"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2017
Hispania Romana

25594391_1535602679864409_6457949142539222768_n.jp

Sábia era a divisão do território da península hispânica de Caius Aurelius Valerius Diocles Diocletianus, um imperador romano cujos dados de nascimento são incertos, mas que pode ter nascido em Salona no dia 22 de Dezembro de 243, 244 ou 245 e que governou de c. 284 a 305. Filho de pai escriba e ex-escravo, foi comandante da escolta imperial (domésticos regens) antes de ascender ao poder, o que ocorreu após a morte do imperador Caro e seu filho Numeriano numa incursão em território persa, tendo sido proclamado pelo exército romano. Existe uma insuficiência de fontes ou informações a respeito da vida anterior a sua ascensão que é característica daquela época. Seu reinando, entretanto, é bem documentado, tanto pelos éditos e leis como por edifícios construídos.



Publicado por Tovi às 10:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 7 de Maio de 2016
Túnel do Marão

tunel-do-marao.jpg

É hoje inaugurado o Túnel do Marão, o maior túnel rodoviário da Península Ibérica, com 5,7 quilómetros de comprimento (mais precisamente 5.665 metros), parte integrante da nova auto-estrada que vai de Amarante a Vila Real e que se apresenta como alternativa ao IP4, palco de muitos e graves acidentes. Esta obra foi iniciada em 2008, pelo Governo socialista de José Sócrates, como uma parceria público privada, mas a obra acabou por arrancar apenas um ano depois. Em 2011, já após a tomada de posse de Passos Coelho como chefe do Governo, os trabalhos na auto-estrada pararam em toda a extensão. Dois anos depois, contudo, o Executivo PSD/CDS resgatou a obra, tendo a Infraestruturas de Portugal concluído os trabalhos que tiveram um investimento global de 270 milhões de euros (segundo informação da própria) dos quais 89 milhões de euros de financiamento comunitário. Cerca de 17 milhões de euros terão sido reservados apenas para os equipamentos de segurança.



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014
Península Ibérica 2013

Valores apresentados no trabalho conjunto dos Institutos Nacionais de Estatística de Portugal e Espanha - 10.ª edição de “A Península Ibérica em Números / La Península Ibérica en Cifras – 2013”:

{#emotions_dlg.star} No final de 2012, a Península Ibérica tinha cerca de 57,2 milhões de habitantes, o que representa uma redução superior a 185.000 habitantes relativamente aos resultados dos Censos da População, realizados em Portugal e em Espanha no ano anterior.

{#emotions_dlg.star} A taxa de crescimento da população em Espanha (12,9%) foi claramente superior à registada em Portugal (1,9%), entre 2001 e 2011. Já quanto à taxa de mortalidade infantil, os dois países registaram em 2012 valores muito próximos: 3,4‰ em Portugal e 3,5‰ em Espanha.

{#emotions_dlg.star} No período 2003-2012, o saldo da balança comercial entre os dois países é claramente favorável a Espanha.

{#emotions_dlg.star} No contexto da UE-27, Portugal registou, em 2012, a 4.ª maior percentagem de população empregada no setor “Agricultura, silvicultura e pescas”: 10,5%. A Espanha situou-se na 13.ª posição, com 4,4%.

{#emotions_dlg.star} Em 2012, o Alentejo era a região ibérica (NUTS II) com maior percentagem de população idosa (65 e mais anos): 24,2%. No extremo oposto estava a Ciudad Autónoma de Melilla, com 9,9%. As regiões do sul de Espanha e as não continentais de ambos os países foram as que registaram as menores percentagens de população idosa.


«David Ribeiro no Facebook >> {#emotions_dlg.meeting} (10.ª edição de “A Península Ibérica em Números / La Península Ibérica en Cifras – 2013”)



Publicado por Tovi às 09:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 10 de Fevereiro de 2014
A Região Norte continua pobre

A Região Norte continua pobre, a região mais pobre da Península Ibérica. Vejamos os últimos números divulgados pelo INE para o “PIB per capita”:
{#emotions_dlg.star}
Região Norte – 13.000 euros (o mais baixo da Península Ibérica)

Extremadura – 15.900 euros (o mais baixo de Espanha)

Lisboa – 22.700 euros (o mais alto de Portugal)

País Basco – 30.200 euros (o mais alto da Península Ibérica)

{#emotions_dlg.star}
Valor global para Portugal – 15.600 euros

Valor global para Espanha – 22.300 euros


«José Luís Moreira» no Facebook >> E o miserável Passos Coelho segue com 'Cortes'!...

«Fernando Kosta» no Facebook >> A chulice centralista e colonialista. Lisboa continua a desviar verbas destinadas ao desenvolvimento do Norte e investe-as na capital, nas empresas dos amigos dos partidos políticos de lisboa.   Pela primeira vez, desde o 25 de Abril, a Balança de Transacções Correntes é positiva, ou seja, as exportações PRODUZIDIDAS por empresas nortenhas, estão a gerar maior riqueza, todavia, a capital colonial continua a sugar-nos as receitas... A regionalização já começa a ser pouco. Precisamos e lisboa? NÃO!!!! o CONDADO PORTUCALENSE pode auto determinar-se e gerir o seu próprio caminho!

«Joaquim Leal» no Facebook >> A Espanha então parece o deserto do Saara... :P



Publicado por Tovi às 09:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26
27
28
29

30


Posts recentes

Hispania Romana

Túnel do Marão

Península Ibérica 2013

A Região Norte continua p...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus