"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 28 de Janeiro de 2024
Lisboa Winer 2024

422180840_714408590832888_8664876070086546334_n.jp

 

Lá vou eu a caminho de Lisboa para assistir à 143.ª Exposição Canina Internacional do Clube Português de Canicultura.

  
Jorge VeigaBom trabalho.
David RibeiroA esta exposição não vou "trabalhar", Jorge Veiga, vou assistir aos julgamentos e conviver com a malta dos cães.
Jorge VeigaDavid Ribeiro a minha filha mais nova está lá. Representação de ração ...e já vi uns cães lindos hoje na TV...!
Castro Ferreira Padrão
Muito bem. Um abraço
Costa Fontan AgustinBoa viaxe
Jose Rodrigues RodriguesDevias me ter dito para ir contigo de boleia tanbem 🤣🤣🤣🤣
David Ribeiro
O "bem cedinho" já era... o Intercidades partiu 40 minutos depois da hora prevista. Diz a CP que as obras na via a isto obriga.
Jorge VeigaDavid Ribeiro obras na via e fica tudo na mesma.
Alexandra MagalhãesDavid Ribeiro daqui a nada já temos o TGV 🤣🤣 e talvez esses atrasos de 40 min e 1h terminem 🤣🤣 E por isso que eu vou na "caminete" nunca atrasa e é super pontual na chegada... pelo belo preço de 3,99 🤣🤣
António Vilar Ribeiro
E de TGV
Teresa MtvNão o vi David
David RibeiroTeresa Mtv... estive praticamente o tempo todo na zona reservada aos juízes, no ringue principal.
Teresa MtvDavid Ribeiro fica para a próxima beijinhos
Jorge VeigaCorreu bem?
David RibeiroCorreu bem, Jorge Veiga... mas poucos exemplares inscritos (cerca de 750), tendo em conta que era Qualificativa para a "Crufts 2025".
Jorge Veigaqual a possível causa?
David RibeiroJorge Veiga... falei com alguns criadores presentes e todos referiam o custo de vida... inscrições, deslocações, alojamentos e refeições, pesam muito no orçamento de quem participa nestes eventos.
Jorge VeigaDavid Ribeiro por acaso pensei nisso... Fica caro.


Tags: , ,

Publicado por Tovi às 07:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 4 de Outubro de 2023
Ativistas do clima... isto ainda vai acabar mal

Captura de ecrã 2023-10-03 173849.png

Onze ativistas do grupo Climáximo bloquearam ontem [terça-feira 3out2023] a Segunda Circular, em Lisboa, junto aos escritórios da Galp. Nove jovens sentaram-se na estrada, em fila, envergando coletes identificadores e interromperam o trânsito, enquanto outros dois penduraram-se na ponte pedonal com arneses. De acordo com testemunhas, vários condutores saíram dos carros e obrigaram os jovens a sair da estrada. Alguns terão mesmo recorrido a agressões. Os dois jovens que estavam pendurados acabaram por ser retirados através de uma grua dos bombeiros sapadores. Os onze foram algemados e detidos.
Já a semana passada, durante a CNN Portugal Summit, evento que decorreu em Lisboa e que contou com a participação do ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, um grupo de estudantes - “Primavera das Ocupas - Fim ao Fóssil” - atacaram o ministro com tinta verde. No dia seguinte, um grupo de ativistas da Climáximo atirou tinta vermelha contra a fachada da FIL, em Lisboa, onde decorria o evento World Aviation Festival, uma conferência na qual participou o CEO da TAP, Luís Rodrigues, e o presidente executivo da ANA, Thierry Ligonniere.

 
Isabel Sousa BragaSão uns miúdos  🤔
Albertina Pena Sousa
Deviam preocupar-se pelo futuro deles. Como o Sérgio Godinho cantava... Ai só há Liberdade quando houver a Paz, o Pão, Educação, Saúde, Habitação. Lutem por isso!
Maria Helena Begonha
Miúdos? De pequenino é que se torce o pepino. Isto é o que acham que é a Liberdade? Razão tem a Albertina Pena Sousa. O respeito pelos outros é tão bonito e importante. 😡

  Na manhã de hoje [4.ª feira 4out2023] oito dos 11 ativistas do coletivo Climáximo que participaram ontem num protesto em Lisboa, levando ao corte do trânsito na 2ª circular, tinham julgamento sumário marcado para hoje mas foi adiado. O caso vai ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DIAP) e uma vez que o julgamento pressupõe que dure até 20 dias e o tribunal entende que é preciso aprofundar a investigação, deixa de ser qualificado como "sumário".

    E a "brincadeira" continua...
img_900x509$2023_10_04_09_38_08_1458425.jpg
Esta manhâ [4.ª feira 4out2023] três ativistas do grupo ambientalista Climáximo bloquearam o trânsito na rua de São Bento, em Lisboa, como forma de protesto contra a crise climática. As jovens sentaram-se na estrada durante mais de 20 minutos e acabaram por ser detidas.



Publicado por Tovi às 07:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 6 de Agosto de 2023
Missa de Envio - JMJ Lisboa 2023

366243596_10161031227289448_8051053156824527429_n.

As cerimónias finais da JMJ Lisboa 2023, vão realizar-se no Campo da Graça (Parque Tejo), com a Missa de Envio, na qual o Papa Francisco anunciará a cidade que acolherá a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude.

 

  Campo da Graça onde nunca foi noite
Captura de ecrã 2023-08-06 084019.png

  Papa Francisco e a missa no imenso mar de jovens
Captura de ecrã 2023-08-06 092804.png

 

  A JMJ Lisboa 2023 também tem direito a humor
ult.png

Isabel Sousa BragaMuito bom
Luis BarataEfectivamente, os xuxas vão hiper capitalizar de forma usurpadora este fantástico acontecimento!
Jose RomãoO maior defensor de Putin e dos Talibãs, criticar as JMJ, há algo que não me parece razoável, mesmo estando dentro dos parâmetros do que chamam de liberdade de expressão, conferida pelo que é considerado actualmente democrático‼️😎😎😎
Miguel Jorge Alcoforado
Eu penso que você já se habituou a andar em contramão..
Jose RomãoMiguel Jorge Alcoforado, já vi que não sabe da missa a metade. Naturalmente teria de recuar no tempo alguns meses, para poder entender o que eu quero dizer, mas julgo que a mensagem chegou ao seu destinatário, que naturalmente não é o senhor‼️😎😎😎
Miguel Jorge Alcoforado
Jose Romão Não era a você que eu me estava a referir... Abraço.

 

  Próxima JMJ - Seul / Coreia do Sul em 2027
IMG_20230806_081604_edit_28403226574311.jpg



Publicado por Tovi às 07:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 2 de Agosto de 2023
Jornada Mundial da Juventude

JMJ_1.jpg

Este evento religioso instituído pelo Papa João Paulo II em 1985, reúne milhares de jovens para celebrar e aprender sobre a fé católica, para conhecer melhor a doutrina católica e para construir pontes de amizade e esperança entre continentes, povos e culturas, além de compartilhar entre si a vivência da espiritualidade. Este ano o evento realiza-se em Lisboa, estando previsto o seguinte Programa da Visita Apostólica de Sua Santidade o Papa Francisco:
Quarta-feira - 2 de agosto
07h50 - Partida do avião do Aeroporto Internacional de Roma/Fiumicinio para Lisboa.
10h00 - Chegada à Base Aérea de Figo Maduro, Lisboa. Receção Oficial.
10h45 - Cerimónia de Boas-Vindas, na entrada principal do Palácio Nacional de Belém.
11h15 - Visita de Cortesia ao Presidente da República, no Palácio de Belém.
12h15 - Encontro com as Autoridades, a Sociedade Civíl e o Corpo Diplomático, no Centro Cultural de Belém.
16h45 - Encontro com o Primeiro-Ministro, na Nunciatura Apostólica.
17h30 - Vésperas com os Bispos, Sacerdotes, Diáconos, Consagrados e Consagradas, Seminaristas 
e Agentes Pastorais, no Mosteiro dos Jerónimos.
Quinta-feira - 3 de agosto
09h00 - Encontro com os Jovens Universitários, na Universidade Católica Portuguesa.
10h40 - Encontro com os Jovens de Scholas Occurrentes, na sede de Scholas Occurrentes de Cascais.
17h45 - Cerimónia de Acolhimento, na Colina do Encontro (Parque Eduardo VII).
Sexta-feira- 4 de agosto
09h00 - Confissão de alguns Jovens da JMJ, na Cidade da Alegria (Jardim Vasco da Gama).
09h45 - Encontro com os Representantes de alguns Centros de Assistência Socio-Caritativa, no Centro Paroquial de Serafina.
12h00 - Almoço com os Jovens, na Nunciatura Apostólica.
18h00 - Via-Sacra com os Jovens, na Colina do Encontro (Parque Eduardo VII).
Sábado - 5 de agosto
08h00 - Partida de helicóptero da Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa, para Fátima.
08h50 - Chegada ao Estádio de Fátima.
09h30 - Recitação do Terço com os Jovens Doentes, na Capelinha das Aparições do Santuário de Nossa Sebnhora de Fátima.
11h00 - Partida de helicóptero, do Estádio de Fátima, para Lisboa.
11h50 - Chegada à Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa.
18h00 - Encontro privado com os membros da Companhia de Jesus, no Colégio de S. João de Brito. 
20h45 - Vigília com os Jovens, no Campo da Graça (Parque Tejo).
Domingo - 6 de agosto
09h00 - Santa Missa para o Dia Mundial da Juventude, no Campo da Graça (Parque Tejo).
16h30 - Encontro com os Voluntários da JMJ, no Passeio Marítimo de Algés.
17h50 - Cerimónia de Despedida, na Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa.
18h15 - Partida de avião da Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa, para Roma.
22h15 - Chegada ao Aeroporto Internacional de Roma/Fiumicinio.

 

  Praça do Marquês de Pombal e Parque Eduardo VII durante  Missa de Abertura da JMJ - 1ago2023
365134640_10222851178727843_6374577382091343043_n.

Vale Dos PrincípesO qué o slb foi outra vez campeão???? Não brincam festa dupla !!!
David RibeiroNão, Vale Dos Princípes... eram os Axadrezados que vivem em Lisboa a comemorar os 120 anos do Boavista 😉 😀 😀
Vale Dos Princípes
David Ribeiro Exatamente 😂
Jose Pinto Pais
Preparativos
Pode ser uma imagem de 5 pessoas, multidão e texto

David RibeiroJose Pinto Pais... são todos e todas filhos de Deus, dizem. 😉
Eduarda De Sousa Pires
olhem impressionante foi passar la hoje de manha p passear caes e nao ver o impacto em lixo pelas ruas do parque E muito ao contrario do usual qdo sao as comeoraçoes do futebol! quite impressive i most say!

 

...e Marcelo no seu melhor
Captura de ecrã 2023-08-02 112932.png

 

  Discurso do Papa Francisco no CCB - 2ago2023
Papa no CCB 2ago2023.jpg 
Estou feliz por estar em Lisboa, (...) que, nestes dias, se mostra ainda mais universal; torna-se, de certo modo, a capital do mundo.
Com efeito, o oceano não liga apenas povos e países, mas também terras e continentes; por isso Lisboa, cidade do oceano, lembra a importância do conjunto, a importância de conceber as fronteiras, não como limites que separam, mas como zonas de contacto.
Lisboa pode sugerir uma mudança de ritmo. Em 2007, foi assinado aqui o homónimo Tratado de reforma da União Europeia. (...) Não se trata apenas de palavras, mas de marcos miliários no caminho da comunidade europeia, esculpidos na memória desta cidade.
Na verdade, o mundo tem necessidade da Europa, da Europa verdadeira: precisa do seu papel de construtora de pontes e de pacificadora no Leste europeu, no Mediterrâneo, na África e no Médio Oriente.
No oceano da história, estamos a navegar num momento tempestuoso e sente-se a falta de rotas corajosas de paz. (...) Para onde navegas, se não ofereces percursos de paz, vias inovadoras para acabar com a guerra na Ucrânia e com tantos conflitos que ensanguentam o mundo? E ainda, alargando o campo: Que rota segues, Ocidente? 
Mas Lisboa, abraçada pelo oceano, oferece-nos motivos para esperar. Há uma maré de jovens que se espraia sobre esta cidade acolhedora. (...) E se, em muitos lugares, se respira hoje um clima de protesto e insatisfação, terreno fértil para populismos e conspirações, a Jornada Mundial da Juventude é uma ocasião para construir juntos.
Quero agradecer e encorajar a tantos que na sociedade portuguesa se preocupam com os outros, nomeadamente a Igreja, e que fazem tanto bem mesmo longe dos holofotes.

 

  Comunicado sobre o encontro do Papa com vítimas de abusos
1024.jpgDecorreu hoje [quarta-feira 2ago2023] ao final da tarde na Nunciatura Apostólica, o encontro do Papa Francisco com 13 pessoas vítimas de abusos sexuais de menores no seio da Igreja Católica em Portugal. Foram acompanhadas por alguns representantes de instituições encarregadas da tutela de menores na Igreja em Portugal: Rute Agulhas, coordenadora do Grupo VITA; Paula Margarido, presidente da Equipa de Coordenação Nacional das Comissões Diocesanas; Pedro Strecht, coordenador da ex-Comissão Independente. Como indica o comunicado da Santa Sé, o encontro decorreu num clima de intensa escuta e durou mais de uma hora, tendo terminado depois das 20h15.



Publicado por Tovi às 07:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Quarta-feira, 29 de Março de 2023
Duas mortes em ataque no Centro Ismaelita em Lisboa

image.jpg

Na manhã de ontem - terça feira, 28mar2023 - perto das 11 horas, no Centro Ismaili em Lisboa (*), um homem de nacionalidade afegã (**) esfaqueou mortalmente Mariana Jadaugy (***) e Farana Sadrudin (****). Um professor do centro ismaelita acabaria por ficar gravemente ferido pelo suspeito com uma facada no pescoço, mas o afegão foi rapidamente neutralizado pela polícia, que pouco demorou a chegar ao local. Segundo informação da PSP o atacante acabou por ser neutralizado com um tiro da polícia depois de ter desobedecido às ordens das autoridades para que cessasse o ataque e de ter “avançando na direção dos polícias, com a faca na mão”. “Face à ameaça grave e em execução, os polícias efetuaram recurso efetivo a arma de fogo contra pessoa, atingindo e neutralizando o agressor”. O atacante foi socorrido e conduzido ao Hospital de São José, em Lisboa, onde foi operado, encontrando-se vivo, detido e sob a custódia da polícia.

(*) Centro Ismaelita de Lisboa foi fundado há mais de 20 anos, é a entidade supranacional que representa os ismaelitas, um ramo minoritário do xiismo, a única comunidade muçulmana liderada por um Imã vivo, com descendência direta do profeta Maomé, o príncipe Karim Aga Khan. Em todo o mundo, a comunidade ismaili conta com, aproximadamente, 15 milhões de pessoas. Em Portugal são cerca de 8 mil.  As suas iniciativas não se esgotam na religião e vão desde o ensino até à integração de refugiados.

(**) Abdul Bashir, o suspeito do atentado ocorrido ontem no Centro Ismaili, em Lisboa, é refugiado afegão, terá 34 anos (sujeito a confirmação), é viúvo, com três filhos menores. Terá perdido a mulher, num campo de refugiados na Grécia, onde esteve antes de se estabelecer em Portugal há pouco mais de um ano. O pedido de asilo data de dezembro de 2021. Omed Taeri, da Associação da Comunidade Afegã em Portugal, revela que o suspeito contactou a associação por estar preocupado por não ter onde deixar os filhos de 9, 7 e 4 anos, no caso de arranjar trabalho. Taeri afirma ainda que o suspeito estava traumatizado pela perda da mulher. O homem estava a viver na zona de Odivelas e deslocava-se com frequência ao Centro Ismaili onde recebia apoio. O Centro presta apoio à comunidade de refugiados em Portugal.

(***) Mariana Jadaugy, de 24 anos, licenciada em Ciências Políticas e Relações Internacionais pela Universidade Nova de Lisboa e com mestrado na mesma área feito no Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, era "apaixonada pelas relações internacionais, desenvolvimento e uma comunicadora alegre". Para além do seu trabalho na fundação FOCUS, trabalhou ainda como voluntária na ReFood duante um ano.

(****) Farana Sadrudin, de 49 anos, formada em Engenharia pela Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, era sobrinha do representante diplomático do Imamat Ismaili em Portugal, Nazim Ahmad, e foi também representante da comunidade ismaelita em Madrid. Para além disso, foi também membro do Conselho de Subsídios e Revisão e Membro do Conselho de Conciliação e Arbitragem por Portugal na Comunidade Ismaili. Trabalhava desde dezembro de 2021 na Fundação FOCUS - Assistência Humanitária, onde desempenhava funções de gestora de processo de integração orgânica dos refugiados.


Gonçalo G. MouraPrimeiro atentado islâmico em Portugal... é o que dá a política de portas abertas e sem qualquer modelo de integração...
Bernardo Sá Nogueira MergulhãoLá se começa a ir nosso melhor activo, segurança.
Gonçalo G. MouraBernardo Sá Nogueira Mergulhão onde esse já foi... só gangues de favelados a polícia já monitoriza algumas centenas...
David RibeiroMuito bem esteve a PSP perante este ataque hediondo nas instalações do Centro Ismaili em Lisboa.
Carlos Miguel Sousa - Um rapaz de 34 anos, com três filhos, perde a mulher num campo de refugiados na Grécia, é aceite em Portugal, e ninguém o acompanha... A preocupação de não ter a quem deixar os 3 filhos durante o dia, o impede de trabalhar, apesar de ser essa a sua vontade. O pobre veio parar à sociedade mais medíocre & hipócrita no sul da Europa. Os únicos que o ajudaram foram as suas vitimas. O resto é consequência.
Avelino Oliveira...é a terra deles 🤣🤣... o Afonso Henriques é que lhe a tirou... 🤣🤣

 

  13h36 de 28mar2023 - Embora ainda não sejam conhecidas as motivações do ataque desta terça-feira, o que é certo é que o ataque ocorreu em pleno Ramadão, um dos momentos mais importantes do ano para os muçulmanos. Este ano, o mês do Ramadão começou a 22 de março e prolonga-se até 21 de abril. Trata-se do nono mês do calendário islâmico e é marcado pelo jejum e pela oração.

  14h11 de 28mar2023 - No Twitter, o primeiro-ministro António Costa, reitera o que já tinha dito, horas antes, aos jornalistas: além de manifestar “solidariedade e pesar” à comunidade ismaelita e às famílias das vítimas, salienta a resposta pronta da PSP. E volta a dizer que é “prematuro fazer qualquer interpretação sobre as motivações deste ato criminoso”. “Devemos aguardar pelo resultado das investigações”, acrescentou.

  18h07 de 28mar2023
Captura de ecrã 2023-03-28 193028.pngÀ saída do Centro Ismaili e após manifestar “as condolências do Estado português” à família das duas vítimas, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que ainda é “prematuro tirar conclusões” do ataque de hoje. Para o Presidente da República, é claro que este foi um “ato isolado” com motivações “psicologicamente isoladas”, “num determinado quadro pessoal e familiar”, de uma pessoa que era “apoiada” e “conhecida” no centro. “Não queria ir mais longe, mas há pessoas que, na vida, num determinado momento são determinadas por motivos pessoais e reagem de uma determinada maneira. Mas nada justifica um ato criminoso como este”, acrescentou, em declarações aos jornalistas. Elogiando a rápida atuação das autoridades, que dizem ter demorado um minuto a chegar ao local, Marcelo considerou que “podem ter poupado consequências de maior” — nomeadamente um maior número de vítimas mortais. O Presidente da República disse ainda que “de um ato isolado não é possível retirar generalizações” porque é “injusto e precipitado” para a comunidade Ismaili, que espera que continue a “ser tão generosa com portugueses e não portugueses e a prestar um serviço tão importante”. 

  Al Jazeera 28mar23023
Captura de ecrã 2023-03-28 204712.png

  18h54 de 28mar23023 - Uma fonte da Polícia Judiciária diz ao Expresso que ainda é cedo para se retirarem conclusões sobre as motivações do autor do ataque ao Centro Ismaelita, em Lisboa, porque o suspeito só há pouco saiu do bloco operatório do Hospital de São José, onde foi submetido a uma intervenção após ter sido ferido por um disparo de um agente da PSP.

  23h03 de 28mar2023Crime de terrorismo afastado a 90%. PJ não detetou mensagens de ódio, mas suspeito tinha viagem marcada para esta quarta-feira com destino a Zurique. Em coma induzido após a operação, só será levado à presença do juiz após alta clínica.

 

  10h25 de 29mar2023
naom_5bd322f27da5c.jpgO diretor nacional da Polícia Judiciária, Luís Neves, garantiu esta quarta-feira que "não há um único indício" de terrorismo, no ataque cometido no Centro Ismaili, em Lisboa. Luís Neves aponta a um "momento de surto psicótico" por parte do cidadão afegão, que acabou por matar duas pessoas nesta terça-feira, em Lisboa. "Logo após o conhecimento destes factos, foi ativada a unidade de coordenação anti-terrorista, na perspetiva de aportar mais e melhor informação. Relativamente aos factos, ainda não passaram 24 horas, o que podemos dizer é que estão afastadas todos os sinais de que possamos estar aqui perante um crime terrorista, está praticamente afastado. Estamos a falar de dois crimes graves. No dia de ontem e toda a noite, a PJ trabalhou na perspetiva de poder dizer se estávamos perante um facto de natureza terrorista ou de crime comum, pois isto mudava tudo. Mas estamos perante a prática de um crime de natureza comum, sustentamos isto com o mapeamento da vida desta pessoa, quer no seu território de origem, na Grécia, ou entre nós, onde está desde 2021. De tudo o que foi recolhido, não há o mínimo indício ou sinal que estamos perante a radicalização de uma pessoa", disse Luís Neves, que salientou ainda haver "respostas por dar". "Vamos continuar a trabalhar, mas no essencial o que queremos dizer é que não há indícios que aponte para terrorismo e todos os indícios apontam para um crime de natureza comum e o que pode estar aqui é um momento de surto psicótico, mas isso só uma perícia psiquiátrica poderá avaliar", salientou, confirmando que as autoridades já falaram com Abdul Bashir. "Já falámos com o autor da prática destes factos e já temos bastante informação, que vai ao encontro do que referi. Não posso falar muito mais sobre este assunto, mas posso dizer que passou por um momento psicótico, é por aí", referiu.


Isabel Sousa Braga
Surto psicótico? Onde foi arranjar a faca?
Helder FerreiraAgora quando se mata em Portugal é sempre por um surto psicótico... Portugal está a ser um porto de abrigo para todo tipo de raças que gostam de matar outros... Porque razão é que só depois de um telefonema é que veio o dito surto??? E já trazia a faca de casa porquê??? Portugal tem de abrir os olhos e não confiar nos políticos... Olho por olho... dente por dente... Viva PORTUGAL antes do 25 de Abril...
Isabel Vieira SantosSe tivesse levado um balazio certeiro, acabava se o surto psicótico e despesa para o hierárquico público. Tenho muita pena das vítimas e respectivas familias e dos filhos que agora também são vítimas.

 

  11h19 de 29mar2023Abdul Bashir foi transferido do hospital de São José para o hospital Curry Cabral, em Lisboa, por questões de segurança. O atacante do centro ismaelita está sob custódia policial e vai ter de ficar num quarto de isolamento que apenas está disponível na unidade hospitalar para a qual foi transferido. A PSP é responsável pela guarda do arguido no hospital e tomou esta decisão para garantir que não há contacto com outras pessoas. 

  15h46 de 29mar2023Há que minimizar o sofrimento destes três inocentes... de nada têm culpa. Os três filhos menores de Abdul Bashir (com 9, 7 e 4 anos de idade), que na terça-feira assassinou duas mulheres no Centro Ismaili, estão provisoriamente numa instituição, mantendo o contacto com a comunidade e as rotinas escolares, segundo fonte do centro ismaelita. “As crianças estiveram ontem a ser acompanhadas no Centro Ismaili por pessoas que as conhecem, por equipa de psicólogos e pela segurança social. A comunidade ofereceu-se para os acolher em famílias”, avança o Centro Ismaili. "A opção provisória para já foi colocá-las numa instituição onde continuam em contacto com a comunidade e a frequentar o centro mantendo rotinas escolares. A decisão definitiva será tomada mais tarde”.



Publicado por Tovi às 07:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2022
Inundações na Grande Lisboa

  Alerta vermelho em Lisboa na madrugada desta quinta-feira
Captura de ecrã 2022-12-08 214355.jpg
Em Lisboa foram registadas 360 ocorrências entre as 21h00 e as 08h00, estando às 08h desta quinta-feira ainda 55 ativas. As ocorrências foram maioritariamente inundações (186 em espaço privado e 97 em espaço publico). As freguesias mais afetadas foram Benfica, Alvalade e Lumiar.
Uma mulher, de 75 anos, morreu esta quinta-feira numa cave inundada pela chuva no Dafundo, onde vivia, no concelho de Oeiras. Maria Odete vivia com o marido, Adriano, da mesma idade, que estava acamado devido a um AVC, que sofreu há dois anos. Adriano conseguiu salvar-se, mas a mulher acabou por morrer.
Jovens salvam mulher idosa de ser arrastada pelas cheias em Lisboa. Mulher estava encurralada e não conseguia fugir devido à força da água.
No Centro Comercial El Corte Inglês parte do tecto falso cedeu, devido à chuva intensa. A água acabou por entrar devido ao rebentamento de uma conduta. 

 

  Semanário "i" de hoje
semanario i 9dez2022.jpg

  JN de hoje
jn 9dez2022.jpg

  Jornal Público de hoje
publico 9dez2022.jpg

 

  A Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, convocou uma reunião para hoje às 11h30, com a Presidente da Área Metropolitana de Lisboa (AML) e com os municípios mais afetados pelo mau tempo. O objetivo deste encontro, que vai decorrer no edifício sede da Área Metropolitana de Lisboa, é avaliar o impacto das cheias e eventual necessidade de apoios.
E no final da reunião...
Captura de ecrã 2022-12-09 183144.jpg



Publicado por Tovi às 07:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 4 de Novembro de 2022
Uma das melhores que já ouvi...

...e quase que me mijava de tanto rir  
Captura de ecrã 2022-11-02 132533.jpg

E tudo isto tem a ver com Regionalização... e a verdade é que por cá a cidade do Porto quer liderar dando o exemplo. Vejam na revista "Ambiente Magazine" o caminho que a Câmara do Porto fez, pela mão do seu vice-presidente e vereador do Ambiente, Filipe Araújo.
Captura de ecrã 2022-11-02 205911.jpg



Publicado por Tovi às 07:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 13 de Setembro de 2022
Até o António Costa o diz

306634237_10221885255508410_13256880891198234_n.jp

Paulo NevesVerdade. Mas ele também sabe muito bem porque e como perdeu Lisboa
David AlmeidaÉ por isso que vem buscar os seus ministros ao Porto, só para os 'alfacinhar'... e entrar na 'rotina'...😱
Albertino Amaral
Nunca é tarde para aprender......... 
José Lachado
Estava a falar em matéria de saúde.
Rui RochaJosé Lachado sim em matéria de saude, mas em outras matérias também podiam aprender, mas a corte sera sempre corte!!
Diogo CouceiroAdianta me muito Farto de alimentar 🦠 parasita
Raul Paula SantosDesfaçatez.
 
 
  JN de hoje às 13h26

Captura de ecrã 2022-09-13 150935.jpg
O presidente do Hospital de S. João, no Porto, foi convidado para assumir o cargo de diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Já houve conversações com o Governo sobre o tema, mas Fernando Araújo ainda não aceitou.
  Seria bom para o SNS que aceitasse... mas só ele é que sabe o que deve fazer.



Publicado por Tovi às 08:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Terça-feira, 28 de Junho de 2022
Conferência dos Oceanos

Captura de ecrã 2022-06-27 091955.jpg

Sendo a Zona Económica Exclusiva de Portugal a 3.ª maior da União Europeia (1.727,408 km2), a 5.ª maior da Europa e a 20.ª maior do mundo, a CONFERÊNCIA DOS OCEANOS, que se realiza em Lisboa de 27 de junho a 1 de julho, é da maior importância.

  As Nações Unidas, com o apoio dos Governos de Portugal e do Quénia, acolhem a Conferência dos Oceanos, em Lisboa, de 27 de junho a 1 de julho de 2022. A Conferência é um apelo à ação pelos oceanos – exortando os líderes mundiais e todos os decisores a aumentarem a ambição, a mobilizarem parcerias e aumentarem o investimento em abordagens científicas e inovadoras, bem como a empregar soluções baseadas na natureza para reverter o declínio na saúde dos oceanos. A Conferência dos Oceanos acontece num momento crítico, pois o mundo procura resolver muitos dos problemas profundamente enraizados nas nossas sociedades e evidenciados pela pandemia da covid-19. Para mobilizar a ação, a Conferência procurará impulsionar as muito necessárias soluções inovadoras baseadas na ciência, destinadas a iniciar um novo capítulo na ação global pelos oceanos.

  Jose Antonio M MacedoClaramente. Assim, se vê o valor de cada uma das onze ilhas portuguesas habitadas, das Desertas e das Selvagens para Portugal. Um valor que muitas vezes é esquecido.

 


mw-860.jpgO Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, saudou nesta segunda-feira [27jun2022] as "promessas concretas e vinculativas" assumidas na Conferência dos Oceanos e destacou o compromisso do primeiro-ministro, António Costa, de ter 30% das áreas marinhas nacionais classificadas até 2030. Em conferência de imprensa, na Altice Arena, em Lisboa, onde ontem começou a 2.ª Conferência dos Oceanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Marcelo Rebelo de Sousa manifestou a esperança de que este encontro seja "um ponto de partida para uma grande mudança" na ação global em relação a esta matéria. Marcelo Rebelo de Sousa tinha ao seu lado o secretário-geral da ONU, António Guterres, e Uhuru Kenyatta, Presidente do Quénia, país com o qual Portugal partilha a organização desta conferência.

 

  Biodiversidade... by António Gaspar
289694628_1070040806942490_1998656618155848121_n.j



Publicado por Tovi às 07:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 22 de Março de 2022
Morreu um agente da PSP violentamente agredido

276171200_333141478851214_6364416189099803861_n.jp

No dia de ontem a Direção Nacional da PSP informou em comunicado "com pesar e dor" a morte de Fábio Guerra, o agente da PSP violentamente agredido na madrugada do último sábado. Estava em coma e não resistiu às lesões. Nas imagens de câmaras de segurança, que entretanto foram dadas a conhecer na comunicação social e nas redes sociais, vê-se o início de uma confusão à porta da discoteca Mome, em Lisboa, onde várias pessoas se envolveram aos murros e pontapés. Depois, é possível ver que uma vítima é pontapeada quando já está caída no chão - não é certo que a pessoa em causa seja o agente PSP que acabou por ser internado em estado muito grave, no Hospital São José, em Lisboa. O agente da PSP, violentamente agredido, estava de folga e foi atacado quando, com outros três colegas polícias, tentavam terminar uma zaragata, junto à entrada do espaço de diversão noturna. Segundo se apurou, o jovem polícia aproveitava a noite para se divertir com os amigos naquele espaço de diversão noturna, situado na Avenida 24 de Julho, e todos estavam já no exterior quando se aperceberam de confrontos físicos envolvendo outros clientes. De seguida, os agentes intervieram para tentar terminar com a contenda, acabando agredidos.
Num comunicado enviado este domingo às redações, a Marinha assegura que, "no dia 19 de março, dois militares, do regime de contrato, da classe de Fuzileiros, envolveram-se nos confrontos que ocorreram na madrugada desse mesmo dia, na via pública, junto de um espaço noturno, em Lisboa, tendo posteriormente informado as respetivas chefias". Ainda de acordo com o comunicado, os dois fuzileiros receberam ordem para se apresentarem na unidade a que pertencem, "onde se encontram a responder a um inquérito interno e à disposição das autoridades policiais para as devidas investigações", ressalvando que até agora ainda nenhuma entidade policial os notificou para qualquer tipo de diligência. Os dois fuzileiros que se apresentaram na Base do Alfeite depois de terem admitido ter participado nas agressões que custaram a vida ao agente da PSP Fábio Guerra, já apresentaram a sua versão dos factos ao responsável que os ouviu no âmbito de um processo de averiguações. À Marinha, disseram que agiram em “legítima defesa” contra um grupo que lhes fez uma “espera” à porta da Discoteca Mome. E desse grupo faziam parte os quatro polícias que acabaram por ser agredidos. Apontaram ainda o dedo a um terceiro elemento, um civil, como autor dos pontapés que terão provocado as “graves lesões cerebrais” que mataram o agente Guerra, de 26 anos. Este terceiro elemento já terá sido identificado pela PJ, mas ainda não foi detido. No entanto esta versão é oposta à que a PSP comunicou através do Gabinete de Imprensa da Direção Nacional e que refere que os agentes intervieram para pôr fim a uma desordem tendo sido “violentamente agredidos”. As agressões aos quatro agentes da PSP por um grupo de cerca de quatro a cinco homens, todos já identificados, entre os quais os dois fuzileiros, aconteceram pelas 6h30 da manhã, de sábado.

Na rede social Twitter, o ministro da Defesa falou como se já não houvesse dúvida sobre a responsabilidade dos dois fuzileiros na morte do agente da PSP. "Os factos deste trágico evento serão apurados e imputados a quem tenha agido ao arrepio da lei e dos valores militares como a honra e a disciplina", escreveu João Gomes Cravinho.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já reagiu à morte do agente: “Ao tomar conhecimento do falecimento prematuro do agente Fábio Guerra, o Presidente da República manifestou a sua tristeza e pesar pela perda de uma vida em circunstâncias tão trágicas.”

A PSP fez ontem um minuto de silêncio em memória do agente morto a quem elogiou a “coragem”: “O Agente Fábio Guerra honrou, até às últimas consequências, a sua condição policial e o seu juramento de ‘dar a vida, se preciso for’, num gesto extremo de generosidade e sentido de missão. Disso nunca nos esqueceremos.”

Fábio Guerra era natural da Covilhã, sendo o mais velho de três irmãos, mas estava em Lisboa há quatro anos e pertencia à esquadra 64, de Alfragide, na Amadora, desde julho de 2020.

 

  Hoje de manhã a comunicação social está a avançar a noticia que a PJ, na posse de imagens e de testemunhos que contrariam a versão apresentada pelos dois fuzileiros envolvidos no espancamento que causou a morte a Fábio Guerra, partiu ontem à noite para a detenção dos militares e de um terceiro suspeito, civil. Vadym Hrynko e Cláudio Coimbra, de 22 e 21 anos, estavam retidos desde sábado à tarde na Base do Alfeite e foram encaminhados para o Presídio Militar de Tomar. Um outro homem, de 24 anos, ficou no estabelecimento prisional anexo à PJ de Lisboa. "Foram realizadas buscas domiciliárias e não domiciliárias aos três arguidos, incidindo sobre as suas residências, viaturas e unidade militar", informa a PJ.
A meio da tarde de hoje soube-se que foi libertado um civil de 24 anos, dos três detidos suspeitos das agressões a um agente da PSP, à porta de uma discoteca em Lisboa, que acabou por falecer ontem. No entanto, continuam detidos no Estabelecimento Prisional Militar de Tomar os outros dois fuzileiros suspeitos do crime de homicídio qualificado e ofensa à integridade física qualificada no ataque a cinco agentes da Polícia de Segurança Pública. Segundo as últimas informações a PJ está no encalço de um outro suspeito das agressões que se encontra em fuga.

 

  16h39 de 23mar2022A Polícia Judiciária montou uma caça ao homem para encontrar Clóvis Abreu, um novo suspeito da morte do agente Fábio Guerra. É conhecido dos dois fuzileiros detidos e viu o pai ser morto a tiro em 22 de dezembro de 2020 à porta de um hipermercado de Fernão Ferro, no Seixal, após troca de tiros com a GNR. Terá reagido com mais violência - terá atirado uma pedra à cabeça de Fábio Guerra - após os polícias se terem identificado à porta da discoteca como agentes da PSP.
  21h26 de 23mar2022 - Os dois fuzileiros suspeitos do homicídio do agente Fábio Guerra, da PSP, vão ficar em prisão preventiva, decidiu esta quarta-feira o juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal.

 

  Polícia espanhola procura suspeito de matar agente Fábio Guerra
Captura de ecrã 2022-03-24 173043.jpg

 


gouveia-e-melo1.jpg



Publicado por Tovi às 07:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 11 de Março de 2022
Voos humanitários portugueses

Captura de ecrã 2022-03-10 175036.jpg

O Presidente da República recebeu ontem, ao final da manhã, no aeródromo militar de Figo Maduro, em Lisboa, 267 refugiados ucranianos que chegaram num avião fretado, vindo de Lublin, no leste da Polónia. Esta foi uma iniciativa de dois empresários, Roman Kurtysh, ucraniano residente em Portugal, e José Ângelo Neto, português, que criaram a associação Ukrainian Refugees UAPT, e que contou com apoios da companhia aérea Euroatlantic, da Galp e do Estado português. "À sua maneira, esta foi uma história exemplar: tivemos a sociedade civil a tomar a iniciativa, tivemos o poder político a atuar em conjunto, com relevo naturalmente para o Governo, as câmaras municipais, o poder autárquico a atuar, a embaixada sempre presente, e o voluntariado a permitir esta operação", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, perante os jornalistas, após a chegada do avião. No aeródromo de trânsito n.º1 da Força Aérea Portuguesa estiveram também as ministras de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, e da Administração Interna, Francisca Van Dunem, e a embaixadora da Ucrânia em Portugal, Inna Ohnivets.

O chefe de Estado referiu que “no sábado passado à tarde apareceram em Belém o José Ângelo e o Roman Kurtysh, que disseram: nós temos com o apoio da Euroatlantic a hipótese de mandar 35 toneladas por avião de equipamento, alimentos e medicamentos, e trazer 267 pessoas, crianças, mulheres, jovens, mulheres jovens, e fazer isto de imediato, precisamos que seja declarado este voo humanitário”. “De imediato foi contactada a senhora ministra da Presidência, porque é o Governo que deve tratar dessas matérias, e a resposta do Governo foi inexcedível. Em conjunto com câmaras, a Câmara da Azambuja, a Câmara de Pinhel, também a Câmara de Lisboa”, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa. 

Nos últimos dois dias, pelo menos mil pessoas viajaram para Portugal desde a cidade de Varsóvia, na Polónia, para escapar ao conflito e há pelo menos mais um avião de partida para território português já na noite de ontem [quinta-feira, 10mar2022] que deve transportar "algumas dezenas" de refugiados. Os dados foram avançados pelo secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, que tem estado na Polónia a gerir o processo de saída.

Um pouco a Sul da Polónia, na Roménia, está uma equipa da câmara municipal de Cascais que já tem, entre as pessoas que vai transportar num A321 fretado, idosos e recém-nascidos. O vice-presidente da autarquia, Miguel Pinto Luz, está na zona de Bucareste, capital do país e prepara uma viagem que pode transportar cerca de 200 pessoas.

Portugal concedeu até esta quinta-feira 5.213 pedidos de proteção temporária a pessoas vindas da Ucrânia em consequência da situação de guerra, revelou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O Governo português concede proteção temporária a pessoas vindas da Ucrânia em consequência da situação de guerra. Segundo uma resolução do Conselho de Ministros, aos requerentes de proteção temporária é atribuída, de forma automática, autorização de residência por um ano, que pode ser prorrogada duas vezes por um período de seis meses. Estes pedidos podem ser apresentados nos centros nacionais de Apoio à Integração de Migrantes e nas delegações regionais do SEF.

  
Segundo dados do portal da Agência da ONU para os Refugiados mais de 2,3 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia desde que a Rússia invadiu aquele território.
Contagem mais recente de refugiados atualmente presentes em cada país (não o número de entradas):
Polónia – 1.412.503; Hungria – 214.160; Eslováquia – 165.199;
Rússia – 97.098; Roménia – 84.671; Moldávia – 82.762;
Bielorrússia – 765; Outros países europeus – 258.844.
A maioria das chegadas são mulheres e crianças. Todos os homens com idade entre 18 e 60 anos foram impedidos de deixar a Ucrânia para ficar e lutar.

 

 

  Garantiram-me que é verdade!... mas deve ser tanga
275440007_10221088717995470_6229242601523215669_n.

 


Captura de ecrã 2022-03-10 224452.jpgOs chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram ontem [quinta-feira, 10mar2022] em Versalhes uma cimeira de dois dias originalmente consagrada à economia, mas que se focará agora na defesa e energia, por força da ofensiva russa na Ucrânia. Os líderes dos 27, entre os quais o primeiro-ministro António Costa, vão designadamente discutir, no histórico Palácio de Versalhes, formas de reduzir a dependência europeia do petróleo e do gás russo e como lidar com o aumento dos preços da energia.

  Com calma e tudo a seu tempo... António Costa, considerou, esta quinta-feira, que a adesão à União Europeia não é a resposta adequada. "O que a Ucrânia hoje precisa é de uma resposta urgente e efetiva", e cabe aos 27 serem "imaginativos, dar uma resposta que seja concreta, rápida e que produza o efeito essencial, que é apoiar a reconstrução da Ucrânia, dar confiança aos ucranianos no futuro do seu desenvolvimento económico".

  "Sem demora"... mas sem atropelos e com cabeça fria, digo eu. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, destacou uma das conclusões do encontro em Versalhes, França: "sem demora, reforçaremos ainda mais os nossos laços e aprofundaremos a nossa parceria para apoiar a Ucrânia na prossecução do caminho europeu".

  Como a nossa comunicação social diz tudo e o seu contrário, aqui está a VERSÃO OFICIAL da reunião do Conselho Europeu.
Declaração dos chefes de Estado ou de Governo, reunidos em Versalhes, sobre a agressão militar da Rússia contra a Ucrânia, 10 de março de 2022 (03h00 de 11mar2022)
1. Há duas semanas, a Rússia trouxe de volta a guerra à Europa. A agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia é uma violação flagrante do direito internacional e dos princípios da Carta das Nações Unidas e compromete a segurança e a estabilidade na Europa e no mundo. E está a infligir um sofrimento indizível à população ucraniana. A responsabilidade por esta guerra de agressão cabe inteiramente à Rússia e à sua cúmplice Bielorrússia, e as pessoas responsáveis serão chamadas a prestar contas pelos seus crimes, incluindo os ataques indiscriminados contra civis e bens de caráter civil. A este respeito, congratulamo-nos com a decisão de abrir um inquérito tomada pelo procurador do Tribunal Penal Internacional. Apelamos a que a proteção e segurança das instalações nucleares da Ucrânia seja imediatamente assegurada com a assistência da Agência Internacional da Energia Atómica. Exigimos à Rússia que cesse a sua ação militar e retire todas as forças e equipamento militar de todo o território da Ucrânia, imediata e incondicionalmente, e respeite plenamente a integridade territorial, a soberania e a independência da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas.
2. Saudamos o povo da Ucrânia pela sua coragem na defesa do seu país e dos valores da liberdade e da democracia que partilhamos. Não o abandonaremos à sua sorte. A UE e os seus Estados-Membros continuarão a prestar um apoio coordenado a nível político, financeiro, material e humanitário. Estamos empenhados em prestar apoio à reconstrução de uma Ucrânia democrática, uma vez terminada a ofensiva russa. Estamos determinados a aumentar ainda mais a nossa pressão sobre a Rússia e a Bielorrússia. Adotámos sanções significativas e continuamos prontos a avançar rapidamente com novas sanções.
3. Inúmeras pessoas estão a fugir da guerra na Ucrânia. Oferecemos proteção temporária a todos os refugiados de guerra da Ucrânia. Saudamos os países europeus, nomeadamente os que fazem fronteira com a Ucrânia, pela imensa solidariedade de que dão mostras ao acolher os refugiados de guerra ucranianos. A UE e os seus Estados-Membros continuarão a demonstrar solidariedade e a prestar apoio humanitário, médico e financeiro a todos os refugiados e aos países que os acolhem. Apelamos a que, sem demora, sejam disponibilizados fundos através da rápida adoção da proposta relativa à Ação de Coesão a favor dos Refugiados na Europa (CARE) e através da ReactEU. Exortamos a Rússia a cumprir integralmente as suas obrigações por força do direito humanitário internacional. A Rússia tem de garantir o acesso humanitário seguro e sem entraves às vítimas e às pessoas deslocadas internamente na Ucrânia, bem como permitir a passagem segura dos civis que pretendam sair.
4. O Conselho Europeu reconheceu as aspirações europeias e a opção europeia da Ucrânia, em conformidade com o Acordo de Associação. Em 28 de fevereiro de 2022, o presidente da Ucrânia, exercendo o direito do seu país a escolher o seu próprio destino, apresentou o pedido de adesão da Ucrânia à União Europeia. O Conselho agiu com rapidez e convidou a Comissão a dar o seu parecer sobre esse pedido de adesão, em conformidade com as disposições pertinentes dos Tratados. Na pendência desse parecer, vamos desde já reforçar ainda mais os nossos laços e aprofundar a nossa parceria, a fim de apoiar a Ucrânia na sua via europeia. A Ucrânia faz parte da nossa família europeia.
5. O Conselho convidou a Comissão a apresentar os respetivos pareceres sobre os pedidos de adesão da República da Moldávia e da Geórgia.



Publicado por Tovi às 07:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 8 de Março de 2022
Evacuação de civis de cinco cidades ucranianas

corredores 8mar2022.jpg
Na imagem os corredores humanitários propostos pela Rússia

Até ao dia de ontem já se registavam mais de 1,7 milhões de refugiados ucranianos. Hoje, às 9 horas na Ucrânia (07h00 TMG), entrou em vigor um cessar-fogo proposto pela Rússia. Iremos ver ao longo do dia se encontrarão passagem segura os muitos civis que pretendem abandonar o terror dos combates em cinco cidades ucranianas: Kiev, Sumy, Kharkiv, Cherniguiv e Mariupol.

 

  08h10 de 08mar2022 - Fonte do Ministério da Defesa russo, citada pela agência Interfax, garante que os combates em Chernihiv, Sumy, Kharkiv, Mariupol e Kiev pararam, e que foram abertos corredores humanitários a partir destas cidades.
  08h24 de 08mar2022Evacuação em Sumy já começouO primeiro grupo de civis já foi retirado da cidade, de acordo com fonte do governo regional. Entre as pessoas que deixaram a cidade durante o cessar-fogo desta manhã estão residentes e cerca de 1.000 estudantes estrangeiros.
  08h36 de 08mar2022Depois de Sumy, também Irpin começou a retirar os seus cidadãos, depois do cessar-fogo desta manhã para permitir a criação de um corredor humanitário. Irpin, nos arredores de Kiev, tem sido palco de intensos combates, inclusive durante a retirada de cidadãos. Aguarda-se ainda a confirmação das autoridades ucranianas sobre os corredores humanitários em Cherhihiv, Kharkiv e Mariupol.
  08h52 de 08mar2022"Se a guerra continuar, começaremos a ver pessoas sem recursos e sem conexões. Será uma situação mais complexa de gerir para os países europeus daqui para frente, e será preciso haver ainda mais solidariedade de todos na Europa e fora dela", disse o alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi, em conferência de imprensa nesta terça-feira. Filippo Grandi lembrou que as guerras nos Balcãs, na Bósnia e no Kosovo, também causaram um grande fluxo de refugiados, "cerca de dois ou três milhões, mas num período de oito anos". "Em várias regiões do mundo vemos coisas destas, mas na Europa é a primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial", lembrou.
  10h12 de 08mar2022O governo da Ucrânia diz que 30 autocarros estão a caminho de Mariupol para retirar civis através dos corredores humanitários que foram autorizados esta manhã.
  11h16 de 08mar2022
O presidente chinês, Xi Jinping, pede "contenção máxima" da situação da Ucrânia, que descreveu como preocupante, de modo a evitar que fique fora de controlo, segundo a emissora estatal chinesa CCTV. Xi Jinging participou numa videoconferência com o presidente francês Emmanuel Macron e o chanceler alemão Olaf Schoz, dizendo que os três países devem apoiar conjuntamente as negociações de paz.


    
image.jpgO edifício da Embaixada da Rússia em Lisboa esteve na noite de segunda-feira iluminada com as cores da bandeira da Ucrânia, na sequência de uma manifestação contra a invasão russa do território ucraniano. Um dos jovens manifestantes, solicitando o anonimato, afirmou que estavam ali unidos pela liberdade e que enfrentaram o frio da noite chuvosa para pôr em marcha a "ação de guerrilha" contra o que disse ser "um grito contra a ocupação selvagem da Ucrânia pela Rússia". Nesta mesma segunda-feira [07mar2022] o grupo da Iniciativa Liberal (IL) na Assembleia Municipal de Lisboa propôs a alteração do nome da rua Visconde de Santarém, morada da embaixada russa na capital portuguesa, em Arroios, para que passe a ter a designação de Rua da Ucrânia.

 


EU-NATO flags.jpgO ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, reagiu hoje às ameaças russas contra o Ocidente, particularmente a inclusão de Portugal na lista de países hostis: "No que diz respeito às ameaças da Rússia e do seu presidente Putin, em diferentes áreas, a resposta é muito simples: essas ameaças não nos amedrontam nem intimidam. Decidimos as nossas posições em concertação, quer no quadro das Nações Unidas quer no quadro da União Europeia e da NATO".
  
David RibeiroNo que se refere à agressão da Rússia à Ucrânia, os membros da NATO e da União Europeia nunca estiveram tão bem alinhados na condenação desta bárbara atitude do Governo de Putin. Portugal, como não podia deixar de ser, está em perfeita sintonia com a NATO e UE… se vai doer?... claro que vai, mas TODOS temos que continuar a defender que "o futuro da Ucrânia aos ucranianos pertence" e só a eles.


  16h28 de 08mar2022
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, anunciou que o pais vai proibir todas as importações de petróleo da Rússia"Este é um passo para infligir uma dor ainda maior a Vladimr Putin", disse Joe Biden.
  16h29 de 08mar2022
Reino Unido anunciou, esta terça-feira, que vai acabar com a importação de petróleo e produtos petrolíferos russos até ao final do anoDe acordo com a agência Reuters, o governo britânico diz que esta transição vai dar ao mercado, aos negócios e à cadeia de fornecimento "mais do que tempo suficiente" para substituir as importações da Rússia, que são apenas 8%. "As empresas devem utilizar este ano para garantir uma transição suava de forma a que os consumidores não sejam afetados". O Reino Unido vai, desde já, começar a trabalhar com novos fornecedores de petróleo, avança o mesmo comunicado. Quanto ao gás natural, do qual só dependem da Rússia em 4%, também já estão a procurar outras opções. 



Publicado por Tovi às 08:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Domingo, 30 de Janeiro de 2022
L e g i s l a t i v a s - 2 0 2 2

Legislativas2022.png 

As eleições legislativas portuguesas de 2022 (também designadas eleições para a Assembleia da República) realizam-se hoje, 30 de janeiro de 2022 (das 8 às 19 horas no Continente e na Madeira; nos Açores, as mesas de voto abriram e vão encerrar uma hora depois em relação à hora de Lisboa, devido à diferença horária) e constituirão a XV Legislatura da Assembleia da República. Foram marcadas pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 4 de novembro, na sequência do chumbo do orçamento, o primeiro na história da Terceira República, e consequente dissolução do Parlamento, decisão anunciada oficialmente a 5 de dezembro de 2021. De acordo com a Constituição da República Portuguesa, é necessária a realização de eleições nos sessenta dias seguintes à dissolução da Assembleia da República.

No Círculo Eleitoral do Porto serão eleitos 40 deputados (dos 230 que compõem o Parlamento) e concorrem a estas eleições: PS, PSD, BE, CDU (PCP+PEV), CDS, PAN, Chega, Iniciativa Liberal, Livre, Aliança, RIR, Ergue-te, MPT, Nós Cidadãos, ADN, JPP, PTP, MAS, Volt Portugal.

 

  09h45 de hoje - Já "botei o papelinho na urna".
votar.jpg

 

  11h20 de hoje - A minha filha mais nova a cumprir o seu dever cívico.
Francisca a votar.jpg

 

  Realmente... já era tempo de se alterar o sistema de votação.
eleições sem zona VIP.jpg

 

 Resultados Globais Provisórios (faltam atribuir 4 mandatos)
cne resultados provisórios.jpg

 

  É nos círculos eleitorais de Lisboa e Porto que se elegem 38% dos deputados do Parlamento. Vejam quem elegeu quem nas Legislativas de 2019 e 2022.
Lisboa e Porto deputados e percentagem de votos.jp



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2022
Transportes públicos grátis

trnsporte públicos gratuitos.jpg
A propósito desta notícia lembrei-me que há cerca de um ano e numa conversa informal já não sei sobre quê, Rui Moreira me ter dito que o futuro a médio prazo passa pelos transportes públicos serem grátis em cidades da dimensão do Porto.



Publicado por Tovi às 07:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Domingo, 26 de Dezembro de 2021
Presépio na Basílica da Estrela em Lisboa

Presépio da Basílica da Estrela Lisboa.jpg
(Fotos de Ana Luísa Alvim / CML)

Não conheço este presépio... mas numa próxima ida a Lisboa, se me sobrar um tempinho, lá irei à Basílica da Estrela para o apreciar.

 

  É um dos presépios mais deslumbrantes de Lisboa e também um dos maiores da sua época, e pode ser visitado na Basílica da Estrela.
Da autoria de Joaquim Machado de Castro, tem 480 imagens e foi mandado construir pela Rainha D. Maria I em 1781. Demorou cerca de cinco anos a ficar concluído.
É constituído por uma estrutura em madeira e cortiça virgem do Alentejo, em homenagem à virgindade de Nossa Senhora. A luz que irradia da gruta destaca a figura do menino Jesus, acompanhado de Maria e S. José.
O presépio inclui ainda os reis magos, os pastores e o povo, pessoas de todos os cantos do mundo, mais e menos abastados, fazendo lembrar a vida do quotidiano do séc. XVIII.
Uma verdadeira obra de arte que está à espera da sua visita, não só nesta quadra natalícia, mas todos os dias durante todo o ano.



Publicado por Tovi às 15:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Abril 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26
27

28
29
30


Posts recentes

Lisboa Winer 2024

Ativistas do clima... ist...

Missa de Envio - JMJ Lisb...

Jornada Mundial da Juvent...

Duas mortes em ataque no ...

Inundações na Grande Lisb...

Uma das melhores que já o...

Até o António Costa o diz

Conferência dos Oceanos

Morreu um agente da PSP v...

Voos humanitários portugu...

Evacuação de civis de cin...

L e g i s l a t i v a s -...

Transportes públicos grát...

Presépio na Basílica da E...

Lisboa e Porto perdem mai...

Arraial da Iniciativa Lib...

Porto e Lisboa... detesta...

Terceira Fase de Desconfi...

Conquista de Lisboa aos M...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus