"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Terça-feira, 4 de Agosto de 2015
5ª e 6ª Etapas da Volta a Portugal em Bicicleta

5 etapa Braga Viana do Castelo.jpg

5ª Etapa da Volta a Portugal

A etapa de ontem da Volta a Portugal em Bicicleta – Braga - Viana do Castelo (Santa Luzia) – numa extensão de 169,4 km, caracterizou-se por ter um grupo de fugitivos (foi variando entre 11 e 6 ciclistas) praticamente durante toda a corrida, sendo que a fuga foi anulada quando faltavam 2 km para a meta onde o primeiro a passar foi José Gonçalves da CajaRural-SeguroRGA. A camisola amarela continua com Gustavo Veloso da equipa W52/QuintaDaLixa e os ciclistas da RP/Boavista Daniel Silva (dorsal 17) e César Fonte (dorsal 15) ocuparam agora respectivamente o sétimo e oitavo lugar da classificação geral. Por equipas a RP/Boavista ocupa o terceiro lugar.

 

6 etapa Ovar Oliveira de Azemeis.jpg

6ª Etapa da Volta a Portugal

Neste momento já estão na estrada os ciclistas a fazerem a ligação entre Ovar e Oliveira de Azeméis num total de 153,1 km.

Atingida a primeira hora de prova, percorridos 47,5 km, na cabeça de corrida rola um grupo de 8 corredores agora com vantagem de 1'35''. Na cabeça do pelotão, são as equipas Team Tavira e Team Idea que asseguram a perseguição. Composição do grupo em cabeça de corrida: 24 | Filipe Cardoso (POR) | EFP; 63 | Hector Benito (ESP) | CJR; 71 | Dennis Bakker (NED) | PVC; 105 | Taco Van Der Hoom (NED) | RIJ; 137 | Stef Van Zummeren (BEL) | WIL; 152 | Anatoliy Pakhtusov (UKR) | ISD; 96 | Jordi Simon (ESP) | ECU; 102 | Coen Vermeltfoort (NED) | RIJ. À passagem do quilómetro 79,5 baixa novamente a vantagem do grupo da frente, agora 1'05''. Cumprida a segunda hora de prova. Percorridos 87,8 km a uma média de 43,9 km/h. Em cabeça de corrida continua o grupo de 8 corredores composto pelos dorsais: 24 | Filipe Cardoso (POR) | EFP; 63 | Hector Benito (ESP) | CJR; 71 | Dennis Bakker (NED) | PVC; 96 | Jordi Simon (ESP) | ECU; 102 | Coen Vermeltfoort (NED) | RIJ; 105 | Taco Van Der Hoom (NED) | RIJ; 137 | Stef Van Zummeren (BEL) | WIL; 152 | Anatoliy Pakhtusov (UKR) | ISD. Rolam agora com vantagem de 1'25''. A 53 Km da meta na cabeça do pelotão é a equipa Louletano-RayJustEnergy que impõe o ritmo. Na frente rola um grupo de 6 corredores com vantagem de 38'' para o dorsal 71 e 1'20'' para o pelotão. A 16,1 km da meta nova situação de corrida: Dorsal 96 na frente agora com vantagem de 20'' para o dorsal 24 numa primeira posição intermédia, 24'' para o dorsal 102 numa segunda posição intermédia e 55'' para o pelotão. Restantes corredores intermédios foram alcançados pelo pelotão. A 5,6 km do final salta do pelotão o dorsal 109 e junta-se aos 3 corredores da frente, sendo logo de seguida a fuga anulada. José Gonçalves, dorsal 62 da CajaRural-SegurosRGA, foi o primeiro a cortar a meta mas foi desclassificado por ter "apertado" o camisola amarela, Gustavo Veloso, nos últimos metros da prova.



Publicado por Tovi às 13:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 12 de Janeiro de 2008
Pão-de-ló

Eu tenho um amigo que é nado e criado em Ovar e que é muito melhor a tirar fotografias do que a fazer pão-de-ló… Não sei que raio é que ele faz durante a confecção que o tal doce de ovos com farinha e açúcar fica sempre cru no interior... Diz ele que é assim que se faz lá pela terra dele… Valha-nos Deus… Eu bem digo que a Sul da Barrinha de Esmoriz são todos Mouros.
 
Aqui está o Pão-de-ló feito pelo «JER»

  
 
E aqui está o verdadeiro PÃO-DE-LÓ, o da Casa Margaridense

 


Casa Margaridense (Travessa de Cedofeita, Porto) - Esta casa fundada em 1875 por uma família oriunda de Margaride (terra que lhe deu o nome) é não só um local obrigatório no roteiro turístico da cidade Invicta, mas também a lojinha onde ainda se faz à moda antiga muitos doces tradicionais. A massa do seu famoso Pão-de-ló é mexida em moinhos à manivela e cozida em fornos alimentados a carqueja. O último que lá comprei tinha 2,100Kg e custou 13,00€/Kg. Era leve e suave, a saber a ovos.

«Viriato» ⇒ prefiro mil vezes o do JER, que mais não seja pelo preço ! :mrgreen:

 

«XôZé»:content: :content: :content: :content: :content: :content:
Vocês dão cabo de mim... :lol:   Também não faz mal porque ele não anda por aqui :whistle: e assim não fica a saber do mal que dele vamos por aqui falando.  Continua iludido com a broa... :twisted: 
Coloquei no "ViriatoWeb" o seguinte texto: No meu blog e sobre este mesmo assunto - Pão-de-ló - o meu amigo «Reboredo» comentou: (texto de "comentários"). E a resposta dos que por lá andam, não se fez esperar:
«Viriato»vai daì, não tinhas espaço e decidiste de trazer para aqui o testamento ! :lol:
«Reboredo»Acontece que o Reboredo descubriu que a "Margaridense" já não existe desde 2007. E o pão-ló que o Tovi comprou para este Natal o foi buscar a uma loja gurmet do Porto!
Artur fabrica pão-de-ló de Margaride há 68 anos
Artur Teixeira de Castro, com 80 anos, é um dos casos raros de longevidade profissional e de ininterrupta ligação à mesma entidade patronal. Nunca conheceu outra empresa que não fosse a mítica Casa de Pão-de-Ló de Margaride, em Felgueiras, fundada há 278 anos. Casa que, recentemente, recebeu a medalha de ouro do concelho.
Margarida Lickfold, a actual proprietária, testemunha "É um funcionário exemplar; só tem predicados….
Ao longo dos anos, Artur Castro foi-se habituando a ver várias figuras públicas que não resistiam à iguaria. "Quando foi fundada era a única do país do género e, ainda no tempo da monarquia, recebeu o estatuto de Fornecedora da Casa Real de Bragança. O pão-de-ló que foi servido no casamento de D. Duarte foi comprado aqui", refere, concluindo "Hoje toda a gente come pão-de-ló".
«XôZé»Deixa aparecer-lhe a ASAE à porta e logo vais ver se essas loas resultam. :roll:  Eles agora com o treino militar que têm, o Artur Castro passa em menos de nada a chamar-se um figo. :twisted:
«Viriato»este Reboredo anda a descobrir umas coisas ........... ele é o pão de lò falso , ele é petróleo na Mauritânia , e sei là que mais
em breve vamos ter de abrir um fórum dedicado às "descobertas e boatos" do Reboredo ! :twisted:
E tem razão o «Reboredo»... A Casa Margaridense, na Travessa de Cedofeita no Porto, está encerrada... O último pão-de-ló que lá comprei foi na Páscoa do ano passado.
«Reboredo» ⇒ Viriato escreveu: "este Reboredo anda a descobrir umas coisas ..." + Tovi escreveu: "E tem  razão o Reboredo" - Palavras para quê!
«Viriato»eu queria dizer : " descobrir umas coisas ...... ridiculas ! " :lol:



Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

5ª e 6ª Etapas da Volta a...

Pão-de-ló

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus