"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 18 de Janeiro de 2020
Soviete da Marinha Grande

   in WikiPédia

82484855_3801227186554869_7163920675663511552_n.jp

Operários, sobretudo da indústria vidreira, elegem um conselho operário que toma o poder e governa a Marinha Grande durante algumas horas. Entre as primeiras acções do Soviete conta-se a prisão do destacamento da GNR e a tomada da estação dos correios.
Todas estas acções são realizadas com grande serenidade, e sem derramamento de sangue. Os revoltosos, sem um plano de acção prévio, acabam por levar a família do comandante do posto da GNR para uma pensão, e os guardas são entregues à custódia do administrador da fábrica de vidro estatal. Nos correios, o chefe da estação pede para falar com a família, e é levado a casa onde usa o telefone para alertar as autoridades.
Uma vez alertadas, as autoridades militares fazem avançar para a Marinha Grande um contingente para repor a ordem pública, que chega na madrugada seguinte, pondo fim ao Soviete.
Ao contrário da acção dos revoltosos, a repressão movida pelo Estado Novo foi implacável, com perseguições ferozes, despedimentos, julgamentos fantoche que terminaram em pesadas penas, nomeadamente com o envio para o degredo nas colónias, e em particular para o campo do Tarrafal.



Publicado por Tovi às 11:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2016
O candidato Henrique Neto

Henrique Neto aa.jpg

Tem sido para mim uma agradável surpresa a campanha eleitoral de Henrique Neto e muito me tem agradado a forma como assume o seu patriotismo, demarcando-se dos interesses dos «jotas» e das máquinas partidárias. Este empresário da indústria de moldes nascido em Lisboa numa família operária oriunda da Marinha Grande até poderia ser uma escolha interessante, não houvessem tantos “socialistas” a concorrerem a estas Presidenciais2016.

 

  Comentários no Facebook

«Carlos Wehdorn» >> quinta-feira, dia 7, vai estar no Cooperativa do Povo Portuense, na Rua do Paraíso 217, no Porto ...pelas 15h. Entrada livre.

«Paulo Barros Vale» >> Mas esta a fazer uma má campanha atacando o caráter dos outros, autoelogiando-se e não apresentando as suas ideias, que até existem e são boas por si si próprias.

«Jose Riobom» >> ...pena ? ...mais um que entrou no esquema de fuga aos impostos... quer tenha pago ou não, não interessa... a verdade é que se não tivesse sido apanhado não teria pago... portanto mais farinha do saco dos ladrões... este foi umas dezenas de milhares de euros... o amigo Ricardo umas dezenas de milhões euros... tudo putas ...é tudo uma questão de preço !

«Zé De Baião» >> A Maria também diz que não é a candidata do PS. Todos se demarcam das organizações partidárias que usaram e através das quais usaram a abusaram dos portugueses. Nem um nem outro merece a minha confiança. Usam a abusam quando lhes interessa. O que os leva a demarcarem-se do partido onde são militantes? Por acaso desfiliaram-se?

«Pedro Simões» >> Ha uma diferenca entre militantes e pessoas com longa experiencia em direccoes partidarias...



Publicado por Tovi às 08:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Soviete da Marinha Grande

O candidato Henrique Neto

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus