"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015
Guerra na Ucrânia sem fim à vista

Ucrânia Fev2015.jpg

E com mais um novo acordo de cessar-fogo, a que se sucede invariavelmente uma violação do acordo e consequente reactivar da actividade militar, lá vai continuando uma guerra sem fim à vista no leste da Ucrânia. Não parece restar dúvida que Vladimir Putin pretende retirar do poder dos senhores de Kiev um corredor no leste da Ucrânia com ligação à Península da Crimeia, território que poderá ser anexado por Moscovo ou aí criar-se um país independente mas com fortes ligações à antiga pátria dos Czares e que funcionaria como uma zona-tampão entre a Rússia e a NATO. E quantas mais mortes serão necessárias para se encontrar um entendimento entre a Rússia, os EUA e a União Europeia?... Sim, porque nesta altura do campeonato o Governo Ucraniano já não tem muito voto na matéria… se é que alguma vez teve.



Publicado por Tovi às 09:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 15 de Abril de 2014
A Rússia em guerra com a Ucrânia

(Homens armados pró-russos - Foto de "Chanel 4")

{#emotions_dlg.sidemouth} Ninguém tem a coragem de dizer que Moscovo está em guerra com Kiev, mas já há derramamento de sangue na fronteira leste da Ucrânia com a Rússia.


«Laura Sarmento» no Facbook >> nem sei o que pensar disto tudo... inconcebível...

«Joaquim Leal» no Facebook >> Não confundir com o que aconteceu na Crimeia. Aqui é território inalienável da Ucrânia. Os russos que lá estão que mudem de ares.

«Manuel Rocha» no Facebook >> O que aconteceu na Crimeia tem de diferente o cheiro "apenas" trata-se de uma invasão russa como o que se está a passar agora... os russos não vão parar de continuar a ocupar territórios soberanos.

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.star} O Ministro dos Negócios Estrangeiro ucraniano diz que é preciso juntar todos os esforços internacionais para parar a agressão das forças de Moscovo, pois segundo Danylo Lubkivsky, o que está em causa é a guerra que a Rússia começou contra a Ucrânia e não as manifestações de rua de pró-russos em cidades do Leste daquele país. Do outro lado da barrica os russos continuam a afirmar que é o povo ucraniano, descontente com o poder instalado em Kiev, que se revolta nas cidades de  Lugansk, Carcóvia e Donetsk. Não há dúvida, as próximas semanas serão cruciais.



Publicado por Tovi às 09:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28
29

30


Posts recentes

Guerra na Ucrânia sem fim...

A Rússia em guerra com a ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus