"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 31 de Agosto de 2022
Contra-ofensiva ucraniana no sul do país

img_900x508$2022_08_29_20_23_12_1181233.jpg

A Ucrânia anunciou o início nesta semana de uma contra-ofensiva há muito esperada para retomar o território no sul tomado pelas forças russas desde a invasão há seis meses, um movimento que reflete a crescente confiança de Kiev à medida que a ajuda militar ocidental chega. A agência de notícias estatal russa RIA, citando o Ministério da Defesa da Rússia, sustenta que as tropas da Ucrânia tentaram uma ofensiva nas regiões de Mykolaiv e Kherson, mas com o registo de baixas significativas. “A tentativa ofensiva do inimigo falhou miseravelmente”, referiu Moscovo. Estas alegações não foram verificadas de forma independente mas a administração cívico-militar criada pela Rússia em Nóvaya Kakhovka, na região de Kherson, ordenou a saída de habitantes para abrigos antiaéreos, devido ao aumento dos ataques de mísseis ucranianos, que deixaram a cidade sem água e energia. "Declaramos a evacuação. As pessoas estão nos abrigos antiaéreos da cidade, porque as sirenes (de alerta aéreo) não param de soar", justificou o chefe da administração cívico-militar de Nóvaya Kakhovka, Vladimir Leóntiev, citado pela agência russa TASS. 

 


Captura de ecrã 2022-08-31 134522.jpg
Uma equipa de 14 pessoas liderada pelo chefe da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) deixou Kiev pela manhã e chegou à cidade de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia, para uma visita à central nuclear na linha da frente do conflito. Um comboio de cerca de 19 carros com pelo menos 10 veículos brancos marcados com “ONU” na lateral pode ser visto a entrar em Zaporizhzhia pouco antes das 14h (11h GMT), disse um correspondente da agência de notícias AFP.  
  Jose Luis Soares Moreira
Haja coragem e diálogo. A paz é o único sentido para a verdadeira humanidade.

 

  Morreu Mikhail Gorbachov
302263092_10221838006207207_706559720971465016_n.jGorbatchov conseguiu destruir o que restava do totalitarismo na União Soviética; ele trouxe liberdade de expressão, de reunião e de consciência para pessoas que nunca a conheceram, exceto talvez por alguns meses caóticos em 1917. Ao introduzir eleições livres e criar instituições parlamentares, ele lançou as bases para a democracia. É mais culpa da matéria-prima com que trabalhou do que de suas próprias deficiências e erros reais que a democracia russa levará muito mais tempo para construir do que ele pensava. (William Taubman, biógrafo de Gorbachev, em 2017)

  
301676292_10221838248333260_49013963661091826_n.jp
David Ribeiro - Hilariante!...
Jorge Veiga
David Ribeiro tive que ir buscar as fraldas...



Publicado por Tovi às 08:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Maio 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Contra-ofensiva ucraniana...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus