família e a Bilé, com quem me casei há perto de meio século e com quem criei duas filhas maravilhosas, só faz em épocas festivas como esta do Natal e Ano Novo. Curiosamente está muito próxima da que os historiadores referem como a milagrosa CANJA que salvou o Duque de Wellington à chegada a Portugal aquando das Invasões Francesas.
Dizem que foi assim: O general e estadista britânico – nascido na Irlanda – Arthur Wellesley, futuro Duque de Wellington, desembarcou nos primeiros dias de agosto de 1808 na praia de Lavos, junto à foz do Mondego, onde estabeleceu o seu quartel general por oito dias, tempo necessário ao desembarque de todas as suas tropas. Consta que o general vinha ligeiramente enjoado da viagem marítima e foi uma milagrosa canja de galinha que lhe deu forças para marchar em direção a Leiria onde as suas tropas se juntaram às forças portuguesas de Bernardino Freire, comandante do exército português em Montemor-o-Velho. Em cartas dirigidas à sua esposa, Kitty Pakenham, reunidas no livro de memórias da duquesa, descreveu Wellington a dita sopa e aponta os ingredientes: galinha, orelha e toucinho de porco, enchidos, couve, massa, cebola e sal. Cada conviva teria junto de si uma malga para a sopa, um prato para as carnes servidas à parte e outro com hortelã de que se juntava à sopa ao gosto de cada um.


Publicado por Tovi às 07:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023
Já estou em modo "comezainas natalícias"

ceia_de_natal_economica_29163_0_600.webp

Daqui ao Jantar de Consoada e ao Almoço de Natal é um saltinho de pardal... vai daí é melhor começarmos já a habituarmo-nos a estas orgias gastronómicas desta época. Eu cá a partir de amanhã entro em modo "comezainas natalícias". E para não terem problemas de digestão recomendo-vos o seguinte: Macere em 1 litro de vinho do Porto, durante 24 horas, 40 g de casca de canela (cinnamomum zeylanicum) e 20 g de casca de quina (chinchona succiruba); Agite; Filtre; Tome 1 colher de sopa antes do almoço e 2 antes do jantar.

  
Jorge VeigaDavid Ribeiro estragaste o Porto.
David RibeiroJorge Veiga... mas é por uma boa causa.
Jorge VeigaDavid Ribeiro mais 2 ou 3 Kgs no dia 2 de Janeiro é uma boa causa? hehehe
Ana AlyiaDia 2 de janeiro cá estaremos a ver o David a rebolar que nem uma bolinha 🤣 Boas Festas David 🌲
Chico Gouveia
Não vai haver Cholagut nem Gurosan que aguente 
Francisco BismarckPara treinar... 



Publicado por Tovi às 07:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 30 de Julho de 2023
Cozido à Portuguesa

2E4BB928-D83D-4227-A7F6-9FFF29968D82.jpeg

Será um crime de "lesa gastronomia" um Cozido à Portuguesa nesta época estival?... Seja ou não é o que vou fazer para o almoço de hoje... é que está mesmo a apetecer-me.

  
São Bernardos de Moazares
O melhor é a Sopa !
Jorge VeigaÉ sempre época de um cozido. Um tinto do Douro também fica bem nomear...
David RibeiroTenho cá em casa três velhos tintos - muito velhos mesmo - para ver se ainda não entregaram a alma ao criador. Como a confecção do cozido ainda demora o seu tempo vou experimenta-los... e logo veremos.
Carlos WehdornSempre bom. Quem n gostar come só o arroz... 😁👌
Joaquim Figueiredo - 
Gosto muito.. e todas as épocas são época
David RibeiroMeus Amigos... perguntei à minha mulher e à minha filha o que queriam para o almoço... que qualquer coisa servia desde que fosse uma coisa leve e refrescante... disse-lhes que estava a pensar num Cozido à Portuguesa... responderam imediatamente: ESTÁ BEM.
Jorge VeigaDavid Ribeiro as mulheres da família David Ribeiro têm mais 10 valores na classificação final...
São Bernardos de Moazares
David Ribeiro , Cozido à Portuguesa Refrescante só se for refrigerado !!! 🤣😁 Nunca experimentei, mas deduzo que não será bom, pelas gorduras associadas que obrigatoriamente fazem parte integrante do Cozido. Nunca experimentei, nem me sinto tentado a experimentar, mas a sopa de Cozido a temperatuara conveniente, é um "must". Na casa dos meus pais, ao almoço dos Domingos, era tradicional comer-se um prato de peixe, normalmente assado no forno (Ruivo, Goraz, Congro ou Pescada), e que o meu pai não dispensava, seguido dum Cozido à Portuguesa. Eu petiscava o peixe e ficava à espera da Sopa do Cozido. Ao fazer o peixe no forno fazia-se o pão torrado, porque na época as padarias não faziam pão ao Domingo. Eu pegava nos "moletes torrados" e partidinhos à mão íam para o prato da sopa. Dois pratos de sopa, desse modo, era o meu almoço domingueiro. O pior era de tarde, a sede !!! Ainda hoje continua a ser a comida que mais aprecio. Do Cozido, petisco a Orelheira, o Coto, o Bacon quando ele é pouco gordo e uma carninha bovina denominada por Óculo, e conhecida no Brasil por Fraldinha e uma das melhores peças do Churrasco (no Carvão). Eu gosto de comer e beber, mas com moderação e boa qualidade ! ... e gosto de cozinhar, mas o maior problema é que quando o faço chego à mesa falta-me o apetite ! Abração do tamanho do mundo.
Andreia RibeiroFaça a mais e depois faz um delicioso empadão que as netinhas vão adorar ☺️ Bom apetite 😋
David Ribeiro
Sem dúvida, Andreia Ribeiro... é o que costumo fazer.
Maria Vilar de AlmeidaDavid Ribeiro posso ficar com a receita do empadão?
David RibeiroNão tem nada que saber, Maria Vilar de Almeida ... Picam-se as carnes todas, faz-se puré, vai ao forno e já está.
Maria Vilar de Almeida
David Ribeiro nenhum truquezinho pelo meio, para ficar mais saboroso?! Hmm... que estou eu a perguntar?! Truques gastronómicos só são passados à Alicinha! 😉
Rodrigues PereiraNão ligo nada às épocas ! Quando apetece, é que é !!! Bom apetite 😉
Fernando Festas
Caro amigo bom apetite e um bom cozido á portuguesa é ótimo em qualquer altura do ano. Abraço!!!
Rui LimaO tempo até está convidativo ...... Verão frio. Bom apetite.
Maria Vilar de AlmeidaJá estou a salivar! A Bilé é que soube escolher o marido... é só sentar à mesa para comer do bom e do melhor! 😉
Rafael Maciel Oliveira
Atenção ao teu colesterol, porque os teus filhos ainda não têm, mas bom apetite !
José Pereira
Quando o caro amigo não puder ou não quiser fazer, dá um saltinho até Baião e come um cozido excelente



Publicado por Tovi às 07:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 2 de Julho de 2023
Arroz de Açafrão no Forno

Há sempre uma primeira vez para tudo... e como a minha neta adorou o Arroz de Açafrão no Forno que acompanhava o Cabrito Assado que fui buscar a um take away aqui da minha zona de residência para o almoço do dia de São João, e já que a Alice vem cá para casa na próxima semana, preparei-me para a presentear com o tal arroz que ela tanto gostou. Fui à NET procurar uma receita fácil e que me agradasse... e fiz hoje exatamente como diz na Teleculinária. O resultado foi muito bom... a minha neta vai adorar, seguramente.

Captura de ecrã 2023-06-30 135802.png 
Ingredientes (para quatro doses): 300 gr de arroz carolino; 1/2 chouriço de carne; 1 cebola pequena; 1 dl de azeite; 7 dl de água a ferver; 1 colher (chá) de açafrão em pó; 1 cubo de caldo de carne; Sal q.b.
PreparaçãoColoque a cebola picada num tacho com o azeite e o chouriço cortado em rodelas. Leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola ficar transparente. Adicione depois o caldo de carne, o açafrão e a água a ferver. Deixe levantar fervura e retifique o sal. Deite o arroz num tacho de barro. Adicione o caldo anterior, mexa e leve ao forno, pré-aquecido a 200ºc, durante 20 minutos. Retire do forno, deixe repousar durante 10 minutos e sirva decorado com salsa.

  
Ana Alyia
Alice depois vem aqui contar-nos se ficou delicioso 😃  Se não estivesses tão longe até te convidava porque sou fã de arroz de açafrão 😋😋
Chico Gouveia
As receitas do saudoso chefe Silva dão sempre certo.
David RibeiroO Chefe Silva foi meu professor, depois fomos colegas de trabalho e ficamos grandes amigos. Recordo-o com grande saudade.
Teresa MtvGosto muito bom proveito
Rui LimaBom apetite.
Andreia RibeiroMaravilhoso❤Avô ♥️
Elisabete Ferreira
Feito com o carinho do avô, vai adorar seguramente!
José Manuel Nero
É nossa obrigação, de avós, transmitir aos netos as tradições. Ensinar-lhes a dizer NÃO às inovações modernaças que gente destituída de tudo quer impor como carne de laboratório, ovos sintéticos ou alimentos enriquecidos com proteína de insectos.



Publicado por Tovi às 14:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 30 de Junho de 2023
Jantares de família às quintas-feiras

Captura de ecrã 2023-06-15 215304.png

Desde há muitos anos que os jantares familiares das quintas-feiras (com as minhas filhas, depois também com os genros e agora também com a neta) são da minha responsabilidade... e a alegria de os ver satisfeitos e felizes é o melhor prémio que me podem dar.
É bom chegar a mais de sete décadas e poder continuar a manter esta tradição familiar.
  
Rafael Maciel Oliveira
Pois a minha é todos os dias, sobra para a FILOMENA, mas é uma alegria!!
David Ribeiro
Um beijo para a Filomena e um grande abraço para ti, Rafael Maciel Oliveira .
Arlindo CardosoAgora és gerente, inspetor, cozinheiro e, chefe de compras! Grande abraço.
David RibeiroUm forte abraço também para ti, Arlindo Cardoso.
Jose Luis Soares MoreiraQue maravilha!!!
Paulo CoelhoGrande David! Que assim seja por muitos anos! 🤗
Isabel PiresViva o chefe cozinheiro !
Rui GonçalvesÉ sempre do melhor as boas refeições, preparadas com amor, em família. Grande abraço e que a felicidade continue.
Carlos Alberto Goncalves💯 👏 👏 👏 
Maria Vilar de AlmeidaPorquê às 5ªs feiras?!
David RibeiroE porque não, Maria Vilar de Almeida?


Publicado por Tovi às 07:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 24 de Junho de 2023
Bom São João para todos

Captura de ecrã 2023-06-18 145346.png

  Embora já tivesse entrado de dieta rigorosa há duas semanas a verdade é que estes festejos de São João são uma desgraça... mas "uma desgraça" boa.
Tudo começou no jantar da véspera do dia de São João com uns Enchidos para abrir o apetite, seguidos de umas Sardinhas Assadas com Pimentos e lá mais para a noite um Caldo Verde. No dia de hoje, dia do Santo, um Pernil de Cordeiro Assado no Forno. Tudo isto bem regado com uns tintos do Douro. Dos doces nem vos falo.


Publicado por Tovi às 08:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 14 de Março de 2023
Amêijoas à Bulhão Pato

332281959_5938959076152481_6853961577031108690_n.p

Um site dedicado à gastronomia mundial elaborou uma lista com os 100 melhores pratos de mariscos, bivalves ou peixes do mundo. Portugal vence com um dos favoritos dos portugueses e tem ainda tem mais duas receitas na lista. Este guia internacional dedicado à gastronomia atribui aos 100 melhores pratos de todo o mundo confecionados com frutos do mar, dominado por receitas da Europa. Além do vencedor Amêijoas à Bulhão Pato, Portugal vê ainda Bacalhau com Natas na 35.ª posição e Arroz de Marisco na 50.ª posição.

Não costumo "embarcar" facilmente nestes "o melhor do mundo", mas Amêijoas à Bulhão Pato é de manjar dos deuses. Arroz de Marisco também é excecional, mas Bacalhau com Natas, sem as natas, é muito melhor, seja cozido, assado ou até em "punheta".



Publicado por Tovi às 07:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2023
O maravilhoso e único Carnaval de Veneza

maschera-nobile.jpeg

Já lá vão mais de trinta anos, estava eu em trabalho em Cologna Veneta (província de Verona) e levaram-me a Veneza para ver o CARNAVAL. Fantástico!... As máscaras e trajes que se usam são característicos do século XVIII, e são comuns as maschera nobile, ou seja, máscaras nobres, caretas brancas com roupa de seda negra e chapéu de três pontas. Diz a história que nestas festividades a nobreza se disfarçava para sair com o povo.

 

   Almoço de Carnaval cá em casa - COZIDO À PORTUGUESA 
(Atenção: Não se aceitam reservas nem mais inscrições. O repasto é só para quem já cá está 🙂)
cozido-a-portuguesa-768x574.jpg.webp
INGREDIENTES (para seis pessoas a comerem bem): 600 g de chambão de vaca; 600 g de entrecosto; 600 g de entremeada; 2 orelhas de porco; 1/2 frango; 1 chouriço de carne; 1 chouriço de sangue; 1 morcela pequena; 1 farinheira; 1 lata grande de feijão vermelho; 400 g de arroz; 6 nabos; 6 batatas pequenas; 3 cenouras; 1 couve lombarda pequena; 1 couve portuguesa pequena; 1 cebola; 2 dentes de alho; 0,5 dl de azeite; 2 folhas de louro; sal e pimenta em grão q.b.
PREPARAÇÃO:
1. Arranje as carnes, tempere as carnes de porco com sal e deixe repousar no frio de um dia para o outro. No dia, passe-as por água e leve-as a cozer com as restantes carnes, o frango em pedaços, o chouriço de carne, a morcela e a farinheira em água temperada com sal, as folhas de louro e grãos de pimenta. Retire e reserve à medida que forem ficando cozidas.
2. Arranje e lave as couves, descasque e lave as cenouras, as batatas e os nabos, corte-as ao meio, leve a cozer todos estes ingredientes na água de cozer as carnes e retire. Aproveite depois 8 dl do caldo, retifique os temperos, coza o chouriço de sangue e retire. Adicione o feijão vermelho ao mesmo caldo, deixe aquecer e retire.
3. Descasque e pique a cebola e os alhos, deite num tacho, junte o azeite, leve ao lume e deixe refogar um pouco. Adicione o arroz, envolva bem, regue com o caldo de cozer o chouriço de sangue, mexa, tape e deixe cozinhar, em lume muito brando, durante 16 minutos. Sirva as carnes e os enchidos cortados em pedaços com os legumes, os nabos, o arroz e o feijão.


Isabel Sousa Braga
David Ribeiro tenho cá em casa um Boavisteiro que precisa de umas aulas de culinária . Pense nisso 😅
José Eduardo Regalado
Onde compraste?? 😂 😂 😂
David Ribeiro
José Eduardo Regalado, os ingredientes comprei-os aqui ao lado, no Mercadona. A receita é adaptada de uma do meu saudoso e querido amigo Chefe Silva.
Jose Luis Soares MoreiraEspetacular, bom apetite e ótima digestão.
Luis Narciso
Bom proveito. Tudo de bom

 

 
Captura de ecrã 2023-02-20 144634.jpg
Disse-me quem viu que foi um bom e alegre espetáculo. Na tarde do último domingo [19fev2023], a associação Batucada Radical levou milhares de foliões a festejar o Carnaval livremente pela Cidade Invicta, com o objetivo de envolver toda a gente independentemente da fantasia, tradição e comunidade. Entre ritmos portugueses, brasileiros e não só, o grupo vibrou e fez vibrar as ruas do Porto com uma amostra da música que a Batucada Radical faz na cidade há quase 30 anos.

  Raul AlmeidaHá uma velha discussão infindável sobre qual será o carnaval mais português de Portugal. É uma discussão que não me interessa e em que não me meto. Hoje [19fev2023], acidentalmente, descobri o carnaval mais brasileiro de Portugal. A caminho de uma sessão no Batalha, deparei-me com um mega desfile na Rua do Heroísmo. De repente, achei que estava em Ipanema ou Copacabana, não fosse o inclemente termómetro. Ritmos brasileiros contagiantes e com grande qualidade, a presença em massa da comunidade brasileira, emprestando ao momento toda a alegria e emoção, e uma uma festa sem fim. Muita informalidade, espontaneidade e vontade diversão pela diversão. Uma magnífica descoberta! O Porto é mesmo isto! Não fora o compromisso com um grande filme no Batalha, e não tinha resistido a juntar-me à multidão. 😃



Publicado por Tovi às 08:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 13 de Novembro de 2022
Uma forma nova de preparar Entrecosto Assado
Esta receita encontrei-a numa das páginas promocionais do LIDL... já experimentei e os comentários estão abaixo. 

Captura de ecrã 2022-11-04 142411.jpg

 Entrecosto Assado com Mel e Laranja e Migas de Couve, Feijão Frade e Broa (As quantidades indicadas são para 4 pessoas).

Entrecosto
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Numa tigela, misture o azeite (1 colher de sopa) com o alho em pó (2 colheres de chá), o pimentão fumado (2 colheres de chá), o sal (q.b.) e a pimenta (1 colher de chá). Espalhe bem esta mistura pelo entrecosto e coloque-o num tabuleiro.
Cubra o tabuleiro com papel de alumínio e leve o entrecosto (1,5Kg fatiado) a assar por cerca de 1h30 a 2h00, dependendo do tamanho das peças.
Quando o tempo de cozedura do entrecosto estiver a chegar ao fim, misture metade do sumo de laranja (de 2 laranjas) com o mel (180g). Retire o entrecosto do forno e pincele-o com esta metade do molho de laranja e mel.
Coloque o forno agora a 230ºC, com a função grill ligada, e leve o entrecosto novamente a assar, desta vez para que caramelize com o molho. Quando o molho tiver secado ligeiramente, pincele com o restante do molho. Este processo de caramelização leva cerca de 10 minutos.
Retire o tabuleiro do forno e deixe repousar por 5 minutos antes de cortar e servir.
Migas
Parta a broa de milho (100g) em pedaços pequenos, com cerca de 1cm.
Numa frigideira larga em lume médio, aloure ligeiramente os alhos picados (4 dentes) no azeite (45ml).
Junte o feijão frade previamente cozido (220g) e deixe que aqueça por uns 2 minutos. De seguida, levante o lume e junte o caldo verde (250g) em duas vezes, para garantir que cozinha toda por igual.
Quando a couve tiver amolecido, junte a broa, tempere de sal e retifique com azeite, mexendo bem para que se incorpore nos restantes ingredientes.
Deixe que a couve cozinhe, mas deixando-a bem verdinha e crocante.
Desligue o lume estão as migas prontas a servir.
 
  Foi o almoço de ontem cá em casa. O entrecosto, simplesmente grelhado, ficava melhor do que este assado coberto por papel de alumínio e com molho de mel e laranja. Já as migas são divinais. Elas, com um simples ovo estrelado, são já um pitéu.


Publicado por Tovi às 07:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2022
Arroz de Tamboril

312138307_10222114379196359_3764346800701678738_n.

Oh pá!... O "meu" Arroz de Tamboril vai agora para a mesa... e está um espanto. E aqui fica a receita. As quantidades são meramente indicativas, mas dão à vontade para quatro comensais com bom apetite.



Cozer o tamboril já cortado em cubos (eu usei 1 kg de tamboril congelado, do que há à venda nos hipermercados). Reserve a água de cozedura.
Num tacho largo refogue em azeite (100 ml) as cebolas (duas grandes), os alhos (cinco dentes) e coentros picados.
Quando a cebola estiver translúcida, junte ao refogado um pimento em tiras, quatro tomates em cubos e uma malagueta pequena picada, envolvendo bem os ingredientes.
Dilua quatro colheres de sopas de polpa de tomate na água de cozedura do tamboril e vá acrescentando, aos poucos, ao refogado.
Depois junte 300 gramas de arroz carolino e tempere de sal e pimenta.
A meio da cozedura do arroz, adicione o tamboril, previamente cozido, e 400 gramas de miolo de camarão.
Vá acrescentando a água da cozedura do tamboril (onde se diluiu a polpa de tomate) mantendo o arroz sempre malandrinho.
Sirva o arroz de tamboril com fatias de pão.

 


Maria Helena Costa FerreiraNão quero a receita... quero um convite para ir almoçar/jantar! 🤣
Rui LimaMaravilhoso, como consegue assim tão caldoso ?
David RibeiroRui Lima, veja na receita como faço para o arroz ficar malandrinho.
Paula Ribeiro de Faria
Isso não se faz. Mesmo! 🙂



Publicado por Tovi às 12:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Terça-feira, 5 de Julho de 2022
Bacalhau com Natas... assim não

Foto-3-Loja-Mercadona-na-rua-Domingos-Sequeira-Por

Sou cliente do Mercadona de Domingos Sequeira desde a primeira hora, ou eu não vivesse praticamente paredes meias com este simpático estabelecimento. Como sempre afirmei publicamente esta rede de supermercados tem um serviço exemplar, produtos de qualidade e ao nível de preços, nunca eu tendo feito um estudo de mercado, parece-me estar na média da concorrência. Mas como há muito decidi só comentar nas redes sociais quem tem um serviço acima da média ou muito abaixo do esperado (quem serve unicamente "bem" não faz mais do que a sua obrigação), seja nos vinhos, nas conservas ou mesmo na comidinha, venho hoje aqui lamentar o “Bacalhau com Natas” do takeaway do Mercadona que no domingo lá comprei. Seco, sem o mínimo vestígio de natas, enfim... uma desilusão. Estou em crer que se trata de um erro de temperatura/humidade no expositor... ao fim de algum tempo os produtos secam. Espero que entendam este meu desabafo como uma reclamação construtiva e que voltem ao excelente serviço a que me habituaram.

 

Menos de 24 horas depois desta minha "reclamação construtiva" já tinha uma primeira resposta, por escrito, por parte do Mercadona... são realmente de uma qualidade acima da média no apoio ao cliente.
  Olá David. Pedimos desculpa pelo que nos comenta sobre o nosso bacalhau com natas do nosso pronto a comer. Não é de forma alguma a qualidade que queremos oferecer aos nossos clientes, pois trabalhamos diariamente para oferecer o melhor. Vamos partilhar o seu comentário com os responsáveis correspondentes para terem conhecimento e analisarem o que poderá ter acontecido. Obrigada por ajudar-nos a melhorar.



Publicado por Tovi às 08:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 17 de Junho de 2022
Onde se come bem e barato... no Porto

Captura de ecrã 2022-06-11 135115.jpg

No sábado, 11jun23022, já muito em cima da hora normal para o almoço cá em casa, tive que ir a Pereiró... e ao passar em frente do Restaurante Proa de Pereiró uma lousa com o menu chamou-me à atenção para “Bacalhau à Braga – 7 euros”. Entrei, encomendei duas doses, aguardei uns momentos, paguei e vim rápido para casa, que eu gosto da comidinha quentinha. E estava divinal... nada faltava à receita clássica desta referência da gastronomia minhota. Fiquei cliente e seguramente irei experimentar outras coisas.

  Proa de PereiróDavid Ribeiro É com grande satisfação que lemos o seu comentário! Trabalhamos diariamente com o objetivo de bem servir e, desta forma, ficamos ainda mais motivados com tal comentário. Muito obrigado



Publicado por Tovi às 08:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 5 de Outubro de 2021
Portugal é uma das melhores cozinhas europeias
 22166143_v9ptr.jpeg

  António Castel-Branco na sua página do Facebook em 21set2021

VIVA PORTUGAL!!!
“Ouvir a CNN dizer que Portugal é um dos mais bem guardados segredos culinários da Europa é quase tão emocionante como ver o Ronaldo levantar a taça, no domingo, à frente de milhões de franceses. E não estamos propriamente a falar de uma francesinha perdida num texto sobre a Europa gourmet. Estamos a falar de todo um artigo onde são enumeradas as 20 razões objectivas que tornam Portugal numa das melhores cozinhas europeias, a par da francesa, da italiana ou da espanhola.
Segundo a CNN, os restaurantes portugueses no estrangeiro não deviam servir apenas para “melancholy emigrants seeking in vain to matar saudades (kill their longing) for mom's home-cooked food”. Há razões para valorizar a cozinha portuguesa. E começam logo com a mais indiscutível de todas: o melhor peixe do Mundo.
1. O peixe perfeito - Só há um país na Europa onde se come mais peixe do que em Portugal – e são logo os nossos amigos islandeses. No entanto, existe uma diferença colossal que a estação de televisão destaca: o famosíssimo chef Ferran Adriá diz que o melhor peixe do mundo vem do mar português. E ele é espanhol, como lembra a CNN.
O canal americano fala dos fantásticos mercados, onde se compra todo o tipo de peixe, do magnífico robalo grelhado no churrasco e dos fabulosos restaurantes onde comer um peixinho único: São Roque, em Lagos; Restinga, no Alvor; Furnas, na Ericeira; Azenhas do Mar ou Restaurante da Adraga, em Sintra; Ribamar, em Sesimbra; ou Doca das Cavacas, na Madeira.
2. O maravilhoso azeite - É a base da cozinha portuguesa e, para a CNN, é também uma maravilha difícil de igualar – seja o azeite do Alentejo, da Beira Interior ou de Trás-os-Montes. Tanto fica óptimo por cima do bacalhau, de uma simples sopa ou de uma fatia de pão saloio acabado de sair do forno a lenha.
O canal de TV fala dos gigantes Gallo e Oliveira da Serra ou dos pequenos e artesanais produtores que estão a fazer um azeite imperdível – o destaque vai para o último prémio internacional ganho pelo azeite biológico Olmais.
3. O cozido à portuguesa - A cozinha portuguesa pode ser mais pesada no Norte e mediterrânica no Sul, mas uma coisa une todo o país: o cozido à portuguesa. A CNN fala inclusivamente dos vários tipos de cozido: o do Algarve, com grão e hortelã; o do Alentejo, com borrego; o da Madeira, com batata-doce; ou o das Furnas, cozido debaixo do chão.
4. Os novos chefs gourmet de Lisboa - Esta diferenciação regional não se percebe muito bem. A CNN elogia o magnífico trabalho de José Avillez, no Belcanto, de Henrique Sá Pessoa, no Alma, ou de João Rodrigues, na Feitoria – e elogia muito bem e merecidamente – mas esquece-se do fabuloso trabalho que está a ser feito no Porto (Pedro Lemos, Rui Paula ou Vítor Matos são só alguns exemplos) ou no Algarve.
Entre os pratos que encantaram a CNN, está o fantástico salmonete braseado com molho de fígados e xerém de amêijoas à Bulhão Pato, do Belcanto.
5. O bacalhau - A CNN ficou encantada com os pastéis de bacalhau com feijão-frade, ou com o bacalhau à Brás, ou à lagareiro, ou com broa, ou à Zé-do-Pipo ou de qualquer maneira e feitio. Dizem que em Portugal há muito mais de 365 receitas de bacalhau, o que dá mais de um prato diferente por cada dia do ano.
Para a CNN, o melhor sítio para comer bacalhau é essa contradição de género que dá pelo nome de Laurentina, O Rei do Bacalhau.
6. O queijo - Isto, sim, é um assunto que merece ser esclarecido internacio-nalmente: por que é que os queijos portugueses não são mais conhecidos? Segundo a estação de televisão, é um mistério por esclarecer. Seja por causa do extraordinário Queijo da Serra, do Queijo Amarelo da Beira Baixa, do Queijo da Ilha de São Jorge, do Terrincho de Trás-os-Montes, ou de tantos outros. Para acompanhar, os americanos recomendam Vinho do Porto, vinho tinto ou marmelada.
7. As tripas à moda do Porto - É inegável que se trata de um dos pratos mais procurados do Porto. A CNN fala ainda das francesinhas.
8. Os pratos de arroz - Mais uma injustiça identificada – e muito bem – pela CNN: se a paella e o risotto são famosos internacio-nalmente, por que raio é que o arroz de marisco não é conhecido em todo o mundo? De facto, ninguém consegue replicar aquele maravilhoso arroz malandrinho, nem o delicioso sabor a alho, tomate e coentros, muito menos os suculentos nacos de lavagante, santola, gambas ou amêijoas.
Segundo a CNN, também vale a pena provar o fantástico arroz de pato, o maravilhoso arroz de cabidela ou o divinal arroz doce.
9. O presunto - Mais uma injustiça desmascarada pela CNN: Portugal tem o mais saboroso e suculento porco da Europa. O presunto de porco preto alentejano é tão bom ou melhor do que o presunto espanhol ou italiano.
E não sou eu que o digo...
10. Os pratos típicos regionais - É verdade: cada região tem um prato típico que é único e delicioso. A CNN destaca a sopa de cação do Porto Santana, em Alcácer do Sal; as lulas do Correia, em Vila do Bispo; o ensopado de enguias, do Telheiro, em Aveiro; ou a perdiz do Solar Bragançano, em Bragança. Convenhamos que é de quem conhece, de facto, o país.
11. O vinho - Espantoso. É esse o adjectivo que a CNN usa para qualificar a variedade de vinhos que tem um país tão pequeno como Portugal. Desde o vinho verde até ao vinho de Carcavelos, a estação de televisão fala de tudo.
12. A abertura ao mundo - Desde o século XV que Portugal influenciou e foi influenciado pelas mais variadas cozinhas internacionais. Foram os portugueses que levaram a tempura para o Japão ou o caril vindaalo para Goa. Em troca recebemos o frango assado com piri-piri, a feijoada ou as especialidades de Angola, Moçambique e Cabo Verde.
13. O leitão - Da Bairrada, claro. A CNN fala do Pedro e da Meta dos Leitões, na Mealhada ou da Casa Vidal, em Aguada de Cima. Mas para mim, o melhor leitão da Bairrada é claramente o da Meta, onde tudo é bom: o leitão com a pele estaladiça, o molho picante, a salada de alface e cebola, as batatas fritas fininhas e o fantástico vinho frisante da Casa Sarmentinho.
14. A fruta - As bananas da Madeira, o ananás dos Açores, as cerejas da Serra da Gardunha, as laranjas e os figos do Algarve, os melões do Tejo, as ameixas de Elvas e as maçãs Bravo Esmolfe merecem tudo. Mas eu acrescentava as meloas da Ilha Graciosa nos Açores. De facto, não há fruta como a portuguesa.
15. As sardinhas - A CNN está deslumbrada com os Santos Populares e as magníficas sardinhas assadas na rua. Não há dúvida de que é um programa imperdível. Mas se experimentarem as sardinhas fora da época dos Santos, entre Julho e Agosto, então, sim, vão comer um peixe inesquecível, gordo, saboroso e cheio de ovas.
16. Os petiscos mais estranhos - Da fantástica lampreia aos imperdíveis percebes, passando pelas línguas de bacalhau ou pelo pudim Abade de Priscos, a CNN ficou impressionada pelos petiscos exóticos portugueses. E nem provaram os ovos mexidos com mioleira.
17. Os mercados - Especialmente os mercados de frescos, com o peixe acabado de pescar, as frutas e os legumes das quintas ou as flores apanhadas diariamente.
18. Os rivais dos pastéis de nata - Não é que os pastéis de nata não sejam bons, é que a CNN descobriu os outros deliciosos bolos portugueses, como o bolo de mel da Madeira, o bolo de figo, amêndoa e alfarroba do Algarve, os pastéis de Tentúgal, o toucinho do céu ou as barrigas de freira, aqui pomposamente apresentadas como “nun’s belly”.
19. Os pregos e as bifanas - São boas escolhas, mas francamente não estão entre as 20 melhores especialidades da cozinha portuguesa. A CNN destaca os pregos do Ramiro, em Lisboa. Eu prefiro as gambas. Ou o delicioso presunto.
20. O cabrito e outros animais - A CNN diz – e muito bem – que a carne em Portugal não se resume ao porco e ao leitão. O cabrito é elogiadíssimo, tal como a chanfana de Coimbra, a carne Barrosã ou a vaca maronesa. Também se fala do javali, do veado e da lebre.”



Publicado por Tovi às 07:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 16 de Junho de 2021
Moelas

moelas.jpg
(Foto "roubada" na NET)


Ingredientes: 600 g moelas; 5 dl vinho tinto; 4 dentes de alho; 2 c. sopa sal; 2 folhas de louro; 1 cravinho; 5 c. sopa azeite; 2 cebolas picadas; 150 g polpa de tomate; 20 g salsa.
Preparação: Lave muito bem as moelas; Numa tigela, tempere as moelas com vinho, os dentes de alho picados, sal, louro e cravinho; Num tacho, aqueça o azeite, junte a cebola e deixe refogar até a cebola murchar; Junte as moelas, acrescente um pouco de água e a polpa de tomate, deixe estufar cerca de 20 minutos com o tacho tapado e em lume brando; Quando as moelas estiverem macias, junte a salsa picada e retire do lume; Sirva as moelas quentinhas e acompanhe com pão.

 

    Comentários no Facebook

Carla Molinari - Gosto imenso

Zé Regalado - Sugestão: o pão que gosto mais é uma boa broa de milho. E apenas 20' de cocção parece-me pouco tempo. E parece-me que falta um espevitador, um piri-piri, por exemplo.

David Ribeiro - Zé Regalado... o pão é o "molete", ideal para encharcar no molho; o tempo a estufar será até ficarem macias; o "espevitador" será colocado à mesa, pois há comensais que não gostam.

Zé Regalado - Um dia experimenta acompanhar com uma boa broa de milho. Vais ver que também dá para molhar no molho, embora não encharque, e o sabor é excelente. Uma opinião pessoal, claro. Amanhã não vás medir o colesterol. 😃

Chico Gouveia - E piripiri......muito, eheh

Adao Fernando Batista Bastos - Chico Gouveia e cerveja também😉

Chico Gouveia - Adao Fernando Batista Bastos fresquinha....

 Carla Afonso Leitão - Eu que já comi, tomo essa imagem como um atentado à je 😑 Ó feice! Põe aqui as tuas bistinhas!

Albertino Amaral - O facto do amigo David Ribeiro, ser o administrador desta página, não lhe dá o direito de deixar os seus seguidores , quase que a entrar pelo monitor para saborear este lauto petisco, aqui tão bem registado. Aliás, isso nem se faz, que é pecado........!

Jose Pinto Pais - Para mim falta figados, engrossa o molho, mas se for só assim também marcha

David Ribeiro - Comentários pós refeição: Para ficarem macias as moelas necessitaram de 45 minutos em lume brando; O molho ficou bastante grosso, como eu gosto; Não usei a salsa picada, por esquecimento, mas não se perdeu nada; Acompanhou um espumante tinto Murganheira.

Albertino Amaral - David Ribeiro Bom, isso já ultrapassa as marcas, meu caro.... Fiquemos por aqui.......!



Publicado por Tovi às 15:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Março 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Exposições Caninas de Gon...

Canja de Galinha só há um...

Já estou em modo "comezai...

Cozido à Portuguesa

Arroz de Açafrão no Forno

Jantares de família às qu...

Bom São João para todos

Amêijoas à Bulhão Pato

O maravilhoso e único Car...

Uma forma nova de prepara...

Arroz de Tamboril

Bacalhau com Natas... ass...

Onde se come bem e barato...

Portugal é uma das melhor...

Moelas

Lulinhas Estufadas

Compotas para o Natal... ...

Não chamem "isto" ao que ...

Tomates Recheados com Car...

Linguado da Guiné

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus