"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Terça-feira, 4 de Janeiro de 2022
Debates televisivos para as Legislativas2022

Rio vs Costa.jpg

António Costa disse que uma solução estável "só é possível com uma maioria do PS". Rui Rio garantiu que "é impossível haver uma coligação com o Chega".

Já tenho dois motivos para votar PSD… e, politicamente falando, nem morro de amores por Rui Rio.
 

Nuno Matos Pereira - Mas o David vota num representante que defenda o seu distrito ou vota num primeiro ministro para o governo?
João Simões - Não sabia que o David agora votava diretamente no PM. Nem sabia que tinha gostado da governação de Rio, no Porto.
David Ribeiro - Eu voto para um Parlamento donde sairá um Governo. Obviamente que me terei de identificar politicamente com quem integra as listas em que votarei.
 
 
  Debate André Ventura x Rui Rio - 03jan2022
Ventura x Rio 3jan2022.jpg
Ventura continua a garantir que só apoia o PSD se entrar no Governo. Rio não acredita nas ameaças e diz que Chega tem de escolher se viabiliza um Governo de direita ou se faz o frete aos socialistas.

Questionado se prefere entregar o poder ao PS a fazer um entendimento com o Chega, Rio contrapôs com um desafio a André Ventura. "Se o PSD apresentar um programa de Governo na Assembleia da República - não é votado, mas podem meter uma moção de censura - aí naturalmente o dr. André Ventura tem de decidir se quer chumbar o Governo do PSD e abrir portas à esquerda", afirmou. Confrontado com esta questão, o líder do Chega reiterou as suas condições para essa viabilização: "O Chega só aceita um Governo de direita em que possa fazer transformações e isso implica presença no Governo", disse.

 

  Pois é!... Mas eu não quero uma "Geringonça 2.0"
Eu não quero uma Geringonça 2.0 .jpg

 

  Debate António Costa x Jerónimo de Sousa - 04jan2022
Costa vs Jerónimo 04jan2022.jpg

 

  Debate Cotrim Figueiredo x Rodrigues dos Santos - 05jan2022
IL vs CDS 5jan2022.jpg
Com o debate de hoje entre IL e CDS fiquei a perceber porque é que a Iniciativa Liberal cresce e o CDS minga... eu já desconfiava mas hoje tive a confirmação que Cotrim Figueiredo sabe ser um líder partidário, ao contrário do Xicão que até me faz lembrar o André Ventura na forma como debate política.
  David Ribeiro - O que mais me irritou neste debate foram as graçolas de mau gosto que o Xicão usou para tentar fazer valer os seus parcos argumentos. Nisto até conseguiu superar o André Ventura. E é nestas pequenas (grandes) coisas que se faz a opinião.

 

  Debate Rui Rio x Catarina Martins - 05jan2022
PSD x BE 05jan2022.jpg
Para mim uma coisa ficou clara neste debate: Rui Rio é um social democrata e Catarina Martins está muito longe de o ser.

David Ribeiro - Mas uma coisa também é certa... Rui Rio continua a ser o "casmurro" que sempre foi e já era tempo de ouvir os seus conselheiros (se é que os tem) e saber falar para audiências. Continua um mau comunicador.
Paulo Jorge Teixeira - David Ribeiro e insiste no erro. Quem prepara o homem para os debates deve vir de uma agência de publicidade do Burkina Faso pedindo desculpa desde já ao país pela comparação.



Publicado por Tovi às 09:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 18 de Dezembro de 2021
Sondagens de hoje... para as Legislativas2022

Foram hoje conhecidas duas sondagens para as Legislativas2022, uma da Aximage (para o JN , DN e TSF) e uma outra da Pitagórica (para TVI e CNN Portugal).
Sondagem 18dez2021.jpg
Pitagórica 18dez2021.jpg

No gráfico seguinte poderão ver todas as sondagens conhecidas nos dois últimos meses, comparando-as com os resultados das eleições Legislativas2019, bem como a média truncada  (eliminando os valores mais altos e mais baixos de cada uma delas) das sondagens deste período.
Sondagens dos últimos dois meses 18dez2021.jpg



Publicado por Tovi às 17:12
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021
Eduardo Cabrita demitiu-se

Captura de ecrã 2021-12-04 091445.jpg

Neste trágico acontecimento há a culpa criminal e a culpa moral. E politicamente interessa-me muito mais a culpa moral que a criminal. O funeral político de Cabrita está feito. Haverá quem vá ao velório... eu não.

 

  A mais infeliz afirmação de Eduardo Cabrita
262790852_10221349856395651_1234022335005843325_n.

 

  Editorial do JN – 04dez2021 às 08h35
Eduardo Cabrita quis ser uma vítima até ao fim. Uma vítima do aproveitamento político, uma vítima das circunstâncias, uma vítima do azar. Na hora de bater com a porta da Administração Interna, não teve, porém, a coragem e a decência de admitir que foi, única e exclusivamente, uma vítima da sua própria sobranceria, impunidade e irresponsabilidade políticas. (Notícia completa aqui)




Sexta-feira, 12 de Novembro de 2021
Entrevista de Rui Rio à RTP3

É público que politicamente não morro de amores por Rui Rio... mas tenho que dizer que gostei de praticamente todas as posições políticas do atual líder do PSD dadas a conhecer na quarta-feira à noite na entrevista conduzida por Vítor Gonçalves na RTP3, principalmente no que se refere a tudo o que disse sobre as suas posições pós eleições, quer as ganhe quer as perca. E afastou-se em definitivo do Chega. 

Captura de ecrã 2021-11-11 081441.jpg
    RTP3 - Grande Entrevista




Segunda-feira, 1 de Novembro de 2021
As Bases Sociais dos Partidos Portugueses

discurso-da-campanha-eleitoral_11460-5503.jpg

Ainda só dei uma vista de olhos, mas segundo dizem um interessante estudo do Instituto Português de Relações Internacionais de 2020, intitulado "As Bases Sociais dos Partidos Portugueses", chega à conclusão que os pequenos empresários e comerciantes têm sido cada vez menos abstencionistas e denotam mesmo uma predisposição para votar à Direita, ao mesmo tempo que historicamente, tanto o PSD como o CDS têm pouca atratividade para os trabalhadores dos serviços e operários, que representam mais de metade do eleitorado. E também nos diz que os pequenos empresários e comerciantes foram os mais afetados pela pandemia, não sendo, no entanto, certo se poderão eles votar no lado direito do espectro político. Ou seja, a campanha eleitoral vai ser interessante… queiram as estruturas partidárias informar seriamente os eleitores.



Publicado por Tovi às 11:12
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 28 de Outubro de 2021
As eleições antecipadas começaram hoje

8dc9f2f837783e3ec0960efd900dacc888f92ecd.jpg
Ainda o corpo quente da ‘geringonça’ jazia na sala do plenário e já Costa estava a avisar que queria ir pescar para o PS os votos da esquerda “frustrada” com este fim “inesperado”. Nas eleições, o PS vai dar o tudo por tudo na caça ao voto útil para conseguir uma maioria “reforçada, estável e duradoura”. As eleições antecipadas começaram hoje. (in Expresso)

 

A caminho de eleições
  
Paulo Rangel quer PSD sozinho nas legislativas, mas promete diálogo com CDS e IL.
  Salário mínimo pode subir na mesma em 2022, anuncia Tiago Antunes, secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro.
  Duarte Cordeiro já ensaia discurso do PS em campanha: “Não existem soluções de governabilidade à direita sem extrema-direita”.
  Do Bloco, um recado a Santos Silva: "Onde esteve em 2019?".

 

  Estamos numa crise, não há dúvida. À direita há regozijo pela queda da Geringonça e à esquerda parece ninguém querer assumir a culpa. Mas a culpa é de todos, até porque os deputados são os representantes do Povo no Parlamento e tudo o que eles decidirem, goste-se ou não, é o Povo a decidir. Além disso todos teremos que fazer o 'mea culpa' por se ter chegado a esta situação. Ninguém está inocente neste caso, nem eu, que sou ambidestro.
   Antero Braga - PR e partidos ficam como figurantes de uma realidade que construíram e prejudicaram o povo português. Não basta parecer é preciso ser bom português.

 

  Presidente da República ouve Parceiros Sociais, Partidos Políticos e Conselho de Estado (28 de outubro de 2021)

O Presidente da República mantém a sua agenda prevista para os próximos dias, em tudo o que não colida com estas audições.

Sexta-feira, 29 de outubro
14h00 - Recebe conjuntamente as Confederações patronais: CAP, CCP, CIP e CTP

17h30 - Recebe a CGTP-IN
18h30 - Recebe a UGT
19h30 - Recebe o Presidente do Conselho Económico e Social (CES)

Sábado, 30 de outubro
Audiências aos Partidos Políticos representados na Assembleia da República, nos termos do art.º 133, e) da Constituição:
14h00 - Iniciativa Liberal (IL)

14h30 - Chega (CH)
15h00 - Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV)
15h30 - Pessoas-Animais-Natureza (PAN)
16h30 - CDS - Partido Popular (CDS-PP)
17h45 - Partido Comunista Português (PCP)
18h30 - Bloco de Esquerda (B.E.)
19h30 - Partido Social Democrata (PPD/PSD)
20h30 - Partido Socialista (PS)

Quarta-feira, 3 de novembro
14h00 - Preside, no Palácio da Cidadela, à reunião do Conselho de Estado com a Presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde (marcado há bastante tempo, sobre as perspetivas económicas e financeiras na Europa, em particular na Zona Euro, e seus reflexos em Portugal)
17h00 - Preside, no Palácio da Cidadela, à reunião do Conselho de Estado, nos termos dos artigos 133.º e) e 145.º a) da Constituição




Quarta-feira, 27 de Outubro de 2021
Votação do Orçamento do Estado no Parlamento

OE2022.jpg

No debate de ontem António Costa assumiu: Se 'geringonça' morrer "será uma enorme frustração pessoal". PCP, Verdes e BE colocaram em Costa a responsabilidade de fazer aprovar OE. O Primeiro-ministro colocou em cima da mesa a possibilidade de governar em duodécimos. "Veremos o que decide o PR fazer ou não fazer", afirmou.
Segundo o Expresso no dia de ontem Marcelo pediu a Ferro Rodrigues para acompanhar a situação de crise iminente, Ferro chamou os partidos para os ouvir sobre o que se segue, se o Orçamento chumbar esta quarta-feira. Mas a posição que ouviu da esquerda contradiz a tese do Presidente da República: BE, PCP, PEV e PAN entendem que o PR não deve dissolver logo o Parlamento e, antes, dar oportunidade a Costa para que negoceie um novo Orçamento. Marcelo levará a sua adiante, ou seguirá a maioria dissolvente?
Dia D no Parlamento: hoje ao início da tarde é dia de votação do Orçamento - e o risco iminente é de chumbo do documento e de queda do Governo. O DN diz esta manhã que o documento pode passar sem votação. Pode? Sim, as regras permitem-no. Mas uma fonte do Governo ouvida pelo Expresso diz que o Governo não quer. A palavra de ordem, para já, é clarificação. Será?

 

  Capa do El País de hoje
Captura de ecrã 2021-10-27 102415.jpg

 

  Na TSF, hoje de manhã, José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS, apelou a Rui Rio para viabilizar o Orçamento e, assim, mostrar que “António Costa não tinha razão quando disse que não contava com o PSD”. Hilariante!..

 

  Continuação do debate na generalidade do OE2022

João Leão, ministro de Estado e das Finanças, abriu o segundo dia de trabalhos e afirmou: "Há seis anos o país era bem diferente"; Orçamento de 2022 é "fundamental para a recuperação"; "Não é tempo de arriscar tudo e deitar tudo a perder".
Pelo PSD, Duarte Pacheco fala em "manta de retalhos" e questiona Leão sob impacto das cedências à esquerda.
O deputado socialista Filipe Neto Brandão insiste que o OE2022 é o "Orçamento mais à esquerda" que o atual Governo aprovou nos últimos seis anos.
"Acolher propostas é diferente de decidir que medidas devem ser aceites e integrar essas ideias como suas", começa por dizer Mortágua, a deputada do BE, que segue para um bloco de perguntas a que diz que o Governo não respondeu.
O deputado do 
PAN, Nelson Silva, questiona se Governo vai rever crescimento do PIB.
João Almeida, do CDS, 
diz que Costa quer eleições.
João Leão diz que "o último orçamento que o Bloco aprovou" era pior.
O deputado Jorge Paulo Oliveira, do PSD, contesta tese do Governo de convergência com a UE.
Alma Rivera, do PCP, acusa OE de "adiar vida dos jovens".
André Ventura dirige-se a uma deputada do PS que antes tinha falado. E recua aos orçamentos de Sócrates que começaram a cortar e congelar salários: “Hipocrisia e grande falta de memória histórica”.
O deputado liberal João Cotrim de Figueiredo acusa o Governo de só ser "bom em propaganda".
Bebiana Cunha, do PAN, diz que o apoio aos animais de companhia é também “apoio social” e pede mais.
João Leão diz que tudo melhorou com o Governo PS, tudo piorou com Governo da direita.
BE e a importância de acordos escritos. “Em 2019, tudo mudou” na relação com o Governo, garante Pedro Filipe Soares.
"Falsidades", "inverdades" e "encenação". Ana Catarina Mendes, lider parlamentar do PS, atira-se ao BE.
Depois de Ana Catarina Mendes engrossar o discurso contra o Bloco de Esquerda, acusando o partido de "inverdades", o ambiente no plenário da Assembleia da República aqueceu. Afirmou Pedro Filipe Soares: "Ouvi-a com toda a serenidade, incluindo quando me chamou mentiroso".
Deputada socialista Isabel Rodrigues: "Honramos o compromisso de combater a pobreza infantil".
Temido elogia antigos parceiros: "São factos de que nos orgulhamos e que construimos com os partidos de esquerda".
No fim do discurso, a ministra da Saúde cita José Mário Branco para dizer que Governo e esquerda ainda se irão "encontrar": "Eu vim de longe / De muito longe / O que eu andei p'ra'qui chegar / Eu vou p'ra longe / P'ra muito longe / Onde nos vamos encontrar".
Paula Santos do PCP, diz a Marta Temido que é preciso mais investimento no SNS para dar melhor serviço ao país - "não com a transferência de prestações para os privados".
Moisés Ferreira recorda os vários casos de demissões por bloqueio de vários serviços no SNS. "Demitiram-se não para fazer oposição ao Governo, mas porque têm falta de profissionais". "Este orçamento não se lembra destes profissionais", diz o deputado bloquista.

 

  Discursos de encerramento do debate do OE2022

João Cotrim de Figueiredo, líder do Iniciativa Liberal (IL), elogia fim da geringonça e diz que é preciso "desinstalar o socialismo" do país.
André Ventura, líder do Chega, quer trocar faixas de "fascismo nunca mais" por "socialismo nunca mais".
A deputada d'Os Verdes (PEV), Mariana Silva, disse: “Problemas vão-se avolumar e contas vão ficar cada vez mais incertas".
Líder do PAN, Inês Sousa Real, arrasa Bloco e PCP e é aplaudida pela bancada do PS.
Geringonça "caiu exclusivamente pelas suas mãos e não merece outra oportunidade", diz Cecília Meireles do CDS.
PCP, por João Oliveira, recusa discurso de "passa culpas" quanto a chumbo de OE.
Catarina Martins do BE: “Estas escolhas não têm nada de esquerda” e mais, "a geringonça foi morta pela obsessão pela maioria absoluta".
Rui 
Rio diz que Costa "enfraqueceu poder negocial" quando disse que Governo cairia no dia em que dependesse do PSD.
Ana Catarina Mendes do 
PS: "Ninguém compreende que se levantem ao lado do PSD, CDS, IL e do Chega a votarem contra este Orçamento".
António Costa sobe ao púlpito para o discurso deste encerramento. "Fiz tudo, tudo o que estava ao meu alcance para assegurar a viabilidade deste orçamento". "O Governo cumpriu a sua parte". Costa pede para que a esquerda deixe o Orçamento ir à especialidade e cita PAN. "Não é pedir um cheque em branco. Qual a justificação? Qual a racionalidade?". Costa ataca BE em particular e apela a que esquerda não junte os seus votos aos votos da direita. "Com quem quer estar? Com o Governo do PS ou somar-se à direita contra o Governo do PS". Costa assume que fim da geringonça é "derrota pessoal" e que geringonça em 2015 "não foi solução de recurso". Costa não quer desistir da 'geringonça' e pede "maioria reforçada, estável e duradoura" e  ataca "velha ladaínha" da direita e de Rio. 

 

  Agora está tudo na mão do Presidente da República.
Captura de ecrã 2021-10-27 182331.jpg
Votação: 117 contra (PSD, BE, PCP, CDS, PEV, IL e Chega); 108 a favor (PS); 5 abstenções (PAN e duas deputadas não inscritas).



Publicado por Tovi às 09:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021
A crise política está aberta

Captura de ecrã 2021-10-25 161804.jpg

O Bloco de Esquerda tinha anunciado no domingo que não estava disponível para viabilizar o Orçamento de Estado e esta manhã, depois das duas deputadas independentes terem anunciado as primeiras abstenções, o PAN seguiu o mesmo caminho (pelo menos na primeira votação). Mas Jerónimo de Sousa acabou por anunciar que o voto do PCP se mantém contra - "foram longas as horas de discussão, mas o Governo não nos quis acompanhar". Marcelo diz que vai esperar até ao último minuto, mas está pronto a dissolver a AR.
  
Da Mota Veiga Suzette - Cá estamos de nova numa situação instável! Prejudica muito o País! Imagine, se em Portugal não houvesse greve, o governo faz compromissos com a oposição, todos sabem que o bom funcionamento da economia, do sistema pode trazer mais investimentos, mais trabalho, mais riqueza e mais bem estar, o Pais ficava semelhante a Suíça, quem não queria?

 

  E se António Costa der um ministério ao BE, este é capaz de fazer flic-flac à retaguarda e viabilizar o Orçamento. Não acham?
  
Jorge Veiga - ...só se for o da Cultura

 

  Hummm!... Não quero ter razão antes do tempo, mas ouvi uns zum-zuns que me põem a acreditar num eventual volte-face, que ainda permita a aprovação, na generalidade, do Orçamento de Estado para 2022.
  
Jorge De Freitas Monteiro - David Ribeiro, creio, sem disso estar certo, que é o que vai acontecer
Jose Antonio M Macedo - David Ribeiro… Também pressinto o mesmo. Aguardemos.
Be Maria Eugénia - Claro que vai ser aprovado. Tudo show off !!!
David Almeida - Claro que tudo isto é 'conversa pra boi dormir' porque os meninos não vão largar mão do poleiro e sugeitar-se a votações, onde terão tudo a perder!!!

 

  E quando esta madrugada me fui deitar, já passava das duas horas, era este o ponto da situação.
Captura de ecrã 2021-10-26 092516.jpg

 

  OE2022 - O folhetim dos últimos dias
(Ilustração de Rafael Costa no DN)

Captura de ecrã 2021-10-26 105415.jpg
PS desgastado e em perda;
PSD a crescer e em transição;
Bloco - O fantasma de 2011;
CDU - Jogada de vida ou de morte;
CDS-PP - O risco de desaparecer;
PAN - Um teste à nova liderança;
Chega ansioso por eleições;
Iniciativa Liberal - Objetivo é crescer.



Publicado por Tovi às 16:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021
Instalação dos Órgãos do Município do Porto

Tomada de posse dos Orgãos do Municipio do Porto
Porto_tomada_de_posse_20out2021.jpg
Teve lugar ontem ao fim da tarde a Sessão Solene de Instalação dos Órgãos do Município do Porto.

 

  JN, 20out2021 às 20h31
Rui Moreira tomou posse esta quarta-feira, no Pavilhão Rosa Mota, para o seu terceiro e último mandato como presidente da Câmara do Porto e prometeu transferir mais competências para as juntas de freguesia.
Do agradecimento inicial à promessa de que tentará ser "positivo e agregador", Rui Moreira, elogiando os presidentes de junta e uniões de freguesia eleitos, deixou um compromisso: "Assumo perante vós que haverá um reforço das competências para estes órgãos autárquicos, acompanhado dos recursos indispensáveis, e comprometo-me a ajudar no trabalho de proximidade e de rede que tão bem sabem empreender junto dos nossos munícipes".
O presidente da Câmara do Porto reforçou ainda, no seu discurso de tomada de posse, que quer "concluir os projetos que a pandemia atrasou", tais como o Mercado do Bolhão, o Terminal Intermodal de Campanhã, a recuperação do Cinema Batalha, a extensão da Biblioteca Municipal e o projeto do antigo Matadouro. Tudo porque, esclareceu, tem a certeza de que Campanhã "tem condições únicas para ser uma alavanca de desenvolvimento para toda a cidade".
Sobre o acordo de governação com o PSD, afirmou que o entendimento permite "criar a estabilidade que o Porto merece e precisa". "Uma estabilidade, nunca é demais reforçar, que é fiel à vontade expressa pelo povo do Porto e que em muito se deve ao sentido de responsabilidade do Presidente da Concelhia do PSD/Porto, Miguel Seabra, e ao cabeça de lista do PSD, o vereador Vladimiro Feliz", esclareceu Rui Moreira.
Na reta final do discurso, que se prolongou por cerca de trinta minutos, o presidente da Câmara do Porto manifestou total disponibilidade para promover "a federação dos milhares de cidadãos que continuam a acreditar nos candidatos independentes" e apoiar "esta ideia, que tem as suas fundações na Associação Nacional dos Movimentos Autárquicos Independentes (AMAI), embora recusando "qualquer cenário de liderança".
Para Rui Moreira, "o Porto pode, uma vez mais, ser a base histórica de um movimento político mais próximo dos cidadãos".

 

 

   O que mais me tocou no discurso de Rui Moreira:

☑ “…um projeto independente, deu um sinal claro que acreditou sem hesitações, em mim, não se deixou perturbar por névoas falaciosas”.
☑ “…iremos respeitar cada compromisso assumido na campanha eleitoral, mas também saberemos, como sempre, ouvir e ponderar as posições dos vereadores da oposição”.
☑ …as “amigas do Bolhão” que corporizam o “Porto real e maravilhoso que nasce de uma sombra de trabalho…”.
☑ …no Porto, tudo está “sempre em permanente discussão pública: tudo se discute e critica”.
☑ ...a Invicta “continuará sempre a ser uma voz de independência e liberdade face aos poderes instalados e centralismo que tanto prejudicam o país”.
 
 
 
  Comentário à margem da cerimónia pública da tomada de posse do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, e dos demais órgãos autárquicos, que teve lugar ontem ao fim da tarde no Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota:
Eu e um grande amigo que estava ao meu lado numa das primeiras filas, fartamo-nos de rir ao ver uma boa meia-dúzia de “caramelos” que nunca ninguém viu em qualquer ação de campanha de Rui Moreira, mas que se pavoneavam entre as individualidades convidadas nos momentos anteriores ao início da sessão.
(A imagem refere-se ao momento e não ao facto relatado)
247181870_10220433346251586_339347066717228293_n.j
  
Paulo Barros Vale - Não entendi. O Protocolo da Câmara não fez convites? E os convites têm alguma relação com a participação dos convidados nas campanhas eleitorais?
David Ribeiro - Paulo Barros Vale... Eu também recebi convite e não me andei a pavonear pela primeira fila. A verdade é que há quem só apareça e queira ser visto após as vitórias e eu conheço-os a todos.
José Luís Kendall - Caramelos a pavonearem se…bajuladores candidatos a tachos, avenças, encomendas, croquetes e afins… é que por aí há mais. São poucos, muito poucos aqueles que vão para a rua e apoiam activamente sem esperar nenhuma contrapartida.
David Almeida - Na minha terra, mais conhecidos por 'chega-rachas', que é como quem diz... 'caramelos' à espera de uma qualquer 'migalha' que lhes possa cair no regaço!!! Basicamente, uns tristes trastes!!!
Paulo Barros Vale - Pelo que vi por aqui foi uma cerimónia digna e prestigiante da cidade. Tiveram a amabilidade de me convidar, mas compromissos profissionais impediram-me. Agora vejo que se tivesse ido, corria o risco de alguns acharem que seria mais um a pavonear-me… 😅
António Maria - Caro amigo, não me diga uma coisa dessas, são os caramelos normais, eu até era capaz de adivinhar e não estive lá 🤣🤣😃
Albertino Amaral - Amigo David Ribeiro, "caramelos a pavonearem-se", é o que mais existe nestas fases de candidaturas, e não é só nas tomadas de posse, pode crer...


Publicado por Tovi às 07:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 16 de Outubro de 2021
Os subsídios às empresas

Por acaso o Serafim Nunes até tem razão, não acham?

sn 1.jpg

  David Almeida - Toda a razão... enquanto alimentarmos a subsídio-dependência, este país não sairá da 'cepa torta'...🙄

  Altino Duarte - Sim, acho que tem razão. Não conheço o meio empresarial mas o texto faz sentido. Sem nunca me ter passado pela cabeça o envolvimento no mesmo, exactamente porque sempre considerei e considero que há muitos riscos para quem investe num negócio, até admiro quem vai para a frente num projecto que lhe parece vir a dar certo. No entanto, a verdade é que quem espera que os subsídios sejam determinantes no êxito que procura, seria melhor encontrar outras formas de o conseguir. Aliás como o autor do artigo aqui publicado exemplifica bem como proceder.

 

 

E ainda a propósito deste assunto...
  Um dos maiores especialistas mundiais em analytics e consultoria para marcas vai investir cinco milhões de dólares (mais de 4,3 milhões de euros) no Porto. O objetivo da Kantar é criar um centro regional de competências que, até ao final de 2022, deverá empregar cerca de duas centenas de pessoas. Entre os perfis pretendidos estão profissionais – mas também recém-graduados – nas áreas de finanças, recursos humanos e compras. No futuro, o grupo inglês prevê alargar o centro na Invicta ao campo das tecnologias.  

Captura de ecrã 2021-10-12 134746.jpg



Publicado por Tovi às 07:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 30 de Setembro de 2021
A Descentralização que nos querem impor

Captura de ecrã 2021-09-29 212243.jpg
Isto não é um assunto que deverá preocupar só os Portuenses… todos os Portugueses têm que se indignar.
Os encargos que a Câmara do Porto vai ter de assumir no quadro da descentralização de competências - educação, saúde, ação social, habitação, estacionamento público, e os impactos indiretos - traduzem-se num défice anual a rondar os 12 milhões de euros. E nas pequenas autarquias o que vai acontecer?... É que no Porto, fruto de “boas contas”, esta crise passará por se deixar de fazer outras coisas muito importantes para a Cidade e para os Portuenses, mas o que vai acontecer aos pequenos municípios é uma tragédia. Isto não é descentralização nem muito menos regionalização, mas sim é um caminho para adiar indefinidamente a verdadeira e necessária Regionalização. Objetivamente o que está a ser passado para as câmaras são os encargos, nem sequer é o poder para dirigirem efetivamente aquelas áreas, sem que seja passado o respetivo cheque. Há que combater esta política de pseudodescentralização, que já tem imperativo legal, mas o Terreiro do Paço ainda está a tempo de recuar nesse assunto.



Publicado por Tovi às 07:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 28 de Setembro de 2021
A todos os Portuenses... o meu muito obrigado

gco_assembleia_municipal_27_setembro_2021_5.jpg

Terminou ontem a minha atividade enquanto deputado da Assembleia Municipal do Porto. Foi uma honra representar não só quem me elegeu mas TODOS OS PORTUENSES. O meu muito obrigado.

 


Rodrigues Pereira - Nós, portuenses, é que te agradecemos, David! Um grande abraço

Rui PaivaFoi pena a perda da maioria, a meditar...😉🤔🤭 A vida continua e vamos nos vendo por aqui, certo??👍👏🙏 Abraço 🤗💙
João Moreira da Silva - Obrigado pela dedicação
João Pedro Maia - Obrigado, David. Forte abraço
Jorge Veiga - Abraço.
Laura Lages Brito - Bem haja 👏👏👏💙
Cristina Vasconcelos Porto - M
uito obrigada, David Ribeiro!
Rui Lima - Muito obrigado por tudo o que fez e pelos seus lúcidos comentários. As maiores felicidades
Vicente Ferreira da Silva - Obrigado pelo seu contributo. Grande abraço
Fernando Barros
Muito obrigado. Forte abraço.
Jose Luis Soares Moreira
Muito bem David Ribeiro, creio que o senhor fez um bom trabalho nesta forma de dialogar, informar e esclarecer. Um bem haja a homens servidores públicos como o senhor, assim Portugal será melhor. Cumprimentos.
Jose Bandeira - Caro David Ribeiro, não segui a tua actividade na Assembleia Municipal, pois sou um Tripeiro voluntariamente exilado, mas acompanhei-te por aqui e devo fazer um reconhecimento público da qualidade do serviço que prestaste neste Grupo, que se manteve fiel ao princípio do debate aberto. Cada um de nós tem a sua ideossincrasia e tudo aqui foi discutido, se dentro dos limites do respeito pelo outro. Deixaste o cargo de deputado Municipal mas continuas com a responsabilidade de manter este grupo Nortenho de raízes tripeiras que tudo aceita menos desaforo. Toca a continuar com esta tertúlia que ainda vai dar que falar! Um grande abraço!
Pedro Baganha - Muito obrigado pela entrega ao interesse público. Bem haja

Catarina Araujo - Muito obrigada caro David Ribeiro! Beijinho
Carla Afonso Leitão - Como sempre, em defesa do Porto e do Norte! O meu colega de bancada desde a primeira Sessão. Beijinhos David Ribeiro! 👏👏👏
Paulo Neves - Obrigado pelo trabalho realizado. Abraços
Miguel Soeiro de Lacerda - Obrigado pelo legado.
Ricardo Miguel Valente - Bem haja David Ribeiro! Abraço
Filipe Araujo - Excelente contributo cívico em prol da nossa cidade!
Gonçalo Moreira - Obrigado David
Antonio Agostinho Guedes - Nós é que agradecemos.

 

   Carla Afonso Leitão - Colegas de bancada e de cadeira na Assembleia Municipal do Porto! Um amigo para a vida.
242941059_4700746756626228_2220407490392888002_n.j



Publicado por Tovi às 16:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 30 de Agosto de 2021
Discussão política... entre amigos

Alfredo Fontinha 29ago2021.jpg



Publicado por Tovi às 07:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 6 de Agosto de 2021
VALONGO DOS CIDADÃOS – O Fim de um Ciclo

228074313_4401606186552167_6664416332891565914_n.j

Valongo. 5 de Agosto de 2021
Completado o processo de apresentação das candidaturas às próximas eleições autárquicas, dá-se por ora terminado o projecto VALONGO DOS CIDADÃOS.
Foi uma iniciativa assente em pressupostos que entretanto se verificou não serem igualmente percepcionados pela generalidade das pessoas que nela se envolveram e da qual resultou o nascimento de uma candidatura do Partido Nós Cidadãos à Câmara e Assembleia Municipal de Valongo.
Em plena campanha eleitoral, não é este o momento para discussão pública sobre o que aconteceu nos últimos meses. Foi nitidamente uma falsa partida de um projecto que não foi igualmente sentido por todos os seus actores. Uma vez mais constatamos que existiu uma falha comum a muitos projectos: deficiente comunicação.
A título pessoal quero agradecer a todos os que se envolveram no projecto correspondendo ao meu apelo e com toda a humildade pedir-lhes que me perdoem pelos erros de estratégia que cometi.
O projecto VALONGO DOS CIDADÃOS corresponde à minha forma de estar na vida, que sei, sobretudo agora, ser por muitos incompreendida.
Não faço ideia se o projecto será ou não relançado no futuro. Se o for sem dúvida que serão corrigidos os erros já cometidos, mas outros se seguirão certamente pois só não comete erros quem nada faz.
De qualquer forma continuaremos a ver-nos por aí.
Um forte abraço para todos, em particular para os que insistem em exigir ter um papel activo na condução dos destinos da sociedade onde vivemos e para cuja construção contribuímos.
Do cidadão
José Bandeira

 

   Meu grande amigo José Bandeira... Desde o início da vossa cruzada por Valongo que me pareceu não irem conseguir os vossos prepósitos, tal eram as formas diferentes de os intervenientes “atacarem” a coisa pública. Mantive-me num silêncio mais ou menos envergonhado à espera que tudo fosse uma forma errada minha de “ler” o que andava a ser publicado. O tempo veio dar-me razão… apesar do desfecho não ser nada bom para Valongo e para os valonguenses, ao que me parece. A “solução” encontrada – “barriga de aluguer” no Nós Cidadãos - também é complicada e, na minha modesta opinião, não conseguirá uma vitória. Espero sinceramente estar errado… e continuem TODOS a lutar pela Cidadania. Forte abraço de David Ribeiro.

  • José Bandeira - David Ribeiro, acima de tudo está o Bem Comum, que é o Bem de todos, incluindo o nosso. E é esta a realidade que, inacreditavelmente, poucos entendem.


Publicado por Tovi às 07:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 18 de Julho de 2021
Popularidade de Marcelo e Costa

Sondagem JN 18jul2021.jpg

É um verdadeiro cartão amarelo o que é mostrado, este mês, a Marcelo Rebelo de Sousa. Mas é ainda pior para António Costa, que se aproxima do vermelho. De acordo com o barómetro da Aximage para o JN, DN e TSF, a popularidade dos dois líderes cai a pique e o primeiro-ministro tem agora escassos seis pontos de saldo positivo (diferença entre avaliações positivas e negativas). Este mês, a queda do presidente foi mais acentuada, mas o facto de partir de um patamar muito elevado permite-lhe manter um generoso saldo positivo de 37 pontos.

 

Mais, sobre a sondagem publicada no JN de hoje

   Governo: 81% pedem remodelação, com Cabrita no topo da lista

  Oposição vai de mal a pior com novo recorde negativo



Publicado por Tovi às 09:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Debates televisivos para ...

Sondagens de hoje... para...

Eduardo Cabrita demitiu-s...

Entrevista de Rui Rio à R...

As Bases Sociais dos Part...

As eleições antecipadas c...

Votação do Orçamento do E...

A crise política está abe...

Instalação dos Órgãos do ...

Os subsídios às empresas

A Descentralização que no...

A todos os Portuenses... ...

Discussão política... ent...

VALONGO DOS CIDADÃOS – O ...

Popularidade de Marcelo e...

Se regarem os cravos este...

Autárquicas na Invicta - ...

E a CMP vai "pagar" as as...

António Fonseca e as próx...

Surpresa!... Alguém estav...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus