"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
INFARMED vem para o Porto

infarmed.jpg

A sede e a maioria dos serviços da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde I.P. vão ser deslocalizados de Lisboa para a cidade do Porto no início de 2019 e isto é da maior justiça no que diz respeito à política de descentralização do Governo de António Costa.

Estamos ainda para ver como os senhores do Terreiro do Paço vão resolver o diferendo com uma maioria dos funcionários do Infarmed que parecem não estar dispostos a mudarem-se de armas e bagagens para a Cidade Invicta.

 

   Comentários no Facebook

«Pedro Baptista» - Temos assistido a uma semana que muitos, entre nós, considerariam impossível. No entanto, ela é altamente esclarecedora daquilo em que se tornou este espaço em que vivemos. No inicio da semana foi a metralha, nas redes sociais e nos opinadores de meia-tigela, de que a EMA não veio para Portugal porque a candidatura, entre vinte e tal, era do Porto, tinha sido não de uma estação mas de um apeadeiro. Em seguida, após o governo ter decidido colocar o INFARMED no Porto, que era o que faltava ir viver para o Porto, estava posta em causa a qualidade dos serviços, eram contra medidas avulso e todo o tipo de bacoradas, quando o país deveria desconcentrar pelo Porto, e por as outras suas cidades, as sedes dos serviços centrais, para alívio, aliás, dos lisboetas inteligentes que poderiam ver a cidade dedicar-se à economia e não apenas à administração. Do lado de cá, quase só o Presidente da Câmara do Porto fazia frente à caterva, sorria, na página pessoal, do ressabiamento de tantos e, tudo isto, se não fosse para chorar por um país destruído por estas mentalidades mesquinhas e bacocas, seria mesmo para rir e na página oficial! Era de esperar: o centralismo ao reproduzir-se na sua própria estupidez e mediocridade tornou o país inviável sob o seu domínio! O que fez ao país foi desertificaçá-lo, abandonado-lo e entregar-lo às chamas de verão e outono... Viver da dívida pública para alimentar uma administração sem economia, com o território abandonado e com as pessoas acantonados... O país viável não teria a ver com isto: teria os serviços centrais de agricultura em Vila Real ou Évora, os das pescas em Faro, Portimão, Aveiro, Matosinhos ou Viana, o Tribunal Constitucional em Coimbra, por aí fora. E o INFARMED no Porto, claro, na cidade da melhor Universidade portuguesa. - Agora percebi, Sr. Doutor, o que se passou há uns anos com a Regionalização - dizia-me ontem ao jantar um funcionário do "Buraco"... Mas eu penso que depois disto todos podemos perceber que este país se tornou inviável e que não poderá ser possível a vida social, económica, cultural e Política sem uma rutura... e das antigas... Quem diria que o tempo iria dar razão de tal forma exuberante à tentativa denominada PARTIDO DO NORTE... Talvez porém, os campeões lisboetas do centralismo possam ir por outro caminho... Já que são tão superiores, capazes e auto-suficientes, e já que nós somos assim tão odiosos e incompetentes... já que se mostram de tal forma avessos a qualquer solidariedade com o Porto, e portanto nacional, por que não decidem proclamar a independência? Sim, a independência de Lisboa! Podem ter a certeza que, tirando uns lacaios mais atrasados que há sempre, no Porto a ideia seria aceite com a maior serenidade, senão mesmo, satisfação!

«Nuno Santos» - A notícia da transferência do INFARMED para o Porto antecedeu a notícia do fecho da delegação da CMVM no Porto. Esta não provocou, até hoje, a uma única alma, comiseração em relação aos trabalhadores da CMVM. Nem aos que, agora, são desterrados para Lisboa, nem aos que, ao longo dos anos, para lá foram deslocados. Assim como os da Bolsa de Valores que encerrou no Porto há uns anos, a favor de “sinergias” em Lisboa, nem os do IAPMEI que também para lá foram, nem os da TAP que continua a fechar serviços no Porto e a obrigar dezenas de milhares de passageiros a pernoitar em Lisboa, sempre que um dos voos que as companhias estrangeiras acham interessantes e rentáveis, para a TAP, apenas o são se forem operados em Lisboa, com ponte aérea. Ninguém se compadece com as centenas de trabalhadores da função pública que, feito, no Porto, o curso de chefias, ou vão para Lisboa ou ficam sem progressão, à razão de 181 para 5, como vemos no Facebook de Rui Moreira e o mesmo denunciou há mais de ano numa crónica de opinião. Tenho a máxima simpatia pelos trabalhadores do INFARMED que é Estado e que são funcionários que o SNS não se importará de incorporar em Lisboa noutros serviços de não quiseram vir para o Porto, mas outra coisa é outra coisa. E dizerem-me que a transferência de um laboratório custa 90 milhões de euros é um insulto à minha inteligência, assim como é dizer que “recentemente foi renovado”, quando isso aconteceu em 2000.



Publicado por Tovi às 10:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 5 de Novembro de 2011
Partido da Terra da Galiza

O Secretário-geral do Partido da Terra da Galiza, Joám Evans Pim, visitou-nos hoje na rua de Santa Catarina, no Porto, quando estávamos em campanha de recolha de assinaturas para a legalização do Partido do Norte.


«Zé Zen» in Facebook >> Com estas boas "misturas", o nosso Mouro de serviço, deve estar a rir. :))



Publicado por Tovi às 14:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 24 de Setembro de 2011
A lutar pela legalização do Partido do Norte

Hoje de manhã, na rua de Santa Catarina no Porto, numa campanha de recolha de assinaturas para a legalização do Partido do Norte.

 


Zé Zen» in Facebook >> Nãp peçam ao Víctor Menses, ele jà deu. :))




Terça-feira, 21 de Junho de 2011
O MPN visto por gente do Norte - #2

Mais coisas interessantes para ler... como gente do Norte vê o Movimento Partido do Norte e a Regionalização.

Textos retirados do blog

{#emotions_dlg.chat} 17Jun2011 - De: Miguel Monteiro - "Movimento Norte Partido - Decidamente Não, Obrigado!"

{#emotions_dlg.chat} 17Jun2011 - De: Alexandre Ferreira - "Movimento Partido do Norte - Causas e instrumentos"

 



Publicado por Tovi às 08:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 16 de Junho de 2011
O MPN visto por gente do Norte - #1

Vale a pena ler... para ver como gente do Norte vê o Movimento Partido do Norte e a Regionalização.

Textos retirados do blog

{#emotions_dlg.chat} 7Jun2011 - De: José Silva - "Missões do MPN/PDA no novo cenário político"

{#emotions_dlg.chat} 9Jun2011 - De: Paulo Pereira - "Os resultados do MPN - PDA"

{#emotions_dlg.chat} 10Jun2011 - De: Paulo Espinha - "Movimento Partido do Norte - Não, Obrigado!"

{#emotions_dlg.chat} 12Jun2011 - De: Rui Valente - "Respeitinho senhores, em democracia as maiorias são sempre relativas"

{#emotions_dlg.chat} 14Jun2011 - De: Paulo Espinha - "Rui Valente e o Movimento Partido do Norte"

{#emotions_dlg.chat} 14Jun2011 - De: Rui Valente - "Mais do mesmo, será o que ignoramos?"

{#emotions_dlg.chat} 14Jun2011 - De: Pedro Figueiredo - "Tirar partido do Norte, do Sul e do Interior também..."

{#emotions_dlg.chat} 16Jun2011 - De: Paulo Pereira - "Este Partido do Norte"

{#emotions_dlg.chat} 16Jun2011 - De: António Alves - "Algo mais sobre o MPN"




Segunda-feira, 6 de Junho de 2011
O dia seguinte... no PDA e no MPN

Calma!... Roma e Pavia não se fizeram num dia… Há ainda muito “trabalho de casa” a fazer e os tempos difíceis que esperam os portugueses e especialmente os Nortenhos, só tornarão o nosso ideal cada vez mais forte. Vamos todos continuar a lutar pelo Movimento Partido do Norte.


«André Cruz Ferreira Moura» in Facebook >> Com ou sem elites!

«Paulo Pereira» in Facebook >> Com o bloqueio continuado da comunicação social que ainda resta no Porto ao MPN, é impossivel levar esta guerra para a frente. Muitos jornalistas do Norte parecem estar ao serviço da oligarquia centralista que arruina o país.

«André Cruz Ferreira Moura» in Facebook >>  Há que persistir e trazer alguns jornalistas para o nosso lado! : )

«Paulo Barros Vale» in Facebook >> Paulo Pereira, o problema não foi o boicote, o problema é porque é que o tratamento foi o que foi... É dificil entender? Era uma evidência...

«Paulo Pereira» in Facebook >> Eu vi o bloqueio a ser feito na comunicação social porque o PDA - MPN era uma força politica que queria alterar o sistema centralista medíocre e incompetente que domina o país. Enquanto que os jornalistas da capital são afirmadamente centralistas, os do Norte querem ser neutralistas, e essa é uma razão do definhamento do Norte, uma certa cobardia mascarada de neutralidade.

«Paulo Barros Vale» in Facebook >> Não é verdade. Os jornalistas não andam é a dormir e cedo entenderam tudo. Tivesse o MPN credibilidade (pelas suas propostas, estratégia, protagonistas e estrutura) e teriamos visto a projecção que naturalmente teria conseguido.

«Paulo Pereira» in Facebook >> Isso é uma opinião que não corresponde à realidade. Vimos durante semanas a comunicação social a dar cobertura a acções sem nexo e propostas politicas disparatadas ao mesmo tempo que verificamos que jornalistas vinham fazer reportagens e depois nada aparecia. A comunicação social não tem do direito de fazer politica, deve informar e depois os cidadãos decidem, mas aqui no Norte muita da C.Social está na prática ao serviço do centralismo através da roupagem da neutralidade, muito provavelmente com mede de perder os empregos, o que se compreende mas não se pode deixar passar em branco.




Quinta-feira, 2 de Junho de 2011
Hino de campanha do PDA / Norte

 

 



Publicado por Tovi às 13:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 29 de Maio de 2011
PDA em Serralves

Serralves está em Festa!... E os elementos do Movimento Partido do Norte, concorrentes aos oito Círculos Eleitorais do Norte nas listas do Partido Democrático do Atlântico (PDA), vão estar por lá hoje à tarde, a dizer que é urgente e necessária uma Região Autónoma do Norte. Já estamos fartos de sermos os únicos a pagar as ex-SCUT… Já estamos fartos de ser discriminados… Já estamos fartos do centralismo que abandonou o Norte.



Publicado por Tovi às 16:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

PDA nas praias de Gaia

Hoje de manhã, elementos do Movimento Partido do Norte, concorrentes ao Círculo Eleitoral do Porto nas listas do Partido Democrático do Atlântico (PDA), em campanha nas praias de Gaia.


«Joaquim Leal» in Facebook >> Admiro-vos a paciência. Só por gosto...

«David Ribeiro» in Facebook >> ...não só por gosto, mas também por imperativo de consciência.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Como é que tem decorrido a aceitação dos eleitores?

«David Ribeiro» in Facebook >> Muito boa... quando dizemos que somos "pelo Norte" a aceitação é imediata.

«Fernando António Fraga Pimentel» in Facebook >> David, concordo com o Quim. Contudo ainda acrescento que quando se defende uma causa como o meu amigo faz, chegámos aos limites!!!




Sexta-feira, 27 de Maio de 2011
PDA na Feira do Livro do Porto

Ontem estive na acção de campanha do Partido Democrático do Atlântico (PDA) na Feira do Livro do Porto, com Pedro Baptista (cabeça de lista pelo Círculo Eleitoral do Porto e Presidente do Movimento Partido do Norte) e outros membros da candidatura do PDA-Norte.




Sábado, 21 de Maio de 2011
Partido Democrático do Atlântico - NORTE

Realizou-se hoje ao fim da tarde, na Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto, a sessão de apresentação dos candidatos do Movimento Partido do Norte que constituem as listas do Partido Democrático do Atlântico (PDA) nos oito Círculos Eleitorais do Norte.

{#emotions_dlg.star} Cabeças de lista do PDA às próximas Legislativas

Distrito de Aveiro – Dénis Valéria da Rocha Nunes e Sousa (Psicóloga)

Distrito de Braga – José Manuel Lopes Cordeiro (Historiador – Univ. Minho)

Distrito de Bragança – Nuno Gomes Lopes (Arquitecto)

Distrito da Guarda - Pedro Miguel Ribeiro Boa-Nova Pereira

Distrito do Porto – Pedro Baptista (Escritor e Investigador)

Distrito de Viana do Castelo – José Ferraz Alves (Economista)

Distrito de Vila Real – António Pinto Bernardo (Gestor)

Distrito de Viseu – Eurípides Costa (Vinicultor)



Publicado por Tovi às 19:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 16 de Maio de 2011
Atitude inaceitável e anti-democrática da CCDR-N

 Candidatos do PDA em protesto

Os candidatos do Partido Democrático do Atlântico (PDA) às Legislativas’11, pelos oito círculos eleitorais do Norte, estiveram hoje à tarde na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) para mostrarem o seu desagrado por não terem sido convidados para a reunião que estava a decorrer entre a CCDR-N e apenas 5 dos partidos que concorrem a estas Eleições Legislativas, uma atitude inaceitável e anti-democrática.


«Zé Zen» in Faceboook >> Toca a manifestar, chamem os Deolinda. No stress, estamos na republica dos canaviais.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Não é justo!

«Pataxó Lima» in Facebook >> Vai lá e arrasa, poderoso David... Proteste tudo que puder, que vou ficar na torcida...!!! bjs mis desde vitória.

«David Ribeiro» in Facebook >> Eu estive presente neste protesto... Cá no NORTE não podemos aceitar esta descriminação.


{#emotions_dlg.star} Comunicado de Imprensa do PDA

Hoje, dia 16 de Maio, pelas 15 horas, um grupo de candidatos do Movimento Partido do Norte, que integram como independentes as listas do Partido Democrático do Atlântico, manifestou-se junto à CCDR-N no Porto e reclamou contra uma reunião convocada por aquele organismo público, à porta fechada e com laivos de secretismo, com os cabeças de lista às próximas eleições dos oito distritos do Norte dos cinco partidos que tiveram assento parlamentar na anterior legislatura.
A reunião destinou-se a dar informações aos candidatos dos 5 partidos do sistema, pretendo assim ajudar as suas campanhas, evitando que os outros partidos a elas tenham acesso.
Trata-se de uma selecção inqualificável por parte dum órgão de Estado que está obrigado por lei à mais rigorosa neutralidade. Além de ser uma discriminação ilegal, é também a demonstração da podridão a que chegou a cultura democrática em Portugal, nomeadamenteno Norte.
Não será por acaso certamente que a CCDR-N que, sem regionalização, é um órgão inútil e mero serventuário do poder central, premeia assim os seus candidatos a deputados com a garantia de que continuarão na assembleia da República a fazerem pelo Norte o que têm feito até hoje: absolutamente nada.
O PDA vai apresentar queixa junto à Comissão Nacional de Eleições e pondera apresentação de uma queixa-crime contra o presidente da CCDR-N.
16 Maio 2011
A Direcção de Campanha do PDA




Quarta-feira, 4 de Maio de 2011
MPN presente nas próximas eleições

Ao votarem PDA (Partido Democrático do Atlântico) nos oito Distritos do Norte do País (Aveiro, Braga, Bragança, Guarda, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu) estão a votar nos candidatos nomeados pelo MPN (Movimento Partido do Norte).


«Zé Zen» in Facebook >> Nomeados ou eleitos? :))

«David Ribeiro» in Facebook >> O Partido do Norte ainda só é um movimento partidário, pelo que os seus candidatos foram nomeados pela sua Comissão Coordenadora. Após ser constituído como partido político e depois de efectuar o seu primeiro congresso, os candidatos a cargos políticos serão eleitos pelos militantes e simpatizantes, conforma consta do seu programa.

«Zé Zen» in Facebook >> Ainda te vou ver no Parlamento Regional. :))




Quinta-feira, 21 de Abril de 2011
MPN nas Legislativas'11

 Partido Democrático do Atlântico  

As listas com os nomes dos candidatos do Movimento Partido do Norte que vão concorrer pelo PDA nos Distritos do Norte estão praticamente prontas. Para a semana serão divulgadas publicamente.


«Joaquim Leal» in Facebook >> Não percebo, então é MPN ou PDA? e PDA é o quê?

«David Ribeiro» in Facebook >> PDA - Partido Democrático do Atlântico - é um partido doa Açores que comunga das nossas ideias sobre a Regionalização e que se prontificou a deixar-nos nomear os candidatos pelos Distritos do Norte.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Humm... assim a modos do PND eh eh eh

«David Ribeiro» in Facebook >> O partido PDA tem pouca representação nos Açores e é praticamente desconhecido no Continente, mas tem gente boa e séria nas suas fileiras. Nos distritos por onde o Movimento Partido do Norte vai concorrer (unicamente os do Norte de Portugal) seremos nós a escolher os candidatos, pois foi assim que ficou acordado entre o PDA e o MPN.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Lá terás que levar as maletas para Lisboa que tanto amas eh eh eh

«Fernando António Fraga Pimentel» in Facebook >> Boa sorte!!!!

«David Ribeiro» in Facebook >> Obrigado Fernando. Temos que lutar pelos nossos ideais sem pensar em tachos nem em lugares de honra no Terreiro do Paço.

«António Dias» in Facebook >> Partido do Deixa Andar?

«Zé Zen» in Facebook >> Qual a semelhança do Norte e Açores?

«David Ribeiro» in Facebook >>  O Norte quer ter, pelo menos, a mesma autonomia política que tem os Açores.

«Zé Zen» in Facebook >> Eu não quero ser de intrigas mas, este simbolo é extremamente simbolico. Serà o iniciar de alguma coisa?

«David Ribeiro» in Facebook >> Este símbolo não é do Movimento Partido do Norte, é o símbolo aprovado há já alguns anos pelo Tribunal Constitucional para o PDA. Segundo os estatutos o Partido Democrático do Atlântico (capítulo 1, artigo 4.º) terá como símbolo o Sol nascente, de oiro sobre burelado de azul (Oceano), no qual se reflectem e se expandem, de oiro, os raios solares que projectam a sigla PDA, também de azul e oiro.

«Zé Zen» in Facebook >> Oh David, estes atlantistas não têm nada de DIREITAS, muito direitinhas?

«David Ribeiro » in Facebook >>  PDA tem origem no "Partido Autonomista" de 1893 tendo sido por vários anos uma organização de direita, mas nos tempos mais recentes tem vindo a assumir posições de esquerda.



Publicado por Tovi às 19:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Abril de 2011
SCUT - Se não pagam todos, não paga ninguém!...

Estive presente nesta manifestação do MOVIMENTO PARTIDO DO NORTE nas instalações do Governo Civil do Porto e gostei principalmente da adesão espontânea de todos os automobilistas que passavam e que não só buzinavam como nos acenavam com agrado por esta nossa tomada de posição pública.
Viva o Norte!... Viva a Regionalização!...

{#emotions_dlg.meeting} [JN] - O Movimento Pró Partido do Norte fez, esta sexta-feira, uma "ocupação simbólica" do Governo Civil do Porto, entregando uma carta aberta à governadora onde exige que as portagens nas ex-SCUT sejam pagas por todos ou então "não paga ninguém".


«Zé Zen» in Facebook >> Acho muito bem. Devem ser pagas por TODOS os que là passam.



Publicado por Tovi às 19:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

INFARMED vem para o Porto

Partido da Terra da Galiz...

A lutar pela legalização ...

O MPN visto por gente do ...

O MPN visto por gente do ...

O dia seguinte... no PDA ...

Hino de campanha do PDA /...

PDA em Serralves

PDA nas praias de Gaia

PDA na Feira do Livro do ...

Partido Democrático do At...

Atitude inaceitável e ant...

MPN presente nas próximas...

MPN nas Legislativas'11

SCUT - Se não pagam todos...

Protesto da Geração "Á Ra...

O Porto de Leixões é noss...

120º Aniversário do 31 de...

O Norte e a Comunicação S...

Inauguração da sede do Pa...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus