"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 3 de Junho de 2015
Conferência JN "Por Portugal"

Grande Conferência JN Por Portugal 2Jun2015 d.jpg

O que se disse ontem na conferência “Por Portugal”, na Casa da Música, que marcou os 127 anos do Jornal de Notícias:

Adriano Moreira (Jurisconsulto e professor emérito do ISCSP) – “As reformas não foram feitas. O país atingiu uma fadiga tributária que não é aceitável”.

António Vitorino (Ex-comissário europeu, advogado) – “Quem sai primeiro? A Grécia da Zona Euro? Ou Jorge Jesus do Benfica?”

Vítor Bento (Economista, conselheiro de Estado) – “A única coisa que pode salvar a Grécia é um acordo de 25ª hora.”

Paulo Rangel (Eurodeputado, advogado) – “Há-de chegar um dia em que não vai haver Portugal nem vai haver portugueses. Parece dramático mas é real.”

Rui Moreira (Presidente da Câmara do Porto) – “O ideal é deixar de ter fundos de coesão, para isso o bilhar não pode continuar inclinado para o mesmo buraco.”

Ramalho Eanes (Ex-Presidente da República, conselheiro de Estado) – “Não basta ganhar para governar (...) a legitimidade só se mantem se, no exercício de funções, mostrarem competência e eficácia”.

 

O que por lá se ouviu sobre “Regionalização”:

Miguel Cadilhe retomou a bandeira da regionalização “sob estritas condições de controlo financeiro central” considerando Portugal como “um dos mais centralistas” da Europa.

Rui Moreira acusou PS e PSD de mentirem quando dizem que querem esta reforma. O actual Presidente da Câmara do Porto não tem dúvida de que “a regionalização é cada vez mais urgente” (…) defendeu que não podemos ficar reféns de “uma visão romântica e futurista”, mas ir lutando pela descentralização, nomeadamente dos fundos europeus (…) o autarca independente constatou que “o eleitorado desgastado pela crise olha muitas vezes a regionalização como mais tachos”, pelo que avançar já com esta reforma seria também sinónimo de fracasso.

Rui Rio disse não fazer sentido alegar receios de que a dívida cresça com a regionalização, porque esta cabe hoje quase na totalidade à Administração Central.



Publicado por Tovi às 09:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 2 de Junho de 2015
127º Aniversário do Jornal de Notícias

Grande Conferência JN Por Portugal 2Jun2015 aa.jp

No dia de hoje o Jornal de Notícias completa 127 anos e de forma a celebrar este acontecimento realiza-se a Grande Conferência JN na Casa da Música. “Por Portugal” é o conceito agregador da Grande Conferência do JN, procurando potenciar o crescente interesse por assuntos da Europa e a entrada de um novo quadro comunitário de apoio. A conferência oferecerá perspetivas inovadoras com o objetivo de refletirmos em quatro áreas-chave: Portugal no contexto Europeu e Atlântico; Portugal e os valores europeus: perspetiva e estratégia; O Portugal que temos e o País que precisamos com enfoque para os 40 anos de democracia; A região que temos, e a que precisamos. Em vésperas de mais um ciclo eleitoral, a democracia portuguesa vive um dos mais deprimidos períodos da sua história de quatro décadas. Questionam-se princípios constitucionais, o papel e a dimensão do Estado, o sistema político e eleitoral, e as soluções para problemas estruturais que comprometem o futuro das próximas gerações. À crise portuguesa juntam-se os embaraços inerentes à nossa inserção numa União Europeia tolhida pelas dificuldades em equilibrar os custos e as vantagens da globalização, da compatibilização entre o aprofundamento e o alargamento da União, no novo contexto gerado pela introdução da moeda única, pela integração dos Estados-membros da Europa Central e Oriental, e pela crise das dívidas soberanas. Eis o pano de fundo desta Grande Conferência de aniversário do Jornal de Notícias, que convoca à reflexão dos portugueses sobre os seus próprios destinos, com o prestimoso contributo de algumas das principais figuras nacionais. As comemorações terminam com um concerto de Pedro Burmester e o Quarteto de Cordas de Matosinhos, que tocará a solo obras de Frédéric Chopin e Johann Sebastian Bach. Com o Quarteto de Cordas de Matosinhos, tocará a obra de Antonín Dvorák - Quinteto com piano em lá maior, op. 81. Este concerto terá lugar na sala Suggia, pelas 22 horas.

  Oradores deste Programa:

Daniel Proença de Carvalho, Presidente do Conselho de Administração da Global Media Group; Adriano Moreira, Académico, jurisconsulto, Professor Emérito do ISCSP; Luís Valença Pinto, Tenente-general, engenheiro; António Vitorino, Advogado, ex-comissário europeu; Vítor Bento, Economista, presidente do CA da SIBS, Conselheiro de Estado; Paulo Rangel, Advogado, eurodeputado; José Ribeiro e Castro, deputado; Francisco Seixas da Costa, Diplomata, ex-secretário de Estado dos Assuntos Europeus; Miguel Cadilhe, Economista, ex-ministro das Finanças; Rui Rio, Economista; Luís Amado, Presidente do CA do BANIF, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros; Emídio Gomes, Presidente da Comissão de Coordenação da Região Norte; Carlos Negreira, Alcaide da Corunha, presidente do Eixo Atlântico; Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto; António Ramalho Eanes, General, presidente da República, conselheiro de Estado.



Publicado por Tovi às 08:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 5 de Janeiro de 2013
Estamos fartos deste Governo

(Na foto o XIX Governo Constitucional Português: Passos Coelho, Paulo Porta, Vitor Gaspar, José Pedro Aguiar-Branco, Miguel Macedo, Paula Teixeira da Cruz, Miguel Relvas, Álvaro Santos Pereira, Assunção Cristas, Paulo Macedo, Nuno Crato e Pedro Mota Soares)

{#emotions_dlg.blink} Aqui fica, para memória futura, o que alguns da área política deste Governo PSD/CDS disseram nos últimos dias:
{#emotions_dlg.star} Plataforma para o Crescimento Sustentável em 27Dez2012 >> Uma comitiva do PSD intitulada Plataforma para o Crescimento e Sustentabilidade esteve hoje com o Presidente da República, durante mais de uma hora, para discutir a crise. “Uma crise como esta não se resolve sem um impulso reformista”, afirmou Moreira da Silva à TSF, sublinhando que a solução passa pelo crescimento económico e pelo aprofundamento da democracia. Na comitiva da Plataforma para o Crescimento e Sustentabilidade, estavam também Francisco Pinto Balsemão, a maestrina Joana Carneiro e o antigo eurodeputado do PSD Carlos Costa Neves.
{#emotions_dlg.star} Paulo Rangel em 28Dez2012 >> Numa entrevista ao Porto Canal que será emitida esta noite, o eurodeputado Paulo Rangel critica a actuação do Governo no caso do financiamento da Casa da Música, da privatização da ANA- aeroportos de Portugal e da RTP. “A questão da Casa da Música ou da RTP mereciam que nós fossemos à Avenida dos Aliados manifestarmo-nos. Mereciam que nós fizéssemos aqui [no Porto] o nosso próprio 15 de Setembro no sentido regional. Acho que devíamos fazer esse apelo”, afirmou.
{#emotions_dlg.star} Cavaco Silva em 1Jan2013 >> Na mensagem de Ano Novo, transmitida esta terça-feira, Cavaco Silva reconheceu que a receita de austeridade do Governo falhou. E lançou um forte alerta para que todos os esforços se concentrem no crescimento da economia. Cavaco Silva admite que a receita do Governo, ao somar austeridade à austeridade, não obtém os resultados pretendidos: “É um círculo vicioso que temos de interromper”.
{#emotions_dlg.star} Mota Amaral em 4Jan2013 >> O deputado do PSD, Mota Amaral, alertou esta sexta-feira para o "alastramento de uma verdadeira catástrofe" em Portugal, face à "crescente indignação" dos cidadãos, que "não vêm nem finalidade, nem fim para os cortes de benefícios".


Publicado por Tovi às 07:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 27 de Março de 2010
Derrota de Paulo Rangel

Pois é!... Lá vai Paulo Rangel voltar para Bruxelas com o rabinho entre as pernas.

 [jn.sapo.pt] - Rangel volta para Bruxelas sem dissidências - A noite não chegou sequer a ser emotiva porque os números que chegavam à sala reservada à equipa de apoio da candidatura de Paulo Rangel não eram favoráveis.


«Joaquim Leal» in Facebook >> Pois, segue igual percurso ao das outras duas senhoras do pêiesse, Elisa e Ana. Vão de marcha-à-ré. ;)

«David Ribeiro» in Facebook >> Mas para quem fez tanto barulho na altura das Autárquicas'09, o "Maizena" ficou muito mal na fotografia.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Deixa, teve o mesmo destino o que diga-se, não é nada negro.



Publicado por Tovi às 08:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 13 de Março de 2010
XXXII Congresso do PSD #8

O que se ouviu durante a tarde de hoje no congresso do PSD em Mafra:

 Castanheira Barros - A crise é uma ficção.

 Paulo Rangel - José Sócrates é o rosto dos bloqueios da vida portuguesa (...) Portugal precisa de uma desocratização.

 Aguiar-Branco - Devolver o partido aos portugueses.

 Passos Coelho - Vivo do meu trabalho com honestidade.


«Joaquim Leal» in Facebook ► O Passos Coelho "enterrou-se" lolol

«David Ribeiro» in Facebook ► Não deve ter muitas hipóteses nas directas, mas Aguiar-Branco é efectivamente a melhor coisinha que se apresenta como candidato à liderança do PSD.

«Pingus Vinicus» in Facebook ► O Rangel é de uma demagogia que aflige.

«Abílio Bragança Neto» in Facebook ► Bom resumo. Também fico com a sensação que o Passos... foi-se e que o Rangel vai-se... da seriedade! O Branco vai ver tudo negro.



Publicado por Tovi às 19:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 8 de Março de 2010
O Congresso do PSD

Dizia o meu amigo Joaquim Leal, no seu mural do Facebook, sobre o próximo Congresso do PSD:

 O CONGRESSO DO PSD

É já no próximo fim-de-semana que irá decorrer o congresso do partido onde eu, vai para cima de 20 anos, militei. Três candidatos se perfilam mas muito mal continuará o PSD se os seus militantes tiverem a ilusão de que qualquer um deles será capaz de bater o "Sótrastes" e o seu "bando" num próximo combate eleitoral. Com todo o respeito que tenha pelas personalidades mas estas três candidaturas fazem-me lembrar os torneios triangulares de matraquilhos de bairro. Os chavões que cada um apregoa não pegam - Mudar, Unir e Romper, fósga-te!... vai lá vai!... lol  Espero bem que neste congresso que se espera bastante animado exista um sobressalto ou até mesmo um motim se necessário for e que promova alguém credível aos olhos dos eleitores e que neste momento só me ocorre a pessoa do Prof. Marcelo Rebelo de Sousa porque senão o partido ficará cada vez mais arredado das escolhas populares. Ainda para mais quando a minha memória não recorda há quanto tempo não coloco a cruz ao lado do símbolo das três "setinhas" e confesso que já tenho saudades. Vamos lá a ver se é desta que me fazem a vontade. lol


«David Ribeiro» in Facebook ► Eu, que até nem sou do PPD/PSD nem nunca fui, também considero o José Pedro Aguiar-Branco como a melhor escolha... mas não me parece que tenha qualquer hipótese.

«Joaquim Leal» in Facebook ► Para além de não seres "laranjinha" és acima de tudo insuspeito na matéria. Daí o teu válido contributo. ;)

«David Ribeiro» in Facebook ► Ainda hoje estive em casa de um familiar que está próximo do PPD/PSD e com ele estavam alguns amigos todos com "responsabilidades" no aparelho da concelhia social democrata cá do Porto... e estavam todos muito amedrontados com a mais que real possibilidade de Passos Coelho ganhar as directas. Se o Marcelo Rebelo de Sousa não der um ar da sua graça e não entrar na corrida eleitoral, vai ser o fim do Mundo para os barões do PSD.

«Joaquim Leal» in Facebook ► Claro e nessa ideia estou como o Alberto João, aquele que é agora o melhor amigo do Sócrates. lol O congresso vai ser animado, acredita! muito melhor que o do tempo do teu "vizinho" da outra margem, o chorão...ehehe Já tenho o sofá preparado bem em frente à televisão. É só chegar sexta e já 'tou sentado! lolol
«David Ribeiro» in Facebook ► Se não aparecer nenhum "D. Sebastião" no congresso, não estou a ver como é que as coisas podem mudar nas directas.

«Joaquim Leal» in Facebook ► Sim, se forem para as directas com os anunciados, vai ser tramado. O PPC ganha à vontade e depois voltam às tesouradas do costume para manter a boa tradicção laranja. lol

«David Ribeiro» in Facebook ► E depois admiram-se que o Sócrates, mesmo com todas as desventuras a que tem sido sujeito, mantenha um nível de popularidade que lhe dava de novo uma vitória em eventual nova eleição legislativa.

«Joaquim Leal» in Facebook ► Dá que pensar, aquilo não é um 1º ministro, é um CRISTO! lol

«Lígia Laguinha» in Facebook ► O PPC é tão um só um produto da televisão tal qual o Sócrates. A politica revela a desgraça e futilidade do Mundo onde vivemos: o bonito e jovial é que anda em todas nem que por dentro seja oco como uma bola de ping pong. Na campanha da MFL só falaram na idade da senhora como se a idade tivesse algo a ver com as nossas ideias e ideais. Eu não sei se terei pachorra para acompanhar o congresso. O mais sóbrio, Aguiar Branco, não tem hipóteses e o Rangel é o "patinho feio". A política já não é uma ciência, é um espectáculo e isso é que vai afundar esta "partidocrasia" em que vivemos. Quase dá vontade de gritar "volta monarquia estás perdoada", contudo, friso que não sou monárquica. Enfim, esperemos para ver como a barraca vai abanar :)

«David Ribeiro» in Facebook ► Minha querida Lígia (a minha idade já me dá o direito de tratar todas as mulheres por "querida")... Gostei muito do seu último comentário. Realmente a política está transformada num espectáculo... mas eu, confesso, gosto da política.

«Ligia Laguinha» in Facebook ► Obrigado David. Pessoalmente, também gosto da política, no entanto, da política ciência e não da política espectáculo. Tenha um bom dia.




Domingo, 7 de Março de 2010
Paulo Rangel

Pois é!... Não basta prometer, é necessário ser capaz de fazer.

 [jn.sapo.pt] - "Sou o único com propostas para o país" - Promete libertar Portugal do endividamento, fortalecer as regiões e reduzir a distância entre pobres e ricos. Antes disso, Paulo Rangel, 42 anos, tem de convencer os militantes do PSD que é capaz de o fazer.



Publicado por Tovi às 14:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 13 de Fevereiro de 2010
As ilações moralistas do "Maizena"

Pois é!... Dizia Paulo Rangel que Elisa Ferreira protagonizava uma dupla candidatura (ao Parlamento Europeu e à Câmara do Porto)… E o “Maizena” o que é que acabou por fazer?...

 [ionline.pt] - A eurodeputada socialista Elisa Ferreira acusou hoje Paulo Rangel de utilizar "o voto dos eleitores para fazer do Parlamento Europeu um trampolim para ascender na sua própria carreira política em Portugal", considerando que este "tem a cabeça na carreira pessoal".


«Joaquim Leal» in Facebook ► Ai que mauzinho, comparar o incomparável. A Dona Elisa tal como a sua "partenaire" Ana Gomes assumiram um dupla candidatura claramente expressa para dois actos eleitorais distintos. O "Maizena" apenas se apresenta agora a sufrágio interno de um partido, nada se sabendo se vai renuúnciar ao mandato no PE. Recordo que Ribeiro e Castro foi líder do PP e não prescnídiu do mandato europeu. Portanto, ao que se saiba, o Pinócrates ainda não foi apeado e como tal desconheço qualquer eleição agendada. Chega ou estás satisfeito?... Cumprimentos, abraços e beijinhos.



Publicado por Tovi às 17:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



29
30
31


Posts recentes

Conferência JN "Por Portu...

127º Aniversário do Jorna...

Estamos fartos deste Gove...

Derrota de Paulo Rangel

XXXII Congresso do PSD #8

O Congresso do PSD

Paulo Rangel

As ilações moralistas do ...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus