"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 7 de Agosto de 2019
Moqueca de Camarão

zoom-moqueca_de_camarao_saborcongelado.jpg

(Imagem retirada da NET)

Nunca tinha feito Moqueca de Camarão… e a experiencia de hoje até não ficou nada mau.

  • Ingredientes (4/6 pessoas): 1 kg de camarão 20/30; sal; pimenta; sumo de limão; 100 g de cebola picada; 3 a 4 dentes de alho; 1 tomate; 60 g de manteiga; 2 a 3 colheres de sopa de coentros picados; 2 dl de óleo de dendém; 1 malagueta fresca de piripiri.
  • Preparação: Tire as cabeças e as cascas aos camarões enquanto estiverem meio congelados; Retire-lhes a tripa escura na parte dorsal e tempere-os com sal, pimenta acabada de moer e sumo de limão; Leve a cebola, o tomate e os dentes de alho, descascados e picados a refogar num tacho com a manteiga; Quando a cebola estiver macia junte os camarões e deixe cozinhar mais 3 a 4 minutos; Adicione os coentros picados e o óleo de dendém (como não tinha cá em casa foi mesmo com azeite); Reduza o calor e deixe apurar durante cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando; Antes de servir, junte a malagueta cortada em rodelinhas. Acompanhe com arroz branco solto ou farofa (desta vez acompanhei com puré de batata).


Publicado por Tovi às 15:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 5 de Agosto de 2019
Pimentos Padrón

pimentos-padron.jpg

Toda a gente sabe que Pimentos Padrón “unos pican y otros non”... mas porque será que a mim saem sempre os “otros”?

  • Segundo os mais antigos escritos Pimento Padrón será uma variedade de Capsicum annuum, provavelmente originária do México ou do sudoeste dos Estados Unidos, que foi levada para a região galega no século XVI ou início do século XVII por missionários do convento franciscano de Herbón.


Publicado por Tovi às 10:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 3 de Agosto de 2019
Novilho Aberdeen-Angus Nacional

rotulo02_plus.png

Comprei esta semana no Pingo Doce uns bifes da vazia de Novilho Aberdeen-Angus Nacional, carne de muito boa qualidade. Tenra e suculenta, não só com uma camada externa de gordura e corte de espessuras adequadas mas também com um sabor inconfundível. Não tenho aqui à mão o talão de compra, mas o preço foi o aceitável para um produto de qualidade.



Publicado por Tovi às 13:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
História curiosa sobre "Canja de Galinha"

Canja de Galinha.jpg

Aquando das Invasões Francesas o general e estadista britânico – nascido na Irlanda – Arthur Wellesley, futuro Duque de Wellington, desembarcou nos primeiros dias de Agosto de 1808 na praia de Lavos, junto à foz do Mondego, onde estabeleceu o seu quartel general por oito dias, tempo necessário ao desembarque de todas as suas tropas. Consta que o general vinha ligeiramente enjoado da viagem marítima e foi uma milagrosa CANJA que lhe deu forças para marchar em direcção a Leiria onde as suas tropas se juntaram às forças portuguesas de Bernardino Freire, comandante do exército português em Montemor-o-Velho.
Em cartas dirigidas à sua esposa, Kitty Pakenham, reunidas no livro de memórias da duquesa, descreveu Wellington a dita sopa e aponta os ingredientes: galinha, orelha e toucinho de porco, enchidos, couve, massa, cebola e sal. Cada conviva teria junto de si uma malga para a sopa, um prato para as carnes servidas à parte e outro com hortelã de que se juntava à sopa ao gosto de cada um.



Publicado por Tovi às 10:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 5 de Julho de 2019
Saladas da Culinária Vietnamita

65871043_10214942668828082_8675773718183542784_n.j

Ora bem!... A minha primeira incursão na culinária vietnamita foi pelas SALADAS – não, não virei vegan – e as que ontem preparei para acompanhar umas singelas Alheiras de Mirandela foram de dois tipos: Uma com rebentos de feijão-mungo, cenoura, alho-francês, cogumelo, bambu, ervilha e cebola; e ainda uma outra com pimentos, verdes e vermelhos (foram preparadas em separado porque cá e casa há umas “esquisitonas” que não gostam deste fantástico legume de aspeto “roliço” e moldado em forma de sino). Ambas as saladas foram salteadas num fiozinho de azeite e polvilhadas com alho moído.

O resultado foi ótimo e vou de futuro usar estas saladas como acompanhamento de carnes grelhadas. Vou também introduzir nestes preparados uns molhos vietnamitas que se encontram à venda nos supermercados.

E vocês, como vão de saladas exóticas?



Publicado por Tovi às 10:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 12 de Agosto de 2018
Amêijoas à Bulhão Pato

ameijoas.jpg

As amêijoas já estão a ser depuradas... e mais logo vão ser preparadas "à Bulhão Pato". Mas ainda tenho que ir comprar um raminho de coentros ao supermercado da esquina, que sem esta ervinha as conchinhas não têm piada.

 

   Comentários no Facebook

«Chico Gouveia» - Acrescentar um nadica de vinho do Porto branco. Bulhao Pato não mandava, mas mando eu. Atenção: nada de vinho branco. É o vinho do Porto que o substitui. O Bulhao Pato era um forreta.

«David Ribeiro» - Essa do Porto Branco não é má ideia... mas eu vou refrescar as amêijoas com o mesmo vinho que vai acompanhar a refeição, um branco da Adega de Vila Real.

«Augusto Duarte Silva» - Teu Cunhado tantas vezes as fez no Algarve... Uma delícia. Bom proveito e não te esqueças do pão para o molho... Abraço

«David Ribeiro» - O pãozinho vai ser regueifa... é domingo e cá em casa nunca falta neste dia da semana.

«Fernando Duarte» - recordo-me de uma vez ter lido uma tradução fantástica para francês, que dava o seguinte: "palourdes cuites dans un bouillon de canard", ou seja ameijoas cozidas num caldo de pato !

«Adao Fernando Batista Bastos» - Bom apetite!

«Cmc Nelo» - Bom proveito sr David

«David Ribeiro» - Cometi um erro nesta preparação culinária e os erros pagam-se caros. Em vez de espremer um limão durante a confecção resolvi cortar o citrino em pedaços e juntar às amêijoas. Ficou ligeiramente amargo, muito provavelmente efeito das cascas do limão. É com os erros que se aprende.

«Chico Gouveia» - É depois da confecção, logo imediatamente.



Publicado por Tovi às 11:12
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2018
Bom Ano 2018

Bom dia... e Bom Ano Novo.

Constipado 01.jpg

Depois de um chazinho ao levantar fiquei pronto para outra... e o Peru Assado no Forno puchou um espumante bruto, que caiu-me mesmo bem.

 

   Um Bom Ano para todos

O Ano Velho vai-me ficar na memória pelos trágicos incêndios que assolaram Portugal, mas também não me esquecerei que foi em 2017 que fui eleito pelos portuenses Deputado à Assembleia Municipal do Porto, integrando com a maior honra as listas do movimento de Rui Moreira “O Porto é o Nosso Partido”. No próximo ano de 2018 irei continuar fiel à minha consciência e ser os olhos, os ouvidos e a voz dos Cidadãos do Porto, pois foi este o meu compromisso com quem me elegeu. Também continuarei a honrar a confiança que Carla Molinari, Presidente do Clube Português de Canicultura, deposita em mim como membro coordenador da Comissão Norte do CPC.



Publicado por Tovi às 15:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017
Empadão de Peru

Receita-de-empadão-de-carne-tradicional.jpg

Acreditem no que vos digo…
Dos restos do Peru Assado de ontem – dia de Natal e trigésimo nono aniversário da minha filha mais velha – fez a minha “santa” um EMPADÃO de PERU de estaladão. Ainda estou aqui que nem posso… o que vale é que o Pai Natal trouxe-me uma garrafita de Adega Velha (Aguardente Vínica de Vinho Verde da Aveleda) que me vai ajudar na digestão.



Publicado por Tovi às 14:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Dezembro de 2017
A minha Consoada

Bacalhau Cozido aa.jpg

Não tarda muito vou para a mesa… a minha Ceia de Natal está pronta.

Bom Natal para todos  



Publicado por Tovi às 20:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 26 de Novembro de 2017
Corvina Assada no Forno

Corvina Assada no Forno 26Nov2017 aa.jpg

Foi o almoço de hoje em família: Corvina Assada no Forno. Os dois peixinhos tinham 1,8 kg.

 

   Comentários no Facebook

«Jorge Veiga» - gosto muito dela grelhada. Por acaso nunca comi assada no forno. Fica para um dia destes... Bom apetite.

«Albertino Amaral» - A propósito, a dita foi regada com que néctar ?

«Jorge Veiga» - nemé comigo, mas eu imagino um branco do Douro.

«David Ribeiro» - Foi regada com um Varanda do Conde, um verde branco de Monção e Melgaço que cumpriu a função.

«Jorge Veiga» - Olha que também foi bem escolhido!!!

«Albertino Amaral» - Cheers........

«David Ribeiro» - Vamos lá falar tecnicamente deste meu assado. Cometi um erro ao juntar à cama de rodelas de cebolas dois tomates demasiados maduros. O molho acabou por ficar muito aguado e diluiu os condimentos, compostos por um pouco de sal, cinco diferentes grãos de pimenta e alho picado.

«Albertino Amaral» - Amigo David Ribeiro, como eu gostava de saber cozinhar assim… Como tal, em termos culinários, fico-me por uma tosta mais ou menos queimada, dependendo da atenção que lhe dedico...



Publicado por Tovi às 15:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 11 de Novembro de 2017
Castanhas... quentes e boas

castanhas bb.jpg

Não eram muito grandes, mas eram das QUENTES E BOAS, as primeiras castanhas que comi este ano.



Publicado por Tovi às 17:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
Vitória de Setúbal 1 – 1 Boavista

Choco_Frito_01.jpg

Se há petisco de que eu gosto o “choco frito” é um deles… E lambuzar-me com este típico prato setubalense na noite em que o Boavista foi ao estádio do Bonfim empatar a uma bola com o Vitória de Setúbal seria o ideal, mas nesta sétima jornada do campeonato da Liga NOS 2017/18 não me foi possível acompanhar a equipa Axadrezada na deslocação a Terras do Sado. Fica para a próxima… mas este pontito já cá canta e ninguém nos tira o 10º lugar na classificação geral da mais importante competição nacional de futebol.

Força Pantera!...



Publicado por Tovi às 23:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017
Pecado da Gula

aertsen_the_meat_stall1352577894294.jpg

Alguém alinha comigo numa petição à Santa Sé para a abolição do Pecado da Gula?



Publicado por Tovi às 14:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 3 de Junho de 2017
Sardinhas ao Sal no Forno

Sardinhas ao sal aa.png

Estou aqui que nem posso… Até perdi a conta às sardinhas que comi hoje ao almoço. As batatinhas cozidas e a saladinha de tomate “Coração de Boi”, coisas boas que acompanharam este repasto, perderam-se no meu pecado da gula. Estas Sardinhas ao Sal no Forno (uma dúzia de boas sardinhas, envoltas num quilo de sal marinho por baixo e outro tanto por cima) estiveram no forno, pré-aquecido a 200º, durante 15 minutos. Não ficaram nada a dever às grelhadas no carvão. E um Vinho Verde Tinto, declaradamente rude mas carrascão q.b., esteve à altura.

 

  Comentários no Facebook

«Jota Caeiro» - Que maravilha meu amigo! vou experimentar! não tarda pela demora...



Publicado por Tovi às 13:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 31 de Maio de 2017
Pimentos Padrón… unos pican y otros non

E os que eu comprei hoje no LIDL de Agramonte (origem: Marrocos) até não picavam mesmo nada. Enfim… é a vida.

Preparei-os segundo a receita de «petiscos.com» mas infelizmnte não era a forma de os confeccionar que os ia tornar verdadeiros "Padrón".

Pimentos Padrón  bb.jpgPegar numa frigideira e cobrir o fundo com azeite, basta só cobrir; Aquecer até o azeite ficar quente; Quando estiver bem quente, mas sem ferver, colocar os pimentos inteiros e com o pé até cobrir a totalidade do fundo da frigideira e começar a pressionar os pimentos com uma espátula (cuidado que muitas vezes o azeite salta, portanto aconselho a utilizar uma tampa para se proteger, e diminuir o lume); Melhor que o tempo de espera é verificar quando é que começam a ter umas bolhas na pele, está então na hora de os virar; Querem-se cozinhados, mas não queimados; Ficam prontos em 5-6 minutos; Retirar os pimentos para um prato, polvilhar com sal grosso e servir ainda quentes; Não tirar os pés aos pimentos pois dão jeito para se poder comer à mão.



Publicado por Tovi às 14:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

Moqueca de Camarão

Pimentos Padrón

Novilho Aberdeen-Angus Na...

História curiosa sobre "C...

Saladas da Culinária Viet...

Amêijoas à Bulhão Pato

Bom Ano 2018

Empadão de Peru

A minha Consoada

Corvina Assada no Forno

Castanhas... quentes e bo...

Vitória de Setúbal 1 – 1 ...

Pecado da Gula

Sardinhas ao Sal no Forno

Pimentos Padrón… unos pic...

Domingo de Páscoa

O Porto foi eliminado da ...

Calminha lá com isto…

Castanhas Assadas no Forn...

Fort Simon - Fortress Hil...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus