"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 22 de Abril de 2017
Primeira página do Expresso de hoje

relvas.jpg

Não sei se me devo rir ou ficar preocupado




Sexta-feira, 5 de Abril de 2013
Miguel Relvas demitiu-se do Governo

 Apresentação de demissão - 4Abr2013

{#emotions_dlg.blink} A partir de segunda-feira Miguel Relvas vai estudar para a faculdade... e nas horas vagas vai vender pipocas.


«António Sousa Dias» no Facebook >> Será que lhe dão equivalência para também vender gelados no verão?

«João Pedro Baltazar Lázaro» no Facebook >> Quer dizer: primeiro chega lá de uma forma duvidosa, depois vai-se embora de uma forma duvidosa? Então já se fartou de mamar sem fazer nenhum, é isso? Desculpem a franqueza, mas não há paciência que ature isto... Mas o homem não pensa na imagem que isto lhe dá? Faz as coisas sem querer saber do que o povo pensa dele? Não dá. Não dá para perceber isto. FUI. Vemo-nos na Escandinávia.

«Carla Molinari» no Facebook >> Nao se preocupem,  daqui a ums mesitos aparece como Big Boss de alguma grande empresa de estado ou de um banco... c est la vie!

«David Ribeiro» no Facebook >> {#emotions_dlg.smile} Miguel Relvas foi-se embora… e o Sol está a voltar a Portugal - Previsão para 6ª feira, 5.abril.2013 - INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA - Períodos de céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Aguaceiros fracos na região Sul até ao início da manhã. Vento fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante norte, soprando moderado a forte (30 a 50 km/h) com rajadas até 80 km/h no litoral e nas terras altas, em especial durante a tarde. Formação de gelo ou geada nas regiões do interior Norte e Centro. Pequena descida de temperatura.

«Carla Teixeira» no Facebook >> Só tenho pena de que qualquer uma dessas bênçãos vá durar muito pouco... Eu não dizia? - Relvas demite-se mas não exclui ir para o parlamento (ionline)



Publicado por Tovi às 07:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013
Ó Relvas!... Vai-te embora

{#emotions_dlg.star} O ministro Miguel Relvas foi impedido de falar por uma manifestação de estudantes no ISCTE que protestavam contra a política do governo para o ensino superior. O ministro abandonou o auditório, perseguido pelos estudantes que exigiam a sua demissão.


«Rui Manuel» in Facebook >> a juventude começa a acordar

«David Ribeiro» in Facbook >> De morrer a rir a nota do gabinete do Primeiro-Ministro sobre os incidentes de hoje no ISCTE que envolveram o ministro Miguel Relvas: "O Governo lamenta as circunstâncias anómalas que levaram o Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares a suspender esta tarde a sua intervenção numa conferência organizada pela TVI para assinalar o seu vigésimo aniversário. Manifestações como aquela a que se assistiu nas instalações do ISCTE suscitam necessariamente o repúdio da parte de todos quantos prezam e defendem as liberdades individuais, designadamente o direito à livre expressão no respeito pelas regras democráticas. O Governo reitera, nesta ocasião, que nunca se deixará condicionar por ações de natureza semelhante no exercício constitucional das suas funções."

«António Sousa Dias» in Facebook >> Venham eles, sempre. Cá os esperamos.

«Rui Manuel» in Facbook >> não é possível que tenham escrito tal coisa !!!....

«Augusta Barreira» in Facebook >> Eles estão a repudiar e reivindicar um ato que ao mesmo tempo denegam ao Povo! caricata esta forma de ver as Liberdades individuais....

«Rui Manuel» in Facebook >> prova o alheamento da realidade... a separação

«Maria Manuela Cameira Cardita» in Facebook >> O PRIMEIRO MINISTRO e seu GOVERNO continuam alheados do POVO que os elegeu! Falta-lhes a mínima noção do que é a JUSTIÇA SOCIAL!

«Fernando Antonio Fraga Pimentel» in Facebook >> Asneiras atrás de asneiras e o Relvas continua impávido e sereno.

«Pedro Baptista» in Facebook >> Para os mais velhos, é uma nota do Ministério do Interior. Onde antes os fascistas falavam da segurança do Estado esta corja fala das regras democráticas e do não sei quê constitucional. Ainda por cima o Relvas. Estava à espera de quê? É uma vergonha que esse vigarista apareça seja onde for a falar em nome de Portugal!

«LF Santos» in Facebook >> E segundo o relvas ainda temos que os levar até 2015, porque a coligação está segura. Eu não tinha tanta confiança... 2015? Cai antes.

«Raul Vaz Osório» in Facebook >> É especialmente caricato que se envie Miguel "dão-me licença?" Relvas discutir os problemas dos jovens licenciados. Mais que caricato, é insultuoso para quem fez ou está a fazer um percurso académico legítimo e mais uma prova da distância que medeia entre a realidade e a percepção que o governo dela tem. Não perceber que Relvas não tem legitimidade para se manter no Governo, é um erro grave, perceber que sem Relvas, Coelho não controlará o aparelho do PSD e que por isso está refém do bicho, é uma constatação trágica, mas real.

«Fernando Gomes» in Facebook >> Eu não tenho pena nenhuma de ninguém que se esteja a queixar... ELES CONTINUAM Á FRENTE NAS SONDAGENS, por isso, estúpidos e caricatos são verdadeiramente os eleitores portugueses. Horinha de mudar e não é para o PS porque são apenas outras moscas a m**** é a mesma!

«LF Santos» in Facebook >> Fernando Gomes existe uma alternativa que está a crescer em Portugal -  Democracia Participativa

«Fernando Gomes» in Facebook >> Desculpe, não quero ser indelicado, mas isso a mim não me diz nada. Lamento. O que me entristece é ter em Portugal uma esquerda que não quer ser alternativa e se divide em micro-partidozecos, agrupamentos e plataformas e não se agrupa num objectivo comum. Isso é que me dá pena. De resto, cada povo tem o destino que escolhe, inclusivamente, como hoje em dia aquele de ter um partido minoritário a fazer parte do Governo graças a uma lei eleitoral absolutamente parva que permite alianças pós-eleitorais.

«Raul Vaz Osório» in Facebook >> Sou só eu a ver a contradição em defender a unidade dos pequenos partidos da esquerda num projecto comum e depois criticar uma aliança parlamentar de governo? Não que com isto esteja a defender um governo que já não tem legitimidade, mas essa retórica de uma certa esquerda é precisamente uma das causas da divisão que critica. Unicidade? Não obrigado.



Publicado por Tovi às 18:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012
Governo suspende a venda da TAP

{#emotions_dlg.blink} O Relvas já não vende a TAP.


«Fátima Gabriel» in Facebook >> Agoooora

«Catarina Quintino» in Facebook >> Lá vamos ter mais 1 imposto, com a justificação de não terem vendido a TAP...

«David Ribeiro» in Facebook >> Parece que o Gérman Efromovich não se chegou à frente com os €uritos.

«Catarina Quintino» in Facebook >> Pela conversa do sr ele pensava q ia comprar a TAP baratinha,visto o pais estar pelas ruas da amargura...

«David Ribeiro» in Facebook >> Coitadito do Relvas... Vai ficar sem a comissão :-)

«Catarina Quintino» in Facebook >> Pobre.. mas ele arranja maneira de privatizar outra treta qualquer.. sem comissão é q aquele poço de trafulhices é q não fica...

«Pedro Baptista» in Facebook >> Ao contrário da maioria, sempre me pareceu esta alternativa demasiado transparente e limpa para esta cambada. A alternativa que têm na carteira essa é que é o negócio e a humilhação nacional...


«David Ribeiro» in Facebook >> {#emotions_dlg.happy} Disseram-me que o Gérman Efromovich quer de volta a comissão já paga ao Relvas... Será verdade?

«Luís Andrês» in Facebook >> Agora é que vai abanar a barraca...



Publicado por Tovi às 19:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 17 de Julho de 2012
As melhores piadas sobre Miguel Relvas

 

 




Sábado, 14 de Julho de 2012
Desabafo de um Cidadão

O meu grande amigo Tó Ferreira da Silva, meu amigo desde o tempo em que ambos andavamos no Liceu Alexandre Herculano, já lá vai meio século (parece que foi ontem), enviou-me este texto:

Desabafo de um Cidadão

Este caso do ministro Relvas, é mais do que nunca um caso do governo e até do País. A credibilidade de Relvas já não é nenhuma, intelectualmente é do mais desonesto que se pode imaginar e assim afecta a credibilidade do governo e pior ainda lesa gravemente a imagem do País. Estando Portugal nas mãos de credores internacionais, que pensarão, dirão e como reagirão os nossos credores em relação a ajudar-nos sabendo que Relvas pertencendo ao governo toma parte nas decisões e rumo que teoricamente será o melhor para o País. E o 1º ministro Passos Coelho o que faz? Nada? Não demite Relvas? Tem medo dele? Recorde-se que um dos grandes argumentos deste governo era a isenção, o trabalho e a seriedade.  Estes foram três dos pilares que aportaram ao então candidato Passos Coelho muitos milhares de votos que o levaram ao poder.  Pois bem, Passos Coelho ao não reagir, ao não tomar medidas nos casos Relvas está a desbaratar por completo este capital e poderá a breve trecho não contar com o apoio do Povo.  Nós, Povo, compreendemos e aceitamos (como está provado) os sacrifícios e privações que nos pedem e impõem.  Não podemos é aceitar pouca vergonha. Relvas não se macula, não se importa, pois não é digno, não é sério nem sabe o que isso é, mas a verdade é que nos enche a todos da lama que não merecemos.
António A. B. Ferreira da Silva


«Fátima Sousa» in Facebook >> Miguel Relvas é uma nódoa negra para o povo português

«Zé Zen» in Facebook >>   Quiseram-nos? Agora aguentem :)) Foi muito pior a emenda que o soneto. Ainda agora a direita vai no adro.

«Manuel António Sarmento Silva» in Facebook >> A chatice toda é que os que não os quiseram também os aguentam!

«Carla Molinari» in Facebook >> Tudo farinha do mesmo saco :(

«Fátima Sousa» in Facebook >> Já há elementos do PSD incluindo deputados a fazerem as mesmas afirmações. Que tipo de casamento há entre relvas e o primeiro??????



Publicado por Tovi às 07:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 12 de Junho de 2012
As "pressões ilícitas" de Miguel Relvas

Foi em 24 de maio que Miguel Relvas foi ouvido na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) no caso das "pressões ilícitas" sobre uma jornalista do Público. E quando é que Carlos Magno (Presidente da Direcção Executiva da ERC)  nos dá o resultado deste inquérito?... Estará à espera que o ministro se demita?... Já era tempo de se saber alguma coisa.


«Luís Paiva» in Facebook >> O ministro demitir-se??? eheheheh...

«Zé Zen» in Facebook >> Ti David  e a espera dos milagres. :))

«David Ribeiro» in Facebook >> Eu não acredito em milagres... Abro uma excepção para aquele em que o Cristo, nas Bodas de Canã, transformou água em vinho ;-)

«Luís Paiva» in Facebook >> Então foi esse o primeiro?...

«Zé Zen» in Facebook >> Devia ser vinho ribatejano :))



Publicado por Tovi às 07:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 26 de Maio de 2012
O estado a que isto chegou


«Zé Regalado» in Facebook >> Tem calma que ainda vai piorar mais

«Fátima Gabriel» in Facebook >> Meu Deus mas que cambada!!!

«David Ribeiro» in Facebook >> Quem é o adjunto de Miguel Relvas, que agora se demitiu: Adelino Cunha tem 40 anos, começou a sua carreira em 1992 no jornal O Diabo, sob coordenação de Nuno Rogeiro; em 1996 era editor de Política do extinto diário A Capital onde esteve até 2000, ano em que passou para o Correio da Manhã onde foi editor-adjunto de Política/Nacional. De 2002 a 2006 foi editor de Política do semanário O Independente, onde também exerceu a actividade de grande repórter. Um ano depois estava na revista semanal Focus como editor-executivo e pouco depois assumia as funções de director. Mas esteve pouco tempo, em 2008 mudou para o Jornal de Notícias como editor de Política/Nacional. A sua formação em História – tirou o curso na Universidade Lusíada –, fê-lo dedicar-se à investigação e editar títulos como A ascensão ao poder de Cavaco Silva, em 2005; e, mais recentemente Álvaro Cunhal: Retrato pessoal e íntimo. (in "Público" de hoje)

«Fátima Gabriel» in Facebook >> Pois pois curriculum não falta

«Joaquim Leal» in Facebook >> É da mesma universidade onde o PPC acabou (a custo) o curso de economia. Tudo da mesma farinha.



Publicado por Tovi às 12:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 26 de Março de 2012
Proposta de Reorganização Administrativa do Porto

Um grupo de cidadãos, intelectuais, religiosos, colectividades, membros das Assembleias de Freguesia e Municipal do Concelho do Porto, partidos políticos, funcionários das freguesias, etc... acabam de tornar publica uma proposta para a reforma administrativa que o Governo decidiu empreender e que poderá ser lida aqui.

Em resumo as freguesias ficariam assim divididas:

Paranhos – 44.247 habitantes / 7,17 km2 de área

Ramalde – 38.002 habitantes / 5,82 km2 de área

Campanhã – 32.659 habitantes / 8,4 km2 de área

Bonfim– 24.335 habitantes / 3,1 km2 de área

Lordelo – 22.189 habitantes / 3,64 km2 de área

Cedofeita – 22.022 habitantes / 2,71 km2 de área

Aldoar / Nevogilde / Foz (Fusão) – 28.937 habitantes / 6,27 km2 de área

Massarelos / Miragaia / S. Nicolau / Vitória / Sé / Santo Ildefonso (Fusão) – 25.168 habitantes / 4,68 km2 de área



Publicado por Tovi às 07:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 14 de Março de 2012
Reorganização das Freguesias - Posição do PS

No Partido Socialista a discussão pública do “Documento Verde da Reforma Administrativa Local” não está a ser pacífica e há vários deputados a contestarem a estratégia seguida pela direcção do Grupo Parlamentar do PS, defendendo que deveriam ser apresentadas alternativas concretas e proceder-se a uma negociação com o Governo, como fez António Costa, presidente da Câmara de Lisboa.



Publicado por Tovi às 07:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 13 de Março de 2012
Reorganização das Freguesias do Porto

Estudo comparativo das actuais freguesias do Porto (área, habitantes e eleitores) com a proposta de alteração apresentada pelo PSD/Porto, um contributo para a discussão do “Documento Verde da Reforma Administrativa Local”.



Publicado por Tovi às 07:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 10 de Março de 2012
Reorganização das freguesias – Proposta do PSD/Porto

Na proposta do PSD/Porto para a alteração da divisão do território na cidade Invicta, respeitando os critérios do “Documento Verde da Reforma da Administração Local”, as freguesias passarão a ser seis:

Paranhos, Ramalde e Campanhã - As freguesias mais populosas, manter-se-ão como estão actualmente;

Nova Foz - Resultante da fusão de Aldoar, Nevogilde e Foz do Douro;

Boavista - Formada pela agregação de Lordelo e Massarelos;

Zona Histórica - União das freguesias de Bonfim, Santo Ildefonso, Cedofeita, Sé, São Nicolau, Miragaia e Vitória.


«Sérgio Ribeiro» in Facebook >> caro David Ribeiro é importante a leitura deste especialista - A fusão destrutiva das freguesias

«David Ribeiro» in Facebook >> Por acaso já li... e estão lá ditas coisas interessantes sobre as alterações que se irão fazer no ordenamento do território.



Publicado por Tovi às 17:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 8 de Março de 2012
Área Metropolitana do Porto

Inicialmente a Área Metropolitana do Porto (AMP) era constituída unicamente por nove concelhos (Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia) tendo-se posteriormente juntado os municípios de Arouca, Santa Maria da Feira, S. João da Madeira, Trofa e Santo Tirso. Em Setembro do ano de 2011 passaram também a integrar a AMP os municípios de Oliveira de Azeméis e de Vale de Cambra. Já se fala que Paredes também vai entrar para Área Metropolitana do Porto no novo mapa administrativo de Miguel Relvas (Documento Verde da Reforma da Administração Local) o que só prova que o actual Governo vai “matar” definitivamente a Regionalização, a única forma efectiva e racional de descentralizar a administração do país.


«António Campos Leal» in Facebook >>  Já o digo há mais de vinte anos. A grande região do Porto e que seria a Cidade, teria a Norte as terras da Maia e a Sul as terras da Feira e que fecharia a Este nas Terras do Sousa. A adição a Norte da Póvoa de Varzim é naturalíssima. A vida da Póvoa de Varzim está ligada ao Porto desde muitos anos atrás. Se Paredes entrar tudo se se torna NATURAL.




Quarta-feira, 7 de Março de 2012
Documento Verde da Reforma da Administração Local

No Movimento Partido do Norte (MPN) estamos a estudar com todo o cuidado o Documento Verde da Reforma da Administração Local. Em breve colocaremos aqui todas as nossas preocupações com esta “Lei Relvas”… e são muitas.



Publicado por Tovi às 19:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 6 de Março de 2012
Álvaro Santos Pereira

Hummmm!... Parece os presidentes dos clubes de futebol quando estão para despedir os treinadores.

{#emotions_dlg.meeting} [Público] - Relvas recusa que ministro da Economia esteja "a prazo" - O ministro-adjunto Miguel Relvas recusou esta manhã que o titular da pasta da Economia, Álvaro Santos Pereira, seja um ministro "a prazo" no Governo. E elogiou mesmo o seu trabalho dizendo que tem tido um "desempenho muito significativo". 



Publicado por Tovi às 21:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26
27
28
29

30


Posts recentes

Primeira página do Expres...

Miguel Relvas demitiu-se ...

Ó Relvas!... Vai-te embor...

Governo suspende a venda ...

As melhores piadas sobre ...

Desabafo de um Cidadão

As "pressões ilícitas" de...

O estado a que isto chego...

Proposta de Reorganização...

Reorganização das Fregues...

Reorganização das Fregues...

Reorganização das fregues...

Área Metropolitana do Por...

Documento Verde da Reform...

Álvaro Santos Pereira

A "Regionalizaçao" de Mig...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus