"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 17 de Junho de 2022
Onde se come bem e barato... no Porto

Captura de ecrã 2022-06-11 135115.jpg

No sábado, 11jun23022, já muito em cima da hora normal para o almoço cá em casa, tive que ir a Pereiró... e ao passar em frente do Restaurante Proa de Pereiró uma lousa com o menu chamou-me à atenção para “Bacalhau à Braga – 7 euros”. Entrei, encomendei duas doses, aguardei uns momentos, paguei e vim rápido para casa, que eu gosto da comidinha quentinha. E estava divinal... nada faltava à receita clássica desta referência da gastronomia minhota. Fiquei cliente e seguramente irei experimentar outras coisas.

  Proa de PereiróDavid Ribeiro É com grande satisfação que lemos o seu comentário! Trabalhamos diariamente com o objetivo de bem servir e, desta forma, ficamos ainda mais motivados com tal comentário. Muito obrigado



Publicado por Tovi às 08:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 7 de Junho de 2022
Uma visita às memórias e ao futuro do Cinema Batalha

 
Captura de ecrã 2022-06-06 135929.jpg
A descoberta de frescos de Júlio Pomar na obra de requalificação do antigo Cinema Batalha, onde durante décadas estiveram ocultos por debaixo de sete camadas de tinta, foi pretexto para o presidente da Câmara do Porto visitar recentemente o espaço. Conduzido pela dupla de arquitetos Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez, Rui Moreira, a equipa de vereação, os proprietários do edifício, e o diretor artístico do já quase pronto Batalha Centro de Cinema, Guilherme Blanc, vislumbraram o futuro do equipamento cultural dedicado à sétima arte. A gestão da obra é assumida pela empresa municipal GO Porto.
Margarida Neves Real, representante da família proprietária de um dos mais emblemáticos espaços da cidade, ficou maravilhada com o que via à medida que, entre andaimes, visitava as obras de recuperação do Cinema Batalha. “Está lindíssimo. Gostei muito. Emocionou-me. Trouxe-me recordações de infância, já que vinha aqui, sempre, ver as sessões do Cineclube. A minha filha veio ver o último grande êxito que passou aqui [o filme Titanic]”, revelou, acrescentando: “Nunca pensei que se conseguisse recuperar os frescos do artista Júlio Pomar. O resto sabia que estava em boas mãos, quer por parte do arquiteto quer por parte da Câmara. Estamos todos felizes por termos encontrado aqui uma nova vida”.
Já o arquiteto responsável, Alexandre Alves Costa, dizia-se reconhecido à família proprietária do edifício e, sobretudo, ao presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, que lhe permitiu recuar no tempo e trazer à memória os tempos ali passados.
Um dos rostos do Atelier 15 assume que esta foi uma recuperação muito difícil – “foi uma experiência muito dura para todos”, diz - porque “isto estava num estado de ruína completo. Estava tudo podre. A construção do edifício era muito fraca, com mistura de materiais, etc. Foi praticamente fazer um edifício novo. Do que cá estava pouco se aproveitou”.
Para além das explicações técnicas, Alexandre Alves Costa, sempre secundado pelo colega que com ele assumiu o desafio, Sérgio Fernandez, não deixou também de demonstrar alguma emoção pela recuperação do Cinema Batalha, sobretudo pelo reconhecimento feito pelo presidente da Câmara. “É a obra da minha vida. Tenho aqui a memória do meu pai muito próxima. Ele viveu o Batalha quotidianamente e eu vinha para aqui brincar, com quatro anos. O presidente da Câmara reconheceu isso e, por isso, estou-lhe muito grato”, confessou.
Quanto à requalificação, deixa antever que entre o que era e o que vai ser há muitos pontos de comparação: “Costumo dizer que isto é uma espécie de um edifício igual ao Batalha. Tentamos repor algumas coisas que tinham desaparecido, como, por exemplo, o Salão de Chá”.
Entre os passos dados na visita guiada que também juntou os administradores da GO Porto e da Ágora, o responsável pelo projeto de arquitetura não deixou de repartir o sucesso da recuperação por outras entidades: “tivemos uma relação maravilhosa com os funcionários da Câmara que acompanharam a obra, com a fiscalização e o construtor. Uma conjuntura feliz de quatro entidades, o que é muito raro acontecer numa obra”.
A empresa municipal GO Porto – Gestão e Obras do Porto, cuja presidência do conselho de administração é assumida pelo vereador do Urbanismo, Pedro Baganha, adianta que a empreitada geral ficará concluída no final do mês de julho, seguindo-se os ensaios e vistorias necessárias para o futuro funcionamento do edifício. No final do mês de agosto está previsto proceder à receção provisória da empreitada, confirma a administradora executiva Cátia Meirinhos, e a partir daí equipar o edifício e prepará-lo para “abrir portas” no último trimestre de 2022.
O decurso dos trabalhos conheceu algumas vicissitudes, já que o edifício apresentava uma maior degradação do que era esperada, fruto da sua não utilização, para além de algumas alterações ao projeto solicitadas pela Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC), assim como algumas imprevisibilidades tais como necessidade de reforço de alguns elementos estruturais, aparecimento de fibrocimento nas coberturas e palco, descoberta de um poço enterrado que continha hidrocarbonetos, e falta de materiais, entre outros.
Mas as obras permitiram também pôr a descoberto os frescos do artista Júlio Pomar, gravados nos anos 1940 e, entretanto, escondidos pela polícia política do anterior regime. Trata-se da redescoberta e devolução ao público de uma obra de arte de referência, a nível nacional, e de indiscutível interesse e valor patrimonial.
Numa fase prévia, foi feito um estudo especializado às diversas camadas (entre seis a oito camadas de tinta) que cobriam os frescos. Identificada a técnica para remoção e destacamento das argamassas, através de um processo químico (ao contrário das sondagens que foram realizadas anteriormente por um processo mecânico e que destruíram parcialmente a obra), estão a ser desenvolvidas sondagens, por forma a verificar a existência, dimensão e estado da obra. Posteriormente, será ponderado e decidido qual a metodologia a aplicar no restauro propriamente dito. Estima-se que o restauro dos painéis possa demorar cerca de cinco meses (até outubro de 2022).
“Havia muito medo que não existisse lá nada. Quando apareceu foi uma emoção por parte de todos (conservadoras, fiscalização, etc). Desatou tudo com lágrima no olho. O espaço melhorou muito porque havia uma parede que fazia um limite. Dissolveu-se com a pintura. Parece agora que é um espaço aberto, infinito”, sublinhou Alexandre Alves Costa.
A descoberta foi, entretanto, comunicada à Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN), cumprindo a GO Porto todas as formalidades.

  Repor as condições originais com novos equipamentos à mistura
Captura de ecrã 2022-06-06 140037.jpg
Em termos cronológicos, o trabalho de requalificação do edifício histórico teve início a 18 novembro de 2019, depois de ter sido aprovada pelo Tribunal de Contas, a 31 de outubro do mesmo ano.
A intervenção, com assinatura do Atelier 15 (dos arquitetos Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez), visa a reformulação e remodelação deste espaço cultural com uma filosofia de reposição das condições originais, mas com trabalhos profundos ao nível da estrutura, da reabilitação das superfícies (pavimentos, paredes e tetos) e das coberturas, assim como a instalação de novos equipamentos, acessos e redes.
A conhecida Sala Bebé dará lugar a uma sala polivalente com bar e outras valências sociais. Além da sala principal, com uma capacidade de 341 lugares (distribuídos por 187 na plateia, 112 na tribuna e 42 no balcão), também foi construída uma sala-estúdio na parte posterior do segundo balcão, com capacidade para 134 pessoas. Foi ainda instalado um elevador, por forma a garantir a acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida.
O Batalha foi arrendado pela Câmara do Porto por um período de 25 anos e vai ser devolvido à cidade mais de uma década após o seu encerramento, retomando a sua função cultural centrada no cinema.

 

  No JN - Opinião de "Capicua" (Ana Fernandes)
O fresco de Pomar
Setenta e cinco anos depois da PIDE mandar cobrir os frescos de Júlio Pomar no cinema Batalha, eles são recuperados, graças à ciência e seus infinitos recursos químicos. Um mural sobre o São João, que no mês de junho reaparece para repor à cidade o que sempre lhe pertenceu. Um mural que foi silenciado não por ter um conteúdo antifascista, mas por ter sido feito por um antifascista. Um exemplo do silenciamento violento e absurdo com que o Estado Novo impunha as suas arbitrariedades. Que em breve poderemos visitar no renovado cinema.
Foram sete camadas de tinta, uma por década, mas o fresco ressurgiu. Depois de várias tentativas falhadas de recuperação nos últimos anos, depois de se ter posto a hipótese do pintor (entretanto falecido) refazer a obra, ou até de se criar uma instalação, projetando o fresco na parede branca, para relembrar o seu apagamento pelo antigo regime, um autêntico milagre de São João aconteceu. Uma equipa especializada conseguiu trazer os desenhos à superfície. Figuras de músicos, populares em festa, um balão de ar quente, aquilo que parece ser um bailarico, em formas ora curvilíneas, ora angulosas, em tons quentes de amarelo e ocre, que as fotografias existentes não podiam representar por serem todas a preto e branco.
O que seria mais popular e portuense que o São João? A noite que, das cerimónias pagãs do solstício até aos dias de hoje, permite todas as fruições. A noite em que somos nós quem enche a noite de estrelas. A noite em que velhos e novos dançam a mesma música nas mesmas praças. A noite em que pobres e ricos comem sardinhas em pão. O que seria mais simbólico do que essa noite de liberdade? Representada, ainda por cima, num espaço público de cultura, pela profunda convicção humanista de que a arte deve existir para fruição de todos em grandes espaços coletivos e não apenas para usufruto exclusivo de uma elite, emoldurada nas paredes dos solares.
Ora, foi precisamente essa afirmação de democraticidade que a PIDE silenciou. Rejeitando também a subversiva elevação das festas populares a motivo de eternização em arte. Ainda por cima, pelas mãos de um jovem pintor antifascista, que inovava no estilo e na técnica, causando aliás grande polémica e um debate intenso entre colegas e críticos. O que é certo é que o tempo fez justiça a Pomar. O fresco venceu e, com isso, ganhámos todos. (É por estas e por outras que acredito muito em justiça poética).

 

  Mais alguma informação sobre a Requalificação do Cinema Batalha
Captura de ecrã 2022-06-07 164158.jpgEm setembro de 2019, numa sessão da Assembleia Municipal em que estive presente, foi validada a requalificação do Cinema Batalha, um equipamento de "grande relevância histórica e patrimonial para a cidade do Porto", como fez notar na altura Rui Moreira. O Autarca da Cidade Invicta lembrou que a Câmara do Porto fez uma tentativa de compra do imóvel, mas que os proprietários não quiseram vender e estavam no seu direito, mas como o equipamento "tem uma história de resistência ligada à cidade do Porto" o Executivo portuense optou por um contrato com os proprietários que prevê uma renda mensal de 10 mil euros e que permite desenvolver um projeto na estratégia cultural delineada para a cidade, assente nos valores da memória, conhecimento e inovação. E assim arrancou-se para a obra de requalificação, inicialmente orçada nos 2,5 milhões de euros, mas "quando se fizeram os primeiros furos nas paredes, verificou-se uma enorme degradação do betão, porque foi construído com materiais de baixa qualidade", e isto obrigou à reavaliação do projeto pelo arquiteto Alexandre Alves Costa e que, por esse motivo, "a obra vai custar mais". Mas as boas contas da Câmara do Porto conseguem suportar este aumento e a obra vai já num estado avançado.



Publicado por Tovi às 07:54
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Sexta-feira, 27 de Maio de 2022
Rui Moreira "partiu a loiça toda"

... e já tem Aires Pereira, presidente da Póvoa de Varzim, como aliado na Área Metropolitana do Porto. O Município da Póvoa de Varzim promoveu ontem, no Cineteatro Garrett, um debate sobre o tema da Regionalização. A convite do presidente da Câmara da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, a conversa contou com a participação do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira. O debate realizou-se no âmbito do “Póvoa Talks”, projeto que tem como objetivo envolver e dar voz ativa a todos os poveiros, criado em formato digital durante a pandemia. A entrada era livre. Após o debate, o público teve oportunidade de participar, colocando questões a ambos os convidados.

 

  JN de hoje
image.jpg
Rui Moreira não poupa nas críticas. Póvoa também já pondera sair da Associação Nacional de Municípios e diz que há vários concelhos a equacionar o mesmo.
A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) navega ao sabor de "princípios partidários" de quem tem "interesses pessoais". Quem o diz é o presidente da Câmara do Porto. Muito crítico em relação à liderança de Luísa Salgueiro, Rui Moreira esteve na Póvoa de Varzim a falar de regionalização. Sem mais poder, recusa assumir mais despesa e acusa o Estado de estar a querer asfixiar as autarquias. Tudo com a conivência da ANMP. Na Póvoa encontrou aliado. Aires Pereira também já pondera sair da ANMP e diz que há vários municípios da Área Metropolitana do Porto (AMP) a equacionar o mesmo.
"O que nos estão a passar basicamente é dívida. Isto é feito com a cumplicidade da ANMP que obedece a princípios partidários, porque tem pessoas, infelizmente, que hoje são presidentes de uma cidade, que vão chegar ao fim do seu último mandato dentro de três anos e, nessa altura, vão precisar de arranjar emprego noutro sítio qualquer. Têm outros interesses. A nós não nos podem representar", afirmou Rui Moreira, sem poupar críticas à liderança da ANMP, desde novembro, a cargo da presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro.
Numa descentralização que começa mal, sublinha, foi "violada brutalmente a lei", que tinha como pilar a neutralidade orçamental: um envelope financeiro idêntico às despesas a assumir.
"Sem aumento de competências, nós não podemos assumir mais despesa, porque ou deixamos de fazer investimento, ou pioramos o serviço", frisou, acusando a ANMP de ter negociado com o Estado em nome dos municípios sem defender os seus interesses. Precisamente por isso, o Porto bateu com a porta. Agora, é a Póvoa quem anuncia que vai fazer o mesmo.
"O município da Póvoa de Varzim não se revê da maneira como a ANMP tem negado esta necessidade de haver um reforço de verbas e não ter defendido a sustentabilidade deste processo de descentralização", diz Aires Pereira, que, caso nada mude com a proposta de Orçamento de Estado e "uma vez que a ANMP não nos representa convenientemente", vai propor, "já em junho, a saída da Póvoa".
O edil poveiro diz que "há mais municípios a pensarem desta forma" e especifica mesmo que "alguns são da AMP". Rui Moreira aponta Coimbra e Anadia.

  Júlio Gouveia no FacebookÉ evidente. O Estado quer diminuir despesas à custa das Camaras. Ou seja quer deixar de ter responsabilidades em varias áreas e atirar essas responsabilidades à Camara. Até aqui tudo bem. O problema é que o estado quer transferir essas responsabilidades mas só quer transferir metade do que atualmente gasta ou perto disso para as Camaras.RICO NEGOCIO. E isto com a condescendencia da ANM, que claro é presidida pela socialista presidente de Matosinhos, que devia zelar pelas camaras como presidente, em vez disso zela pelos interesses do governo e por isso socialistas. E não me venham dizer que digo isto porque não sou socialista, porque Camaras há como a de Gaia, socialista, que tb não está de acordo com a descentralização que o governo propõe. Como a sra dd Matosinhos não dá sequer a mínima hipotese de recuo, nada mais há a fazer do que sair desse organismo a que a senhora preside, e entao... ou o estado fica na mesma com essas responsabilidades nestas Camaras ou tem de negociar. Lá porque o PS e bem porque teve o voto popular tem maioria não quer dizer que agora sejamos todos #carneiros# e seguidistas de tudo que o PS quer e ou seja o governo, porque senão deixa de ser democracia.

  Porto Canal - 27mai2022 08h34 - O autarca da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, admitiu em declarações à comunicação social, depois de um debate sobre a regionalização com Rui Moreira, que está a considerar uma possível saída da Associação Nacional de Municípios. Aires Pereira ainda criticou o processo de descentralização referindo que o município da Póvoa de Varzim não se sente representado pela associação. 

 


Captura de ecrã 2022-05-27 183331.jpg
A Câmara Municipal do Porto vai agora apresentar uma exposição à Senhora Provedora de Justiça, que, se concordar com o argumentário, poderá recorrer ao Tribunal Constitucional.



Publicado por Tovi às 09:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 11 de Maio de 2022
Todos muito jeitosos... alegadamente

Captura de ecrã 2022-05-10 094401.jpg
(À esquerda a vítima, Igor Silva; à direita o eventual agresso, Renato Gonçalves)

 

  10mai2022 – Comunicado da PJ
A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve na noite do dia de ontem, 09.05.2022, um homem pela prática do crime de homicídio qualificado.
Os factos ocorreram na madrugada do dia 08.05.2022, na cidade do Porto, em retaliação por uma sucessão de agressões que, desde janeiro deste ano, vinham ocorrendo entre o arguido, familiares deste e a vítima.
Na ocasião, um grupo de indivíduos, de entre os quais o arguido, perseguiu a vítima, alcançando e agredindo a mesma com murros e pontapés.
Dada a intervenção de alguns populares, que foram igualmente agredidos, a vítima logrou afastar-se do local, vindo a ser surpreendida pelo arguido, o qual, munido de uma arma branca de dimensões significativas, a atingiu repetidamente e com extrema violência, provocando-lhe a morte.
Em ato contínuo, todo o grupo agressor dispersou, tendo-se o arguido colocado em fuga.
Pese embora o contexto de enorme confusão em que os factos ocorreram e a existência de diversa informação errada transmitida, foi possível, em resultado de um trabalho ininterrupto e exaustivo de recolha de prova, reunir em menos de 48 horas elementos indiciários e, simultaneamente, localizar e deter o presumível autor das agressões mortais.
O detido, de 19 anos, empregado de limpeza, sem antecedentes criminais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

  Poliana Ribeiro, advogada do arguido Renato Gonçalves, o principal suspeito da morte de Igor Silva durante os festejos do título de campeão nacional do F. C. Porto, esclareceu entretanto que na madrugada de 10mai2022 o seu cliente foi detido depois de se ter entregado "voluntariamente" nas instalações da Polícia Judiciária do Porto cerca da 1 hora. "Foi com um familiar. Estava previsto entregar-se ao longo do dia desta terça-feira, mas, para evitar o aparato e confusão, preferiu durante a noite", acrescentou.

  Renato Gonçalves, o principal suspeito da morte de Igor Silva, na Alameda do Dragão, tem 19 anos. Foi pai há cerca de dois meses e disse às autoridades que era empregado de limpeza. Renato é filho de um dos mais proeminentes membros da claque dos Super Dragões, Marco "Orelhas", que se tornou famoso por ter dado uma joelhada na cabeça a um árbitro durante um jogo do Canelas, em maio de 2017. Apesar de ainda não ter sequer completado 20 anos, Renato foi pai de um bebé há cerca de dois meses e já está referenciado pela PSP pela participação em desacatos. Tal como o pai, Renato também faz parte dos Super Dragões e jogou futebol. Quem se lembra dele no campo diz que, ainda miúdo, já era conhecido pela forma agressiva de jogar e que frequentemente costumava dizer que era filho do Marco "Orelhas" para intimidar os adversários. Agora, Renato apresentava-se nas redes sociais como lutador de UFC (artes marciais mistas) e trabalhador da empresa Super Dragões. Na sua página do Facebook, encontram-se várias fotos em que aparece junto ao pai, em momentos de descontração nas férias e em jogos do F. C. Porto.

  É provavel que tenha sido assim: Os dois jovens tinham um historial de desavenças. Renato provocou estragos num bar do Porto onde o irmão de Igor é segurança. Depois, Igor agrediu Renato e a irmã na Queima das Fitas; a mãe de Renato ameaçou depois a mãe de Igor; em pleno Estádio da Luz, durante o Benfica-FC Porto, Igor agrediu Marco ‘Orelhas’, em frente a todos os membros dos Super Dragões. Como é que teve lugar o homicídio? “Eram mais de  20 pessoas a correr entre a multidão e a gritar ‘abram alas, abram alas’. Vieram diretos ao Igor, com facas e outras armas brancas e deram-lhe até o matar. Já o rapaz estava no chão, todo desfigurado, o filho do Marco ‘Orelhas’ pôs-se em cima dele e deu-lhe várias facadas no peito, depois fugiram todos”. Igor, natural do bairro do Ramalde, ainda saiu vivo da Alameda das Antas, mas morreu a caminho do Hospital São João.

  Renato Gonçalves, o jovem de 19 anos que esfaqueou mortalmente Igor Silva na festa do título de campeão nacional do F. C. Porto foi colocado em prisão preventiva no final de tarde desta terça-feira. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde Renato foi interrogado por um magistrado durante a tarde de ontem.

 

  Homicida na festa do FC Porto confessa crime e chora
'Correio da Manhã' avança que Renato diz que a culpa não foi dele. A faca era de Igor, que o queria matar. Envolveram-se em luta e esfaqueou-o. Um herói na rua, um cordeiro na Polícia Judiciária. O Correio da Manhã escreve esta quarta-feira que foi assim que reagiu Renato Gonçalves, o filho de Marco ‘Orelhas’, o jovem de 19 anos preso por matar Igor Silva, na festa de comemoração do FC Porto. Renato não aguentou a pressão e segunda-feira à noite - horas depois da sua fotografia ter sido divulgada pela CMTV - falou com os inspetores. Percebeu que eles sabiam que se escondia em casa do tio e que em poucas horas seria preso. Estava cercado.

 

  O Tribunal de Instrução Criminal do Porto revelou esta quarta-feira que existe uma efetiva guerra de grupos na origem da morte de Igor Silva, o adepto do FC Porto brutalmente assassinado durante os festejos dos dragões. No despacho que colocou Renato Gonçalves, de 19 anos, em prisão preventiva o juiz revela que o homicida confessou ter dado uma facada pelas costas à vítima e que depois fugiu. No entanto, o despacho destaca ainda que a investigação tem indícios suficientes de que Renato esfaqueou Igor "repetidamente". Renato Gonçalves está por isso indiciado de homicídio qualificadoA gravidade do crime e o alarme social, mas principalmente a guerra de grupos rivais, entre o lado de Igor Silva e do pai de Renato, Marco ‘Orelhas’, justificam a prisão preventiva.

 

  Só nos faltava mais esta...
Captura de ecrã 2022-05-11 171507.jpg
  Vídeo mostra momentos de tensão vividos durante a tarde no Bairro do Cerco no Porto. Segundo imagens a que a CMTV teve acesso vê-se o momento de tensão vivido esta tarde de quarta-feira no Bairro do Cerco, no Porto. O vídeo mostra dois homens com o que parecem ser caçadeiras. Ao mesmo tempo passam duas viaturas da PSP. O alvo dos disparos terá sido a casa da mãe de Marco 'Orelhas', a avó de Renato Gonçalves, suspeito da morte de Igor Silva ocorrida durante os festejos do FC Porto. Segundo apurou o Correio da Manhã, os indivíduos com as caçadeiras nas mãos não terão sido os autores dos disparos ouvidos mas terão surgido em defesa de amigos.



Publicado por Tovi às 07:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 12 de Abril de 2022
Visita do Presidente da Bulgária a Portugal

Captura de ecrã 2022-04-11 132644.jpgA cidade do Porto será o primeiro ponto do programa da visita de Estado do Presidente da República da Bulgária a Portugal. Rui Moreira recebe o Chefe de Estado búlgaro, Rumen Radev, em sessão solene de boas-vindas nos Paços do Concelho, esta terça-feira, ao final da manhã. A cerimónia será presidida por Marcelo Rebelo de Sousa e é antecedida por Honras Militares, na Praça do General Humberto Delgado.

 

  A Bulgária é uma república parlamentar, membro de pleno direito da União Europeia (desde 1jan2007) e da NATO (29mar2004), tem laços tradicionais profundos com a Rússia, mas a invasão da Ucrânia pelas tropas de Putin semearam na sua população divisões significativas entre grupos pró-NATO e pró-Rússia. E no governo de Sófia o apoio ao presidente russo Vladimir Putin tem vindo a diminuir consideravelmente. O chefe de governo, o Primeiro-Ministro, ocupa o cargo mais importante do poder executivo. O chefe de Estado, o Presidente, exerce sobretudo funções representativas, com alguns poderes de veto limitados. A Bulgária é um Estado unitário dotado de uma estrutura centralizada, dividido em 28 províncias, uma das quais é a província metropolitana da capital (Sofia-Grad). Os governadores regionais são nomeados pelo governo.

 

  CNN Portugal

1024.jpg

Em Portugal para uma visita oficial, que começou no Porto com o chefe de Estado búlgaro [Rumen Radev] a receber as chaves da cidade, o que disse ser uma “honra e um privilégio”. (...) "É importante, neste momento, mostrar unidade e as relações de amizade entre os dois países [Bulgária e Portugal] têm um simbolismo profundo. Se dois países situados em duas das pontas da Europa podem cooperar, ser amigos e pensar juntos no futuro da Europa, significa que todas as famílias europeias podem fazer isso”, afirmou Rumen Radev. (…) “Enfrentamos os mesmos problemas como a demografia. As estatísticas mostram que temos o mesmo problema, mais de 20% da nossa população deixou o nosso país, é um enorme desafio e temos que trabalhar para os trazer de volta ou pelo menos para que não percam a ligação espiritual”, enumerou. (…) O chefe de Estado búlgaro destacou ainda que o Porto “é a cidade Invicta” e o papel na História de Portugal. “O Porto teve sempre um papel importante na história de Portugal (…) tornou-se um símbolo para a Europa, e para o resto do mundo, de coragem e compromisso para olhar para além do visível, explorar o desconhecido, cruzar mares e oceanos e descobrir mundos”, disse.



Publicado por Tovi às 08:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 27 de Março de 2022
Qual é a estratégia da China na Ucrânia?


mw-860.jpgAs negociações continuam, mas os resultados são praticamente nulos… e diz quem acompanha esta crise provocada pela invasão da Ucrânia pelas tropas de Putin que o importante e que ainda teremos que aguardar é para onde vai a China cair, pois será o que influenciará o destino da guerra. Eu também sou desta opinião.


Pingus Vinicus - A China tem uma paixão pela Rússia…
Jorge De Freitas Monteiro - A China cai sempre para o seu próprio lado. O que neste caso significa ter interesse numa solução pacífica da qual a Rússia não saia enfraquecida nem os US reforçados.
David Ribeiro - ...o que no atual estado da coisa é o mesmo que cair para o lado russo.
Jorge De Freitas Monteiro - David Ribeiro, provavelmente. Aliás é interessante ver o tom utilizado por diplomatas e altos funcionários chineses nas suas contas no Tweeter. Sabendo-se que os chineses não dizem nada só por dizer é muito significativo. Mais um factor que a informação a que temos direito omite cuidadosamente.
David Ribeiro - Mas os chineses são exímios em dar “uma no cravo e outra na ferradura”, conforme lhes convenha. Na semana passada, durante uma conversa telefónica entre Xi Jinping e Joe Biden, o presidente chinês disse que os interesses económicos da China estão com o Ocidente e não com a Rússia. Xi é uma puta velha (pardon my french).
Jorge De Freitas Monteiro - David Ribeiro, justamente, caem sempre para o seu próprio lado
Chico Gouveia - A estratégia da China é a dos tomates: colabora mas não entra.
Da Mota Veiga Suzette - A China é tradicionalment amigo da Russia mas lembra-se do grande mercado que significa a Europa e USA para escoar os seus produtos. Assim, a China disse: esta guerra não é bom par ninguém!

 

 


18304358_905.jpgLendo tudo o que se escreveu sobre as reuniões dos últimos dias em Bruxelas – NATO, União Europeia e G7 – estou convencido, mais do que nunca, que a União Europeia não pode de forma alguma aceitar a covarde invasão da Ucrânia pelas tropas de Putin, mas também não se pode tornar num “Estado vassalo” dos Estados Unidos da América, mas sim um seu par. É certo que nunca se teve em atenção a capacidade estratégica e militar dos 27 Estados-membros da UE, um espaço com 450 milhões de habitantes, mas é forçoso avançar para forças armadas conjuntas, com sistema de transporte estratégico, informação estratégica, capacidade de projeção de forças e capacidade naval. E a NATO, qual será o seu futuro? Não será que com trinta países, com interesses muito diferentes, no caso de um conflito o comando e controlo será muito complicado?

 


Map_of_Central_Asia(pt).pngCercada pela Rússia, China, Irão, Afeganistão e Mar Cáspio, a região da Ásia Central – que inclui Quirguistão, Cazaquistão, Tajiquistão, Turquemenistão e Uzbequistão – é muito suscetível à volatilidade em termos de mudanças geopolíticas e de segurança. Após o colapso da União Soviética estes países permaneceram na órbita russa e embora muitos tentassem adotar políticas externas multivetoriais, as suas dependências de Moscovo permaneceram fortes. Mas o atual conflito de Rússia com a Ucrânia pode alterar o jogo político e mudar a dinâmica regional. É que não há dúvida que a forma como a Ásia Central vê a atual governação de Putin alterou-se substancialmente. Enquanto antes a Rússia era vista como uma fonte de estabilidade, agora parece que se tornou uma fraqueza para a estabilidade regional, soberania e integridade territorial. As coisas já não são o que eram nesta região da Ásia Central.
  
Xavier Cortez - Um dos comentários mais inteligentes que vi ultimamente. Os tão podem tornar-se um problema sério para a Rússia. Pela via do islamismo.

 

  Expliquem-me, se souberem e me quiserem ser úteis, qual o interesse prático das reuniões do Conselho de Segurança da ONU se os membros permanentes que o integram, dispõe cada um deles de um direito de veto, como estipula a Carta das Nações Unidas.

image1170x530cropped.jpg

O Artigo 27 das Nações Unidas afirma:
Cada membro do Conselho de Segurança terá um voto.
Decisões do Conselho de Segurança sobre questões processuais, serão tomadas pelo voto afirmativo de nove membros.
Decisões do Conselho de Segurança em todos os outros assuntos serão tomadas pelo voto afirmativo de nove membros, incluindo os votos afirmativos dos membros permanentes, desde que, nas decisões previstas no Capítulo VI, parágrafo 3 do Artigo 52, uma reunião deverá ser realizada pela abstenção do voto.
Embora o "poder de veto" não seja mencionado explicitamente na Carta da ONU, as decisões do Conselho de Segurança exige "os votos dos membros permanentes", significa que qualquer um desses membros permanentes podem impedir a adoção de qualquer assunto adicional sobre alguma resolução. Por essa razão, o "poder de veto" também é um princípio unânime das grandes potências.
  Mário Santos - A Alemanha, Brasil, Índia e Japão (aliança G4) em setembro de 2021 propõem a reforma "urgente" do Conselho de Segurança da ONU, com vista a torná-lo mais legítimo, eficaz e representativo (claro que querem entrar no Conselho). Também Guterres defendeu a reforma do Conselho de Segurança em particular o Artº 27º (o tal "veto" do P5). Agora as contas da ONU e quem as paga (quer estar no tal conselho...)
 
  Não será um “flik-flak à retaguarda” por parte de Vladimir Putin, mas um dos seus generais já afirmou que as forças russas na Ucrânia mudaram o foco numa ofensiva terrestre voltada para a capital, Kiev, para uma prioridade a que Moscovo chama de “libertação” da contestada região de Donbass. Ainda é cedo para se saber o que isto significará em toda esta situação da invasão russa da Ucrânia, mas os fracos progressos das tropas de Putin (ver mapa com a evolução no terreno de 6mar para 27mar2022) sugerem uma nova fase da guerra.

De dia 06 para dia 27mar2022.jpg

 

  Eu não fui hoje a esta manif na Praça D João l. Mas vi agora estas fotos e curiosamente nem uma bandeira ucraniana. E não houve nem uma crítica a Putin, disse-me quem lá esteve. Esta malta, do CPPC e PCP… quem não os conhecer que os compre.
Captura de ecrã 2022-03-27 221510.jpg
  Raul AlmeidaO PC criou há muitos anos uma série de organizações satélites, falsamente independentes, com diversas finalidades, enquadradas pelo interesse maior da defesa e protecção do comunismo de inspiração soviética. Utilizando uma dessa pseudo-organizações, o Conselho para a paz, cooperação e segurança, que se diz empenhada na promoção de paz sempre obediente a Moscovo, fizeram hoje um encontro "pela paz", onde sintomaticamente não se viu uma única bandeira da Ucrânia, nação actualmente mais fustigada pela guerra. O revisionismo, a profunda cara de pau, a sempre presente e profundamente entranhada herança de Stalin, fazem do PC algo que nos envergonha a todos, enquanto sociedade. Queriam o Rivoli e o patrocínio da Câmara para esta palhaçada aviltante. Era o que mais faltava!!! Esteve muitíssimo bem, Rui Moreira na recusa, interpretando a expressão democrática dos votos na Autarquia e impedindo uma mancha ignóbil num espaço nobre da Cidade.



Publicado por Tovi às 09:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 6 de Março de 2022
E ao décimo primeiro dia estamos assim

Captura de ecrã 2022-03-05 124922.jpg

Comecei a escrever esta publicação ao som de "WAR", com letra de Norman Whitfield e Barrett Strong escrita em 1969, que inicialmente foi gravada pelo quinteto The Temptations e por Edwin Starr. Em meados da década de 1980, o cantor e compositor americano Bruce Springsteen cantou WAR como um protesto contra a política externa agressiva do governo Reagan na América Central. Inicialmente tocada ao vivo, a versão de WAR de Springsteen foi lançada como single e alcançou o top 10 dos EUA.

    War! What is it good for? Absolutely nothing
War! What is it good for? Absolutely nothing
War is something that I despise
For it means the destruction of innocent lives
For it means tears in thousands of mothers’ eyes
When their sons go out to fight to give their lives
War! What is it good for? Absolutely nothing
Say it again
War! What is it good for? Absolutely nothing
War! It’s nothing but a heartbreaker
War! Friend only to the undertaker
War is the enemy of all mankind
The thought of war blows my mind
Handed down from generation to generation
Induction destruction… Who wants to die, in a
War! What is it good for? Absolutely nothing
Say it again
War! What is it good for? Absolutely nothing
War has shattered many young men’s dreams
Made them disabled bitter and mean
Life is too precious to be fighting wars each day
War can’t give life it can only take it away
War! It’s nothing but a heartbreaker
War! Friend only to the undertaker
Peace love and understanding
There must be some place for these things today
They say we must fight to keep our freedom
But Lord there’s gotta be a better way
That’s better than
War! What is it good for? Absolutely nothing
Say it again
War! What is it good for? Absolutely nothing
 
 

new_russian_czar_and_new_chinese_emperor__stephff.No ano passado, 16% das importações de petróleo da China vieram da Rússia, segundo estatísticas oficiais. A Rússia é mesmo a segundo maior fornecedora para a China depois da Arábia Saudita. Cerca de 5% do gás natural da China também veio da Rússia no ano passado. Já a Rússia compra cerca de 70% dos seus semicondutores à China, segundo o Peterson Institute for International Economics. Também importa computadores, smartphones e componentes automóveis à China. A Xiaomi, por exemplo, está entre as marcas de smartphones mais populares na Rússia. Mas depois da economia russa ter recebido “um grande estaladão” com as sanções de todo o mundo, Pequim ainda não se apressou a ajudar a Rússia. A única coisa que se ouviu de Guo Shuqing, presidente da Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China, foi que “o país não participará das sanções”, mas também não ofereceu qualquer assistência.
Não há qualquer dúvida que, como se diz na minha terra, Xi Jinping é uma puta velha (pardon my french).
  
O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, disse ao secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, que a China se opõe a quaisquer ações que "lancem mais achas para a fogueira" na UcrâniaWang pediu negociações para resolver a crise na Ucrânia, bem como conversas sobre a criação de um mecanismo de segurança europeu "equilibrado", de acordo com um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês. Num telefonema realizado no sábado [05mar2022], o diplomata chinês disse ainda que os EUA e a Europa devem prestar atenção ao impacto negativo que a expansão da NATO para o leste tem para a segurança da Rússia. A China, por enquanto, tem evitado condenar a invasão russa da Ucrânia, tendo expressado oposição às sanções unilaterais impostas a Moscovo pelos Estados Unidos, UE e outros países ocidentais.
 
 
  Ontem... na Rotunda da Boavista, no Porto
274945848_113813141238675_3259977822733771425_n.jp
 
  Eu sou pacifista, mas recuso-me ser derrotista perante a ameaça real que está a nascer em Moscovo. E em consciência defendo ser esta a altura da União Europeia se sobrepor a uma longa hegemonia dos EUA na NATO. E sendo verdade que não podemos derrotar a Rússia nesta altura, temos que DETER as ameaças expansionistas de Putin.

Captura de ecrã 2022-03-05 225814.jpg

  Boris Johnson apresentou ontem [sábado, 05mar2022] um plano de seis pontos para travar a invasão da Rússia na UcrâniaUma aliança humanitária internacional para a Ucrânia; Um apoio à autodefesa da Ucrânia; Maximização da pressão económica sobre Moscovo; Caminhos diplomáticos para o abrandamento das investidas russas com o envolvimento total do governo da Ucrânia; Segurança mais forte na área euro-atlântica; Fim da “normalização” das atividades russas na Ucrânia.

 
 
  01h28 de 06mar2022Ao início deste domingo Kiev está cercada pelas tropas russas, as sirenes voltam a soar e os ucranianos preparam a defesa da capital com sacos de areia e ouriços checos (obstáculo anti veículos) nas ruas. Há também a informação que uma ponte foi destruída pelas forças ucranianas para impedir o avanço das tropas russas em direção à capital.
  05h30 de 06mar2022
As tropas russas não lançaram nenhuma grande operação ofensiva contra Kiev, Kharkiv ou Mykolayiv nas últimas 24 horas, adianta o Institute for The Study of War. De acordo com a análise do think tank norte-americano, as forças russas poderão ter entrado numa possível breve pausa operacional.  em território russo, o governo e os supermercados chegaram a acordo para a restrição da quantidade de alimentos que cada cliente pode adquirir. Uma medida para tentar combater o açambarcamento, numa altura em que os russos temem  o impacto que as sanções do ocidente possam ter na economia do país. O exército ucraniano acredita que forças russas querem tomar central hidroelétrica de Kaniv, enquanto o reagrupamento de tropas inimigas continua. A informação foi revelada no relatório diário publicado pelo Estado-Maior das forças armadas da Ucrânia. 
  07h01 de 06mar2022Os serviços de emergência da Ucrânia relatam um bombardeamento russo que atingiu uma zona residencial na região de Zhytomyr, a cerca de 140 quilómetros a noroeste de Kiev. Cerca de 30 casas particulares foram destruídas no ataque na cidade de Ovruch, disse o serviço de emergência estatal ucraniano, numa atualização na conta oficial do Telegram. Já num ataque separado em Korosten, uma cidade ao sul de Ovruch, uma pessoa morreu e duas ficaram feridas num ataque com um míssil durante a noite, segundo a agência. Dez casas particulares foram destruídas e um prédio foi incendiado. Cinco crianças foram resgatadas da cave.
  08h12 de 06mar2022A Câmara Municipal de Mariupol anunciou que vai haver uma nova tentativa de evacuação da cidade hoje às 12:00 horas locais (10:00 em Lisboa). O objetivo é retirar cerca de 400 mil habitantes. A notícia está a ser avançada pela agência Reuters.  Essa evacuação vai ser feita através do corredor humanitário. Vamos ver se, desta vez, o cessar-fogo temporário acordado entre a Rússia e a Ucrânia é cumprido. De acordo com a autarquia, o cessar-fogo deve manter-se entre as 10h00 e as 21h00 locais (entre as 08h00 e as 19h00 TMG). A evacuação das cidades de Mariupol e Volnovakha programadas para sábado foram suspensas passado poucas horas. As autoridades ucranianas acusaram as tropas russas de não cumprirem com o cessar-fogo em toda a rota do corredor humanitário. Por sua vez, os russos acusaram os "nacionalistas" ucranianos de impedirem os civis de sair.
  08h26 de 06mar2022Sem eletricidade, sem água, sem forma de recolher os mortos. "A situação é muito complicada em Mariupol". Vadym Boichenko, autarca de Mariupol, descreve uma situação desesperada na cidade que continua cercada pelas forças russas.
  12h01 de 06mar2022
No final da chamada telefónica com o presidente da Turquia, este domingo, Vladimir Putin afirmou que "as operações militares na Ucrânia só vão terminar se as exigências da Rússia forem atendidas". "Qualquer tentativa de intervir no processo de negociação vai falhar", revela o Kremlin, citado pela Reuters. Com uma terceira ronda de negociações agendada para segunda-feira, o presidente da Rússia espera que o lado ucraniano assuma "uma abordagem mais construtiva e tenham noção da realidade". Putin voltou a dizer que as operações militares estão a decorrer conforme planeado.
  12h39 de 06mar2022 - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, instou o seu colega russo, Vladimir Putin, a declarar um cessar-fogo na Ucrânia, abrir corredores humanitários e assinar um acordo de paz, disse o seu gabinete. Num comunicado após um telefonema de uma hora, a presidência turca disse que Erdogan disse a Putin que a Turquia estava pronta para contribuir para uma resolução pacífica do conflito, acrescentando que um cessar-fogo aliviaria as preocupações sobre a situação humanitária.
  13h39 de 06mar2022 - Evacuação de Mariupol foi interrompida pela segunda vez. A evacuação de cerca de 200 mil civis desta cidade do sul da Ucrânia estava programada para começar ao meio-dia (horário local), durante um cessar-fogo, mas foi interrompida por causa de um ataque em execução. “Não pode haver ‘corredores verdes’ porque apenas o cérebro doente dos russos decide quando começar a atirar e em quem”, disse o conselheiro do Ministério do Interior ucraniano, Anton Gerashchenko. Do lado dos separatistas pró-Rússia a culpa é atribuída às forças ucranianas por não observarem o cessar-fogo limitado. Uma primeira tentativa de evacuar civis de Mariupol e da cidade vizinha de Volnovakha já tinha falhado no sábado.
  14h23 de 06mar2022 - As tropas russas destruíram este domingo o aeroporto da cidade de Vinnytsia, localizada a cerca de 200 quilómetros da capital ucraniana Kiev, revelou o presidente Volodymyr Zelensky, num vídeo divulgado na rede social Twitter. O ataque com mísseis destruíu "completamente" aquele aeroporto, disse Zelensky, citado pela Reuters. Antes das declarações do presidente, as autoridades ucranianas fizeram saber que os serviços de emergência estavam a trabalhar na resolução de incêndios que deflagraram no aeroporto na sequência do ataque com mísseis. Ainda não há indicações quanto ao número de vítimas resultantes deste ataque.
  15h44 de 06mar2022
Em Kiev, russos e ucranianos preparam-se para aquela que poderá ser a batalha decisiva da guerra. Os dois lados estão a divulgar vídeos onde mostram que as suas forças estão prontas para combater e vencer. O presidente Zelensky falou no sábado ao país para encorajar a resistência. Na capital ucraniana há filas imensas de homens que querem voluntariar-se para as forças armadas, e muitos civis que preparam a defesa daquela região. 
 
 
  Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos decidiram unir esforços para dar uma resposta concertada e de grande escala à crise de novos refugiados que a invasão da Ucrânia está a desencadear, através da campanha "Somos Todos Ucrânia". A cerimónia de assinatura de protocolo com os três presidentes de câmara e as demais entidades envolvidas decorreu, hoje, na Casa do Roseiral. Esta resposta humanitária procura, acima de tudo, organizar todas as manifestações de apoio, em particular na oferta de bens, serviços, emprego e acolhimento.
275286891_4644404605687605_3386052181615842196_n.j


Publicado por Tovi às 00:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2022
E é assim que estamos no conflito Rússia - Ucrânia

Captura de ecrã 2022-02-27 174532.jpg
  PELA PAZ, CONTRA A INVASÃO
(Em frente ao Consulado da Rússia no Porto - 27fev2022)
Eu estive lá!

 

  JN, 17h24 de 27fev2022
Captura de ecrã 2022-02-27 175005.jpg

 

  Seguramente que a invasão russa à Ucrânia já provocou mortes, muitas mortes mesmo, mas não podemos esquecer a TRAGÉDIA dos mais de 368 mil refugiados (de acordo com um novo balanço da agência das Nações Unidas para os refugiados - ACNUR) , na sua esmagadora maioria mulheres e crianças.
Captura de ecrã 2022-02-27 103009.jpg

 

  Outras da série "Rússia invadiu Ucrânia"
Captura de ecrã 2022-02-27 205553.jpg
275049868_10221048780917068_8992894358569615171_n.


  Ontem foi assim
19h21 - Imagens de satélite mostram tropas russas a cerca de 60 quilómetros de Kiev, segundo informação avançada pela agência Reuters.
21h18 - As forças russas entraram e tomaram o controlo da cidade de Berdyansk, avança o autarca local, Oleksandr Svidlo. Berdyansk, que tem uma pequena base naval, tem uma população de cerca de 100.000 habitantes. “Há poucas horas, testemunhámos como os soldados armados com artilharia pesada entraram na cidade e começaram a avançar pela nossa cidade natal. Assim que soube do ocorrido, tentei informar todos os residentes da cidade para que tenham a oportunidade de se refugiarem em abrigos", escreveu o autarca, no Facebook.
22h12 - O aeroporto internacional Nikolaev foi atingido, de acordo com informação do presidente da administração estatal regional de Nikolaev, Vitaly Kim.
23h42 - 
O Estado-Maior General das Forças Armadas da Ucrânia afirma que "a Rússia continua a bombardear praticamente em todas as direções. A guarnição de aviação em Vasylkiv está a defender-se heroicamente, resistindo a bombardeamentos maciços e ataques inimigos. Os soldados da Força Aérea repelem com bravura o agressor noutras cidades e guarnições militares".

 

  A partir de 1 de março de 2022, e até segunda ordem, a Federação Cinológica Russa (RKF) não será autorizada a realizar - no Território Russo - qualquer evento em que sejam atribuídos títulos ou prémios da FCI (shows CACIB, provas CACIT, competições CACIAG, etc.).
275050255_10161760310317627_3079348443464663448_n.
O Clube Português de Canicultura une-se à comunidade internacional no seu completo repúdio pelo terrível conflito que neste momento ocorre na Ucrânia após a invasão do exército russo, que está em curso. (...) A Direção do CPC une-se de imediato ao movimento internacional de apoio aos canicultores ucranianos, de forma concreta e real, apoiando em pleno a iniciativa solidária que foi oficialmente anunciada hoje pelo Comité da FCI.
274856543_10159015226928531_7489495341867634114_n.

 

  Será em Gomel, na Bielorrússia que as delegações de Zelensky e de Putin vão estar frente a frente para NEGOCIAR A PAZ, ainda que a madrugada desta segunda-feira (28fev2022) tenha sido marcada por violentos combates em Kiev, Kharkiv, Kherson e Chernihiv.
FMqTNoHX0AINQBQ.jpg
  08h40 de 28fev2022 - A delegação ucraniana já chegou ao local da fronteira onde vai decorrer a reunião com os representantes russos, avança o gabinete oficial da presidência da Ucrânia. A delegação da Ucrânia vai exigir um cessar-fogo "imediato" e a retirada das tropas russas. Na imagem chegada da delegação ucraniana à fronteira com a Bielorrússia, com o ministro da Defesa Oleksii Reznikov (segundo a contar da esquerda).
900.jpg
  10h41 de 28fev2022 - O dono do Chelsea, Roman Abramovich, um dos oligarcas russos mais próximos de Vladimir Putin, está na Bielorrússia a pedido da Ucrânia para participar nas conversações de paz, avança o The Jerusalem Post. 
  17h07 de 28fev2022
As delegações ucraniana e russa terminaram as conversações que realizaram ao longo do dia desta segunda-feira na Bielorrússia e admitiram um novo encontro “em breve”. "As partes estabeleceram uma série de prioridades e questões que requerem determinadas decisões" antes de uma segunda ronda de conversações, disse Mikhailo Podoliak, um dos negociadores ucranianos, citado pela agência AFP. O seu homólogo russo, Vladimir Medinsky, disse que o novo encontro terá lugar "em breve" na fronteira entre a Polónia e a Bielorrússia.

 

  O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, assinou esta segunda-feira o pedido formal de adesão à União Europeia. "Este é um momento histórico!", pode ler-se na publicação partilhada pela página da presidência ucraniana.
FMsf3LIWYAgLMg1.jpg

 

  O ministro ucraniano do Interior, Denys Monastyrsky afirmou à BBC que a situação na capital ucraniana é "séria, mas estável". O governante revelou que todos os dias a Rússia envia cada vez mais soldados, mas que as forças ucranianas têm feito todos os esforços para bloquear o seu avanço e mantê-los afastados de Kiev. "Sim, de fato, a cada dia o inimigo envia mais e mais forças. Mas nossas gloriosas forças armadas estão basicamente a destruir tudo o que chega a Kiev. Kiev continua a ser o local da principal ofensiva", revelou. Perante as câmaras da televisão britânica, Monastyrsky revelou que as autoridades ucranianas estão a preparar-se para "todos os cenários", incluindo em Kiev. (Na foto um T-90M russo a arder)
17h51 28fev2022.jpg

 

  Apelando à solidariedade dos portuenses e em conjunto com todas as juntas de freguesia e uniões de freguesias, que prontamente se disponibilizaram para se assumirem como pontos de recolha, o Município do Porto irá lançar a campanha, denominada “SOMOS TODOS UCRÂNIA”, de recolha de bens – essencialmente roupa quente, calçado, bens alimentares não perecíveis, medicamentos ou produtos de higiene – para fazer chegar à fronteira da Polónia com a Ucrânia.
Captura de ecrã 2022-02-28 210516.jpg



Publicado por Tovi às 07:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2022
Arena Liga Portugal

Captura de ecrã 2022-02-17 112154.jpg

Hoje, às 14h30, terá lugar o lançamento da primeira pedra da Arena Liga Portugal, na freguesia de Ramalde, na cidade do Porto.

 


A futura casa do Futebol Profissional terá por morada a Rua Padre Diamantino Gomes, na freguesia de Ramalde, Porto, obra emblemática que transpirará futebol, conciliando requinte e inovação, momentos de formação e fomento de negócios, bem como momentos de convívio e lazer.
Trata-se de um edifício autossustentável ao serviço do Futebol Profissional e seus parceiros, que reforçará a dinâmica sócio económica da cidade do Porto e do País.
A Arena Liga Portugal será ponto de encontro e desenvolvimento de negócios, tanto a nível nacional como internacional, espaço equipado com a mais avançada tecnologia para aprendizagem e coworking, com destaque para incubadora de empresas através da criação de nove salas para receber start ups ligadas ao futebol.
O interior do edifício apresentará uma sala multiusos para realização de eventos quer da Liga Portugal quer de entidades externas, um auditório para 300 pessoas, um restaurante/bar aberto ao público bem como espaços para formação, ambiente ideal para as pós-graduações Liga Portugal.
O majestoso mas funcional edifício será ainda dotado de uma área comercial, também aberta ao público para venda de produtos Liga Portugal e das Sociedades Desportivas, um museu do Futebol Profissional e zona de futebol High-Tech para atividades ligadas à performance e desempenho de jovens jogadores, realização de festas e team buildings.
Edifício icónico também do ponto de vista arquitetónico, o exterior da Arena Liga Portugal permitirá luminosidade no interior, inovando pelo facto de também funcionar como ferramenta de promoção e comunicação do Futebol Profissional Português.
O edifício, disponível para servir a região e a cidade do Porto, assume-se como baluarte para o futuro, em perfeita harmonia com a envolvência paisagística da cidade e com a comunidade local.
A conclusão e inauguração da Arena Liga Portugal está prevista para 2023, representando o lançamento da primeira pedra o arranque de uma nova era na Liga Portugal.

 

  Rui Moreira a discursar na cerimónia de lançamento da primeira pedra do futuro edifício e complexo da Arena Liga Portugal. (Foto "roubada" a Raul Almeida).
274481441_10216643196951082_3568802242356663167_n.



Publicado por Tovi às 08:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Domingo, 30 de Janeiro de 2022
L e g i s l a t i v a s - 2 0 2 2

Legislativas2022.png 

As eleições legislativas portuguesas de 2022 (também designadas eleições para a Assembleia da República) realizam-se hoje, 30 de janeiro de 2022 (das 8 às 19 horas no Continente e na Madeira; nos Açores, as mesas de voto abriram e vão encerrar uma hora depois em relação à hora de Lisboa, devido à diferença horária) e constituirão a XV Legislatura da Assembleia da República. Foram marcadas pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 4 de novembro, na sequência do chumbo do orçamento, o primeiro na história da Terceira República, e consequente dissolução do Parlamento, decisão anunciada oficialmente a 5 de dezembro de 2021. De acordo com a Constituição da República Portuguesa, é necessária a realização de eleições nos sessenta dias seguintes à dissolução da Assembleia da República.

No Círculo Eleitoral do Porto serão eleitos 40 deputados (dos 230 que compõem o Parlamento) e concorrem a estas eleições: PS, PSD, BE, CDU (PCP+PEV), CDS, PAN, Chega, Iniciativa Liberal, Livre, Aliança, RIR, Ergue-te, MPT, Nós Cidadãos, ADN, JPP, PTP, MAS, Volt Portugal.

 

  09h45 de hoje - Já "botei o papelinho na urna".
votar.jpg

 

  11h20 de hoje - A minha filha mais nova a cumprir o seu dever cívico.
Francisca a votar.jpg

 

  Realmente... já era tempo de se alterar o sistema de votação.
eleições sem zona VIP.jpg

 

 Resultados Globais Provisórios (faltam atribuir 4 mandatos)
cne resultados provisórios.jpg

 

  É nos círculos eleitorais de Lisboa e Porto que se elegem 38% dos deputados do Parlamento. Vejam quem elegeu quem nas Legislativas de 2019 e 2022.
Lisboa e Porto deputados e percentagem de votos.jp



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
Faltam 10 dias para as Legislativas2022

Captura de ecrã 2022-01-20 134250.jpg

Eu não sou portuense de nascimento, mas sou PORTUENSE DE CORAÇÃO, pois embora tenha nascido na Praia da Granja e vivido parte da minha juventude em Espinho, a verdade é que foi na Cidade Invicta que fiz os meus estudos liceais (Liceu Alexandre Herculano) e de formação no Setor da Hotelaria e Turismo (Escola de Hotelaria e Turismo do Porto), cidade onde casei e criei duas filhas e onde vivo vai para mais de quatro décadas. Penso eu que isto dá direito a considerar-me PORTUENSE… e numa altura de eleições dou comigo a pensar que era tempo dos diferentes candidatos pelo círculo eleitoral do Porto nos dizerem o que pretendem para a Cidade, para a Área Metropolitana do Porto e para a Região Norte. Eu irei votar no dia 30 deste mês e votarei em consciência, mas numa negativa total à situação a que chegamos nos últimos tempos.

 

  Se esta notícia da SIC tem algo de verdade, para mim está tudo dito... e poderá pesar forte na hora de "botar" o papelinho na urna.
Captura de ecrã 2022-01-20 135615.jpg

Nuno Solla Lacerda - Só com alguma imaginação fértil se poderá assumir essa leitura do que o RR disse. Mas como para se criar parangonas há que criar notícias, todas as interpretações jornalísticas servem.
João Pedro Maia - 😅... Voto e Votarei IL...
David Ribeiro - Pois eu, caro João Pedro Maia, enquanto a IL não se definir sobre a Regionalização, terei uma linha vermelha para este partido.
João Pedro Maia - David Ribeiro, no distrito do Porto é consensual! Para mim, é facto q tem de se realizar. Será inimaginável isso n acontecer.

 

  PSD a subir, PS a descer, diz a tracking poll da CNN Portugal (trabalho de campo da Pitagórica).
CNN 19an2022.jpg



Publicado por Tovi às 14:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2022
Transportes públicos grátis

trnsporte públicos gratuitos.jpg
A propósito desta notícia lembrei-me que há cerca de um ano e numa conversa informal já não sei sobre quê, Rui Moreira me ter dito que o futuro a médio prazo passa pelos transportes públicos serem grátis em cidades da dimensão do Porto.



Publicado por Tovi às 07:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2021
Rua de 31 de Janeiro... no Porto

800px-Rua_31_de_Janeiro_(Porto).jpg

Já perguntei em diferentes ocasiões e a várias pessoas ligadas à nossa cidade o porquê do abandono a que chegou a Rua de 31 de Janeiro. Ninguém me conseguiu dar uma resposta minimamente válida e, no meu entender, para se reverter a situação é necessário primeiro saber a causa do estado a que esta rua está entregue.

 
   Construída por ordem de João de Almada e Melo em 1784, a rua pretendia estabelecer uma comunicação cómoda entre o bairro de Santo Ildefonso (na zona alta da Praça da Batalha) e o bairro do Bonjardim (na zona baixa da atual Praça de Almeida Garrett). Antes da abertura desta artéria a ligação fazia-se pela atual Rua da Madeira que, por aquele tempo, se denominava Calçada da Teresa. Grande parte da rua foi construída sobre estacaria e arcos em pedra, para vencer o enorme declive entre as extremidades da rua e também para dar passagem à "mina do Bolhão" que por aí corria para alimentar as monjas beneditinas do Convento de São Bento de Avé-Maria. Trata-se de uma rua meticulosamente planeada, com os alçados dos seus prédios projetados pelo arquiteto Teodoro de Sousa Maldonado, entre 1787 e 1793. A rua foi finalmente aberta em 1805 com o nome Rua Nova de Santo António. Santo António, devido a Santo António dos Congregados; Nova, porque já existia outra Rua de Santo António, na Picaria. Esta rua foi palco de um acontecimento que marcou, não apenas a História do Porto, mas a de Portugal inteiro. No dia 31 de Janeiro de 1891 deu-se o primeiro movimento revolucionário que teve por objetivo a implantação do regime republicano em Portugal. Em memória desta revolta, logo que a República foi implantada em Portugal, a rua foi rebatizada: Rua de 31 de Janeiro. Em 1940, com o Estado Novo, a rua voltou ao seu nome primitivo, tendo recuperado o “31 de Janeiro” após o 25 de Abril. (in Wikipédia)
 

Jose Riobom - Sim mas o que tem a história do passado a ver com o presente? A verdade é só uma... os preços especulativos por espaços em ruínas... A gula foi tão grande... que acabou a comida... agora srs proprietários passem um bom bocado de fome... para saberem o que durante anos passaram os que espremeram até ao tutano...

David Ribeiro - Sem dúvida que essa "gula" é um impedimento de monta no que se refere aos arrendamentos, mas não creio que será o único, até porque esses "preços especulativos" existem por toda a cidade.
Zé Regalado - É muito inclinada, pouco confortável. Os CC são planos e têm escadas para mudarmos de nível. O comércio de rua não sei se vingará.
Mario Ferreira Dos Reis - Zé Regalado eu só descia a rua
Albertino Amaral - Foi bom o meu amigo recordar a história desta histórica Rua. Sempre a conheci por Rua de Santo António, para minha melhor identificação. Comércio a rodos, sem espaços livres, mas de repente, parou... Faz-me lembra o Brasília, que também sofreu da mesma "doença", repentina…!
Jose Riobom - Continuo lá com o meu espaço agora arrendado... custou ao meu pai 2.500.000$00 há 46 anos... quanto preciso ter no banco para um rendimento de 400,00€ líquidos mensais? E a loja não é nada em ruínas… O inquilino tem belíssimas antiguidades... passe por lá... O Brasília nada tem a ver com os escombros de Sto. António... e vai levar um face-lift...
Rui Lima - Se fosse só a Rua 31 de Janeiro… Talvez a CMP possa ajudar.
Albertino Amaral - Jose Riobom Esta minha comparação, foi só para relembrar o tempo áureo porque cada um daqueles espaços comerciais passou, sendo que um, era shopping e o outro também, mas a céu aberto...
Mario Ferreira Dos Reis - Perguntem aos senhorios porquê que quando os empresários pediram para baixar as rendas não o fizeram?
Antero Braga - Comecei a trabalhar nessa rua. Anos 60. Era uma artéria com movimento muito grande. A perseguição a multa por estacionamento o movimento desapareceu. Já defendi muitas vezes que o triângulo Batalha, Santa Catarina e 31 de Janeiro tem de ter uma visão de conjunto desde lojas âncoras, eventos e movida podem gerar melhor aproveitamento. Um dia vai acontecer temos de esperar pela reestruturação da Praça da Batalha.
Jose Riobom - Antero Braga A maior parte delas e dos edificios têm necessáriamente de ser na sua maior parte demolidos pelo interior e preservar muitas dessas fachadas porque outras terão de ser totalmente demolidas e preservar a traça... O problema do terreno da ex-casa Forte pode servir de exemplo ao que afirmo... e verão que aquilo vai ser mais uma obra da Sta.Engrácia....
José Manuel Nero - O verdadeiro nome desta rua é de Santo António. Quando era pequeno, vestia-me numa casa que já não existe, chamava-se Corte Inglês. É pena a rua ter chegado a este estado, tinha um excelente comércio.
Luiz Paiva - Sempre lhe chamei R. 31 de Santo António... 😎 PS: Quanto às rendas, nunca deviam ter sido congeladas mas indexadas a um indicador como uma commodity.
Adao Fernando Batista Bastos - Incrível abandono! Rendas caras? A Associação de Comerciantes a Associação, Empresarial, encolhem os ombros? Tristeza.



Publicado por Tovi às 07:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2021
Obras para as quais o Porto não foi ouvido

É incompreensível, mas a verdade é que a Câmara Municipal do Porto não foi ouvida nem achada na elaboração do projeto de requalificação do tabuleiro inferior da Ponte de Luís I. Para as obras das novas linhas do Metro, incluindo a localização e inserção na malha urbana da nova ponte para a segunda ligação a Gaia, também ninguém pediu pareceres à Autarquia portuense. E está-se mesmo a ver que o Terreiro do Paço não está com intenção de nos ouvir sobre a ligação de alta velocidade que impõe a construção de uma nova ponte.

Captura de ecrã 2021-11-09 173532.jpg
  JN/Adriana Castro com Lusa, 09nov2021 



Publicado por Tovi às 07:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 16 de Outubro de 2021
Os subsídios às empresas

Por acaso o Serafim Nunes até tem razão, não acham?

sn 1.jpg

  David Almeida - Toda a razão... enquanto alimentarmos a subsídio-dependência, este país não sairá da 'cepa torta'...🙄

  Altino Duarte - Sim, acho que tem razão. Não conheço o meio empresarial mas o texto faz sentido. Sem nunca me ter passado pela cabeça o envolvimento no mesmo, exactamente porque sempre considerei e considero que há muitos riscos para quem investe num negócio, até admiro quem vai para a frente num projecto que lhe parece vir a dar certo. No entanto, a verdade é que quem espera que os subsídios sejam determinantes no êxito que procura, seria melhor encontrar outras formas de o conseguir. Aliás como o autor do artigo aqui publicado exemplifica bem como proceder.

 

 

E ainda a propósito deste assunto...
  Um dos maiores especialistas mundiais em analytics e consultoria para marcas vai investir cinco milhões de dólares (mais de 4,3 milhões de euros) no Porto. O objetivo da Kantar é criar um centro regional de competências que, até ao final de 2022, deverá empregar cerca de duas centenas de pessoas. Entre os perfis pretendidos estão profissionais – mas também recém-graduados – nas áreas de finanças, recursos humanos e compras. No futuro, o grupo inglês prevê alargar o centro na Invicta ao campo das tecnologias.  

Captura de ecrã 2021-10-12 134746.jpg



Publicado por Tovi às 07:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Onde se come bem e barato...

Uma visita às memórias e ...

Rui Moreira "partiu a loi...

Todos muito jeitosos... a...

Visita do Presidente da B...

Qual é a estratégia da Ch...

E ao décimo primeiro dia ...

E é assim que estamos no ...

Arena Liga Portugal

L e g i s l a t i v a s -...

Faltam 10 dias para as Le...

Transportes públicos grát...

Rua de 31 de Janeiro... n...

Obras para as quais o Por...

Os subsídios às empresas

Violência no Porto… e a c...

A Descentralização que no...

A última sondagem para as...

Campanha eleitoral no Por...

Museu Romântico da Quinta...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus